Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.045
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. dent. sci ; 23(1): 1-7, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1049603

RESUMO

Objective: Evaluate the microtensile bond strength (µTBS) in different dentin thicknesses, under simulated pulpal pressure (SPP), submitted to an adhesive technique using laser irradiation. Material and methods: Forty sound human molars were sectioned and randomly divided into two groups (n=20): Group 1 ­ 1 mm of dentin thickness; Group 2 ­ 2 mm of dentin thickness. Each group was divided into two subgroups (n=10): Subgroup A ­ Absence of SPP; Subgroup P ­ Presence of SPP (15 cm H2 O). The samples were sequentially treated with: 37% phosphoric acid, adhesive system (Adper Single Bond 2), Nd:YAG laser irradiation (60 s, 1064 nm, 10 Hz) using 60 and 100 mJ/pulse energy parameters and photopolymerization (10 s). A composite resin block (Filtek Z350) was built up onto the irradiated area. After 30 days stored in water, the samples were sectioned and submitted to microtensile test (10 kgf load cell, 0.5mm/min). Data were analyzed by twoway ANOVA and Tukey tests. Results: Two-way ANOVA revealed no significant differences for SPP on bond strength. The laser energy parameters indicated that 100 mJ showed greater µTBS means compared to the group irradiated with 60 mJ. The presence of SPP reduced the mean µTBS values. Conclusions: Simulated pulpal pressure did not affect the µTBS using 60 mJ of laser energy parameter. At 100 mJ, the presence of SPP negatively influenced the bond strength, regardless of dentin thickness (AU)


Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência adesiva (RA) em diferentes espessuras de dentina, associada à pressão pulpar simulada (PPS), quando submetidos à técnica adesiva por irradiação laser. Material e Métodos: Quarenta molares humanos hígidos foram seccionados e divididos aleatoriamente em dois grupos (n=20): Grupo 1 ­ 1 mm de espessura de dentina; Grupo 2 ­ 2 mm de espessura de dentina. As amostras foram divididas em 2 subgrupos (n=10): Subgrupo A ­ ausência de PPS; Subgrupo P ­ presença de PPS (15 cm de H2 O). As amostras foram tratadas seqüencialmente com: ácido fosfórico 37%, sistema adesivo (Adper Single Bond 2), irradiação com Nd:YAG laser (60 s, 1064 nm, 10 Hz) nos parâmetros de energia de 60 e 100 mJ/pulso e fotopolimerização (10 s). Um bloco de resina composta (Filtek Z350, 3M ESPE) foi confeccionado sobre a área irradiada. Após 30 dias armazenados em água, os espécimes foram seccionados e submetidos ao teste de microtração (carga de 10 kgf, 0.5mm/min). Os dados foram analisados pelos testes ANOVA sob 2 fatores e Tukey (p<0.05). Resultados: ANOVA mostrou que não houve diferenças significativas para PPS na RA. Para os parâmetros de energia do laser, 100 mJ apresentou maiores médias de RA quando comparado ao grupo irradiado à 60 mJ. A presença da PPS reduziu as médias de RA. Conclusão: Pressão pulpar simulada não afetou os valores de resistência adesiva para o grupo irradiado com 60 mJ. Para 100 mJ, a presença da pressão pulpar influenciou negativamente na resistência adesiva, independente das espessuras de dentina.(AU)


Assuntos
Humanos , Cimentos Dentários , Polpa Dentária , Dentina , Lasers de Estado Sólido , Pressão Hidrostática , Distribuição Aleatória , Análise de Variância , Resinas Compostas , Dentina/efeitos da radiação , Dente Molar
2.
Braz. j. oral sci ; 19: e201662, jan.-dez. 2020. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1116253

RESUMO

Aim: This study evaluated the influence of dentin wettability on the immediate and extended microtensile bond strength (mTBS) of a universal adhesive system used in the etch-and-rinse strategy. Methods: Twenty human third molars were selected and divided into four groups according to the adhesive system and dentin wettability. The mTBS values of each group were registered 24 h and one year after adhesive system application and resin composite block build-up (n=30). Data were analyzed by the t-test (p<0.05). Results: When both adhesive systems were compared, there was no statistically significant difference when they were applied following wet bonding (p>0.05). However, the dry bonding reduced µTBS values of the Adper Single Bond 2 adhesive (p<0.05). Regarding storage time, both groups presented similar µTBS values at 24 h and one year (p>0.05). Conclusions: Therefore, the Scotchbond Universal Adhesive can be applied to dry or wet dentin without compromising the etch-and-rinse bonding quality and the durability of the restorations


Assuntos
Resistência à Tração , Cimentos Dentários , Dentina
3.
Braz. dent. sci ; 23(2): 1-10, 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1095893

RESUMO

Objective: The purpose of this study was to evaluate the effect of chitosan nanoparticles on microtensile bond strength of resin composite to dentin using self etch adhesive after aging. Material and Methods: A total number of 90 freshly extracted, sound human molar teeth. Flat tooth surface was gained after cut of the occlusal surface. Three main groups according to pretreatment of dentin before adhesive application; 0.2 % chitosan, 2.5 % chitosan and no treatment control group. Universal self etch adhesive were applied according to manufacture instruction and 4 mm of Feltik Z250 xt composite. Storage of specimens for 1 day, 3 months and 6 months in 37O C distilled water. After that, the tooth was sectioned to beams of 1 mm x8 mm sticks for microtensile bond strength test using universal testing machine. Scanning electron microscope (SEM) was used to evalute the effect of chitosan nanoparticles on dentin and smear layer. Kruskal-Wallis test was used to compare between the three groups as well as the three aging periods. Dunn's test was used for pair-wise comparisons. The significance level was set at P ≤ 0.05. Results: chitosan 0.2% is statistically significant increase in bond strength than chitosan 2.5% and control in one day group. Three months chitosan 0.2 % groups have statistically significant increase in bond strength than chitosan 2.5%. It was found in 6 months that control and chitosan 0.2 % have statistically significant increase in bond strength than chitosan 2.5%. There was statistically significant difference found between the three studied groups regarding bond strength at different storage times . Conclusion: Microtensile bond strength was influenced by different chitosan concentration. Different aging periods had no effect on the microtensile bond strength without application of chitosan and with application of 2.5% chitosan concentration. (AU)


Introdução: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito das nanopartículas de quitosana na resistência da microtração de união do compósito de resina à dentina usando adesivo autocondicionante após o envelhecimento. Material e Métodos: Foram utilizados um total de 90 dentes molares humanos extraídos e sadios. A superfície plana do dente foi obtida após o corte da superfície oclusal. Os dentes foram divididos em três grupos principais de acordo com o pré-tratamento da dentina e antes da aplicação do adesivo: 0,2% de quitosana, 2,5% de quitosana e nenhum tratamento foi utilizado no grupo controle. O adesivo autocondicionante universal foi aplicado de acordo com as instruções do fabricante e 4 mm de composito Feltik Z250 xt foi inserido. O armazenamento de amostras foi realizado por 1 dia, 3 meses e 6 meses em água destilada a 37 °C. Depois disso, o dente foi seccionado em peças de 1 mm x 8 mm para teste de resistência de união por microtração, utilizando máquina de teste universal. Microscópio eletrônico de varredura (MEV) foi usado para avaliar o efeito das nanopartículas de quitosana na dentina e na camada de smear layer. O teste de Kruskal-Wallis foi utilizado para comparar os três grupos e os três períodos de envelhecimento. O teste de Dunn foi usado para comparação pareada dos grupos. O nível de significância foi estabelecido em P ≤ 0,05. (AU)


Assuntos
Humanos , Metaloproteinases da Matriz , Dentina , Quitosana , Dente Molar
4.
Dent. press endod ; 9(1): 31-36, jan.-mar. 2019. Ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1000291

RESUMO

Objetivo: o objetivo desse estudo foi avaliar a influência de diferentes concentrações da solução de hipoclorito de sódio (NaOCl) e da pasta de hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] sobre a resistência da dentina radicular durante o tratamento endodôntico. Métodos: oitenta raízes de incisivos inferiores bovinos foram distribuídas aleatoriamente em oito grupos: C = Controle (sem intervenção); SSF = solução salina fisiológica; NaOCl 1%; NaOCl 5%; SSF/EDTA; SSF/EDTA/Ca(OH)2; NaOCl 1%/EDTA/Ca(OH)2; e NaOCl 5%/EDTA/Ca(OH)2. Em todos os grupos, os canais radiculares foram preparados com limas tipo K manuais usando a técnica coroa-ápice, exceto no grupo controle. A solução irrigadora de cada grupo foi mantida no canal por 2 h, sendo substituída a cada 15 min. O EDTA foi aplicado durante 3 min nos grupos correspondentes. O Ca(OH)2 foi mantido nos canais radiculares durante 30 dias. Os espécimes foram submetidos a teste de resistência à compressão até a fratura, em uma máquina de ensaios universal EMIC. Os dados foram submetidos à análise de variância. O nível de significância foi estabelecido em alfa = 0,05. Resultados: não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre os grupos experimentais (p > 0,05). Conclusões: o uso de NaOCl por 2h e Ca(OH)2 por 30 dias não influenciou a resistência da dentina radicular. (AU)


Objective: The aim of this study was to assess the influence of different concentrations of sodium hypochlorite (NaOCl) solution and of calcium hydroxide [Ca(OH)2] paste on the strength of root dentin during endodontic treatment. Methods: Eighty roots of bovine mandibular incisors were randomly assigned to eight groups: C- Control (no intervention); PS- Physiological saline; 1% NaOCl; 5% NaOCl; PS/EDTA; PS/EDTA/Ca(OH)2; 1% NaOCl/EDTA/Ca(OH)2; and 5% NaOCl/EDTA/ Ca(OH)2. All groups were prepared with hand K files using the crown-down technique, except for the control group. The irrigating solution in each group was kept in the canal for 2 h, being replaced every 15 min. EDTA was applied for 3 min in the corresponding groups. Ca(OH)2 was kept in the root canals for 30 days. The specimens were subjected to compressive strength testing until fracture in an EMIC universal testing machine. The data were subjected to analysis of variance. The significance level was set as alpha = 0.05. Results: No statistically significant difference was found across the experimental groups (P>0.05). Conclusions: The use of NaOCl for 2h and Ca(OH)2 for 30days did not influence the strength of root dentin (AU).


Assuntos
Irrigantes do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular , Fraturas dos Dentes , Hidróxido de Cálcio , Dentina
5.
Dent. press endod ; 9(1): 37-42, jan.-mar. 2019. tab, Ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007600

RESUMO

Objetivo: avaliar a resistência máxima à flexão (MFS), módulo de elasticidade (E), microdureza Knoop (KHN) e rugosidade de superfície (Ra) da dentina radicular tratada com solução de clorexidina a 2% (CHX). Métodos: foram selecionados 50 incisivos bovinos com ápice fechado, e trinta raízes foram cortadas em barras de dentina (DB) e divididas em três grupos (n = 10): Controle (sem tratamento), G1 (NaOCl 2,5% + EDTA 17%) e G2 (CHX 2% + H2O). As DB foram submetidas ao ensaio de resistência flexural de três pontos, para se obter os valores de MFS e E. Vinte raízes foram cortadas longitudinalmente ao meio e inseridas em resina acrílica; as superfícies pulpares foram lixadas e polidas e, em seguida, irrigadas de acordo com o grupo (G1 ou G2; n = 20 metades por grupo) e submetidas aos testes de KHN e Ra. Foi realizada análise de MEV. Os dados foram analisados por meio dos testes de ANOVA de um e dois critérios, seguidos do teste de Tukey (α = 0,05). Resultados: os valores de MFS (p < 0,05) e E (p < 0,01) foram maiores para G2. A KHN foi reduzida após o tratamento com cada irrigante endodôntico (p < 0,001), sem diferenças entre eles (p = 0,115). A Ra foi maior para o G1 (p < 0,001). Conclusões: a solução de clorexidina a 2% melhora as propriedades mecânicas de MFS, E e Ra da dentina radicular. (AU)


Objective: To evaluate the maximum flexural strength (MFS), elastic modulus (E), Knoop microhardness (KHN), and surface roughness (Ra) of root dentin treated with 2% chlorhexidine (CHX) solution. Materials and methods: Fifty bovine incisors with closed apex were selected. Thirty roots were cut into dentin bars (DB) and divided into three groups (n=10): control (no treatment), G1 (2.5% NaOCl + 17% EDTA) and G2 (2% CHX + H2O). The DB were submitted to the three-point flexural strength test to obtain the MFS and E. Twenty roots were cut longitudinally into two half-halves and placed in acrylic resin. The pulp surfaces were sanded and polished. They were rinsed according to the group (G1 or G2; n = 20 per group) and subjected to the KHN and Ra tests. SEM analysis was made. Data were analysed by one- and two-way ANOVA and Tukey post hoc test (a = 0.05). Results: The values of MFS (P < 0.05) and E (P < 0.01) were higher for G2. The KHN reduced after both endodontic irrigation treatments (P < 0.001), with no differences between them (P = 0.115). Ra was higher for G1 (P < 0.001). Conclusions: 2% CHX improved the mechanical properties of MFS, E and Ra of root dentin (AU).


Assuntos
Clorexidina , Cavidade Pulpar , Dentina , Hipoclorito de Sódio
6.
Journal of Oral Investigations ; 8(1): 7-17, jan.-jun. 2019. ilus, graf, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994718

RESUMO

Objetivos: Avaliar a resistência adesiva de diferentes sistemas adesivos universais em esmalte e dentina erodidos. Métodos: As unidades experimentais foram compostas por 30 fragmentos de esmalte bovino e 30 fragmentos de dentina bovina divididos aleatoriamente em três grupos experimentais de acordo com os sistemas adesivos universais utilizados (n = 10): Single Bond Universal (3M ESPE), Peak Universal (Ultradent) e Ambar Universal (FGM). Previamente as restaurações, os fragmentos de esmalte e dentina foram submetidos à desafio erosivo em ácido cítrico a 0,3% (pH = 2,6) durante cinco minutos, quatro vezes por dia por cinco dias. Um cilindro de resina composta (Forma, Ultradent) com 2mm de diâmetro foi construído em cima de cada fragmento. A resistência ao cisalhamento foi avaliada em máquina de ensaio universal (1mm/min). Os valores obtidos de resistência da união (MPa) foram analisados por ANOVA dois fatores e teste de Bonferroni (α=0,05). Resultados: Não houve diferença significativa entre os sistemas adesivos testados no mesmo substrato. O esmalte apresentou maiores valores de resistência da união que a dentina. Houve predomínio da falha coesiva em resina no esmalte e falha adesiva na dentina. Conclusão: Os sistemas adesivos universais testados apresentaram resistência adesiva semelhantes entre si dentro do mesmo substrato erodido(AU)


Objectives: To evaluate the strength of different universal adhesive systems in enamel and eroded dentine. Materials and Methods: The experimental units were composed of 30 bovine enamel fragments and 30 bovine dentin fragments randomly divided into three experimental groups of enamel and three groups of dentin. The enamel and dentin samples were submitted to erosive challenge and procedures adhesion with adhesive systems divided into three levels according with universal adhesive systems used (n = 10): Single Bond Universal (3M ESPE), Peak Universal (Ultradent) and Ambar Universal (FGM). Previous the restorations, the enamel and dentin fragments were submitted to erosive challenge in 0.3% citric acid (pH = 2.6) for five minutes, four times per day in five days. A composite resin (Forma, Ultradent) cylinder with 2mm diameter was build-up in each fragment. The shear strength was evaluated in a universal test machine (1mm / min). The obtained values of bond strength (MPa) were analyzed by two-way ANOVA and Bonferroni test (α = 0.05). Results: There was no significant difference between adhesive systems tested on the same substrate. The enamel presented higher values of bond strength than dentin. There was a predominance of cohesive failure in resin in enamel and adhesive failure in dentin. Conclusions: The universal adhesive systems tested showed similar adhesive strength in the same eroded substrate(AU)


Assuntos
Erosão Dentária , Adesivos , Esmalte Dentário , Dentina
7.
Journal of Oral Investigations ; 8(1): 45-56, jan.-jun. 2019. graf, tab, ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994723

RESUMO

Objetivos: O presente estudo buscou avaliar a resistência de união ao cisalhamento de dois sistemas adesivos aplicados em diferentes quantidades de camadas em amostras de esmalte e dentina bovina. Métodos: Os fatores estudados foram os sistemas adesivos em dois níveis: Single Bond Universal e Single Bond 2. As amostras experimentais foram compostas por 30 fragmentos de esmalte bovino (n=5) e 30 fragmentos de dentina bovina (n=5) divididos aleatoriamente em 2 grupos experimentais de esmalte e dois grupos de dentina, sendo esses subdivididos em 3 modos de aplicação do sistema adesivo em 1, 2 ou 3 camadas. Resultados: Os adesivos Single Bond 2 e Single Bond Universal, quando aplicados em 1 ou 3 camadas em dentina ou esmalte apresentaram similaridade estatística (p= 0,8726). Já quando comparamos o sistema adesivo Single Bond 2 e Single Bond Universal em substrato dentinário a aplicação de 2 camadas do sistema adesivo implicam em aumento da resistência adesiva estatisticamente significante (p=0,000) para o grupo Single Bond Universal aplicado em dentina. Conclusão: O adesivo Single Bond Universal apresentou melhor resistência adesiva que o adesivo Single Bond 2 quando aplicados em duas camadas em substrato dentina. Para o substrato esmalte, ambos os sistemas adesivos são efetivos independente do número de camadas aplicadas(AU)


Objectives: The present study aimed to evaluate the shear bond strength of two adhesive systems applied in different amounts of enamel and bovine dentin layers. Methods: The factors studied were adhesive systems at two levels: Single Bond Universal and Single Bond 2. The experimental samples were composed of 30 bovine enamel fragments (n = 5) and 30 bovine dentin fragments (n = 5) randomly divided into two experimental groups of enamel and two groups of dentin, subdivided into 3 different application modes adhesive system in 1, 2 or 3 layers. Results: The Single Bond 2 and Universal Bond adhesives, when applied in one or three layers in to the dentin or enamel, presented statistical similarity (p=0.8726). When comparing the Single Bond 2 and Single Bond Universal adhesive system in the dentin substrate, the application of two layers of the adhesive system implies an increase in the statistically significant adhesive resistance (p=0,000) for the Universal Single Bond group applied to dentin. Conclusion: The Single Bond Universal adhesive presented a higher adhesive strength than Single Bond 2 adhesive when applied in two layers on dentin substrate. For the enamel substrate, both adhesive systems are effective regardless of the number of layers applied


Assuntos
Adesivos Dentinários , Resistência ao Cisalhamento , Adesivos , Esmalte Dentário , Dentina
8.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 19(1): 4391, 01 Fevereiro 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-997975

RESUMO

Objective: To analyze the Biodentine™ capability in guided tissue remineralization. Material and Methods: Four premolar with two cavities per tooth of 3 mm depth were demineralized with EDTA 17% in shaking incubator at 37°C temperature. After 7 days, the sample were washed with aquabidest then were soaked in 20 ml NaCl 1 M (pH 7.0) at 25°C temperature for 8 hours. The samples were divided into two groups: G1: The control group (cavity directly restored with composite resin); G2: Biodentine™ group (cavity with Biodentine™ as a base then restored with composite resin). All samples were stored in shaking incubator under PBS solution at 37°C temperature. SEM, EDX and TEM analysis were performed on the 7th and 14th day. Results: The 14th day Biodentine group had the best SEM remineralization feature with irregular dentine tubular features covered by density of mass. In the EDX analysis, the concentration of calcium ion of the Biodentine group was higher than the control group on the 7th day analysis (Biodentin™ 10.2167 and control 1.9667) and on the 14th day analysis (Biodentine™ 29.833 and Control 22.080). The Biodentine™ group and control group of the 7th and 14th day experienced significant increases in calcium ion concentration while the concentration of phosphate ion in the Biodentine™ and control group had a much lower value of calcium either on the 7th or 14th day. The TEM analysis of Biodentine™ group showed more intrafibrillar remineralization than the control group. The feature of intrafibrillar dentin remineralization is analyzed by looking at the density of black dots in collagen. Conclusion: Biodentine™ is able to trigger the process of remineralization by guided tissue remineralization.


Assuntos
Remineralização Dentária , Dente Pré-Molar , Fosfatos de Cálcio , Dentina , Microscopia Eletrônica de Varredura/métodos , Resinas Compostas , Indonésia
9.
São José dos Campos; s.n; 2019. 123 p. il., tab., graf..
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1021027

RESUMO

Este estudo foi composto por um estudo in vitro, um estudo clínico randomizado, controlado e duplo cego e uma revisão sistemática, com objetivo de compreender e avaliar a aplicabilidade da técnica da dentina úmida por etanol (EWBT) em procedimentos restauradores. Estudo laboratorial: 48 incisivos bovinos foram divididos em 2 grupos, com a utilização ou não de etanol anterior ao sistema adesivo universal (Single Bond Universal) no modo autocondicionante. Em seguida blocos de resina composta (Filtek Z350 xt) foram confeccionados. A interface adesiva foi analisada, antes e após envelhecimento por 6 meses em água, com relação à nanodureza e módulo de elasticidade e em microscopia eletrônica de varredura (MEV) após a realização de nanoinfiltração com nitrato de prata. Os dados de nanodureza e módulo de elasticidade foram analisados estatisticamente com ANOVA e teste de Tukey (α=5%). Houve diferença estatística para as áreas avaliadas (p<0.001) e também para a aplicação do etanol (p<0.001). A dentina apresentou valores maiores de nanodureza quando comparado com a camada híbrida. EWBT foi capaz de manter as propriedades da interface adesiva mesmo após envelhecimento. Estudo clínico randomizado: Os voluntários receberam restaurações em cavidades do tipo classe V, provenientes de lesões cervicais não cariosas, com extensão e profundidade de no mínimo 1 mm. As restaurações foram realizadas aleatoriamente, de acordo com a divisão dos grupos, sendo o grupo controle sem pré-tratamento dentinário (SE) e três grupos com a intervenção, sendo associado com adesivo de 3 passos (E); hidrófobo (EB) ou com adesivo de 2 passos (EU). As restaurações foram avaliadas, por examinadores devidamente calibrados no início do estudo, após 7 dias, 6 e 18 meses, utilizando o critério USPHS modificado. Os dados foram analisados com testes chi-quadrado e KaplanMeier. O grupo com adesivo hidrófobo apresentou maior taxa de falha para retenção quando comparada aos demais grupos, tanto em 6 quanto em 18 meses. Revisão sistemática: Foram pesquisadas as principais bases de dados eletrônicas com a estratégia de busca definida de acordo com a pergunta de pesquisa e estratégia PICO, sendo P: dentes com lesões cervicais não cariosas; I: protocolo adesivo utilizando EWBT; C: protocolo adesivo convencional. Após análise do título e resumo dos artigos pré-selecionados, seguindo a questão PICO, 19 artigos laboratoriais e 3 estudos clínicos relacionados ao tema tiveram os dados extraídos. O risco de viés dos artigos selecionados foi estimado, sendo que para a maioria dos estudos laboratoriais e clínicos foi considerado baixo. Para os estudos laboratoriais houve diferença, sendo que o grupo controle apresentou melhores resultados quando comparado à EWBT. Com relação aos estudos clínicos não houve diferença entre os grupos controle e EWBT(AU)


This study was composed by an in vitro study, a randomized, controlled and double blind clinical trial, and a systematic review, aiming to understand and evaluate the applicability of ethanol-wet-bonding technique (EWBT) in restorative procedures. Laboratory study: 48 bovine incisors were divided into 2 groups, according to EWBT use prior to the universal adhesive system (Single Bond Universal) in the self-etch mode. Blocks of composite resin (Filtek Z350 xt) were made. The adhesive interface was analyzed, on baseline and 6 months of water aging, by scanning electron microscopy (SEM) after nanoleakage with silver nitrate, besides the nanohardness and elastic modulus. The data of nanohardness and elastic modulus were statistically analyzed with ANOVA and Tukey test (α=5%). There was a statistically significant difference for the areas evaluated, in which dentin presented higher values, for nanohardness, than the hybrid layer (p<0.001) and for the use of ethanol (p<0.001). The use of ethanol was able to maintain the properties of the adhesive layer even after aging. Randomized clinical trial: The volunteers received restorations in class V cavities from non-carious cervical lesions (NCCL), with cavity extension and depth of at least 1 mm. The restorations were randomly performed according to group division: no ethanol dentin pretreatment (SE), with ethanol dentin pretreatment in association with 3-step (E) or 2-step (EU) or adhesive, or hydrophobic adhesive (EB). The restorations were evaluated by calibrated examiners at baseline, after 7 days, 6 and 18 months using the modified USPHS criteria. All data were statistically analyzed at Chi square and survival test (α=5%). The hydrophobic adhesive group presented higher failure rate for retention when compared to the other groups, both at 6 and 18 months followup. Systematic review: Main electronic databases were used for search and the strategy was defined according to the research question and PICO strategy, where P: teeth with NCCL; I: adhesive protocol using EWBT; C: conventional adhesive protocol; O: long-term clinical outcome after EWBT. After analyzing the title and abstract of the pre-selected articles, following the PICO question, 19 laboratory studies and 3 clinical trials related to EWBT. The data from selected studies were extracted and then, the risk of bias was estimated. For laboratory studies it was considered high and for clinical trials was considered low risk of bias. After statistical analysis, for laboratory studies the control group presented better results when compared to EWBT. Regarding the clinical studies, there was no difference between control and EWBT groups(AU)


Assuntos
Humanos , Adesivos Dentinários , Ensaio Clínico , Dentina/diagnóstico por imagem , Etanol/efeitos adversos
10.
Braz. dent. sci ; 22(3): 395-407, 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1009546

RESUMO

Objective: This study aimed to evaluate the effect of diode laser irradiation (970 nm) of a one-step self-etch adhesive (Clearfil S3 Bond/CS3B) and of the bonding agent of a two-step self-etch adhesive (Clearfil Liner Bond F/CLBF) placed on dentin before polymerization on the shear bond strength. Material and methods: Forty sound premolars were sectioned buccally to obtain flat dentin surfaces. The specimens were divided into 4 groups (n = 10): Group (OS) ­ CS3B + polymerization. Group (OS-L) ­ CS3B + laser + polymerization. Group (TS) ­ CLBF (bonding agent only) + polymerization. Group (TS-L) ­ CLBF (bonding agent only) + laser + polymerization. The diode laser was irradiated through an 8 mm bleaching tip for 10 seconds, (0.4 W, 10 Hz, 4 J). All samples were cemented to composite blocks and submitted to 4000 thermal cycles. The samples were tested for shear bond strength in a universal testing machine. Data obtained was analyzed using Twoway (ANOVA) (p < 0.05) and the Bonferroni posthoc test. Representative samples from each group were analyzed using scanning electron microscopy (SEM). Results: Group TS-L ­ (7.43 MPa) displayed statistically significant higher shear bond strength in comparison to that of group TS ­ (5.13 MPa). No statistically significant difference was found between group OS-L ­ (6.49 MPa) and group OS ­ (7.28 MPa). Group TS-L exhibited the highest resin penetration beyond the hybrid layer under SEM. Conclusions: Diode laser irradiation of a bonding agent placed on dentin without prior priming increased the bond strength to dentin and is promising as a new dentin adhesion protocol. (AU)


Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da irradiação com laser de diodo (970 nm) sobre um adesivo autocondicionante de um passo (Clearfil S3 Bond / CS3B) e de um outro adesivo autocondicionante de dois passos (Clearfil Liner Bond F / CLBF) aplicado na dentina, antes de sua polimerização, na resistência ao cisalhamento. Material e métodos: Quarenta pré-molares hígidos foram seccionados vestibularmente para obtenção de superfícies dentinárias planas. Os espécimes foram divididos em 4 grupos (n = 10): Grupo (OS) - polimerização de CS3B +. Grupo (OS-L) - laser + CS3 + polimerização. Grupo (TS) - CLBF (apenas agente de adesão) + polimerização. Grupo (TS-L) - CLBF (somente agente de adesão) + laser + polimerização. O laser de diodo foi irradiado através de uma ponta de branqueamento de 8 mm durante 10 segundos (0,4 W, 10 Hz, 4 J). Todas as amostras foram cimentadas a blocos de compósitos, submetidos a 4.000 ciclos térmicos. As amostras foram testadas quanto à resistência ao cisalhamento em uma máquina universal de ensaios. Os dados obtidos foram analisados utilizandose Two-way (ANOVA) (p < 0,05) e o teste post-hoc de Bonferroni. Amostras representativas de cada grupo foram analisadas por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Resultados: O grupo TS-L - (7,43 MPa) apresentou resistência ao cisalhamento estatisticamente significativa maior em relação ao grupo TS (5,13 MPa). Não houve diferença estatisticamente significativa entre o grupo OS-L - (6,49 MPa) e grupo OS - (7,28 MPa). O grupo TS-L exibiu a maior penetração de resina além da camada híbrida em MEV. Conclusões: A irradiação com laser de diodo de um agente adesivo colocado sobre a dentina sem o uso prévio de primers aumentou a força de adesão à dentina e é promissora como um novo protocolo de adesão dentinária. (AU)


Assuntos
Adesivos Dentinários , Dentina , Lasers
11.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 48: e20190032, 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1043180

RESUMO

Abstract Introduction Glass-fiber posts are used in order to improve the retention of restorations in endodontically treated teeth. Objective To evaluate the bond strength of glass-fiber posts submitted to different surface treatments and cemented to the root canal dentin with self-adhesive resin cement. Material and method Thirty roots of human canines were prepared and divided according to two factors: surface treatments (silane, 35% hydrogen peroxide, or sodium bicarbonate) and root thirds (cervical and middle thirds). The glass-fiber posts were cemented with self-adhesive resin cement (RelyX U200). After 24 h, the specimens were prepared for microtensile bond strength test (hourglass format), fracture pattern and micromorphological assessment by scanning electronic microscopy, in order to measure the cement line. Result The data (MPa and µm) were submitted to two-way ANOVA and Tukey's test (α = 5%). The surface treatments influenced the bond strength of the posts cemented with self-adhesive resin cement (p<0.00). The mean bond strength (standard deviations) differed according to the region of root dentin (p<0.00): the cervical region (Control: 19.16MPa (3.71); Silane: 25.65MPa (4.04); Hydrogen peroxide: 24.43MPa (3.16); Sodium bicarbonate: 37.42MPa (8.27)) showed higher bond strength values than the middle third of the root (Control: 14.66MPa (4.65); Silane: 12.52MPa (5.03); Hydrogen peroxide: 10.64MPa (3.33); Sodium bicarbonate: 10.87MPa (2.49)). Conclusion Treatment of the glass-fiber post surface with chemical and physical agents increased the bond strength of the cement-post-dentin interface in the cervical third and the treatment with Sodium bicarbonate showed better results in bond strength.


Resumo Introdução Pinos de fibra de vidro são utilizados para melhorar a retenção das restaurações em dentes tratados endodonticamente. Objetivo Avaliar a resistência de união de pinos de fibra de vidro submetidos a diferentes tratamentos superficiais e cimentados à dentina radicular com cimento resinoso autoadesivo. Material e método trinta raízes de caninos humanos foram preparadas e divididas de acordo com dois fatores: tratamentos de superfície (silano, peróxido de hidrogênio a 35% ou bicarbonato de sódio) e o terço radicular (cervical e médio). Os pinos de fibra de vidro foram cimentados com cimento resinoso autoadesivo (RelyX U200) e foram divididos de acordo com duas regiões: cervical e terço médio. Após 24 horas, foram preparados para microtração (formato de ampulheta), padrão de fratura e avaliação micromorfológica por microscopia eletrônica de varredura, para medir a linha de cimento. Resultado Os dados (MPa e µm) foram submetidos à ANOVA two-way e teste de Tukey (α = 5%). Os tratamentos de superfície influenciaram a resistência de união dos pinos. A média da resistência de união (desvio padrão) diferiu de acordo com a região da dentina radicular (p <0,00): a região cervical (Controle: 19,16Mpa (3.71); Silano: 25,65MPa (4.04); Peróxido de hidrogênio: 24,43MPa (3.16); Bicarbonato de sódio: 37,42MPa (8.27)) apresentou valores de resistência a raiz (Controle: 14,66MPa (4.65); Silano: 12,52MPa (5.03); peróxido de hidrogênio: 10,64MPa (3.33); bicarbonato de sódio: 10,87MPa (2.49)). Conclusão O tratamento com agentes químicos e físicos aumentou a resistência de união da interface cimento-pino-dentina no terço cervical e o tratamento com bicarbonato de sódio apresentou melhores resultados na resistência de união.


Assuntos
Bicarbonato de Sódio , Cimentos de Resina , Pinos Dentários , Dentina , Técnicas In Vitro
12.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 48: e20190083, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1043176

RESUMO

Abstract Introduction Modern dentistry is reflected in the insertion of new materials with different adhesion forms in dental structures, such as the Universal adhesive system. Objective To evaluate the bond strength of the universal dentin adhesive system, in the form of self-etching and conventional application, compared with a simplified conventional adhesive system, in two distinct periods: 1 week and 6 months. Material and method 48 bovine incisors separated into 6 groups, stored for 7 days, were selected. Worn out the buccal enamel until dentin exposure. Adper Single Bond 2 (3M Espe) or SingleBond Universal (3M Espe) adhesives were applied, and catheters filled with Opallis Flow (FGM) composite were placed. After photoactivation, the catheters were removed and the specimens (n ​​= 48), stored in distilled water at 37 °C for one week and six months, were exposed. The specimens were fixed to a universal testing machine (EMIC DL 2000) with a speed of 0.5 mm / min. Bond strength (BS) was calculated in MPa, and data were statistically analyzed by Anova and Tukey test at 5% significance level. Result For Adper Single bond, the BS was equivalent in the times tested; for Universal conventional and self-conditioning time influenced the BS, with a decrease in the results. At 1 week, all stickers were different from each other, with higher BS for Universal conventional mode, followed by universal self-etching mode and then Adper Single bond. Conclusion The best results were achieved with universal adhesive in conventional mode for both tested times.


Resumo Introdução A odontologia moderna é refletida na inserção de novos materiais com diferentes formas de adesão nas estruturas dentárias, como o sistema adesivo Universal. Objetivo Avaliar a resistência adesiva do sistema adesivo universal em dentina, na forma de aplicação auto condicionante e convencional, comparando com um sistema adesivo convencional simplificado, em dois períodos distintos: 1 semana e 6 meses. Material e método Foram selecionados 48 incisivos bovinos separados em 6 grupos, armazenados por 7 dias. Desgastado o esmalte vestibular, até exposição da dentina. Aplicaram-se os adesivos Adper Single Bond 2 (3M Espe) ou SingleBond Universal (3M Espe), e sobre este, posicionados cateteres preenchidos com o compósito Opallis Flow (FGM). Após fotoativação, removeram-se os cateteres e expuseram-se os corpos de prova (n=48), armazenados em água destilada a 37 °C por uma semana e seis meses. Os corpos de prova foram fixados uma máquina universal de ensaios (EMIC DL 2000), com velocidade de 0,5 mm/min. A resistência de união (RU) foi calculada em MPa, e os dados foram analisados estatisticamente pela Anova e pelo teste de Tukey ao nível de 5% de significância. Resultado Para Adper Single bond, a RU foi equivalente nos tempos testados; para Universal modo convencional e autocondicionante o tempo influenciou na RU, havendo um decréscimo nos resultados. Em 1 semana, todos os adesivos foram diferentes entre si, com maior RU para Universal modo convencional, seguido por universal modo autocondicionante e então pelo Adper Single bond. Conclusão O melhor desempenho foi do adesivo universal na forma convencional nos dois tempos testados.


Assuntos
Cimentos Dentários , Materiais Dentários , Métodos , Resistência ao Cisalhamento , Dentina
13.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 48: e20190020, 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1043173

RESUMO

Abstract Introduction The attachment of fiberglass posts is achieved through an adhesive process. Failures in adhesion may occur due to the hydrolytic degradation of the adhesives, or to the degradation of the collagen fibres of the hybrid layer by intrinsic enzymes. Objective To evaluate the effect of chlorhexidine and sodium hypochlorite treatment on bond strength to dentin. Material and method Thirty bovine roots were randomly distributed into 3 groups (n=10): a) Control, b) 2% Chlorhexidine, and c) 5% Sodium Hypochlorite. Next, RelyX® ARC resin cement was used to cement the post. Each specimen resulted in samples from the three root thirds that were submitted to the pushout test (MPa) at 24 hours and 12 months. Bond strength values were analysed using the Kolmogorov-Smirnov, 3-way ANOVA and Tukey tests. The fracture mode of the pin was also analysed using stereomicroscopy. Result There were no significant differences between treatments at the immediate time (p=0.0644) or in the interaction of factors (p=0.1935). After one year, the experimental groups showed no significant differences in bond strength in relation to the control group, with the exception of the cervical third of the chlorohexidine group in which there was a significant loss of adhesion. As for the fracture mode, there was a predominance of the mixed type in all groups and thirds. Conclusion The use of chlorhexidine or hypochlorite provides neither benefits nor losses in the adhesive bond strength of fiberglass posts. However, there is an influence of the root thirds, with the worst bond strength in the apical third.


Resumo Introdução A fixação de pinos de fibra de vidro é realizada através de um processo adesivo. Falhas podem ocorrer na adesão devido à degradação hidrolítica dos adesivos, ou pela degradação das fibras colágenas da camada híbrida por enzimas intrínsecas. Objetivo Avaliar o efeito do tratamento com clorexidina e hipoclorito de sódio sobre a resistência de união adesiva à dentina. Material e método Trinta raízes bovinas foram distribuídas aleatoriamente em 3 grupos (n=10): a) Controle, b) Clorexidina 2% e c) Hipoclorito de Sódio 5%. Após, para a cimentação do pino radicular, utilizou-se o cimento resinoso RelyX® ARC. Cada espécime resultou corpos-de-prova dos três terços radiculares, os quais foram submetidos ao teste de pushout (MPa) nos períodos de 24 horas e 12 meses. Valores de resistência de união foram analisados pelos testes de Kolmogorov-Smirnov, ANOVA (three-way) e de Tukey. Analisou-se ainda o modo de fratura do pino, através de estereomicroscopia. Resultado Não houve diferenças significativas entre tratamento no tempo imediato (p=0,0644) ou na interação dos fatores (p=0,1935). Após um ano, os grupos experimentais não promoveram diferença significante na resistência de união em relação ao controle, com exceção do terço cervical do grupo clorexidina, onde houve uma perda significativa de adesão. Quanto ao modo de fratura, houve predominância do tipo mista em todos os grupos e terços. Conclusão O uso de clorexidina ou hipoclorito não promove benefícios ou prejuízos na resistência de união adesiva de pinos de fibra, mas há influência dos terços radiculares, sendo a pior resistência de união no terço apical.


Assuntos
Hipoclorito de Sódio , Técnicas In Vitro , Clorexidina , Cimentação , Pinos Dentários , Cimentos de Resina , Cavidade Pulpar , Dentina
14.
Braz. j. oral sci ; 18: e191638, jan.-dez. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1095366

RESUMO

Aim: The aim of this study is to evaluate the effect of radiotherapy on the bond strength of resin-based composite restorations to dentin, performed either 24 h or 1 year before or after radiation. Methods: Ninety-six posterior teeth were randomly distributed into the following groups: IB (n = 16), irradiated teeth were restored 1 year after x-ray application; NB (n = 16), not irradiated teeth were stored for 1 year and then restored. IA (n = 32), teeth were restored and irradiated at 24 h or 1 year after the restoration. NA (n = 32), teeth were restored, not irradiated, and tested as IA. Eight samples from each group were randomly assigned to either the three-step or two-step etch-and rinse adhesive system procedure. The irradiated specimens were subjected to 60 Gy of x-ray radiation fractionally. The restored teeth were vertically sectioned, and 1-mm2 resin­dentin sticks were obtained and submitted to the microtensile bond strength test. The bond strength data were analyzed by two-way analysis of variance (ANOVA) followed by Tukey's test (p < 0.05). Failure modes were examined by optical microscopy and scanning electron microscopy. Results: The IB group showed lower bond strength values compared to the NB group. The bond strength values between the adhesive systems were not statistically different. Conclusion: The application of radiation dose decreased the bond strength of the adhesive restorations to dentin when the bonding procedure was conducted 1 year after in vitro radiotherapy


Assuntos
Radioterapia , Resistência à Tração , Dentina , Neoplasias de Cabeça e Pescoço
15.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 138 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1016737

RESUMO

Dentes bovinos têm sido utilizados como substitutos aos humanos em pesquisas odontológicas. Entretanto, faltam dados que suportem o uso da dentina radicular bovina, sobretudo, que analisem o efeito da idade nas propriedades do substrato. Assim, analisou-se o efeito da idade nos aspectos morfológicos, químicos e físicos das dentinas radiculares humana e bovina, em função dos terços da raiz. Trata-se de um estudo experimental, in vitro, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (COEP-UFMG 1.803.933) e pela Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUAUFMG 372/2016). A amostra foi composta por dentes unirradiculares, cujas dentinas radiculares foram categorizadas em: humana jovem (HJ, 20-30 anos); humana madura (HM, acima de 60 anos); bovina jovem (BJ, 24-36 meses); e bovina adulta (BA, acima de 48 meses). Os dentes foram seccionados abaixo da junção amelocementária e ao longo eixo da raiz, para a obtenção de hemisecções. Uma hemisecção foi escolhida e cortes foram feitos para a obtenção dos espécimes, conforme cada método de análise. Para as análises dos aspectos morfológicos ­ número, diâmetro e área dos túbulos dentinários ­ os espécimes foram analisados em Microscópio Eletrônico de Varredura. A composição química foi analisada por Espectroscopia de Raios X por Dispersão em Energia, Espectroscopia por Comprimento de Onda Dispersivo e Espectroscopia Raman por Transformada de Fourier. Na análise das propriedades mecânicas, os espécimes foram submetidos aos testes de nanoindentação, resistência à flexão em três pontos e compressão. Para a análise da resistência ao cisalhamento por extrusão, as raízes receberam tratamento endodôntico e foram fixados pinos de fibra de vidro com cimentos resinosos (dual convencional e autoadesivo). As raízes foram seccionadas nos terços radiculares e os espécimes testados em máquina universal de ensaios. Adicionalmente, avaliou-se o grau de conversão dos cimentos resinosos. Os dados foram analisados em software estatístico, nível de significância de 5%. A HM apresentou os menores valores para número, diâmetro e área de túbulos dentinários (p<0,05). A HM apresentou maiores valores de cálcio, razão Ca/P e concentração mineral relativa, com diminuição na organização e qualidade do colágeno (p<0,05). A HM apresentou os maiores valores de nanodureza, módulo de elasticidade e resistência à compressão, mas os menores valores de resistência à flexão e módulo de elasticidade à flexão (p<0,05). A HM apresentou os menores valores de resistência de união, com diferenças entre os terços radiculares (p<0,05). O grau de conversão dos cimentos apresentou uma diminuição ao longo dos terços radiculares (p<0,05). Concluiu-se que a idade possui um efeito nos aspectos morfológicos, químicos e físicos da dentina radicular humana, sem efeito na dentina bovina. Assim, quando da necessidade de substituição da dentina radicular humana pela bovina em pesquisas, é necessário considerar o efeito da idade nos desfechos analisados.


Bovine teeth have been used as a substitute for human teeth in dental research. However, there is a lack of data that support the use of bovine root dentin, mainly, that analyze the effect of age on the properties of the substrate. Thus, the effect of age on the morphological, chemical and physical aspects of human and bovine root dentin was analyzed, in function of the root thirds. This is an in vitro experimental study, approved by the Research Ethics Committee (protocol number: 1.803.933) and the Ethics Committee on the Use of Animals (protocol number: 372/2016). The sample was composed of single-rooted teeth and root dentin was categorized into: young human (YH, 20-30 years); old human (OH, above 60 years); young bovine (YB, 24-36 months); and adult bovine (AB, over 48 months). The roots were sectioned below the cement-enamel and longitudinally to produce two hemi-sections. One hemi-section was chosen and sections were made to obtain the specimens, according to each method of analysis. For the analyzes of the morphological aspects - number, diameter and area of the dentinal tubules - the specimens were analyzed in Scanning Electron Microscope. The chemical composition was analysed by Energy Dispersive Spectroscopy, Wavelength Dispersive Spectroscopy and Fourier Transformed Raman Spectroscopy. In the analysis of the mechanical properties, the specimens were submitted to nano-indentation, three-point flexural and compression tests. For the analysis of the push-out bond strength test, the roots received endodontic treatment and fiber post with resin cements (conventional and selfadhesive dual) were fixed. The roots were sectioned in the root thirds and the specimens tested in a universal testing machine. Additionally, the degree of conversion of the resin cements was evaluated. The data were analyzed in statistical software, level of significance of 5%. The OH presented the lowest values for number, diameter and area of dentinal tubules (p<0.05). OH showed higher values of calcium, Ca/P ratio and relative mineral concentration, with decrease in the organization and quality of the collagen (p<0.05). The OH showed the highest values of nano-hardness, elastic modulus and compressive strength, but the lowest values of flexural strength and flexural modulus (p<0.05). The OH presented the lowest values of bond strength, with differences among the root thirds (p<0.05). The degree of conversion of the cements showed a decrease along the root thirds (p<0.05). It was concluded that age has an effect on the morphological, chemical and physical aspects of human root dentin, with no effect on bovine dentin. Thus, when it is necessary to replace the human root dentin by the bovine in research, it is necessary to consider the effect of age on the analysed outcomes.


Assuntos
Raiz Dentária , Cimentos de Resina , Pinos Dentários , Dentina/anatomia & histologia , Fraturas por Compressão , Resistência à Flexão , Testes de Dureza , Técnicas In Vitro , Microscopia Eletroquímica de Varredura , Microscopia
16.
Braz. dent. sci ; 22(1): 23-30, 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-986712

RESUMO

Objective: The purpose of the study was to evaluate the push out bond strength of fiber posts -after cementaion with core build up material and dentin pretreatment using different adhesive protocolsin different root regions. Material and Methods: 28 endodonticaly treated human premolars were divided into 4 groups. The post spaces were treated with 1 of 4 different dentin bonding protocols: total etch light cured adhesive, solobond m; total etch dual cured adhesive, Excite f DSC; self-etching light cured adhesive, single bond universal; or selfetching dual cured adhesive, futura bond dc. Fiber posts, were luted with dual cured core material. The roots were cut into 2-mm-thick sections, in cervical, middle, and apical regions. Push-out tests were performed with a universal testing machine, and bond strength values (MPa) were calculated. Data were analyzed with 1- and 2-way analysis of variance and Tukey multiple comparison tests (a=.05). Failure modes were examined under stereo microscope. Results: The highest mean bond strength values were obtained for self-etch dual cured adhesive, (9.69 MPa). The Total etch light cured adhesive (2.81 MPa) showed the lowest bond strength. Self-etch light-polymerized and total etch dual-polymerized adhesives provided similar bond strengths (5.37, 5.72 respectively). The regional bond strength values were reduced significantly in apical post space (P<0.01). The most predominant failure type was mixed failure followed by adhesive failure. Conclusion: Dentin pretreatment using self-etch dual cured adhesives prior to fiber posts cementation offers a high bond strength. While using total-etch light cured adhesives is not recommended due to the low bonding quality.(AU)


Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar a força de adesão dos pinos de fibra após o cimentação com material de núcleo e o pré-tratamento da dentina utilizando diferentes protocolos adesivos em diferentes regiões radiculares. Material e Métodos: 28 pré-molares humanos tratados endodonticamente foram divididos em 4 grupos. Os condutos foram tratados com 1 de 4 diferentes protocolos de união à dentina: adesivo fotopolimerizável total, solobond m; adesivo de polimerização dual de condicionamento total, Excite f DSC; adesivo fotopolimerizável autocondicionante, Single Bond universal; ou adesivo de dupla curado autocondicionante, futura bond dc. Núcleos de fibra, foram cimentados com material resinoso e polimerizados. As raízes foram cortadas em seções de 2 mm de espessura, nas regiões cervical, média e apical. Testes de push-out foram realizados com uma máquina de testes universal, e os valores de resistência de união (MPa) foram calculados. Os dados foram analisados com análise de variância de 1 e 2 fatores e testes de comparação múltipla de Tukey (a = 0,05). Modos de falha foram examinados sob estéreo-microscópio. Resultados: Os valores médios mais elevados de resistência adesiva foram obtidos para o adesivo dual autocondicionante (9,69 MPa). O adesivo fotopolimerizável Total etch (2,81 MPa) apresentou a menor resistência de união. Os adesivos autocondicionantes fotopolimerizáveis e os de condicionamento tal duais, proporcionaram forças de adesão semelhantes (5,37, 5,72, respectivamente). Os valores de força de união regional foram significativamente reduzidos na região apical (P<0,01). O tipo de falha mais predominante foi falha mista seguida de falha adesiva. Conclusão: O pré-tratamento com dentina utilizando adesivos duais autocondicionantes antes da cimentação dos pinos de fibra oferece uma alta resistência de união. Enquanto que os adesivos de condicionamento total fotopolimerizáveis não sforam recomendados devido à baixa qualidade da adesão proporcionada. (AU)


Assuntos
Cimentos Dentários , Dentina , Autocura de Resinas Dentárias , Cura Luminosa de Adesivos Dentários
17.
Braz. dent. sci ; 22(1): 79-87, 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-986842

RESUMO

Objective: The objective of this study was to evaluate the microleakage patterns of GIC and GGC with and without their protective surface coatings on enamel and dentin margins before and after aging. Material and Methods: Two rectangular cavities (height: 2 mm; width: 3 mm; depth: 1.5 mm) were prepared on each tooth at the cemento-enamel junction were prepared on human permanent molars (N=56) and the teeth were randomly assigned to be restored with one of the following: a) high viscosity glass-ionomer cement (GIC) (EQUIA Fil, C Corp., Tokyo, Japan) (n=28), b) glasscarbomer cement (GCC) (Glass Carbomer Products, Leiden, The Netherlands) (n=28). Half of the teeth were further divided into two groups where one group received protective surface coating (SC) (G-Coat Plus, GC Corp) (n=14) and the other group did not (n=14). Half of the teeth were stored for 24 hours (n=7), and the other half was thermocycled (5000 cycles, 5-55°C) (n=7). For microleakage analysis, the teeth were immersed in 5% methylene blue dye for 24 hours, sectioned into two equal halves. Microleakage patterns were evaluated using stereomicroscope and scored on a scale of 0-3 (0: No dye penetration, 1: Dye penetration less than half of the axial wall, 2: Dye penetration more than half the axial wall, 3: Dye penetration spreading along the axial wall). Data were analyzed using Kruskal-Wallis tests at the significance level of 0.05. Results: Compared to 24 h storage, after thermocycling, surface coating on GIC decreased microleakage significantly compared to GCC (p=0.046) but not for GCC. In the thermocycled groups, coated GIC showed significantly less leakage at the enamel margin but no significant difference was found with both GIC and GCC in the dentin margins. Conclusion: The application of surface coating significantly reduced the microleakage scores of GIC but not GCC, within the enamel margins only. (AU)


Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar os padrões de microinfiltração de GIC e GGC com e sem seus revestimentos protetores superficiais nas margens de esmalte e dentina antes e após o envelhecimento. Material e Métodos: duas cavidades retangulares (altura: 2 mm; largura: 3 mm; profundidade: 1,5 mm) foram preparadas em cada dente na junção cemento-esmalte de molares permanentes humanos (N = 56), sendo aleatoriamente designados para serem restaurados com um dos seguintes: a) cimento de ionômero de vidro (GIC) de alta viscosidade (EQUIA Fil, C Corp., Tóquio, Japão) (n = 28), b) cimento de vidrocarbômero (GCC) Carbomer Products, Leiden, Holanda) (n = 28). Metade dos dentes foram divididos em dois grupos, onde um grupo recebeu revestimento protetor de superfície (SC) (G-Coat Plus, GC Corp) (n = 14) e o outro grupo não (n = 14). Metade dos dentes foram armazenados por 24 horas (n = 7), e a outra metade foi termociclada (5000 ciclos, 5-55 ° C) (n = 7). Para análise de microinfiltração, os dentes foram imersos em corante azul de metileno a 5% por 24 horas, seccionados em duas metades iguais. Os padrões de microinfiltração foram avaliados usando estereomicroscópio e pontuados numa escala de 0-3 (0: Sem penetração de corante; 1: penetração de corante inferior à metade da parede axial; 2: penetração de corante mais do que metade da parede axial; 3: penetração de corante ao longo da parede axial). Os dados foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis ao nível de significância de 0,05. Resultados: em comparação com o armazenamento de 24 h, após a termociclagem, o revestimento de superfície no GIC diminuiu significativamente a microinfiltração em comparação com o GCC (p = 0,046), mas não para o GCC. Nos grupos termociclados, o GIC revestido apresentou significativamente menos infiltração na margem do esmalte, mas não houve diferença significativa para o GIC e o GCC nas margens dentinárias. Conclusão: A aplicação do revestimento de superfície reduziu significativamente os escores de microinfiltração do GIC, mas não do GCC, apenas nas margens do esmalte. (AU)


Assuntos
Esmalte Dentário , Infiltração Dentária , Dentina , Cimentos de Ionômeros de Vidro
18.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 138 p. ilus, tab, graf.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1016420

RESUMO

Dentes bovinos têm sido utilizados como substitutos aos humanos em pesquisas odontológicas. Entretanto, faltam dados que suportem o uso da dentina radicular bovina, sobretudo, que analisem o efeito da idade nas propriedades do substrato. Assim, analisou-se o efeito da idade nos aspectos morfológicos, químicos e físicos das dentinas radiculares humana e bovina, em função dos terços da raiz. Trata-se de um estudo experimental, in vitro, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (COEP-UFMG 1.803.933) e pela Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUAUFMG 372/2016). A amostra foi composta por dentes unirradiculares, cujas dentinas radiculares foram categorizadas em: humana jovem (HJ, 20-30 anos); humana madura (HM, acima de 60 anos); bovina jovem (BJ, 24-36 meses); e bovina adulta (BA, acima de 48 meses). Os dentes foram seccionados abaixo da junção amelocementária e ao longo eixo da raiz, para a obtenção de hemisecções. Uma hemisecção foi escolhida e cortes foram feitos para a obtenção dos espécimes, conforme cada método de análise. Para as análises dos aspectos morfológicos ­ número, diâmetro e área dos túbulos dentinários ­ os espécimes foram analisados em Microscópio Eletrônico de Varredura. A composição química foi analisada por Espectroscopia de Raios X por Dispersão em Energia, Espectroscopia por Comprimento de Onda Dispersivo e Espectroscopia Raman por Transformada de Fourier. Na análise das propriedades mecânicas, os espécimes foram submetidos aos testes de nanoindentação, resistência à flexão em três pontos e compressão. Para a análise da resistência ao cisalhamento por extrusão, as raízes receberam tratamento endodôntico e foram fixados pinos de fibra de vidro com cimentos resinosos (dual convencional e autoadesivo). As raízes foram seccionadas nos terços radiculares e os espécimes testados em máquina universal de ensaios. Adicionalmente, avaliou-se o grau de conversão dos cimentos resinosos. Os dados foram analisados em software estatístico, nível de significância de 5%. A HM apresentou os menores valores para número, diâmetro e área de túbulos dentinários (p<0,05). A HM apresentou maiores valores de cálcio, razão Ca/P e concentração mineral relativa, com diminuição na organização e qualidade do colágeno (p<0,05). A HM apresentou os maiores valores de nanodureza, módulo de elasticidade e resistência à compressão, mas os menores valores de resistência à flexão e módulo de elasticidade à flexão (p<0,05). A HM apresentou os menores valores de resistência de união, com diferenças entre os terços radiculares (p<0,05). O grau de conversão dos cimentos apresentou uma diminuição ao longo dos terços radiculares (p<0,05). Concluiu-se que a idade possui um efeito nos aspectos morfológicos, químicos e físicos da dentina radicular humana, sem efeito na dentina bovina. Assim, quando da necessidade de substituição da dentina radicular humana pela bovina em pesquisas, é necessário considerar o efeito da idade nos desfechos analisados.


Bovine teeth have been used as a substitute for human teeth in dental research. However, there is a lack of data that support the use of bovine root dentin, mainly, that analyze the effect of age on the properties of the substrate. Thus, the effect of age on the morphological, chemical and physical aspects of human and bovine root dentin was analyzed, in function of the root thirds. This is an in vitro experimental study, approved by the Research Ethics Committee (protocol number: 1.803.933) and the Ethics Committee on the Use of Animals (protocol number: 372/2016). The sample was composed of single-rooted teeth and root dentin was categorized into: young human (YH, 20-30 years); old human (OH, above 60 years); young bovine (YB, 24-36 months); and adult bovine (AB, over 48 months). The roots were sectioned below the cement-enamel and longitudinally to produce two hemi-sections. One hemi-section was chosen and sections were made to obtain the specimens, according to each method of analysis. For the analyzes of the morphological aspects - number, diameter and area of the dentinal tubules - the specimens were analyzed in Scanning Electron Microscope. The chemical composition was analysed by Energy Dispersive Spectroscopy, Wavelength Dispersive Spectroscopy and Fourier Transformed Raman Spectroscopy. In the analysis of the mechanical properties, the specimens were submitted to nano-indentation, three-point flexural and compression tests. For the analysis of the push-out bond strength test, the roots received endodontic treatment and fiber post with resin cements (conventional and selfadhesive dual) were fixed. The roots were sectioned in the root thirds and the specimens tested in a universal testing machine. Additionally, the degree of conversion of the resin cements was evaluated. The data were analyzed in statistical software, level of significance of 5%. The OH presented the lowest values for number, diameter and area of dentinal tubules (p<0.05). OH showed higher values of calcium, Ca/P ratio and relative mineral concentration, with decrease in the organization and quality of the collagen (p<0.05). The OH showed the highest values of nano-hardness, elastic modulus and compressive strength, but the lowest values of flexural strength and flexural modulus (p<0.05). The OH presented the lowest values of bond strength, with differences among the root thirds (p<0.05). The degree of conversion of the cements showed a decrease along the root thirds (p<0.05). It was concluded that age has an effect on the morphological, chemical and physical aspects of human root dentin, with no effect on bovine dentin. Thus, when it is necessary to replace the human root dentin by the bovine in research, it is necessary to consider the effect of age on the analysed outcomes.


Assuntos
Raiz Dentária , Cimentos de Resina , Pinos Dentários , Dentina , Fraturas por Compressão , Módulo de Elasticidade , Resistência à Flexão , Testes de Dureza , Microscopia
19.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 48: e20190007, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-991492

RESUMO

Resumo Introdução Os adesivos autocondicionantes apresentam técnica adesiva simplificada e diminuição na sensibilidade pós-operatória. Quando aplicados sobre a dentina, atuam sobre a smear layer, cuja efetiva remoção ainda constitui um desafio. Uma substância utilizada como pré-tratamento dentinário na ajuda da remoção da smear layer é o etilenodiamino tetracético dissódico (EDTA). Objetivo Avaliar os efeitos do EDTA em associação com sistemas adesivos autocondicionantes na resistência de união ao microcisalhamento. Material e método Foram seccionadas as superfícies oclusais de 72 terceiros molares humanos extraídos, para expor superfície dentinária plana. Os dentes preparados foram divididos em: dentina sem pré-tratamento; dentina tratada com EDTA 0,1M; dentina tratada com EDTA 0,5M. Cada grupo recebeu tratamento de três sistemas adesivos autocondicionantes: Single Bond Universal (SBU), AdheSE (AdheSE) e Clearfil SE Bond (CSEB). Foi delimitada a área adesiva e assim posicionada uma matriz transparente, para inserção com resina composta Z250XT seguida de polimerização por 40 segundos. Após 24 horas de armazenamento, os dentes foram submetidos ao ensaio de microcisalhamento. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente, utilizando-se os testes Two-Way ANOVA e Bonferroni, e sendo considerado nível de significância de 5%. Resultado Não houve diferença estatística significante na resistência de união entre os pré-tratamentos dentinários (p=0,8353), porém houve diferença significativa entre os adesivos (p<0,05) CSEB e AdheSE, mostrando semelhança entre CSEB e SBU, e entre SBU e AdheSE. Conclusão O pré-tratamento dentinário com solução de EDTA não afetou a resistência de união com nenhum dos sistemas adesivos autocondicionantes utilizados.


Abstract Introduction Self-etching adhesives have simplified adhesive technique and decreased the postoperative sensitivity. When applied on dentin, it acts on the smear layer, but it is still a challenge in the effectiveness of this removal. A substance used as a pre-treatment for the removal of the smear layer is disodium ethylenediaminetetraacetic acid (EDTA). Objective To evaluate the effects of EDTA in association with self-etching adhesive systems on micro-shear bond strength. Material and method The occlusal surfaces of 72 extracted human third molars were sectioned to expose a flat dentin surface. The prepared teeth were divided into: dentin without pre-treatment; dentin treated with 0.1M EDTA; dentin treated with 0.5M EDTA. Each group received treatment of 3 self-etching adhesive systems: Single Bond Universal (SBU), AdheSE (AdheSE), and Clearfil SE Bond (CSEB). The adhesive area was delimited and positioned a transparent matrix for insertion with Z250XT composite resin followed by polymerization for 40 seconds. After 24h of storage, the teeth were submitted to the micro-shear test. The data were analyzed statistically using the Two-Way ANOVA and Bonferroni tests, considering a level of significance of 5%. Result There was no statistically significant difference in bond strength between dentin pre-treatments (p = 0.8353), but showed a significant difference between CSEB and AdheSE adhesives (p <0.05), showing similarity between CSEB and SBU, and between SBU and AdheSE. Conclusion Dentin pretreatment with EDTA solution did not affect bond strength with any of the self-etching adhesive systems used.


Assuntos
Tratamento Preliminar , Adesivos , Resultado do Tratamento , Ácido Edético , Dentina , Hipoclorito de Sódio , Eficácia , Resistência ao Cisalhamento , Sensibilidade da Dentina , Polimerização
20.
São José dos Campos; s.n; 2019. 61 p. il., tab., graf..
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1017394

RESUMO

A presença de água, bem como a ação das metaloproteinases (MMPs) são fatores que interferem na longevidade das restaurações adesivas. Diferentes associações de fotoiniciadores aos sistemas adesivos experimentais para aumentar a conversão de monômeros na presença de água e a incorporação de ZnOn (nanopartículas de óxido de zinco) como inibidor das MMPs vem sendo estudadas. Objetivo: Validar novos sistemas adesivos experimentais com diferentes associações de fotoiniciadores através de análises dos efeitos destas associações nas propriedades físico-químicas e mecânicas de sistemas adesivos zinco modificados. Material e Método: Modelos experimentais de adesivos na proporção HEMA/BISGMA 45/55 foram manipulados com diferentes acréscimos de fotoiniciadores hidrofílicos (hfi) e hidrofóbicos (hfo) nas proporções de 0,5% e 1% (CQ-hfo; EDMAB-hfo; DMAEMA-hfi; e DPIHP-hfi) acrescidos de nanopartículas de ZnO (1% em massa). Foram avaliadas as propriedades físicoquímicas e mecânicas: Grau de Conversão (GC), Resistência Frexural de três pontos (RF), Módulo de Elasticidade (ME), Sorção (SO) e Solubilidade (SOL) seguindo o padrão da ISO 4049. A análise dos resultados foi realizada através dos testes ANOVA 2 fatores e Tukey com nível de significância de 5%. Resultados: As diferentes associações de fotoiniciadores apresentaram diferenças estatisticamente significativas nos testes de GC, ME, e SOL, com os melhores resultados para os grupos G4SZn e G4CZn. Os adesivos contendo ZnOn apresentaram diferenças estatisticamente significantes nos testes de GC, ME e SOL, com os melhores resultados para o grupo G4CZn. Conclusões: a associação de fotoiniciadores hidrofílicos e hidrofóbicos nas formulações contribui para a melhora das propriedades físico-mecânicas de adesivos experimentais; a incorporação de óxido de zinco às formulações não compromete as propriedades desejadas dos sistemas adesivos experimentais e pode ser promissor no controle da degradação longitudinal(AU)


The presence of water as well as the action of metalloproteinases (MMPs) are factors that interfere in the longevity of adhesive restorations. Different associations of photoinitiators to experimental adhesive systems to increase the conversion of monomers in the presence of water and the incorporation of ZnOn (zinc oxide nanoparticles) as inhibitor of MMPs have been studied. Aim: To validate new experimental adhesive systems with different combinations of photoinitiators by analyzing the effects of these associations on the physicochemical and mechanical properties of modified zinc adhesive systems. Material and Method: Experimental models HEMA / BISGMA 45/55 adhesives were handled with different additions of hydrophilic (hfi) and hydrophobic (hfo) photoinitiators in the proportions of 0.5% and 1% (CQ-hfo; EDMAB-hfo; DMAEMAhfi; and DPIHP-hfi) plus ZnO nanoparticles (1% by mass). The physico-chemical and mechanical properties were evaluated: Degree of Conversion (DC), Frexural Strength (FS), Modulus of Elasticity (ME), Sorption (SO) and Solubility (SOL) in tests following the ISO 4049 standard. The analysis of the results was performed through the ANOVA 2 factor and Tukey tests with significance level of 5%. Results: The different associations of photoinitiators showed statistically significant differences in the DC, ME, and SOL tests, with the best results for the groups G4SZn and G4CZn. ZnO-doped adhesives showed statistically significant differences in the DC, ME and SOL tests, with the best result for the G4CZn group. Conclusions: the association of hydrophilic and hydrophobic photoinitiators in the formulations contributes to the improvement of the physical- mechanical properties of experimental adhesives; the incorporation of zinc oxide into the formulations does not compromise the desired properties of the experimental adhesive systems and may be promising in controlling longitudinal degradatio(AU)


Assuntos
Humanos , Dentina/lesões , Zinco/efeitos adversos , Fotoiniciadores Dentários/efeitos adversos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA