Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
São José dos Campos; s.n; 2009. 214 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-556657

RESUMO

Os Transtornos alimentares (TA) como Anorexia Nervosa (AN) e Bulimia Nervosa (BN) são acompanhados de inúmeras alterações sistêmicas e bucais relacionadas ao comprometimento do estado nutricional e às práticas compensatórias inadequadas para o controle do peso. O objetivo deste estudo foi avaliar diversidade microbiológica existente na cavidade bucal de pacientes com estes transtornos, por meio de técnicas de cultivo e utilizando métodos moleculares independentes de cultivo. Foram incluídos no estudo 32 pacientes anoréxicos e 27 bulímicos, pareados com 59 indivíduos controle. Amostras de enxágüe bucal foram semeadas para a avaliação da prevalência de leveduras do gênero Candida, estafilococos, enterococos, estreptococcos do grupo mutans (EGM), lactobacilos, enterobactérias/pseudomonas. Espécies de Candida, estafilococos, enterococos, enterobactérias/pseudomonas foram identificadas pelo sistema API. Amostras de biofilme supragengival foram coletadas e utilizadas somente nos procedimentos moleculares. As contagens de microrganismos nos grupos foram comparadas por ANOVA/Mann-Whitney (5%). Houve diferença estatisticamente significantes (p<0,05) para as contagem de leveduras do gênero Candida, estafilococos, enterococos, EGM e lactobacilos entre o grupo TA e controle, mas não houve diferenças significativas para a prevalência de enterobactérias/pseudomonas (p=0,312). Pequena diferença entre os grupos foi observada na diversidade de espécies dos microrganismos estudados pelo método de cultivo. Avaliação molecular foi realizada pela ribotipagem por seqüenciamento do 16S rRNA bacteriano e regiões D1/D2 do 28S rRNA. Foram avaliados cerca de 3000 clones do grupo TA e 1500 clones do controle. Sessenta e duas espécies ou filotipos de bactérias foram detectados, sendo que 22 identificações foram encontrados somente no grupo de estudo, 6 apenas no grupo controle e 34 em ambos os grupos.


Eating disorders such as nervous Anorexia and Bulimia Nervosa have several clinical and oral alterations related to the nutritional state involvement and the inadequate compensatory practices for weight control. The aim of this study was to evaluate the microbial diversity in the oral cavity of patients with Anorexia Nervosa and Bulimia nervosa by cultivation techniques and cultivation independent molecular methods. The study included 32 patients and 27 bulimic anorexics, matched with 59 control subjects. Oral rinse samples were cultured to assess the prevalence of Candida species, staphylococci, enterococci, streptococci mutans (EGM), lactobacilli, Enterobacteriaceae / Pseudomonas. Candida species, staphylococci, enterococci, Enterobacteriaceae / Pseudomonaswere identified by API systems. Supragingival biofilm samples were collected and used only in molecular procedures. Counts of microorganisms in the groups were compared by ANOVA / Mann-Whitney (5%). There was a statistically significant (p <0.05) for the counting of yeasts, staphylococci, enterococci, and lactobacilli EGM between TA and control groups, but there were no significant differences inthe prevalence of Enterobacteriaceae / Pseudomonas (p = 0.312). Few differences between the groups were observed in the species diversity of organisms studied by the method of cultivation. Molecular analysis was performed by ribotyping by sequencing the 16S rRNA bacterial and D1/D2 regions of 28S rRNA. About 3000 clones of the TA group and 1500 clones of control were evaluated. Sixty-two species or filotypes of bacteria were detected, with 22 identifications were found only in the study group, only 6 in the control group and 34 in both groups. Microorganisms related to caries and periodontal diseases were found in both groups.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anorexia Nervosa , Bactérias , Bulimia Nervosa , Clonagem Molecular , Boca , Reação em Cadeia da Polimerase , Leveduras
2.
Araçatuba; s.n; 2009. 116 p.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865231

RESUMO

Este estudo avaliou a ocorrência de bactéria entérica na cavidade oral em pacientes com periodontite, pacientes com gengivite, indivíduos periodontalmente saudáveis e pacientes edentados submetidos a tratamento odontológico com reabilitação protética na Faculdade de Odontologia de Araçatuba – UNESP. Quarenta e um edentados portadores de próteses totais, 89 pacientes com gengivite, 70 pacientes com periodontite e 50 indivíduos periodontalmente saudáveis foram submetidos a exame clínico, e as condições periodontais e bucais foram registradas. Foram coletadas amostras de saliva, mucosa bucal, gengiva e biofilme supra e subgengival e bactérias foram detectados por cultura e PCR. Os microrganismos-alvo foram isolados de 75,61% dos pacientes edentados, 25,84% dos pacientes com gengivite, 30% dos pacientes com periodontite e de 18% dos indivíduos saudáveis. Por PCR, as frequências de detecção foram 87,8%, 38,2%, 64,295 e 18%, respectivamente. Significativa resistência aos antimicrobianos foi observada na maioria dos isolados, e verificou-se uma grande heterogeneidade dos marcadores resistentes à ampicilina e tetraciclina


This study evaluated the occurrence of enteric bacteria in oral cavity of periodontitis patients, gingivitis patients, periodontally healthy subjects and edentulous patients wearing complete denture undergoing dental treatment in Araçatuba School of Dentistry. Forty one edentulous wearing complete dentures, 89 gengivitis patients, 70 periodontitis patients and 50 periodontally realthy subjects were submitted to clinical examination, and periodontal and oral conditions were registred. Saliva, oral mucosa, subgingival and supra gingival biofilm samples were colleted and enteric bacteria were detected by culture and PCR. Targeted microorganisms were isolated from 75,61% of edentulous patients, 25,84% of gingivitis patients, 30% of periodontitis patients and from 18% of healthy individuos. By PCR, the detection frequencies were 87,8%, 38,2%, 64,29% and 18%, respectively. Significant resistance to antimicrobial agents was observed in most of isolates, and it was veriied a great heterogeneity of resistance markers to ampicillin and tetracycline


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Antibacterianos , Enterobacteriaceae , Boca , Leveduras , Prótese Total , Resistência Microbiana a Medicamentos , Gengivite , Periodontite , Reação em Cadeia da Polimerase
4.
RPG rev. pos-grad ; 13(3): 210-215, jul.-set. 2006. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-529393

RESUMO

Alguns microrganismos como enterobactérias, pseudomonas e leveduras não são frequentemente encontrados na bolsa periodontal. São considerados microrganismos oportunistas devido à maior frequência de detecção em casos de imunocomprometimento sistêmico ou utilização indiscriminada de antibióticos. Apresentam diversos fatores de virulência e seu papel na doença periodontal está sob investigação. No Brasil, alguns estudos foram realizados para avaliar a ocorrência destes microrganismos na cavidade bucal, mas com amostras pequenas ou com populações específicas ou de outros nichos bucais que não o subgengival. O objetivo deste trabalho é avaliar a ocorrência e a distribuição regionalmente geográfica de espécies de microrganismos superinfectantes (enterobactérias, pseudomonas e leveduras) na microbiota subgengival de indivíduos brasileiros com periodontite, após diversos tipos de tratamento periodontal. Para isso, foram utilizados os resultados de 1386 culturas microbiológicas de amostras de biofilme subgengival obtidas de indivíduos de várias regiões do Brasil, realizados no período de 1997 a 2003, em um laboratório especializado em microbiologia bucal, localizado na cidade de São Paulo (SP). As metodologias de coleta das amostras e processamento laboratorial seguiram um protocolo. Após a tabulação, os dados foram submetidos à análise estatística descritiva. A ocorrência total de microrganismos superinfectantes foi de 16,4%. Pseudomonas, Enterobactérias e Candida sp. foram isoladas de 5,1%, 1,5% e 9,8% das amostras subgengivais, respectivamente. Houve diferença estatisticamente significativa entre a ocorrência de pseudomonas na região Sul quando comparada às ocorrências nas regiões Nordeste (p=0,005) e Sudeste (p=0,03). Dentro dos limites do estudo, pode-se concluir que foi observada baixa ocorrência de microrganismos superinfectantes. A área geográfica influenciou apenas a ocorrência de pseudomonas.


Assuntos
Enterobacteriaceae , Periodontite/terapia , Leveduras , Microbiologia , Pseudomonas , Análise Estatística
5.
Rev. odontol. Univ. Cid. Sao Paulo ; 18(2): 135-142, maio-ago. 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-550086

RESUMO

Introdução: Este trabalho tem por objetivo estudar a recuperação de Candida albicans na cavidade bucal de ratas ovariectomizadas e controles após inoculação de levedura. Métodos: Vinte ratas não portadoras do gênero Candida na cavidade bucal foram distribuídas em grupos-controle e ovariectomizadas. As ratas receberam 3 inoculações bucais de C. albicans. Após a última inoculação, foram coletadas amostras da cavidade bucal em intervalos de tempo de 1, 2, 5, 7 dias e a cada 15 dias até a obtenção de duas culturas negativas para leveduras. As amostras foram semeadas em ágar Sabouraud dextrose e incubadas a 37ºC por 48 horas. A seguir, foi realizada a contagem de unidades formadoras de colônias por ml (ufc/ml) e os dados submetidos ao teste “t” de Student. Para confirmação da espécie recuperada, os isolados foram identificados de acordo com a formação de tubo germinativo, formação de hifas e clamidoconídeos, fermentação e assimilação de carboidratos, e verificação do fator Killer. Resultados: Todas as amostras recuperadas eram C. albicans biotipo killer 111, o mesmo da espécie inoculada. C. albicans foi recuperada da cavidade bucal dos animais do grupo-controle até 67 dias após a última inoculação e do grupo ovariectomizado por apenas 22 dias. Além disso, a média das ufc/ml de C. albicans recuperadas da cavidade bucal foi menor nos animais ovariectomizados do que nos controles. Conclusão: A colonização por C. albicans foi menor no grupo ovariectomizado em relação ao controle.


Introduction: The purpose of this work is to study the colonization of Candida albicans in the oral cavity of control and ovariectomized rats. Methods: Twenty rats negative for the Candida spp in the oral cavity were distribuided into groups control and ovariectomized. The rats received 3 inoculations of C. albicans. After the last inoculation of C. albicans, samples were collected from the oral cavity of the animals after 1, 2, 5, 7 days and then once every 15 days until two negative cultures of yeasts were obtained. The samples were cultured in Sabouraud dextrose agar for 48 hours at 37ºC. After that, the colony forming units of C. albicans (cfu/mL) were counted and the results were submitted to t-Student test. To confirm of the species recovered, the isolated were identified by observing the germinative tubes, the presence of hyphae and chlamydospores, carbohydrate fermentation and assimilation and of phenomenon killer verification. Results: All sample recovered were C. albicans biotic killer 111, the identical as inoculated. C. albicans was recovery from the oral cavity of control group for 67 days after the last inoculation and in the ovariectomized group up to only 22 days. In addition, the mean of the number of cfu/mL of C. albicans recovered from the oral cavity was lower for the ovariectomized animals than for the sham-ovariectomized in every observation period. Conclusion: The recovery of C. albicans in the oral cavity of rats were lower in the ovariectomized group in relation to control group.


Assuntos
Ratos , Candida albicans , Boca , Ratos , Leveduras
6.
Rio de Janeiro; s.n; 2006. 242 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-467705

RESUMO

Este estudo propõe-se a avaliar como a cirrose hepática e o seu manejo influenciam o potencial de patogenicidade da microbiota fúngica colonizadora de boca. Foram analisados: fluxo salivar em repouso e estimulado, presença de xerostomia e a caracterização das leveduras nos quesitos identificação, unidades formadoras decolônia, sensibilidade ao fluconazol e anfotericina B (método de difusão de disco) e produção de protease e fosfolipase/lipase (método em placa utilizando respectivamente albumina bovina e gema de ovo como substratos). A amostra consta de 66 pacientes –33 com cirrose hepática candidatos a transplante e 33 controles. O fluxo estimulado e em repouso apresentaram no grupo com cirrose as médias 1,97 mL/min e 0,39 mL/min;e no grupo controle as médias 2,14 mL/min e 0,5 mL/min, respectivamente. Dos pacientes com cirrose, 33,3% relataram xerostomia e no grupo controle 12,1% (p =0,039), o que sugere que mecanismos distintos do fluxo salivar são responsáveis pelo achado. No grupo controle houve associação entre xerostomia e ambos os fluxossalivares. Em cada grupo, 26 pacientes (78,7%)apresentaram colonização por leveduras detectável. No grupo com cirrose, 44 isolados (91,7%) pertencem as espécies Candida albicans, C. parapsilosis, C. tropicalis, C. glabrata e C. krusei e no grupocontrole, 31 isolados (68,9%) (p = 0,005) o que mostra uma seleção de espécies. O número de unidades formadoras de colônia foi semelhante nos 2 grupos e no grupocontrole teve associação positiva com o número de espécies. A falta de associação entre fluxo salivar, número de espécies e unidades formadoras de colônia no grupo com cirrose sugere uma alteração na resposta imune local. Todos os isolados foram sensíveis a anfotericina B. Encontramos 2 isolados de C. parapsilosis e 1 de C. tropicalis com sensibilidade dose dependente ao fluconazol no grupo com cirrose, o que é incomum em microbiota de colonização. Dos 47 isolados do grupo com cirrose, 20 (42,6%) produziram fosfolipase e 2...


Assuntos
Humanos , Cirrose Hepática , Leveduras/patogenicidade , Testes de Sensibilidade Microbiana , Salivação , Fatores de Virulência , Xerostomia , Peptídeo Hidrolases/análise
8.
Araraquara; s.n; 2005. 156 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-466888

RESUMO

A irradiação com microondas tem sido recomendada para a desinfecção de próteses odontológicas de resinas acrílicas devido ao seu poder inibitório sobre os microrganismos. Entretanto, as alterações celulares provocadas pela irradiação e que levam à inativação dos microrganismos presentes nas próteses não estão esclarecidas. O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos dos microondas sobre células de Candida albicans, por meio de parâmetros de contagem celular e de liberação de substâncias intracelulares. Foram obtidas culturas de C. albicans de 24 horas em Tryptic Soy Broth (TSB) a partir de cepas padrão (ATCC 10231). As células foram centrifugadas, lavadas e ressuspensas em 400 mL de água destilada gelada na concentração de 10 cél/mL. Essa suspensão foi dividida em experimental e controle. A suspensão experimental (200 mL) foi colocada em um béquer de 500 mL contendo uma prótese total acrílica estéril e irradiada por microondas durante 6 min a 650 W. A suspensão controle não foi submetida à irradiação. Para ambas as suspensões, foram realizadas diluições seriadas para contagem celular em câmara de Neubauer, utilizando a entrada do corante azul de Metileno, como indicativo de alteração de permeabilidade de membrana...


Assuntos
Candidíase Bucal , Micro-Ondas , Estomatite sob Prótese , Leveduras
9.
São Paulo; s.n; 2004. 195 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-399025

RESUMO

O presente estudo teve por objetivo detectar espécies de enterococos, leveduras e enterobactérias, em diferentes fases da terapia endodôntica, em pacientes soropositivos para o vírus da imunodeficiência humana e portadores de infecção endodôntica primária. Os valores de células T CD4+ e carga viral foram registrados. Quinze dentes humanos unirradiculares, com diagnóstico clínico correspondente à polpa mortificada em fase crônica, com câmara pulpar fechada e que apresentavam, radiograficamente, área de rarefação óssea periapical, foram microbiologicamente analisados. As amostras foram coletadas do interior dos canais radiculares com cones de papel absorventes esterilizados e imediatamente transferidos para o meio de transporte pré-reduzido (VMGA III). Cada amostra foi diluída em água peptonada e semeada em meios seletivos e não seletivos ao desenvolvimento dos microrganismos-alvo. Os diferentes tipos morfológicos, que expressaram crescimento nos meios seletivos aos oportunistas pesquisados, foram identificados baseados no perfil bioquímico apresentado pelas amostras após semeadura em testes específicos. Durante a 1ª coleta, microrganismos foram detectados em 86,7 por cento (13:15) dos canais radiculares. Em nenhum deles, leveduras, enterococos ou enterobactérias foram isoladas. Após o preparo químico-cirúrgico, a 2ª coleta detectou microrganismos em somente 1 canal radicular (1:15 - 6,7 por cento). Após 7 dias com medicação intracanal (PRP - 2,0 g paramonoclorofenol, Rinossoro© e polietilenoglicol 400 em partes iguais para 100 mL), a 3ª coleta foi realizada e 8 canais albergavam microrganismos (8:15 - 53,3 por cento). Dentre esses, em um canal foi isolado Enterococcus avium e em dois outros leveduras, sendo identificadas como Candida albicans e Candida famata


Assuntos
Cavidade Pulpar , Odontologia , Endodontia , Enterobacteriaceae , Enterococcus , HIV , Pacientes , Leveduras
10.
Pesqui. odontol. bras ; 17(3): 217-222, jul.-set. 2003. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-352216

RESUMO

The oral fungal microbiota of 30 children with AIDS, of both genders, aged from two to six years, receiving outpatient treatment, was evaluated and compared with that of a control group composed of 30 healthy subjects with matching ages and genders. Virulence factors, such as exoenzyme production, and susceptibility to five antifungal agents using an E-Test kit were evaluated. C. albicans predominated over other species in the AIDS group, showing a higher production of proteinase and phospholipase when compared with that observed in the control group. In this study few clinical manifestations of and low selectivity for C. albicans (23.3 percent) were observed in the AIDS group. The enzymatic studies showed that 53.8 percent of the AIDS strains were strongly positive whereas only 33.3 percent of the non-AIDS strains were positive. Amphotericin B was the most effective drug among the antifungal agents tested against C. albicans. The frequency, selectivity and level of exoenzyme production by C. albicans suggest a higher pathogenicity in the AIDS children than in the control children


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Antifúngicos , Leveduras
11.
Pesqui. odontol. bras ; 17(3): 228-233, jul.-set. 2003. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-352218

RESUMO

A randomized clinical trial was conducted to investigate the effect of a 0.5 percent chlorhexidine (CHX) gel on dental plaque superinfecting microorganisms in mentally handicapped patients. Thirty inmates from the institution "Casas André Luiz" were assigned to either test group (CHX gel, n = 15) or control group (placebo gel, n = 15). The gel was administered over a period of 8 weeks. Supragingival plaque samples were collected at baseline, after gel use (8 weeks) and 16 weeks after baseline. The presence of Gram-negative Enterobacteriaceae, Staphylococcus and yeasts was evaluated. No significant growth of any superinfecting microorganism was observed in the CHX group, when compared to the placebo group. The results indicated that the 0.5 percent chlorhexidine gel did not produce an undesirable shift in these bacterial populations


Assuntos
Paralisia Cerebral , Clorexidina , Enterobacteriaceae , Staphylococcus , Leveduras
13.
RPG rev. pos-grad ; 8(1): 35-39, jan.-mar. 2001. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-312778

RESUMO

Enterobactérias, estafilococos e leveduras säo microrganismos superinfectantes que podem ser encontrados na cavidade bucal de indivíduos com resposta imune deficiente, higiene pessoal inadequada ou expostos a antibioticoterapia prolongada. Sua presença tem sido associada a uma série de infecçöes bucais e extrabucais. Este estudo avaliou a prevalência desses microorganismos na placa bacteriana supragengival de 30 portadores de paralisia cerebral institucionalizados. Enterobactérias, estafilococos e leveduras foram encontrados, respectivamente, em 33 por cento, 13 por cento e 26 por cento dos pacientes. Enterobactérias representaram grande parte do total de bactérias isoladas em quatro pacientes (2,7 a 42 por cento), sendo que as espécies mais freqüentemente isoladas foram Serratia marcenscens e Klebsiella pneumoniae. A presença desses microorganismos na cavidade bucal pode ter implicaçöes terapêuticas, devido aos seus fatores de virulência


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Paralisia Cerebral , Gengiva , Placa Dentária/microbiologia , Enterobacteriaceae , Staphylococcus , Leveduras
14.
Rev. odontol. UNICID ; 9(2): 119-30, jul.-dez. 1997. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-229888

RESUMO

As leveduras säo freqüentes na cavidade bucal de indivíduos saudáveis, representando 60 a 70 por cento dos isolamentos, e seu estudo é importante, já que infecçöes causadas por esses microorganismos têm aumentado, principalmente com o advento da AIDS. O presente trabalho visa isolar leveduras do gênero Candida em dentes com comprometimento pulpar e/ou periapical e analisar in vitro a resistência desses microorganismos a medicamentos utilizados na terapia endodôntica. Foram estudados 100 dentes com comprometimento pulpar e/ou periapical, dos quais se coletou material do canal radicular 8 por cento de C. albicans. A verificaçäo da açäo in vitro de substâncias medicamentosas utilizadas na rotina do tratamento endodôntico sobre Candida demonstrou, nas condiçöes experimentais do presente trabalho, que atuaram efetivamente frente as amostras de Candida apenas o Cresophene, o Tricresol Formalina e a Clorexidine a 2 por cento


Assuntos
Candida/isolamento & purificação , Cavidade Pulpar/química , Técnicas In Vitro , Irrigantes do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular , Leveduras/isolamento & purificação
15.
Rev. odontol. UNESP ; 25(1): 79-84, jan.-jun. 1996. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-192919

RESUMO

Foi determinada a concentraçäo inibitória mínima (CIM) de três anti-sépticos disponíveis no mercado, diante de 30 cepas de Candida albicans, isoladas da cavidade bucal. A atividade antifúngica foi verificada pelo método da diluiçäo em meio sólido, com semeadura efetuada com o multiplicador de Steers e os anti-sépticos diluídos em concentraçöes seriadas duplas de 0,8 a 51,2 µg/mL. O Periogard (Colgate) foi o agente mais eficaz, inibindo todas as cepas na concentraçäo de 6,4µg/mL. Malvona (Primá) e Cepacol (Merrel), nesta concentraçäo, inibiram 30 por cento e 0 por cento, respectivamente, e a inibiçäo de 100 por cento das cepas testadas ocorreu com 25,6µg/mL destes produtos, concentraçäo esta menor que aquela recomendada para o uso. O Periogard (Colgate), cujo princípio ativo é a clorexidina, mostrou-se efetivo ante as C. albicans testadas, em concentraçöes relativamente baixas, o que demonstra sua possível aplicaçäo na prevençäo de candidoses bucais


Assuntos
Candida albicans , Candidíase Bucal/diagnóstico , Leveduras , Clorexidina/administração & dosagem
16.
Rev. odontol. UNICID ; 7(1): 27-33, jan.-jun. 1995. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-230129

RESUMO

Foram analisadas 115 amostras de saliva, provenientes de 25 indivíduos portadores e de 90 näo portadores de prótese total. Leveduras foram isoladas de 59 (51,3 por cento) amostras, sendo 18 (72,0 por cento) e 41 (45,6 por cento), respectivamente, dos usuários e näo usuários de prótese. O gênero Candida foi isolado de 100 por cento das placas dentaduras e de 94,4 por cento das salivas dos portadores, sendo também detectado em todas as mostras de saliva dos näo usuários de prótese. A espécie C. albicans foi a prevalente dentre outras, tais como C. tropicalis, C. parapsilosis, C. guilliermondii e C. famata. Os resultados obtidos com amostras de saliva foram semelhantes aos da placa dentadura, podendo a saliva ser amostra representativa, por ser mais fácil de ser coletada e manipulada


Assuntos
Candida/isolamento & purificação , Prótese Dentária , Saliva/microbiologia , Leveduras/isolamento & purificação
18.
Arq. Centro Estud. Curso Odontol ; 27(1/2): 9-15, jan.-dez. 1990. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-119991

RESUMO

A presença de fungos e bactérias foi estudada em 26 pacientes portadores de estomatite e os resultados comparados com os obtidos de mucosa normal de pacientes desdentados, usuários ou näo de prótese total. O uso de prótese provocou aumento na quantidade de fungos, havendo correlaçäo com a severidade da estomatite. Em todos os grupos estudados, predominaram cocos e bacilos Gram positivos, sendo que na presença de estomatite houve aumento de filamentosos Gram positivos e de cocos e bacilos Gram negativos. Estes resultados sugerem que, além dos fungos, a modificaçäo da microbiota bacteriana pode ser relevante no desenvolvimento da estomatite provocada por prótese total superior


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Candidíase Bucal , Estomatite sob Prótese/microbiologia , Estomatite/microbiologia , Leveduras
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA