Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 26
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. dent. sci ; 21(4): 367-376, 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-965232

RESUMO

Objective: Gingivitis is caused by a mixture of Gram-positive and Gram-negative species and is characterized by inflammatory exudate in the marginal region. Probiotics have been introduced in the prevention and treatment of periodontal diseases and represent an innovative approach to maintaining oral health using beneficial bacteria when administered in adequate amounts. The mechanism of action of probiotics in the oral cavity is not fully understood but is commonly explained by a combination of local and systemic immunomodulation. The results of the studies suggest that probiotics may be useful in the prevention and treatment of gingivitis, but their effectiveness is still very questionable. Thus, more in vivo research is needed through randomized controlled studies evaluating the main periodontal clinical parameters, levels of inflammatory mediators and microbiological analyzes, especially to elucidate some still unknown mechanisms of action and to ensure the use of probiotics as an effective therapy in the prevention and treatment of gingivitis. (AU)


Objetivo: A gengivite é causada por uma mistura de espécies Gram-positivas e Gram-negativas e é caracterizada pelo exsudado inflamatório na região marginal. Os probióticos tem sido introduzido na prevenção e tratamento das doenças periodontais e representam uma abordagem inovadora para manter a saúde bucal através da utilização de bactérias benéficas quando administradas em quantidades adequadas. O mecanismo de ação dos probióticos na cavidade bucal não é totalmente compreendido, mas é comumente explicado por uma combinação de imunomodulação local e sistêmica. Os resultados dos estudos sugerem que os probióticos podem ser úteis na prevenção e tratamento da gengivite, porém sua eficácia é muito questionável ainda. Desta forma, são necessárias mais pesquisas in vivo através de estudos randomizados controlados avaliando os principais parâmetros clínicos periodontais, níveis de mediadores inflamatórios e analises microbiológicas, especialmente para elucidar alguns mecanismos de ação ainda desconhecido e para assegurar a utilização dos probióticos como terapia eficaz na prevenção e tratamento da gengivite.(AU)


Assuntos
Doenças Periodontais , Probióticos , Gengivite , Bactérias Aeróbias Gram-Negativas , Bactérias Gram-Positivas
2.
São Paulo; s.n; 2014. 65 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867379

RESUMO

Este estudo identificou a presença e a viabilidade de Streptococcus spp., Propionibacterium acnes e Enterococcus faecalis antes e após os procedimentos endodônticos, utilizando o método de reação de cadeia de polimerase (PCR) baseado em RNA ribossômico (rRNA) e seus respectivos genes (rDNA). Foram coletadas amostras de 20 dentes com infecção primária antes (S1) e após o preparo químico-cirúrgico (S2), e depois do emprego do Ca(OH)2 como medicação intracanal (S3). DNA e RNA foram extraídos da mesma amostra de canal radicular e utilizados como moldes para reação de PCR com iniciadores específicos para a região 16S rRNA das espécies analisadas. Streptococcus espécies foram detectados em 20% e 25% das amostras S1 utilizando os métodos baseados em rRNA e rDNA, respectivamente; enquanto P. acnes foi detectado apenas pela análise de rRNA, estando presente em 10% das amostras S1. Após o preparo químico-cirúrgico, Streptococcus spp. foram detectado em 10% das amostras S2 quando se utilizou rDNA, porém não foi detectado pelo método baseado em rRNA, indicando ausência de células viáveis. Por outro lado, P. acnes foi detectado por ambos os métodos nas amostras S2, com prevalência de 10% e 5% quando se utilizou rRNA e rDNA como molde para PCR, respectivamente. Nas amostras S3, P. acnes foi a única espécie detectada nos ensaios baseados em rRNA, presente em 10% dos casos, enquanto o método baseado em rDNA falhou em detectar essa espécie. Por sua vez, E. faecalis não foi detectado em nenhuma amostra pelos métodos utilizados. Portanto, concluise que a suscetibilidade bacteriana aos procedimentos endodônticos varia entre as espécies Gram-positivas. Enquanto Streptococcus spp. foram suscetíveis, P. acnes persistiu ativo em canais radiculares após o preparo químico-cirúrgico e medicação intracanal. Esses dados sugerem que há necessidade de novas estratégias para a eliminação de espécies resisitentes ao tratamento endodôntico.


This study identified the presence and viability of Streptococcus spp., Enterococcus faecalis and Propionibacterium acnes before and after endodontic procedures, using the polymerase chain reaction (PCR) based on ribosomal RNA (rRNA) and their genes (rDNA ). Samples of 20 teeth with primary infection were collected before (S1) and after chemical-surgical preparation (S2), and after Ca(OH)2 as temporary dressing (S3). DNA and RNA were extracted from the same root canal sample and used as templates for PCR with specific primers for 16S rRNA region of the analyzed species. Streptococcus species were detected in 20% and 25% of the S1 samples using methods based on rRNA and rDNA, respectively; while P. acnes was only detected by analysis of rRNA, present in 10% of the samples S1. After chemicalsurgical preparation, Streptococcus spp. were detected in 10% of S2 samples when using rDNA as template, but they were not detected by the method based on rRNA, indicating the absence of viable cells. Furthermore, P. acnes was detected by both methods in samples S2, with a prevalence of 10% and 5% when using as template rRNA and rDNA for PCR, respectively. In S3 samples, P. acnes was the only species detected in assays based on rRNA, present in 10% of cases, while the rDNA-based method failed to detect this species. E. faecalis was not detected in any sample by the methods used. Therefore, it is concluded that bacterial susceptibility to endodontic procedures may vary among Gram-positive species. While Streptococcus spp. were susceptible, P. acnes persisted active in root canals after chemicalsurgical preparation and dressing. These data suggest the need for new strategies to eliminate resisitant species to endodontic treatment.


Assuntos
Cavidade Pulpar , Bactérias Gram-Positivas , Microbiologia , Reação em Cadeia da Polimerase , Tratamento do Canal Radicular/métodos
3.
São José dos Campos; s.n; 2012. 110 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867543

RESUMO

Bactérias Gram-positivas presentes nas infecções dos canais radicularespossuem em sua parede celular ácido lipoteicóico (LTA), que apresentapotente ação citotóxica. O objetivo deste estudo foi avaliar a capacidade desubstâncias químicas auxiliares como hipoclorito de sódio 1%, clorexidina gel2%, extrato glicólico de própolis 12%, em neutralizar o ácido lipoteicóico deEnterococcus faecalis em canais radiculares, analisando os efeitos naprodução de citocinas (IL-1β, IL-6, TNF-α) por macrófagos (RAW 264.7).Solução salina fisiológica apirogênica 0,9% foi utilizada como controlepositivo. Foram utilizadas 40 raízes de dentes unirradiculares padronizadas,distribuídos em 4 grupos (n=10) em placas de poliestireno. Após esterilização, foram inoculados 10μL de uma solução de LTA de Enterococcus faecalis nos canais radiculares por 24h, processo repetido 3 vezes, e posteriormente, realizou-se a instrumentação dos canais radiculares. Foi realizada a coleta do conteúdo imediatamente após a instrumentação. Estas amostras foram utilizadas para verificar se as substâncias químicas apresentavam capacidade de neutralizar o LTA. Para tanto, macrófagos (RAW 264.7) foram ativados com as amostras coletadas dos canais radiculares e os sobrenadantes foram utilizados para verificar a produção de citocinas (IL-1β, IL-6, TNF-α) pelo teste imunoenzimático(ELISA). Os resultados foram analisados estatisticamente (Kruskal-Wallis, e teste de Dunn 5%). Em relação a produção de IL-1β e IL-6, os níveisencontrados nos grupos instrumentados com NaOCl e PRO foram inferioresaos grupos CLX e SS. Em TNF-α todos os grupos experimentais, NaOCl: 1496pg/mL, PRO: 1113pg/mL, CLX: 961pg/mL e SS: 1046pg/mL foramestatisticamente semelhantes entre si (p>0,05). Conclui-se que as substâncias químicas auxiliares testadas: NaOCl e PRO foram eficazes em neutralizar o ácido lipoteicóico (LTA) de E. faecalis em canais radiculares quando comparadas com o grupo SS (controle ...


The purpose of this study is to assess the ability of 1%sodiumhypochlorite, 2%chlorhexidine gel, 12 % glycolic extract of propolis and0,9%apyrogenic saline physiological solution in the neutralization of thelipoteichoic acid (LTA) derived from Enterococcus faecalis in root canalsby analyzing the production of IL-1β,IL-6,TNF-α by macrophages(RAW264.7). For this study, 40 single-rooted roots, standardized to 16mm,were used. The root canals were prepared using a 15K-file and thenprepared using rotatory system (BioRaCe) until the working length(15mm); the specimens were distributed in microplates with 10 specimens each. After sterilization, 10μL of E. faecalis LTA solution was used in the root canals, and subsequently was perfomed a root canal instrumentationwith rotatory system. The samples were then divided into 4 groups (n=10)on the basis of the irrigating agent used as follows: (a) NaOCl: 1%sodiumhypochlorite; (b) CLX: 2%chlorhexidine gel; (c) PRO: 12% glycolic extractof propolis; (d) group SS: 0,9%apyrogenic saline physiological solution.The root canal content was collected immediately after instrumentation toverify the production of IL-1β, IL-6, TNF-α, from the macrophages, testedby ELISA. Results were analyzed statistically by (Kruskal-Wallis test, pvalue = 0.0001 <0.05 and Dunn test 5%). Where it was found that in levelsfound in the groups instrumented with NaOCl and PRO were lower thanCLX and SS. TNF-α in all experimental groups, NaOCl: 1496pg/mL, PRO:1113pg/mL, CLX: 961pg/mL and SS: 1046pg/mL were statistically similar(p> 0.05). It is concluded that the auxiliary chemicals tested: NaOCl andPRO were effective in neutralizing the lipoteichoic acid (LTA) of E. faecalisin root canals compared with the SS group (positive control). For groupCLX cytokine production (IL-1β) and (IL-6) was higher than in the othergroups. proving to be less effective than other solutions. But all the substances ...


Assuntos
Clorexidina , Cavidade Pulpar , Própole , Hipoclorito de Sódio , Bactérias Gram-Positivas , Infecções
4.
Arch. oral res. (Impr.) ; 7(1): 51-60, jan.-abr. 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-667652

RESUMO

Objective: The purpose of this in vitro study to evaluate antimicrobial efficacy of commercially available herbal dentifrices in comparison with conventional dentifrices against seven oral microbes, namely, Streptococcus mutans, Streptococcus mitis, Streptococcus sanguinis, Streptococcus salivarius, Actinomyces viscosus, Candida albicans, and Lactobacillus acidophilus. Materials and methods: Antimicrobial properties of dentifrices were evaluated by measuring zone of inhibition at 48h on blood agar plates inoculated with microbial strains, using disc diffusion method. Each dentifrice was tested in 100% and 50% concentration. Sterile distilled water was used as control. One way Analysis of Variance followed by Tukey post hoc was used for multiple group comparisons. P value < 0.05 was considered statistically significant. Results: In both, 100% and 50% concentrations maximum zone of inhibition was observed with Smyle™ herbal toothpaste followed by Himalaya herbals™ dental cream. Conclusion: Antimicrobial activity of Smyle™ herbal toothpaste is the best against microorganisms tested in present study.


Objetivo: O propósito deste estudo foi avaliar e comparar a eficácia antimicrobiana de dentifrícios herbaiscomerciais e convencionais contra sete micro-organismos: Streptococcus mutans, Streptococcus mitis, Streptococcus sanguinis, Streptococcus salivarius, Actinomyces viscosus, Candida albicans, and Lactobacillusacidophilus. Materiais e métodos: Propriedades antimicrobianas dos dentifrícios foram avaliadas a partir damedição da zona de inibição utilizando o método de difusão em disco após 48h em placas de ágar sangue inoculadascom as cepas microbianas. Cada dentifrício foi testado nas concentrações de 100% e 50%. O controleconsistiu em água destilada estéril. As comparações entre grupos foram realizadas por ANOVA a um critério eteste de Tukey post hoc, ambos com nível de significância de 5%. Resultados: Em ambas as concentrações de100% e 50%, a zona de inibição máxima foi observada para o dentifrício herbal Smyle® seguido do dentifrícioherbal Himalaya herbals®. Conclusões: O dentifrício herbal Smyle® apresentou o melhor resultado contra osmicro-organismos avaliados no presente estudo.


Assuntos
Bactérias Gram-Positivas , Candida albicans , Dentifrícios/farmacologia , Preparações de Plantas/farmacologia , Análise de Variância , Anti-Infecciosos , Boca/microbiologia , Extratos Vegetais/farmacologia , Índia
5.
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 7(2): 61-68, abr.-jun. 2007. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873421

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo detectar a presença de bactérias Gram positivas e/ou negativas em lesões periapicais associadas ou não à lesão cariosa através das técnicas histoquímicas de BH e BB. Foram selecionados 40 casos de lesões periapicais (20 Cistos Radiculares e 20 Granulomas Periapicais) do Laboratório de Patologia Bucal da Faculdade de Odontologia de Pernambuco FOP/UPE e colhidos 13 dentes com cárie na clínica de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial contendo cárie. Os nossos resultados demonstraram que, para a coloração de BB, foi possível detectar a presença de bactérias em 80% dos casos de GP, 85% dos CR e 100% nos dentes cariados. Já para a coloração, de BH observaram-se microorganismos em 80% dos casos de GP, 90%, dos de CR, e 92,3%, dos de cárie. Concluímos que as técnicas histoquímicas utilizadas foram satisfatórias para detecção bacteriana, havendo uma associação entre os microorganismos da cárie e lesões periapicais, sugerindo que as periapicopatias são processos contínuos decorrentes da cárie


Assuntos
Cárie Dentária , Bactérias Gram-Positivas , Granuloma Periapical , Cisto Radicular
6.
Rev. bras. odontol ; 62(3/4): 168-171, 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541734

RESUMO

O objetivo foi relacionar a infecção salivar por bactérias Gram-positivas e Gram-negativas com a atividade de cárie e a condição gengival em 29 crianças, de 3 a 12 anos de idade. A amostra foi dividida em dois grupos distintos quanto a presença (G1) ou à ausência (G2) de cavidades cariosas. Realizou-se o teste salivar Nocaries®, e a condição gengival e o índice de cárie foram avaliados. Não houve associação entre infecção salivar por bactérias Gram(-) e doença gengival. No G1, foi observada relação entre a presença de infecção salivar por bactérias Gram (+) e atividade de cárie.


Assuntos
Humanos , Criança , Bactérias Gram-Negativas/patogenicidade , Bactérias Gram-Positivas/patogenicidade , Cárie Dentária/prevenção & controle , Gengivite/prevenção & controle , Odontologia Preventiva , Risco , Saliva/microbiologia
8.
JBC j. bras. clin. odontol. integr ; 7(42): 479-482, nov.-dez. 2003.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-400770

RESUMO

Embora a endocardite infecciosa seja uma doença relativamente incomum, o clínico deve estar atento à possibilidade de desenvolvimento em determinados pacientes. O presente artigo de revisão busca trazer informação adicional sobre a etiologia microbiana, fatores e condições de risco, assim como a antibioticoterapia profilática relacionada


Assuntos
Antibioticoprofilaxia , Endocardite Bacteriana , Assistência Odontológica , Bactérias Gram-Positivas
9.
São Paulo; s.n; 2003. 90 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-366101

RESUMO

Os tumores de cabeça e pescoço representam uma importante causa de mortalidade em nosso meio e a maioria é tratada utilizando-se a radioterapia exclusiva ou em combinação com a cirurgia e a radioterapia. O nosso estudo teve como objetivo estudar as bactérias gram-negativas e Gram-positivas aeróbicas e anaeróbicas facultativas na mucosa bucal em indivíduos submetidos à radioterapia em áreas de cabeça e pescoço em quatro momentos distintos, um antes da radioterapia, dois durante e um mês após o término da radioterapia. Quanto à localização da lesão, o sítio anatômico mais envolvido foi à laringe e a dose média de radioterapia foi de 6072 cGy. Todos os pacientes durante a radioterapia desenvolveram xerostomia, e a mucosite foi mais encontrada na segunda coleta. Com relação às bactérias não houve diferenças significativas entre as bactérias gram-positivas de um modo geral e com relação às gram-negativas estas sofreram um aumento no decorrer do tratamento e continuaram elevadas. Dentre as Gram-positivas observamos uma diminuição dos Streptococcus sp. na mucosa bucal destes pacientes durante e após a radioterapia. Sugerimos que existe uma modificação da microbiota bucal nos pacientes submetidos à radioterapia que ainda merece estudos posteriores.


Assuntos
Diagnóstico Bucal , Bactérias Gram-Negativas , Bactérias Gram-Positivas , Neoplasias de Cabeça e Pescoço , Mucosa Bucal , Lesões por Radiação
10.
Rev. Fac. Odontol. Bauru ; 7(3/4): 77-84, jul.-dez. 1999. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-298411

RESUMO

Examinou-se 104 amostras de placa bacteriana subgengival de 25 pacientes adultos com 18 a 45 anos, considerados de risco à doença periodontal, quanto à presença de bactérias periodontopáticas e valor previsor de perda de inserçäo, usando-se a técnica "slot immunoblot". As bactérias analisadas foram: P.g., P.i., T.d., A.v., S.sg. Dos 104 sítios amostrados, apenas 12 apresentaram perda de inserçäo quando este critério foi avaliado com intervalo de 6 meses, utilizando-se sonda computadorizada (Florida Probe) e um critério de "cohort" de 0,9 mm. A partir da análise dos resultados, vê-se que poucos sítios tiveram perda de inserçäo e que a quantidade de bactérias detectadas parece ter pouco ou nenhum valor previsor positivo de perda de inserçäo. O método de análise por "slot immunoblot" é pouco sensível e altamente específico para detectar perda de inserçäo em funçäo da presença de bactérias. Parece que, os métodos de análise microbiológica ainda näo säo suficientemente seguros para serem utilizados sozinhos como método de diagnóstico para prever perda de inserçäo periodontal


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Perda da Inserção Periodontal/etiologia , Placa Dentária/complicações , Actinomyces viscosus/isolamento & purificação , Bactérias Gram-Negativas/classificação , Bactérias Gram-Negativas/isolamento & purificação , Bactérias Gram-Positivas/classificação , Bactérias Gram-Positivas/isolamento & purificação , Doenças Periodontais/classificação , Doenças Periodontais/etiologia , Doenças Periodontais/patologia , Immunoblotting , Placa Dentária/microbiologia , Porphyromonas gingivalis/isolamento & purificação , Prevotella intermedia/isolamento & purificação , Streptococcus sanguis/isolamento & purificação , Treponema/classificação , Treponema/isolamento & purificação
11.
Rev. Fac. Odontol. Bauru ; 7(1/2): 41-7, jan.-jun. 1999.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-271845

RESUMO

Com o objetivo de analisar a distribuiçäo das bactérias nas estruturas ósseas, utilizaram-se 20 casos de osteomielites crônicas supurativas. Utilizou-se da microscopia óptica em cortes corados pelas técnicas da H.E. e de Brown e Brenn. Os resultados evidenciaram bactérias Gram-positivas e Gram-negativas nas superfícies ósseas, nos osteoplastos, nos canais de Havers e de Volkmann e nos tecidos moles adjacentes. Inferiu-se que em lesäo periapical inflamatória o componente bacteriano pode se localizar em regiöes inacessíveis das estruturas ósseas, mesmo quando da realizaçäo de cirurgias parendodônticas. Concluiu-se que nas osteomielites crônicas supurativas as bactérias envolvem todas estruturas ósseas comprometidas organizando-se em colônias e em biofilmes microbianos, como estratégia de sobrevivência frente aos mecanismos de defesa do hospedeiro


Assuntos
Humanos , Bactérias Gram-Negativas/isolamento & purificação , Bactérias Gram-Positivas/isolamento & purificação , Osteomielite/microbiologia , Bactérias Gram-Negativas/classificação , Bactérias Gram-Positivas/classificação , Biofilmes/classificação , Contagem de Colônia Microbiana/classificação , Contagem de Colônia Microbiana/métodos , Endodontia , Osteomielite/classificação
12.
Bauru; s.n; 1999. 128 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-262530

RESUMO

Com o objetivo de analisar a distribuiçäo das bactérias nas estruturas ósseas, utilizaram-se 20 casos de osteomielites crônicas supurativas. Utililizou-se da microscopia óptica em cortes corados pelas técnicas da H.E. e de Brown e Brenn. Os resultados evidenciaram bactérias Gram-positivas e Gram-negativas nas superfícies ósseas, nos osteoplastos, nos canais de Havers e de Volkmann e nos tecidos moles adjacentes. Inferiu-se que em lesäo periapical inflamatória o componente bacteriano pode se localizar em regiöes inacessíveis das estruturas ósseas, mesmo quando da realizaçäo de cirurgias parendodônticas. Concluiu-se que nas osteomielites crônicas supurativas as bactérias envolvem todas as estruturas ósseas comprometidas organizando-se em colônias e em biofilmes microbianos, como estratégia de sobrevivência frente aos mecanismos de defesa do hospedeiro


Assuntos
Bactérias Gram-Negativas/isolamento & purificação , Bactérias Gram-Positivas/isolamento & purificação , Osteomielite/microbiologia , Biofilmes , Endodontia , Microscopia , Patologia Bucal
19.
Bauru; s.n; 1995. 147 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-230025

RESUMO

O conhecimento da composiçäo microbiana do sulco gengival de crianças com dentiçäo decídua, sabidamente resistentes à doença periodontal, é importante näo só porque pode definir a microbiota essencialmente näo patogênica para iniciar a doença, como também o momento da colonizaçäo inicial de microrganismos periodontopáticos. Utilizando a técnica do "slot-immunoblot", amostras de placa subgengival de 59 crianças sadias, com idades entre 3 e 6 anos, foram pesquisadas quanto a presença, distribuiçäo e intensidade de colonizaçäo de dez bactérias: A. viscosus, S. sanguis, S. mutans, P. gingivalis, P. intermedia, A. actinomycetemcomitans (A.a.), F. nucleatum, S. sputigena, T. denticola e T. vincentii. O A. viscosus foi detectado em 100 por cento das crianças; o S. sanguis em 72,9 por cento; o S. mutans em 22,0 por cento; a P. intermedia em 23,7 por cento; o A.a. em 52,5 por cento; o F. nucleatum em 57,6 por cento, a S.sputigena em 17,0 por cento e o T. vincentii em 27,1 por cento. A P. gingivalis e o T. denticola näo foram detectados. A distribuiçäo dos microrganismos näo foi homogênea, ocorrendo a colonizaçäo em 1, 2, 3 ou 4 sítios...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Actinomyces viscosus/isolamento & purificação , Bactérias Gram-Positivas/isolamento & purificação , Doenças Periodontais/etiologia , Gengiva/microbiologia , Porphyromonas gingivalis/isolamento & purificação , Prevotella intermedia/isolamento & purificação , Streptococcus mutans/isolamento & purificação , Streptococcus sanguis/isolamento & purificação , Aggregatibacter actinomycetemcomitans/isolamento & purificação , Fusobacterium nucleatum/isolamento & purificação , Immunoblotting , Prevalência , Dente Decíduo , Treponema/isolamento & purificação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA