Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 55
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Arch. Health Invest ; 8(4): 174-177, abr. 2019. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1007052

RESUMO

Introdução: No território brasileiro, a localização anatômica com maior incidência de lesões cancerígenas é em cabeça e pescoço. Sendo caracterizadas como mais agressivas, as lesões localizadas na boca e orofaringe. Afetando, principalmente a capacidade de deglutir e mastigar, no bem estar emocional, na dor e na comunicação. Estes efeitos decorrem da própria doença ou tipo e agressividade do tratamento, gradualmente mais deformantes quando mais tardio o diagnóstico. Objetivo: O presente estudo tem por objetivo relatar um caso de carcinoma in sito em cavidade bucal e orofaringe bem como apresentar uma breve revisão de literatura sobre neoplasias malignas de boca e orofaringe de maior frequência bem como caracterizá-lo clinicamente e alertar sobre os benefícios do diagnóstico precoce. Relato de caso: Paciente, 64 anos, feminina, melanoderma, apresentando lesão eritroplásica em soalho lingual, bordo lateral de língua com extensão para palato mole. Tabagista há 46 anos apresentando ao exame de macroscopia fragmento de tecido mole de formato e superfícies irregulares, consistência elástica, coloração branco acastanhada, medindo em conjunto 1,2 x1,0x 0,5 cm. O exame histopatológico revelou Carcinoma "in situ". Diante do diagnóstico, a paciente foi encaminhada para o tratamento especializado no hospital de referência na região do Cariri. Conclusão: Conclui-se que o exame clínico minucioso da cavidade oral dos pacientes com fatores de risco 2 e/ou que possuam lesões suspeitas é de fundamental importância para profissionais como o Cirurgião-Dentista e Médico(AU)


Introduction: In the Brazilian territory, the anatomical location with the highest incidence of cancerous lesions is in the head and neck. The lesions located in the mouth and oropharynx are characterized as more aggressive. Affecting, mainly the ability to swallow and chew, emotional well-being, pain and communication. These effects stem from the disease itself or type and aggressiveness of the treatment, gradually more deforming when later diagnosis. Objective: This study aims to report a case of carcinoma in the oral cavity and oropharynx as well as to present a brief review of the literature on malignant neoplasms of the mouth and oropharynx of higher frequency, as well as to characterize it clinically and to warn about the benefits of early diagnosis. Case report: Patient, 64 years old, female, melanoderma, presenting erythroplastic lesion on the lingual floor, tongue lateral border with extension to soft palate. A 46-year-old female smoker has presented macroscopic examination with a soft tissue fragment and irregular surfaces, elastic consistency, brownish-white color, measuring 1.2 x 1.0 x 0.5 cm. Histopathological examination revealed Carcinoma "in situ". Before the diagnosis, the patient was referred to the specialized treatment in the reference hospital in the Cariri region. Conclusion: A thorough clinical examination of the oral cavity of patients with risk factors and / or suspicious lesions is of fundamental importance for professionals such as the Dental and Medical Surgeon(AU)


Introducción: En el territorio brasileño, la localización anatómica con mayor incidencia de lesiones cancerígenas es en cabeza y cuello. Si se caracterizan como más agresivas, las lesiones localizadas en la boca y la orofaringe. Afectando, principalmente la capacidad de deglutir y masticar, en el bienestar emocional, el dolor y la comunicación. Estos efectos se derivan de la propia enfermedad o tipo y agresividad del tratamiento, gradualmente más deformantes cuando más tardío el diagnóstico. Objetivo: El presente estudio tiene por objetivo relatar un caso de carcinoma in sito en cavidad bucal y orofaringe así como presentar una breve revisión de literatura sobre neoplasias malignas de boca y orofaringe de mayor frecuencia así como caracterizarlo clínicamente y alertar sobre los beneficios del tratamiento diagnóstico precoz. Relato de caso: Paciente, 64 años, femenina, melanoderma, presentando lesión eritroplásica en suelo lingual, borde lateral de lengua con extensión para paladar blando. Tabaquismo hace 46 años presentando al examen de macroscopia fragmento de tejido blando de formato y superficies irregulares, consistencia elástica, coloración blanca parra, midiendo en conjunto 1,2 x1,0x 0,5 cm. El examen histopatológico reveló Carcinoma in situ. Ante el diagnóstico, la paciente fue encaminada para el tratamiento especializado en el hospital de referencia en la región del Cariri. Conclusión: Se concluye que el examen clínico minucioso de la cavidad oral de los pacientes con factores de riesgo y / o que tienen lesiones sospechosas es de fundamental importancia para profesionales como el Cirujano Dentista y Médico(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Neoplasias Bucais , Neoplasias Orofaríngeas , Odontólogos , Neoplasias Bucais/diagnóstico , Carcinoma , Neoplasias Orofaríngeas/diagnóstico , Neoplasias de Cabeça e Pescoço
2.
São Paulo; s.n; 2014. 105 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867285

RESUMO

Carcinoma verrucoso e leucoplasia verrucosa proliferativa, estão entre as lesões que apresentam difícil diagnóstico diferencial devido às semelhanças histopatológicas que ocorrem em determinada fase de evolução. Existe, para tanto, a necessidade de somar dados clínico-epidemiológicos ao histopatológico a fim de se estabelecer o diagnóstico final. A leucoplasia verrucosa proliferativa caracteriza-se por seu acometimento multifocal, grande potencial de recidiva e perfil progressivo que resulta em alto risco de transformação maligna. Por outro lado, o carcinoma verrucoso, variante de baixo grau do carcinoma epidermoide, é unifocal e dificilmente recidiva. A importância de novos estudos acerca das suas duas lesões mencionadas vem a agregar conhecimento de modo a facilitar um correto diagnóstico e, consequentemente, um apurado prognóstico. A leucoplasia verrucosa proliferativa, por se tratar de lesão com alto potencial de transformação maligna, pode evoluir para carcinoma epidermoide invasivo, menos diferenciado e mais agressivo com consequente prognostico obscuro, ao passo que, o carcinoma verrucoso não incorre em metástases e apresenta um prognóstico mais favorável. Isso posto, com o objetivo de aumentar a precisão diagnóstica, o presente trabalho propôs identificar e quantificar em porcentagem os critérios histopatológicos encontrados na leucoplasia verrucosa proliferativa e no carcinoma verrucoso visando diferenciar morfologicamente as lesões dos dois grupos.


Também buscamos comparar os dados epidemiológicos referentes aos casos inseridos no estudo, dentre eles vinte e dois casos de leucoplasia verrucosa proliferativa, dezoito casos de carcinoma verrucoso e dois casos apresentando tanto leucoplasia verrucosa proliferativa quanto carcinoma verrucoso, casos esses com diagnósticos estabelecidos previamente (baseando-se nos dados epidemiológicos somados ao histopatológico). A utilização de um marcador imuno-histoquímico da atividade proliferativa celular, o Ki67, também permitiu uma análise comparativa entre o comportamento biológico de ambas as lesões através de um ensaio quantitativo e qualitativo. A marcação mostrou-se escassa, mas evidente em células mitóticas da leucoplasia verrucosa proliferativa, mostrando, no entanto, maior número de células positivas no carcinoma verrucoso, estas visíveis nas camadas basal e parabasal. Os resultados do presente trabalho permitiram concluir então que o marcador Ki67 pode auxiliar no diagnóstico diferencial entre leucoplasia verrucosa proliferativa e carcinoma verrucoso. Foi possível depreender também que, histologicamente, o carcinoma verrucoso apresenta maior alteração em sua conformação epitelial, bem como maior número de atipias cito-arquiteturais quando comparado à leucoplasia verrucosa proliferativa, que, apesar de seu aspecto morfológico, evolui no sentido de uma potencial transformação maligna, apresentando, por sua vez, maior freqüência de projeções em gota.


Verrucous carcinoma and proliferative verrucous leukoplakia, are among the injuries presenting difficult differential diagnosis due to histopathological similarities that occur at some stage of evolution. There is a need to add clinical, epidemiological and histopathological data to achieve the final diagnosis. Proliferative verrucous leukoplakia is characterized by its multifocal involvement, great potential for relapse and progressive profile that results in malignant transformation high risk. On the other hand, the verrucous carcinoma, which is considered low-grade variant of squamous cell carcinoma, is unifocal and unlikely to return. The importance of new studies on its two mentioned lesions is to generate knowledge aiming at a correct diagnosis and prognosis. The proliferative verrucous leukoplakia, since it is a lesion with high potential for malignant transformation, can develop into less differentiated and more aggressive invasive squamous cell carcinoma with subsequent poor prognosis, whereas the verrucous carcinoma incurs no metastases and presents a more favorable prognosis. Thus, aimed to increase the diagnostic accuracy, the present work looked for to identify and quantify in percentage the histopathological criteria found on proliferative verrucous leukoplakia and verrucous carcinoma, aiming morphologically differentiate the lesions from both groups.


We also seek to compare the epidemiological data related to cases included in the study, including twenty-two cases of proliferative verrucous leukoplakia, eighteen cases of verrucous carcinoma and two cases showing both proliferative verrucous leukoplakia as verrucous carcinoma, cases with these diagnoses established previously (based on epidemiological data added to histopathology data). Using a cell proliferation immunohistochemical marker, Ki67, we made a comparative analysis between the biological behavior of both lesions by quantitative and qualitative assay. We saw a few strongly positive mitotic cells in samples of proliferative verrucous leukoplakia, and numerous positive cells observed in the basal and parabasal layers of verrucous carcinoma samples. This study results indicate, then, that the Ki67 marker may help in the differential diagnosis between proliferative verrucous leukoplakia and verrucous carcinoma. It was also possible to conclude that, histologically, the verrucous carcinoma shows greater change in its epithelial conformation and a higher number of cyto-architectural atypia when compared to proliferative verrucous leukoplakia, which, despite its morphological appearance, evolves towards a potential malignant transformation, presenting, in turn, higher drop-shaped rete ridges frequency.


Assuntos
Carcinoma/classificação , Carcinoma/complicações , Carcinoma/diagnóstico , Ferimentos e Lesões/classificação , Ferimentos e Lesões/complicações , Ferimentos e Lesões/diagnóstico , Leucoplasia/classificação , Leucoplasia/complicações , Leucoplasia/diagnóstico , Diagnóstico Bucal
3.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-702814

RESUMO

O retalho submentoniano é versátil e útil em reconstruções dedefeitos intra-orais, trato aero- digestivo e 1/3 inferior da face.Relato de caso: Apresentamos o retalho de Martin modificadopara defeito extenso de mucosa jugal á esquerda até palato,associado a retalho Karapandizix e nasogeniano para terço dolábio superior esquerdo e dois terços do lábio inferior. O retalhode Martin modificado é uma variação segura, útil, com bom arcode rotação, cor e textura similar a da face.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Carcinoma , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos , Retalhos Cirúrgicos
4.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-857049

RESUMO

O retalho submentoniano é versátil e útil em reconstruções dedefeitos intra-orais, trato aero- digestivo e 1/3 inferior da face.Relato de caso: Apresentamos o retalho de Martin modificadopara defeito extenso de mucosa jugal á esquerda até palato,associado a retalho Karapandizix e nasogeniano para terço dolábio superior esquerdo e dois terços do lábio inferior. O retalhode Martin modificado é uma variação segura, útil, com bom arcode rotação, cor e textura similar a da face.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Carcinoma , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos , Retalhos Cirúrgicos
5.
Braz. j. oral sci ; 12(1): 23-29, jan.-mar. 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-671928

RESUMO

Aim: To assess clinicopathological features of patients with keratocystic odontogenic tumor (KCOT) associated with nevoid basal cell carcinoma syndrome (NBCCS) in a single Brazilian institution. Methods: After histopathological analyses of KCOT related to NBCCS, the medical charts of 14 patients were assessed. These patients presented a total of 31 primary and 8 recurrent KCOT. Results: Out of 14 patients, 8 presented a single KCOT, 4 showed synchronous tumors, 1 had3 metachronous lesions and another patient had 2 synchronous lesions at initial evaluation and then developed other 3 metachronous lesions. Besides the 31 primary KCOTs, 18 lesions were located in mandible and 13 in maxilla. Most tumors presented unilocular pattern and association with a tooth. Conclusions: KCOT is a frequent manifestation of NBCCS and can be its first sign, mainly in young patients. In contrast to a previously published series, most patients presented a single lesion.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Síndrome do Nevo Basocelular , Carcinoma
6.
RGO (Porto Alegre) ; 60(3): 385-389, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874677

RESUMO

Leukoplakia is the most prevalent precancerous lesion of the oral cavity, and given it is malignant potential, patients must periodically be followed up. The aim of this article was to report a clinical case a woman patient, alcohol abuser and smoker for over 25 years, who is an oral leukoplakia carrier. Histopathological examination indicated the presence of a moderate epithelial dysplasia while immunohistochemistry for Ki-67 and cyclin D1 revealed the presence of cellular proliferation in suprabasal layers. Therefore, the removal of the lesion with surgical laser was the elected treatment. Since then, the patient has been followed up for 3 years, however, after two sequential follow up absences, she returned with recurrence of the lesion, with a history of eight months progression. Histopathological examination revealed the presence of a well differentiated carcinoma.


A leucoplasia é a lesão cancerizável mais prevalente da boca, foi definida pela Organização Mundial de Saúde como mancha ou placa branca, que não se caracterizada como outra lesão bucal. Devido ao seu potencial de malignização, os pacientes com leucoplasias devem ser acompanhados periodicamente. O objetivo desde artigo é relatar o caso de uma paciente do gênero feminino, etilista e tabagista há mais de 25 anos com leucoplasia bucal. O exame histopatológico indicou a presença de displasia epitelial moderada e a imunomarcação pelo Ki-67 e ciclina D1 revelou a presença de proliferação celular em camadas suprabasais. Por essa razão, optou-se pela remoção da lesão com o laser cirúrgico. A paciente permaneceu em acompanhamento semestral por três anos, entretanto, após faltar a duas revisões, retornou com recidiva da lesão com história de evolução de oito meses e cujo exame histopatológico revelou a presença de carcinoma espinocelular bem diferenciado.


Assuntos
Carcinoma/diagnóstico , Carcinoma/patologia , Leucoplasia Oral , Cirurgia Bucal
7.
Bauru; s.n; 2012. 79 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866306

RESUMO

O carcinoma de células escamosas de cavidade bucal tem alta prevalência e índice de mortalidade considerável entre as principais neoplasias malignas. Acredita-se que carcinógenos químicos promovem a carcinogênese através de danos oxidativos e mutações genéticas, entre outros mecanismos. O organismo evita o acúmulo de espécies reativas de oxigênio (EROs), ou seja, o estresse oxidativo, através da produção endógena de antioxidantes como o -tocoferol, o retinol e a glutationa. Diversos estudos têm demonstrado que a administração de glutamina pode aumentar a produção de glutationa, proteger células de danos oxidativos e alterações genéticas, e, assim, inibir ou retardar a carcinogênese. Esse aminoácido é considerado um agente quimiopreventivo por atuar em alvos moleculares e celulares específicos, no processo de inflamação ou transdução de sinais, além de induzir atividade de enzimas de detoxificação e suprimir proliferação celular. O protocolo de indução de carcinogênese bucal induzida por DMBA, dimetilbenzantraceno dilúido em acetona, aplicado três vezes por semana, foi bem estabelecido em hamsters e sabe-se que a formação de EROs durante sua metabolização pode se difundir a partir do local de geração, para fora da célula, e iniciar a cadeia de peroxidação lipídica. Sabe-se que existe metabolização hepática do DMBA quando aplicado em mucosa jugal. Nesse estudo avaliou-se o efeito da suplementação de glutamina via oral e intragástrica em carcinogênese DMBA-induzida em mucosa de bolsa jugal de hamsters. Dosaram-se níveis de malondialdeído (MDA), principal produto de peroxidação lipídica, e antioxidantes -tocoferol, retinol e glutationa. Obteve-se como resultado a formação de carcinoma de células escamosas na maioria dos animais, independentemente da administração de glutamina, na dosagem testada. Não foram observadas diferenças na quantidade de MDA, glutationa, proteína e retinol no fígado dos animais...


Oral cavity squamous cell carcinoma has a high prevalence and substantial mortality rate among the major malignancies. It is believed that chemical carcinogens promote carcinogenesis by oxidative damage and mutation, among other mechanisms. The body prevents the accumulation of reactive oxygen species (ROS), oxidative stress, through the production of endogenous antioxidants such as -tocopherol, retinol, and glutathione. Several studies have demonstrated that glutamine administration can increase the production of glutathione, protecting cells from oxidative damage and genetic changes, and thus inhibit or delay the carcinogenesis. This amino acid is considered a chemopreventive agent to act on specific molecular and cellular targets, in inflammation or signal transduction, and activity to induce detoxification enzymes and suppress cell proliferation. The dimethylbenzanthracene (DMBA) induced carcinogenesis protocol consists in three times a week application of DMBA diluted in acetone, in hamsters. It is known that the formation of ROS during its metabolism can diffuse from the site of generation, outside the cell, and initiate the lipid peroxidation chain. It is known that there is hepatic metabolism of DMBA when applied to the buccal mucosa. This study evaluated the effect of oral and intragastric glutamine supplementation in DMBA-induced carcinogenesis on the cheek pouch mucosa of hamsters. Levels were assayed for malondialdehyde (MDA), the main product of lipid peroxidation, and the antioxidants -tocopherol, retinol and glutathione. The results show the formation of squamous cell carcinoma in most animals, regardless of this glutamine amount administration. There were no differences in the amount of MDA, glutathione, protein and retinol in the liver of animals. There was no difference between plasma levels of glutathione between groups. These results demonstrate that there was no significant oxidative stress in the tissues tested...


Assuntos
Animais , Camundongos , Anticarcinógenos/uso terapêutico , Carcinoma de Células Escamosas/tratamento farmacológico , Glutamina/uso terapêutico , Glutationa/metabolismo , Neoplasias Bucais/tratamento farmacológico , Carcinógenos , Carcinoma/induzido quimicamente , Carcinoma/patologia , Neoplasias Bucais/induzido quimicamente , Neoplasias Bucais/patologia
8.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-621690

RESUMO

O exame clínico criterioso é um método eficaz na busca de alterações importantes que conduzem a um diagnóstico preciso de lesões bucais. Somados a este, exames complementares deverão ser solicitados para elucidar e definir o diagnóstico. O Cirurgião-dentista tem importância na verificação de alterações bucais, bem como na indicação e execução desses exames. Diante disso, exames através de imagens e estudo de fragmentos colhidos por biópsia são prioridade, quando outros não foram suficientes para a precisão do diagnóstico. Este relato de caso clínico baseou-se no diagnóstico de carcinoma epidermóide em rebordo alveolar inferior, região com baixa incidência, através de imagens radiográficas e de exame histopatológico em um paciente do gênero masculino que foi encaminhado ao serviço de triagem da Clínica Odontológica da UNICID para diagnóstico de lesão em rebordo que não apresentava sinais de cicatrização após exodontia local, em um período de 60 dias, e mostra como a interdisciplinaridade atua na rapidez do diagnóstico e tratamento


The criterious clinical exam is an efficient method of searching important alterations, which leads to a sharp diagnosis of oral lesions. Added to this, complementary exams must be taken in order to elucidate and define the diagnosis. Dentists play an important role in the verification of oral alterations, as well as in the indication and execution of those exams. Therefore, exams through images and study of pieces taken during the biopsy are a priority when others were not sufficient to determine the diagnosis. This reporting of a clinical case was based on the diagnosis of squamous cell carcinoma in inferior alveolar ridge, a region of low incidence, through radiographic images and histopathologic exam of a male patient. He was transferred to the triage system of the Odontologic Clinic in UNICID to diagnose the lesion on alveolar ridge, which did not present any sign of heal¬ing after local extraction on a period of sixty days; moreover, this reporting shows how much interdisciplinarity helps to fast diagnosis and treatment


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Neoplasias Bucais , Carcinoma , Diagnóstico
9.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-614374

RESUMO

Objetivo: Comparar a citologia esfoliativa em base líquida em relação à citologia convencional no diagnóstico de carcinomas da região de cabeça e pescoço. Método: Cento e duas lâminas obtidas de 19 indivíduos portadores de neoplasias malignas foram examinadas. As amostras foram divididas em três grupos: grupo 1 - esfregaços de carcinomas da região de cabeça e pescoço obtidos pela citologia em base líquida; grupo 2 (controle) - amostras de citologia em base líquida provenientes de tecido sadio (região anatômica oposta) e grupo 3 - esfregaços de carcinomas da região de cabeça e pescoço obtidos pela citologia esfoliativa convencional. Os esfregaços foram processados em laboratório e avaliados por meio da microscopia de luz. Os dados foram submetidos aos testes do Qui-quadrado (X2), Análise de Variância (ANOVA) e Teste de Tukey-Kramer (P<0,05). Resultados: Houve uma diferença significativa entre os grupos em relação às alterações celulares sugestivas de malignidade (p<0,05). As lâminas preparadas por meio da citologia em base líquida evidenciaram melhores as células neoplásicas. As células epiteliais encontraram-se mais dissociadas e a amostra foi mais representativa. Houve uma redução de 54,6% no número de amostras insatisfatórias e um ganho de sensibilidade de 53% ao se utilizar a citologia em base líquida. Esta técnica permitiu a obtenção de esfregaços mais homogêneos e lâminas de melhor qualidade proporcionando uma redução no número de amostras insatisfatórias e um aumento de sensibilidade do exame. Conclusão: A citologia esfoliativa em base líquida pode ser indicada como um recurso auxiliar no diagnóstico de lesões bucais, principalmente nos casos de neoplasias malignas de natureza epitelial.


Objective: To compare the liquid-based cytology and conventional exfoliative cytology in the diagnosis of head and neck carcinomas. Methods: One hundred and two slides obtained from 19 individual with malignant neoplasias were examined. The samples were divided into 3 groups: group 1 - head and neck carcinoma smears obtained by liquid-based cytology; group 2 (control) - liquid-based cytology samples obtained from healthy tissue (opposed anatomic region), and group 3 - head and neck carcinoma smears obtained by conventional exfoliative cytology. The smears were processed in laboratory and evaluated by light microscopy. Data were subjected to the chi-square (X2), ANOVA and Tukey-Kramer test (p<0.05). Results: There was statistically significant difference (p<0.05) among the groups for the cellular alterations suggestive of malignancy. The slides prepared by liquid-based cytology permitted better visualization of the neoplastic cells. The epithelial cells were more dissociated and the sample was more representative. The number of unsatisfactory samples decreased by 54.6% and the sensitivity increased by 53% when liquid-based cytology was used. This technique permitted obtaining more homogeneous smears and slides with better quality, reducing the number of unsatisfactory samples and increasing the sensitivity of the exam. Conclusion: Liquid-based cytology can be indicated as an auxiliary resource in the diagnosis of oral lesions, especially in the cases of malignant neoplasias of epithelial origin.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Biologia Celular/instrumentação , Carcinoma , Diagnóstico Bucal , Neoplasias de Cabeça e Pescoço , Mucosa Bucal/patologia , Análise de Variância , Distribuição de Qui-Quadrado
10.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 11(01): 65-71, jul. 2011. tab, ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874387

RESUMO

Objetivo: Comparar a citologia esfoliativa em base líquida em relação à citologia convencional no diagnóstico de carcinomas da região de cabeça e pescoço. Método: Cento e duas lâminas obtidas de 19 indivíduos portadores de neoplasias malignas foram examinadas. As amostras foram divididas em três grupos: grupo 1 - esfregaços de carcinomas da região de cabeça e pescoço obtidos pela citologia em base líquida; grupo 2 (controle) - amostras de citologia em base líquida provenientes de tecido sadio (região anatômica oposta) e grupo 3 - esfregaços de carcinomas da região de cabeça e pescoço obtidos pela citologia esfoliativa convencional. Os esfregaços foram processados em laboratório e avaliados por meio da microscopia de luz. Os dados foram submetidos aos testes do Qui-quadrado (X2), Análise de Variância (ANOVA) e Teste de Tukey-Kramer (P<0,05). Resultados: Houve uma diferença significativa entre os grupos em relação às alterações celulares sugestivas de malignidade (p<0,05). As lâminas preparadas por meio da citologia em base líquida evidenciaram melhores as células neoplásicas. As células epiteliais encontraram-se mais dissociadas e a amostra foi mais representativa. Houve uma redução de 54,6% no número de amostras insatisfatórias e um ganho de sensibilidade de 53% ao se utilizar a citologia em base líquida. Esta técnica permitiu a obtenção de esfregaços mais homogêneos e lâminas de melhor qualidade proporcionando uma redução no número de amostras insatisfatórias e um aumento de sensibilidade do exame. Conclusão: A citologia esfoliativa em base líquida pode ser indicada como um recurso auxiliar no diagnóstico de lesões bucais, principalmente nos casos de neoplasias malignas de natureza epitelial.


Objective: To compare the liquid-based cytology and conventional exfoliative cytology in the diagnosis of head and neck carcinomas. Methods: One hundred and two slides obtained from 19 individual with malignant neoplasias were examined. The samples were divided into 3 groups: group 1 - head and neck carcinoma smears obtained by liquid-based cytology; group 2 (control) - liquid-based cytology samples obtained from healthy tissue (opposed anatomic region), and group 3 - head and neck carcinoma smears obtained by conventional exfoliative cytology. The smears were processed in laboratory and evaluated by light microscopy. Data were subjected to the chi-square (X2), ANOVA and Tukey-Kramer test (p<0.05). Results: There was statistically significant difference (p<0.05) among the groups for the cellular alterations suggestive of malignancy. The slides prepared by liquid-based cytology permitted better visualization of the neoplastic cells. The epithelial cells were more dissociated and the sample was more representative. The number of unsatisfactory samples decreased by 54.6% and the sensitivity increased by 53% when liquid-based cytology was used. This technique permitted obtaining more homogeneous smears and slides with better quality, reducing the number of unsatisfactory samples and increasing the sensitivity of the exam. Conclusion: Liquid-based cytology can be indicated as an auxiliary resource in the diagnosis of oral lesions, especially in the cases of malignant neoplasias of epithelial origin.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Biologia Celular/instrumentação , Carcinoma , Diagnóstico Bucal , Neoplasias de Cabeça e Pescoço , Mucosa Bucal/patologia , Análise de Variância , Distribuição de Qui-Quadrado
11.
RGO (Porto Alegre) ; 59(1): 65-70, jan.-mar. 2011. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-588580

RESUMO

OBJETIVO: Realizar um estudo da prevalência dos casos de doenças epiteliais da região bucomaxilofacial diagnosticadas no Serviço de Doença do Instituto Maranhense de Oncologia Aldenora Bello em São Luís, Maranhão, durante o período de janeiro de 1985 a dezembro de 2005. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários dos casos selecionados, considerando-se as variáveis sexo, localização anatômica e faixa etária. RESULTADOS: Após análise descritiva, encontrou-se uma amostra de 784 casos, com prevalência de 69,0 por cento de lesões malignas e 31,0 por cento de lesões benignas. O carcinoma epidermóide (49,2 por cento) e hiperplasia epitelial (9,8 por cento) foram as lesões malignas e benignas mais frequentes, respectivamente. Observou-se ainda que 53,0 por cento da amostra pertenciam ao sexo masculino, que foram mais acometidos por lesões malignas. Na faixa etária de 0 a 39 anos foi mais frequente a ocorrência de lesões benignas, ao passo que as malignas foram mais frequentes a partir desta faixa etária. A localização anatômica mais acometida foi a língua (24,0 por cento), embora, o lábio superior tenha sido acometido mais frequentemente dentre as neoplasias benignas, especificamente. CONCLUSÃO: As doenças epiteliais malignas, de forma diferente das benignas, incidem em pacientes com idade mais avançada, sendo mais frequentes neste estudo possivelmente por se tratar de um hospital de referência para o tratamento de câncer.


OBJECTIVE: This study investigated the prevalence of oral and maxillofacial epithelial diseases diagnosed by the Department of Pathology of Instituto Maranhense de Oncologia Aldenora Bello, São Luís, Maranhão, from January 1985 to December 2005. METHODS: Age, gender and lesion site were collected from the records of the selected cases. RESULTS: After a descriptive analysis, the sample included 784 cases. The prevalences of malignant and benign lesions were 69 percent and 31 percent, respectively. Squamous cell carcinoma (49.23 percent) and focal epithelial hyperplasia (9.82 percent) were the most common malignant and benign lesions, respectively. Males composed 53 percent of the sample and were more likely to have malignant lesions. People aged 0 to 39 years were more likely to have benign lesions while older individuals were more likely to have malignant ones. The commonest lesion site was the tongue (24 percent) but the upper lip prevailed as the most common site for benign lesions. CONCLUSION: Contrary to benign epithelial diseases, malignant epithelial diseases occur in older patients and were prevailed in this study possibly because the abovementioned institution is a referral center for cancer patients.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Carcinoma/epidemiologia , Doenças da Boca/epidemiologia , Mucosa Bucal/patologia , Fatores Etários , Estudos Retrospectivos , Fatores Sexuais
12.
Odontol. clín.-cient ; 10(1)jan.-mar. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-577675

RESUMO

Objetivando avaliar a concordância, sensibilidade e especificidade diagnóstica dos métodos citológicos:convencional e em meio líquido, foi realizado um estudo de caso-controle, no Ambulatório deCabeça e Pescoço do Hospital de Câncer de Pernambuco, sendo selecionados 182 indivíduos doentese 179 sãos, no período de setembro de 2002 a janeiro de 2004, os quais, permitiram através de assinatura de termo de consentimento livre e esclarecido a realização de exames (clínico/ citológicoesfoliativo - cytobrush) na área carcinomatosa e em área sã, constituindo, respectivamente, o grupo de casos e controles. Os dados obtidos foram analisados através dos softwares estatísticos SPSS(Statistical Package for Social Science) e Epi-Info versão 6.4. Os resultados evidenciaram que os métodosdiagnósticos citológicos apresentaram entre os casos: sensibilidade= 96,9% (IC= 95%: 92,5% a98,8%); especificidade= 75,0% (IC= 95%: 21,9% a 98,7%) e acurácia= 96,3% (IC=95%: 92,5% a 98,5%);e entre os controles: sensibilidade= 91,0% (IC=95%: 84,1% a 95,2%); especificidade = 57,5% (IC=95%:41,0% a 72,6%) e acurácia= 82,7% (IC=95%: 76,3% a 88,0%). A citologia convencional e em base--líquida apresentaram concordância com o diagnóstico histopatológico em mais de 90%. Conclui-se, portanto, que, se bem indicado e executado, o exame citológico pode ser utilizado rotineiramente como exame complementar, pois ambos apresentaram alta sensibilidade e razoável especificidade,cabendo à citologia convencional maior especificidade para o diagnóstico das lesões orais.


The purpose of this study was to evaluate the sensitivity, specificity, and concordance between conventionalcytology and liquid-based cytology. A case-control study was developed at the Head andNeck ambulatory service of Hospital do Cancer de Pernambuco. A hundred and eighty-two patientswith primary Oral Squamous Cellular Carcinoma (OSCC) (case group) and 179 individuals with normalbuccal mucosa (control group) were selected, from September 2002 to January 2004. They agreed tobe submitted to clinical examination and exfoliative cytology of the oral cavity, by signing a documentof consent. The data were analysed by Statistical Package for Social Science (SPSS) and Epi-Info 6.4 program.Among the cases, the cytologic methods demontrated a sensitivity= 96.9% (IC= 95%: 92.5% to98.8%), specificity= 75.0% (IC=95%: 21.9% to 98.7%), and accuracy= 96.3% (IC=95%: 92.5% to 98.5%).Among the controls the results were: sensitivity= 91.0% (IC=95%: 84.1% to 95.2%);, specificity= 57.5%(IC=95%: 41.0% to 72.6%), and accuracy= 82.7% (IC=95%: 76.3% to 88.0%). Conventional cytologyand liquid-based cytology demonstrated a diagnostic concordance with histopathology of more than90%. In conclusion if properly indicated and executed, they can be routinely used as complementarydiagnostic methods. When compared to each other, conventional cytology and liquid-based cytologyshowed a high sensitivity and reasonable specificity, conventional cytology having higher specificity.


Assuntos
Biologia Celular , Carcinoma/prevenção & controle , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
13.
Odontol. clín.-cient ; 10(1): 31-36, jan.-mar. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874343

RESUMO

Objetivando avaliar a concordância, sensibilidade e especificidade diagnóstica dos métodos citológicos:convencional e em meio líquido, foi realizado um estudo de caso-controle, no Ambulatório deCabeça e Pescoço do Hospital de Câncer de Pernambuco, sendo selecionados 182 indivíduos doentese 179 sãos, no período de setembro de 2002 a janeiro de 2004, os quais, permitiram através de assinatura de termo de consentimento livre e esclarecido a realização de exames (clínico/ citológicoesfoliativo - cytobrush) na área carcinomatosa e em área sã, constituindo, respectivamente, o grupo de casos e controles. Os dados obtidos foram analisados através dos softwares estatísticos SPSS(Statistical Package for Social Science) e Epi-Info versão 6.4. Os resultados evidenciaram que os métodosdiagnósticos citológicos apresentaram entre os casos: sensibilidade= 96,9% (IC= 95%: 92,5% a98,8%); especificidade= 75,0% (IC= 95%: 21,9% a 98,7%) e acurácia= 96,3% (IC=95%: 92,5% a 98,5%);e entre os controles: sensibilidade= 91,0% (IC=95%: 84,1% a 95,2%); especificidade = 57,5% (IC=95%:41,0% a 72,6%) e acurácia= 82,7% (IC=95%: 76,3% a 88,0%). A citologia convencional e em base--líquida apresentaram concordância com o diagnóstico histopatológico em mais de 90%. Conclui-se, portanto, que, se bem indicado e executado, o exame citológico pode ser utilizado rotineiramente como exame complementar, pois ambos apresentaram alta sensibilidade e razoável especificidade,cabendo à citologia convencional maior especificidade para o diagnóstico das lesões orais.


The purpose of this study was to evaluate the sensitivity, specificity, and concordance between conventionalcytology and liquid-based cytology. A case-control study was developed at the Head andNeck ambulatory service of Hospital do Cancer de Pernambuco. A hundred and eighty-two patientswith primary Oral Squamous Cellular Carcinoma (OSCC) (case group) and 179 individuals with normalbuccal mucosa (control group) were selected, from September 2002 to January 2004. They agreed tobe submitted to clinical examination and exfoliative cytology of the oral cavity, by signing a documentof consent. The data were analysed by Statistical Package for Social Science (SPSS) and Epi-Info 6.4 program.Among the cases, the cytologic methods demontrated a sensitivity= 96.9% (IC= 95%: 92.5% to98.8%), specificity= 75.0% (IC=95%: 21.9% to 98.7%), and accuracy= 96.3% (IC=95%: 92.5% to 98.5%).Among the controls the results were: sensitivity= 91.0% (IC=95%: 84.1% to 95.2%);, specificity= 57.5%(IC=95%: 41.0% to 72.6%), and accuracy= 82.7% (IC=95%: 76.3% to 88.0%). Conventional cytologyand liquid-based cytology demonstrated a diagnostic concordance with histopathology of more than90%. In conclusion if properly indicated and executed, they can be routinely used as complementarydiagnostic methods. When compared to each other, conventional cytology and liquid-based cytologyshowed a high sensitivity and reasonable specificity, conventional cytology having higher specificity.


Assuntos
Biologia Celular , Carcinoma/prevenção & controle , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
14.
São Jose dos Campos; s.n; 2011. 72 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866973

RESUMO

O presente projeto de pesquisa objetiva avaliar a marcação de mastócito (MCs)s, linfócitos T CD4+ e, linfócitos T CD8+ na queilite actínica (QA), carcinoma epidermóide (CE) de lábio e CE de língua. Investigamos se há diferença na proporção dos MCs, T CD4+ e T CD8+, levando em consideração os graus de displasia epitelial da QA bem como os graus de diferenciação celular do CE de lábio e CE de língua. Estudamos ainda alterações arquiteturais e citológicas da QA e os graus de diferenciação celular CE de lábio e CE de língua. A amostra foi composta de 30 casos de QA em lábio inferior (grupo 1), 30 de CE primário em lábio inferior (grupo 2), 30 de CE primário em língua (grupo 3) com diagnóstico clínico e histopatológico e 10 casos de grupo controle. As peças foram coradas histoquimicamente com hematoxicilina e eosina H&E, anticorpos anti-CD4, anti-CD8 e triptase. Todos os casos foram avaliados em toda sua extensão, em microscópico de luz em 100x, 200x e 400x. A marcação de T CD4+ na QA e grupo controle subepitelial foi de 9,2 ± 4,64 e 5,2 ± 3,25 respectivamente; CL e CB intraepitelial foi de 11,40 ± 7,06 e 18,33 ± 17,36, e CL e CB estroma foi 9,70 ± 5,59 e 15,80 ± 15,11 respectivamente. A marcação de T CD8+ na QA e grupo controle subepitelial foi de 8,00 ± 4,64 e 4,50 ± 3,25 respectivamente; CL e CB intraepitelial foi de 21,20 ± 35,51 e 17,67 ± 17,17, e CL e CB estroma foi 17,17 ± 22,91 e 17,63 ± 12,50 respectivamente. A marcação de MCs na QA e grupo controle subepitelial foi de 10,37 ± 4,67 e 7,80 ± 4,07 respectivamente; CL e CB intraepitelial foi de 11,40 ± 7,06 e 10,43 ± 5,26, e CL e CB estroma foi 9,70 ± 5,59 e 12,17 ± 5,93 respectivamente. O tratamento estatístico foi realizado pelos testes de Kruskal-Wallis x Mann Whitney, com nível de significância de 5%. Houve diferença estatisticamente significante (p= 0,0001): na QA leve X CB bd, QA mod X CB md, QA bg X QA sub; QA bg X CL ie; QA bg X CL estro, QA alto x CL estro e QA bg X CB estro, na marcação de T CD4+. ..


The aim of the present research was to evaluate the expression of mast cells (MCs)s, CD4+ T lymphocytes and CD8+ T lymphocytes in actinic cheilitis (AQ), squamous cell carcinoma (SCC) of lip and SCC of tongue. We investigated eventual differences in the proportion of the MCs, CD4+ T and CD8+ T cells taking into consideration the degrees of the AQ epithelial dysplasia as well as the degrees of cellular differentiation of SCC of lip and SCC of tongue. We also examined the AQ architectural and cytological changes and the cellular differentiation of SCC of lip and SCC of tongue. Sampling consisted of 30 cases of AQ in lower lip (group 1), 30 cases of primary SCC in lower lip (group 2), 30 primary SCC in tongue (group 3) with clinical and histopathological diagnosis and 10 cases of control group. The specimens were histochemically stained with hematoxicilina and H & E eosin, anti-CD4, and anti-CD8 antibodies and tryptase. All cases were fully evaluated, under a light microscope at 100x, 200x and 400x. The CD4+ T expression in AQ and sub epithelial control group were 9,2 ± 4,64 and 5,2 ± 3,25, respectively; intraepithelial SCC of lower lip and SCC of tongue were 11,40 ± 7,06 and 18,33 ± 17,36, and stroma of SCC of lower lip and stroma of SCC of tongue were 9,70 ± 5,59 and 15,80 ± 15,11 respectively. Expression of CD8+ T in AQ and sub epithelial control group were 8,00 ± 4,64 and 4,50 ± 3,25 respectively; intraepithelial SCC of lower lip and SCC of tongue were 21,20 ± 35,51 e 17,67 ± 17,17, and stroma of SCC of lower lip and stroma of SCC of tongue were 17,17 ± 22,91 and 17,63 ± 12,50 respectively. MCs expression in AQ and sub epithelial control group were 10,37 ± 4,67 and 7,80 ± 4,07 respectively; intraepithelial SCC of lower lip and SCC of tongue were 11,40 ± 7,06 and 10,43 ± 5,26, and stroma of SCC of lower lip and stroma of SCC of tongue were 9,70 ± 5,59 and 12,17 ± 5,93 respectively.Statistical analysis was performed through Kruskal-Wallis x ...


Assuntos
Humanos , Carcinoma , Queilite , Carcinoma/diagnóstico , Carcinoma/metabolismo , Sistema Imunitário , Triptases
15.
RFO UPF ; 15(1): 11-19, jan.-abr. 2010. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874048

RESUMO

A cavidade bucal é acometida por diversas enfermidades,muitas das quais ocorrem na língua. O objetivo do presente trabalho foi analisar os aspectos clínico-eoidemiológicos de lesões biopsiadas em língua e identificar suas caracterídticas mais prevalentes. Dos 17.611 laudos histopatológicos do Centro de Diagnóstico das Doenças da Boca da Faculdade de Odontologia da UFPEL foram selecionadas 806 fichas referentes ao tatal de biópsias realizadas em língua , das quais 50,5 por cento em pacientes do gênero feminino e 49,3 por cento do masculino. As lesões reativas, dando destaque ao fibroma, foram as enfermidades mais comuns (27,4 por cento), seguidas pelas lesões epiteliais malígnas, na quase totalidade representadas pelo carcinoma espinocelular (22,7 por cento). As lesões fundamentais de nódulo (43,4 por cento) e úlcera (21,3 por cento), com tamanho de até 5mm (34,7 por cento) e com evolução de um a cinco anos (18,2 por cento), mostraram-se as mais prevalentes. A faixa etária mais acometida foi a sexta década de vida (21 por cento). Os diagnósticos clínicos registrados nas fichas de biópsias foram concordantes em relação ao diagnóstico histopatológico em 57,72 por cento dos casos. Em relação ao carcinoma espinocelular, a maior prevalência foi observada em indivíduos do gênero masculino e na sexta década de vida. Este estudo busca contribuir para traçar um perfil das lesões da língua e, sobretudo, instrumentalizar o cirurgião-dentista quanto ao seu conhecimento de estomatologia, visando aprimorar estratégias de promoção e prevenção em saúde


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Biópsia , Carcinoma , Doenças da Língua
16.
Natal; s.n; 2010. 87 p. tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-564720

RESUMO

Introdução: O câncer de boca é classificado como uma das dez maiores incidências de câncer no mundo. No Brasil, as taxas de incidência e de mortalidade por esse câncer encontram-se entre as mais elevadas do mundo. Para o câncer intraoral (língua, gengiva, base da boca e outras e não especificadas partes da boca), a taxa acumulada de sobrevida após 5 anos é menor que 50%. Objetivo: Estimar a probabilidade acumulada de sobrevida após 5 anos, ajustar o modelo de regressão de Cox para os cânceres de boca e de orofaringe, segundo faixa etária, sexo, morfologia e localização, para a cidade de Natal, Brasil. Descrever os coeficientes de mortalidade e de incidência dos cânceres de boca e de orofaringe e as tendências desses coeficientes para a cidade de Natal, nos períodos de 1980 a 2001 e de 1997 a 2001, respectivamente. Metodologia: Foi obtida a sobrevida de pacientes registrados entre 1997 e 2001 no Registro de Câncer de Base populacional de Natal. Foram testadas as diferenças entre as curvas de sobrevida através do teste log-rank. O modelo de riscos proporcionais de Cox foi utilizado para estimativas das razões de riscos. O modelo de regressão linear simples foi utilizado para as análises de tendência dos coeficientes de incidência e de mortalidade. Resultados: A probabilidade acumulada após 5 anos para todos os casos foi de 22,9%. Os pacientes com neoplasia maligna indiferenciada têm 4,7 vezes mais risco de morrer do que aqueles com carcinoma epidermóide, enquanto que os pacientes com câncer de orofaringe têm 2,0 vezes mais risco de morrer do que aqueles com câncer de boca. Os coeficientes padronizados de mortalidade e de incidência do câncer de boca em Natal foram, respectivamente, 2,9 e 4,3 por 100 mil habitantes. Para o câncer de orofaringe10 os coeficientes obtidos de mortalidade e de incidência foram, respectivamente, 1,1 e 0,7 por 100 mil habitantes. Conclusão: Identifica-se uma baixa taxa de sobrevida após 5 anos. Pacientes com câncer de boca...


Purpose Estimate the accumulated survival probability after five years and adjust the Cox regression model for mouth and oropharyngeal cancers, according to age range, sex, morphology, and location, for the city of Natal, Brazil. Methods Survival data of patients registered between 1997 and 2001 was obtained from the Population-based Cancer Record of Natal. Differences between the survival curves were tested using the log-rank test. The Cox proportional risk model was used to estimate risk ratios. Results The median survival time obtained for all the cases was 9.5 months, with accumulated probability after five years of 22.9%. The patients with undifferentiated malignant neoplasia were 4.7 times more at risk of dying than those with epidermoid carcinoma, whereas the patients with oropharyngeal cancer had 2.0 times more at risk of dying than those with mouth cancer. Conclusions A low survival rate after five years was identified and no improvement in prognosis was observed over time. Patients with oropharyngeal cancer had a greater risk of dying, independent of the factors considered in this study. Also independent of other factors, undifferentiated malignant neoplasia posed a greater risk of death.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Carcinoma/patologia , Neoplasias Bucais/diagnóstico , Neoplasias Orofaríngeas/diagnóstico , Fatores de Risco , Análise Estatística
17.
São José dos Campos; s.n; 2010. 146 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-576582

RESUMO

A queilite actínica (QA) é uma lesão multifocal que acomete o vermelhão do lábio com potencial de malignização para carcinoma epidermóide (CE). O receptor para o fator de crescimento epidermal (EGFR) é membro da família dos receptores tirosina quinase que participa da transformação e progressão da neoplasia maligna. O objetivo desta pesquisa foi verificar a expressão de HER-1 e HER-2 totais e fosforilados e possíveis correlações das expressões destas proteínas com lesões de QA e CE de lábio inferior por imunoistoquímica. Foram um estudo de 50 casos de QA, 50 casos de CE e 14 de Controle. Expressão das proteínas foi baseado num escore. Os dados obtidos foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis e como análise post-hoc o teste de Mann-Whitney com correção de Bonferroni e, correlação de Spearman. O nível de significância escolhido foi o valor convencional de 5%. A análise da comparação foi estatisticamente significativa na membrana do pHER-2, grupos Controle x QA e QA x CE; no citoplasma do HER-1, grupos Controle x QA, do pHER-1, grupos Controle x QA e Controle x CE, do pHER-2, grupos Controle x QA e Controle x CE; no núcleo do pHER-1, grupos Controle x QA, do HER-2, Controle x QA e Controle x CE (p<0,05). O estudo da correlação foi estatisticamente significativa na membrana do HER-1 x pHER-2 no grupo QA, HER-1 x HER-2, HER-1 x pHER-1, HER-2 x pHER-1 no grupo CE; no citoplasma entre HER-1 x HER-2 no grupo QA, HER-1 x HER-2 no grupo CE; no núcleo entre HER-2 x pHER-1 no grupo Controle (p<0,05). Estes dados sugerem que a maior marcação no grupo Controle poderia ser decorrente da variedade de lesões benignas que compõem esse grupo e que poderiam apresentar proliferação aumentada. Localização nuclear poderia estar relacionada não apenas como iniciadores das cascatas intracelulares, mas também como fatores de transcrição. A fosforilação dos receptores HER-1 e HER-2 desencadeando a via da MAPK pode ser independente dos níveis totais das proteínas em lesões ,...


Actinic cheilitis (AC) is a multifocal lesion that occurs in lip vermillion with potential of malignant transformation to epidermoid carcinoma (EC). Epidermal growth factor receptor (EGFR) is a member of tyrosine kinase family, involved in transformation and progression of malignant tumour. The aim of this study was to analyse the expression of total and phosphorylated HER-1 and HER-2 and correlate expression of these proteins with lesions of AC and CE in lower lip by immunohistochemistry. It was a study of 50 cases of AC, 50 of EC and 14 of Control. Proteins expressions were based on a score. Obtained datas were analysed by Kruskal-Wallis test and post-hoc analysis with Mann-Whitney test with Bonferroni correction and, Spearman correlation. The level of significance was 5%. The analysis of the comparison was statistically significant inmembrane of pHER-2, group Control x AC and AC x EC; in cytoplasma ofHER-1, Control x AC, pHER-1, Control x AC and Control x EC, pHER-2, Control x AC and Control x EC; in nucleus of pHER-1, Control x AC,HER-2, Control x AC and Control x EC (p<0,05). The study of the correlation was statistically significant in membrane of HER-1 x pHER-2 expression in AC, HER-1 x HER-2, HER-1 x pHER-1and HER-2 x pHER-1in EC; in cytoplasma, HER-1 x HER-2 in AC, HER-1 x HER-2 in EC; innucleus, HER-2 x pHER-1 in Control (p<0,05). Our findings suggested that a higher expression in Control group could be due to a composition of this group by a variety of benign lesions that could present increased proliferation. Nuclear localization could be related not only with the action of intracellular cascade beginners, but also to action as transcription factors. Phosphorylation of HER-1 and HER-2 by MAPK pathway can be independent of total level of proteins in AC and EC lip lesions, because phosphorylation might be increased indirectly by UV radiation in a lig and independent way.


Assuntos
Carcinoma , Queilite , Neoplasias Labiais , Imuno-Histoquímica
19.
São José dos Campos; s.n; 2009. 115 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-556651

RESUMO

Embora diversos estudos já tenham sido realizados sobre a Punica granatum L., seus possíveis efeitos citotóxicos não são bem conhecidos. No presente trabalho foi avaliada a toxicidade da Punica granatum L. (PG) por meio de cultura celular com duas linhagens: fibroblastos humanos de mucosa oral (FLM) e células de carcinoma epidermóide oral humano (KB). As células foram submetidas ao teste de viabilidade celular por 24 horas em placas de 96 poços nas concentrações da PG (1%, 0,5%, 0,25%, 0,125%, 0,062% e 0,031%) e aos testes de citotoxicidade celular em placas de 24 poços, em cinco períodos diferentes (4 horas, 1, 3, 5 e 7 dias) e com quatro diferentes concentrações (1%, 0,5%, 0,25%, 0,062%). Todos os testes foram realizados em triplicata e em três momentos diferentes. Foram adicionados dois grupos, um controle negativo (Tryton 10%) e um controle positivo constituído de meio de cultura acrescido de soro bovino fetal 10% e sem o extrato de PG. A quantificação celular foi realizada pelo método do Resazurin, com avaliação por espectrofotometria óptica (espectrofotômetro UVM340 - AsysHitech GmbH) e leitura de absorbância dos comprimentos de onda de 570 nm a 600 nm. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA (5%). Os resultados de viabilidade mostraram que nas concentrações de 0.031%; 0,062%; 0,125%; 0,25% e 0,05% o extrato de PG inibiu a viabilidade celular (≥ 40%) principalmente das células KB. O teste de citotoxicidade mostrou que apenas as culturas tratadas com PG a 0,062% exibiram citotoxicidade para as linhagens celulares. A PG a 1% foi tóxica para as células FLM e KB. O extrato de PG inibiu a citotoxicidade celular nas demais concentrações testadas. Estes resultados podem ser relacionados a propriedade anti carcinogênica da Punica granatum L.


Several studies have been conducted on Punica granatum L., but their cytotoxic effects are not well known. The purpose of this study was to evaluate the cytotoxicity of Punica granatum L. extract (PG) in two cell lines: human oral mucosa fibroblasts (FLM) and cells of human oral squamous cell carcinoma (KB). The cells were analized to viability on 24 h using different concentrations of PG (1%, 0.5%, 0.25%, 0.125%, 0.062% and 0.031%) and to cell proliferation in five different periods (4 h, 1, 3, 5 and 7 days) using four different concentrations of PG (1%, 0.5%, 0.25%, 0.062%). All tests were performed in triplicate and in three different times. There were a negative control (Tryton 10%) and a positive control (culture medium plus 10% SBF, without PG extract). Cell quantification was performed by the Resazurin method, with evaluation by optical spectrophotometry (spectrophotometer UVM340 - Asys Hitech GmbH) and measure of absorbance at a wave length of 570 nm to 600 nm. Data were submitted to ANOVA (5%). The results showed inhibition of cell proliferation in 0,031%, 0.062%, 0.125%, 0.25% and 0.05% concentrations of PG extract (≥ 40%) specialty to KB cells in comparison to FLM cells. PG 1% was toxic to KB and FLM cells. The proliferation test showed cell proliferation only when using PG 0,062%, for both cell lines and inhibited proliferation whith all other PG concentrations. These effects might be related to the anticarcinogenic properties of PG.


Assuntos
Humanos , Carcinoma , Técnicas de Cultura de Células , Fibroblastos , Romã (Fruta) , Fitoterapia , Toxicidade
20.
Odontol. clín.-cient ; 8(4)out.-dez.2009. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-536682

RESUMO

O emprego de técnicas imuno-histoquímicas, utilizando marcadores biológicos como o Ki-67 que permite a avaliação do índice de proliferação celular em neoplasias malignas, vem sendo preconizado como um importante caminho de investigação do comportamento biológico das neoplasias malignas tendo como consequências contribuições para o estabelecimento do prognóstico e desenvolvimento de novos protocolos terapêuticos os resultados sugerem que a expressão de Ki-67 está relacionada ao índice mitótico e consequentemente proliferação celular e diferenciação da neoplasia.


The job of imuno-histoquímicas techniques, using marking biological as the Ki-67 that allows the evaluation of the index of cellular proliferation in malignant neoplasias, comes being praised as an important way of inquirv of the biological behavior of the malignant neoplasias having as consequences contribuitions for the establishment of the prognostic and development of new therapeutical protocols the results suggest that the expression of Ki-67 is related to the mitótico index and consequently cellular proliferation and differentiation of the neoplasia.


Assuntos
Carcinoma , Imuno-Histoquímica , Neoplasias Bucais , Biomarcadores
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA