Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 55
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(2): 205-219, 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1100329

RESUMO

Introdução:Os bifosfonatos são medicamentos que objetivam reduzir a reabsorção óssea por provocarem a apoptose de osteoclastos. Por essa razão, são frequentemente empregados em pacientes com osteoporose e no tratamento do câncer. Contudo, apesar dos benefícios associados ao tratamento com bifosfonatos, esses medicamentos vêm sendo relacionados a osteonecrose maxilo-mandibular, materializando-se como um preocupante quadro de interesse à saúde pública. Objetivo:Apresentar um caso clínico de osteonecrose mandibular associada ao uso de bifosfanato, após extração de um elemento dentário, bem como contribuir com as discussões sobre as possibilidades terapêuticas desta enfermidade.Descrição do caso:Paciente do sexo masculino,com59 anosidade, encaminhado ao serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial,dois meses após a extração do elemento dentário 45.O diagnóstico foi de Osteonecrose Maxilomandibular Relacionada a Bifosfonatos, sendo realizado,inicialmente, a remoção dos traumas existentes, como também o cuidado com a área exposta. Posteriormente,optou-se pela remoção do segmento ósseo necrótico.Conclusões:A complexafisiopatologiado tipo de osteonecrose estudadaexige dos CirurgiõesDentistas a tomada de medidas em tempo oportuno e que cause o mínimo transtorno à vida dos pacientes.Assim, deve-se avaliar o estado da lesão, havendo indicação de terapia conservadora para os achados precoces. O desbridamento cirúrgico é aconselhado para o tratamento da doença avançada e não responsiva (AU).


Introduction:Bisphosphonates are medications that aim to reduce bone resorption by causing osteoclast apoptosis. For this reason, they are often used in patients with osteoporosis and in the treatment of cancer. However, despite the benefits associated with treatment with bisphosphonates, these drugs have been linked to maxillomandibular osteonecrosis, materializing as a worrying picture of public health concern. Objective:To present a clinical case of mandibular osteonecrosis associated with the use of bisphosphateafter extraction of a dental element, as well as to contribute to the discussions about the therapeutic possibilities of this disease. Case description:Male patient, 59 years old, referred to the Buccomaxillofacial Surgery and Traumatology service, two months after extraction of the dental element 45. The diagnosis was Bisphosphonate-Related Maxillomandibular Osteonecrosis, initially performed, the removal of existing traumas, as well as care for the exposed area. Subsequently, it was decided to remove the necrotic bone segment. Conclusions: The complex pathophysiology of the type of osteonecrosis studied requires that dental surgeons take measures in a timely manner and cause the least disturbance to patients' lives. Thus, the condition of the lesion should be assessed, with an indication for conservative therapy for early findings. Surgical debridement is recommended for the treatment of advanced and unresponsive diseases (AU).


Introducción: Los bisfosfonatos son medicamentos que tienen como objetivo reducir la resorción ósea al causar apoptosis de osteoclastos. Por esta razón, a menudo se usan en pacientes con osteoporosis y en el tratamiento del cáncer. Sin embargo, a pesar de los beneficios asociados con el tratamiento con bisfosfonatos, estos medicamentos se han relacionado con la osteonecrosis maxilomandibular, materializándose como un escenario preocupante de interés para la salud pública. Objetivo: Presentar un caso clínico de osteonecrosis mandibular asociada con el uso de bisfosfanato después de la extracción de un elemento dental, así como contribuir a las discusiones sobre las posibilidades terapéuticas de esta enfermedad. Descripción del caso: un paciente masculino de 59 años fue derivado del Departamento de Traumatología y Cirugía Buccomaxilofacial después de meses de extracción dental 45. El diagnóstico era de Osteonecrosis Maxilomandibular Relacionada con Bifosfonatos, inicialmente eligiendoeliminar los traumas existente, bien como delcuidado con el área expuesta. Posteriormente, elegimos eliminar el segmento óseo necrótico.Conclusiones: La compleja fisiopatología del tipo de osteonecrosis estudiada requiere que los cirujanos dentales tomen las medidas adecuadas y causen el menor inconveniente a la vida de los pacientes. Por lo tanto, se debe evaluar el estado de la lesión, con terapia conservadora indicada para hallazgos tempranos. El desbridamiento quirúrgico se recomienda para el tratamiento de enfermedades avanzadas y que no responden (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Osteonecrose , Difosfonatos , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Mandíbula , Brasil , Tomografia Computadorizada por Raios X/instrumentação
2.
Arch. Health Invest ; 8(1): 20-27, jan. 2019. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994972

RESUMO

A osteoporose é responsável por causar condições devastadoras no tecido ósseo elevando o risco de fraturas, constituindo uma problemática importante de saúde pública. É comum o uso de medicamentos, como os bifosfonatos para o controle dessa patologia. Contudo, a associação do uso desse medicamento com a osteonecrose dos maxilares vem sendo amplamente discutido na literatura, assim como a dificuldade da reabilitação desses pacientes como implantes e do protocolo de tratamento dessa condição. Assim sendo, o objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão de literatura para discutir as principais falhas associadas a instalação de implantes em pacientes portadores de osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bifosfonatos (OMAB), assim como as possibilidades de tratamento, e relatar um caso clínico. As informações obtidas na revisão nos permitiu concluir que o uso de bifosfonatos orais, como o alendronato, é capaz de levar ao desenvolvimento da OMAB sendo necessária bastante precaução na reabilitação oral com implantes dentários, tanto em pacientes que fazem uso, como pacientes que apresentam risco de futura utilização de bifosfonatos para o tratamento de desordens esqueléticas(AU)


Osteoporosis is responsible for the devastating disease in the bone tissue, increasing the risk of fractures, constituting an important public health problem. It is common to use medications, such as bisphosphonates to control this pathology. The dosage application with osteonecrosis of the jaws has been discussed in the literature, as well as a rehabilitation task such as the implant and the transport protocol of this condition. Thus, the present study was carried out in a literature review on the main problems related to bisphosphonate-related osteonecrosis of the jaw (BRONJ) as well as the possibilities of treatment, and to report a clinical case. The information can be reviewed together, so that the use of oral bisphosphonates, such as alendronate, will be able to lead to the development of bisphosphonate-related osteonecrosis of the jaw (BRONJ), the future use of bisphosphonates for the treatment of skeletal disorders(AU)


La osteoporosis es responsable de causar condiciones devastadoras en el tejido óseo, elevando el riesgo de fracturas, constituyendo una problemática importante de salud pública. Es común el uso de medicamentos, como los bifosfonatos para el control de esa patología. Sin embargo, la asociación de los usos de este medicamento con la osteonecrosis de los maxilares viene siendo ampliamente discutida en la literatura, así como la dificultad de la rehabilitación dos pacientes como implantes y del protocolo de tramo de esa condición. Por lo tanto, el objetivo del presente trabajo fue realizar una revisión de literatura para discutir las principales fallas asociadas a la instalación de implantes en pacientes portadores de osteonecrosis maxilar inducida por bifosfonatos (ONMB), así como las posibilidades de tratamiento, e informar un caso clínico. La información obtenida en la revisión nos permitió concluir que el uso de bifosfonatos orales, como el alendronato, es capaz de llevar al desarrollo de la osteonecrosis maxilar inducida por bifosfonatos (ONMB), siendo necesario bastante precaución en la rehabilitación oral con implantes dentales, tanto en pacientes que hacen uso, como pacientes que presentan riesgo de la futura utilización de bifosfonatos para el tratamiento de desórdenes esqueléticos(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Implantes Dentários , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Osteonecrose , Osteoporose/tratamento farmacológico , Alendronato
3.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 53 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1102716

RESUMO

A Osteonecrose dos Maxilares associada ao uso de drogas anti-reabsortivas, também conhecida como Medication-Related Osteonecrosis of the Jaw (MRONJ) é uma séria complicação caracterizada pela presença de osso necrótico exposto na região maxilofacial, de difícil manejo pelo profissional. Podem trazer sérias consequências e diminuição da qualidade de vida dos pacientes. Seus principais sinais e sintomas são dor, edema, infecção, ulceração dos tecidos moles e alterações radiográficas. Os fármacos antirreabsortivos são utilizados para o tratamento de enfermidades que comprometem o tecido ósseo, como a osteoporose, a Doença de Paget e Mieloma múltiplo ou no controle de metástases ósseas, principalmente de câncer de mama e próstata. Atuam principalmente na inibição da reabsorção óssea. Apesar da melhor modalidade de tratamento não ser um consenso entre os autores, a prevenção é apontada como a melhor estratégia. O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura do assunto e pontuar os aspectos mais importantes da MRONJ, incluindo suas características clínicas e radiográficas, histórico, fatores de risco, tratamento, adjuvantes e relatar um caso clínico relacionado ao tema.


Medication-Related Osteonecrosis of the Jaw (MRONJ), is a severe adverse drug reaction characterized by the presence of necrotic bone in the maxillofacial region, which is difficult for the healthcare professional to manage. It can cause serious consequences and diminish the quality of life of patients. Its main signs and symptoms are pain, edema, infection, soft tissue ulceration and radiographic alterations. Antiresorptive drugs are used to treat bone disease disorders such as osteoporosis, Paget's disease, multiple myeloma and uncontrolled bone metastasis, especially breast and prostate cancer. Its pharmacological action is an inhibition of bone resorption. Authors haven't yet reached a consensus regarding the treatment, although prevention is the best strategy. The aim of this study is to review the literature and to present the most important MRONJ issues, its clinical and radiographic characteristics, history, risk factors, treatment, adjuvants and report a case related to the topic.


Assuntos
Osteonecrose , Reabsorção Óssea , Remodelação Óssea , Difosfonatos , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Ozônio/uso terapêutico , Relatos de Casos , Doenças Maxilomandibulares , Terapia com Luz de Baixa Intensidade , Oxigenação Hiperbárica
4.
Araçatuba; s.n; 2018. 117 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-914459

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi avaliar a terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT), como monoterapia ou como coadjuvante à raspagem e alisamento radicular (RAR) no tratamento da periodontite experimental (PE) em ratos tratados com dose oncológica de zoledronato. Cento e vinte ratos foram aleatoriamente distribuídos em quatro grupos experimentais, cada um composto por 30 ratos. Durante 8 semanas, foi administrado 100 µg/Kg de zoledronato com intervalo de três dias entre as injeções. No 14º dia do início do protocolo medicamentoso, foi instalada uma ligadura nos primeiros molares inferiores para indução de PE. Após 14 dias a ligadura foi removida e foram realizados os seguintes tratamentos: exclusivamente uma sessão de RAR (grupo PE-RAR), exclusivamente três sessões de aPDT (grupo PE-aPDT) e uma sessão de RAR associada à três sessões de aPDT (grupo PE-RAR-aPDT). As sessões de aPDT foram realizadas aos 0, 2 e 4 dias pós tratamento local. No grupo PE-NTL não foi realizado nenhum tratamento local. Após 7, 14 e 28 dias pós tratamento periodontal local foram realizadas as eutanásias. Foi realizada análise microtomografica (micro-CT), análise histopatológica, histométrica da porcentagem tecido ósseo (PTO) e porcentagem de tecido ósseo não vital (PTONV) e imunoistoquímica para fator de crescimento transformador beta (TGFß) nos tecidos periodontais. Os dados obtidos foram submetidos à análise quantitativa e estatística com nível de significancia de 5%. Não houve diferença estatisticamente significante nos seguintes parâmetros microtomográficos: perda óssea alveolar, volume ósseo na furca, número e espessura de trabéculas ósseas. O processo de reparação tecidual pós tratamento foi mais favorável em PE-aPDT e PE-RAR-aPDT. Não houve diferença estatisticamente significante na PTO, todavia, a PTONV foi menor tanto em PE-aPDT quanto em PE-RARaPDT. A imunomarcação para TGFß foi maior em PE-RAR, PE-aPDT e PE-RARaPDT aos 7 dias pós tratamento. Conclui-se que o emprego da aPDT, quando empregada como monoterapia ou como terapia coadjuvante à RAR, se mostrou mais efetiva e segura para tratamento da PE em ratos(AU)


The aim of the present study was to evaluate the antimicrobial photodynamic therapy (aPDT) as a monotherapy or adjunct to scaling and root planning (SRP) for the treatment of experimental periodontitis (EP) in rats treated with oncological dosage of zoledronate. A hundred and twenty rats were randomly divided in four experimental groups, each one of them composed by 30 rats. During a period of 8 weeks, 100 µg/Kg of zoledronate was administered every three days. After 14 days of the beginning of the drug protocol, a ligature was installed in the lower first molars for EP induction. After 14 days, ligature was removed and the following treatments were performed: a single session of SRP, exclusively (group EP-SRP), three sessions of aPDT, exclusively (group EP-aPDT), and one session of SRP associated to the three sessions of aPDT (group EP-SRP-aPDT). aPDT sessions were performed at days 0, 2, and 4 after the local treatment. In the fourth group, no local treatment was made (EP-NLT). After 7, 114, and 28 days after the local periodontal treatment, the animals were euthanized. Microcomputed tomography (micro-CT) analysis, histopathologic analysis, percentage of bone tissue (PBT), percentage of non-vital bone (PNVB), and immunohistochemistry for transforming growth factor beta (TGFß) in the periodontal tissues were performed. Obtained data underwent quantitative analysis and statistics considering 5% level of significance. No statistical difference was detected in the following microtomographic parameters: alveolar bone loss, bone volume in the furcation, number and thickness of the trabecullaes. Tissue healing after the treatment was more favorable in EP-aPDT and EP-RAR-aPDT groups. No significant differences were detected in PTO; however, PNVB was lower both in EP-aPDT and EP-SRP. Immunolabeling for TGFß was higher in EP-SRP, EP-aPDT and EP-SRP-aPDT at day 7 posttreatment. It is concluded that when aPDT is used as monotherapy or as adjunct therapy associated with SRP, it is more effective and safe for the treatment of EP in rats(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Difosfonatos , Periodontite , Osteonecrose , Fotoquimioterapia , Ratos Wistar
5.
Araçatuba; s.n; 2018. 100 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-915589

RESUMO

Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a progressão da periodontite experimental (PE) em ratas diabéticas submetidas à terapia com dose oncológica de zoledronato. Materiais e métodos: 120 animais (12 meses de idade) foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos experimentais: VEI-NG (n=30); VEIDM (n=30), ZOL-NG (n=30) e ZOL-DM (n=30). Durante 7 semanas, a cada 3 dias, administrou-se pela via intraperitoneal 0,45ml de solução de NaCl 0,9% (VEI-NG e VEI-DM) ou 0,45ml desta solução acrescida de 100 µg/Kg de zoledronato (ZOL-NG e ZOL-DM). No 14º dia todos os animais foram submetidos: 1) indução da PE; 2) indução da diabetes com dose única de 0,3 ml de solução de estreptozotocina (60 mg/kg) diluída em solução de tampão citrato de sódio 0,1M, pH 4,0 (VEI-DM e ZOLDM) ou apenas o veículo de tampão citrato (VEI-NG e ZOL-NG). As eutanásias foram realizadas aos 14, 21 e 35 dias após indução da PE. Foi realizada análise microtomográfica das hemimandibulas direitas e histopatológica e imunohistoquiímica (TNF-α e IL-1ß) das hemimandibulas esquerdas. Os resultados foram analisados em microscopia óptica e submetidos à estatística com nível de significância de 5%. Resultados: A análise micro-CT mostrou uma menor perda óssea alveolar (POA), maior volume ósseo na furca (VOF) e maior espessura do trabeculado ósseo em ZOL-NG e ZOL-DM. ZOL-NG e ZOL-DM apresentaram maior porcentagem de tecido ósseo na furca (PTO) e a porcentagem de tecido ósseo não vital na furca (PON) foi maior em ZOL-DM. A resposta inflamatória periodontal foi maior em ZOL-NG e ainda maior em ZOL-DM, com inflamação mais intensa e nível das principais citocinas com atividade pró-inflamatória (TNFα e IL-1ß) maior em ZOL e ainda maior em ZOL-DM. Conclusão: O diabetes mellitus promove exacerbação da resposta inflamatória periodontal ao longo do tratamento com dose oncológica de zoledronato, o que o coloca, juntamente com a doença periodontal, como um importante fator de risco para a osteonecrose dos maxilares(AU)


The aim of the present study is to evaluate the progression of experimental periodontitis (PE) in diabetic female rats under therapy of oncological dosage of zoledronic acid. 120 female rats (12 months of age) were randomly assigned to four experimental groups: VEI-NG (n = 30); VEI-DM (n = 30), ZOL-NG (n = 30) and ZOLDM (n = 30). For 7 weeks, every 3 days, 0.45 ml of 0.9% NaCl solution (VEI-NG and VEI-DM) or 0.45 ml of this solution plus 100 µg / kg zoledronate (ZOL) were administered intraperitoneally -NG and ZOL-DM). On the 14th day post-start of the experiment all animals were submitted to: 1) a ligature installation around the lower bilaterally first molar, which remained in position throughout the experimental period; 2) a caudal vein injection of 0.3 ml of streptozotocin solution (60mg/kg) diluted in 0.1 M sodium citrate buffer solution pH 4.0 (VEI-DM and ZOL-DM) or only the vehicle of sodium citrate buffer 0.1M, pH 4.0 (VEI-NG and ZOL-NG). As euthanasia were performed at 14, 21 and 35 days after the induction of PE by transcardiac perfusion with histological fixative. A microtomographic analysis of the right and posterior hemimandibles of the histological processing of the left hemi-jaw was performed. Patients with histories were submitted to hematoxylin-eosin staining or immunohistochemical reaction for: tumor necrosis factor alpha TNF-α and interleukin IL-1ß. The results were analyzed by optical microscopy and submitted to statistical analysis with a significance level of 5%. The micro-CT analysis showed lower alveolar bone loss (POA), greater bone volume in the furcation (VOF) and greater thickness of bone trabecule in ZOL-NG and ZOL-DM compared to the VEI-NG and VEI-DM groups. ZOL-NG and ZOL-DM presented a higher percentage of bone tissue in the furcation (PTO) and a percentage of non-vital bone tissue in the furcation (PON) was higher in ZOL-NG and much higher in ZOL-DM. The periodontal inflammatory response was higher in ZOL-NG and even higher in ZOL-DM, with more intense inflammation and major cytokines with the higher pro-inflammatory activity (TNFα and IL-1ß) in ZOL and even higher in ZOL-DM. Diabetes mellitus promotes exacerbation of the periodontal inflammatory response during treatment with the oncologic dose of zoledronate, which causes, along with periodontal disease, an important risk factor for osteonecrosis of the jaw(AU)


Assuntos
Periodontite Crônica , Diabetes Mellitus , Difosfonatos , Tratamento Farmacológico , Osteonecrose
6.
Full dent. sci ; 9(34): 51-56, 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-987624

RESUMO

Os bisfosfonatos (BFs) são drogas indicadas para o tratamento de doenças do metabolismo ósseo. Seu emprego terapêutico aumentou e, com ele, os efeitos adversos. A osteonecrose dos maxilares induzida por bisfosfonatos (OMB) é um efeito adverso grave relacionado com doenças reabsortivas ósseas. A OMB é definida como o desenvolvimento de osso necrótico na cavidade oral de um paciente que esteja recebendo tratamento com bisfosfonatos e não tenha recebido radioterapia em região de cabeça e pescoço. Até o momento seu mecanismo fisiopatológico ainda é pouco compreendido e tem sido alvo de inúmeros estudos. A associação entre o uso dos bisfosfonatos e a osteonecrose dos maxilares tem sido relatada, principalmente, em pacientes submetidos a exodontias. A etiologia, a variedade de sinais e sintomas clínicos da OMB, as medidas preventivas, os efeitos da interrupção do uso dos BFs, bem como os indicadores de prognóstico dessa doença permanecem indefinidos. Com relação ao tratamento, apesar de existirem protocolos, não há consenso na literatura quanto a sua eficácia. O objetivo deste trabalho é relatar um caso clínico de osteonecrose induzida por bisfosfonatos após exodontia em maxila, sítio menos acometido (AU).


Bisphosphonates (BFs) are drugs indicated for bone metabolism diseases treatment. Its therapeutic use has increased and, with it, the adverse effects. Bisphosphonate-related osteonecrosis of the jaw (BRONJ) is a serious adverse effect related to bone resorptive diseases. BRONJ is defined as the development of necrotic bone in the oral cavity of a patient who is receiving bisphosphonate treatment and has not received radiotherapy in the head and neck region. To this date, its pathophysiological mechanism is still poorly understood and has been the subject of numerous studies. The association between the use of bisphosphonates and osteonecrosis of the jaw has been reported mainly in patients who underwent exodontias. The etiology, the variety of clinical signs and symptoms of BRONJ, preventive measures, effects of discontinuation of BFs use, as well as the prognostic indicators of this disease remain undefined. Regarding the treatment, although there are protocols, there is no consensus about its efficacy in literature. The aim of this study is to report a clinical case of bisphosphonate-induced osteonecrosis after maxillary extraction, the site less affected (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Osteonecrose/etiologia , Osteonecrose/terapia , Difosfonatos/uso terapêutico , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos/terapia , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/métodos , Extração Dentária , Brasil , Relatos de Casos , Radiografia Panorâmica/instrumentação , Doenças Maxilares/patologia , Arcada Osseodentária
7.
Araçatuba; s.n; 2018. 64 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1009619

RESUMO

Objetivo: Avaliar a prevenção da OMIM em ratos em risco de desenvolvimento de osteonecrose na região em que foi realizada a exodontia utilizando apenas coágulo, enxerto de osso xenógeno, e enxerto de ß- trifosfato de cálcio (ß-TCP). Métodos: Foram utilizados 20 Ratos Wistar machos com 3 meses de idade, pesando 350 ­ 450g, submetidos a indução da Osteonecrose por uso de ácido zoledrônico (0,04mg/kg) durante 05 semanas. Na 7a semana foi realizado a cirurgia de exodontia dos molares superiores direito e preenchimento do alvéolo com coágulo (controle), enxerto xenógeno (Grupo 2), e ß- trifosfato de cálcio (ß-TCP) (Grupo 3). A eutanásia foi realizada na 15a semana. Foram realizadas análises morfométrica, estereológica, e imunohistoquímica, onde aplicou-se os testes estatísticos ANOVA e Tukey, considerando-se um nível de significância de 5%. Resultados: Durante a análise macroscópica não houve manifestação clínica da OMIM nos grupos experimentais. A análise quantitativa demonstrou que o Grupo 3 (BTCP) apresentou menor formação de lacunas ósseas e maior formação de tecido ósseo sadio quando comparado com os grupos 1 e 2 (p<0,05). Não houve diferença estatística entre os grupos durante análise de formação de tecido epitelial. Na análise imunohistoquimica, o grupo experimental apresentou maior atividade de remodelação óssea. Conclusão: Os resultados deste trabalho demonstraram que os grupos experimentais apresentaram maior atividade de remodelação óssea, e ausência de manifestação clínica da OMIM. O grupo BTCP ainda demonstrou menor quantidade de lacunas e maior quantidade de osso formado durante analise histológica. No entanto, mais estudos necessitam ser realizados até o desenvolvimento de um protocolo de prevenção desta complicação(AU)


Objective: To evaluate the bone formation in rats with osteonecrosis in the region where the extraction was performed using only clot, xenogen bone graft, and calcium ß-triphosphate (ß-TCP) graft. METHODS: Twenty male Wistar rats weighing 350-450 g were submitted to osteonecrosis induction for the use of zoledronic acid (0.2 mg / kg) for 5 weeks. In the 7th week, the maxillary right molar extraction and filling of the alveolus with clot (control), xenogene graft (Group 2) and calcium ß-triphosphate (ß- TCP) were performed (Group 3). Euthanasia was performed in the 15th week. Morphometric and stereological analyzes were performed. The ANOVA and Tukey statistical tests were used, considering a level of significance of 5%. Results: During the macroscopic analysis there was no clinical manifestation of the OMIM in the experimental groups. Quantitative analysis showed that Group 3 (BTCP) presented less bone formation and greater formation of healthy bone tissue when compared to groups 1 and 2 (p <0.05). There was no statistical difference between groups during analysis of epithelial tissue formation. In the immunohistochemical analysis no difference was found in the bone remodeling process between the groups. Conclusion: The results of this work were favorable for the use of BTCP for guided bone regeneration and prevention of the clinical manifestation of OMIM in rats. However, more studies need to be performed until the development of a protocol to prevent this complication(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Remodelação Óssea , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Osteonecrose , Cirurgia Bucal , Transplante Ósseo , Ratos Wistar , Difosfonatos
8.
ImplantNewsPerio ; 2(1): 48-55, jan.-fev. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847076

RESUMO

Uma paciente do sexo feminino, com 72 anos de idade e exposição óssea intraoral, portadora de osteoporose, fazia uso de bifosfonatos há mais de cinco anos. Na região posterior mandibular direita havia osso exposto, hiperemia dos tecidos moles e exsudato purulento. A região mandibular anterior mostrava drenagem de secreção purulenta. Como havia necessidade de cirurgia de fêmur por recomendação médica, a paciente foi submetida à medicação específica (amoxicilina 500 mg, metronidazol 400 mg) e irrigação local com clorexidina 0,12%. Seis meses depois, e mediante os exames de TCFC e CTx sérico, foi realizada a terapia com fibrina leucoplaquetária autóloga. Estas biomembranas foram colocadas nas áreas de osso necrótico. Depois de 15 dias, observou-se uma grande exposição da área operada. Porém, clinicamente, já se notava neovascularização. Após 30 dias, havia grande epitelização da área que se encontrava exposta anteriormente. O caso foi controlado por mais 30 dias, totalizando 60 dias, podendo ser observada uma grande cobertura de tecido mole bem vascularizada e queratinizada na região. As terapias propostas para tratamento não apresentam eficácia suficiente para serem consideradas como protocolos. Dentro dos limites deste relato, a utilização da fibrina leucoplaquetária autóloga apresentou-se favorável como alternativa após dez meses e sem recidivas, abrindo perspectivas para tratar as necroses induzidas por estes medicamentos.


A 72 years-old female patient presented with intraoral bone exposure, osteoporosis, and bisphosphonate use (> 5 years). Also, at the posterior mandible, there was soft tissue hyperemia and pus. On the other hand, the anterior mandible presented with purulent drainage. Due to the need of a hip replacement by medical recommendation, the patient was submitted to specific pharmacological regimen (Amoxicillin 500 mg, Metronidazole 400 mg), and 0.12% chlorhexidine rinses. Six months later, and after CBCT and seric CTx exams, the autologous leukocyte platelet-rich fibrin therapy was applied. These biomembranes covered areas of necrotic bone. After 15 days, there was great exposition at the surgical area. However, neovascularization was clinically observed followed 30 days later by epithelization of previously exposed areas. The case was controlled for more 30 days, where well-vascularized and keratinized soft tissue coverage was identified. The proposed therapy does not provide efficacy to be considered as protocols. However, within the limits of this presentation, the autologous leukocyte platelet-rich fibrin seems to be favorable as an alternative and after 10 months no complications were observed. This opens new perspectives to treat bisphosphonate induced bone necrosis.


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Materiais Biocompatíveis , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Difosfonatos , Fibrina/uso terapêutico , Osteonecrose/tratamento farmacológico , Osteonecrose/terapia
9.
Periodontia ; 27(2): 7-16, 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847050

RESUMO

Introdução: Os bifosfonatos têm sido indicados para o tratamento de doenças do metabolismo ósseo. Atualmente, seu emprego terapêutico aumentou e, com ele, os efeitos adversos, dos quais um dos mais importantes é a indução da osteonecrose dos maxilares (BRONJ), uma complicação de difícil tratamento e solução. Objetivo: Identificar a prevalência e os possíveis fatores de risco para o desenvolvimento de osteonecrose em pacientes tratados com bifosfonatos no HUCAM/UFES. Métodos: Foram realizados exames clínicos e análises de radiografias panorâmicas de pacientes em tratamento com bifosfonatos no HUCAM/UFES. Resultados: Foram examinadas 16 pacientes do gênero feminino, com idade entre 55 e 84 anos. Todas as pacientes tinham osteoporose, sendo que 87,5% ainda tinham outro comprometimento sistêmico. A doença periodontal foi o fator de risco de osteonecrose mais comum, presente em 56,25% pacientes. O bifosfonato mais utilizado pelas pacientes foi o alendronato sódico 70 mg, sendo utilizado por 87,5%. A administração do medicamento foi semanal e por via oral em todas as pacientes, com tempo de uso variável de 2 meses a 5,5 anos. Conclusão: Com o envelhecimento populacional e aumento do uso de bifosfonatos no tratamento de osteoporose é fundamental a identificação de usuários e fatores de risco existentes, para o tratamento não se constituir como risco em lugar do benefício. Mas não se observa esta conduta e para que seja estabelecida precisará haver a conscientização de todos os indivíduos envolvidos: médicos, dentistas e pacientes (AU)


Introduction: Bisphosphonates have been indicated for treating diseases of bone metabolism. Currently, its therapeutic use has increased and with it, the adverse effects, of which the most important is the induction of osteonecrosis of the jaw, is a complication of difficult treatment and solution. Objective: To identify the prevalence and possible risk factors for the development of osteonecrosis in patients treated with bisphosphonates in HUCAM/UFES. Methods: Clinical examinations were performed and analysis of panoramic radiographs of patients in treatment with bisphosphonates in HUCAM/UFES. Results: 16 female patients were examined, aged between 55 and 84 years old. All patients have osteoporosis, and 87.5% have other systemic involvement. Periodontal disease is a risk factor for osteonecrosis most commonly presented in patients 56.25%. The bisphosphonate used by most patients was 70 mg alendronate sodium, being used by 87.5%. Drug administration is weekly and is made for all patients orally. The bisphosphonate usage time ranged from 2 months to 5.5 years. Conclusion: Risk factors for development are found in most users patients. It is therefore important to drug users to identify and existing risk factors, especially in postmenopausal women for the treatment does not constitute a risk rather than benefit. (AU)


Assuntos
Humanos , Difosfonatos , Mandíbula , Maxila , Osteonecrose , Osteoporose
10.
Araçatuba; s.n; 2017. 100 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-905786

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi avaliar a progressão da periodontite experimental (PE) e a resposta tecidual periodontal frente à raspagem e alisamento radicular (RAR) durante tratamento com dose oncológica de zoledronato. Foram utilizados 100 ratos (6 meses de idade) distribuídos aleatoriamente em 4 grupos experimentais: SAL (n=30), ZOL (n=30), SAL-RAR (n=20) e ZOL-RAR (n=20). O plano de tratamento medicamentoso teve duração de 8 semanas. Os ratos receberam injeções intraperitoneais de 0,45 ml de solução de cloreto de sódio 0,9% (Grupos SAL e SALRAR) ou 0,45 ml da mesma solução acrescida de 100 µg/Kg de zoledronato (ZOL e ZOL-RAR) com um intervalo de três dias entre as aplicações. Decorridas duas semanas de tratamento medicamentoso, foi instalada uma ligadura de algodão ao redor do primeiro molar inferior esquerdo. Nos grupos SAL e ZOL essa ligadura permaneceu até o final do experimento. Nos grupos SAL-RAR e ZOL-RAR após outras duas semanas a ligadura foi removida, e foi efetuada a RAR. A eutanásia foi efetuada nos grupos SAL e ZOL aos 14, 21 e 42 dias pós instalação da ligadura e nos grupos SAL-RAR e ZOL-RAR aos 7 e 28 dias pós tratamento local com RAR. Foi executado o processamento histológico das hemi-mandíbulas e os cortes histológicos foram submetidos à coloração pela hematoxilina-eosina (HE). Na região de furca do primeiro molar inferior foram efetuadas: análise histopatológica dos tecidos peridontais e análise histométrica da porcentagem de osso na região de furca (POF) e da porcentagem de osso necrótico na região de furca (PON). Os resultados foram submetidos a análise estatística. O grupo ZOL apresentou uma resposta inflamatória local mais exacerbada, maior POF e maior PON aos 14d, 21d e 42 pós instalação da ligadura em relação ao grupo SAL. Em ZOL-RAR a resposta inflamatória se mostrou mais exacerbada, não houve alteração da POF, e a PON se mostrou maior ao longo do tempo e em relação ao grupo que não recebeu tratamento periodontal. Conclui-se que o tratamento com dose oncológica de zoledronato reduz a perda óssea alveolar induzida pela PE, todavia, aumenta a quantidade de tecido ósseo alveolar necrótico, exacerba e prolonga a resposta inflamatória local, tanto nos sítios sem tratamento periodontal quanto nos sítios submetidos à RAR, ou seja, a doença periodontal e o tratamento mecânico periodontal convencional são importantes fatores de risco local para a ONM-M(AU)


The present study aims to assess the progression of experimental periodontitis (EP) and the periodontal tissue response to scaling and root planing (SRP) during treatment with oncological dose of zoledronate. A total of 100 rats were used (6 months old) randomically distributed into 4 experimental groups: SAL (n=30), ZOL (n=30), SALSRP (n=20) e ZOL-SRP (n=20). Drug treatment plan lasted for 8 weeks. Intraperitoneal injections of 0,45 ml of sodium chloride solution 0,9% (Groups SAL and SAL-SRP) or 0,45 ml of the same solution adding 100 µg/Kg of zoledronate (ZOL and ZOL-SRP) were given to the rats within intervals of three days between injections. A cotton ligature was installed around the first left lower molar after two weeks of medicative treatment. At SAL and ZOL groups such ligature endured until the end of the experiment. At the groups SAL-SRP and ZOL-SRP ligature was removed two more weeks later and SRP was executed. Euthanasia was done at the groups SAL and ZOL after 14, 21 and 42 days from the ligature installation and at the groups SAL-SRP and ZOL-SRP after 7 and 28 days after local treatment with SRP. Hemimandibula was histological processing and executed and histological sections went under Hematoxylin and eosin staining (HE). At the furcal region of the first lower molar were executed: histopathological analysis of periodontal tissues and histometric analysis of bone percentage at the furcal region (BPF) and necrotic bone percentage at the furcal region (NPF). Results went under statistical analysis. ZOL group presented increased local inflammatory response, higther BPF and higher NPF at days 14, 21 and 42 after ligature installation in relation to SAL group. At ZOL-SRP, inflammatory response was increased, there was no BFP alteration, and NPF was higher throughout time in comparison to the group that had not received periodontal treatment. It can be concluded that treatment with oncological dose of zoledronate decreases alveolar bone loss induced by EP, on the other hand, it increases the amount of alveolar necrotic bone tissue, increases and extends local inflammatory response, either at sites with no periodontal treatment or the ones that went under SRP, in other words, periodontal disease and conventional mechanical periodontal treatment are important local risk factor for medication-related osteonecrosis of the jaw (MRONJ)(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Difosfonatos , Osteonecrose , Periodontite , Raspagem Dentária
11.
Prosthes. Lab. Sci ; 5(20): 85-89, jul.-set. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-859398

RESUMO

Os medicamentos antirreabsortivos, como os bisfosfonatos, são usados para tratamento de diversas patologias ósseas. Uma de suas complicações relacionadas à Odontologia é a osteonecrose dos maxilares e o tratamento conservador deve ser a primeira opção. Em casos de pacientes total ou parcialmente edêntulos que fazem uso de medicamentos desta classe, as próteses são mais convenientes para reabilitação. Sabemos que estética é um dos fatores de maior relevância para o paciente, o que torna cada vez mais difícil a aceitação de próteses que contenham grampos, como as próteses parciais removíveis e que, por mais criterioso que seja o planejamento, a associação de suporte, retenção, estabilidade e estética sempre deixa a desejar. O objetivo deste relato de caso foi mostrar uma reabilitação sem a instalação de implantes, a prótese parcial removível, com encaixe de precisão em paciente que faz uso do medicamento e que prezava por uma estética satisfatória.


Antiresorptive drugs such as bisphosphonates are used to treat several bone diseases. Their complication related to Dentistry is osteonecrosis of the jaw and a conservative treatment should be the first option. In cases of total or partially edentulous patients that make use of this class of medication prostheses are more convenient for rehabilitation. It is known that aesthetics is one of the most important factors for the patient and this hampers the acceptance of prostheses with staples such as removable partial dentures. And it doesn't matter how judicious the planning the association of retention, support, stability and aesthetics always falls short. The objective of this report was to present rehabilitation without implant installation using removable partial denture with precision fit in a bisphosphonates who wished a satisfactory aesthetic outcome.


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Encaixe de Precisão de Dentadura , Prótese Parcial Removível , Difosfonatos , Estética Dentária , Osteonecrose
12.
ImplantNewsPerio ; 1(1): 84-94, jan.-fev. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-846998

RESUMO

Objetivo: revisar a taxa de sucesso dos implantes em pacientes sob terapia de bifosfonatos (BPs) por doenças que acometem o metabolismo ósseo. Material e métodos: uma busca nas bases de dados Pubmed e ScienceDirect, sem restrição de data e realizada até junho de 2014, usou as palavras-chave "Biphosphonates", "Osteonecrosis of the jaw", "Dental implants", e "Bone metabolism disease". Resultados: 89 artigos foram recuperados. Após os critérios de exclusão, cinco consensos e 13 estudos (cinco retrospectivos, dois prospectivos, quatro série de casos, dois de coorte) foram escolhidos para análise qualitativa. Todos apresentaram casos com o uso de bifosfonato por via oral no tratamento da osteoporose. A osteonecrose foi relacionada com o uso de implantes em pacientes com osteoporose (cinco estudos). O uso intravenoso no tratamento de câncer de mama, próstata e mieloma múltiplo foi associado à ocorrência de osteonecrose (dois estudos). Não foram encontrados estudos em pacientes com doença de Paget nem osteogênese imperfeita. A faixa de tempo para perda do implante foi ampla (dois a 68 meses). As faixas de sucesso dos implantes foram de 62,5% a 100%. O risco de viés foi considerado moderado em sua maioria (dez estudos). Conclusão: em função da expectativa de vida, o número de pacientes sob BPs aumenta progressivamente, e a instalação de implantes deve ser evitada nos pacientes sob via endovenosa. Aqueles sob via oral devem ser advertidos para o quadro clínico de osteonecrose dos maxilares ou perda assintomática dos implantes em qualquer momento.


Objective: to review the dental implant success in patients under bisphosphonate (BPs) therapy for bone metabolic diseases. Material and methods: a search at the Pubmed e ScienceDirect with no date restriction until June 2014 used the key words "Biphosphonates", "osteonecrosis of the jaw", "dental implants", and "bone metabolism disease". Results: 89 articles were retrieved. After exclusion criteria, five consensus and 13 studies (five retrospective, two prospective, four case series, and two cohorts) were selected for qualitative screening. All presented cases with oral bisphosphonate use in case of osteoporosis. The disease was related with the use of dental implants for patients with osteoporosis (five studies). The intravenous use for breast cancer, prostate, and multiple myeloma was associated to osteonecrosis (2 studies). No studies were found for Paget's disease or osteogenesis imperfecta. The time until implant loss was considerable (2 to 68 months). The implant success rates ranged from 62.5% to 100%. The quality of studies was considered moderate (10 articles). Conclusion: due to an increased life expectancy, the number under BPs progressively increases, and the dental implants should be avoided for patients under intravenous therapy. However, those under oral administration must be advised about the clinical scenario of jaw osteonecrosis or asymptomatic dental implant loss at any time.


Assuntos
Humanos , Doenças Ósseas Metabólicas , Implantação Dentária Endo-Óssea , Difosfonatos/efeitos adversos , Difosfonatos/uso terapêutico , Osseointegração , Osteonecrose
13.
Araçatuba; s.n; 2016. 96 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-881431

RESUMO

OBJETIVOS: Os objetivos do presente estudo foram avaliar o efeito da terapia com laser em baixa intensidade (LLLT) e da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) no processo de reparo alveolar de ratas com os principais fatores de risco para a osteonecrose dos maxilares associada à terapia medicamentosa (ONMM). MATERIAIS E MÉTODOS: Ratas senis (n=29) foram distribuídas nos grupos: SAL, ZOL, ZOL/LLLT e ZOL/aPDT. Durante sete semanas, a cada dois dias, administrouse pela via intraperitoneal 0,45ml de NaCl 0,9% (SAL) ou 0,45ml desta mesma solução acrescida de 100µg/Kg de zoledronato (ZOL, ZOL/LLLT e ZOL/aPDT). Decorridas três semanas, realizou-se a exodontia do primeiro molar inferior esquerdo. Nos grupos ZOL/LLLT e ZOL/aPDT as ratas foram submetidas respectivamente a LLLT ou aPDT aos 0, 2 e 4 dias pós exodontia. A eutanásia foi realizada 28 dias após a exodontia. No sítio de extração dental foram realizadas análises: histopatológica do processo de reparação tecidual, histométrica da área de tecido ósseo neoformado (ATO) e imunoistoquímica direcionada para os seguintes biomarcadores: PCNA, BAX, C3C, TNFα, IL-1ß, IL-6, HIF-1α, VEGF, CD31, BMP2/4, RUNX-2, OCN, OPG, RANKL e TRAP. RESULTADOS: Os grupos tratados com zoledronato apresentaram maior imunomarcação para OPG e menor imunomarcação para RANKL e TRAP. Em ZOL observou-se áreas de osteonecrose, comprometimento da reparação tecidual, menor ATO, menor imunomarcação para PCNA, HIF-1α, VEGF, CD31, BMP2/4 e OCN, e maior imunomarcação para BAX, C3C, TNFα, IL-1ß, IL-6 e RUNX-2 em relação ao SAL. ZOL/LLLT apresentou melhora em alguns parâmetros em relação ao ZOL (ATO, PCNA, TNFα, HIF-1α, VEGF, CD31 e RUNX-2), no entanto, poucos foram os parâmetros que se igualaram ao SAL (PCNA, HIF-1α, VEGF, CD31 e RUNX-2). ZOL/aPDT não apresentou áreas de osteonecrose, o processo de reparação tecidual não diferiu significativamente de SAL, assim como, os seguintes parâmetros ATO, PCNA, BAX, C3C, IL-1ß, HIF-1α, VEGF, CD31, RUNX-2 e OCN. CONCLUSÕES: O zoledronato compromete o processo de reparação tecidual do sítio de extração dental em ratas com os principais fatores de risco para a ONM-M. LLLT e aPDT são capazes de melhorar eventos relacionados com o processo de reparo alveolar. A aPDT se mostrou a terapia preventiva mais efetiva para evitar a ONM-M. RELEVÂNCIA CLÍNICA: A aPDT pode se constituir em uma alternativa de terapia preventiva para evitar o desencadeamento de ONM-M pós exodontia(AU)


OBJECTIVES: The aim of this study was to evaluate the effects of Low Level Laser Therapy (LLLT) and antimicrobial photodynamic therapy (aPDT) in the alveolar bone repair in rats with the high risk factors for Medication-Related Osteonecrosis of the Jaw (MRONJ). MATERIALS AND METHODS: Senile rats (n = 29) were distributed into four groups: SAL, ZOL, ZOL/LLLT and ZOL/aPDT. For seven weeks, every two days, 0,45ml 0.9% NaCl (SAL) or 0,45ml of this same solution plus 100µg/kg zoledronate (ZOL, ZOL/LLLT and ZOL/aPDT) were administered intraperitoneally. After three weeks, the first lower left molar was extracted. In ZOL/LLLT and ZOL/aPDT groups, the rats were submitted to LLLT or aPDT therapy at 0, 2 and 4 days after tooth extraction. Euthanasia was performed 28 days after tooth extraction. In dental extraction site was performed the histopathology analysis of the tissue repair, histometric analysis of newly formed bone area (NFB) and immunohistochemistry related to the following biomarkers: PCNA, BAX, C3C, TNFα, IL-1ß, IL-6, HIF-1α, VEGF, CD31, BMP2/4, RUNX-2, OCN, OPG, RANKL and TRAP. RESULTS: The groups treated with zoledronate showed higher immunolabeling for OPG and lower immunolabeling for RANKL and TRAP. In ZOL group was observed areas of osteonecrosis, impairment of wound healing, lower ATO, lower immunolabeling for PCNA, HIF-1α, VEGF, CD31, BMP2/4 and OCN, and higher immunolabeling for BAX, C3C, TNFα, IL-1ß, IL-6 and RUNX-2 when compared to the SAL group. ZOL/LLLT showed improvement in some parameters regarding to ZOL (ATO, PCNA, TNFα, HIF-1α, VEGF, CD31 and RUNX-2), however, few parameters were similar to the SAL (PCNA, HIF-1α, VEGF, CD31 and RUNX-2). ZOL/aPDT did not present areas of osteonecrosis and the tissue repair did not differ significantly from the SAL groups, as well as the following parameters: PCNA, BAX, C3C, IL-1ß, HIF-1α, VEGF, CD31, RUNX-2 and OCN. CONCLUSIONS: The zoledronate compromises the tissue repair of dental extraction site in rats with the high risk factors for MRONJ. LLLT and aPDT were able to improved the events related to wound's healing. The aPDT showed to be the most effective preventive therapy to MRONJ. CLINICAL RELEVANCE: The aPDT can be in a preventive therapy to prevent the triggering of MRONJ after dental extraction(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Osteonecrose da Arcada Osseodentária Associada a Difosfonatos , Terapia com Luz de Baixa Intensidade , Fotoquimioterapia , Difosfonatos , Arcada Osseodentária , Osteonecrose , Ratos Wistar
14.
Braz. dent. sci ; 19(1): 129-134, 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-785286

RESUMO

Considerando a associação causal provável entre o uso de bisfosfonatos e osteonecrose da mandíbula, bem como o elevado número de prescrições e dessas drogas todos os anos, este trabalho tem como objetivo mostrar um tratamento diferente. O uso combinadode terapia de ozônio e laser na regeneração de tecidos e reparação óssea em pacientes com osteonecrose induzida por bisfosfonatos, realizada pela disciplina de Cirurgia bucomaxilofacial e Traumatologia da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Paciente do sexo feminino, branca, 53 anos, depois de um câncer de mama teve uma evolução de metástases ósseas em todo o corpo, iniciou o tratamento de quimioterapia intravenosa utilizando pamidronato 90 mg mensal a partir de 2007 que tem sido utilizado até os dias atuais, devido à estabilização da doença. A paciente procurou a instituição com sintomatologia dolorosa na mandíbula e maxila, pelo exame clínico e de imagem foram diagnosticados sítios iniciais sugestivos de osteonecrose induzida por bisfosfonatos. Na tentativa de reduzir os sintomas e sinais clínicos, para impedir o avanço das lesões, recomendamos o tratamento por terapia de ozônio junto ao laser infravermelho de baixa potência, quemostrou redução satisfatória dos sítios de necrose óssea. Embora haja variações amplas e dificuldades em tratamento de osteonecrose induzida por bisfosfonatos, foi possível regressão das lesões através das terapias conjuntas aplicadas, bem como a melhoria da expectativa de vida do paciente.


Considering the probable causal association between the use of bisphosphonates and osteonecrosis of the jaw, as well as the high number of prescriptions and use these drugs every year, this paper aims to show different treatment. The combined use of ozone therapy and laser therapy in tissue regeneration and bone repair in patients with osteonecrosis induced by bisphosphonates, held by the discipline of Oral and Maxillofacial Surgery and Traumatology, Paulista State University “Júlio de Mesquita Filho”. Female patient, white, 53 years after a breast cancer had an evolution for bone metastases throughout the body, and start the chemotherapy treatment using intra-venous pamidronate 90 mg monthly from 2007 which has been used to the present day, due to disease stabilization. The patient sought the institution complaining of painful symptoms in the mandible and maxilla, and the clinical examination and CT were diagnosed initial sites suggestive of osteonecrosis induced by bisphosphonates. In seeking to reduce the symptoms and clinical signs, to prevent progress in the lesions, we recommend treatment by ozone therapy together to infrared low-power laser, which showed satisfactory reduction in bone necrosis sites. Although there are wide variations and difficulties in treatments for osteonecrosis induced by bisphosphonates, it was possible regression of the lesions through the joint processing applied, and the improvement in life expectancy of the patient.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Difosfonatos , Osteonecrose , Ozônio
15.
ImplantNews ; 12(4): 418-424, 2015.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-764272

RESUMO

O objetivo desta revisão foi atualizar o conhecimento básico sobre medicações antiangioênicas e antirreabsortivas, além dos bifosfonatos, e discutir condutas clínicas, protocolos de tratamento e gerenciamento da osteonecrose que podem ser adotados para benefício dos pacientes na Implantodontia. Devido à ocorrência de novos casos de osteonecrose após o uso de medicações antiangiogênicas e antirreabsortivas, a American Association of Oral and Maxillofacial Surgeons (AAOMS) sugeriu a mudança de nomenclatura Bronj (Bisphosphonate-related osteonecrosis of the jaw) para MRONJ (Medication-related osteonecrosis of the jaw). O tipo de medicação e a indicação da mesma (câncer, mieloma múltiplo, osteoporose/osteopenia) devem ser levados em consideração no manejo dos pacientes. Há controvérsias sobre a suspensão das medicações (Drug Holiday) e testes que predigam o risco de MRONJ. Novas pesquisas realizadas em cobaias procuram determinar o efeito do alendronato ministrado sistemicamente, após a cirurgia, sobre a osteointegração de implantes, neoformação óssea e reabsorção de enxerto ósseo. Outra abordagem de pesquisa sobre bifosfonatos aplicados sobre a superfície dos implantes, com o objetivo de melhorar a osteointegração, está sendo realizada em humanos e em cobaias. A constante atualização dos profissionais de saúde se faz necessária para tratamentos mais eficientes e com menor risco aos pacientes.


The objective of this review is to update the basic knowledge about antiangiogenic and antiresorptive medications, in addition to bisphosphonates and discuss clinical procedures, treatment protocols and management of osteonecrosis, which can be adopted for the benefit of patients seeking dental implant treatment. Due to the occurrence of new cases of osteonecrosis after using antiangiogenic and antiresorptive medications, the American Association of Oral and Maxillofacial Surgeons (AAOMS) suggested changing Bronj nomenclature (Bisphosphonate-related osteonecrosis of the jaw) to MRONJ (Medication-related osteonecrosis of the jaw). The type of medication and treatment indications (cancer, multiple myeloma, osteoporosis/osteopenia), should be taken into consideration for patient management. There is controversy about the suspension of medications (Drug Holiday) and tests to predict the risk of MRONJ. New animal model studies try to determine the effects of alendronate as systemically administered, after implant surgery, on bone formation and bone graft resorption. Other studies at human and animal investigate the role of bisphosphonates as biological coatings at implant surfaces to improve osseointegration. Continuing dental education is mandatory to provide more efficient treatments with less risk to patients.


Assuntos
Inibidores da Angiogênese , Difosfonatos , Osteonecrose
16.
ImplantNews ; 11(2): 225-230, 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-730844

RESUMO

O uso de implantes dentários tem aumentado na população, existindo controvérsias na indicação em pessoas que usam bifosfonatos (BFs). Objetivos: este trabalho analisou possíveis indicações e contraindicações de implantes dentários em pacientes utilizando BFs orais. Material e Métodos: foi realizada busca na literatura com os termos “implante dentário”, “bifosfonato” e “osteonecrose” nas bases de dados eletrônicas Pubmed/Medline e Scielo. Incluiu-se literatura no período de 2003 a 2012 na língua inglesa, portuguesa e espanhola. Artigos não relacionando BF aos implantes dentários foram excluídos. Resultados: foram identificados 21 artigos, incluindo cartas ao leitor, monografia, guias práticos de conduta, revisões de literatura e artigos de pesquisa, tendo os artigos de pesquisa maior foco neste trabalho. Estes foram divididos da seguinte forma: ensaios clínicos randomizados (3), não randomizados (1), coorte (1), estudos observacionais (3) e relato de caso (1). Não se observou interferência na reabsorção óssea com uso de BF oral em modelos animais, porém, em humanos, nove implantes dentários perdidos foram relatados (sete em dois estudos transversais, dois em um relato de caso). Conclusão: 1) a osteonecrose associada ao BF é originada pelo efeito cumulativo no organismo, tempo de utilização da droga, presença de outra doença dental associada e procedimentos invasivos; 2) BFs orais apresentam menos complicações do que endovenosos; 3) não se indica instalação do implante dentário sem avaliar o risco-benefício, considerando tempo de uso do BF oral e condições clínicas; 4) os protocolos recomendados por associações certificadas devem ser adotados


The use of dental implants has increased in the general population with controversies on its use for patients under bisphosphonate therapy (BF). Objectives: to analyze possible indications and implications of dental implant placement in patients under oral BFs. Material and Methods: a literature search was made with the terms “dental implant”, “bisphosphonate”, and “osteonecrosis” at PubMed/MEDLINE and Scielo electronic records. Portuguese, English, and Spanish literatures were screened from 2003 to 2012. Articles not relating BFs to dental implants were excluded. Results: 21 articles were identified, including letters to the editor, monographs, practical guidelines, literature reviews, and research articles, being the latter received more attention and divided into: randomized clinical trials (3), non-randomized trials (1), cohort (1), observational (3), and case report studies. In the animal model, BFs did not interfere with bone remodeling. However, nine dental implants were lost in human beings (7 in transversal studies, 2 in a case report). Conclusion: 1) BF osteonecrosis occurs do its cumulative effect in the organism, time of use, associated dental disease, and invasive procedures; 2) oral BFs present less complications than IV BFs; 3) implant placement must consider cost-benefit ratio, oral BF time period, and clinical conditions; and 4) recommended protocols of certified associations must be followed.


Assuntos
Implantação Dentária , Osteonecrose
17.
ImplantNews ; 11(1): 69-76, 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-730044

RESUMO

Objetivos: este levantamento avaliou o conhecimento dos implantodontistas de Porto Alegre (Rio Grande do Sul, Brasil) sobre a interação dos bisfosfonatos com a osteonecrose dos maxilares (Bronj), sua incidência e as modalidades de tratamento utilizadas. Material e métodos: um questionário com 15 perguntas foi respondido pelos profissionais entre julho e setembro de 2012. Um total de 84 participantes (60 homens e 24 mulheres, com idade entre 31 e 40 anos, e exercendo a especialidade entre um e cinco anos após a conclusão do curso) forneceu respostas. Resultados: 1) Sobre bisfosfonatos, 75% relataram já ter contato com o assunto pre­viamente à especialização, além do tema ter sido abordado no curso; 2) A maioria relatou questionar seus pacientes sobre o uso dos bisfosfonatos e via de administração (intraoral ou endovenosa): 88,1%. Quando o paciente utilizava a medicação, a conduta era buscar orientações com o médico assistente (57,1%), solicitar exames complementares (16,7%), não realizar a cirurgia (25%), ou suspender a medicação (1,2%); 3) Em relação ao exame CTX, os especialistas relataram conhecê-lo (83,3%) e solicitá-lo (63,1%); 4) Os profissionais (38,1%) com casos de Bronj no consultório os associaram aos bisfosfonatos de uso oral e não endovenoso (117 casos contra 29 casos); 5) Os tratamentos mais utilizados para a Bronj foram o debridamento cirúrgico (51,2%), ressecção com reconstrução ou ob­turador (29,8%) e enxágue com antimicrobianos (2,4%). Conclusão: dentro dos limites deste estudo, o grau de consciência dos profissionais sobre a prevenção, indicação de tratamento e encaminhamento médico de pacientes com Bronj feito pelos implantodontistas entrevistados é significativo


Objectives: this survey evaluated the knowledge of implant dentistry professionals of Porto Alegre (Rio Grande do Sul, Brazil) on the relationship between bisphosphonates and jaw osteonecrosis (Bronj), its incidence, and associated treatment modalities. Material and methods: a questionnaire with 15 items was sent to colleagues between July-September 2012. Eighty-four participants (60 men, 24 women) provided answers, with most between 31 to 40 years-old and one and five years of practice after the Specialist course´s conclusion. Results: 1) Regarding bisphosphonates, 75% reported previous contact with and that this issue was addres­sed in the Specialization course; 2) Most of them reported to ask patients about bisphosphonates and administration modes (intra-oral or intravenous) (88.1%). Also, the clinical decision process for patients under medication was to ask a physician (57.1%), to request complimentary exams (16.7%), no surgeries (25%), or to recommend avoiding bisphosphonates (1.2%); 3) About CTX examining, most specialists said to recognize (83.3%) and request it (63.1%); 4) From professionals (38.1%) with Bronj cases, those were associated to intra-oral and not to intravenous administrations (117 against 29); 5) The most used treatments for Bronj were surgical debridement (51.2%), resection and recons­truction with an obturator (29.8%), and rinsing with antimicrobial agents (2.4%). Conclusion: within the limits of this study, the level of awareness on prevention, indications for treatment, and referral to a physician of Bronj patients by surveyed implant dentistry professionals is significant


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Arcada Osseodentária , Osteonecrose
18.
Bauru; s.n; 2014. 103 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867057

RESUMO

O reparo ósseo de alvéolos após exodontia dos molares superiores em um modelo animal em ratos Wistar (Rattus norvegicus, albinus) de osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bisfosfonatos foi avaliado através de analise microscópica e molecular. Foram utilizados 48 ratos (Rattus norvegicus, albinus, Wistar) machos, com 12 semanas de vida e peso aproximado de 300 gramas, que foram dividos em 4 grupos. Cada grupo era composto por 12 animais, sendo 2 grupos experimentais AZ e AZ-Cirúrgico (AZ-C), que foram submetidos a administração de ácido zoledrônico, 0,6 mg/kg a cada 28 dias com um total de 5 doses e 2 grupos controles CO e CO-Cirúrgico (CO-C) com administração de cloreto de sódio 0,9% no mesmo volume e frequencia do ácido zoledrônico. Todas as soluções foram administradas por via intraperitoneal. O grupo AZ-C e o grupo CO-C foram submetidos a exodontia do primeiro, segundo e terceiro molares superiores 45 dias após a primeira aplicação das soluções. Todos os animais foram eutanasiados após 150 dias do início do experimento (105 dias após as exodontias). As maxilas dos animais foram avaliadas macroscopicamente para presença de lesões espontâneas e com uma sonda clinica número 5 as regiões das exodontias dos molares foram avaliadas para presença ou ausência de solução continua do epitélio. Após feita a avaliação macroscópica as regiões das exodontias dos molares superior esquerdo e do lado contralateral de cada animal foram submetidas a análises qualitativa e quantitativa para presença de sequestros ósseos, restos radiculares, área de osteonecrose, área de espaço trabecular, área de reação periosteal, através de estudos por microscopia óptica pela coloração Hematoxilina e Eosina. Análise quantitativa da expressão do RNAm de proteínas envolvidas no processo de reparo ósseo RANK, RANKL, OPG e VEGF, pelo método de reação em cadeia da polimerase em tempo real (RealTimePCR) também foi realizada. A avaliação macroscópica mostrou que 91,66% dos animais...


The alveolar bone repair following extraction of maxillary molars in an animal model of bisphosphonate related osteonecrosis of the jaws in Wistar rats (Rattus norvegicus, Albinus) was assessed through microscopic and molecular analysis. A total of 48 rats (Rattus norvegicus, Albinus, Wistar rats) with 12 weeks old and weighing approximately 300 grams were used, they were divided into 4 groups. Each group consisted of 12 animals, with 2 experimental groups AZ and AZ-Cirúrgico (AZ-C), who underwent the administration of zoledronic acid, 0.6 mg / kg every 28 days with a total of 5 doses. And 2 control groups CO and CO-Cirúrgico (CO-C) with administration of sodium chloride at 0.9% in the same volume and frequency of zoledronic acid. All solutions were administered intraperitoneally. The group AZ-C and CO-C underwent to extraction of the first, second and third molars 45 days after the first application of the solutions. All animals were sacrificed after 150 days from the beginning of the experiment (105 days after extractions). The maxilla of the animals were assessed macroscopically for the presence of spontaneous lesions, and with a clinical probe number five the regions of the molar extractions were evaluated for the presence or absence of loss of continuity of the oral epithelium. After macroscopic evaluation, the upper left molar and contralateral side of the extraction regions of each animal were submitted to qualitative and quantitative analyzes for the presence of bone sequestrum, root fragments, osteonecrosis area, trabecular space area, area of periosteal reaction, through optical microscopic studies by hematoxylin and eosin staining. And quantitative analysis of mRNA expression of proteins involved in bone repair (RANK, RANKL, OPG and VEGF), by the method of RealTimePCR were carried out. Macroscopic evaluation showed that 91.66% of the AZ -C group and 41.66% of the CO-C group presented a loss of continuity of the epithelium...


Assuntos
Ratos , Alvéolo Dental , Cirurgia Bucal/métodos , Osteonecrose/induzido quimicamente , Regeneração Óssea , Regeneração Óssea/fisiologia , Modelos Animais de Doenças , Difosfonatos/farmacologia , Imidazóis/farmacologia , Maxila/cirurgia , Maxila/patologia , Ratos Wistar , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real , Fatores de Tempo
19.
São Paulo; s.n; 2014. 59 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867207

RESUMO

Os bisfosfonatos (BFs) têm sido amplamente utilizados para o tratamento de doenças do metabolismo ósseo, principalmente na prevenção de metástases ósseas e na prevenção e tratamento da osteoporose. No entanto, existem efeitos colaterais indesejáveis sendo um deles, a indução da Osteonecrose dos Maxilares (Medication-Related Osteonecrosis of the Jaws - MRONJ), uma complicação de difícil tratamento e solução. Até o presente momento, não foi definida a fisiopatologia da MRONJ e nem estabelecido protocolo de tratamento eficaz para esta doença. Diversas terapias vem sendo descritas na literatura para o tratamento da MRONJ dentre elas a laserfototerapia. Assim sendo, os objetivos deste estudo foram: inicialmente avaliar in vitro o efeito de diferentes concentrações dos BFs mais empregados na atualidade (alendronato e ácido zoledrônico) na viabilidade de células envolvidas na reparação de lesões MRONJ (osteoblastos e fibroblastos); secundariamente estudar o efeito da fototerapia com laser de baixa potência sobre estas células previamente induzidas pelos BFs. Foram utilizados osteoblastos-símile da linhagem OSTEO 1 e fibroblastos de mucosa bucal humana da linhagem FMM1. Após terem sido submetidos aos testes de citotoxicidade expondo as células as concentrações de 1?M, 10?M e 100?M de alendronato sódico e 3?M, 5?M e 10?M de ácido zoledrônico por 24 horas, os grupos testes foram irradiados com laser de diodo no modo contínuo, puntual e de contato (InGaAIP, 660nm, 30mW, spot 0,028cm2 ) com duas densidades de energia diferentes 5J/cm2 (4,5s) e 10J/cm2 (9s)


Duas irradiações com intervalo de 6 horas entre cada uma delas foram executadas. A viabilidade celular foi determinada utilizando o ensaio de redução do MTT, e a atividade de fosfatase alcalina dos osteoblastos foi avaliada utilizando ensaio de ponto final. Os resultados obtidos foram submetidos à análise estatística ANOVA 1 critério complementado por Tukey (p<0,05). Foi possível concluir que: as concentrações de 100?M e 10?M do alendronato sódico foram tóxicas para os osteoblastos e fibroblastos em cultura. As concentrações de 3?M, 5?M e 10?M do ácido zoledrônico foram tóxicas para os osteoblastos e fibroblastos a longo prazo (48h e 72h). A atividade da fosfatase alcalina nos osteoblastos foi afetada por todas as concentrações de ácido zoledrônico testadas (3?M, 5?M e 10?M). Nos parâmetros aqui aplicados a LPT não teve efeito sobre a atividade da fosfatase alcalina das células tratadas com o alendronato de sódio ou ácido zoledrônico. E a laserfototerapia de baixa potência nos parâmetros utilizados nesse estudo não foi capaz de reverter a toxicidade dos bisfosfonatos testados, independentemente das concentrações destas substâncias


Bisphosphonates (BPs) have been widely used for treating bone metabolism diseases, especially for prevention of bone metastasis and osteoporosis. However, there are undesirable side effects and one of them, the induction of Osteonecrosis of the Jaw (Medication-Related Osteonecrosis of the Jaws - MRONJ), a complication of difficult treatment and solution. Until now the pathophysiology and an effective treatment protocol for MRONJ have not been established. Various therapies have been described in the literature for the treatment of MRONJ including laserphototherapy. The objectives of this study were to evaluate the effect of different concentrations of two BPs used today (alendronate and zoledronic acid) on the viability of cells involved in the repair of MRONJ lesions (osteoblasts and fibroblasts); and to study the effect of phototherapy with low power laser on these cells previously treated with referred BPs. After being submitted to cytotoxicity testing by exposing the cells to concentrations of 1?M, 10?M and 100?M of sodium alendronate and 3?M, 5?M and 10?M of zoledronic acid for 24 hours, the test groups were irradiated with diode laser in continuous mode, punctual and contact (InGaAIP, 660nm, 30mW, spot 0,028cm2) with two different energy densities 5 J/cm2 (4,5s) and 10J/cm2 (9s)


Two irradiations with an interval of 6 hours between each of them were performed. Cell viability was determined using the MTT reduction assay, and the alkaline phosphatase activity of osteoblasts was evaluated using the end point assay. The results were submitted to statistical analysis using ANOVA 1 criteria complemented by Tukey (p <0.05). It was possible to conclude that: concentrations of 100?M and 10?M of alendronate were toxic to osteoblasts and fibroblasts in culture. The concentrations of 3?M, 5?M and 10?M of zoledronic acid was toxic to osteoblasts and fibroblasts in long-term (48h and 72h). The activity of alkaline phosphatase in osteoblasts was affected by all the zoledronic acid concentrations tested (3?M, 5?M and 10?M). In the LPT parameters applied here had no effect on alkaline phosphatase activity of the cells treated with the sodium alendronate or zoledronic acid. And low power laserphototherapy, in the parameters used in this study, was unable to reverse the toxicity of bisphosphonates tested, irrespective of the concentrations of these substances


Assuntos
Difosfonatos , Doenças Maxilares/diagnóstico , Lasers , Osteonecrose/diagnóstico
20.
São Paulo; s.n; 2014. 91 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867265

RESUMO

A periodontite é uma doença de natureza multifatorial e infecciosa, que resulta na inflamação e perda dos tecidos de suporte dos dentes. Essa inflamação é causada por bactérias associadas ao biofilme, causando a perda progressiva de inserção. Os bisfosfonatos são fármacos com capacidade de inibir a reabsorção óssea, atuando nas células clásticas. O presente estudo teve como objetivo investigar os efeitos do alendronato, um bisfosfonato nitrogenado com grande potência antireabsortiva, na evolução da doença periodontal induzida em ratos, bem como a possível presença de necrose óssea no processo alveolar. Foram utilizados 48 ratos Wistar albinos, do sexo masculino, com 3 meses de vida e peso médio de 250g. Os animais foram divididos aleatoriamente em dois grupos: Alendronato (ALN) e Controle (CON). A periodontite foi induzida com a inserção de um fio de seda 4.0 no sulco gengival do segundo molar superior. Os ratos do grupo ALN, receberam doses diárias de 2,5 mg/kg durante 7 dias antes e 7, 14, 21 e 30 dias após a indução da doença; o grupo CON recebeu solução salina estéril. Nos tempos citados as maxilas foram fixadas, descalcificadas e incluídas em parafina ou resina Spurr. Os cortes foram corados com HE,


para análise morfológica, e histomorfométrica. Alguns cortes foram submetidos à imuno-histoquímica para detecção de RANKL e OPG. Foi utilizado o método TRAP, marcador de osteoclastos e microscopia eletrônica de transmissão para análise ultraestrutural. O ALN inibiu a reabsorção da crista alveolar de todos os grupos tratados. As células clásticas apresentaram-se em estado latente. No grupo controle a crista alveolar foi reabsorvida e o TRAP revelou clastos ativos, achados confirmados pela microscopia eletrônica de transmissão. A expressão de RANKL, molécula ativadora da célula clástica, não foi inibida pela droga. A expressão de OPG foi aumentada nos animais tratados. Os animais do grupo tratado durante 21 e 30 dias, apresentaram sinais de osteonecrose na crista alveolar, como lacunas de osteócitos vazias e regiões exposta de osso. Os resultados demonstraram que o uso de alendronato durante a doença periodontal inibe a reabsorção óssea e que durante tempos prolongados pode gerar osteonecrose na região da crista óssea.


Periodontitis is an infectious disease of multifactor nature that results in the inflammation of the tissues supporting the teeth. This inflammation is caused by accumulation of biofilm and causes progressive insertion and bone loss. The bisphosphonates are drugs with the capability to inhibit the activity of clastic cells. The aim of this study was to investigate the effects of alendronate, a nitrogenated bisphosphonate with high antiresorptive power on experimental periodontal disease, and to analyze the possible presence of osteonecrosis in the rat alveolar process. Forty-eight male Wistar rats, three months old, with 250g weight were used. The animals were randomly divided into two groups: Alendronate (ALN) and Control (CON). The periodontitis was induced with a 4.0 silk wire inserted into the gingival sulcus around the right upper second molar. The ALN rats, received daily doses of 2.5 mg/kg alendronate (ALN) for 7 days before the induction of periodontitis; the treatment continued for additional 7, 14, 21 or 30 days. The CON rats, received sterile saline solution. In the time points cited, the maxillae were fixed, decalcified and embedded in Spurr resin or paraffin. The specimens were morphologically analyzed in HE stained sections, after which histomorphometry was carried out. Some stained sections were used for immunolabeling for RANKL and OPG


The osteoclasts were marker by tartrate-resistant acid phosphatase (TRAP) histochemistry. The ultrathin sections were examined in a transmission electron microscope. ALN reduced the activity of osteoclasts and significantly decreased the resorption of the alveolar crest. In the control group the alveolar crest appeared resorbed, while TRAP showed active osteoclasts, findings confirmed by transmission electron microscopy. The expression of RANKL, an osteoclast-activating molecule, was not inhibited by the drug. The expression of OPG was increased in the treated animals. The animals of the group treated for 21 and 30 days showed signs of osteonecrosis of the alveolar crest, as empty osteocyte lacunae in the exposed bone regions. The results showed that the use of ALN for periodontal disease inhibited bone resorption; when it was administered for prolonged periods it can cause osteonecrosis in the bone crest area


Assuntos
Animais , Ratos , Osteonecrose/diagnóstico , Periodontite/diagnóstico , Reabsorção Óssea/diagnóstico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA