Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 248
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Journal of Oral Investigations ; 8(2): 84-100, jul.-dez. 2019. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1007334

RESUMO

Objetivos: O seguinte trabalho relatou por meio de um caso clínico a eficácia do dessensibilizante Nano-P® e do Flúor acidulado em um paciente com hipersensibilidade dentinária. Métodos: a boca da paciente foi dividida para a aplicação de cada tratamento. Nos quadrantes 1 e 3 foi utilizado o dessensibilizante Nano P® e nos quadrantes 2 e 4 foi utilizado o flúor acidulado, com aplicações semanais por 4 semanas. A hipersensibilidade dentinária foi avaliada através da Escala Visual Analógica (EVA) e por meio de estímulos osmótico e tátil. Resultados: Para ambos os tratamentos realizados, foi constatado a diminuição no grau de hipersensibilidade relatado pela paciente ao longo das consultas, com tempos de ação diferentes para cada agente dessensibilizante, devido à suas características e mecanismos de ação diferenciados, bem como diferenças em relação ao conforto relatado nas duas técnicas pela paciente participante do estudo. Conclusões: Os agentes dessensibilizantes avaliados neste estudo foram eficazes na redução da sensibilidade dentinária após 5 consultas de avaliação(AU)


Aim: The following work reported in a clinical case the efficacy of Nano-P® desensitizer and acidulated fluoride in a patient with dentin hypersensitivity. Methods: the patient's mouth was divided for the application of each treatment. In the quadrants 1 and 3 the Nano P® desensitizer was used and in the 2 and 4 quarters the acidulated fluoride was used, with weekly applications for 4 weeks. Density hypersensitivity was evaluated by the Visual Analogue Scale (VAS) through osmotic and tactile stimulation. Results: For both treatments, it was observed a decrease in the degree of Hypersensitivity reported by the patient during the consultations, with different action times for each desensitizing agent, due to its differentiated characteristics and mechanisms of action, as well as differences in relation to the comfort reported in the two techniques by the patient participating in the study. Conclusions: The desensitizing agents evaluated in this study were effective in reducing dentin sensitivity after 5 evaluation visits(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Sensibilidade da Dentina , Dessensibilizantes Dentinários , Flúor , Durapatita , Escala Visual Analógica
2.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 80 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1049724

RESUMO

Este estudo in vitro teve como objetivo investigar o efeito de dentifrícios dessensibilizantes aplicados antes ou após o clareamento dental na cor, na refletividade (SRI), na rugosidade (Ra, RMS) e na nanodureza (NH) da superfície do esmalte. A reprodutibilidade das medidas de SRI e a sua associação com a cor e a rugosidade do esmalte foram também avaliadas. Blocos de esmalte e dentina (36 mm²) foram obtidos de 42 incisivos bovinos. Os espécimes foram divididos aleatoriamente em sete grupos (n = 6), de acordo com os dentifrícios dessensibilizantes e o momento da aplicação (G1: controle, clareado e armazenado em saliva artificial; G2: Sensodyne Repair & Protect + clareamento dental; G3: clareamento dental + Sensodyne Repair & Protect; G4: Colgate Sensitive Pró-alívio + clareamento dental; G5: clareamento dental + Colgate Sensitive Pró-alívio; G6: Elmex Sensitive + clareamento dental; G7: clareamento dental + Elmex Sensitive. Três sessões de clareamento com peróxido de hidrogênio 35% (Whiteness HP) foram realizadas, com intervalos de 7 dias, em T1, T2 e T3. Após cada dia de tratamento, as amostras foram armazenadas em saliva artificial. A cor foi mensurada por espectrofotômetro (VITA Easyshade) e sistema CIE L*a*b* antes do início do tratamento (T0) e 7 dias após o término do tratamento (T4). A SRI foi medida por dois examinadores (R1, R2) usando um reflectômetro óptico (Optipen 2) em T0, T1, T2, T3 e T4. Ra, RMS e NH (GPa) do esmalte foram avaliadas em microscópio de força atômica e nanoindentador (Asylum Research) em T4. Comparações múltiplas entre grupos foram realizadas pelo teste de Kruskal-Wallis e post hoc DunnBonferroni. Concordância entre avaliadores na mensuração de SRI foi avaliada pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI). Comparações múltiplas dos valores de SRI entre os momentos de avaliação para cada grupo foram realizadas pelo teste de Friedman e post hoc de Dunn-Bonferroni. A correlação entre variáveis foi analisada pelo teste de correlação de Pearson. Para Ra (p = 0,007), RMS (p = 0,018), cor (p = 0,016) e SRI (p = 0,009) foram encontradas diferenças significativas entre os grupos. Para NH (p = 0,920), não foi encontrada diferença significativa entre os grupos. Após ajuste de Dunn-Bonferroni, foram encontradas diferenças significativas entre G1 e G5 para Ra (p = 0,033) e SRI (p = 0,004) em T4. Houve excelente concordância entre avaliadores (CCI = 0,873, Intervalo de Confiança 95% = 0,828/0,905). Considerando os tempos de avaliação, não houve diferença entre valores de SRI em T0 e T4 para todos os grupos. SRI apresentou correlação inversa moderada com Ra (r = -0.602) e RMS (r = -0.501). Concluiu-se que o dentifrício dessensibilizante Colgate Sensitive Pró-alívio aplicado após o clareamento dental apresentou maior rugosidade e menor refletividade que o grupo controle. Para os demais grupos, o dentifrício dessensibilizante aplicado antes ou após o clareamento dental não interferiu na nanodureza, na rugosidade, na cor e na refletividade final do esmalte. O reflectômetro Optipen 2 proporcionou excelente concordância interexaminadores. A refletividade não se alterou após clareamento e aplicação de dentifrícios dessensibilizantes com armazenamento em saliva artificial e mostrou correlação inversa com a rugosidade do esmalte.


This in vitro study aimed to investigate the effect of desensitizing toothpastes applied before or after dental bleaching on the enamel surface shade, reflection intensity (SRI), roughness (Ra, RMS) and nanohardness (NH). Inter-rater agreement for SRI measurements and SRI association with enamel shade and roughness were also evaluated. Enamel and dentin blocks (36 mm²) were obtained from 42 bovine incisors. The specimens were randomly divided into seven groups (n = 6) according to the desensitizing toothpastes and the moment of application (G1: control, bleached and stored in artificial saliva; G2: Sensodyne Repair & Protect + dental bleaching; G3: dental bleaching + Sensodyne Repair & Protect; G4: Colgate Sensitive Pro-Relief + dental bleaching; G5: dental bleaching + Colgate Sensitive Pro-Relief; G6: Elmex Sensitive + dental bleaching; G7: dental bleaching + Elmex Sensitive. Three bleaching sessions using 35% hydrogen peroxide were realized with seven day intervals (T1, T2, T3). After each day of treatment, the specimens were stored in artificial saliva. Dental shade was measured using spectrophotometer (VITA Easyshade) and CIE L*a*b* system before treatment beginning (T0) and 7 days after finishing treatment (T4). SRI was measured by two raters (R1, R2) using optical reflectometer at T0, T1, T2, T3 and T4. Enamel surface roughness (Ra, RMS) and NH (GPa) were evaluated with an atomic force microscope and nanoindenter (Asylum Research) at T4. Multiple comparisons among groups were assessed by Kruskal-Wallis and Dunn-Bonferroni post hoc tests. Inter-rater agreement was evaluated by Intraclass Correlation Coefficient (ICC). Multiple comparisons for SRI according to moments of evaluation for each group were assessed by Friedman and Dunn-Bonferroni post hoc tests. Correlation between variables was accessed by Pearson correlation test. For Ra (p = 0.007), RMS (p = 0.018), shade (p = 0.016) and SRI (p = 0.009) significant differences between groups were found. For NH (p = 0.920) no significant difference among groups was found. After Dunn-Bonferroni adjustment, significant differences between G1 and G5 for Ra (p = 0.033) and SRI (p = 0.004) at T4 were found. There was an excellent inter-rater agreement (ICC = 0.873, Confidence Interval 95% = 0.828/0.905). Considering times of SRI evaluation, no significant difference between T0 and T4 was found for all groups. SRI presented a moderate negative correlation with Ra (r = -0.602) and RMS (r = -0.501). It was concluded that Colgate Sensitive Pro-Relief applied after dental bleaching showed higher roughness and lower SRI than control group. For the other groups, the desensitizing toothpaste applied before or after dental bleaching did not interfere in NH, roughness, shade and SRI of enamel. Optipen 2 reflectometer provided excellent inter-rater agreement. SRI did not change after bleaching and desensitizing toothpaste application with storage in artificial saliva and has inverse correlation with enamel roughness.


Assuntos
Clareamento Dental , Esmalte Dentário , Dentifrícios , Sensibilidade da Dentina , Dessensibilizantes Dentinários , Clareadores Dentários , Técnicas In Vitro
3.
Araçatuba; s.n; 2019. 68 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1051710

RESUMO

Este estudo prospectivo, randomizado e paralelo analisou a alteração de cor, sensibilidade dental, grau de cooperação e satisfação de voluntários quando submetidos ao clareamento dental com peróxido de carbamida a 10%, empregado durante 21 dias por 2, 4 e 8 horas/dia. O tempo preciso do uso diário das moldeiras/produto clareador foi mensurado por meio de um microssensor TheraMon (Sales Agency Gschladt, Hargelsberhg, Áustria). Sessenta e seis voluntários, de ambos os gêneros, com idades entre 18 e 22 anos foram selecionados e distribuídos aleatoriamente em três grupos de estudo (n = 22), os quais receberam as informações sobre a presença do microssensor em suas moldeiras. O fator estudado foi o tempo de uso das moldeiras em três níveis: 2 (GI), 4 (GII) e 8 (GIII) hrs/dia. Para a análise clínica, as variáveis de resposta foram: grau de cooperação diária dos voluntários de acordo com o tempo de uso diário das moldeiras; grau de satisfação dos voluntários com o clareamento dental; eficácia do clareamento dental nos incisivos e caninos superiores e inferiores pelo método visual (Vita Classical) e digital (Vita Easyshade), assim como o grau de sensibilidade dental que foi avaliado com método analógico-visual. Os voluntários foram avaliados no período inicial (baseline), aos 7, 14 e 21 dias após o início do tratamento clareador e 14 dias após apenas para as observações da cor, sensibilidade e grau de satisfação. Os dados foram analisados com aplicação do teste ANOVA e pelo post teste de Tukey. Para o grau de cooperação diária dos voluntários, foram utilizadas observações dos tempos de uso das moldeiras (escores/dias) para cada arco e correspondentes a cada semana de tratamento. A análise digital apontou um mesmo nível de alteração de cor em todos os tempos de análise e de uso das moldeiras/produto clareador; exceção para o tempo de análise 7 dias do arco superior, que evidenciou uma maior alteração de cor para os maiores tempos de uso das moldeiras/produto clareador. A análise visual evidenciou que os maiores tempos de uso das moldeiras/produto clareador apresentou uma maior alteração de cor, após o tratamento clareador. A sensibilidade dental foi observada durante o tratamento clareador, mas postou-se praticamente ausente 14 dias após o clareamento. A maioria dos voluntários não seguiram as prescrições sugeridas do tempo de uso diário das moldeiras/produto clareador, sendo que os voluntários que as usaram pelo menor tempo apresentaram um maior grau de cooperação. A utilização das moldeiras/produto clareador por mais tempo foi capaz de proporcionar maior efetividade na alteração de cor e no grau de satisfação dos voluntários. Quanto mais prolongado o tempo de uso diário das moldeiras/produto clareador, maiores as chances de os voluntários não seguirem o protocolo recomendado(AU)


This prospective, randomized, parallel study analyzed the color change, tooth sensitivity, degrees of cooperation, and satisfaction of volunteers when submitted to at home dental bleaching with 10% carbamide peroxide (Opalescence - Ultradent Products, Inc. South Jordan, USA) for 21 consecutive days for 2, 4 and 8 hours/day. The wear time of acetate trays/dental bleaching was measured through a TheraMon microsensor (TheraMon® microelectronic system; Sales AgencyGschladt, Hargelsberhg, Austria). Sixty six volunteers, both sexes, with ages ranging from 18 to 22 years were selected and randonly distributed into 3 study groups (n=22). The volunters received information about presence of the microsensor in their trays. The fator studied was the wear time of the trays in three levels: during 2 (GI), 4 (GII) and 8 (GIII) hours/day. For the clinical analysis the response variables were: the degree of daily cooperation of the volunteers as the wear time/daily of the trays, microelectrically collected by micro sensor TheraMon®; the degree of satisfaction of volunteers with dental bleaching; the effectiveness of dental bleaching in the upper and lower incisors and canines teeth, by the visual method (Vita Classical) and digital (Vita Easyshade) and dental sensitivity was evaluated by the volunteers with a scale visual analog method on a scale of 0 to 10. The volunteers were evaluated at baseline period, at one, two and three weeks after the beginning of the bleaching treatment, and again two weeks after the bleaching treatment only for the observations of the color, sensitivity and degree of satisfaction. The data were analyzed using the ANOVA test and the Tukey post test. The digital analysis showed the same level of color change in all times of analysis and wear time of the trays; exception for the analysis time 7 days of the upper arch, which evidenced a greater color change for the longer time of wear time of the trays. The visual analysis evidenced that the greater wear time of the trays presented a greater color change, after the bleaching treatment. Dental sensitivity was observed throughout the bleaching treatment, but it was practically absent 14 days after treatment. Most of the volunteers did not follow the suggested prescriptions of the wear time daily of the trays, with those who used them for the shortest time presenting the highest degree of cooperation. The wear time of the trays/bleaching product for 8 hours/day, provided greater effectiveness of the color change in the visual and digital analysis, as well as greater degree of satisfaction of the volunteers. A discreet sensitivity was observed throughout the bleaching treatment, but it was practically absent 14 days after bleaching. It was observed that the volunteers did not follow correctly the prescriptions of the wear times of the trays/bleaching product, evidencing less the degree of collaboration of the volunteers for the greater wear times of the trays(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Clareamento Dental , Cooperação do Paciente , Satisfação do Paciente , Clareamento Dental/efeitos adversos , Clareamento Dental/estatística & dados numéricos , Sensibilidade da Dentina , Estética Dentária
4.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 18(1): 4114, 15/01/2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-966862

RESUMO

Objective: To determine the frequency of sensitivity after treatment in composite resin restorations Class II of premolars in Iranian patients. Material and Methods: In this descriptive-cross-sectional study, questionnaires were used which included questions about the extent of post-operative sensitivity in posterior composite resin restorations among 178 patients referred to the restoration section. After restoration of the teeth, the patients were called to record sensitivity after the treatment. Post-operative sensitivity was measured 24 h and 1 month with cold stimulation using Visual Analog Scale (VAS) method. The data were analyzed with the SPSS software, through descriptive statistical methods (frequency and percentage, mean, standard deviation). Group comparisons were evaluated using Mann-Whitney U test and p-value <0.05 was considered to be statistically significant. Results: The mean frequency of sensitivity in terms of gender was 0.75 and 0.76 in males and females, respectively. The mean frequency of sensitivity in terms of type of jaw was 0.59 and 1.1, in the upper and lower jaw, respectively. It was also observed that the frequency of sensitivity is higher in adolescent age group, in comparison with other age groups. No significant association between gender as well as type of jaw and post-operative sensitivity frequency was observed (p>0.05). However, age group has a statistically significant association with the frequency of post-operative sensitivity (p<0.05). Conclusion: There is a significant relationship between extent of sensitivity after treatment in composite resin restorations Class II and the age group of patients.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Dente Pré-Molar , Resinas Compostas/análise , Sensibilidade da Dentina/diagnóstico , Irã (Geográfico) , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos e Questionários , Estatísticas não Paramétricas
5.
Periodontia ; 28(1): 13-18, 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-882655

RESUMO

Periodontal instrumentation aims to remove plaque and calculus from the root surface. Both manual and ultrasonic instruments have been used for such decontamination; however, establishing a healthy periodontium can result in adverse effects, such as dentin hypersensitivity. Objective: To evaluate the effects of hand or ultrasonic instrumentation on dentin hypersensitivity in patients undergoing non-surgical periodontal treatment. For this controlled clinical trial of a "split mouth" design, 14 patients were selected with homologous teeth in the incisor to premolar region and probing depth ≥ 5 mm on the buccal aspect of the teeth. One side (control) was instrumented with hand instruments and the other side (test) with ultrasonic instruments. Dentin hypersensitivity was assessed on baseline and during the 4 weeks after treatment, with a periodontal probe scratching the root surface and with an air jet. The patient's response was detected by a visual analog scale of 10 cm. There was no statistical difference between the effectiveness and the occurrence of hypersensitivity between the proposed therapies. After the instrumentation the occurrence of hypersensitivity occurred at low levels, and disappeared completely at 4 weeks of evaluation. In the first week, there was a statistically significant increase in hypersensitivity in the control group after stimulation with air. The air jet stimulus, in comparison to scratching caused more discomfort during the hypersensitivity evaluation after the both treatments on the 1st, 2nd and 3rd weeks. Based on these conditions, this study demonstrated that there was no difference in dentin hypersensitivity following ultrasonic or hand instrumentation (AU)


A instrumentação periodontal tem como objetivo remover biofilme e cálculo dental da superfície radicular. Tanto instrumentos manuais quanto ultrassônicos já foram consolidados como capazes de promover essa descontaminação. Contudo, o estabelecimento de um periodonto saudável pode resultar em efeitos adversos como a hipersensibilidade dentinária. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da instrumentação manual ou ultrassônica sobre a hipersensibilidade dentinária em pacientes submetidos ao tratamento periodontal não-cirúrgico. Para realização deste estudo clínico controlado de "boca dividida" foram selecionados 14 pacientes com dentes homólogos na região de incisivos a pré-molares com profundidade de sondagem ≥ 5 mm, na face vestibular. Um lado (controle) recebeu instrumentação com curetas e o outro (teste) instrumentação ultrassônica. A hipersensibilidade dentinária foi avaliada, antes e durante 4 semanas após o tratamento, com uma sonda periodontal arranhando a superfície radicular e com um jato de ar. A resposta do paciente foi detectada por meio de uma Escala Visual Analógica (EVA) de 10 cm. Não houve diferença estatística entre a efetividade e a ocorrência de hipersensibilidade das terapias propostas. Após as instrumentações a ocorrência da sensibilidade ocorreu em níveis leves, e desapareceu completamente na 4ª semana de avaliação. Na primeira semana houve aumento da hipersensibilidade estatisticamente significante apenas no grupo controle após estímulo com ar. O estímulo do jato de ar em comparação ao estímulo da ranhura causou maior desconforto na avaliação da hipersensibilidade após o tratamento com curetas ou pontas ultrassônicas na 1ª, 2ª e 3ª semanas. Dentro dessas condições, este estudo demontrou que não ocorreu diferença da hipersensibilidade dentinária produzida pela instrumentação manual e ultrassônica. (AU)


Assuntos
Humanos , Raspagem Dentária , Sensibilidade da Dentina , Terapia por Ultrassom
6.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 121 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-906803

RESUMO

A hipersensibilidade dentinária (HD) caracteriza-se por dor aguda, súbita e de curta duração, podendo comprometer a qualidade de vida relacionada à saúde bucal. A presente tese teve 2 propostas de investigação, com objetivos específicos: 1) adaptar transculturalmente e validar a versão curta do questionário Dentine Hypersensitivity Experience Questionnaire (DHEQ-15) para o Português para uso no Brasil; 2) investigar na literatura, através de uma revisão sistemática, se o tratamento da hipersensibilidade dentinária é capaz de melhorar a qualidade de vida dos indivíduos afetados. Para a adaptação transcultural, foi realizado um estudo em 5 etapas seguindo critérios internacionais pré-estabelecidos, sendo: tradução do questionário original para duas versões em português; síntese das versões em português; retrotradução da versão sintetizada para o inglês; pré-teste com um grupo focal; avaliação das propriedades psicométricas do instrumento traduzido. Foi estabelecido um comitê de juízes para acompanhar todo processo e avaliar os relatórios que foram elaborados em cada etapa. O questionário foi aplicado 2 vezes em 100 participantes, com intervalo de 7 a 10 dias, na última etapa. A HD foi estimulada através do jato de ar da seringa tríplice, e o nível de hipersensibilidade foi medido através da escala de Schiff. Os dados foram submetidos a testes de consistência interna e validade, e analisados pelo programa estatístico SPSS. A amostra foi composta de 69 homens e 131 mulheres, com idade média de 30,4 anos. O grupo focal sugeriu duas modificações no questionário traduzido. A versão brasileira do questionário apresentou alfa de Cronbach de 0,945, e coeficiente correlação intraclasse de 0,959. Houve correlação significativa (p<0,001) entre a pontuação do escore do DHEQ-15 e auto-avaliação da saúde bucal. Concluiu-se que a versão brasileira do questionário apresenta boa consistência interna, confiabilidade e validade. Para a revisão sistemática, as seguintes bases eletrônicas de dados foram pesquisadas até maio de 2017: PubMed/MEDLINE, Scopus, Web of Science, Cochrane Library, LILACS, EMBASE e Scielo, com estratégias de buscas adaptadas para cada base. Foram incluídos ensaios clínicos que avaliassem a qualidade de vida antes e após qualquer tipo de tratamento de HD. Três pesquisadores independentemente selecionaram os estudos, extraíram os dados e avaliaram a qualidade metodológica dos artigos. Os desfechos primários investigados foram tipo de tratamento, critério de inclusão, avaliação da HD e qualidade de vida, resultados para HD e qualidade de vida. Foi realizado meta-análise pelo teste I2, e a qualidade de evidência foi averiguada pela ferramenta Grading of Recommendations Assessment, Development, and Evaluation. Foram identificadas 1805 referências, e seis ensaios clínicos foram incluídos nesta revisão. Os estudos foram desenvolvidos na Suécia, Brasil, Estados Unidos e Canadá. Os estudos apresentaram alta heterogeneidade estatística (I2=0.8407) e metodológica. O nível de evidência desta revisão variou de muito baixo a moderado. Concluiu-se que há significante redução de HD e significante melhora na qualidade de vida dos pacientes após tratamento da HD.(AU)


Dentin hypersensitivity (DH) is characterized by acute, sharp and short pain, and it may compromises the oral health related quality of life. The present thesis had 2 researches proposals, with specific objectives: 1) to adapt and to validate the short version of the Dentine Hypersensitivity Experience Questionnaire (DHEQ-15) into Portuguese for use in Brazil; 2) to investigate in the literature, using a systematic review, if the DH treatment is able to improve the quality of life of affected individuals. For cross-cultural adaptation, it was conducted a study with 5 steps according to preset criteria: translation of the original questionnaire into two Portuguese versions; synthesis of Portuguese versions; back-translation of the synthesized version into English; pre-test in a focus group; psychometric properties test of the translated instrument. An expert panel was set in order to monitor all process and to evaluate the reports from each step. The questionnaire was applied twice in 100 participants, with an interval of 7 to 10 days, in the last step. The DH was stimulated by air blast, and the level of sensitivity was assessed by Schiff's scale. The data were subjected to tests of internal consistency and validity, and they were analyzed by SPSS statistical software. The sample was composed of 69 men and 131 women, with mean age of 30.4 years. The focus group suggested two changes in the translated instrument. The Brazilian version presented Cronbach's alpha of 0.945, intraclass correlation coefficient of 0.959. There was statistically significant correlation (p<0.001) between DHEQ-15 score and oral health self-assessment. It was concluded that the Brazilian version of the instrument has good internal consistency, reliability and validity. For systematic review, the following electronic databases were searched until may 2017: PubMed/MEDLINE, Scopus, Web of Science, Cochrane Library, EMBASE, LILACS and Scielo, search strategies were adapted to each database. It were included clinical trials that assessed quality of life before and after any type of DH treatment. Three researchers independently selected studies, extracted data and assessed the methodological quality of the articles. The primary outcomes investigated were: type of treatment, inclusion criteria, assessment of quality of life and DH, results for DH and quality of life. Meta-analysis was conducted by I2, and the quality of evidence was determined by the Grading of Recommendations Assessment, Development, and Evaluation. It were identified 1805 references, and only six clinical trials were included in this review. The studies were developed in Sweden, Brazil, United States and Canada. The studies showed high statistical (I2=0.8407) and methodological heterogeneity. The level of evidence of this review ranged from very low to moderate. It was concluded that there are significant reduction of DH and significant improvement of quality of life of patients after DH treatment.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sensibilidade da Dentina , Saúde Bucal , Qualidade de Vida , Inquéritos e Questionários , Resultado do Tratamento , Estudos Epidemiológicos , Grupos Focais , Revisão , Estudo de Validação
7.
Rio de janeiro; s.n; 2018. 80 p.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007463

RESUMO

O clareamento dental é considerado um procedimento muito seguro, de efeito rápido e agradável, tornando-se um dos procedimentos mais realizados na odontologia. Contudo, o mesmo apresenta alguns efeitos colaterais, sendo o principal deles a sensibilidade dental, que pode ser causada pela citotoxidade, pela desmineralização, pela geração de espécies reativas do oxigênio na polpa dental e pela degradação da região interprismática facilitando o estimulo nos túbulos dentinários. Diante disso, a presente pesquisa avaliou a desmineralização, a citotoxidade e o potencial clareador de géis clareadores experimentais baseados em peróxido de carbamida (PC) 15%, adicionados de 5% e 10% de nano partículas de hidroxiapatita (n-Hap). Para a avaliação cromática foram utilizados 36 incisivos bovinos divididos em 3 grupos: Grupo1 PC 15%, Grupo 2 PC 15% adicionado 5% nHap e grupo 3 PC 15% com 10% n-Hap, mensurando a cor antes e depois do procedimento terapêutico clareador com auxilio de um espectrofotômetro. As coordenadas do CIELAB foram analisadas para verificação da diferença de cor (ΔE) obtida entre os grupos e dentro do próprio grupo (L*) e, após a analise estatística, foi verificado que todos os géis foram capazes de clarear e não houve diferenças entre os grupos. A citotoxidade foi verificada através da absorbância das células viáveis após o tratamento com o MTT e 1:800 das preparações de agente clareador e gel contendo 5% e 10% de n-Hap aplicadas sobre células L929. Nesse caso os grupos foram desiguais estatisticamente, apresentando o PC 15% como o mais tóxico, seguido do PC 15% adicionado de 10% de n-Hap e o melhor resultado foi obtido pelo gel acrecido de 5% de n-Hap. A análise do conteúdo mineral foi realizada pela fluorescência de raios X por dispersão de energia, onde foi necessário o uso de 15 dentes bovinos, que tiveram seus terços médios seccionados, embutidos em resina epóxi e planificados, e foram dividos em grupos de 5 CPs. Cada CP foi aferido em 8 pontos diferentes antes e depois, nos mesmos pontos da terapia clareadora. Foi então verificado que os géis experimentais apresentaram menor perda de Ca e P. No entanto, não houve diferenças estatísticas entre os grupos 2 e 3. Diante das limitações do presente estudo in vitro é possível concluir que os géis experimentais contendo n-Hap foram eficazes em reduzir a citotoxidade e desmineralização sem perder a eficácia da terapia clareadora


Dental whitening is considered a very safe, quick and pleasant procedure, making it one of the most accomplished procedures in dentistry. However, it has some side effects, the main one being sensibility, which can be caused by cytotoxicity, demineralization, oxygen arrival in the dental pulp and the degradation of the interprismatic region facilitating the stimulation in the dentin tubes. Therefore, the present study evaluated the demineralization, cytotoxicity and bleaching potential of 15% carbamide peroxide-based (PC) based bleaching gels added with 5% and 10% nano-hydroxyapatite (n-Hap) particles. For the chromatic evaluation, 36 bovine incisors were divided into 3 groups: Group 1 PC 15%, Group 2 PC 15% added 5% nHap and group 3 PC 15% with 10% n-Hap, measuring the color before and after the the CIELAB coordinates were analyzed to verify the color difference (Δe) obtained between the groups and within the group (L *). After the statistical analysis it was verified that all the gels were able to lighten and there were no differences between the groups. Cytotoxicity was verified by optical density of viable cells after treatment with MTT and 1: 800 of the bleach and gel preparations containing 5% and 10% nHap applied in L929 cells. In this case, the groups were statistically unequal, presenting 15% PC as the most toxic, followed by PC 15% added with 10% n-Hap and the best result was obtained by the 5% n-Hap increased gel. The mineral content analysis was performed by X-ray Fluorescence by energy dispersion, where it was necessary to use 15 bovine teeth, which had their middle sections sectioned, embedded in epoxy resin and planned, and were divided into groups of 5 CPs, each CP was measured at 8 different points before and after, at the same points of the bleaching therapy, then it was verified that the experimental gels presented a lower loss of Ca and P, however there were no statistical differences between groups 2 and 3. On the face of the limitations of the present in vitro study, it is possible to conclude that the experimental gels were effective in reducing the cytotoxicity and demineralization without losing the effectiveness of the bleaching therapy.


Assuntos
Animais , Bovinos , Clareamento Dental/efeitos adversos , Durapatita/uso terapêutico , Clareadores Dentários/toxicidade , /uso terapêutico , Análise Estatística , Desmineralização do Dente , Sensibilidade da Dentina
8.
São José dos Campos; s.n; 2018. 45 p. il., tab., graf..
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-987263

RESUMO

A hipersensibilidade dentinária é uma das complicações mais comuns entre os pacientes após o tratamento periodontal. Recentemente a terapia com o uso de laser de baixa intensidade foi introduzida como uma nova modalidade de tratamento e tem proporcionado resultados benéficos. Foi realizado um estudo clínico controlado, randômico, duplo-cego, de boca dividida com o objetivo de comparar a efetividade do uso do verniz tópico Fluoreto de sódio 5%, do Laser GaA1As 780 nm e da combinação do Fluoreto de sódio 5% e o Laser GaA1As 780 nm para o tratamento de hipersensibilidade dentinária. Os Grupos foram divididos em Grupo Controle (C), Grupo Fluoreto de sódio 5% (F), Grupo Laser GaA1As 780 nm (LLLT), e o Grupo Fluoreto de sódio 5% + Laser GaA1As 780 nm (F+LLLT). A aplicação do verniz foi realizada com pinceis do tipo "microbrush", e para cada elemento dental cinco pontos receberam a LLLT, com dose de 52,5 J/cm2 (70mW e 30 segundos) ou 2,1 J por ponto; 6 segundos por ponto. A hipersensibilidade primária foi registrada pela escala analógica visual (VAS: 0-10) para quantificar a dor subjetiva após estímulo com "spray de gelo" no baseline, e após o tratamento nos intervalos de 24 horas e 30 dias. Todos os dados foram analisados estatisticamente pela análise de variância ANOVA. Para cada um dos três tempos de avaliação foi efetuada uma comparação entre os 4 grupos (por meio da ANOVA oneway) com complementação pelos testes de Tukey e Bartlett a fim de verificar as diferenças estatísticas entre grupos. O nível de significância foi de 5%. Após análises estatísticas os resultados mostraram que o verniz de flúor, a terapia com laser de baixa potência e a associação de ambos é eficaz para a dessensibilização dentinária, necessitando de uma amostra e um período maior de observação para verificar diferenças entre os três tratamentos(AU)


Dentin hypersensitivity is one of the most common complications among patients after periodontal treatment. Recently the low level laser therapy has been introduced as a new treatment modality and has provided beneficial results. A split-mout, double-blind, randomized, controlled clinical trial was conducted with the aim of compare the effectiveness of the topical varnish 5% Sodium Fluoride, Laser GaA1As 780 nm and the combination of 5% Sodium Fluoride and the Laser GaA1As 780 nm for the treatment of dentin hipersensitivity. The groups were divided in Control Group (C), Sodium Fluoride at 5% Group (F), Laser Group GaAlAs 780 nm (LLLT), and Sodium Fluoride at 5% Group + GaAlAs Laser 780 nm (F + LLLT). The application of the varnish was realized with "microbrush", and for each dental element, five points was received LLLT. The dose was 52.5 J / cm2 (70mW and 30 seconds) or 2.1 J per point, 6 seconds per point. Primary hypersensitivity was be recorded by visual analogue scale (VAS: 0-10) to quantify subjective pain after the stimulus with "ice spray" at baseline, and after treatment at 24-hour and 30-day intervals. All data was analyzed statistically by analysis of variance ANOVA. For each of the three evaluation times a comparison was made between the 4 groups (through the oneway ANOVA) with complementation by the Tukey's and Bartlett's tests in order to verify the statistical differences between groups. The level of significance will be 5%. After statistical analysis the results showed that fluoride varnish, low level laser therapy and the combination of both are effective for dentin desensitization, requiring a sample and a longer evaluation period to verify differences between the three treatment(AU)


Assuntos
Humanos , Sensibilidade da Dentina/complicações , Fluoreto de Sódio/administração & dosagem , Ensaio Clínico Controlado , Terapia com Luz de Baixa Intensidade/efeitos adversos
9.
ImplantNewsPerio ; 2(1): 126-136, jan.-fev. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847094

RESUMO

Objetivo: avaliar in vitro a efetividade de aplicações sucessivas de diferentes produtos utilizados para o tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical na redução da permeabilidade dentinária, assim como avaliar a resistência destes produtos a desafios ácidos. Material e métodos: foram utilizados 72 terceiros molares humanos íntegros para a preparação de 72 amostras, que foram ligadas a um sistema de pressão hidráulica para mensurar a permeabilidade dentinária após os seguintes passos: 1) preparação da amostra; 2) tratamento com ácido fosfórico a 37% durante 30 segundos; 3) cinco aplicações dos produtos testados; 4) primeiro desafio ácido; 5) segundo desafio ácido; e 6) terceiro desafio ácido. As amostras foram divididas aleatoriamente em seis grupos (n=12), de acordo com os tratamentos propostos: Desensibilize Nano P, Clinpro XT, dentifrício Colgate Sensitive Pró-Alívio, dentifrício Duraphat, dentifrício Sensodyne Repair e após restauração com resina composta (grupo-controle). Conclusão: que todos os produtos testados foram capazes de promover a redução da permeabilidade dentinária significativamente, sendo que os grupos Clinpro XT, Desensibilize Nano P e controle mantiveram esses níveis reduzidos estatisticamente até o terceiro desafio ácido, enquanto que os dentifrícios Duraphat, Sensodyne Repair e Colgate Sensitive Pró-Alívio mantiveram essas reduções estatisticamente significativas até o segundo desafio ácido.


Objective: to evaluate in vitro the effectiveness of successive applications of different products used for the treatment of cervical dentinal hypersensitivity, reducing dentin permeability, as well as to evaluate the resistance of these products, acids challenges. Material and methods: 72 intact human third molars were used for the preparation of 72 samples were bound to a hydraulic pressure system to measure the dentin after the following steps: 1) sample preparation; 2) treatment with 37% phosphoric acid for 30 seconds; 3) 5 applications of the products tested; 4) first challenge acid; 5) second challenge acid; 6) third challenge acid. The samples were randomly divided into 6 groups (n=12) according to the proposed treatments: Desensibilize Nano P, Clinpro XT, toothpaste Colgate Sensitive Pro-Relief, Duraphat toothpaste, toothpaste Sensodyne Repair and after restoration with composite resin (control group). Conclusion: all products tested were able to significantly promote the reduction of dentin, and the Clinpro XT groups Desensibilize Nano P and control these reduced levels remained statistically to the third challenge acid, while toothpaste Duraphat, Sensodyne Repair and Colgate Sensitive Pro-Relief kept these statistically significant reductions to the second challenge acid.


Assuntos
Humanos , Dentina , Permeabilidade da Dentina/efeitos dos fármacos , Sensibilidade da Dentina/tratamento farmacológico , Preparações Farmacêuticas Odontológicas/administração & dosagem
10.
São José dos Campos; s.n; 2017. 93 p. il., tab., graf..
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-905911

RESUMO

O objetivo deste estudo clínico randomizado foi avaliar a eficácia do clareamento caseiro com moldeira padronizada pré-carregada (MC) comparado à moldeira personalizada (MP), quanto à alteração de cor; condição gengival; sensibilidade dental; desmineralização do esmalte e satisfação do paciente. Foram testados géis clareadores à base de peróxido de hidrogênio (PH) a 10% e peróxido de carbamida (PC) a 10%. Quarenta e cinco voluntários foram recrutados e divididos aleatoriamente em três grupos de tratamento: OGO (Opalescence Go - PH a 10% na MC); OPF (Opalescence PF - PC a 10% na MP) e WTC (White Class - PH a 10% na MP). O clareamento foi realizado 1x/dia por 14 dias durante 2 h para o PC e 30 min para o PH. A cor dos dentes foi avaliada visualmente com as escalas Vitapan Classical (VC) e Vita Bleachedguide 3D-MASTER (VB) e com espectrofotômetro. A sensibilidade dental foi avaliada com escala numérica associada à escala visual análoga; a condição gengival pelo índice de Löe; o grau de mineralização do esmalte dental pela irradiação com laser fluorescente e a satisfação do paciente por um questionário. As avaliações foram realizadas em diferentes momentos do tratamento. Os dados de cor foram submetidos ao teste ANOVA de medidas repetidas e teste de comparações múltiplas de Tukey (5%). Tanto para sensibilidade (SD), quanto para a inflamação gengival (IG), o risco absoluto foi calculado com o teste exato de Fisher e para comparação da intensidade entre os grupos, ANOVA medidas repetidas para SD e Kruskal-Wallis para IG (5%) foram aplicados. O grau de mineralização consistiu na estatística descritiva e as respostas dos questionários foram dadas em porcentagem. Para a alteração de cor, os valores obtidos pelas escalas VC e VB não apresentaram diferença significante para os fatores analisados (p>0,05). Para os valores de ΔE, os grupos apresentaram valores semelhantes (p>0,05) bem como para os resultados de ΔL, Δa e Δb (p>0,05). Para a SD, na determinação do risco absoluto, os grupos foram semelhantes entre si (p>0,05). Para a intensidade de sensibilidade, comparando-se os grupos, não houve diferença significante para os fatores tempo e interação (p>0,05), mas houve para o fator clareador (p=0,026), em que o OGO apresentou maior intensidade sensibilidade do que o WTC. Para o risco absoluto de IG, houve diferença entre os grupos (p<0,05). OGO apresentou maior presença de IG do que WTC e OPF não apresentou sinal de IG. Para a intensidade de IG, ao comparar os grupos, a intensidade da IG foi semelhante entre os grupos após o término do tratamento (p=0,232). Com relação à fluorescência, os dados foram restritos à faixa de valores que correspondem a dentes sadios. Conclui-se que a alteração de cor foi semelhante e promoveu satisfação dos pacientes, com todos os protocolos clareadores testados. A sensibilidade dental ocorreu em todos os grupos, mas diminuiu progressivamente nos referidos tempos e a intensidade foi maior no grupo que utilizou PH na MC do que PH na MP. A inflamação gengival ocorreu somente nos grupos que empregaram PH, não havendo influência do tipo de moldeira utilizada. Os géis clareadores não promoveram alteração da fluorescência do esmalte(AU)


The aim of this randomized clinical trial is to evaluate the performance of at-home bleaching with universal prefilled whitening trays (PT) compared with customized trays (CT) regarding tooth bleaching, gingival condition, tooth sensitivity, enamel demineralization and volunteer satisfaction. 10% Hydrogen peroxide (HP) and 10% carbamide peroxide (CP) peroxide-based gels were tested. Forty five volunteers were recruited and randomly divided into three treatment groups: OGO (Opalescence Go ­ 10% HP in PT); OPF (Opalescence PF ­ 10%CP in CT) and WTC (White Class ­ 10% HP in CT). The bleaching treatment were accomplished 1x/day for 14 days, during 2 h for CP and 30 min for HP. The teeth shades were evaluated visually using the shade guides Vitapan Classical (VC) and Vita Bleachedguide 3D-MASTER (VB), and spectrophotometrically. The tooth sensitivity were evaluated using a numeric scale associated with a visual analogue scale; the gingival condition with the Löe's index; the enamel demineralization with a fluorescent laser irradiation and volunteer satisfaction with a questionnaire. The evaluations were performed in different moments of the treatment. Data of tooth bleaching were submitted to ANOVA repeated measures and Tukey's multiple comparison test (5%). For both tooth sensitivity (TS) and gingival inflammation (GI), the absolute risk was calculated using Fisher's exact test and for intensity comparison among the groups, ANOVA repeated measures for TS and Kruskal-Wallis for GI were applied (5%). The degree of mineralization consisted of descriptive statistic and the answers about questionnaire were in percentage. Regarding to color change, the values obtained by VC and VB shade guides did not present significant difference for the analyzed factors (p>0,05). For ΔE data, the groups presented similar values (p>0.05) as well as the ΔL, Δa e Δb results (p>0.05). For TS, in absolute risk determination, the groups were similar among them (p>0.05). For sensitivity intensity, comparing the groups, there was no significant difference for time and interaction factors (p>0.05), but bleaching factor presented significant difference (p=0.026), in which OGO promoted higher sensitivity intensity than WTC. For absolute risk of GI, there were difference among the groups (p<0.05). OGO presented higher frequency of GI than WTC and OPF did not presented GI. For GI degree, the IG intensity was similar among the groups after bleaching (p=0.232). Regarding to mineralization, data were restricted to values that correspond to healthy teeth. It was concluded that the color change was similar and promoted patient's satisfaction with all bleaching protocols tested. Tooth sensitivity occurred in all groups, but decreased progressively over time and the intensity was higher in HP in PT than HP in CT. Gingival inflammation only affected the PH groups and no influence of type of trays was detected. The bleaching gels did not promote alteration in enamel fluorescence(AU)


Assuntos
Humanos , Clareamento Dental , Sensibilidade da Dentina/complicações , Peróxido de Hidrogênio/administração & dosagem , Clareadores Dentários/administração & dosagem
11.
Periodontia ; 27(4): 76-85, 2017. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-878496

RESUMO

Introdução: A hipersensibilidade dentinária (HD) é definida como dor aguda originada em dentina exposta ao meio bucal. O tratamento da HD depende do conhecimento do profissional, e existem diversos aspectos propedêuticos e terapêuticos relacionados com esta condição clínica. Objetivo: Revisar a literatura quanto à etiologia, teorias do mecanismo de ação, epidemiologia e tratamento de casos de hipersensibilidade dentinária. Materiais e Métodos: Foi realizada busca eletrônica nas bases de dados Pubmed/Medline e Web of Science. Utilizou-se as palavras-chave: "dentin(e) sensitivity", "dentin(e) hipersensitivity", "etiology", "epidemiology" e "treatment". Os artigos relevantes foram lidos na íntegra, sem restrição de data ou idioma. Revisão de literatura: A exposição dos túbulos dentinários ao meio bucal geralmente ocorre na região cervical do dente e envolve fatores como retração gengival, perda de esmalte e periodontite. Algumas teorias foram propostas para explicar a HD e a mais aceita mundialmente é a teoria hidrodinâmica. A prevalência de HD varia de 4 a 74%, sendo mais comum em mulheres e dentes pré-molares. Muitos tratamentos têm sido empregados nos casos de HD, entretanto, nenhum tratamento totalmente eficaz e confiável foi identificado. Os tratamentos podem ser caseiros ou de consultório, e estão baseados na obliteração dos túbulos dentinários ou ação neural. Conclusões: Os principais fatores etiológicos para HD são erosão e retração gengival. Esta condição clínica apresenta alta prevalência na população brasileira. A teoria hidrodinâmica é a mais aceita para explicar HD. Não há nenhum tratamento considerado padrão-ouro, e uma combinação de tratamentos caseiro e profissional pode ser necessário para tratar o problema. (AU)


Introduction: The dentin hypersensitivity (DH) is defined as acute pain originated from dentin exposed into oral environment. The DH treatment depends on professional knowledge, and there are several aspects regarding this clinical condition. Aim: This study aimed to review the literature about the etiology, mechanism of action theories, epidemiology and treatment of dentin hypersensitivity. Materials and Methods: Electronic search was performed in Pubmed/Medline and Web of Science databases. It was used the keywords: dentin sensitivity, dentin hipersensitivity, etiology, epidemiology and treatment. The relevant articles were fully read, without date or language restriction. Literature review: the exposure of the dentinal tubules to the oral cavity usually occurs in the cervical region of the tooth, and it involves factors such as gingival recession, loss of enamel and periodontal disease. Some theories have been proposed to explain the DH, the most accepted worldwide is the hydrodynamic theory. The prevalence of DHranges from 4 to 74%, being more common in women and premolars teeth. Many treatments have been used in cases of DH, however, no totally effective and reliable treatment was identified. The treatments can be in-home or in-office, and they are based on obliterating dentinal tubules or neural action. Conclusions: The main etiological factors for DH are erosion and gingival recession. This clinical condition presents high prevalence in Brazilian. The hydrodynamic theory is the most widely accepted to explain DH. There is no gold standard treatment for DH, and a combination of in-office and in-home treatments may be necessary to treat the problem. (AU)


Assuntos
Sensibilidade da Dentina , Epidemiologia , Revisão , Terapêutica
12.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 148 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-906859

RESUMO

Hipomineralização molar-incisivo (HMI) corresponde ao defeito de desenvolvimento do esmalte que pode causar sensibilidade nos dentes e rápida progressão da cárie. Essas condições podem ocasionar dor e afetar a qualidade de vida. Problemas de saúde bucal impactam na qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB). Desta forma, os objetivos deste estudo foram determinar a prevalência, fatores associados com HMI e seu impacto na QVRSB de escolares. Este foi um estudo transversal de base populacional. A amostra foi estratificada e aleatória, constituída por 1202 escolares de 8 a 10 anos de Teresina, Brasil. Os escolares foram avaliados para diagnóstico de HMI (EAPD), experiência de cárie (CPO-D), consequências clínicas de cárie não tratada (PUFA), necessidade de tratamento para o dente com HMI e má oclusão (DAI). O impacto da condição bucal na QVRSB foi avaliado por meio das versões brasileiras dos instrumentos Child Perceptions Questionnaire (B-CPQ8-10) e Parental-Caregiver Perceptions Questionnaire (B-P-CPQ) versão curta. Foi realizada análise descritiva dos dados, testes Qui-Quadrado e Mann-Whitney. Análise de Cluster foi realizada para dicotomizar a variável impacto negativo na QVRSB em alto e baixo impacto. A Regressão de Poisson com variância robusta foi realizada para análise multivariada com seus respectivos intervalos de confiança (IC 95%). Variáveis com p<0,20 foram utilizadas para modelo final e considerou-se p¿0,05 como significativo. A prevalência de HMI encontrada foi de 15,5%. Os molares inferiores foram os mais afetados pela severidade grave (60,6%). Na análise multivariada, observou-se que escolares com HMI fora associados a maior prevalência de sensibilidade dentinária (RP=1,25; IC95%:1,18-1,33) e experiência de cárie (RP=1,09; IC95%:1,03-1,15) que os escolares sem HMI. Com ele, também se demonstrou que crianças com HMI moderada estiveram associadas a maior prevalência de impacto negativo na QVRSB nos domínios sintomas orais (RP=1,20; IC95%:1,07-1,36) que crianças sem HMI. Pais de crianças com HMI grave e moderada estiveram associados a maior prevalência de relato do impacto negativo nos domínios limitação funcional (RP=1,16; IC95%:1,06-1,26) e bem-estar (RP=1,16; IC95%:1,01-1,34), respectivamente, que pais de crianças sem HMI. Assim, pode-se concluir que prevalência de HMI foi elevada. Crianças com HMI foram associados a maior prevalência de experiência de cárie dentária e sensibilidade dentinária. Crianças com HMI leve, moderada e severa foram associadas a maior prevalência de impacto negativo na QVRSB de acordo com seus pais e o autorrelato


Molar-incisor hypomineralization (MIH) corresponds to the development defect of the enamel that can cause teeth sensitivity in the teeth and rapid progression of caries. These conditions can cause pain and affect the quality of life. Oral health problems have an impact on oral health related quality of life (OHRQoL). Thus, the objectives of this study were to determine the prevalence, factors associated with MIH and their impact on the OHRQoL of schoolchildren. This was a cross-sectional population-based study. A sample was evaluated and randomized, consisting of 1202 achoolchildren from 8 to 10 years of Teresina, Brasil. The students were instructed to disgnose MIH (EAPD), caries experience (DMF-T), clinical consequences of untreadcaries (PUFA), need for treatment for the tooth with MIH and malocclusion...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Cárie Dentária/epidemiologia , Inquéritos de Saúde Bucal/estatística & dados numéricos , Sensibilidade da Dentina/epidemiologia , Desmineralização do Dente/epidemiologia , Estudos Transversais , Qualidade de Vida
13.
ImplantNewsPerio ; 1(8): 1588-1596, nov.-dez. 2016. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848564

RESUMO

Objetivo: avaliar in vitro a efetividade do biosilicato adicionado ao flúor gel acidulado e do próprio flúor gel acidulado, na redução da permeabilidade dentinária antes e após desafios ácidos. Material e métodos: 240 espécimes de dentina radicular foram aleatoriamente divididos em dois grupos, que diferiram quanto ao tratamento da superfície (Biosilicato + flúor gel ou flúor gel), e dez subgrupos, que diferiram nos desafios ácidos (sucos naturais de limão, laranja, abacaxi, uva e acerola, Gatorade (limão), Coca-Cola, suco industrializado de laranja, vinagre e vinho branco). Os espécimes foram conectados a um aparelho de pressão hidráulica para medir a permeabilidade dentinária após as seguintes etapas: I) condicionamento com ácido fosfórico a 37% por 30 segundos; II) tratamento com biosilicato ou flúor gel; III) desafios ácidos da dieta, sendo essa última fase repetida duas vezes, somando desafios ácidos. Resultados: após análise estatística com os testes de Mann-Whitney, Kruskall-Wallis e Wilcoxon, ambos os produtos diminuíram estatisticamente a permeabilidade dentinária (p < 0,001), porém, o Biosilicato adicionado ao flúor gel promoveu uma permeabilidade residual menor do que o flúor gel (p < 0,001). Porém, quase todas as substâncias ácidas promoveram aumento gradativo da permeabilidade (p < 0,05), com exceção entre o segundo e terceiro desafio ácido com vinho branco nos espécimes tratados com Biosilicato. Conclusão: ambos foram efetivos em diminuir a permeabilidade, no entanto, os desafios ácidos resultaram no aumento gradativo da permeabilidade.


Objective: to evaluate in vitro the effectiveness of the biosilicate added to acidified gel fluoride and the acidifi ed fluorine gel itself, in the reduction of dentin permeability before and after acidic challenges. Material and methods: 240 specimens of root dentin were randomly divided into two groups, differing in surface treatment (Biosilicate + fl uorine gel or fl uorine gel), and ten subgroups, differing in acidic challenges (natural juices of lemon, orange, pineapple, Grape, and acerola, Gatorade (lemon), Coca-Cola, industrialized orange juice, vinegar and white wine). The specimens were connected to a hydraulic pressure apparatus to measure the dentin permeability after the following steps: I) conditioning with 37% phosphoric acid for 30 seconds, II) treatment with biosilicate or fluoride gel, III) acidic challenges of the diet, this last phase being repeated twice, adding acidic challenges. Results: after statistical analysis with the Mann- Whitney, Kruskall-Wallis, and Wilcoxon tests, both products had a statistically significant decrease in dentin permeability (p < 0.001), but Biosilicate added to fluoride gel promoted a lower residual permeability than fluoride gel analysis (p < 0.001). However, almost all the acidic substances promoted a gradual increase of the permeability (p < 0.05), except for the second and third acid challenges with white wine in the specimens treated with Biosilicate. Conclusion: both were effective at decreasing permeability, however, acidic challenges resulted in the gradual increase of root dentin permeability.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Adulto , Materiais Biocompatíveis , Permeabilidade da Dentina , Sensibilidade da Dentina , Flúor
14.
Rev. odontol. Univ. Cid. São Paulo (Online) ; 28(1): 30-36, jan.-abr. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-2634

RESUMO

A sensibilidade nos dentes é o principal sintoma apresentado durante o tratamento clareador, é desagradável e de curto prazo, porém intenso e se manifesta quando há exposição de parte do dente a fatores como frio e calor não associados a qualquer tipo de doença ou má formação. Assim, este trabalho tem como objetivo descrever os variados métodos e produtos dessensibilizantes utilizados durante o tratamento clareador caseiro relatados nos bancos de dados da literatura científica, entre as quais Scielo, Pubmed, Google Acadêmico, no período de 1989 a 2015. O método de estudo foi a pesquisa descritiva e exploratória, por meio de uma revisão de literatu¬ra narrativa, com análise qualitativa dos achados. Há diversas formas de dessensibilização dos dentes afetados, como o uso de anti-inflamatórios, substâncias dessensibilizantes como o Gluma®, arginina, nitrato de potássio, nano-hidroxiapatita, caseína, flúor tópico, entre outros. O uso de LED e LASER para o clareamento, a concen¬tração dos géis clareadores e até mesmo a forma de escovação dentária podem interferir na sensibilidade. Os métodos de tratamento citados na literatura parecem efetivos. Diante das possibilidades de tratamento e das influências dos diversos fatores para o aparecimento da sensibilidade, mais ensaios clínicos randomizados e controlados são necessários para que revisões sistemáticas desses trabalhos possam mensurar o nível de reso¬lução da sensibilidade e confirmar a eficiência dos produtos disponíveis com alto nível de evidência científica


Sensitivity on teeth is the principal symptom during the whitening treatment, nasty and short-term, however it is intense when there is part of the teeth exposure to factors like cold and heat associates to anyone kind of disease. This paper aims to describe various methods of desensitizing products used in the home bleaching treatment reported in the databases of the scientific literature, including Scielo, Pubmed, Google Scholar, from 1989 to 2015. The method of study was descriptive and exploratory research, through a narrative review of the literature and a qualitative analysis of the findings. There are several forms of desensitization of teeth affected, such as the use of anti-inflammatory, desensitizing substances such as Gluma®, arginine, potassium nitrate, nano-hydroxyapatite, casein, topical fluoride, among others. The use of LED and laser for whitening, the con¬centration of the bleaching gels and even the form of tooth brushing can interfere with the onset of sensitivity. Treatment methods cited in the literature seem effective. Before the treatment possibilities and influences of the various factors to the onset of sensitivity, more randomized controlled trials are needed for systematic reviews of these studies can measure the resolution level of sensitivity and confirm the effectiveness of products avail¬able with high-level scientific evidence


Assuntos
Dessensibilizantes Dentinários , Sensibilidade da Dentina , Clareadores Dentários
15.
Roplac ; 5(2): 29-34, jul. 2015.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858934

RESUMO

Durante o preparo de restaurações indiretas, como onlays, inlays e coroas, é frequente a exposição dentinária,o que pode desencadear dor pós-operatória. Há na literatura evidências de que essa dentina recém-cortadadeva seja protegida logo após o preparo cavitário, por meio da aplicação de um adesivo dentinário. Esseprocedimento é conhecido como selamento imediato da dentina ou pré-hibridização dentinária. O objetivodeste artigo foi descrever essa técnica e mostrar suas vantagens e controvérsias, quando comparada aosprocedimentos tradicionais de preparos e cimentação das restaurações indiretas; onde é feita a aplicação dosistema adesivo apenas no momento da cimentação


During the preparation of indirect restorations, such as onlays, inlays, and crowns, it is common to have dentinexposure, what may lead to post-operative pain. There are scientific evidences that this newly cut dentinshould be protected right after the cavity preparation, with the application of a dentin bonding agent. Thisprocedure is known as immediate dentin sealing, or dentin pre hybridization. The goal of this article is todescribe the technique and to show its advantages and controversies, whenever compared to the traditionalforms of preparation, and cementation of indirect restorations; when the adhesive bonding is applied only inthe moment of cementation


Assuntos
Cimentos Dentários/química , Dentina , Sensibilidade da Dentina , Brasil
16.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 14(3): 249-257, jul. 2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-853665

RESUMO

Objective:To evaluate the prevalence of postoperative pain and its intensity in association with clinical factors in patients undergoing root canal treatment. Material and Methods:50 subjects over 18 years of age of both genders were included by demand. Questionnaires were applied to subjects in order to obtain demographic data, clinical features about presence of pain and its intensity at intervals of 24 and 48 hours after procedure. Teeth were treated by the crown-down technique in single or multiple visits, aided by irrigation with 2.5% sodium hypochlorite, proceeding to the filling of root canals by the Tagger's hybrid technique, using gutta-percha and zinc oxide-eugenol cement. Data were analyzed with univariate and bivariate statistical test (Fisher's exact test) using SPSS 13.0 software. Results:No statistical difference (p>0.05) was observed between prevalence of postoperative pain and its magnitude in association with clinical variables. Conclusion:Pulp sensitivity (vitality), pre-existence of apical lesion, single-session treatment, use of intracanal dressing, reported pain prior to treatment, and use of analgesic medication were not associated with the prevalence of postoperative pain


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Dor , Prevalência , Sensibilidade da Dentina/diagnóstico , Técnicas de Silenciamento de Genes/métodos , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Brasil , Equipamentos Odontológicos de Alta Rotação , Inquéritos e Questionários , Instrumentos Odontológicos , Radiografia Dentária/instrumentação
17.
Clín. int. j. braz. dent ; 12(2): 186-191, abr.-jun. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1218

RESUMO

O selamento dentinário imediato é uma técnica que visa à aplicação de um sistema adesivo imediatamente após a confecção do preparo dental e antes do procedimento de moldagem para a confecção de restaurações indiretas. Observou-se, através de revisão de literatura, que esta abordagem traz benefícios na resistência de união a cimentos resinosos e na prevenção à sensibilidade pós-operatória de dentes preparados para restaurações indiretas. Diversos sistemas adesivos, assim como cimentos resinosos, com diferentes formulações e técnicas de utilização, estão disponíveis no mercado. Sob esse enfoque, foi proposto um protocolo de utilização da técnica de selamento dentinário imediato para os diferentes tipos de restaurações indiretas(AU)


The immediate dentin sealing is a technique that comprises the application of an adhesive system immediately after tooth preparation and before impression taking for the fabrication of indirect restorations. Based on a literature review, it was observed that this approach has benefits regarding bonding strength of dentin to resin cements and decreases the post operatory sensitiveness of teeth prepared for indirect restorations. A number of adhesive systems, as well as resin cements, with different formulations and application protocols are available. Based on the available information, it was proposed a protocol for the application of the immediate dentin sealing technique for different types of tooth preparation(AU)


Assuntos
Sensibilidade da Dentina , Adesivos Dentinários , Cimentos Dentários , Restauração Dentária Temporária , Selantes de Fossas e Fissuras , Protocolos
18.
ImplantNewsPerio ; 1(1): 120-125, jan.-fev. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847005

RESUMO

O objetivo desta revisão narrativa foi expor a etiologia, o diagnóstico, as características clínicas e a prevenção da erosão, dado o ritmo da vida moderna e os padrões de beleza que impõem mudanças intangíveis nos cardápios alimentares. A erosão produz seis vezes mais remoção da estrutura dentária do que a abrasão, sendo dividida em extrínseca e intrínseca. A erosão extrínseca ocorre pelo consumo exacerbado de alimentos e bebidas ácidas, com o pH abaixo do crítico para a desmineralização. Comprimidos de vitamina C em excesso também causam desgaste dentário significativo. A erosão intrínseca (ácido clorídrico) só é neutralizada após algum tempo da ingestão do alimento, e episódios de vômito/regurgitação são os de maior potencial erosivo. Neste sentido, o enxágue com antiácidos pode neutralizar a perda do esmalte. Pacientes com bulimia nervosa possuem lesões cervicais linguais e nas incisais dos incisivos anteriores inferiores. Por outro lado, lesões oclusais e na região vestibular podem ocorrer pelo consumo extrínseco. Procedimentos que removem ou afetam a película adquirida podem levar à desmineralização. A saliva age mesmo antes do ataque ácido, como resposta do fluxo salivar aos estímulos ácidos. Dentes manchados sugerem que a erosão ácida e desgaste estão inativos, enquanto dentes livres de manchas sugerem que o processo erosivo está ativo. Entretanto, sua etiologia multifatorial não permite um diagnóstico preciso. Assim, o aconselhamento dietético, estimulação do fluxo salivar, otimização do uso do flúor, substituição de bebidas erosivas e medidas adequadas de higiene bucal são medidas preventivas. No entanto, ensaios clínicos consideráveis são necessários para confi rmar a eficácia destas propostas.


The aim of this narrative review is to highlight the etiology, diagnosis, clinical findings, and the preventive measures against erosion, given contemporary lifestyle and the beauty standards imposing intangible changes in dietary habits. Removal of tooth structure is six times higher in erosion than abrasion, being divided into intrinsic and extrinsic. Extrinsic erosion is exacerbated by consumption of acidic foods and beverages with pH below critical levels for demineralization. The excess of vitamin C tablets also cause signifi cant tooth wear. Intrinsic erosion (hydrochloric acid) is neutralized some time after meals, and episodes of vomiting/regurgitation have the most erosive potential. In this sense, rinsing with antacids can counteract the enamel loss. Patients with bulimia nervosa have lingual cervical lesions and at the incisal of mandibular anterior teeth. On the other hand, buccal and occlusal lesions can occur by extrinsic acid consumption. Procedures that remove or affect the dental pellicle can lead to demineralization. Saliva acts even before the acid attack raising the salivary flow in response to acid stimuli. Stained teeth suggest that acidic erosion and wear are inactive, while the opposite characterize active erosion. Nevertheless, its multifactorial etiology does not allow for an accurate diagnosis. Thus, dietary advice, stimulation of salivary fl ow, the fl uoride optimization use, replacement of erosive beverages, and adequate oral hygiene measures are preventive tools. However, considerable clinical trials are needed to confirm the efficacy of these proposals.


Assuntos
Humanos , Sensibilidade da Dentina , Salivação , Saliva/metabolismo , Erosão Dentária/etiologia , Erosão Dentária/prevenção & controle , Desgaste dos Dentes
19.
Periodontia ; 26(2): 28-33, 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-835132

RESUMO

A hipersensibilidade dentinária cervical (HD) é caracterizada pela perda de esmalte e de cemento na região cervical dos dentes e consequente exposição dos túbulos dentinários que levam a uma condição dolorosa e de desconforto para o paciente. O conhecimento da etiologia de qualquer doença ou condição bucal é primordial para um tratamento seguro e efetivo, portanto este estudo teve como proposta baseada numa revisão literária por meio de bases de dados (Pubmed, Scielo, Bireme, Cochrane), discutir aspectos importantes sobre hipersensibilidade dentinária cervical, sua etiologia multifatorial, teoria de mecanismo da dor, prevalência, bem como a variedade e efetividade de tratamentos para alívio da dor.


The cervical dentine hypersensitivity (HD) is characterized by the loss of enamel and cementumin the cervical region of the teeth and consequent exposure of dentina tubules leading to a painful conditionand patient discomfort. Knowledge of the etiology of any disease or oral healthis essential fora safe and effective treatment, so this study was proposed based on a literature review through databases (Pubmed, Scielo, Bireme, Cochrane), discuss important aspects of hypersensitivity cervical dentin, its multifactorial etiology, mechanism theory of pain, prevalence and variety and effective ness of treatments for pain relief.


Assuntos
Humanos , Dessensibilizantes Dentinários , Sensibilidade da Dentina , Dor
20.
São Paulo; s.n; 2016. 164 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867905

RESUMO

Este estudo possui duas partes distintas: 1. in vivo (randomizado e longitudinal) que teve como objetivo avaliar protocolos de tratamento para hipersensibilidade dentinária com laser de baixa potência (com diferentes dosagens), laser de alta potência e agente dessensibilizante, por um período de 12 e 18 meses; e 2. in vitro que teve como objetivo analisar a perda de estrutura de dois dentifrícios distintos (Colgate Total 12 e Colgate Pró Alívio) e analisar a permeabilidade dentinária dos tratamentos da etapa 01, associados aos dentifrícios, após diferentes ciclos de abrasão. Na parte in vivo, as lesões cervicais não cariosas de 32 voluntários, previamente submetidos aos critérios de elegibilidade ou exclusão, foram divididas em nove grupos (n=10): G1: Gluma Desensitizer (Heraeus Kulzer), G2: Laser de baixa potência com baixa dosagem (Photon Lase, DMC) (três pontos de irradiação vestibulares e um ponto apical: 30 mW, 10 J/cm2, 9 seg por ponto com o comprimento de onda de 810nm). Foram realizadas três sessões com um intervalo de 72 horas), G3: Laser de baixa potência com alta dosagem (um ponto cervical e um ponto apical: 100 mW, 90 J/cm2, 11 seg por ponto com o comprimento de onda de 810nm. Foram realizadas três sessões com um intervalo de 72 horas), G4: Laser de baixa potência com baixa dosagem + Gluma Desensitizer, G5: Laser de baixa potência com alta dosagem + Gluma Desensitizer, G6: Laser de Nd:YAG (Power LaserTM ST6, Lares Research®), em contato com a superfície dental: 1,0W, 10 Hz e 100 mJ, ? 85 J/cm2, com o comprimento de onda de 1064nm, G7: Laser de Nd:YAG + Gluma Desensitizer, G8: Laser de Nd:YAG + Laser de baixa potência com baixa dosagem, G9: Laser de Nd:YAG + Laser de baixa potência com alta dosagem.


O nível de sensibilidade de cada voluntário foi avaliado através da escala visual analógica de dor (VAS) com auxílio do ar da seringa tríplice e exploração com sonda após 12 e 18 meses do tratamento. Na parte 02, in vitro, foram utilizados terceiros molares humanos não irrompidos e recém-extraídos. Todos foram limpos e tiveram suas raízes separadas das coroas. As raízes foram seccionadas em quadrados de dentina com dimensões de 4x4x2 mm, os quais foram embutidos em resina Epoxi e devidamente polidos até uma curvatura de 0,3 ?m, analisados em perfilometria ótica. Estes foram imersos em solução de EDTA 17% por 2min para abertura dos túbulos e armazenados em uma solução de Soro Fetal Bovino diluído em salina tamponada com fosfato. Os espécimes foram divididos aleatoriamente em 12 grupos (n=10) G1: Sem tratamento de superfície, sem dentifrício; G2: Nd:YAG/sem dentifrício; G3: Gluma/sem dentifrício; G4: Nd:YAG + Gluma/sem dentifrício; G5: Sem tratamento de superfície/Colgate Total 12; G6: Nd:YAG/Colgate Total 12; G7: Gluma/Colgate Total 12; G8: Nd:YAG + Gluma/Colgate Total 12; G9: Sem tratamento de superfície/Colgate Pró Alívio; G10: Nd:YAG/Colgate Pró Alívio; G11: Gluma/Colgate Pró Alívio; G12: Nd:YAG + Gluma/Colgate Pró Alívio. Em seguida, as superfícies receberam a aplicação de fitas adesivas nas duas margens, mantendo uma área central de teste exposta de 4 x 1 mm, onde foram realizados os tratamentos de superfície e os ciclos de abrasão correspondentes a 1, 7, 30 e 90 dias de escovação (52 ciclos, 210 segundos de contato com o slurry; 361 ciclos, 1470 segundos de contato com o slurry; 1545 ciclos, 6300 segundos de contato com o slurry; 4635 ciclos, 18900 segundos de contato com o slurry, respectivamente). A cada etapa de abrasão, foi realizada análise em Perfilometria Ótica. Para as analises de permeabilidade e Microscopia Eletrônica de Varredura, foram utilizadas amostras circulares de 6 mm de diâmetro e 1 mm de espessura de dentina...


This study has two distinct parts: in vivo (randomized and longitudinal) that aimed to assess different protocols for the treatment of dentin hypersensitivity with low power laser (with different doses), high power laser and a desensitizing agent, for a period of 12 and 18 months; and an in vitro part that aimed to analyze the loss of structure of two toothpastes (Colgate Total 12 and Colgate Pro Relief) and analyze dentin permeability and micrographs after different abrasion cycles. In the in vivo part, the lesions from 32 patients, that were submitted to the inclusion and exclusion criterias, were divided into nine groups (n = 10): G1: Gluma Desensitizer (Heraeus Kulzer), G2: Low power laser with low dose (Photon Lase, DMC, three points of irradiation in vestibular portion and an apical point: 30 mW, 10 J/cm2, 9 sec per point with the wavelength of 810nm, with three sessions with an interval of 72 hours) G3: low power laser with high dose (one pointin the cervical area, and one apical point: 100 mW, 90 J/cm2, 11 sec per point with the wavelength of 810nm in three sessions with an interval of 72 hours), G4: Low power laser with low dose + Gluma Desensitizer, G5: Low power laser with high dose + Gluma Desensitizer, G6: Nd:YAG laser (Power LaserTM ST6, Research® in contact: 1.0W, 10 Hz and 100 mJ, ? 85 J/cm2, with the wavelength of 1064nm,), G7: Nd:YAG laser + Gluma Desensitizer, G8: Nd:YAG laser + low power laser with low dose G9: Nd:YAG laser + low power laser with high dose. The level of sensitivity of each volunteer was assessed by visual analogue scale of pain (VAS) with the aid of air from the triple syringe and exploration probe, 12 and 18 months after treatment. In the in vitro part, unerupted and recently extracted human third molars were used.


Assuntos
Abrasão Dentária/complicações , Abrasão Dentária/diagnóstico , Permeabilidade da Dentina , Sensibilidade da Dentina/complicações , Sensibilidade da Dentina/diagnóstico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA