Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 29
Filtrar
1.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 41(1): 63-68, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1102382

RESUMO

Os distúrbios do sono vem sendo cada dia mais estudados e evidenciados perante a medicina, sendo que muitos destes estão atrelados a fatores etiológicos ligados a diversas doenças sistêmicas, tais como, hipertensão arterial, problemas cardíacos e fator de risco para diabetes. Sendo assim, a utilização de Índices como o de Epworth, Berlim e Pittsburgh como auxiliadores anamnésicos, é de grande valia para um correto diagnóstico. Por meio deste, pudemos concluir que tais índices são de extrema importância por serem referências iniciais para a solicitação de exames mais complexos e de alto custo. Portanto, este trabalho tem por objetivo fazer uma revisão da literatura sobre a essência científica de tais índices, analisando a eficácia dos mesmos(AU)


Sleep wake disorders see being increasingly studied day and evidenced before the medicine, and many of these disorders are linked to etiological factors related to various systemic diseases such as, hypertension, heart disease and a risk factor for diabetes. Thus, the use of indices such as the Epworth, Berlin and Pittsburgh as amnesic helpers, is of great value to a correct diagnosis. Through this we can conclude that such indices are extremely important because they are initial references to the request for more complex tests and costly. Therefore, this study aims to review the literature on the scientific essence of such indices, analyzing effectiveness(AU)


Assuntos
Ronco/diagnóstico , Índice , Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico , Transtornos do Sono-Vigília , Ronco , Apneia Obstrutiva do Sono
2.
Arq. odontol ; 54: 1-8, jan.-dez. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-996764

RESUMO

Objetivo: Avaliar as evidências científicas disponíveis sobre a sobre a relação entre a erupção dentária de dentes decíduos e manifestações locais e/ou sistêmicas. Métodos: Realizou-se uma busca sistematizada da literatura nas bases de dados MEDLINE, LILACS, BBO e IBECS, sem a utilização de limites temporais. Foram utilizados os seguintes descritores em português e em inglês: "erupção dentária", "dente decíduo", "febre", "diarreia", "distúrbios do sono" e "criança". Os critérios de busca foram aplicados para os títulos e resumos. Foram considerados os artigos publicados em português, inglês ou espanhol. Resultados: Foram incluídos neste estudo 25 artigos. Os trabalhos foram agrupados em três categorias: estudos sobre relatos médicos/odontopediatras, relatos de mães/responsáveis e estudos que consideraram, além desses relatos, variáveis clínicas e/ou laboratoriais. As manifestações mais citadas nos estudos com profissionais foram: diarreia e irritabilidade. Nos estudos baseados nos relatos de mães, foram: diarreia, febre e irritação gengival. Nos estudos clínicos: diarreia, irritabilidade e aumento da salivação. Conclusão: Verificou-se o baixo nível de evidência científica dos estudos sobre essa temática. Parece existir uma concordância dos estudos disponíveis sobre a ocorrência da diarreia, irritabilidade e aumento da salivação durante o período de erupção dentária. A relação entre a febre e a erupção dentária ainda é pouco suportada, foram encontrados apenas três estudos clínicos que realizaram aferição da temperatura em amostras significativas, os quais não verificaram associação.


Objective: This study aimed to assess the available scientific evidence on the relationship between tooth eruption of primary teeth, and local and/or systemic manifestations. Methods: This systematic literature search was carried out in the MEDLINE, LILACS, BBO, and IBECS databases, without the use of time limits. The following keywords were used in Portuguese and in English, "tooth eruption", "deciduous teeth", "fever", "diarrhea", "sleep disorders", and "child". Search criteria were applied to the titles and abstracts. Articles published in Portuguese, English, or Spanish were considered. Results: This study included 25 articles. The manuscripts were grouped into three categories: studies on reports from doctors/dentists; reports from mothers or guardians; and studies that considered, in addition to these reports, clinical and/or laboratorial variables. The manifestations most often cited in studies with professionals were diarrhea and irritability. In studies based on reports from mothers, diarrhea, fever, and gingival irritation were the most common answers. In clinical trials, diarrhea, irritability, and increased salivation were the most common. Conclusion: A low level of scientific evidence was found from studies on this topic. The available studies appeared to show an agreement regarding the occurrence of diarrhea, irritability, and increased salivation during the period of tooth eruption. The relationship between fever and tooth eruption is still poorly supported; only three clinical studies were performed with temperature evaluations in significant samples, which showed no association.


Assuntos
Manifestações Bucais , Transtornos do Sono-Vigília , Dente Decíduo , Erupção Dentária , Criança , Diarreia , Febre
3.
Full dent. sci ; 8(29): 114-122, 2016. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-909742

RESUMO

A fibromialgia é uma síndrome reumática caracterizada por quadros dolorosos intensos. A presença da dor muitas vezes chega a causar incapacidade e indisposição, mesmo para realização de atividades rotineiras, bem como parece afetar o sono em grande parte dos pacientes. Acredita-se que a perpetuação de alterações no padrão de sono crie uma situação cíclica que intensifica os quadros dolorosos e a fadiga. Os distúrbios temporomandibulares (DTM) que são caracterizados por quadros de dor também vêm sendo relacionados com alterações no sono. Essas duas condições, apesar de distintas, parecem coexistir em um grande número de portadores de fibromialgia, levando-se a pesquisas que visam buscar a influência dessa relação como causa e efeito dentro deste grupo de pacientes. Neste contexto, este trabalho teve o objetivo de recolher informações dentro da literatura sobre essas duas condições, sua influência nas alterações do sono, bem como reunir estudos que busquem esclarecer a relação existente entre as duas condições. Para isto foram reunidos trabalhos publicados na base de dados PubMed, LILACSeMEDLINEutilizando-se os termos fibromialgia, DTM e sono, nos idiomas inglês e português. Os trabalhos apontam que há uma prevalência alta entre mulheres e que os portadores de fibromialgia apresentam alterações específicas no padrão de sono, bem como há uma importante correlação desta condição com os distúrbios temporomandibulares (AU).


Fibromyalgia syndrome is characterized by severe painful conditions. The presence of pain can result in some disability and even unwillingness to perform routine activities, and seems to affect sleep in most patients. It is believed that the changes in sleep pattern creates a cyclic condition and can increase fatigue painful conditions. The temporomandibular disorder (TMD) is characterized by pain frameworks have also been related to changes in sleep. These two conditions, while distinct, seem to coexist in a large number of patients with fibromyalgia, leading several researchs concerning the influence of this relationship within this group of patients. Therefore, this work aimed to collect information in the literature on these two conditions, its influence on sleep disorders as well as gathering studies that seek to clarify the relationship between these two conditions. For this were selected studies published in PubMed, LILACS, and MEDLINE using the terms fibromyalgia, TMD and sleep, in English and Portuguese. The studies indicate that there is a high prevalence among women and that patients with fibromyalgia have specific changes in sleep patterns, and there is a significant correlation of this condition with temporomandibular disorders (AU).


Assuntos
Fibromialgia , Transtornos do Sono-Vigília , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular , Brasil
4.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 8(31): 423-434, 2015.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-772252

RESUMO

A inter-relação entre as especialidades da área de saúde inclui a Odontologia, em especial a Ortodontia associada à Ortopedia Funcional dos maxilares e a Cirurgia Ortognática, a corresponsabilidade no diagnóstico e terapia dos distúrbios do sono. O sono é primordial para a homeostase do organismo, porém, distúrbios de origem central ou fatores obstrutivos nas vias aéreas podem afetar seu equilíbrio. Um sinal clínico dos distúrbios do sono é o ronco, que se evidencia pelos problemas sociais, mas é um alerta para a síndrome da apneia e hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS). Os aparelhos intraorais (AIOs), de acordo com a literatura, por se tratar de terapias não invasivas, vêm se tornando eletivos para os casos leves e moderados das SAHOS, bem como no tratamento do ronco. O aparelho MSG - Sound Sleep é um ativador postural construído a partir de acessórios utilizados na Ortopedia Funcional e mecânica, agindo na mudança da postura terapêutica da mandíbula (MPT), aumentando a ventilação nas vias aéreas superiores. Possui como vantagem ativação gradativa e a liberdade de movimentação lateral que traz conforto e maior adesão pela terapia. Outra vantagem é atingir um maior número de pacientes por possuir baixo custo técnico e laboratorial. O propósito deste artigo é apresentar o aparelho MSG - Sound Sleep descrevendo seu registro de oclusão, fase laboratorial, tipos de aparelhos, instalação e protocolo clínico.


The relationship between healthcare specialties includes Dentistry, particularly Orthodontics associated with Functional Jaw Orthopedics and orthognathic surgery, and the corresponsibility regarding diagnosis and treatment of sleep disorders. Sleep is essential for homeostasis, but sleep disorders of central origin as well as airway obstruction factors may affect sleep balance. Snoring is a clinical sign of sleep disorders , which is evidenced by social problems, and may act as an alert for the obstructive sleep apnea hypopnea syndrome (OSAHS). According to the literature, since intraoral devices (AIOs) are a non-invasive therapy they became an alternative to treat snoring and the mild to moderate cases of OSAHS. The MSG-Sound Sleep appliance is a postural activator constructed from accessories used in functional and mechanical orthopedics, that changes jaw therapeutic posture increasing the ventilation in the upper airway. It has the advantage of gradual activation and freedom for lateral movement that provides comfort resulting on greater compliance. Another advantage is due to low technical and laboratory costs reaching more patients. The purpose of this paper is to present the MSG-Sound Sleep appliance describing its occlusal record, laboratorial phase, types of equipment, installation, and clinical protocol.


Assuntos
Humanos , Transtornos do Sono-Vigília , Ronco
5.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-759620

RESUMO

Inúmeros estudos trazem o bruxismo como tema central, relacionando-o com vários distúrbios, tais como problemas dentários, problemas do sono, dores de cabeça e nos músculos da face. Para compreendermos profundamente essa atividade muscular que o bruxismo provoca, temos que compreender seus fatores etiológicos. Porém, o bruxismo é multifatorial e alguns estudos têm demonstrado quais fatores estão comumente associados a ele. O objetivo deste trabalho é realizar uma revisão de literatura, analisando quais fatores etiológicos são mais comumente citados em estudos sobre o bruxismo do sono


Studies having bruxism as main theme relate it to many disturbs, such as dental problems, sleep problems, headaches and facial muscle pain. The etiology is important to deeply understand the muscular activities originated by the bruxism. However, bruxism is multifactorial and some common factors are often associated. The purpose of this study is to make a literature review that analyzes which etiological factors are more often reported in sleep bruxism studies


Assuntos
Transtornos do Sono-Vigília , Bruxismo do Sono
6.
Full dent. sci ; 5(18): 280-289, abr. 2014. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-716608

RESUMO

A síndrome da apneia obstrutiva atinge milhões de pessoas ao redor do mundo. Os aparelhos reposicionadores da mandíbula têm sido indicados nos casos de grau leve/moderado da síndrome, entretanto, nos pacientes edêntulos a sua utilização é deficiente, pois não há retenção. Assim, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sob a utilização deste método de tratamento quando utilizado simultaneamente aos implantes osseointegráveis. Realizou-se uma revisão nas bases de dados Medline/PubMed, ISI, Cochrane, Dentistry Oral Science, Clinical Trials, Controlled Trials e Bireme-Bvs sobre o tema dental implant / sleep apnea syndrome, e localizou-se 22 artigos. Após avaliação sob os critérios de inclusão, selecionou-se 2 estudos e complementou-se a revisão com uma análise de estudos randomizados e controlados nas sete bases anteriores com os unitermos: sleep apnea syndrome and appliance oral and randomized controlled Trial, e 37 artigos foram localizados que, após os critérios de inclusão, selecionou-se 17. Os estudos abordando a utilização de implantes osseointegráveis como meio coadjuvante na estabilização de aparelhos reposicionadores da mandíbula são escassos, e são do tipo caso clínico que apontam efetividade na técnica. Os estudos analisando o efeito desses aparelhos em pacientes dentados indicam melhoria nos níveis de apneia e ronco. A utilização de aparelhos reposicionadores mandibulares em pacientes dentados é uma técnica efetiva em pacientes com síndrome da apneia obstrutiva leve/moderada. São necessários estudos com controle e randomizados para analisar a utilização de aparelhos de reposição mandibular com auxílio de implantes osseointegráveis nesta década.


The obstructive sleep apnea syndrome affects millions of people around the world. The mandibular repositioning devices have been indicated in cases of mild/moderate syndrome; however in edentulous patients its use is deficient since there is no retention. Therefore the objective of this study was to conduct a review on the use of this treatment method combined to osseointegrated implants. A search on the theme: Dental implant and sleep apnea syndromewas performed in the Medline/PubMed, ISI, Cochrane, Dentistry Oral Science, Clinical Trials, Controlled Trials, and Bireme-BvS, databases, and 22 articles were found. After an evaluation 2 studies were selected and the review was complemented with an analysis of randomized controlled trials in the previous seven bases using the key-words: Sleep apnea syndrome, Oral appliance and Randomized controlled trial. The search returned 37 articles, and after they were submitted to inclusion criteria 17 studies were selected. There are a small number of studies presenting the use of dental implants as a mean to assist the stabilization of the mandibular repositioning appliances; those that are available are case reports that focusing on the effectiveness of the technique. Studies examining the effect these appliances in dentate patients indicate improvement in the levels of apnea and snoring. The use of mandibular repositioning appliances in dentate patients is an effective technique in treatment of patients with obstructive sleep apnea syndrome mild/moderate. Randomized controlled trials are required in order to enable an analysis of the use of mandibular repositioning devices with the aid of dental implants


Assuntos
Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico , Apneia Obstrutiva do Sono/terapia , Implantes Dentários , Aparelhos Ortodônticos , Ronco/complicações , Transtornos do Sono-Vigília/diagnóstico
9.
Rev. clín. ortodon. Dental Press ; 12(3): 26-36, jun.-jul. 2013. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-707645

RESUMO

Introdução: dispositivos intrabucais (ou aparelhos intrabucais) têm sido propostos para o avanço mandibular, apoio e retenção lingual em posição anterior, evitando o ronco primário e a apneia obstrutiva do sono, reduzindo ou eliminando os riscos à saúde relacionados à apneia. Esses dispositivos precisam interferir o mínimo possível na capacidade de movimentação mandibular — interferência que pode ser danosa ao sistema musculoarticular. Dispositivos com essa característica têm um custo relativamente alto. Assim, foi elaborado um dispositivo simples, de baixo custo, manufaturado com materiais de uso corriqueiro em qualquer ambulatório de Odontologia. Objetivo: o objetivo principal do presente projeto é apresentar um dispositivo bucal de baixo custo e de fácil confecção para o controle do ronco simples e da apneia obstrutiva do sono, possibilitando seu uso na saúde publica. Métodos: visando testar sua efetividade, foram realizados exames clínicos e de polissonografia para fins de diagnóstico. Depois houve uma fase laboratorial e outra de utilização clínica monitorada do aparato por até três meses. Nesse período, seis pacientes foram avaliados clinicamente e por meio de um novo exame polissonográfico. Conclusão: concluímos que os níveis de apneia e de ronco, com o uso do presente aparelho, atingem padrões de normalidade em um curto período de tempo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Apneia Obstrutiva do Sono/terapia , Distúrbios do Sono por Sonolência Excessiva/terapia , Desenho de Prótese , Apneia Obstrutiva do Sono , Transtornos do Sono-Vigília/terapia
10.
Prosthes. Lab. Sci. ; 2(8): 346-356, jul. - set. 2013.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-853801

RESUMO

O ronco é um problema social que pode prejudicar as relações e pode ser sinal de uma doença potencialmente fatal: a Apneia/hipoapneia Obstrutiva do Sono (SAHOS). Os riscos da SAHOS incluem ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, batimentos cardíacos irregulares, pressão arterial alta, diabetes, ganho de peso e diminuição da libido. Além disso, a SAHOS provoca sonolência, reflexos lentos, falta de concentração e problemas de relacionamento interpessoal. Os sintomas podem ser leves, moderados ou graves e podem ser eficazmente tratados. Aparelhos orais são indicados para uso em pacientes com SAHOS leve a moderada e em pacientes com SAHOS grave em que as tentativas de tratamento com pressão positiva contínua na via aérea (CPAP) falharam. O objetivo deste trabalho é apresentar um dispositivo de avanço mandibular, que mantém a mandíbula protruída, permitindo uma melhora no índice de apneia-hipoapneia e na redução do ronco(AU)


Assuntos
Humanos , Aparelhos Ortopédicos , Apneia Obstrutiva do Sono/terapia , Protocolos Clínicos , Avanço Mandibular , Apneia Obstrutiva do Sono , Transtornos do Sono-Vigília , Ronco
11.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-673931

RESUMO

Objetivo: Investigar a prevalência da comorbidade entre o Bruxismo do Sono (BS) e a Síndrome de Apneia-Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS) nos achados polissonográficos de 909 pacientes portadores de distúrbios do sono. Pretende-se, ainda, verificar a associação entre a ocorrência dessa comorbidade em relação à idade e ao gênero dos pacientes. Métodos: Foi realizado um estudo epidemiológico de base populacional. Avaliou-se uma amostra não-probabilística de 1200 prontuários de pacientes encaminhados a um laboratório de Medicina do Sono com suspeita de distúrbios do sono, no período de março de 2007 a junho de 2011. Os dados foram coletados por uma única pesquisadora. Foram contabilizados os seguintes diagnósticos: BS, apneia, SAHOS (apneia, ronco e microdespertares) e insônia. Além disso, foram investigadas as variáveis gênero, idade (maior ou menor que 40 anos) e o ano de realização do exame (2007 a 2011), resultando em uma amostra final de 909 laudos polissonográficos. Para a análise estatística foi utilizado o software SPSS versão 10.0. Utilizou-se teste Qui-quadrado e o nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Foi verificada uma prevalência de 5,28% pacientes diagnosticados como portadores de BS e SAHOS. Os resultados não demonstraram associação entre a prevalência da comorbidade BS/SAHOS com o gênero e a idade dos pacientes, considerando o nível de 5% de significância (p?0,05). Não houve predileção estatística por gênero ou grupo etário. Conclusão: A comorbidade entre o BS e a SAHOS é prevalente na população, apesar de não ter sido evidenciada uma associação significativa entre esse quadro clínico, o gênero e a idade dos pacientes. Essa relação representa um importante desafio no manejo desses pacientes, tornando-se necessário que todos os problemas clínicos associados sejam relacionados e avaliados por uma equipe multidisciplinar capacitada para tal finalidade.


Objective: To investigate the prevalence of comorbidity between the sleep bruxism (SB) and the obstructive sleep apnea-hypopnea syndrome (OSAHS) in the polysomnographic findings of 909 patients with sleep disturbance. The association of this comorbidity with patient?s age and gender was also verified. Method: An epidemiological study with a population basis was undertaken. A non-probabilistic sample of 1,200 medical reports from patients with supposed sleep disturbances referred to a sleep medicine laboratory between March/2007 and June/2011 was reviewed. The data were collected by a single investigator. The following diagnoses were included: SB, apnea, OSAHS (apnea, snoring and micro awakenings) and insomnia. The additional investigated variables were gender, age (below or over 40 years) and the year of examination (2007 to 2011), which resulted in a final sample of 909 polysomnographic reports. The SPSS v.10.0 software was used for statistical analysis. The chi-square test was employed and the significance level was set at 5%. Results: There was a 5.28% prevalence of patients diagnosed as SB and OSAHS bearers. The results revealed no association between SB/OSAHS comorbidity prevalence and patients? age or gender (p?0.05). There was no statistical predilection for a gender or an age group. Conclusion: The SB/OSAHS comorbidity was prevalent in the surveyed population, although there was no evidence of a significant association of this clinical scenario with patients? gender and age. Such a relationship is a major challenge in the management of these patients, requiring that all associated clinical issues are reported and evaluated by a multidisciplinary team specially habilitated for this purpose.


Assuntos
Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico , Bruxismo do Sono/diagnóstico , Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono , Transtornos do Sono-Vigília/diagnóstico , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Epidemiológicos , Registros Médicos
12.
São Paulo; s.n; 2012. 152 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866481

RESUMO

O avançar da idade é reconhecidamente um fator de risco para a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). O motivo dessa constatação está associado à diminuição do tônus da musculatura orofaringeana e à redução da Dimensão Vertical de Oclusão (DVO), esta última atribuída às perdas dentárias. A abordagem odontológica, no tratamento da SAOS, refere-se ao uso de Aparelho de Avanço Mandibular (AAM), que impede a obstrução, parcial ou total, da passagem do ar pela via respiratória alta, durante o sono. Os pacientes desdentados, no entanto, têm sido negligenciados, nos estudos atualmente realizados. Pelo exposto, este trabalho objetivou avaliar os efeitos do tratamento em variáveis polissonográficas, ronco, sonolência, qualidade do sono e ainda os efeitos colaterais pelo uso do AAM titulável, em pacientes idosos e desdentados portadadores de SAOS. A metodologia envolveu inicialmente, cinquenta pacientes, dos quais dezesseis realizaram polissonografia de noite inteira, com gravação do ronco, por meio de um Roncômetro, visando investigação objetiva do sono. Analisaram-se subjetivamente frequência e intensidade do ronco, por questionários. A Escala Visual Analógica de Ronco (EVAR), aplicada ao parceiro de quarto, permitiu, igualmente, que fosse avaliada a intensidade desse sintoma. A sonolência diurna foi quantificada pela Escala de Sonolência de Epworth e a qualidade do sono, pelo Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh.


Confecção individualizada dos AAMs respeitou os princípios biológicos relativos à DVO. Durante uma semana após a instalação, os pacientes utilizavam o AMM sem qualquer avanço mandibular, visando redução de quaisquer desconfortos. Subsequentemente, o protocolo estabelecia titulação gradual e progressiva (30%, 50% e 70%) do aparelho. Transposta a etapa de adaptação, após um período superior a quinze dias, as avaliações iniciais foram repetidas Os efeitos colaterais pelo uso do AAM e adesão ao tratamento foram investigados, a partir de questionários. Doze pacientes completaram o estudo (83,3% mulheres), sendo a media de idade 68 anos e índice de massa corporal médio de 28,3 kg/m2. Os resultados permitiram observar reduções significantes no índice de dessaturação de O2 (17,710,1 eventos/h, p=0,05) e índice de apneia (3,10,9 eventos/h, p=0,02). O uso do AAM evidenciou também diminuições na latência do sono REM, movimentos períodicos de perna, saturação mínima de O2, índice de apneia e hipopneia, na posição supina (p>0,05). O estudo objetivo do ronco apontou redução de 49,522,6 eventos/h (p=0,07). Além do mais, as avaliações subjetivas de frequência (p=0,024) e intensidade (p=0,007) do ronco, EVAR (p=0,003), qualidade do sono (p=0,008), efeitos colaterais e adesão ao AAM foram estatisticamente significantes. Foi possível concluir pela eficácia do tratamento sobre algumas variáveis polissonográficas estudadas, parâmetros subjetivos do ronco e qualidade do sono. Ademais, os sintomas relatados, pelo uso do AAM, reduziram-se ao longo do tempo, o que permitiu, com vantagem, que houvesse maior adesão ao tratamento por parte dos pacientes inseridos nesta pesquisa.


Aging process is well known as a risky factor to Obstructive Sleep Apnea Syndrome (OSAS). Concomitant with this process, the reduction of orofacial and pharyngeal musculature tone, as well as the decrease of Vertical Occlusion Dimension (VOD), the latter attributed to tooth loss, have been considered as probable causal agents involved in OSAS pathogenesis. The Dentistry approach for OSAS treatment is commonly related to the use of Mandibular Advancement Devices (MAD), which could prevent partial or complete upper airway obstruction during sleep. However, this treatment has been scarcely used in toothless patients. The aim of this study was to assess the effects of a titratable MAD in polysomnographic (PSG) variables, snoring, sleepiness, sleep quality and side effects, in edentulous elderly patients with OSAS. Sixteen out of fifty patients assessed have been selected and have undergone an overnight polysomnographic study. Snoring was recorded by using suitable equipment, so that an objective assessment of sleep patterns could be made. The frequency and intensity of snoring have also been subjectively assessed by means of questionnaires. The Snoring Visual Analogic Scale (SVAS), posed to a bed partner, was also assessed to evaluate snoring intensity. Excessive daytime sleepiness and the quality of sleep have also been investigated by Epworth Sleepiness Scale and Pittsburgh Sleep Quality Index, respectively. The patients went through the whole process for individually manufacturing of the MAD following the biological principles of the VDO.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Boca Edêntula/diagnóstico , Oclusão Dentária , Envelhecimento/genética , Síndromes da Apneia do Sono/diagnóstico , Transtornos do Sono-Vigília/diagnóstico
13.
Rev. odonto ciênc ; 25(1): 32-36, jan.-mar. 2010. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874077

RESUMO

Purpose: The aim of this study was to test the association between quality of sleep and stress in individuals with temporomandibular disorder (TMD). Methods: The study sample consisted of 354 adult subjects (males and females) from the municipality of Piacatu, São Paulo state, in the Southeast region of Brazil. Data were collected using the Fonseca Questionnaire to record the level of TMD, the Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI) to assess quality of sleep and the Social Readjustment Rating Scale (SRRS) to record stress level. The data were analyzed by the software Epi Info 2000 version 3.2 using a chi-square test at the 0.05 level of significance. Results: One hundred and eighty (50.8%) subjects had some level of TMD. The statistical analysis showed a significant relationship between the three stress scores and the presence or absence of sleep disorders, considering an overall PSQI score > 5 as an indicator of a subject with sleep problems (P<0.01). Conclusion: Both quality of sleep and stress levels were associated with TMD in this sample.


Objetivo: O objetivo deste trabalho foi comparar níveis de estresse e qualidade do sono em indivíduos com DTM. Metodologia: O universo desta pesquisa constituiu-se por 354 indivíduos de ambos os sexos do município de Piacatu, SP, Brasil. Os dados foram coletados através do uso de: Questionário de Fonseca para verificar o grau de DTM, Índice da Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI) para a qualidade do sono e a Escala de Reajustamento Social (SRRS) para o grau de estresse. Os dados foram tabulados por meio do programa Epi Info 2000, versão 3.2, e analisados estatisticamente por meio do Teste Qui-Quadrado, ao nível de significância de 5%. Resultados: Do total, 180 (50,8%) apresentavam algum grau de disfunção temporomandibular, sendo que destes, 96 (53,3%) tinham distúrbios do sono e 107 (59,4%) graus mais elevados de estresse. O teste estatístico mostrou relação entre os fatores analisados (P<0,01). Conclusão: Há associação estatisticamente significativa entre qualidade do sono e estresse em indivíduos com DTM.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos do Sono-Vigília , Estresse Psicológico , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular/complicações , Inquéritos e Questionários
14.
Rev. odonto ciênc ; 25(1)jan.-mar. 2010. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-549603

RESUMO

Purpose: The aim of this study was to test the association between quality of sleep and stress in individuals with temporomandibular disorder (TMD). Methods: The study sample consisted of 354 adult subjects (males and females) from the municipality of Piacatu, São Paulo state, in the Southeast region of Brazil. Data were collected using the Fonseca Questionnaire to record the level of TMD, the Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI) to assess quality of sleep and the Social Readjustment Rating Scale (SRRS) to record stress level. The data were analyzed by the software Epi Info 2000 version 3.2 using a chi-square test at the 0.05 level of significance. Results: One hundred and eighty (50.8%) subjects had some level of TMD. The statistical analysis showed a significant relationship between the three stress scores and the presence or absence of sleep disorders, considering an overall PSQI score > 5 as an indicator of a subject with sleep problems (P<0.01). Conclusion: Both quality of sleep and stress levels were associated with TMD in this sample.


Objetivo: O objetivo deste trabalho foi comparar níveis de estresse e qualidade do sono em indivíduos com DTM. Metodologia: O universo desta pesquisa constituiu-se por 354 indivíduos de ambos os sexos do município de Piacatu, SP, Brasil. Os dados foram coletados através do uso de: Questionário de Fonseca para verificar o grau de DTM, Índice da Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI) para a qualidade do sono e a Escala de Reajustamento Social (SRRS) para o grau de estresse. Os dados foram tabulados por meio do programa Epi Info 2000, versão 3.2, e analisados estatisticamente por meio do Teste Qui-Quadrado, ao nível de significância de 5%. Resultados: Do total, 180 (50,8%) apresentavam algum grau de disfunção temporomandibular, sendo que destes, 96 (53,3%) tinham distúrbios do sono e 107 (59,4%) graus mais elevados de estresse. O teste estatístico mostrou relação entre os fatores analisados (P<0,01). Conclusão: Há associação estatisticamente significativa entre qualidade do sono e estresse em indivíduos com DTM.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos do Sono-Vigília , Estresse Psicológico , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular/complicações , Inquéritos e Questionários
15.
Rev. bras. odontol ; 66(2): 223-227, jul.-dez. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-562669

RESUMO

O trabalho tem por objetivo revisar a literatura sobre a etiologia e formas de tratamento para o bruxismo. Pôde-se observar que, após a revisão, a etiologia é multifatorial e o tratamento ainda é discutível. O profissional, cirurgião-dentista, deve conhecer os sinais e sintomas desta parafunção para elaborar um diagnóstico e medidas terapêuticas corretas.


Assuntos
Bruxismo do Sono/etiologia , Bruxismo do Sono/terapia , Transtornos do Sono-Vigília , Articulação Temporomandibular
16.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 50(1): 25-29, abr. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874415

RESUMO

Objetivou-se neste trabalho verificar a associação do sexo, classe econômica, qualidade do sono e estresse com a ocorrência de vibrações articulares. A população deste estudo constituiu-se inicialmente por 160 indivíduos de ambos os sexos do município de Piacatu, São Paulo, Brasil, nos quais aplicou-se o Questionário de Fonseca, para verificar o grau de DTM. Posteriormente, os indivíduos com disfunção moderada e severa foram classificados economicamente por meio do Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB), responderam à tradução do Questionário de Avaliação do Sono de Toronto (SAQ) e a Escala de Reajustamento Social (SRRS), para verificar o grau de estresse. Realizou-se também exame eletrovibratográfico. Do total, 37 (23,1%) indivíduos apresentavam disfunção moderada ou severa, sendo que destes, 20 (54,1%) eram do sexo feminino, 21 (56,8%) pertenciam a “Classe D”, 29 (78,4%) apresentavam distúrbios do sono, 24 (64,8%) graus mais elevados de estresse e 19 (51,4%) vibração articular. Há associação estatisticamente significativa da qualidade do sono e classe econômica na ocorrência de vibrações articulares.


This study aimed to verify the association of gender, economic class, quality of sleep and stress with the occurrence of joint vibration. The population of this study was made up initially by 160 individuals of both sexes in the city of Piacatu, São Paulo, Brazil, which applied the Fonseca’s Questionnaire, to check the degree of temporomandibular joint dysfunction (TMD). Later, individuals with moderate and severe dysfunction were classified economically through the Criterion of Economic Classification Brazil (CCEB), aswered to the translation of the Sleep Assessment Questionnaire of Toronto (SAQ) and the Social Readjustment Rating Scale (SRRS), to verify the degree of stress. There was also an examining of electrovibratographic. From the total, 37 (23.1%) subjects had moderate or severe dysfunction, of which 20 (54.1%) were female, 21 (56.8%) belonged to “D Class”, 29 (78.4%) had sleep disorders, 24 (64.8%) higher degrees of stress and 19 (51.4%) joint vibration. There is a statistically significant association between quality of sleep and economic class in the occurrence of joint vibration.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Estresse Psicológico/complicações , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular , Transtornos do Sono-Vigília/complicações , Inquéritos e Questionários , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos
17.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-611963

RESUMO

Objetivou se neste trabalho verificar a associação do sexo, classe econômica, qualidade do sono e estresse com a ocorrência de vibrações articulares. A população deste estudo constituiu seinicialmente por 160 indivíduos de ambos os sexos do município dePiacatu, São Paulo, Brasil, nos quais aplicou se o Questionário de Fonseca, para verificar o grau de DTM. Posteriormente, os indivíduos com disfunção moderada e severa foram classificados economicamente por meio do Critério de Classificação EconômicaBrasil (CCEB), responderam à tradução do Questionário de Avaliação do Sono de Toronto (SAQ) e a Escala de Reajustamento Social (SRRS), para verificar o grau de estresse. Realizouse também exame eletrovibratográfico. Do total, 37 (23,1%) indivíduosapresentavam disfunção moderada ou severa, sendo que destes, 20 (54,1%) eram do sexo feminino, 21 (56,8%) pertenciam a “Classe D”, 29 (78,4%) apresentavam distúrbios do sono, 24(64,8%) graus mais elevados de estresse e 19 (51,4%) vibraçãoarticular. Há associação estatisticamente significativada qualidade do sono e classe econômica na ocorrência de vibrações articulares.


This study aimed to verify the association of gender, economicclass, quality of sleep and stress with the occurrence of joint vibration. The population of this study was made up initially by 160 individuals of both sexes in the city of Piacatu, São Paulo, Brazil,which applied the Fonseca’s Questionnaire, to check the degree oftemporomandibular joint dysfunction (TMD). Later, individuals withmoderate and severe dysfunction were classified economically through the Criterion of Economic Classification Brazil (CCEB), aswered to the translation of the Sleep Assessment Questionnaire of Toronto (SAQ) and the Social Readjustment Rating Scale(SRRS), to verify the degree of stress. There was also an examining of electrovibratographic. From the total, 37 (23.1%) subjects had moderate or severe dysfunction, of which 20 (54.1%) were female, 21 (56.8%) belonged to “D Class”, 29 (78.4%) had sleep disorders, 24 (64.8%) higher degrees of stress and 19 (51.4%) joint vibration. There is a statistically significant association between quality ofsleep and economic class in the occurrence of joint vibration.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Estresse Psicológico/complicações , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular , Transtornos do Sono-Vigília/complicações , Inquéritos e Questionários , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos
18.
Ciênc. odontol. bras ; 12(1): 31-36, 2009. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-524152

RESUMO

O bruxismo do sono é uma das atividades parafuncionais mais abordados na Odontologia, especialmente devido a questões controversas quanto à sua prevalência e etiologia. Os estudos realizados na área conseguem, tão somente, amenizar seu potencial destrutivo, mas não estabelecem, todavia, uma relação direta entre causa e efeito. A literatura considera atualmente o estresse, a fisiologia do sono, algumas drogas e, em menor escala, a oclusão, como fatores desencadeadores deste comportamento parafuncional. O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre bruxismo do sono e distúrbios do sono, em policiais militares da cidade de São Luís-MA. Os resultados revelaram que não houve associação significante entre bruxismo do sono e distúrbios do sono (p=0,07). Conclui-se, portanto que apesar de o bruxismo ocorrer duranteo sono, ele não interfere na qualidade do mesmo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Bruxismo , Bruxismo do Sono , Transtornos do Sono-Vigília
19.
Rev. Clín. Ortod. Dent. Press ; 7(5): 93-98, out.-nov. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-856211

RESUMO

O ronco e a apnéia obstrutiva do sono podem levar a diversos problemas de saúde. Hipertensão arterial e pulmonar, infarto, acidente vásculo-cerebral, impotência e depressão são alguns exemplos de doenças que se instalam mais facilmente quando ocorre a apnéia do sono. O cirurgião-dentista inserido em uma equipe multidisciplinar é um profissional altamente requisitado para o diagnóstico e tratamento destes distúrbios do sono. Dentre os tratamentos recomendados, a terapia com placas intrabucais se mostra uma excelente alternativa não-invasiva, alcançando ótimos resultados


Assuntos
Idoso , Humanos , Feminino , Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico , Apneia Obstrutiva do Sono/terapia , Ronco/diagnóstico , Ronco/terapia , Transtornos do Sono-Vigília/diagnóstico , Transtornos do Sono-Vigília/terapia
20.
RFO UPF ; 12(3): 74-78, set.-dez. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873366

RESUMO

O bruxismo do sono é um movimento orofacial incomun, descrito como uma parafunção em odontologia e como uma parassonia na medicina do sono. A observação dos pacientes mostra que existe uma associação entre o despertar do sono e o bruxismo e que uma mudança na macro e/ou na microestrutura do sono pode preceder a parafunção. Diversos estudos feitos com exames polissonográficos identificaram e caracterizaram o bruxismo, relacionando-o com alterações conjugadas com distúrbios do sono e/ou deles decorrentes. Os artigos revisados demonstram uma associação entre bruxismo e despertares do sono e revelam ser uma atividade motora exagerada e involuntária. Concluem também sobre a importância do diagnóstico, por meio de polissonografia, do bruxismo do sono e de sua relação com outros distúrbios que ocorrem durante esse período.


Assuntos
Humanos , Bruxismo do Sono , Polissonografia , Transtornos do Sono-Vigília
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA