Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 137
Filtrar
1.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 41(2): 22-27, maio-ago.2020. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1102666

RESUMO

As fraturas panfaciais acometem concomitantemente os terços superior, médio e inferior da face, decorrentes de acidentes automobilísticos, arma de fogo, atropelamento, agressão física, entre outros. Essas fraturas geralmente envolvem osso frontal, zigomático, maxila, mandíbula e ossos nasais, necessitando assim, fixação interna rígida através do uso de miniplacas e parafusos com o propósito de estabilizar as estruturas fraturadas, dar suporte aos tecidos moles e evitar deformidades estéticas da face. O objetivo deste trabalho é relatar o manejo cirúrgico de um caso clinico atendido em um hospital público de Salvador/BA, no qual a vítima apresenta ampla laceração na face e fratura exposta do terço médio da face. O tratamento executado sob anestesia geral foi redução dos cotos ósseos fraturados, fixação com miniplacas e parafusos, reconstrução imediata dos tecidos moles acometidos(AU)


Panfacial fractures affect concomitantly the upper, middle, lower third of the face, resulting from automobile accidents, firearms, hit-and-run, physical aggression, among others. These fractures usually involve frontal bone, zygomatic, maxilla, jaw and nasal bones, thus requiring rigid internal fixation through the use of miniplates and screws in order to stabilize fractured structures, support soft tissues avoiding aesthetic face deformities. The objective of this work is to report the surgical management of a clinical case attended in a public hospital in Salvador/BA, in which the victim has wide laceration of the face and exposed fracture of the middle third of the face. Treatment performed under general anesthesia was reduction of fractured bone stumps, fixation with miniplates and screws, immediate reconstruction of the affected soft tissues(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Ossos Faciais/lesões , Traumatismos Faciais , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos , Face/cirurgia
2.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 40(3): 45-48, set.-dez. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1102227

RESUMO

Objetivo: O presente estudo consiste em relatar o caso clínico de um paciente com fratura panfacial e abordagem cirúrgica de emergência para realização de fixação interna rígida e sua reabilitação. Descrição do Caso: Paciente do gênero masculino, 46 anos, vítima de acidente automobilístico, deu entrada no serviço de emergência do Hospital Geral do Estado da Bahia (HGE-BA) cursando com múltiplas fraturas em face. Foi planejada abordagem, sob anestesia geral e intubação orotraqueal com derivação submentual, em razão de fratura de base anterior de crânio, fratura dos ossos próprios nasais e necessidade de bloqueio maxilomandibular no transcirúrgico. Paciente acompanhado no pós-operatório, evoluindo com projeção facial satisfatória, oclusão estável, boa permeabilidade nasal e sem deformidade dentofacial. Conclusão: As fraturas panfacias são desafiadoras, e seu planejamento cirúrgico deve ser estabelecido visando o posicionamento adequado dos fragmentos fraturados e a preservação das estruturas anatômicas faciais, devolvendo função e garantindo o mínimo de sequelas para o paciente(AU)


Purpose: The present study consists in reporting the clinical case of a patient with panfacial fracture, with an emergency surgical approach to perform rigid internal fixation for patient rehabilitation. Case description: A 46-year-old male patient, victim of an automobile accident, was admitted to the emergency department of the Hospital Geral do Estado da Bahia (HGE-BA), attending multiple fractures in the face. The approach was planned under general anesthesia and orotracheal intubation with submental shunt, due to anterior skull fracture, fracture of the nasal bones and the need for maxillomandibular block in the trans-surgical. Patient followed postoperatively, evolving with satisfactory facial projection, stable occlusion, good nasal permeability, and no dentofacial deformity. Conclusions: Panfacial fractures are challenging, and their surgical planning must be established aiming at the adequate positioning of fractured fragments and preservation of facial anatomical structures, restoring function and ensuring a minimum of sequelae for the patient(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Fraturas Cranianas , Ossos Faciais/lesões , Traumatismos Faciais , Traumatismos Faciais/cirurgia , Fixação de Fratura
3.
Araçatuba; s.n; 2019. 111 p. graf, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1051137

RESUMO

Introdução: A violência contra a mulher vem se constituindo, nas duas últimas décadas, num fenômeno múltiplo e complexo que exige estudos e reflexões que embasem as compreensões desta circunstância. Pacientes vitimadas por agressões apresentam distúrbios físicos, psicológicos e emocionais que interferem na integridade da saúde, resultando em sofrimento psíquico e adoecimento mental. Objetivo: Objetiva-se nesta tese verificar o impacto da violência na qualidade de vida das vítimas, analisando as consequências físicas e psíquicas das agressões exercidas contra elas. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, quantitativo, com dados provenientes de inquérito, onde foram avaliadas um total de 156 mulheres, num município de porte médio do Estado São Paulo, organizado em três artigos. No primeiro artigo, busca-se analisar a experiência de dez mulheres que sofreram violência física, atingidas na região da cabeça, face e pescoço, que tiveram como resultantes lesões graves ou gravíssimas. No segundo artigo, avalia-se as doenças e transtornos gerados pela exposição aos eventos traumáticos em 80 mulheres que registraram a ocorrência na Delegacia de Atendimento à Mulher e 66 que não foram violentadas e estavam em atendimento numa Unidade Básica de Saúde, estabelecendo uma comparação. No terceiro artigo, com as mesmas participantes, buscou-se estabelecer uma associação entre a vitimização da violência e o nível do cortisol salivar, buscando identificar os níveis de depressão, comparando os dois grupos de mulheres. Resultados: No primeiro estudo, observou-se que o uso do álcool e de drogas pode ser apontado como fator de risco para a permanência da violência. No segundo verificou-se que o transtorno de estresse pós-traumático, associado ao estresse, a psicopatologias, desenvolve-se após a exposição a experiências traumáticas agudas ou repetidas; sua vulnerabilidade da vítima está associada a alterações em que as respostas comportamentais se tornam exageradas e/ou resistentes à extinção ou em alguns casos resilientes. No último artigo, observou-se que a concentração salivar de cortisol, como índice fisiológico, tem relação direta com o estresse e a depressão nas mulheres violentadas. Conclusões: 1. A violência exerce um impacto negativo na qualidade de vida das vítimas e está associada ao uso de álcool e drogas pelos agressores, e a área da saúde e a rede intersetorial são importantes. 2. A violência contra as mulheres gera traumas físicos, transtorno de estresse pós-traumático, e estresse, depressão, além de alterar as respostas comportamentais e aumentar o nível do cortisol. 3. Os níveis de cortisol salivar tem relação direta com o grau de estresse e depressão nas mulheres violentadas e o cortisol pode ser utilizado para avaliar a depressão como biomarcador. A violência perpetrada sobre a mulher constitui-se num sério problema de saúde pública, com custos sociais e individuais elevados. Exigindo ações que desvendem ou miniminizem essa complexidade e possibilitem o desenvolvimento de estratégias para um melhor atendimento às vítimas, visando a preservação da qualidade de vida(AU)


Introduction: Violence against women has become, in the last two decades, a multiple and complex phenomenon that requires studies and reflections that support the understanding of this circumstance. Patients victimized by aggressions present physical, psychological and emotional disturbances that interfere with health integrity, resulting in psychological distress and mental illness. Objective: The objective of this thesis is to verify the impact of violence on the quality of life of the victims, analyzing the physical and psychological consequences of the aggressions against them. Methodology: This is a cross-sectional, quantitative study with data from a survey, in which a total of 156 women were evaluated in a medium size municipality in the State of São Paulo, organized in three articles. In the first article, the objective is to analyze the experience of ten women who suffered physical violence, affected in the region of the head, face and neck, resulting in serious or very serious injuries. In the second article, the diseases and disorders generated by the exposure to traumatic events were evaluated in 80 women who registered the occurrence at the Women's Assistance Station and 66 who were not raped and were attending a Basic Health Unit, establishing a comparison. In the third article, with the same participants, an attempt was made to establish an association between the victimization of violence and the salivary cortisol level, seeking to identify the levels of depression, comparing the two groups of women. Results: In the first study, it was observed that the use of alcohol and drugs can be pointed as a risk factor for the permanence of violence. In the second, it was verified that post-traumatic stress disorder, associated to stress, to psychopathologies, develops after exposure to acute or repeated traumatic experiences; their vulnerability to the victim is associated with changes in which behavioral responses become exaggerated and / or resistant to extinction or in some cases resilient. In the last article, it was observed that the salivary concentration of cortisol, as a physiological index, is directly related to stress and depression in the raped women. Conclusion: 1. The violence has a negative impact on the quality of life of the victims and is associated with the use of alcohol and drugs by the aggressors, and the health area and the intersectoral network are important. 2. Violence against women generates physical trauma, post-traumatic stress disorder, and stress, depression, as well as altering behavioral responses and increasing the level of cortisol. 3. Salivary cortisol levels are directly related to the degree of stress and depression in raped women, and cortisol can be used to evaluate depression as a bio-marker. Violence against women is a serious public health problem, with high individual and social costs. Demanding actions that unravel or minimize this complexity and enable the development of strategies to better serve the victims, aiming at preserving the quality of life(AU)


Assuntos
Qualidade de Vida , Saúde Mental , Violência contra a Mulher , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Estresse Psicológico , Ferimentos e Lesões , Hidrocortisona , Depressão , Traumatismos Faciais
4.
Full dent. sci ; 10(40): 69-73, 2019. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1050360

RESUMO

As fraturas de mandíbula são as mais comuns no campo da Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial. Acometem cerca de 42,5% dentre os traumas faciais. O método a ser escolhido para o tratamento depende de diversos fatores, como o deslocamento e a cominuição dos fragmentos ósseos, a presença de má oclusão, a ação muscular local, a idade do paciente e a habilidade do cirurgião. Este trabalho tem por objetivo relatar um caso de fratura bilateral de mandíbula em corpo esquerdo e ângulo direito, tratado através de fixação interna rígida e técnica de Champy. Esta abordagem mostrou-se eficaz e segura neste tratamento, além de evitar cicatrizes antiestéticas e lesões às estruturas adjacentes. Um resultado pós-operatório de 3 meses é apresentado (AU).


Mandibular fractures are the most common in the field of Buccomaxillofacial Surgery and Traumatology. The prevalence rate is about 42.5% of facial traumas. The method of choice for the treatment depends on several factors, such as displacement and comminution of the bone fragments, presence of malocclusion, local muscular action, the age of the patient and the surgeon's skill. This paper aims to report a case of bilateral mandibular fracture in the left body and right angle treated through rigid internal fixation and the Champy technique. This approach proved to be effective and safe in this treatment, besides avoiding unsightly scars and lesions on adjacent structures. A 3-month postoperative result is presented (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Traumatismos Faciais , Fixação Interna de Fraturas , Fraturas Maxilomandibulares , Brasil , Radiografia Panorâmica/instrumentação , Tomografia Computadorizada por Raios X/instrumentação
5.
Rev. Cient. CRO-RJ (Online) ; 3(3): 43-48, Sept.-Dec. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1022012

RESUMO

Introduction: Among the determinant factors for the implant-supported prosthesis longevity is the exact and comprehensive process of impression which results is the passive prosthesis fitting. Objective: To compare the accuracy of transfer coping impression techniques with or without splinting, after the isolation of the factors associated to the passive fitting. Method: Based on the control group composed by an edentulous mandibular master model (self-cured acrylic resin) with four external hexagon parallel implants splinting with a metallic bar, four customized open trays were constructed with self-cured acrylic. Ten impressions were made with condensation silicone ( Xantopren ®), poured with type IV plaster ( Durone ®), and then divided into two groups: Group 1 (n=5) ­ non-splinting multi unit transfer copings; and Group 2 (n=5) ­ splinting multi unit transfer copings with a bar constructed with self-cured acrylic resin ( Palavit G ®) and dental floss, with the aid of an addition silicon mold ( Elite Double ® Zhermack) . Next, the bar was cut and splinted again. The ten transfer molds were measured at the center of the labial surface of each implant with the aid of Stereoscopic Magnifying Glass ( Physis ®) with x60 magnification. The results were tabulated and submitted to non-parametric statistics through Kruskal-Wallis test (p<0.05). Results: The means were: 22.44 µm (±7) for control group, 26.86 µm (±10) for direct splinting, and 24.70 µm (±13) for direct non-splinting technique. Conclusion: No statistically significant differences were found between the tested techniques.


Introdução: Entre os fatores determinantes para a longevidade de uma prótese implanto suportada, está o processo exato e meticuloso de moldagem dos implantes osseointegrados, implicando diretamente no assentamento passivo da prótese. Objetivo: Comparar a precisão das técnicas de moldagem com e sem união dos transferentes isolando os fatores que podem estar associados ao ajuste passivo. Métodos: A partir de um grupo controle composto por um modelo mestre (em resina acrílica quimicamente ativada) mandibular desdentado com quatro implantes de conexão externa posicionados paralelamente e unidos por uma barra metálica. Foram confeccionadas dez moldeiras em resina acrílica quimicamente ativada (todas abertas). Dez impressões foram feitas com silicone de condensação Xantopren ®, e vertidas com gesso tipo IV, Durone ®, divididas em dois grupos: Grupo 1 (n=5) ­ Pilares multi unit não unidos e Grupo 2 (n=5) ­ Pilares multi unit unidos por uma barra confeccionada com fio dental e resina acrílica autopolimerizável, Palavit G ®, através de um molde de silicone de adição, Elite Double ® Zhermack . Em seguida, a barra foi seccionada e reunida. Os dez modelos de transferência foram mensurados no centro da face vestibular de cada um dos implantes através de uma lupa estereoscópica ( Physis ®) com ampliação de 60 vezes. Os resultados foram tabulados e submetidos à análise estatística não paramétrica, teste Kruskal-Wallis (p<0,05). Resultados: As médias aritméticas encontradas foram de 22,44 µm (±7) para grupo controle, 26,86 µm (±10) para técnica direta com esplintagem e 24,70 µm (±13) para técnica direta sem esplintagem. Conclusão: Não foi identificado diferenças estatísticas significantes entre as técnicas experimentadas.


Assuntos
Traumatismos Faciais , Idoso , Acidentes de Trânsito , Distribuição de Qui-Quadrado , Traumatismos Craniocerebrais
6.
Arch. Health Invest ; 7(12): 511-514, dez. 2018. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994824

RESUMO

Introdução: Os ossos nasais são os mais proeminentes do esqueleto facial, tornando esses os mais frequentes nas fraturas faciais, sendo o terceiro osso mais comumente fraturado do esqueleto humano. Objetivo: Apresentar um relato de caso de fratura nasal em um paciente pediatrico tratado com redução incruenta. Método: Estudo descritivo com um paciente que apresentou diagnóstico clínico/imaginológico de fratura nasal. Conclusão: O tratamento através de redução incluenta mostrou-se adequado em pacientes pediatricos. A ocorrência de traumatismos e lesões associadas a fraturas nasais reforça a importância de uma abordagem multidisciplinar(AU)


Introduction: Nasal bones are the most prominent of the facial skeleton, making them the most frequent in facial fractures, being the third most commonly fractured bone of the human skeleton. Purpose: To present a case report of a nasal fracture in a pediatric patient treated with a bloodless reduction. Method: Descriptive study with a patient who presented clinical / imaging diagnosis of nasal fracture. Conclusion: Treatment through reduction included was adequate in pediatric patients. The occurrence of trauma and lesions associated with nasal fractures reinforces the importance of a multidisciplinary approach(AU)


Introducción: Los huesos nasales son los más prominentes del esqueleto facial, haciéndolos los más frecuentes en las fracturas faciales, siendo el tercer hueso más comúnmente fracturado del esqueleto humano. Objetivo: Presentar un relato de caso de fractura nasal en un paciente pediatrico tratado con reducción incruenta. Método: Estudio descriptivo con un paciente que presentó diagnóstico clínico / imaginológico de fractura nasal. Conclusión: El tratamiento a través de la reducción incluye se muestra apropiado en pacinas pediátricas. La ocurrencia de traumatismos y lesiones asociadas a fracturas nasales refuerza la importancia de un enfoque multidisciplinario(AU)


Assuntos
Osso Nasal/lesões , Fraturas Ósseas , Traumatismos Faciais , Osso Nasal/diagnóstico por imagem
7.
Arch. Health Invest ; 7(11): 470-471, nov. 2018. ilus
Artigo em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-994771

RESUMO

A male patient with facial trauma by road traffic accident arrived in the emergency room and he was assisted by the Trauma and Neurosurgery team. After clinical evaluation a frontal sinus anterior wall fracture plus a nasal fracture were diagnosed. On the primary OMS examination was checked multiple facial lacerations and gross nasal dorsum deviation with pain, nasal airway obstruction and crepitus with clinical diagnosis of a nasal fracture. After radiologic exam a piece of windshield glass that was superimposed on the nasal bones simulating a nasal fracture was visualized. This paper presents clinical data and literature review of foreign body mimicking facial fractures(AU)


Paciente do sexo masculino com trauma facial por acidente de trânsito foi avaliado na sala de emergência e foi atendido pelas equipes de Trauma e Neurocirurgia. Após avaliação clínica, foi diagnosticada fratura da parede anterior do seio frontal e fratura nasal. No exame facial foram verificadas múltiplas lacerações faciais e desvio do dorso nasal com dor, obstrução das vias aéreas e crepitação com diagnóstico clínico de fratura nasal. Após o exame radiográfico visualizou-se fragmento de vidro do pára-brisa que estava sobreposto nos ossos nasais simulando fratura. Este artigo apresenta dados clínicos e revisão de literatura de corpo estranho, mimetizando fraturas faciais(AU)


Un paciente masculino con trauma facial por accidente de tráfico llegó a la sala de emergencia y fue asistido por el equipo de Trauma and Neurocirurgia. Después de la evaluación clínica, se diagnosticaron fracturas de la pared anterior del seno frontal más una fractura nasal. En el examen primario de OMS se verificaron múltiples laceraciones faciales y desviación neta del dorso nasal con dolor, obstrucción nasal de las vías aéreas y crepitación con diagnóstico clínico de fractura nasal. Después del examen radiológico, se visualizó un trozo de vidrio del parabrisas superpuesto a los huesos nasales que simulaba una fractura nasal. Este artículo presenta datos clínicos y revisión de la literatura de cuerpos extraños que imitan fracturas faciales(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Nariz/lesões , Traumatismos Faciais , Seio Frontal/lesões , Acidentes de Trânsito
8.
Full dent. sci ; 9(34): 24-31, 2018. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-987598

RESUMO

Acidentes automobilísticos são os principais responsáveis pelas fraturas que acometem pelo menos dois dos terços da face, denominadas fraturas panfaciais ou complexas da face, trauma que necessita de tratamento cirúrgico reabilitador estético e funcional. Este trabalho tem como objetivo relatar um caso clínico de uma paciente vítima de acidente automobilístico com fraturas complexas no terço médio e superior de face. Paciente encaminhada ao serviço de urgência da especialidade Bucomaxilofacial do Hospital Angelina Caron, na cidade de Campina Grande do Sul/PR, para tratamento e conduta após receber atendimento para suporte básico de vida imediato no local do acidente. Através do exame clínico, físico e radiográfico na emergência hospitalar, obteve-se o diagnóstico de fratura complexa fronto-naso-orbitária, fratura dos ossos zigomáticos e fratura tipo Le Fort I completa. Como conduta e tratamento, foram planejadas redução e fixação das fraturas em uma única etapa cirúrgica. O acompanhamento clínico e radiográfico de longo prazo pode ser estabelecido. Concluiu-se que o correto atendimento primário, precisão no diagnóstico, planejamento para redução e osteossíntese dos segmentos fraturados e acompanhamento pós-operatório tanto clínico quanto radiográfico são requisitos essenciais para o sucesso do tratamento das fraturas panfaciais (AU).


Automobile accidents are the main cause for fractures affecting at least two thirds of the face, called panfacial or complex fractures of the face, requiring surgical, aesthetic and functional rehabilitation. This study aims to present a case report of a patient victim of car accident with complex fractures of the middle and upper third of the face. Patient was referred to the emergency department of Bucomaxillofacial specialty of Angelina Caron Hospital in the city of Campina Grande do Sul/PR for treatment and procedures, after receiving assistance for basic immediate life support at the accident site. Through clinical, physical, radiographic examinations, it was obtained the diagnostic of complex fronto-naso-orbital fracture, zygomatic bones fractures, and complete Le Fort I fracture. The procedures and treatment were planned with reduction and fixation in a single surgical step. Clinical and radiographic long-term follow-up was established. It was concluded that correct primary care, diagnosis precision, planning for reduction and osteosynthesis of the fractured segments and clinical and radiographic monitoring are essential requirements for the successful treatment of panfacial fractures.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Ferimentos e Lesões/reabilitação , Acidentes de Trânsito , Ossos Faciais/lesões , Traumatismos Faciais/cirurgia , Fraturas Mandibulares/diagnóstico , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Brasil , Relatos de Casos , Tomografia Computadorizada por Raios X/instrumentação , Fraturas Cominutivas , Fixação Interna de Fraturas/métodos
9.
Full dent. sci ; 10(37): 48-53, 2018. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994836

RESUMO

As fraturas panfaciais são aquelas que acometem pelo menos dois dos três terços da face e podem ou não estar associadas a lesões e complicações sistêmicas, podendo levar ao adiamento do tratamento das lesões faciais conforme a gravidade do quadro geral. Os fatores etiológicos mais comuns envolvidos em traumas faciais com múltiplas fraturas são acidentes automobilísticos e motociclísticos, acidentes esportivos, atropelamentos, agressão física e ferimento por arma de fogo. O objetivo deste estudo foi relatar (ressaltando a complexidade deste tipo de trauma) o caso de um paciente de 29 anos, vítima de atropelamento em via pública, com múltiplas fraturas em face, admitido no Hospital Geral do Estado em Salvador/BA, submetido à cirurgia poucos dias após o trauma, com redução cruenta e fixação das fraturas através do acesso coronal, subciliar e intraoral. O paciente evoluiu sem sequelas, com oclusão estável e harmonia entre os terços da face. Concluiu-se que tratar precocemente as fraturas panfaciais reduz o risco de sequelas e infecções, além de permitir o alinhamento correto dos segmentos fraturados, proporcionando resultado funcional e estético muito mais satisfatório (AU).


Panfacial fractures are those that affect at least two of the three thirds of the face and may or may not be associated with lesions and systemic complications, which may lead to delayed treatment of facial lesions according to the severity of the general condition. The most common etiological factors involved in facial fractures with multiple fractures are automobile and motorcycle accidents, sports accidents, road accidents, physical aggression, and firearm injuries. This study aimed to report (stressing the complexity of this type of trauma) the case of a 29-year-old patient, who was victim of a road accident, with multiple face fractures, who was admitted to the State General Hospital in Salvador/BA, submitted to surgery a few days after trauma, with bloody reduction and fixation of fractures through coronal, subciliary, and intraoral access. The patient evolved without sequelae, with stable occlusion and harmony between the thirds of the face. It was concluded that early treatment of panfacial fractures reduces the risk of sequelae and infections, besides allowing the correct alignment of the fractured segments, providing a much more satisfactory functional and aesthetic result (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Traumatismo Múltiplo/etiologia , Fraturas Ósseas/etiologia , Ossos Faciais/cirurgia , Traumatismos Faciais/cirurgia , Brasil , Tomografia Computadorizada por Raios X/instrumentação , Traumatismos Faciais/reabilitação , Fotografia
10.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 217 p. ilus, mapas, graf, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883975

RESUMO

A presente tese analisou do ponto de vista temporal, espacial e epidemiológica as vítimas de violência física interpessoal. Dados foram obtidos por consulta aos laudos médico-odontológicos do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal‒NUMOL de Campina Grande. Foi realizado o censo para os casos de violência física entre os anos de 2008‒2014. A análise temporal descreveu as taxas por 100,000 habitantes e utilizou o correlograma (associação da série). Inspeções visuais das séries se baseou na construção gráfica por meio do método lowess (locally weigthed scatterplot smoothing) a partir da função tri-cúbica. A análise inferencial da série foi feita por meio da regressão binomial negativa. Utilizou-se o medidor Incidence Rate Ratio (IRR) para cálculo do efeito do tempo; do sexo das vítimas e dos agressores bem como da interação dummy (corte temporal na série). A análise epidemiológica usou o modelo de regressão logística binária e múltipla para verificar associações entre as variáveis (tendo como referência de comparação a violência familiar). O estudo da distribuição espacial baseou-se na Estimativa de Densidade de Kernel (EDK). Ainda foi utilizado dados do Censo Brasil IBGE‒2010 para caracterizar a localidade do setor censitário ao qual cada vítima residia. Entre 2008‒2014 ocorreram 3.321 casos de violência familiar e 4.634 de comunitária. A taxa média anual de violência familiar foi de 6,8/100.000 em 2008, aumentando para 12,6/100,000 em 2014 (aumento da taxa de 11,3% ao ano, p<0,001). A violência comunitária registrou redução de 18,8/100.000 em 2008 para 9,6/100.000 em 2014 (queda de 11% ao ano, p<0,001). Houve um aumento significativo dos casos de violência familiar ao longo do tempo envolvendo vítimas do sexo feminino (p<0,001) e agressores do sexo masculino (p<0,001). Para violência comunitária, as taxas apresentaram redução significativa independentemente do sexo da vítima (p<0,001), e redução significativa nos casos de violência praticada por agressores do sexo masculino p=0,017). Ao analisar a interação dummy na série (2012 como ponto de corte), percebeu-se que após 2012 o aumento de vítimas de violência familiar do sexo feminino foi ainda superior ao período anterior (p=0,007) e uma queda significativa dos casos de violência comunitária entre agressores homens (p<0,001) após 2012. A distribuição epidemiológica mostrou associação para: vítima mulheres; estado civil solteiro; estado civil divorciado; uso de arma de fogo; uso de objetos mistos e agressores homens. A análise espacial evidenciou sete hotspots para violência, com maior densidade de vítimas residentes na Zona Leste da cidade. Os hotspots para violência física estiveram concentrados para vítimas residentes em áreas coincidentes com menor renda familiar por setor censitário. A presente tese sugere um fato preocupante para a situação de violência familiar contra a mulher, devido a um aumento temporal significativo dos casos. Em contrapartida, apontou-se para um declínio de violência comunitária e uma queda para agressores do sexo masculino, sendo este um fator positivo. A análise espacial tornou evidente que algumas áreas da zona urbana em estudo possuem considerável concentração de vítimas residentes, bem como residindo em setores censitários com baixo nível econômico (renda).(AU)


The present thesis analyzed from a temporal, spatial and epidemiological perspective the victims of interpersonal physical violence. Data were obtained consulting the medical-dental reports of the Nucleus of Medicine and Dentistry Legal‒NUMOL of Campina Grande. The census was conducted for cases of physical violence between 2008‒2014. The temporal analysis described the rates per 100,000 population and used the correlogram (series association). Visual inspection of the series was based on the graphical elaboration through lowess method (locally weighted scatterplot smoothing) from the tri-cubic function. The inferential analyze was carried out through negative binomial regression. We used the meter Incidence Rate Ratio (IRR) to calculate the time effect; the sex of the victims and perpetrators effect, as well as the dummy interaction (cut time in the series). The epidemiological analysis used the binary and multiple logistic regression to verify significant associations among the variables (as reference comparison the familial violence). The spatial distribution was based on Kernel Density Estimation (KDE). Data from the Brazil IBGE-2010 Census was also used to characterize the location of the census tract which each victim resided. Between 2008‒2014 occurred 3.321 cases familial violence and 4.634 cases of community violence. The annual rate of familial violence was 6.8/100,000 in 2008, increasing to 12.6 /100,000 in 2014 (an increase of 11.3% per year, p<0,001). The community violence registered a decrease of 18.8 /100,000 in 2008 to 9.6/100,000 in 2014 (decline of 11% per year, p<0,001). There was a significant increase in the familial violence cases over time involving female victims (p<0,001) and male perpetrators (p<0,001). In the community violence, the rates significant declined regardless the victim's sex (p<0,001), and significant reduction for violence perpetrated by men (p=0,017). The analysis for dummy interaction (2012 as cut time), we observed that after 2012 the growth of female victims was even higher than the previous time in the familial violence (p=0,007) and a significant decrease of men perpetrators in the community violence (p<0,001) after 2012. The epidemiologic distribution showed the following association: woman victims; single; divorced; firearm use; mixed object use and men perpetrator. The spatial analysis evidenced seven hotspots for violence, with most victims resident on the East side of the city. Hotspots for physical violence were concentrated for victims living in areas coinciding with lower familial income by census tract. The data of the present thesis suggests an alarming fact for the situation of domestic violence against woman, due to a significant temporal increase of the cases. In addition, man has been predominantly responsible for the aggression in this type of violence. On the other hand, there was a decline in community violence and a drop for male aggressors, a positive factor. The spatial analysis made it clear that some areas of the urban zone under study have a considerable concentration of resident victims, as well as residing in the census tracts with low economic level (income).(AU)


Assuntos
Traumatismos Faciais , Análise Espacial , Estudos de Séries Temporais , Violência , Ferimentos e Lesões , Violência Doméstica , Epidemiologia , Odontologia Legal , Medicina Legal
11.
Braz. j. oral sci ; 16: e17026, jan.-dez. 2017. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883888

RESUMO

Aim: To determine factors that may affect the time of discharge from hospital in patients who underwent maxillofacial trauma. Methods: The sample included 115 patients seen at a public hospital in Brazil, to whom surgical maxillofacial treatment was delivered. Data were obtained from patients' medical records and then followed by a statistical analysis using a 5% significance level. Results: The location of fractures and other clinical features such as the presence of edema and ecchymosis were found to be significantly associated with increased time of discharge from hospital (P < 0.05). When data were modeled using a GML approach, male gender was associated with a lower likelihood of prolonged hospital discharge (OR = 0.84; 95% CI: 0.72­0.98; P < 0.05), while the presence of edema was associated with greater time of hospital discharge (OR = 1.30; 95% CI: 1.14­1.49; P < 0.001). No significant association with age, etiology of trauma, and number of fractures was observed (P > 0.05). Conclusion: Female gender was associated with greater time of hospital discharge, and further concerns should be addressed to the management of lesions following maxillofacial trauma surgical interventions (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Traumatismos Faciais , Registros Médicos , Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde , Alta do Paciente
12.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 38(3): 43-48, set.-dez. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-881675

RESUMO

Das injurias que acometem a face, a fratura da mandíbula encontra-se no segundo lugar na maioria dos estudos, apesar de possuir estrutura óssea densa e resistente. Quando há fratura de mandíbula, devido a ações musculares e descontinuidade do arco mandibular, pode existir o deslocamento dos cotos ósseos, classificando-a em uma fratura desfavorável. Dentre as classificações, uma fratura mandibular complexa se dá quando há o acometimento de regiões anatômicas distintas, tendo como principal acometimento as regiões de ângulo e parassínfise. Esse trabalho tem como objetivo relatar um caso clínico de fratura complexa de mandíbula. Paciente A.R.S. 50 anos, leucoderma, sexo masculino, vítima de atropelamento procurou o serviço de CTBMF da UFBA para reabilitação de fratura complexa de mandíbula, com queixa principal de dor na mastigação. Ao exame físico notou-se edentulismo parcial em ambas arcadas, limitação de abertura bucal, mobilidade atípica a manipulação da mandíbula, aumento de volume em região bucal esquerda e hipoestesia em região de lábio inferior. Ao exame de imagem observouse sinais sugestivos de fratura de parassínfise e corpo mandibular esquerdo e fratura de côndilo mandibular bilateral. Determinou-se o tratamento cirúrgico para as fraturas em parassínfise e corpo de mandíbula, e conservador para de côndilo. Após reunir as características das fraturas, bem como os sinais clínicos e a queixa principal do paciente, foi de grande valia a associação do tratamento cirúrgico e conservador(AU)


Of the injuries that affect the face, the fracture of the mandible is in second place in most studies, despite having a dense and resistant bone structure. When there is a mandible fracture, due to muscular actions and discontinuity of the mandibular arch, there may be displacement of the bone stumps, classifying it as an unfavorable fracture. Among the classifications, a complex mandibular fracture occurs when there is involvement of distinct anatomical regions, with the main involvement of the regions of angle and parsiphysis. This paper aims to report a clinical case of complex jaw fracture. A.R.S patient 50 years old, leucoderma, male, victim of trampling searched the UFBA CTBMF service for complex jaw fracture rehabilitation, with a major complaint of chewing pain. Physical examination revealed partial edentulism in both arches, limitation of buccal opening, atypical mobility of jaw manipulation, volume increase in the left buccal region and hypoesthesia in the lower lip region. At the imaging examination, signs suggestive of a fracture of the mandibular parsley and left mandibular condyle were observed. Surgical treatment was determined for the fractures in the mandibular and mandibular parasite, and conservative for the mandibular condyle. After gathering the characteristics of the fractures, as well as the clinical signs and the main complaint of the patient, the association of surgical and conservative treatment was of great value(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Mandíbula/cirurgia , Traumatismos Mandibulares , Cirurgia Bucal , Traumatismos Faciais , Côndilo Mandibular
13.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 17(1): e3753, 13/01/2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-914297

RESUMO

Objective: To evaluate the occurrence of head and face injuries and associated factors among victims of automobile accidents in a trauma center. Material and Methods: A cross-sectional study was developed through the analysis of 9,734 medical records of children and adults hospitalized due to external causes in the Regional Hospital of Emergency and Trauma at Campina Grande, Brazil. Data were analyzed with the SPSS software version 15, also using the Pearson's chi-square test. The significance level adopted was 5 %. Results: Cases of automobile accidents accounted for 25.9% (n = 463) of hospitalizations due to external causes, and 83.8 % of victims were male and 16.2 % were female, representing a sex ratio of 5.1:1. As for age group, most had between 20 and 29 years (38.1%) and with respect to the day of the week, 40.8 % of incidents occurred over the weekend. The occurrence of injury was greater on the face (17.4%) than on the head (7.8%) and most victims had a single injury (58.5%). The existence of bone fractures was observed in 76.9 % of victims and 14.7 % had functional impairment. There was association between variables age (p < 0.001), sex (p < 0.001), day of the week (p < 0.001), presence of bone fractures (p < 0.001) and functional impairment (p = 0.002) with the occurrence of automobile accidents. Conclusion: The most automobile accidents occur on weekends and affect young male individuals, with frequent presence of fractures among victims. The occurrence of injury was greater on the face than on the head. Factors such as age, sex, presence of bone fractures and functional impairment was associated with automobile accidents.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Brasil , Acidentes de Trânsito , Registros Médicos , Traumatismos Faciais/diagnóstico , Estudos Transversais/métodos , Estudos Observacionais como Assunto/métodos
14.
Braz. dent. sci ; 20(1): 49-55, 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-836729

RESUMO

Objetivo: Verificar a ocorrência de envolvimento dentário relatada em laudos de exame de corpo de delito com envolvimento facial decorrentes de violência interpessoal. Material e métodos: estudo observacional analítico, de caráter retrospectivo que verificou a ocorrência de envolvimento dental relatada em todos os laudos de exame de corpo de delito com envolvimento facial, decorrentes de violência interpessoal, emitidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Taubaté-SP em um período de 24 meses, considerando gênero e faixa etária. Resultados: Dos 12.184 laudos emitidos no período analisado, 1971 (16,17%) descreviam lesões faciais decorrentes de agressão, e destes, 5,07% continham relatos de envolvimento dentário. A lesão de maior ocorrência foi a fratura (2,99%), a faixa etária, entre 16 e 24 anos (31,42%) e o gênero, o masculino (56%). Conclusão: As lesões faciais decorrentes de violência interpessoal no período analisado totalizaram 16,17% do total dos casos, com 1,97% destes apresentando relato de envolvimento dentário. (AU)


Objective: To verify the occurrence of dental involvement described in medical examination reports on facial trauma resulting from interpersonal violence. Material and methods: an observational, analytical, and retrospective study that verified the dental involvement described in all the medical examination reports involving facial trauma, arising from interpersonal violence, issued by the Instituto Médico Legal - IML (Forensic Medicine Institute) of Taubaté, in São Paulo state, in a period of 24 months, considering gender and age group. Results: Of the 12,184 reports issued during the period studied, 1,971 (16.17%) described facial injuries resulting from aggression, and of these, 5.07% contained reports of dental involvement. The most frequent injury was a fracture (2.99%), in the age range between 16 and 24 years (31.42%), and the gender, male (56%). Conclusion: The facial injuries resulting from interpersonal violence in the analyzed period amounted to 16.17% of the total of cases, with 5.07% of these presenting reports of dental involvement.(AU)


Assuntos
Humanos , Traumatismos Faciais , Traumatismos Dentários , Violência
15.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 44 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-967302

RESUMO

A violência urbana no Brasil se tornou uma questão de saúde pública. Ela está presente no cotidiano de cada brasileiro, produzindo um grande número de vítimas, sequelas físicas e emocionais. O trauma bucomaxilofacial é um trauma ocorrido na face que pode ter extensão e acometer o cérebro, olhos, dentição e seios da face, podendo levar a deformidades permanentes. A notificação da violência doméstica pelos dentistas contribui para o dimensionamento epidemiológico do problema, permitindo o desenvolvimento de programas e ações específicas. O objetivo do trabalho foi relacionar a incidência do trauma da face em mulheres com a violência e da necessidade de notificação compulsória por parte dos dentistas. Este estudo analisou os eventos de violência urbana através dos traumas maxilofaciais deles decorrentes em diversos artigos tornados públicos. Teve como conclusão que violência interpessoal e os acidentes de trânsito foram os principais fatores etiológicos dos traumas faciais, sendo responsáveis pela maioria dos casos tratados cirurgicamente nos hospitais estudados na discussão deste trabalho. Quando os dados são tratados separadamente por gênero, a violência interpessoal é mais frequente em mulheres. Os dentistas têm a obrigação de notificar os casos de violência doméstica pelo parceiro íntimo que tomam conhecimento durante o atendimento, o descumprimento desta obrigação pode leva-lo à responder legal e eticamente pela omissão.(AU)


Urban violence in Brazil has become a public health issue. It is present in the daily life of each Brazilian, producing a large number of victims, physical and emotional sequels. Maxillofacial trauma is a type of trauma that occurs on the face and head. The number of maxillofacial traumas may be associated with the exposure of this region of the body in cases of traffic accidents or an attempt to disfigure the face of the victims of aggression, urban violence, face trauma, trauma in women and compulsory notification. Notification of domestic violence by dentists contributes to the epidemiological dimension of the problem, allowing the development of specific programs and actions. The objective of this study was to compare the incidence of face trauma in women with violence and the need for compulsory notification by dentists. This study analyzed the events of urban violence through the maxillofacial traumas resulting from several articles made public. It was concluded that interpersonal violence and traffic accidents were the main etiological factors of facial trauma, being responsible for the majority of the cases treated surgically in the hospitals studied in the discussion of this work. When data are treated separately by gender, interpersonal violence is more frequent in women. Dentists have an obligation to report cases of domestic violence by the intimate partner who becomes aware during the care, failure to comply with this obligation may lead them to respond legally and ethically to the omission.(AU)


Assuntos
Ferimentos e Lesões , Violência Doméstica , Notificação de Abuso , Odontólogos , Violência contra a Mulher , Traumatismos Faciais
16.
Londrina; s.n; 2017. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-877567

RESUMO

O objetivo foi avaliar se a Escala de Severidade de Trauma Facial (FISS), proposta por Bagheri em 2006, pode predizer necessidade de intervenção em centro cirúrgico, tempo de internação hospitalar e necessidade de atuação de outras especialidades médicas. Foram levantados dados nos prontuários de pacientes vítimas de trauma de face de um hospital público terciário, entre janeiro de 2009 a dezembro de 2015, relativos à idade, gênero, comorbidades, hábitos, história do trauma maxilofacial, etiologia, presença e localização de fraturas e lacerações, assim como tipo de tratamento executado e hospitalização. Foi aplicado um escore para cada paciente de acordo com a FISS. O modelo de regressão logística multinominal foi ajustado e todas as análises foram realizadas pelo pacote estatístico "Statistical Package for Social Science" (SPSS) versão 17.0 da IBM. A amostra final foi composta por 469 prontuários com média de idade de 31,38 ± 14,13 anos. Acidentes de trânsito foram a causa mais frequente (41,2%) seguido de violência interpessoal (29,4%). O osso mais fraturado foi a mandíbula (32,9%), sendo o ângulo mandibular a região mais acometida (29,0%). Pacientes que relatam uso de álcool e aqueles com FISS > 5 apresentam, respectivamente, o dobro e 18 vezes mais chances de necessitarem intervenção em centro cirúrgico. O tempo médio de internação foi 8,14 dias ± 6,02, com significância estatística de maior período de internação para pacientes tabagistas (p < 0,0001). Aqueles com FISS > 5 possuíram maiores chances de ficar mais de 3 dias internados (p = 0,01) e aqueles com algum tipo de comorbidade, mais chances de necessitarem de apoio de outras especialidades (p = 0,022), assim como aqueles com FISS > 5 têm 6,6 vezes mais esta necessidade (p < 0,0001). Maiores valores de FISS podem ser usados como um indicador de predisposição de tempo de internação hospitalar, maiores chances de pacientes serem submetidos a procedimentos cirúrgicos e destes pacientes terem necessidade de acompanhamento por outras especialidades médicas durante seu período de internação.


The objective was to evaluate whether the Facial Injury Severimty Scale (FISS), proposed by Bagheri in 2006, can predict the need for operating room interventions, the length of hospital stay and the need for treatment by other specialties. Data were collected in patients' records of those suffering from maxillofacial trauma admitted to a tertiary hospital between January 2009 and December 2015, regarding age, gender, comorbidities, habits, history of maxillofacial trauma, etiology, presence and location of fractures and lacerations and the type of treatment performed and hospitalization. Each patient received a score, according to FISS. Multinomial logistic regression model was adjusted and all analyzes were performed by the statistical package "Statistical Package for Social Science" (SPSS) version 17.0 IBM. Final sample consisted of 469 medical records with a mean age of 31.38 ± 14.13 years. Traffic accidents were the most frequent cause of facial trauma (41.2%) followed by interpersonal violence (29.4%). The most fractured bone was mandible (32.9%), with and mandibular angle, the most affected region (29.0%). Patients reporting alcohol use and those with FISS > 5 present, respectively, twice and 18 times more likely to require intervention in an operating room. Mean length of hospital stay was 8.14 days ± 6.02, with a longer hospitalization period for smokers (p < 0.0001). Patients with FISS > 5 were more likely to be hospitalized for more than 3 days (p = 0.01) and those with some comorbidity, more likely to require support from other specialties (p = 0.022), as well as those with FISS > 5 were 6.6 times more likely to need other specialties (p <0.0001). Higher FISS values can be used as an indicator of predisposition to hospitalization time, greater chances of patients being submitted to surgical procedures and of these patients needing follow-up by other medical specialties during their hospitalization period.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Traumatismos Faciais/epidemiologia , Traumatismos Faciais/terapia , Traumatismos Maxilofaciais/epidemiologia , Traumatismos Maxilofaciais/terapia , Modelos Estatísticos
17.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 37(1): 60-62, jan.-abr. 2016. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857033

RESUMO

Ferimentos penetrantes em face podem ser causados por materiais de naturezas diversas. Fatores como tamanho do objeto e proximidade de estruturas anatômicas importantes devem ser considerados para remoção do corpo estranho. Os exames complementares para detecção de corpos estranhos em face envolvem radiografias planas, tomografia computadorizada e ressonância magnética. O objetivo deste trabalho é relatar o caso clínico de um corpo estranho em região infra-orbitária, bem como o tratamento cirúrgico empregado e a importância da abordagem precoce por serviços de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial nos serviços de emergência


Facial penetrating wounds can be caused by many different objects. Factors as object size and proximity to important anatomic structures must be considered for the removal of foreign bodies. Additional exams could be use for detection of facial foreign bodies, such as plan radiographies, computed tomography and magnetic resonance. The aim of this study is to relate a clinical case of foreign body at infraorbitary region, the surgical treatment and the early approach by Bucomaxillofacial Trauma service at emergencies rooms


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Traumatismos Faciais , Ferimentos Penetrantes/diagnóstico , Ferimentos Penetrantes/terapia , Ferimentos Penetrantes
18.
Full dent. sci ; 7(26): 53-57, abr. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-786847

RESUMO

A intubação submentoniana é uma técnica segura, eficaz e que apresenta sucesso comprovado no manejo das vias aéreas de pacientes com traumatismo facial. Está indicada em casos de fratura de terço médio de face, em que há necessidade de realização do bloqueio maxilomandibular com manipulação da oclusão dental e da pirâmide nasal transoperatória. A técnica consiste na realização de uma incisão de 2 centímetros de extensão, na região submentoniana, paralela à borda inferior da mandíbula, seguida de divulsão romba dos tecidos e a passagem do tubo através do acesso. É uma técnica que apresenta excelentes resultados, menor morbidade quando comparada à traqueostomia e as complicações são raras. O presente trabalho apresenta um caso clínico-cirúrgico de um paciente com fratura complexa do terço médio facial, que foi submetido ao tratamento cirúrgico aberto e a intubação submentoniana foi utilizada com sucesso para a manutenção das vias aéreas.


The submental intubation is a safe technique, effective and has proven success in handling the airways of patients with facial trauma. It is indicated in cases of midfacial fractures that require maxillo-mandibular block with manipulation of dental occlusion and nasal bone transoperative. The technique consists of making an incision of 2 cm, in the submental region, parallel to the lower border of the mandible, followed by blunt dissection of the tissue and passing the tube through the access. It is a technique that shows excellent results with rare complications, and has lower morbidity when compared to tracheostomy. This paper presents a clinical-surgical case of a patient with complex midface fracture who underwent open surgical treatment and the submental intubation was successfully used for maintenance of the airways.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Fraturas Maxilomandibulares , Intubação , Traqueostomia/métodos , Traumatismos Faciais , Brasil
19.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 16(1): 339-350, jan.-dez. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-912874

RESUMO

Objective: To identify and analyze cases of OMF treated in an emergency hospital in southern Brazil. Material and Methods: The investigators conducted a retrospective, cross-sectional study. The sample was composed of 1,533 patient medical records. Demographic, seasonal, and clinical variables were collected. Additionally, the medical records also included data on etiological factors, injury site, and tissues involved. A descriptive analysis was conducted based on 1,179 (76.9%) records of OMF injuries. Results: Most patients were male children and adolescents. Accidents (59.7%), such as falls, and interpersonal violence (18.7%), such as physical aggression, were the main etiological factors. Most injuries involved soft tissue (66.4%), especially in the lip region; whereas fractures affected the nasal bones. Transfers and hospitalizations accounted for 8.1% of clinical outcomes and dentists participated in the treatment of 85% of cases. Conclusion: The results of this study suggest a higher prevalence of OMF injuries in men, affecting young people more frequently and showing falls as the main etiological factor. Dentists participated in the majority of the medical care. Future studies will focus on determining risk groups, developing preventive programs, and improving health care services, with the participation of dentists in the multidisciplinary team.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Brasil , Serviços Médicos de Emergência , Traumatismos Faciais/diagnóstico , Hospitais de Emergência , Estudos Retrospectivos , Lesões dos Tecidos Moles , Estudos Transversais , Assistência à Saúde , Odontólogos , Epidemiologia Descritiva , Registros Médicos/estatística & dados numéricos
20.
Araçatuba; s.n; 2016. 56 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875119

RESUMO

Os traumas acidentais e intencionais, principalmente as agressões, são preocupações da sociedade contemporânea, não somente pelo dano causado e suas possíveis sequelas, mas também pelo Impacto no serviço de saúde. As regiões mais acometidas são a cabeça e o pescoço. As lesões bucomaxilofaciais têm grande importância, tanto pela incidência, como pelo fato de que, se não forem reparadas de maneira adequada podem evoluir e ter graves sequelas estéticas e funcionais. Objetivou-se neste estudo realizar um levantamento dos aspectos epidemiológicos das lesões corporais que atingiram o complexo bucomaxilofacial, registradas em laudos periciais. Realizou-se i um estudo analítico-descritivo, no Instituto Médico Legal de um município de médio porte do Estado de São Paulo, que atende 30 cidades da região. Foram analisados 14.218 prontuários, referentes aos atendimentos do período de 2011 a 2013 e incluídos na pesquisa 2.196, os quais apresentaram lesões bucomaxilofaciais. Foram verificadas as características sociodemográficas do periciado (gênero, idade e etnia); características da lesão (localização e tipo); motivo da ocorrência (agressão, acidentes de trânsito e acidentes em geral); e observações adicionais contidas na conclusão do laudo pericial. Os dados foram analisados empregando-se teste de qui-quadrado ou por meio de teste de qui-quadrado da razão de verossimilhança (G2), sendo definido o uso do coeficiente V de Cramer para quantificação da associação. Observou-se que a prevalência das lesões (15,45%) foi relevante e proporcionalmente mais elevada nas agressões (75,95%), ocorrendo principalmente em homens (75,83%), adultos (75,82%) e leucodermas (75,86%). Os acidentes de trânsito demonstraram crescente evolução de casos com lesões graves. Houve associação significativa quantificada pelo coeficiente V de Cramer entre motivo da ocorrência e idade (p<0,01), e gênero (p<0,0001). Os casos periciados tiveram prevalência do agente etiológico contundente (87,15%); e foram classificados como leve (84,60%). O perfil epidemiológico das lesões bucomaxilofaciais registradas em laudos periciais revelou que as agressões e os acidentes de trânsito foram os principais causadores. Homens adultos foram envolvidos com maior frequência nos eventos e lesões leves e de tecidos moles foram as mais prevalentes. As ocorrências das lesões provenientes de agressões e acidentes de transito estiveram associadas ao gênero, ao tipo de agente etiológico, ao dano e à resultante. A gravidade das lesões esteve associada ao tipo de agente etiológico(AU)


Accidental and intentional traumas, especially aggression, are the contemporar's society's concerns, not only by the damage caused and its possible consequences, but also for the impact on Health's Service. The most affected are head and neck. Maxillofacial injuries are of great importance, both for its occurrence and for the fact that if not properly repaired it can come to evolve and result in serius esthetic and functional sequelae. This study aimed to perform a survey of Epidemiological aspects of body injuries which reached the maxillofacial complex, recorded in expert reports. It was performed an analytical- descriptive study at the Legal Medical Institute located in an average size country in the state of São Paulo, which serves 30 cities in the region. It had been analyzed 14.218 records; relating calls from 2011 to 2013, and 2196 that showed maxillofacial injuries were included in the survey. Individual's sociodemographic characteristics (such as gender, age and ethnicity); lesion's characteristics (location and type); reason for the occurrence (assault, traffic acidentes and acidentes in general); and additional notes along the expert's report conclusion were verified. Data were analyzed using the chi- square test or chi-square likelihood ratio test medium (G2), being defined the use of the coefficient V Cramer paragraph for the association's quantification. It was noticed that the predominance of trauma was relevant and proportionally higher in agression (75.95%), occuring mostly in men (75.83%); Adults (75.82%) and Caucasian 1 (75.86%). The Traffic Accidents showed increasing evolution in cases presenting critical, injuries. There was a significant association quantified by V Cramer coefficient between j reason for the occurrence and age (p <0.01), and between reason for the occurrence and gender (p <0.0001). The examined cases presented prevalence of blunt etiologic agent (87,15%); and they were classified as mild (84.60%). Epidemiological profile of maxillofacial injuries recorded in expert reports showed that aggression and traffic accidents were the main causes. Adult men were involved more frequently in events and minor injuries and soft tissue were the most prevalent. Occurrences of injuries from aggressions and traffic accidents were associated with gender, type of etiologic agent, the damage and the resultanting. The severity of injuries was associated with the type of etiologic agent(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Odontologia Legal , Traumatismos Maxilofaciais , Prova Pericial , Traumatismos Faciais , Maxila/lesões , Boca/lesões
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA