Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Ortodontia ; 46(1): 77-81, jan.-fev. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-714123

RESUMO

O número de pacientes com câncer, diagnosticados e curados, em remissão da doença, tem aumentado drasticamente nas últimas décadas. Muitos indivíduos com histórico de câncer levam uma vida normal após o tratamento, e vários que tiveram câncer na infância chegam saudáveis à vida adulta. A quimioterapia, atualmente, é o principal tratamento antineoplásico. As drogas utilizadas e seus efeitos colaterais têm influência no tratamento ortodôntico. Os ortodontistas devem estar bem informados sobre os aspectos dos quimioterápicos ao receber estes pacientes em seus consultórios, tanto para orientá-los quanto para saber como conduzir o tratamento quando um deles é diagnosticado com a doença. Informações importantes muitas vezes são desconhecidas pelos ortodontistas. Certos medicamentos usados na quimioterapia prejudicam a reabsorção/neoformação óssea, além de alterações dentárias e radiculares provocadas por drogas antineoplásicas. Efeitos colaterais, como xerostomia e mucosite, também influenciam no tratamento ortodôntico. Este trabalho é uma análise criteriosa da literatura a respeito dos aspectos relevantes da quimioterapia que podem interferir no tratamento ortodôntico.


The number of diagnosed cancer cases and cancer survivors has increased dramatically in the last decades. Many individuals with a history of cancer have a normal life after treatment and many who have had childhood cancer become healthy adults. Chemotherapy is currently the leading cancer treatment modality. The drugs used and their side effects have influence on orthodontic treatment. The orthodontist should be aware about aspects of chemotherapy drugs when conducting treatment in a patient diagnosed with cancer. Important informations are often unknown by orthodontists. Certain drugs used in chemotherapy affect either resorption and bone formation. Dental and root morphologic changes may be caused by anticancer drugs. Side effects such as xerostomia and mucositis also play influence on orthodontic treatment. This paper provides a careful review of the literature regarding relevant aspects of chemotherapy that might interfere with orthodontic patients.


Assuntos
Humanos , Ciclofosfamida/efeitos adversos , Ciclofosfamida/uso terapêutico , Tratamento Farmacológico , Glucocorticoides/efeitos adversos , Glucocorticoides/uso terapêutico , Neutropenia , Ortodontia , Estomatite , Xerostomia
3.
RGO (Porto Alegre) ; 52(1): 39-41, jan.-mar. 2004. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-397045

RESUMO

A agranulocitose induzida por fármacos, tem sido definida como uma severa e seletiva neutropenia, devido a uma inesperada relação medicamentosa. Apesar de ser incomum, esta é a mais freqüente forma fatal de citopenia induzida por droga. Esse artigo relata um caso de agranulocitose induzida por metimazol, utlilizado para tratamento de hipertiroidismo que ocorreu em uma mulher leucoderma, com 59 anos de idade. As lesões bucais eram ulceradas e dolorosas, associadas a febre e tosse como principais manifestações clínicas. O tratamento instituído foi a suspensão do uso do metimazol e a utilização de profilaxia antibiótica para prevenir à infecção. Aproximadamente seis dias após estabelecido o tratamento, houve uma recuperação rápida da contagem dos leucócitos, que aumentaram de 1.200 células/mm³ para 4.000 células/mm³, normalizando o quadro hematológico


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Agranulocitose , Antitireóideos , Metimazol , Neutropenia
4.
RFO UPF ; 8(2): 29-33, jul.-dez. 2003. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-391781

RESUMO

O presente estudo comparou o perfil hematológico de indivíduos portadores de ulceração aftosa recorrente (UAR), indivíduos fumantes e indivíduos não fumantes não portadores dessa enfermidade. A amostra estudada foi composta por homens e mulheres entre 15 e 60 anos de idade, assim distribuídos: a) Grupo 1: indivíduos portadores de UAR; b) Grupo 2: indivíduos fumantes; c) Grupo 3 (controle): individuos não fumantes e não portadores de UAR, com história pregressa negativa para a doença. Os valores da velocidade de sedimentação globular (VSG e do hemograma foram obtidos dos prontuários, registrados e analisados comparativamente. No hemograma, foram avaliados: contagem de eritrócitos, dosagem de hemoglobina, volume corpuscular médio (VCM), concetração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), contagem de plaquetas e contagem de leucócitos, total e diferencial. A análise dos resultados foi feita por meio de estatística descritiva e do teste da análise de variância, considerando-se o nível de significância de 5 por cento. Os resultados revelaram (1) número de leucócitos significativamente maior no Grupo 2 quando comparado aos grupos 1 e 3; (2) o Grupo 1 apresentou VSG significativamente maior que os demais grupos; (3) o VCM mostrou-se significativamente maior no Grupo 2, quando comparado ao Grupo 1. As demais variáveis avaliadas não exibiram diferenças significativas entre os grupos. A partir dos resultados obtidos, foi possivel estabelecer as seguintes conclusões: não há associação entre UAR e alterações quantitativas do hemograma; portadores de UAR apresentam VSG signifcativamente maior que não portadores dessa enfermidade


Assuntos
Contagem de Células Sanguíneas , Leucocitose , Mucosa Bucal , Neutropenia , Estomatite Aftosa , Contagem de Leucócitos , Monócitos , Neutrófilos
5.
JBP, j. bras. odontopediatr. odontol. bebê ; 4(18): 132-6, mar-abr. 2001. ilus, CD-ROM
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-852038

RESUMO

As doenças periodontais na dentadura decídua ainda são pouco estudadas e esclarecidas, principalmente as de características destrutivas. Enquanto a gengivite é freqüentemente relatada, a periodontite é tratada de forma tangencial. Dentre as doenças periodontais relevantes na Odontopediatria, destaca-se a periodontite associada à neutropenia. Nessa linha de racioncínio, o presente artigo apresenta o conceito da neutropenia e sua relação com as seqüelas indesejáveis ao periodonto do paciente infantil, tais como, perdas ósseas extensas e generalizadas, retração gengival, formação de bolsas periodontais e conseqüente perda precoce de dentes decíduos. Frente a essas considerações, é fundamental que o odontopediatra tenha conhecimento dessas alterações, para que se possam incluir esses conceitos em seus exames clínicos de rotina, bem como estabelecer um plano de tratamento preventivo e curativo, visando o bem-estar no contexto da saúde geral da criança


Assuntos
Humanos , Criança , Periodontite Agressiva/complicações , Neutropenia/complicações , Dente Decíduo , Doenças Periodontais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA