Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
ImplantNewsPerio ; 1(2): 379-384, fev.-mar. 2016. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847471

RESUMO

Objetivo: realizar uma revisão integrativa da literatura para identificar, dentre as técnicas de cirurgia por abrasão epitelial e cirurgia convencional com bisturi, utilizadas para despigmentação melânica fisiológica, em qual delas ocorre menor recidiva. Material e métodos: foram utilizadas as bases de dados Scopus, PubMed, Web of Science e buscas manuais para seleção dos artigos. Foram selecionados ensaios clínicos, publicados até maio de 2015, que utilizaram as técnicas de abrasão epitelial ou cirurgia convencional por bisturi para remoção da pigmentação melânica, com acompanhamento pós-operatório mínimo de três meses e que relataram casos de recorrência da pigmentação melânica. Resultados: no total, cinco publicações foram selecionadas após análise, através dos critérios de inclusão e exclusão. Na maioria dos estudos, foram relatados casos de recidiva com 30 dias, independentemente da técnica utilizada. Conclusão: apesar de poucos estudos relatarem o acompanhamento longitudinal sobre presença ou ausência de recidiva de pigmentação melânica, os resultados atuais baseados em evidências mostraram que a previsibilidade de recorrência para ambas as técnicas é de 30 dias.


Objective: to perform an integrative literature review to identify which non-conventional and conventional surgical techniques are used to treat the physiological melanin depigmentation and the most effective procedures for it. Material and methods: references in the Scopus, PubMed, Web of Science electronic databases were retrieved until May 2015, supplemented by manual searches regarding epithelial abrasion or conventional surgical techniques to remove melanin pigmentation, with at least 3-months of follow-up and providing reports of recurrence as well. Results: five references were selected after inclusion/exclusion criteria. The recurrence periods varied from 30 days to 1 year regardless of the proposed technique. Conclusion: although few studies have provided long-term follow-ups, the available evidence demonstrates that it is possible to detect early signs of recurrence after 30 days later the surgical procedures used.


Assuntos
Humanos , Estética Dentária , Gengiva/cirurgia , Melanose , Procedimentos Cirúrgicos Bucais/métodos , Pigmentação , Cirurgia Bucal/métodos
2.
Perionews ; 3(4): 269-273, set.-out. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874480

RESUMO

A pigmentação melânica gengival fisiológica, também chamada de melanose racial, é uma condição bastante frequente e fisiológica que se caracteriza pelo depósito excessivo de melanina nas camadas basais e suprabasais do epitélio, causando manchas escurecidas que acometem especialmente a gengiva. Essa condição pode comprometer a estética bucal, causando problemas psicossociais, principalmente se o paciente possuir sorriso gengival. Essas manchas podem ser removidas através de procedimentos clínicos que incluem as técnicas de crioterapia, enxerto gengival livre, terapia com laser e uso de instrumentos manuais cortantes. O propósito deste trabalho é apresentar um caso clínico de despigmentação melânica por procedimento cirúrgico, a partir de duas técnicas cirúrgicas distintas. Para isso, foram utilizados dois instrumentos manuais, sendo um o bisturi de Kirkland, e outro, o bisturi de Bard–Parker no 3 com lâmina 15, e os resultados mostraram que ambas as técnicas são eficientes e satisfatórias para remoção da pigmentação melânica gengival fisiológica


Assuntos
Gengiva , Melanose , Pigmentação , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
3.
Periodontia ; 19(3): 49-55, 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-587911

RESUMO

As lesões pigmentadas na cavidade bucal podem ser desencadeadas por uma série de fatores locais e sistêmicos, fisiológicos ou patológicos. A melanina é um pigmento granular endógeno que pode apresentar colorações que variam do amarelo ao negro sendo produzida pelos melanócitos presentes na camada basal do epitélio bucal. As alterações ou distúrbios relacionados à melanina e outros pigmentos podem ser iniciados por trauma, infecção, hábitos (fumo,gomas, alimentos), uso de medicamentos (antimaláricos, minociclinas) e por alguns fatores sistêmicos como a doença de Addison, síndrome de Peutz-Jeghers e tumores. A pigmentação melânica fisiológica gengival, também chamada de melanose racial, é uma condição não patológica com prevalência variável em diferentes grupos étnicos. Recentemente, várias técnicas cirúrgicas de despigmentação gengival têm sido propostas com o objetivo de remover lesões pigmentadas fisiológicas do tecido gengival. Entretanto, a decisão e indicação para a sua remoção devem ser baseadas, principalmente, em um correto diagnóstico de pigmentação fisiológica, determinando diagnósticos diferenciais com outras alterações que também podem manifestar lesões pigmentadas na cavidade bucal. O objetivo deste trabalho é apresentar uma revisão de literatura das possíveis alterações locais e sistêmicas que podem apresentar lesões pigmentadas na mucosa bucal, auxiliando o cirurgião-dentista no correto diagnóstico dessas alterações.


Pigmented lesions in the oral cavity can be caused by a number of local and systemic factors, either physiological or pathological. Melanin is an endogenous granular pigment, producing colors that may range from yellow to black, secreted by basal layer melanocytes of the oral epithelium. Melanin and other pigment related changes can be triggered by trauma, infection, habits (smoking, gum chewing, types of food), medicine intake (antimalarials, minociclin) and some systemic factors such as Addison’s disease, Peutz Jeghers Syndrome and tumors. The physiological gingival melanotic pigmentation, also called Racial Melanosis, is not a pathological condition, which prevalence varies according to ethnic groups. Several surgical techniques for gingival depigmentation have been recently proposed, aiming at removing physiological pigmentation from gingival tissue. However, decision and indications for its removal should be based on a precise differential diagnosis, established against other findings that may also express pigmented lesions in the oral cavity. The purpose of this paper is to present a literature review on local and systemic changes that may lead to the occurrence of pigmented lesions in the oral mucosa, helping the dental surgeon (or practitioner) on finding the correct diagnosis for these changes.


Assuntos
Diagnóstico Diferencial , Melanose , Boca , Pigmentação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA