Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 24
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 39(3): 43-46, set.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-967165

RESUMO

A atrofia óssea fisiológica decorrente da perda dentária associada a doenças sistêmicas como osteoporose limita a reabilitação oral. Pacientes acometidos por estes defeitos e que utilizam por longo prazo bifosfonatos possuem risco aumentado de osteonecrose. São debilitados funcionalmente, aparentam fragilidade, podendo elevar o índice de fratura patológica da mandíbula. Nesse sentido, os sistemas de fixação com placas mais rígidas são indicadas como opção terapêutica capaz de suportar as forças biomecânicas. Aliada a esta, a lateralização do nervo alveolar inferior poderá ser efetuada para evitar dano ao mesmo quando forem colocadas as placas e os parafusos de fixação. O objetivo deste trabalho foi descrever um caso clinico de tratamento de lesão de grande extensão em mandíbula atrófica decorrente da osteonecrose induzida por uso de bifosfonatos com placa de reconstrução pré-modelada com recurso de prototipagem e lateralização do nervo alveolar por meio de acesso intraoral. Conclui-se que, a técnica de lateralização do nervo alveolar inferior permitiu a utilização da placa de reconstrução, sendo considerado um método terapêutico com baixo índice de morbidade, sem evidência de parestesia após quatro meses, repercutindo de forma positiva na qualidade de vida do paciente(AU)


Physiological bone atrophy due to dental loss associated with systemic diseases such as osteoporosis limits oral rehabilitation. Patients affected by these defects and who use long-term bisphosphonates have an increased risk of osteonecrosis. They are functionally weakened, appear brittle, and may elevate the index of pathological fracture of the mandible. In this sense, the fixation systems with more rigid plates are indicated as a therapeutic option capable of withstanding the biomechanical forces. Allied to this, the lateralization of the inferior alveolar nerve can be effected to avoid damage to it when the plates and the fixing screws are placed. The objective of this work was to describe a clinical case of treatment of a large lesion in the atrophic mandible due to the osteonecrosis induced by the use of bisphosphonates with a pre-shaped reconstruction plate with prototyping and lateralization of the alveolar nerve by means of intraoral access. It was concluded that the technique of lateralization of the inferior alveolar nerve allowed the use of the reconstruction plate, being considered a therapeutic method with low morbidity index, without evidence of paresthesia after four months, positively affecting the quality of life of the patient(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Atrofia , Nervo Mandibular , Nervo Mandibular/anormalidades , Mandíbula
2.
Full dent. sci ; 9(36): 71-78, 2018. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994692

RESUMO

A ancoragem de implantes em osso zigomático tem sido reconhecida como uma abordagem terapêutica menos invasiva quando comparada às grandes reconstruções para a reabilitação de maxilas severamente atróficas. Apesar de alcançar sucesso clínico elevado do ponto de vista cirúrgico e protético, melhorando a qualidade de vida e satisfação dos pacientes, problemas relacionados ao conforto da prótese são algumas vezes relacionados. Este caso clínico apresenta a resolução de 2 problemas: i) implantes zigomáticos do tipo cone morse em nível gengival, o que deixava a região côncava dos intermediários exposta ao meio oral e ii) hipersensibilidade na região de fossa nasal pela presença de implantes na região. A sensibilidade e trauma na língua, em decorrência dos implantes posteriores, foram solucionados pela personalização de um componente protético, enquanto a sensação de pressão na região anterior da maxila foi eliminada após a remoção de 2 implantes convencionais sem prejuízo à biomecânica da prótese implantossuportada (AU).


The anchorage of implants in the zygomatic bone has been recognized as a less invasive approach when compared to large reconstructions of severely atrophic maxilla. Although high rates of surgical and prosthetic success have been reached improving the patient life quality and satisfaction, problems in terms of prosthesis comfort are sometimes reported. This case report presents the resolution of 2 problems: i) morse taper zygomatic implants at the gingival level, resulting in the exposure of the concave area of the abutments and ii) hypersensitivity at the nasal cavity region, due to implants nearby this site. Sensitivity and tongue trauma, as a result of posterior implants, were solved by prosthetic component customization , while the pressure in the maxilla anterior area was eliminated after removing 2 conventional implants with no damage to the biomechanics of the implant supported prosthesis (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Atrofia , Sorriso , Zigoma , Implantes Dentários , Prótese Dentária Fixada por Implante , Brasil , Radiografia Panorâmica/instrumentação , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/instrumentação
3.
Full dent. sci ; 9(36): 50-56, 2018. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-994675

RESUMO

A atrofia óssea devido a perdas dentárias ocasiona diminuição da altura e espessura do reordo, tornando a mandíbula susceptível a fraturas. Pode-se considerar atrófica, quando a altura óssea não ultrapassa 20 mm. Essas fraturas acometem principalmente a população idosa, porque além da atrofia óssea subsequente ao edentulismo, a redução da vascularização contribui para o enfraquecimento da mandíbula nos pacientes desse grupo etário. O tratamento dessas fraturas permanece um desafio cirúrgico e não há consenso quanto à melhor técnica de tratamento. Isso devido a fatores inerentes a essa patologia, a relativa raridade da mesma, o que gera inexperiência dos cirurgiões e a escassez de informação sobre o tema na literatura cirúrgica. O objetivo deste trabalho consiste em descrever um caso de tratamento de fratura em mandíbula atrófica, no qual foi realizada a correção cirúrgica da fratura através da técnica de redução aberta com acesso intrabucal que se estendeu da região retromolar direita à mesma região contralateral e de segmentos ósseos fixados com uma placa de reconstrução do sistema 2.0 mm, tipo locking e parafusos bicorticais (AU).


Bone atrophy due to tooth loss causes a decrease in bone height and thickness, making jaw susceptible to fractures. It can be considered atrophic when the bone height does not exceed 20 mm. These fractures mainly occlude the elderly population, because in addition to bone atrophy subsequent to edentulism, the reduction of vascularization contributed to mandible weakening in the patients of this age group. The treatment of these fractures remains a surgical challenge and there is no consensus in relation to the best treatment technique. This is due to factors inherent to this pathology, its relative rarity, which generates surgeon's inexperience, and scarcity of information on the subject in surgical literature. The aim of this work is to describe a clinic case of fracture treatment in an atrophic mandible, in which surgical fracture correction was performed through the technique of open reduction and intrabuccal access that extended from the right retromolar region to the same contralateral region and the bone segments fixed with a 2.0mm system rebuilding plate, locking type and bicortical screws (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Atrofia/cirurgia , Cirurgia Bucal , Técnicas de Fixação da Arcada Osseodentária , Fraturas Mandibulares/diagnóstico , Brasil , Odontólogos , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/instrumentação
4.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 56 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1102901

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi descrever e discorrer sobre o tratamento de uma fratura em mandíbula atrófica ocorrida durante a instalação de implantes dentários curtos, onde é apresentada a revisão de literatura e o relato de um caso clínico. A revisão de literatura descreve os métodos de reabilitação de mandíbulas atróficas mais preconizados atualmente e discorre sobre os implantes dentários curtos disponíveis no mercado atualmente que podem ser utilizados para solucionar os casos em que a instalação de implantes de tamanho convencional estão contra indicados. O caso clínico citado é de uma paciente que sofreu fratura em mandíbula atrófica durante a instalação de implantes curtos para a confecção de uma prótese tipo protocolo, cujo procedimento adotado para a redução das fraturas existentes e prevenir o surgimento de outras futuras, foi a instalação de uma placa de titânio de 2,4 mm de oito furos e mais 2 implantes curtos em região posterior de mandíbula para melhor distribuição das forças produzidas durante a mastigação.


The aim of this study was to describe and discuss the treatment of an atrophic mandible fracture during the installation of short dental implants, in which the literature review and the report of a clinical case are presented. The literature review describes the currently recommended methods of atrophic jaw rehabilitation and discusses the currently available short dental implants on the market that can be used to address cases where conventional-sized implant placement is contraindicated. The clinical case cited is that of a patient who suffered a fracture in the atrophic mandible during the installation of short implants for the creation of a prototype, a procedure whose adopted procedure was to reduce existing fractures and prevent the appearance of future fractures. an 8-mm 2,4 mm titanium plate and 2 short implants in the posterior mandible for better distribution of the forces produced during mastication.


Assuntos
Próteses e Implantes , Atrofia , Implantes Dentários , Implantação Dentária Endo-Óssea , Mandíbula , Fraturas Mandibulares , Reabilitação Bucal
5.
ImplantNews ; 9(6): 834-840, 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850983

RESUMO

A proposta desse trabalho foi relatar um caso de atrofia mandibular tratada, com sucesso, por meio da instalação de quatro implantes curtos entre os forâmenes mentuais para reabilitação com prótese implantossuportada tipo protocolo híbrido submetido à carga imediata. Atualmente, a paciente encontra-se em pós-operatório de 13 meses apresentando valor médio de profundidade de sondagem peri-implantar de 1,87 mm e de 78,56 ISQ da frequência de ressonância


This paper presents a case report with the use of short dental implants and immediate prosthesis placement. After 13 months of follow-up, peri-implant probing values are near 1.87 mm and ISQ values around 78.56


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Atrofia , Implantes Dentários , Carga Imediata em Implante Dentário , Reabilitação Bucal , Osseointegração
6.
ImplantNews ; 9(6a): 49-55, 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850994

RESUMO

Introdução: os protocolos para a reabilitação de implantes zigomáticos com próteses fixas não permitem a carga imediata dos implantes até culminar todo o período de osseointegração dos implantes convencionais anteriores. Dado este problema, propôs-se o protocolo pentagonal que oferece uma excelente estabilidade primária e permite a carga imediata. Objetivo: identificar as vantagens e as desvantagens da colocação do quinto implante zigomático no âmbito do desenho pentagonal, com o carregamento imediato da prótese provisória e a prótese definitiva no prazo de 60 dias após a cirurgia, a fim de avaliar os resultados. Material e Métodos: 85 implantes zigomáticos foram colocados em 17 pacientes (12 mulheres, cinco homens) com idades entre 11 e 66 anos (com média de 54,5 anos), com atrofia óssea severa maxilar com o desenho pentagonal de implantes zigomáticos com carga imediata. Para testar a estabilidade, a passividade, o estado e a manutenção da prótese pelo paciente, foram efetuados controles pós-operatórios na primeira semana, no primeiro mês e a cada três meses (seis a 34 meses), com uma média de 20,59 meses. Resultados: o implante zigomático anterior permite a carga imediata da prótese provisória no dia da cirurgia e da prótese final no prazo de 60 dias depois da cirurgia, em adição a isto, biomecanicamente reduz o braço da alavanca e o cantiléver. Conclusão: o desenho zigomático pentagonal oferece uma ancoragem alternativa na maxila atrófica que permite a carga imediata sem esperar pela osseointegração convencional e, portanto, reduz o tempo de tratamento, resultando em maior estabilidade, melhor distribuição de forças, menor taxa de complicações protéticas e maior êxito a longo prazo.


Introduction: the actual zygoma fixtures protocols for maxillary dental rehabilitation do not allow immediate loading, since the regular implants require the osseointegration period. The quadrangular design often presents an anterior cantilever, needing additional anterior fixtures. Biomechanically, an extra anterior immediately loadable implant would be the solution. Purpose: to point out the advantages and disadvantages of the fifth zygoma implant placement under the pentagonal design with immediate loading and the final prosthesis installed within 60 days after surgery and evaluate the results. Materials and methods: 85 zygoma fixtures were placed with pentagonal design and immediate loading on 17 patients (12 females, 5 males) ages between 11 and 66 years old (average 54.5 y.o.) with severe maxillary atrophy. To evaluate stability, passivity, condition and maintenance capacity of the prosthesis by the patient, follow ups were made the first week, the first month and every three months (6-34 months) with an average of 20.59 months. Results: the anterior zygoma fixture allows immediate loading of the provisional prosthesis the day of the procedure and installation of the final prosthesis within 60 days after surgery, in addition, biomechanically reduces the lever arm and the cantilever. Conclusions: the pentagonal zygoma design offers an alternative anchorage on the atrophic maxilla, allowing immediate loading, eliminating the osseointegration waiting period, therefore the treatment time shortens with excellent stability, better forces distribution, less prosthetic complications and greater success rates in the long term follow-up.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atrofia , Implantes Dentários , Zigoma
7.
ImplantNews ; 9(3): 383-392, 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-654775

RESUMO

Quando o tema refere-se a enxertos e reconstruções ósseas em grandes proporções, sabe-se que o osso autógeno ainda é o biomaterial de escolha do profissional, sendo a região de crista ilíaca a mais utilizada como área doadora. Porém, dentre as desvantagens da sua utilização destaca-se o alto potencial de reabsorção deste enxerto, que em alguns casos pode ser observado no momento da colocação do implante, inviabilizando a sua inserção. O presente trabalho teve como objetivo apresentar um relato de caso clínico de reconstrução óssea de maxila severamente reabsorvida com a utilização de enxerto ósseo autógeno de crista ilíaca, apresentando considerações clínicas que otimizaram esta modalidade de tratamento. A prévia compressão da porção medular do enxerto em bloco, o preenchimento com osso particulado autógeno dos espaços entre os blocos inseridos, bem como a redução do tempo entre a enxertia e a inserção dos implantes foram determinantes na ausência de reabsorção do osso autógeno observada no momento do segundo tempo cirúrgico, adotando-os como protocolo cirúrgico para este tipo de reabilitação.


This study aimed to present a case report on the reconstruction of a severely resorbed maxilla using the autogenous iliac crest bone graft, highlighting clinical considerations to optimize this treatment modality. Previous compression of the marrow portion added to the filling with particulate autogenous bone between block grafts, as well as less time between grafting and implant placement were instrumental in the absence of bone resorption at the second-stage moment, adopting this protocol for this procedure.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Atrofia , Implantes Dentários , Arcada Osseodentária
8.
ImplantNews ; 8(2): 169-172, 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-599195

RESUMO

A reabilitação protética de mandíbulas edêntulas severamente atrofiadas tem sido um grande desafio para a Implantodontia. A literatura descreve para a solução destes casos a utilização de técnicas de enxertia e distração osteogênica para aumento da disponibilidade óssea, instalação de implantes transmandibulares ou a utilização de implantes curtos. Contudo, as reabilitações protéticas suportadas por implantes curtos têm apresentado resultados excelentes e morbidade reduzida frente às demais técnicas. O presente artigo refere-se a um caso clínico de mandíbula severamente atrofiada com cerca de 6,5 mm de altura entre os forâmenes mentuais, na qual foram instalados dois implantes curtos na região interforaminal para a reabilitação com overdenture retida por barra clip.


The solution for mandibular atrophy cases has been a great challenge for Implantology regarding rehabilitation of edentulous mandibles. This paper reports an extreme mandibular atrophic bone with 6.5 mm of height between the mental foramina. The literature describes augmentation techniques with grafts, distraction osteogenics, transmandibular, or short dental implants. However, prosthetic-surgical rehabilitation with short-implants has been associated to good success rates and reduced morbidity compared to other techniques. This clinical case reports the installation of two short dental implants between the mental foramina for rehabilitation of an atrophic mandible with a bar-clip prosthesis.


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Implantes Dentários , Arcada Osseodentária , Reabilitação Bucal , Boca Edêntula , Atrofia
9.
ImplantNews ; 7(2): 263-266, 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-556190

RESUMO

As atrofias maxilares representam grandes desafios a Implantodontia no que diz respeito à reabilitação de espaços edêntulos. O presente artigo refere-se a uma atrofia mandibular severa, com apenas 9 mm de altura na região entre os forames mentuais. Nestes casos as opções de tratamento descritas na literatura incluem a utilização de técnicas para aumento da disponibilidade óssea, implantes transmandibulares ou a opção por implantes curtos. Está bem estabelecido que enxertos ósseos para ganho em altura não apresentam boa previsibilidade. Além disto, as técnicas de distração osteogênica estão associadas à grande desconforto para o paciente e os implantes transmandibulares estão associados a altos índices de insucesso. Aliado a isto, as reabilitações protético-cirúrgicas com implantes curtos têm mostrado excelentes resultados. A proposta deste trabalho consiste no relato de uma atrofia severa mandibular tratada, com sucesso, por meio da instalação de quatro implantes curtos entre os forames mentuais para reabilitação com prótese implantossuportada tipo protocolo.


Jaws atrophy represents a great challenge to Implantology regarding rehabilitation of edentulous areas. This paper reports an extreme mandibular atrophy with only 9mm of height between the mental foramina. In these situations, treatment options include bone augmentation techniques, transmandibular, or short dental implants. It is well accepted that bone grafts to improve height do not have good predictability. Besides, osteogenic distraction is associated with a great patient discomfort and transmandibular implants are related with high failure rates. Also, surgical-prosthetic rehabilitations with short dental implants had been associated to good success rates. The purpose of this clinical case is to report a severe mandibular atrophy, successfully treated with four short dental implants between mental foramina for implant-supported prosthesis.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Atrofia , Implantes Dentários , Arcada Osseodentária
10.
ImplantNews ; 6(3): 239-247, maio-jun. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-523926

RESUMO

O conhecimento da anatomia e a biomecânica na maxila atrófica (natural ou adquirida) são fundamentais no planejamento e sucesso das próteses implantossuportadas ou implantorretidas. Uma busca eletrônica realizada no medline entre 1966 e 2009, com as palavras-chave "atrophic", "resorbed", "edentulous", "maxilla", resultou em 20 artigos com os seguintes achados: 1. O uso prévio de uma prótese removível é fator de risco, mas a presença de tecido flácido se relaciona à severidade da reabsorção; 2. Os implantes na maxila reconstruída (≤5 mm) e as overdentures possuem um risco maior para perda óssea, com base na pior condição observada para o tecido mole peri-implantar; 3. O sangramento à sondagem foi verificado em bolsas ≥5 mm em metade dos implantes zigomáticos; 4. A prevalência de septos ósseos é maior em maxilas atróficas e as mudanças no canal nasopalatino diminuem em até 44,4% o comprimento médio da tábua vestibular; 5. O sexo feminino mostra uma menor quantidade e conectividade de osso medular comparado ao sexo masculino; 6. A secção de comunicações arteriais importantes acelera a reabsorção; 7. O estresse não se concentra no osso cortical da base do seio maxilar contínua ao osso trabecular; 8. Implantes esplintados recebem nove vezes menos estresse do que os implantes não esplintados, mesmo sob carga oblíqua; 9. Os valores ISQ ficam entre 60 e 65; 10. A transmissão in vivo de forças aos implantes não é diferente entre prótese fixa e overdenture; 11. Implantes inclinados geram uma resposta biomecânica melhor; e 12. A eficiência mastigatória e a força de mordida melhoram significativamente nos pacientes maxilectomizados que recebem próteses sobreimplantes tipo barra fresada.


Knowledge of anatomy and biomechanics on natural or acquired atrophic maxillae is fundamental for planning and success of surgical-prosthetic reconstructions. A Medline electronic search between 1966 to 2009 with the keywords "atrophic", "resorbed", "edentulous", "maxilla", resulted in 20 papers presenting the findings described below: 1. Previous use of a removable prosthesis is a risk factor for, with flabby tissues related to the severity of resorption; 2. Implants in the reconstructed maxilla (≤5mm) and supporting overdentures had a higher risk for bone loss based on the worse periimplant soft tissue health observed; 3. Bleeding on probing was found with pocket depths ≥5mm in half of the zygomatic implants; 4. Prevalence of bone septa is higher in atrophic maxillae, and changes on nasopalatine canal can reduce up to 44.4% of the full length of buccal bone plates; 5. Female patients have fewer medullar bone quantity and connectivity than male patients; 6. Transectioning of nutrient vessels is easier and accelerates resorption; 7. Stress does not concentrate on cortical bone of maxillary sinus base continuous to trabecular bone; 8. Splinted implants receive 9 times less load than non-splinted implants even under oblique loading; 9. ISQ values for implants ranged between 60-65; 10. In vivo force transfer to implants is similar between fixed prosthesis and overdentures; 11. Inclined implants generate better biomechanical responses; and 12. Masticatory efficiency and bite forces improve in maxillectomized patients who receive obturators with milled bar attachments. To meet patient´s expectations, safe options are needed to alleviate or treat atrophic maxillary arches.


Assuntos
Perda do Osso Alveolar , Atrofia , Fenômenos Biomecânicos , Implantes Dentários , Maxila/anatomia & histologia
11.
RFO UPF ; 11(2): 91-95, 2006.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-457392

RESUMO

A atrofia óssea dos maxilares principalmente quando loalizada nos rebordos alveolares, representa uma limitação funcional e estética do aparelho estomatognático, pois dificulta ou impede muitas vezes a reabilitação protética por meio de implantes dentários. Para correção dos defeitos ósseos alveolares da maxima e da mandíbula, alguns biomateriais estão disponíveis, entre os quais se destacam o enxerto ósseo autógeno e o plasma rico em plaquetas (PRP), este utilizado com a finalidade de incrementar as fases da reparação óssea. O PRP é um material autógeno obtido da centrifugação do sangue venoso do próprio paciente, que oferece uma concentração significativa de fatores de crescimento derivados das plaquetas e dos leucócitos. Esses fatores podem aumentar a formação e a mineralização óssea, induzir células mesenquimais indiferenciadas a se diferenciarem em osteoblastos, desencadear a liberação de outros fatores de crescimento, diminuir a reabsorção ósea, pormover a angiogênese e produzir colágeno. Assim o objetivo deste trabalho foi investigar na literatura as bases biológicas que regem a atuação do PRP, os resultados de pesquisas e de suas aplicações clínicas. Foi possível observar que o PRP exerce influência positiva no processo de reparo ósseo.


Assuntos
Atrofia , Plaquetas , Transplante Ósseo , Substâncias de Crescimento , Maxila/anormalidades
12.
Bauru; s.n; 2004. 128 p. ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-407620

RESUMO

Os eventos que ocorrem na atrofia da glândula parótida do rato pósligadura cirúrgica do seu dueto principal, foram avaliados por métodos morfométricos e imuno-histoquímicos para proliferação celular (método do PCNA) e para apoptose (método do TUNEL) nos períodos de zero hora e 2, 4, 6 e 8 dias pós-obstrução. A análise dos resultados mostrou que a massa glandular diminuiu cerca de 30% entre os períodos de zero hora e 2 dias, estabilizando-se a seguir. 0 volume total dos ácinos decaiu 87% entre zero hora e 6 dias, devido a redução no volume da célula acinosa e principalmente pela queda linear no número dessas células, com velocidade de decaimento de -32,66 x '10 POT.6' células/dia e maior índice de apoptose no segundo dia. Nesse mesmo período o estroma aumentou 69%, devido inicialmente ao edema e depois ao acréscimo de matriz extracelular, mas também pelo aumento linear no número de células estromais, a uma velocidade de 21,34 x '10 POT.6' células/dia e com maior índice de proliferação no quarto dia. 0 volume total do sistema de ducto aumentou cerca de 18% no período de zero hora e 6 dias, devido a dilatação principalmente dos duetos excretores e ao aumento no número de células. Concluímos, que na atrofia da parótida do rato após ligadura do seu dueto principal, ocorre apoptose e proliferação celular nos seus vários compartimentos morfológicos, com marcante predomínio do primeiro processo no parênquima, especialmente nos ácinos e do segundo no estroma; e que a estabilidade da massa glandular à partir do segundo dia, apesar do marcante declínio no parênquima, foi devido a sua substituição compensatória pelo estroma, provavelmente para preservar o espaço anatômico da parótida


Assuntos
Animais , Masculino , Lactente , Ratos , Glândula Parótida , Ductos Salivares , Atrofia , Imuno-Histoquímica
13.
RBP Rev. bras. implantodont. protese implant ; 10(39): 241-244, jul.-set. 2003. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-365658

RESUMO

Após a perda dentária ocorre inevitavelmente a absorção do rebordo alveolar, o que resulta na diminuição da espessura, altura e modificação na angulação da crista residual. Conseqüentemente, a região posterior da mandíbula torna-se uma estrutura óssea complexa para a colocação de implantes dentários devido à presença do canal dentário inferior, especialmente quando o mesmo está situado próximo à crista do rebordo. Esta situação muitas vezes implica na colocação de implantes de tamanhos reduzidos para uma estrutura óssea de intenso esforço mastigatório. A técnica da lateralização do nervo dentário inferior representa uma alternativa para a colocação de implantes longos garantindo uma distribuição adequada das forças mastigatórias. este trabalho tem por objetivo relatar a técnica de lateralização do nervo dentário inferior previamente à colocação de dois implantes osseointegrados em substituição dos elementos dentários 46 (primeiro molar inferior direito) e 47 (segundo molar inferior direito), perdidos há mais de 20 anos.


Assuntos
Atrofia , Implantes Dentários , Nervo Mandibular
16.
Pós-Grad. Rev ; 5(1): 27-34, jan.-abr. 2002. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-854084

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi estudar a atrofia unilateral da glândula parótica de ratos, após a ligadura do ducto excretor, e a regeneração glandular, através de ligadura ductal seguida pela remoção da obstrução após sete dias, analisando as alterações morfológicas glandulares e o potencial proliferativo dos ductos intercalares. Análise morfológica foi também realizada na parótida contralateral. Os ratos foram sacrificados e suas glândulas foram processadas e submetidas às colorações histológicas (HE e PAS) e histoquímica (AgNOR). Durante a atrofia glandular, houve degeneração e redução do parênquima, assim como inflamação e fibrose. Durante a regeneração glandular, houve o restabelecimento do parênquima e redução da inflamação e da fibrose. Nas glândulas contralaterais, houve desorganização e degeneração teciduais. Não foi observada alteração do potencial proliferativo dos ductos intercalares durante o experimento


Assuntos
Animais , Ratos , Atrofia , Glândula Parótida , Regeneração
17.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 13(2): 135-9, abr.-jun. 1999. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-250322

RESUMO

O presente estudo teve por objetivo analisar a expressäo das metaloproteases da matriz extracelular durante a atrofia experimental das glândulas submandibulares em ratos, causada pela obstruçäo do ducto excretor principal. Os zimogramas realizados com extratos das porçöes internas e externas das glândulas salivares normais e ligadas mostraram que as principais enzimas gelatinolíticas possuíam pesos moleculares variando entre 72 kDa e 65 kDa. A atividade dessas enzimas aumentou progressivamente até o período entre 5 e 10 dias após a ligaçäo, decrescendo nos períodos subseqüentes. Foram também detectadas bandas migrando entre 92 kDa e 72 kDa, sendo essas enzimas detectadas em quantidades significativas apenas na regiäo da cápsula da glândula, no período de 2 dias. A confirmaçäo de que as metaloproteases da matriz têm um papel importante na remodelaçäo da matriz extracelular durante a atrofia experimental da glândula submandibular


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Metaloendopeptidases/análise , Glândula Submandibular , Atrofia
18.
BCI ; 5(3): 23-30, jul.-set. 1998. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-250869

RESUMO

Os autores relatam um caso de fratura de mandíbula atrófica bilateral, em paciente senil edêntulo, com envolvimento de colo de côndilo do lado esquerdo e corpo mandibular do lado direito. Há uma grande controvérsia entre os autores quanto ao melhor tratamento para estes casos, se a reduçäo fechada (incruenta) ou a reduçäo aberta (cruenta). Propomos para estes casos de fraturas bilaterais, um método de tratamento eficiente e de baixo custo, que consiste em reduçäo aberta com osteossíntese à fio de aço e cerclagem mandibular, suspensäo da prótese superior e bloqueio maxilo-mandibular, onde os resultados de uma reduçäo anatômica das fraturas, säo mais favoráveis, principalmente, do ponto de vista funcional


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Atrofia , Fraturas Mandibulares/cirurgia
19.
Rev. odonto ciênc ; 12(24): 87-107, dez. 1997. tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858244

RESUMO

Este artigo estuda o efeito da ligadura do ducto principal da glândula submandibular esquerda de ratos da raça Wistar, tendo como parâmetro de controle a glândula contralateral. Após a proservação previamente determinada, foram necropsiadas ambas as glândulas e estudadas histomorfologicamente através de lâminas coradas por hematoxilina e eosina. Todos os grupos operados e seus grupos controle foram submetidos a métodos de leitura histológica usando-se microscopia ótica: a métodos de leitura macroscópica, utilizando-se métodos morfométricos, e a leitura estatística. Os resultados obtidos nos grupos operados mostraram que houve atrofia e desaparecimento das células acinosas, substituição de estruturas intralobulares, por tecido conjuntivo fibroso e participação de células inflamatórias, nos fenômenos de atrofia glandular, que se manifestaram diferentemente com o decorrer dos períodos observados. As manifestações clínicas, dos grupos operados, demonstraram francas alterações tanto em coloração quanto em dimensões


Assuntos
Animais , Ratos , Glândula Submandibular/cirurgia , Atrofia , Ligadura
20.
In. Pinto, Leäo Pereira; Souza, Lélia Batista de; Freitas, Roseana de Almeida; Figueiredo, Cláudia Roberta Leite Vieira de; Galväo, Hébel Cavalcanti; Câmara, Maria Leonor Assunçäo Soares; Carvalho, Rejane Andrade de. Patologia básica: sinopse. Natal, EDUFRN, 1997. p.45-51.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-246576
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA