Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 89
Filtrar
1.
Arq. odontol ; 54: 1-10, jan.-dez. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-967636

RESUMO

Objetivo: Esta pesquisa teve como objetivo investigar o conhecimento e a utilização de conceitos ergonômicos aplicados à Odontologia por discentes e docentes nas clínicas-escola de uma faculdade de Odontologia. Métodos: Esse estudo investigou o universo de discentes matriculados em disciplinas clínicas (n=70) e respectivos docentes (n=23) do curso de Odontologia a respeito dos princípios ergonômicos utilizados na rotina clínica. Paralelamente foi pesquisada a incidência de sintomatologia dolorosa nos discentes por intermédio do questionário nórdico, The Nordic Musculoskeletal Questionnaire (NMQ), que é um instrumento de diagnóstico. A análise dos dados foi através do programa Statistical Package for the Social Sciences, realizada analítica e descritivamente. E a análise de associação entre as variáveis (Person). Resultados: Com relação à sintomatologia dolorosa, os maiores percentuais de acometimento foram nas regiões da parte superior das costas com 23,5%, 7 dias precedentes a entrevista e pescoço com 22,6%, 12 meses precedentes a entrevista. A maioria dos docentes entrevistados (65,2%) respondeu satisfatoriamente ao conceito de ergonomia de acordo com a Associação Internacional de Ergonomia. Com relação às medidas preventivas utilizadas na disciplina, 56,5% responderam que não utilizam medidas preventivas com relação às doenças ocupacionais. Conclusão: Pode-se concluir que o conceito de ergonomia entre os discentes participantes não foi completo e o mesmo conceito de ergonomia na percepção dos docentes, na maioria foi respondido de forma satisfatória.


Objective: This research aimed to investigate the knowledge and use of ergonomic concepts applied to Odontology for students and teachers in university clinics from a Dental School. Methods: This study investigates the realm of students registered in clinical disciplines (n=70) and the respective teachers (n=23) from the Dentistry course regarding ergonomic principles used in clinical routines. The incidence of painful symptomatology in the students was also researched by applying The Nordic Musculoskeletal Questionnaire (NMQ), which is a diagnostic tool. Data analyses were performed, both analytically and descriptively, using the Statistical Package for the Social Sciences and the analyses of association between the variables (Person). Results: Regarding painful symptomatology, the highest percentage of involvement were found in the regions of the upper back (23.5%), seven days before the interview, and in the neck (22.6%), two months before the interview. Most of the interviewed teachers (65.2%) responded satisfactorily to the concept to ergonomics according to the International Association of Ergonomics. As regards the preventive measures used in this discipline, 56.5% answered that they do not use preventive measures regarding occupational diseases. Conclusion: It can be concluded that the concept of ergonomics among the participating students was incomplete, and the same concept of ergonomics, from in the teacher's point of view, were mostly answered satisfactorily.


Assuntos
Estudantes de Odontologia , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Saúde do Trabalhador , Docentes de Odontologia , Ergonomia , Doenças Profissionais
2.
Bauru; s.n; 2017. 145 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883239

RESUMO

O trabalho assume um papel cada vez mais central na vida das pessoas, assim, é previsível que modelos modernos de tecnologias de gestão se ocupem também da qualidade de vida no trabalho (QVT) e dos fatores que incorporam a satisfação do indivíduo em sua atividade laboral e na humanização das situações relacionadas ao trabalho humano. Alguns estudiosos aventam a possibilidade do estresse contínuo no ambiente de trabalho acarretar prejuízos à integridade física, psicológica e ao convívio social e familiar dos profissionais. Assim à medida que o trabalho evolui e se torna mais dependente da técnica, ocorre um maior desgaste físico, psíquico e mental nos trabalhadores, isto acontece em função das exigências impostas pelas ocupações de ocupacionais e aumenta de forma assustadora o número de acidentes e doenças ocupacionais. Desta forma, a prática da odontologia predispõe seus profissionais a desenvolverem, sobretudo doenças do sistema osteomuscular, levando a incapacitação para o trabalho se não forem adotados princípios de ergonomia aplicados ao serviço. De maneira geral, no ambiente profissional há uma série de estímulos que podem contribuir significativamente para o surgimento de um conjunto de sintomas que são classicamente associados ao estresse laboral ou ocupacional. O objetivo do presente estudo consistiu em investigar os possíveis sintomas que acometem os cirurgiões dentistas da rede pública e da rede privada do município de Bauru/SP e sua relação com a atividade laboral, por meio do questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares (QNSO), avaliando também a presença da perda muscular manual utilizando um dinamômetro e assim investigar o impacto que esses possíveis fatores de risco causam na qualidade de vida desses cirurgiões dentistas utilizando o questionário QWLQ-Bref (Quality of Working Life Questionnaire Questionário de Qualidade de Vida no Trabalho). Do total de 1066 cirurgiões dentistas regularmente inscritos no Conselho Regional de Odontologia de Bauru (CROSP), apenas 128 (100,00%) participaram desta pesquisa, onde 64 cirurgiões dentistas pertencem à rede pública e 64 cirurgiões dentistas pertencem à rede privada. Tendo em vista a relevância sobre o tema Sintomas de LER/DORT, assim como os resultados também mostram que ao comparar a rede pública com a rede privada pôde-se perceber que na rede privada é maior é a frequência dos relatos de queixa de dor, desconforto ou dormência.(AU)


Work plays an increasingly central role in people's lives, so it is expected that modern models of management technologies will also focus on quality of life at work (QWL) and factors that incorporate the satisfaction of the individual in his work activity And the humanization of situations related to human work. Some scholars point out the possibility of continuous stress in the work environment causing damages to the physical and psychological integrity and to the social and familiar life of the professionals. Thus, as the work evolves and becomes more dependent on the technique, there is a greater physical, mental and mental exhaustion in the workers, this happens in function of the exigencies imposed by occupations of occupational and increases in a frightening way the number of accidents and occupational diseases. In this way, the practice of dentistry predisposes its professionals to develop, especially diseases of the musculoskeletal system, leading to incapacitation for work if principles of ergonomics applied to the service are not adopted. In general, in the professional environment there are a number of stimuli that may contribute significantly to the appearance of a set of symptoms that are classically associated with occupational or occupational stress. The objective of the present study was to investigate the possible symptoms that affect the dental surgeons of the public network and the private network of the city of Bauru / SP and its relation with the work activity, through the Nordic Questionnaire of Osteomuscular Symptoms (QNSO), evaluating Also the presence of manual muscle loss using a dynamometer and thus investigate the impact that these possible risk factors cause in the quality of life of these dental surgeons using the QWLQ-Bref questionnaire (Quality of Working Life Questionnaire). Of the total of 1,066 dentists regularly enrolled in the Regional Council of Dentistry of Bauru (CROSP), only 128 (100.00%) participated in this research, where 64 dental surgeons belong to the public network and 64 dental surgeons belong to the private network. Considering the relevance of the topic "Symptoms of RSI / DORT", as well as the results also show that when comparing the public network with the private network it was possible to perceive that in the private network it is greater is the frequency of the complaints reports of Pain, discomfort or numbness.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos Traumáticos Cumulativos/epidemiologia , Odontólogos/estatística & dados numéricos , Debilidade Muscular/epidemiologia , Doenças Profissionais/epidemiologia , Qualidade de Vida , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Transtornos Traumáticos Cumulativos/fisiopatologia , Força Muscular/fisiologia , Debilidade Muscular/fisiopatologia , Prevalência , Inquéritos e Questionários
3.
Bauru; s.n; 2017. 139 p. tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-880042

RESUMO

Com o objetivo de reestruturar a atenção básica caracterizada pelo atendimento assistencialista, centrado na doença e atendimento médico individualizado, surge no Brasil em 1987, o Programa de Agentes Comunitários de Saúde e a Estratégia Saúde da Família. Incorporando os princípios da universalidade, equidade e integralidade do Sistema Único de Saúde, desenvolve atividades de promoção, prevenção e recuperação da saúde em conjunto com a comunidade. Dessa proposta emerge um novo trabalhador, o Agente Comunitário de Saúde, considerado ponto chave na integração entre a equipe de saúde e as famílias da comunidade. Nessa perspectiva, o Agente Comunitário de Saúde é o foco dessa pesquisa que tem como objetivo identificar, através das percepções desses trabalhadores, os sofrimentos advindos da organização do seu trabalho e vivenciados diariamente. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa com a participação de 24 Agentes Comunitários de Saúde, 100% mulheres, selecionadas por sorteio, integrantes das equipes das sete unidades de Saúde da Família da cidade de Bauru, estado de São Paulo.Utilizou-se como critério de inclusão as Agentes Comunitários de Saúde maiores de dezoito anos e o critério de exclusão foi estar em acompanhamento psicológico devido ao trabalho. As participantes foram entrevistadas com um roteiro semiestruturado para o conhecimento das características das trabalhadoras, a organização do trabalho e a concepção que elas têm sobre o seu trabalho. Foram aplicados o Inventário de Sintomas de Stress em Adultos, o Inventário de Depressão de Beck e o MaslachInventoryBurnout junto a 41,6% das participantes. Para a análise dos dados coletados nas entrevistas, utilizou-se a metodologia da Análise do Discurso. Após leitura meticulosa do material coletado, constatou-senos discursos das trabalhadoras a percepção de sua prática diária envolvendo uma problemática em relação ao vínculo, reconhecido como uma importante tecnologia de trabalho para estabelecer a confiança entre os serviços de saúde e os usuários. Contudo, os meios pelos quais essa tecnologia é efetivada, adicionada à exigência de morar no mesmo bairro dos usuários, distorcem o trabalho das Agentes Comunitários de Saúde como ato, invadem e se misturam às vivências e sentimentos mais particulares dessas trabalhadoras.O vínculo formado com a população produz fragilidades emocionais que influenciam a construção da identidade e deixa evidente que esse trabalho vai além do âmbito profissional. Ainda, através das análises realizadas, identificaram-se relatos de sofrimentos psíquicos diários advindos de fatores psicossociais decorrentes da organização do trabalho.Os testes psicológicos mostraram resultados não significativos para detecção de estresse, depressão e síndrome de burnout. Nas falas foram identificadas ideologias defensivas, o que dificulta que as percepções descritas nessa pesquisa adquiram formas de alavancar uma mudança social na organização do trabalho do Agente Comunitário de Saúde.(AU)


With the objective of restructuring the basic care characterized by care assistance, centered on the disease and individualized medical care, the Program of Community Health Agents and the Family Health Strategy emerged in Brazil in 1987. Incorporating the principles of universality, equity and integrality of the Unified Health System, it develops health promotion, prevention and recovery activities together with the community. From this proposal emerges a new worker, the Community Health Agent, considered a key point in the integration between the health team and the families of the community. In this perspective, the Community Health Agent is the focus of this research whose objective is to identify, through the perceptions of these workers, the sufferings arising from the organization of their work and experienced daily. It is a qualitative study with the participation of 24 Community Health Agents, 100% women, selected by lot, members of the teams of the seven units of Family Health in the city of Bauru, state of São Paulo. The inclusion criteria were Community Health Agents over eighteen years old and the criterion of exclusion was to be in psychological accompaniment due to work. Participants were interviewed with a semistructured roadmap for the knowledge of the characteristics of the workers, the organization of work and the conception that they have about their work. The Inventory of Stress Symptoms in Adults, the Beck Depression Inventory and the Maslach Inventory Burnout were applied to 41.6% of the participants. For the analysis of the data collected in the interviews, the Discourse Analysis methodology was used. After a meticulous reading of the collected material, it was observed in the workers' discourses the perception of their daily practice involving a problem related to the bond, recognized as an important work technology to establish trust between the health services and the users. However, the means by which this technology is applied, added to the requirement of living in the same neighborhood as the users, distort the work of the Community Health Agents as an act, invade and mix with the experiences and feelings more particular of these workers. The bond formed with the population produces emotional fragilities that influence the construction of identity and makes evident that this work goes beyond the professional scope. Also, through the analyzes carried out, reports of daily psychic suffering from psychosocial factors resulting from work organization were identified. The psychological tests showed non-significant results for detection of stress, depression and burnout syndrome. Defensive ideologies were identified in the speeches, which makes it difficult for the perceptions described in this research to acquire ways of leveraging a social change in the organization of the work of the Community Health Agent.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Agentes Comunitários de Saúde/psicologia , Doenças Profissionais/psicologia , Saúde do Trabalhador , Saúde Mental , Testes Psicológicos , Inquéritos e Questionários , Condições de Trabalho , Ambiente de Trabalho
4.
Bauru; s.n; 2017. 91 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-880067

RESUMO

Este estudo teve por objetivo verificar a eficácia de um treinamento ergonômico na diminuição de posturas inadequadas adotadas por cirurgiãs-dentistas durante a execução de procedimentos de raspagem periodontal. Sessenta (60) cirurgiãs-dentistas foram alocadas aleatoriamente em dois grupos: o grupo de intervenção - G1, composto por 22 profissionais que receberam instruções e treinamento ergonômico teórico e prático; o grupo controle - G2, composto por 38 profissionais receberam o mesmo treinamento apenas após ao final do estudo. No baseline, utilizou-se um manequim odontológico no qual todas as participantes realizaram procedimentos de raspagem e alisamento dental em 6 faces dentárias, uma em cada sextante: faces vestibulares dos dentes 16, 11, 26 e 31 e faces linguais dos dentes 36 e 46. As observações foram realizadas através de vídeos realizados com 5 câmeras digitais, fixadas num suporte especificamente construído para obtenção de diferentes ângulos de visualização: direita, esquerda, posterior, superior e geral. Realizou-se análise exploratória da distribuição dos dados seguida de análise descritiva e analítica utilizando-se o teste de ANOVA de medidas repetidas com =5%. Foram realizadas 984 análises das quais 720 antes do treinamento e 264 após o treinamento. O treinamento ergonômico possibilitou 63% de redução de prevalência de posturas não recomendadas e houve diferença estatisticamente significante (p<0,00001) entre os grupos controle (inicial e final), intervenção inicial e intervenção final. Concluiu-se que o treinamento ergonômico realizado contribuiu significativamente para diminuir a prevalência de posturas não recomendadas durante a execução de procedimentos básicos periodontais.(AU)


This study aimed to assess the efficacy of an ergonomic training in order to decrease the prevalence of not recommended postures assumed by dentists during dental scaling procedures. Sixty (60) female dentists were randomly allocated into two groups: G1- intervention group - composed by 22 dentists who received theoretical and practical ergonomic training; G2 - control group - composed by 38 professionals received the similar training only after the end of the study. In the baseline, it was used a dental manikin in which all participants performed dental scaling on 6 dental surfaces, one in each sextant of the mouth: buccal surfaces of 16, 11, 26 and 31 teeth and lingual faces of 36 and 46 teeth. The observations were made through videos realized with 5 digital cameras, fixed in a support specifically constructed to obtain different viewing angles: right, left, posterior, superior and general. An exploratory analysis of the data distribution followed by descriptive and analytical analysis was performed using the ANOVA test for repeated measures with = 5%. A total of 1440 observations were performed, 720 before and 720 after training. Ergonomic training decrease the prevalence of not recommended postures in 63%. There was a statistically significant difference (p <0.00001) between the control, pre-training intervention and post-training intervention groups. It was concluded that the ergonomic training was effective to decrease the prevalence of not recommended postures during dental scaling procedures.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Equipamentos Odontológicos/normas , Odontólogos , Ergonomia/instrumentação , Doenças Profissionais/prevenção & controle , Saúde do Trabalhador/educação , Análise de Variância , Raspagem Dentária , Educação em Saúde/métodos , Reprodutibilidade dos Testes
5.
Braz. j. oral sci ; 15(2): 124-130, Apr.-June 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848233

RESUMO

Aim: To identify the factors involved in absenteeism in a steel industry in the city of São Jose dos Campos, São Paulo, Brazil. Methods: A cross-sectional study was carried out after obtaining permission from Institutional Ethics Committee in a steel industry. Worker's detailed information regarding absenteeism was obtained from the Health Department files, from January 2005 to December 2008. Specifical data were: sex, function, certificate type (medical or dental), the working sector, according to the Large Groups (LG) of Brazilian Classification of Occupations - 2002, working periods, duration of absenteeism (lost days), the main causes of absenteeism (International Classification of Diseases ICD-10). Results: A total of 570 workers were recorded. The majority of workers were males (97%), with medical certificate (97%), LG-7 workers in the production of industrial goods and services (62.09%), and operators of industrial machinery (68.3%) and the working period was Shift 4 - Monday to Friday from 8 am to 12 am and 1 pm to 5 pm (44.43 %). The total duration of absenteeism was 3,187 days, the main causes of diseases being problemas in the musculoskeletal system and connective tissue (18.48%), respiratory diseases (17.11%), injuries, poisoning and other external causes (11.24%), and diseases of the digestive tract (11.24%). Conclusions: It was concluded that there was under-reporting of absenteeism due to dental causes (41 events) during the study period. More studies in this field are required (Au)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Absenteísmo , Indústria Siderúrgica , Registros Médicos , Odontologia do Trabalho , Doenças Profissionais , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais , Categorias de Trabalhadores , Educação em Saúde , Promoção da Saúde , Classificação Internacional de Doenças
6.
Rev. ABENO ; 16(3): 96-105, 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-882053

RESUMO

O presente estudo teve por objetivo analisar aspectos ergonômicos de atendimentos clínicos realizados em quatro especialidades odontológicas. Trata-se de um estudo observacional, para o qual foram filmados 48 procedimentos odontológicos, das especialidades de Endodontia, Cirurgia, Dentística Restauradora e Periodontia, realizados por acadêmicos concluintes de um curso de Odontologia em um laboratório de ergonomia. A postura ergonômica foi analisada por meio de um instrumento baseado nas especificações da ISO/FDI (International Standards Organization e a Federation Dentaire Internacionale). De acordo com essa classificação, são observados oito aspectos durante o atendimento, que envolvem o profissional e o equipamento utilizado, recebendo um ponto para cada item corretamente executado. Os tratamentos de Endodontia tiveram média de 3,69 pontos positivos; Cirurgia 4,03; Dentística Restauradora 4,26 e Periodontia 5,99 pontos. O tempo médio de atendimento foi de 62,3 minutos, sendo que os de maior duração resultaram em número maior de infrações ergonômicas (p<0,01). Quanto maior a complexidade do procedimento realizado, menor a adequação aos princípios ergonômicos (p=0,01). Em conclusão, a postura de trabalho foi insatisfatória principalmente em especialidades que demandaram maior tempo clínico (AU).


This study aimed to analyze ergonomic aspects of clinical care provided in four dental specialties. This is an observational study, which was filmed 48 dental procedures, specialties: endodontics, surgery, restorative dentistry and periodontology, performed by undergraduate dental students in an ergonomics laboratory. The ergonomic posture was analyzed by means of a checklist, based on the specifications of ISO / FDI (International Standards Organization and the Federation Dentaire Internationale), according to this classification are observed eight points during the service, involving the professional and equipment used, getting one point for each item correctly executed. Results: endodontics treatments had an average of 3.69 positive points; surgery 4.03; restorative dentistry 4,26 points and periodontics 5,99 points. The average service time was 62.3 minutes, and the longer duration resulted in a greater number of ergonomic offenses (p <0.01). The greater the complexity of the procedure performed, the less adaptation to ergonomic principles (p = 0.01). In conclusion, the working position was unsatisfactory mainly in specialties demanded greater clinical time (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Clínicas Odontológicas , Odontólogos/normas , Ergonomia/normas , Doenças Profissionais , Brasil , Interpretação Estatística de Dados , Estudos Observacionais como Assunto/métodos , Estudos de Avaliação como Assunto/métodos
7.
Araçatuba; s.n; 2015. 102 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870064

RESUMO

A odontologia é uma profissão muito vulnerável a riscos ocupacionais, principalmente os relacionados à postura de trabalho. Objetivo: Verificar a prevalência dos distúrbios osteomusculares em cirurgiões-dentistas que frequentaram cursos de pós-graduação de diversas especialidades, estabelecendo possíveis relações com fatores sociodemográficos e ocupacionais, avaliar a percepção dos profissionais em relação aos fatores de risco e correlacionar a dor osteomuscular com a incapacidade funcional experimentada pelos profissionais da odontologia. Metodologia: trata-se de um estudo transversal, no qual os profissionais responderam aos instrumentos validados: "Work-related activities that may contribute to job- related pain and/or injury", NMQ "Nordic Musculoskeletal Questionnaire", " Pain Disability Questionnaire (PDQ)" e a Escala Numérica da Dor. Foram, ainda, coletadas variáveis de caracterização sociodemográfica e ocupacional. A análise dos resultados foi realizada através do programa SPSS - versão 21.0, e utilizou-se o teste de correlação de Spearman. Para comparação de grupos foram utilizados os testes não paramétricos de Mann Whitney e Kruskal-Wallis. Resultados: Do total de cirurgiões dentistas entrevistados (N=94), 90.4% relataram ter experiência de dor osteomusculares e apresentaram risco de dor na região inferior das costas 13.40 vezes maior do que os sujeitos assintomáticos. As regiões mais prevalentes foram: pescoço (58.5%), parte inferior (57.4%) e superior das costas (55.3%), ombros (46.8%) e punhos/mãos (44.7%). Observou-se significância estatística em relação à presença de dor quando o cirurgião dentista encontra-se numa situação ocupacional desconfortável, como por exemplo, trabalhar em posições incorretas ou em locais muito apertados (p-valor 0.005). A média total do PDQ foi de 7.91, para o domínio condição funcional (CF) a média foi de 5.29 e para o domínio componente psicossocial (CP) foi de 2.61. A incapacidade gerada pela dor foi classificada...


Dentistry is a job very vulnerable to occupational risks mainly those concerning work postures. Objective: To verify the prevalence of musculoskeletal disturbs in dentists who are enrolled in post-graduation courses in many specialties, stablishing possible relation with social, demographic and occupational factors; to evaluate the professionals’ perception regarding risk factors and correlation the musculoskeletal pain to the consequent incapacity among dental professionals. Method: In this cross-sectional study the professionals answered to the validated instruments: "Work-related activities that may contribute to job - related pain and/or injury", "Nordic Musculoskeletal Questionnaire" (NMQ), "Pain Disability Questionnaire (PDQ) and the Numerical Scale for Pain. Variables about social, demographic and occupational characterization were also collected. The data analysis was performed using SPSS software - version 21.0 and it was applied the Sperman’s Test. To compare the groups it was applied the non-parametric Mann-Whitney and Kruskal-Walis tests. Results: of total (N=94), 90.4% reported that they have experience of musculoskeletal pain, and these dentists showed risk 13.40 times higher to feel pain in inferior part of back than those who had no symptoms. The most prevalent areas of pain were the neck (58.5%), inferior (57.4%) and superior (55.3%) parts of back, shoulders (46.8%), and fists/hands (44.7%). The relation between the existence of pain and uncomfortable occupational postures of dentists was statistically significant, e.g. to work in wrong positions or in strait locals (p-value 0.005). Total average of PDQ was 7.91; on functional condition domain (FC) the average was 5.29 and on psychosocial component domain (PD) was 2.61. The incapacity resultant of pain was classified as moderate by 69.1% of professionals and the other part was classified as no incapacity. Regarding intensity of pain, the average was 1.96 and its intensity was classified as...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doenças Profissionais/prevenção & controle , Odontólogos/normas , Saúde do Trabalhador/normas , Transtornos Traumáticos Cumulativos/epidemiologia , Doenças Profissionais/complicações , Estudos Transversais/métodos , Fatores de Risco , Estatísticas não Paramétricas , Inquéritos e Questionários , Transtornos Traumáticos Cumulativos/prevenção & controle
8.
Full dent. sci ; 6(21): 124-129, dez. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-750192

RESUMO

O presente trabalho teve como objetivo levantar evidˆncias relacionadas …s doen‡as profissionais e/ou ocupacionais que os cirurgiães-dentistas estÆo vulner veis. Elaborou-se mediante a aplica‡Æo de m‚todos expl¡citos e sistematizados de busca, aprecia‡Æo cr¡tica e s¡ntese da informa‡Æo selecionada, uma revisÆo da literatura sobre o tema. Os trabalhos foram selecionados das bases de dados eletr“nicas (PubMed, Bireme, Nature, Scielo e Cochrane), sendo consultados no per¡odo de 1990 a 2013 sobre as seguintes tem ticas: “doen‡as ocupacionais na Odontologia”, “risco ocupacional odontol¢gico”, “Odontologia do trabalho”, “occupational disease Dentistry”, “occupational hazards”, “dentist”, “cirurgiÆo-dentista”, nos idiomas portuguˆs e inglˆs. Selecionaram-se 21 artigos de um total de 40 potencialmente relevantes, identificados nas pesquisas de base de dados, que reportaram sobre as diversas doen‡as ocupacionais. Concluiu-se que os cirurgiães-dentistas devem conscientizar-se dos riscos ocupacionais e que trabalhos educativos no sentido de preven‡Æo das doen‡as profissionais sÆo necess rios.


The present study aimed to collect evidence related to occupational diseases to which dental surgeons are exposed. A literature review on the subject was elaborated through the application of explicit and systematic search methods, critical appraisal, and synthesis of selected information. The studies were chosen from electronic databases (Pubmed, Bireme, Nature, SciELO and Cochrane), consulted in the period from 1990 to 2013 on the following topics: “occupational diseases in Dentistry”, “occupational hazards in Dentistry”, “dental work”, “occupational disease Dentistry”, “occupational hazards”, “dentist”, “dental surgeon”, in Portuguese and English. Twenty-one articles were selected from a total of 40 potentially relevant studies identified in the databases concerning various occupational diseases. It was concluded that dentists should become aware of occupational hazards and that further educational programs towards the prevention of occupational diseases are still necessary.


Assuntos
Odontologia do Trabalho , Doenças Profissionais , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais
9.
Odonto (Säo Bernardo do Campo) ; 20(40): 49-55, jul.-dez. 2012.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-790179

RESUMO

Introdução: várias são as doenças ocupacionais que manifestam sinais na cavidade bucal. Podem ser de etiologia mecânica, física, química, biológica, ergonômica e psicossocial. De acordo com o tipo de causa lesional, podem ocorrer colorações, erosões ou traumas de diferentes intensidades. Objetivo: o objetivo deste estudo foi esclarecer as lesões relacionadas ao trabalho, bem como apresentar métodos preventivos. Metodologia: utilizou-se uma metodologia meta-analítica e os resultados mostraram diversos riscos ocupacionais com manifestações bucais. Considerações finais: Concluiu-se que a melhor forma de prevenção dessas injúrias é o uso dos equipamentos de proteção individual e a adequação do meio ambiente laboral. Muitas lesões necessitam tratamento, algumas requerem o controle dos danos e outras a remoção do agente irritante.


Introduction: Several are the occupational diseases that reveal signals in the mouth. They can be of etiology mechanics, physics, chemistry, biological or ergonomic and psychosocial. According with the type of lesion cause, it can occur different intensities of colorations, erosions or traumas. Objective: the aim of this study was to clarify the injuries related to work activities, as well as to present preventive methods. Methods: a meta-analytical methodology was used and the results hadshown a variety of occupational risks in the mouth. Final considerations: we concluded that the best form of prevention of these injuries is the use of individual equipment protection and the adequacy of the labor environment. Many injuries need treatment, some require the control of damages and others the removal of the irritating agent.


Assuntos
Humanos , Doenças Profissionais/etiologia , Doenças da Boca/etiologia , Doenças Profissionais/terapia , Doenças da Boca/terapia , Fatores de Risco
10.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-673939

RESUMO

Objetivo: Identificar a percepção de graduandos de Odontologia quanto aos fatores presentes no ambiente de trabalho/estudo que pudessem contribuir para o desenvolvimento de distúrbios osteomusculares.Método: Foram avaliados 348 estudantes do curso de graduação da Faculdade de Odontologia de Araraquara ? UNESP. Utilizou-se a versão em português do ?Work-related activities that may contribute to job-related pain and/or injury?. Realizou-se estatística descritiva.Resultados: A média da percepção dos graduandos foi 5,68 (DP=1,92), sendo que os fatores que apresentaram maiores valores médios foram continuar trabalhando quando está com alguma dor ou lesão (7,49, DP=2,55), curvar ou torcer as costas de maneira desconfortável (7,39, DP=2,59), trabalhar em posições desconfortáveis/inadequadas (7,27, DP=2,60) e trabalhar na mesma posição por longos períodos (7,02, DP=2,53). De forma geral, os estudantes do gênero feminino apresentaram escores médios de percepção maiores do que os do masculino. As partes do corpo que apresentaram maior prevalência de dor foram o pescoço (67,0%) e a parte inferior das costas (65,8%).Conclusão: Os estudantes apresentaram percepção em relação aos fatores de risco presentes no ambiente de trabalho/estudo.


Objective: To identify the perception of undergraduate dental students with respect of the risk factors present at the study/work place that could contribute to the development of musculoskeletal disorders. Method: A total of 348 undergraduate dental students from Araraquara Dental School - UNESP were evaluated. The Portuguese version of the ?Work-related activities that may contribute to job-related pain and/or injury? questionnaire was used. Data were analyzed by descriptive statistics. Results: The mean perception of the undergraduates was 5.68 (SD=1.92). The factors with highest mean values were continue working with some kind of pain or lesion (7.49, SD=2.55), bending or twisting the back in an uncomfortable manner (7.39, SD=2.59), working in uncomfortable/inadequate positions (7.27. SD=2.60) and working in the same position for long periods (7.02. SD=2.53). Overall, female students presented higher mean scores of perception than male students. The body parts with highest prevalence of pain were the neck (67.0%) and lower back (65.8%).Conclusion: The students showed perception in relation to the risk factors for musculoskeletal disorders present at the study/work place.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos Traumáticos Cumulativos/etiologia , Doenças Profissionais/etiologia , Percepção , Estudantes de Odontologia , Estudo Observacional , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos , Ambiente de Trabalho/prevenção & controle
13.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-614367

RESUMO

Objetivo: Avaliar a reprodutibilidade intra-examinador de medidas antropométricas estáticas de graduandos do curso de Odontologia, bem como características e medidas de regulagem de mochos odontológicos por eles utilizados. Método: Foram avaliados 40 voluntários e 6 tipos de mochos. Para tomada das medidas antropométicas, os equipamentos utilizados foram cadeira de escritório adaptada, trena flexível com duas hastes adaptadas, dispositivo metálico com ângulo central de 90º, barbante, prancha de madeira retangular medindo 35 x 24 cm, fita isolante e fita crepe. Para padronização do posicionamento da cadeira de escritório adaptada e dos pés dos voluntários foram feitas marcações com fita crepe e isolante no chão. Um fio de barbante foi amarrado na região da cintura de cada voluntário com o objetivo de demarcar a área correspondente à região renal, possibilitando a tomada da medida assento-região renal. As medidas antropométricas observadas foram altura, altura tronco-encefálica, medida sacro-poplítea, largura do quadril, altura poplítea e altura assento-região renal. As características do mocho avaliadas em relação ao assento foram profundidade, largura horizontal e altura mínima/máxima. Em relação ao encosto foram avaliados o ajuste mínimo/máximo de altura. As medidas antropométricas e medidas dos mochos odontológicos foram tomadas por um examinador, em dois momentos distintos, com o intervalo de uma semana entre as avaliações. Para estimar a reprodutibilidade intra-examinador foi utilizado o coeficiente de correlação intra-classe (p). Resultados: Verificou-se um excelente resultado de reprodutibilidade para todas as medidas antropométricas tomadas (p=0,99) bem como para os mochos odontológicos avaliados (p=0,99). Conclusão: A tomada de medidas antropométricas e dos mochos odontológicos foi reprodutível, podendo ser utilizada com confiança.


Objective: To evaluate the intraexaminer reproducibility of static anthropometric measurements of undergraduate dental students as well as the characteristics and regulating measurements of the dental stools used by them. Methods: Forty volunteers and 6 types of dental stools were evaluated. For the anthropometric measurements the employed equipments were: an adapted office chair, a flexible measuring tape with two adapted rods, a metallic device with a 90 degree central angle, string, a 35 x 24 cm rectangular wooden board, isolating tape and crepe tape. In order to standardize the position of the adapted office chair and the volunteers' feet, the floor was marked with the isolating and crepe tapes. A string was attached to the waist of each volunteer to mark the area corresponding to the kidney region making it possible to measure the seat-renal region area. The examined anthropometric measurements were height, trunk-cephalic heigh, sacral-popliteal distance (OK?), hip width, popliteal height and the seat-renal region height. The evaluated characteristics of the dental stools relative to the seat were depth, horizontal width and minimum/maximum height. The back of the dental stool was evaluated as for the minimum/maximum height adjustment. The anthropometric and dental stool measurements were obtained by a single examiner at two moments with a 1-week interval between the evaluations. Intra-class correlation coefficient (p) was used to estimate the intraexaminer reproducibility. Results: Excellent reproducibility was observed for all anthropometric measurements obtained (p=0.99) as well as for all dental stools evaluated (p=0.99). Conclusion: The method used to obtain the anthropometric and dental stools measurements was reproducible and can be used reliably.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Antropometria , Odontologia , Doenças Profissionais/diagnóstico , Doenças Profissionais/prevenção & controle , Ergonomia , Saúde do Trabalhador , Reprodutibilidade dos Testes
14.
Rev. odonto ciênc ; 26(3): 215-221, 2011. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-611673

RESUMO

PURPOSE: To investigate the knowledge and practices of immunization against occupational diseases and its associated factors among health students. METHODS: An exploratory cross-sectional study was carried out with a random sample of 275 graduate students from the Schools of Dentistry, Physiotherapy, Pharmacy, Psychology and Nursing. During data collection we carried out individual interviews on issues related to immunization coverage, diseases and occupational accidents and sociodemographic variables. The statistical tests used were the Pearson's chi-square and Fisher's exact tests (a=0.05). RESULTS: Most students considered influenza (65.5 percent) and hepatitis B (58.5 percent) occupational diseases. Almost 30 percent of the students reported having attended to patients with infectious diseases, especially AIDS. Contact with body fluids or accidental exposure was reported by 12.7 percent being 34.3 percent by accident with drills; 88.2 percent of the students had incomplete immunization coverage due to lack of time in most cases (27 percent). None of the variables was significantly associated with vaccination coverage. CONCLUSION: The students' knowledge of occupational diseases and vaccination coverage was poor, which reflects the need for motivational policies through activities for clarification and expansion of vaccination coverage.


OBJETIVO: Investigar o conhecimento e as práticas de imunização contra doenças ocupacionais e fatores associados entre estudantes de saúde. METODOLOGIA: Foi realizado um estudo transversal exploratório, com amostra probabilística composta por 275 universitários dos Cursos de Odontologia, Fisioterapia, Farmácia, Psicologia e Enfermagem. Na coleta de dados utilizou-se entrevista individual com questões relacionadas à cobertura vacinal, ao conhecimento de doenças, a acidentes ocupacionais e fatores sociodemográficos. Os dados foram analisados por testes Qui-Quadrado de Pearson e o Exato de Fisher (a=5 por cento). RESULTADOS: A maioria dos estudantes considerou influenza (65,5 por cento) e hepatite B (58,5 por cento) como doenças ocupacionais. Quase 30 por cento relataram já ter atendido pacientes com doenças infectocontagiosas, principalmente AIDS (7 por cento). O contato com fluidos orgânicos ou a exposição acidental foi relatada por 12,7 por cento dos entrevistados, através de acidente com instrumento perfuro-cortante (34,3 por cento); 88,2 por cento dos acadêmicos apresentaram cobertura vacinal incompleta, sendo a falta de tempo o motivo mais citado (27 por cento). Nenhuma variável mostrou associação significativa com a cobertura vacinal. CONCLUSÃO: O conhecimento dos acadêmicos sobre doenças ocupacionais e a cobertura vacinal foram deficientes, refletindo a necessidade de políticas motivacionais, através de atividades de esclarecimento e ampliação da cobertura vacinal.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Cobertura Vacinal , Doenças Profissionais , Riscos Ocupacionais , Estudantes de Ciências da Saúde , Estudos Transversais
15.
Braz. dent. sci ; 14(3/4): 66-76, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-727404

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo elaborar uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados BBO, Scielo e Medline, de 2000 a 2010 sobre o estado atual da Odontologia do Trabalho, especialidade aprovada em setembro de 2001 pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), e também levantar as medidas que estão sendo tomadas em nível governamental e pelos órgãos da categoria no sentido de possibilitar a inserção deste especialista no mercado de trabalho. A má condição de saúde bucal é uma das causas mais freqüentes de absenteísmo, podendo ocasionar até mesmo queda de produtividade em uma empresa. A Odontologia do Trabalho visa contribuir para a manutenção da saúde e da qualidade de vida do indivíduo no desempenho do seu trabalho, com atuação multidisciplinar, agregando conhecimento de muitas áreas e estudando as relações entre as implicações que os locais de trabalho determinam sobre a saúde do sistema estomatognático do trabalhador. Embora já sejam aproximadamente 700 os especialistas em Odontologia do Trabalho inscritos no CFO, a inserção deste profissional nas equipes de Saúde do Trabalhador está na dependência da aprovação do PL 422/2007, ainda em tramitação na Câmara dos Deputados


This literature review was based on data retrieved from BBO, Scielo and Medline, limiting the timeframe from 2000 to 2010, and using the term Labor Dentistry. This research focused also on determining the measures taken by governmental and other professional entities in order to facilitate the insertion of this specialty in the market. The Federal Council of Dentistry approved this specialty in September of 2001, which aggregates now 782 professionals nationwide. The specialty aims to maintaining health and quality of life of individuals while performing their work activity, and to study the relations of the implications of workstations on oral health of workers. Actions of the specialty have a multidisciplinary concept, comprising knowledge from several areas. Poor oral conditions are the most frequent causes of absence from work, decreasing the company productivity. The performance field of specialists in this area comprises dental examinations, planning educational programs to avoid job-related accidents and occupational illness; identification and monitoring of environmental factors (constituting risks to oral health) for technical security assessment, application of ergonomic concepts, among others


Assuntos
Odontologia do Trabalho , Doenças Profissionais , Saúde do Trabalhador
16.
RFO UPF ; 15(2): [111-118], maio-ago. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874349

RESUMO

A odontologia está entre as profissões mais expostas às doenças de caráter ocupacional e os cirurgiões-dentistas,entre os primeiros em afastamentos do trabalho por incapacidade temporária ou permanente. Objetivo: O objetivo do presente estudo é verificar a tendência àpostura cifoescoliótica nos cirurgiões-dentistas em serviços públicos de saúde. Métodos: Foi realizada umapesquisa aplicada, quantitativa e exploratória, sendo classificada como tipicamente de campo, caracterizando-se como um estudo de caso, visando promover a identificação das tendências a desvios posturais corporais e sua relação com o perfil sociossanitário e epidemiológico dos profissionais que trabalham numa secretaria municipal de saúde. Foi aplicado um questionárioaos cirurgiões-dentistas e realizado exame para análise postural corporal por meio do auxílio de simetógrafo.Resultados: As associações estatísticas das relações entre os perfis sociossanitários e epidemiológicos e a análise postural demonstraram que existe uma associação entre a profissão de cirurgião-dentista e desvios posturaiscorporais, principalmente cifose, escoliose e retificação de pescoço. Conclusão: O desenvolvimento dosdesvios ocorre ainda, de maneira significativa, com o aumento das faixas etárias, jornada de trabalho diário, otempo de atuação profissional e o gênero do indivíduo


Assuntos
Coluna Vertebral , Doenças Profissionais , Ergonomia , Odontólogos
17.
Braz. dent. sci ; 12(4): 59-63, out.-dez. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-587937

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar a opinião dos alunos com relação ao programa Saúde Ocupacional da Disciplina de Dentística da FOSJC/UNESP. O programa aborda o aspecto preventivo das doenças que o cirurgião-dentista pode adquirir devido a sua atividade profissional. Desenvolvem-se motivação e conscientização do aluno com relação à prevenção de doenças ocupacionais (lesões por esforço repetitivo e as doenças degenerativas), pelo conhecimento de suas causas,formas de prevenção e aquisição do hábito da ginástica laboral. Elaborou-se uma apostila para consulta sobre doenças relacionadas à má-postura e métodos incorretos de trabalho e realizam-se exercícios de alongamento que compõem a ginástica laboral preparatória no início do expediente, em todas as aulas laboratoriais. Aplicou-se um questionário a 67 alunos, obtendo-se os seguintes resultados: 100% consideraram importante o ensino da Ergonomia na prática odontológica;92,53% acreditam que a realização do alongamento nas aulas laboratoriais desperta o interesse para a prevenção das doenças degenerativas e lesões por esforço repetitivo; 95,52% pretendem continuar a realizar o alongamento no consultório odontológico; 94,02% consideraram adequado o conteúdo teórico da apostila com relação à Ergonomia. No entanto, apenas 67,16% dos alunos fariam o alongamento por interesse próprio nas aulas. Conclui-se que o programa cumpre a proposta de conscientizar os alunos quanto aos danos causados pela profissão, melhoria da condição de saúde e bem-estar do futuro profissional, mas necessita constante estimulação com relação ao tema.


The aim of this study was to evaluate the students’ opinion regard to the Occupational Health program of the RestorativeDentistry Discipline of the FOSJC/UNESP. The program approaches the preventive aspect of the diseases that the dentistsmay obtain during their professional activity. The motivation and knowledge of the prevention of the occupational diseasesare developed, with emphasis in lesions caused by repeated effort and degeneration diseases, by means of the knowledgeof their causes and prevention, besides the creation of the habit of performing labor gymnastics. A marginal note withdidactic texts including diseases related to incorrect posture and methods of working was made for consultation andrelaxing and stretching exercises are performed, called the preparatory labor gymnastics, at the beginning of the day,in every laboratorial classes. A questionnaire was applied to 67 students, with the results: 100% considered importantthe teaching of the Ergonomics in Dentistry; 92,53% believe that the labor gymnastics in the laboratorial classes wakesup the interest for the prevention of the degenerative diseases and lesions caused by repeated effort; 95,52% intend tocontinue to accomplish this routine later in their offices; 94,02% considered appropriate the Ergonomics content of themarginal note. However, only 67,16% of the students would make the gymnastics by themselves in the classes. It isconcluded that the program accomplishes the proposal of students’ conscientization with relationship to the damagescaused by the profession; and improvement of the health condition and well-being of the future professional, but it isneeded constant stimulation about the theme.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Ergonomia , Doenças Profissionais , Ginástica
18.
Ciênc. odontol. bras ; 12(04): 59-63, out./dez.2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850672

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar a opinião dos alunos com relação ao programa Saúde Ocupacional da Disciplina de Dentística da FOSJC/UNESP. O programa aborda o aspecto preventivo das doenças que o cirurgião-dentista pode adquirirdevido a sua atividade profissional. Desenvolvem-se motivação e conscientização do aluno com relação à prevenção de doenças ocupacionais (lesões por esforço repetitivo e as doenças degenerativas), pelo conhecimento de suas causas,formas de prevenção e aquisição do hábito da ginástica laboral. Elaborou-se uma apostila para consulta sobre doenças relacionadas à má-postura e métodos incorretos de trabalho e realizam-se exercícios de alongamento que compõem a ginástica laboral preparatória no início do expediente, em todas as aulas laboratoriais. Aplicou-se um questionário a 67 alunos, obtendo-se os seguintes resultados: 100% consideraram importante o ensino da Ergonomia na prática odontológica;92,53% acreditam que a realização do alongamento nas aulas laboratoriais desperta o interesse para a prevençãodas doenças degenerativas e lesões por esforço repetitivo; 95,52% pretendem continuar a realizar o alongamento noconsultório odontológico; 94,02% consideraram adequado o conteúdo teórico da apostila com relação à Ergonomia. No entanto, apenas 67,16% dos alunos fariam o alongamento por interesse próprio nas aulas. Conclui-se que o programa cumpre a proposta de conscientizar os alunos quanto aos danos causados pela profissão, melhoria da condição de saúde e bem-estar do futuro profissional, mas necessita constante estimulação com relação ao tema.


The aim of this study was to evaluate the students’ opinion regard to the Occupational Health program of the RestorativeDentistry Discipline of the FOSJC/UNESP. The program approaches the preventive aspect of the diseases that the dentistsmay obtain during their professional activity. The motivation and knowledge of the prevention of the occupational diseasesare developed, with emphasis in lesions caused by repeated effort and degeneration diseases, by means of the knowledgeof their causes and prevention, besides the creation of the habit of performing labor gymnastics. A marginal note withdidactic texts including diseases related to incorrect posture and methods of working was made for consultation andrelaxing and stretching exercises are performed, called the preparatory labor gymnastics, at the beginning of the day,in every laboratorial classes. A questionnaire was applied to 67 students, with the results: 100% considered importantthe teaching of the Ergonomics in Dentistry; 92,53% believe that the labor gymnastics in the laboratorial classes wakesup the interest for the prevention of the degenerative diseases and lesions caused by repeated effort; 95,52% intend tocontinue to accomplish this routine later in their offices; 94,02% considered appropriate the Ergonomics content of themarginal note. However, only 67,16% of the students would make the gymnastics by themselves in the classes. It isconcluded that the program accomplishes the proposal of students’ conscientization with relationship to the damagescaused by the profession; and improvement of the health condition and well-being of the future professional, but it isneeded constant stimulation about the theme.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Ergonomia , Doenças Profissionais , Ginástica
19.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 38(4): 235-243, jul.-ago. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874756

RESUMO

Introdução: Níveis de pressão sonora intensos podem ser encontrados no ambiente de trabalho do odontólogo devido aos equipamentos utilizados. Esses níveis podem representar um risco à sua saúde. Objetivo: examinar os prováveis efeitos da exposição ocupacional ao ruído na audição de odontólogos, a percepção e o conhecimento dos mesmos acerca dos malefícios da exposição ao ruído e das possibilidades de prevenção. Método: trata-se de um estudo transversal (ou seccional), que avaliou a audição de 219 odontólogos (56,44% mulheres e 43,55% homens); estes também responderam a um questionário para coletar dados relativos à exposição ocupacional ao ruído. Resultado: prevalência de alterações auditivas de 32,51% nos 163 odontólogos incluídos na pesquisa; a ocorrência de alterações auditivas aumentou com a idade e os anos de serviço; com os anos de serviço, aumenta a jornada de trabalho, infuenciando na audição; o ruído no trabalho foi percebido como médio (49,07%); 96,9% conhecem os efeitos do ruído e 3,06% usam protetores auriculares. Concluiu-se que os odontólogos deste estudo apresentam alterações auditivas sugestivas de terem sido induzidas por ruído (razão de prevalência = 1,79 95% IC 0,09-4,44), quando a jornada de trabalho for igual ou superior a oito horas.


Introduction: intense sound pressure levels are found in the work environment of dentists, because of the equipment used. Such levels can represent a health risk. Aim: to examine the effects of occupational noise exposure on dentists' hearing, the beliefs and knowledge they have on noise exposure effects and preventive measures. Method: in this transversal (or cross-sectional) study 163 dentists (56.44 % female and 43.55% males) underwent hearing testing and an interview. Result: the prevalence of hearing loss among participants was of 32.51%; as age and duration of exposure (in years) increased there was an increase in hearing loss; as duration of exposure (in years) increased, the length of their work shift also increased; noise in the workplace was perceived as moderate by 49.07 % of the participants; 96.9% of the participants knew the effects of noise and 3.06% use hearing protector devices. We concluded that dentists in this study have hearing loss suggested by noise-induced (prevalence ratio = 1.79 95% CI 0.09-4.44). The highest prevalence of hearing loss was associated to work shift equal or longer than 8 hours.


Assuntos
Humanos , Doenças Profissionais , Efeitos do Ruído , Perda Auditiva Provocada por Ruído
20.
Rev. odonto ciênc ; 24(2): 173-179, abr.-jun. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-518609

RESUMO

Objetivo: O objetivo do estudo foi registrar a prevalência dos distúrbios osteomusculares em cirurgiões-dentistas e estabelecer possíveis relações com fatores sociodemográficos e ocupacionais. Metodologia: Os dados foram coletados através de um estudo transversal, sendo enviado um instrumento de pesquisa autoaplicável para uma amostra de 153 profissionais que trabalhavam na região Meio Oeste do Estado de Santa Catarina, Brasil. O instrumento teve como base dois questionários traduzidos e validados para a língua portuguesa: o SRQ-20 "Self-Reported Questionnaire" e o NMQ "Nordic Musculoskeletal Questionnaire". Foram coletadas variáveis de caracterização sociodemográfica e ocupacional. Os dados foram analisados através de regressões logísticas uni e multivariadas ao nível de significância de 5%. Resultados: Do total de cirurgiões dentistas entrevistados, 142 (93%) relataram ter tido distúrbios osteomusculares em pelo menos uma parte do corpo no último ano em decorrência da atividade profissional. As regiões mais prevalentes relatadas pelos profissionais foram coluna cervical e dor nos ombros, acometendo 107 (70%) e 99 (65%) dos profissionais, respectivamente. Conclusão: A prevalência dos distúrbios osteomusculares foi alta nesta amostra e houve associação com algumas características ocupacionais e socioeconômicas.


Purpose: The aim of this study was to record the prevalence of osteomuscular disorders in dental surgeons and to test their association with demographic and occupational factors. Methods: Data were collected using a cross-sectional study design. A self-applied questionnaire was delivered to 153 dental surgeons who worked in the Central West region of Santa Catarina State, Brazil. The instrument was based on two questionnaires translated into Portuguese language and validated previously: the SRQ-20 "Self-Reported Questionnaire" and the NMQ "Nordic Musculoskeletal Questionnaire". Demographic and occupational variables also were collected. Data were analyzed by using uni- and multivariate logistic regression at the significance level of 0.05.Results: A total of 142 (93%) dental surgeons declared to have had osteomuscular disorders as a consequence of their professional activity in the past year. The spinal column and pain in the shoulders were the main complaints comprising 107 (70%) and 99 (65%) of the interviewed professionals, respectively. Conclusion: The prevalence of osteomuscular disorders was high in this sample and was mainly associated with some demographic and occupational variables.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos Traumáticos Cumulativos , Odontólogos , Doenças Profissionais , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA