Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 32
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2019. 83 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1052042

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a energia de superfície livre e rugosidade de superficie de ligas metálicas sob desafios de soluções ácidas. Para o estudo foram utilizados 270 corpos de prova representados por segmentos de fios retangulares de 0,019" x 0,025" - 3 marcas comerciais (GAC, American Orthodontics e Orthoclassic) foram divididas em 3 grupos de diferentes soluções sendo 90 para água deionizada, 90 para ácido cítrico e 90 para ácido fosfórico, dentro dos grupos de solução dividiu-se em 30 de aço inoxidável, 30 de níquel titânio e 30 titânio molibdênio. Cada grupo de análise (n=10) foi imerso em meio a cada solução por 72 horas a 37º C e agitação de 130 rpm. A análise de ESL foi avaliada através do dispositivo goniômetro para interpretação do ângulo de contato avaliando a variável. As médias foram submetidas ao teste ANOVA e as comparações ao Tukey a 5% de significância. A superfície da liga de TMA apresentou maior valor de energia de superfície (p<0,001). Concluiu-se que a liga de TMA apresentou maior energia de superfície e o desafio de ácido cítrico provocou as maiores alterações(AU)


The objective of this study was to evaluate in vitro the free surface energy and surface roughness of metallic alloys under challenges of acid solutions. For the study, 270 pieces represented by 0.019 "x 0.025" rectangular strands were used - 3 commercial brands (GAC, American Orthodontics and Orthoclassic) were divided into 3 groups of different solutions, 90 for deionized water, 90 for acid citric acid and 90 to phosphoric acid, within the solution groups was divided into 30 stainless steel, 30 nickel titanium and 30 titanium molybdenum. Each assay group (n = 10) was immersed in each solution medium for 72 hours at 37 ° C and shaking at 130 rpm. The ESL analysis was evaluated through the goniometer device for the interpretation of the contact angle evaluating the variable. The means were submitted to the ANOVA test and the Tukey comparisons at 5% significance. The surface of the TMA alloy had a higher surface energy value (p <0.001). It was concluded that the TMA alloy presented higher surface energy and the citric acid challenge caused the greatest changes(AU)


Assuntos
Fios Ortodônticos , Ácidos
2.
Araçatuba; s.n; 2018. 51 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1021623

RESUMO

O objetivo deste estudo foi analisar as características de superfície da cerâmica vítrea de dissilicato de lítio com diferentes acabamentos de superfície (glaze e polimento manual mecânico) submetidas a soluções ácidas (ácido cítrico e ácido fosfórico) e armazenadas em água ou saliva humana. As superfícies foram analisadas utilizando a energia livre de superfície, rugosidade, dureza e microscopia eletrônica de varredura. Foram utilizadas pastilhas de cerâmica vítrea de dissilicato de lítio, do sistema prensado, dos quais foram obtidas amostras com 6 mm x 4 mm x 2mm (n=120). Os grupos experimentais foram divididos de acordo com o acabamento das cerâmicas (polida ou glaze), desafio (água, ácido cítrico e ácido fosfórico) e meio de armazenamento (água deionizada ou saliva humana). Foram realizados ciclos de 21 dias onde as cerâmicas permaneciam 4 horas na solução de desafio e 20 horas no meio de armazenamento, sendo renovados diariamente. Os dados foram submetidos a ANOVA a 3 critérios seguidos pelo teste de Student-Newman-Keuls. Houve rugosidade maior com o acabamento glaze (p<0,001) e o desafio com ácido fosfórico levou a menor rugosidade (p<0,003). A dureza foi maior para as cerâmicas com glaze e menor quando submetida ao ácido cítrico (p=0,536). A superfície da cerâmica glazeada apresentou maior valor de energia livre (p<0,007), porém nos desafios ácidos armazenados em saliva, o componente doador de elétrons em ambos os desafios, apresentaram menores valores (p=0,148). Concluiu-se que a cerâmica glazeada apresentou maior rugosidade, dureza e energia de superfície do que a cerâmica polida, e os desafios ácidos e meio de armazenamento influenciaram estas variáveis, principalmente nas cerâmicas polidas(AU)


The objective of this study was to analyze the surface characteristics of vitreous ceramics of lithium disilicate with different surface finishes (glaze and mechanical manual polishing) submitted to acid solutions (citric acid and phosphoric acid) and stored in human water or saliva. The surfaces were analyzed using surface free energy, roughness, hardness and scanning electron microscopy. Lithium disilicate vitreous ceramic tablets were used, from which the samples were obtained with 6 mm x 4 mm x 2 mm (n=120). The experimental groups were divided according to the finishing of the ceramics (polished or glaze), challenge (water, citric acid and phosphoric acid) and storage medium (deionized water or human saliva). Twenty-one day cycles were performed where the ceramics remained 4 hours in the challenge solution and 20 hours in the storage medium, being renewed daily. Data were submitted to ANOVA at 3 criteria followed by the Student-Newman-Keuls test. There was greater roughness with the glaze finish (p<0.001) and the challenge with phosphoric acid led to the least roughness (p<0.003). Hardness was higher for ceramics with glaze and lower when submitted to citric acid (p=0.536). The glaze ceramic surface presented higher free energy value (p<0.007), but in the acidic challenges stored in saliva, the electron donor component in both challenges presented lower values (p=0.148). It was concluded that the glazed ceramics presented higher roughness, hardness and surface energy than the polished ceramics, and the acidic challenges and storage medium influenced these variables, especially in the polished ceramics(AU)


Assuntos
Ácidos , Cerâmica , Propriedades Físicas e Químicas , Ácido Cítrico , Fontes Geradoras de Energia , Testes de Dureza
3.
São Paulo; s.n; 2012. 67 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-668581

RESUMO

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a microarquitetura, caracterizando a rede de canais e o sistema lacunocanalicular, e também, as propriedades biomecânicas, do osso cortical de ratos Wistar tratados com Ácido Zoledrônico. Vinte e um ratos machos foram divididos da seguinte forma: 12 animais alocados no grupo de animais submetidos ao experimento no quarto mês de idade e 9 alocados no grupo de animais submetidos ao experimento no nono mês de idade. Dentro destes grupos, os mesmos foram divididos em grupos controle e teste, sendo que no grupo teste os animais receberam três doses, no esquema de 7,5 g/kg, semanalmente. Após o uso da medicação, três animais foram eutanasiados nos respectivos períodos, após a última dose: 14 dias, 42 dias e 75 dias. Todos os animais tiveram suas mandíbulas, tíbias e fêmures dissecados. As tíbias e mandíbulas foram descalcificadas e processadas para inclusão em parafina, enquanto que, os fêmures foram armazenados para os testes biomecânicos. Imagens histológicas digitalizadas, provenientes das mandíbulas e tíbias, foram analisadas utilizando o processo de segmentação interativa, acessando as características da microarquitetura da rede de canais. O processo de reconstrução tridimensional, para caracterização do sistema lacunocanalicular, foi realizado nos cortes seriados proveniente das tíbias.


Os fêmures foram analisados com os ensaios de microdureza, compressão e flexão em três pontos. Os resultados revelaram que a microarquitetura da rede de canais não foi alterada nas mandíbulas, no entanto, nas tíbias, houve diferença significante apenas nos animais de 4 meses de idade, nos quesitos área dos canais (p 0.0031), desvio-padrão da área (p 0.0338), perímetro dos canais (p 0.0068), desvio padrão do perímetro (p 0.0297) e porcentagem de matriz (p 0.0235). Os testes biomecânicos revelaram resultados que indicavam uma melhora nas características analisadas, que foi correlacionada apenas com o aumento da idade e não com o uso do ácido zoledrônico. A visualização tridimensional possibilitou analisar a distribuição dos osteócitos e dos canais, caracterizando o sistema lacunocanalicular, e constatou-se que nos animais de 4 meses o uso da droga causou uma descontinuidade na estabilidade da distribuição dos osteócitos. Conclui-se que o ácido zoledrônico não interferiu na microarquitetura da rede de canais do osso cortical das mandíbulas, enquanto que nas tíbias, nos animais jovens, houve uma modificação na microarquitetura e no sistema lacunocanalicular, revelando uma topologia mais heterogênea quando comparadas ao grupo controle. As propriedades biomecânicas não sofreram alterações quanto ao uso da droga, sendo evidenciada melhora nos parâmetros analisados relacionada apenas ao aumento de idade nos animais.


The aim of this study was to evaluate the microstructure, characterizing the bone channels network and the lacunocanalicular system, also, the biomechanical properties of the cortical bone of Wistar rats treated with Zoledronic Acid. Twenty-one male rats were separated as follows: 4-month-old (12 animals) and 9 month-old (9 animals). For each age they were divided in control and test group, and the test group received a 7.5 g/kg dose of the drug, once a week, for 3 weeks. In the 4 month-old test group they were euthanized at 14, 42 and 75 days after the drug injection and in the 9-month-old test group they were sacrificed at 14 and 75 days after medication. All animals had their mandible, tibia and femur dissected, and then, the mandible and tibia were decalcified and embedded in paraffin, and, the femur were stored for mechanical tests. Histological images were analyzed through developed algorithms using the SCILAB mathematical environment, getting percentage of bone matrix, ROI areas, ROI perimeters, their standard deviations and Lacunarity, as well, the images were accessed and processed to tridimensional visualization, to characterize the lacunocanalicular system. The femurs were analyzed by microhardness, three point bending and compression testing.


The results revealed that the bone channels network in the mandible was not affected by the drug, whereas the tibia in the 4-month-old animals revealed a statistical difference between control and test groups, with the test group revealing more heterogeneity in the channels topography, as seen in results of bone matrix (p=0.0235), ROI area (p=0.0031), ROI area standard-deviation (p=0.0338), ROI perimeter (p=0.0068) and ROI perimeter standard-deviation (p=0.0297). The biomechanical tests showed an increased in strength, and that this event was age-related and not depending on the use of the drug. The tridimensional visualization allowed to analyze the osteocyte distribution in relation to the channels position, characterizing the lacunocanalicular system, and, it was found that the 4-month-old animals the drug caused a discontinuity in the stability of osteocyte distribution. In conclusion, the zoledronic acid not interfere in the bone channels network in the cortical bone of the mandible, however, in the tibia of the young animals, theres been an alteration in bone channels network and in the lacunocanalicular system, revealing more heterogeneity in the topography in these animals. The biomechanical properties were not altered after the use of the drugs, and the increased in strength being age-related.


Assuntos
Animais , Ratos , Ácidos , Fenômenos Biomecânicos , Osso e Ossos/fisiologia
4.
Araçatuba; s.n; 2009. 86 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866454

RESUMO

O uso de substâncias que inibem a reabsorção radicular pode ser uma alternativa para o controle da reabsorção radicular, principalmente em casos de insucesso de reimplantes dentários. Frente a isso, este trabalho teve como objetivo avaliar o ácido zoledrônico, um inibidor da reabsorção, como medicação para o tratamento da superfície radicular para dentes reimplantados tardiamente. Vinte e quatro incisivos centrais superiores direitos de ratos foram avulsionados e mantidos a seco por 30 minutos. Todos os dentes tiveram o ligamento periodontal removido mecanicamente. Na sequência, os dentes foram divididos em dois grupos. No grupo I, a superfície radicular foi tratada com solução de ácido zoledrônico a 10-6M por 20 minutos; no grupo II, foi usado o fluoreto de sódio a 2% fosfato acidulado, por 20 minutos. Todos os canais foram preenchidos com pasta de hidróxido de cálcio. Após esse procedimento, os dentes foram reimplantados em seus respectivos alvéolos. Passados 15 e 60 dias do reimplante, os animais foram eutanasiados e as peças obtidas, processadas em laboratório para análise microscópica e morfométrica. Os resultados demonstraram que o ácido zoledrônico foi eficiente para o tratamento da superfície radicular. Apesar da ausência de formação de um tecido à semelhança do ligamento periodontal, o ácido zoledrônico foi eficaz em retardar a reabsorção radicular


The use of substances that inhibit root resorption may be an alternative for cases of unsuccessful tooth reimplanted. Hence, the purpose of this study was to test the zoledronic acid, a resorption inhibitor, as an intracanal therapeutic agent for teeth submitted to late reimplantation. Twenty-four rat maxillary right central incisors were avulsed and kept dry for thirty minutes. The periodontal ligament were removed mechanically with aid of blade. Thereafter, the teeth were divided in two groups. In group I, the root surfaces was treated with 10-6M solution of zoledronic acid for 20 minutes; in group II, 2% sodium fluoride was used for 20 minutes. The canals were filling with calcium hydroxide paste. Teeth were then reimplanted in their respective socket. The animals were killed at 15 and 60 days after reimplantation and the samples processed for morphometric and microscopic analysis. The results showed that the zoledronic acid limited the root resorption. Although the absence of formation of periodontal tissue-like, zoledronic acid was efficient for restricted to root resorption


Assuntos
Animais , Ratos , Ácidos , Reabsorção da Raiz , Fluoreto de Sódio , Reimplante Dentário
5.
São Paulo; s.n; 2008. 168 p. ilus, tab, graf, CD. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-538820

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo verificar a prevalência da erosão dental e sua associação com fatores extrínsecos e intrínsecos em crianças e adolescentes. Participaram deste estudo 232 indivíduos entre 2 à 20 anos de idade de uma clínica odontológica de São Paulo. Para coleta de dados foram utilizados as informações do questionário da anamnese relativas aos hábitos alimentares, hábitos de higiene, histórico médico, entre outros. Para a avaliação da erosão dental foi utilizado a Classificação de O'Brien, a qual atribui um escore para a área e para a profundidade das faces de cada dente acometidos pela doença. Primeiramente foi realizado análise descritiva e a seguir os resultados foram analisados por meio de Teste Qui-Quadrado ou Teste exato de Fisher e da regressão logística, obtendo odds ratio e intervalos de confiança. Posteriormente, foi realizada a análise das varíaveis que possuem associação com erosão através da regressão múltipla com o procedimento forward stepwise considerando a presença de erosão dental para todos os dentes e da erosão restrita à dentes anteriores. A prevalência de erosão foi de 25,43 %. A face oclusal foi a mais acometida (76 %) e a face vestibular (1 %) a menos acometida pela erosão dental. As variáveis que mostraram associação com erosão dental foram: alta frequência da ingestão de refrigerantes (OR= 2,427 [IC 95 % (OR)= 1,271 - 4,635)), alta frequência da ingestão de balas (OR= 2,996 [IC 95 % (OR)= 1,513 - 5,933)) e problemas gástricos (OR= 3,90 [IC 95 % (OR)= 1,144 - 13,301)). Para os dentes anteriores, as variáveis que apresentaram associação com erosão dental foram frequência de ingestão de refrigerantes (OR= 2,33 [IC 95 % (OR)= 1,00 - 5,45)) , frequência de ingestão de frutas (OR= 2,22 [IC 95 % (OR)= 0,99 - 4,98)) e bruxismo (OR= 2,40 [IC 95 % (OR)...


The aim of this study was to assess the prevalence of dental erosion and the extrinsic and intrinsic factors associated to this pathology in children and adolescents. Two hundred and thrity-two children and adolescents, between 2 and 20 years of age from a private dental office in São Paulo, participated in this study. Data on dietary habits, oral hygiene practices and medical background were collected from patients' dental records. The O'Brien classification was used to evaluate dental erosion. The area affected and the depth of the erosion lesion on each dental surface were scored. First, a descriptive analysis was performed for all. Collected data and then, the results were analyzed using Pearson's Chi-square or Fisher's Exact tests and logistic regressions, to obtain odds-ratios and confidence intervals. Next, the risk factors for dental erosion on ali teeth and only on anterior teeth were obtained through logistic multiple regression and forward stepwise analysis. Prevalence of dental erosion was 25,43 %. The prevalence of dental erosion was highest on the occlusal surfaces (76 %) and lowest on the buccal surfaces (1 %). Results indicate that risk factors for dental erosion were: frequent consumption of soft drinks (OR=2.427 [CI 95 % (OR) = 1.271 - 4.635)); frequent consumption of candies (OR=2.996 [CI 95 % (OR) = 1.513 - 5.933)); and gastric dysfunction (OR=3.90 [CI 95 % (OR) = 1.144 - 13.301)). On anterior teeth, risk factors for dental erosion were: frequent consumption of soft drinks (OR=2.33 [CI 95 % (OR) = 1.00 - 5.45)); frequent ingestion of fruits (OR=2.22 [CI 95 % (OR) = 0.99 - 4.98); and bruxism (OR=2.40 [CI 95 % (OR) = 1.00 - 5,74). Those who consumed milk showed lower risk of developing dental erosion than those who did not (OR = 0.35 [CI 95 % (OR)...


Assuntos
Ácidos , Erosão Dentária
6.
J. Health Sci. Inst ; 24(1): 47-51, jan.-mar. 2006. CD-ROM
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873578

RESUMO

Erosão dental é a perda superficial de tecido dentário duro como resultado de um processo químico não causado por bactérias. Especialmente com o declínio da incidência de cárie em alguns países, a erosão dental está se tornando o foco de muitos estudos. Assim, o objetivo desta revisão de literatura é relatar e discutir o mecanismo e a etiologia da erosão dental. A nomenclatura e a classificação comumente usadas na literatura são citadas e resumidas


Assuntos
Dieta , Erosão Dentária/etiologia , Ácidos , Adesivos Dentinários/uso terapêutico , Erosão Dentária/classificação , Esmalte Dentário/lesões
7.
RGO (Porto Alegre) ; 51(2): 89-94, abr.-jun. 2003. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-396990

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar a rugosidade superficial de resinas compostas após imersão em meio ácido. Foram utilizadas 3 resinas compostas, divididas em 6 grupos de 10 amostras cada: G1 e G2-microparticulas (A110-3m), G3 e G4- híbridas(Z100 - 3M) e G5 e G6 - compactável (P60-3M). Os corpos-de-prova foram confeccionados a partir de uma matriz metálica cilíndrica (6mm x 3mm) onde o material foi inserido em 2 incrementos de 1,5mm de espessura. Cada extremidade do espécime foi coberta como uma matriz de poliéster (Mylar - Hawe - Neos Dental) e uma placa de vidro com 1,2 mm de espessura. As amostras foram armazenadas em água destilada a 37°C por 24 horas, e em seguida os grupos G2, G4 e G6 receberam polimento com seqüência de discos de óxido de alumínio (Soft-Lex- 3M). Foi realizada a leitura inicial de rugosidade superficial utilizando-se o rugosímetro a laser (Perthometer S8P - Perthen-Mahr). Cada corpo-de-prova recebeu 3 leituras, obtendo-se valores de rugosidade média (Ra). A seguir, os corpos-de-prova foram imersos em recepientes contendo 10ml de gel ácido (carboximetilcelulose 5 por cento; hidróxido de potássio - pH 4,5; ácido lático 0,1M) por 7 dias, e uma nova leitura rugosimétrica foi realizada. Os dados foram analisados através do teste de ANOVA e as diferenças comparadas pelo teste de Tukey (p<0,05). os valores iniciais em Ra foram: G1=0,24; G2=0,25; G3=0,20; G4=0,59; G5=0,15 e G6=0,32. Os valores finais em Ra foram; G1=0,23; G2=0,22; G3=0,20: G4=0,53; G5=0,20; e G6=0,35. Conclui-se que não houve influência na rugosidade superficial das resinas compostas após 7 dias de imersão em meio ácido, independente do polimento das mesmas


Assuntos
Ácidos , Resinas Compostas , Polimento Dentário , Técnicas In Vitro
8.
J. bras. ortodon. ortop. facial ; 8(43): 41-46, jan.-fev. 2003. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-351450

RESUMO

O objetivo deste trabalho laboratorial foi comparar a resistência de uniäo de brackets ortodônticos ao esmalte tratado com dois sistemas condicionadores: um novo sistema adesivo autocondicionante (TransBond XT Self-Etching Primer, 3M Unitek) e o tradicional ácido fosfórico a 35 por cento (3M). Além disso, o padräo de condicionamento do esmalte foi avaliado através de microscopia eletrônica de varredura (MEV). Para o teste de uniäo, vinte pré-molares humanos livres de cárie foram montados em resina acrílica e divididos em dois grupos (n=10). O esmalte foi tratado com sistema adesivo autocondicionante (TransBond XT Self-Etching Primer, 3M Unitek), seguindo as recomendaçöes do fabricante, ou com ácido fosfórico a 35 por cento (3M), durante 15 segundos (controle). Nos dois grupos a resina fotopolimerizável (TransBond XT, 3M Unitek) foi usada para colar os brackets ortodônticos (Morelli). Depois de 24 hora em água os corpos-de-prova foram submetidos a ensaios de cisalhamento em máquina de ensaios Instron 4444 (5 mm/min). Na análise microscópica, seis amostras de esmalte polido foram tratadas com os agentes condicionadores (n=3), lavadas com água corrente, secas com jato de ar, metalizadas e observadas ao MEV (Philips XL30). Os dados de resistência de uniäo foram analisados com teste t. O padräo de condicionamento do esmalte com o sistema autocondicionante testado (TransBond SEP) foi similar ao do ácido fosfórico a 35 por cento (3M) usado como controle. A alta capacidade de desmineralizaçäo do sistema autocondicionante testado (TransBond SEP, 3M Unitek) propicia adequada resistência de uniäo para colagem de Brackets ortodônticos, apresentando resistência de uniäo similar à do condicionador ácido fosfórico a 35 por cento


Assuntos
Ácidos , Esmalte Dentário , Adesivos Dentinários , Braquetes Ortodônticos , Microscopia Eletrônica de Varredura , Resistência à Tração
9.
RPG rev. pos-grad ; 7(2): 114-119, abr.-jun. 2000. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-329440

RESUMO

A pesquisa teve a finalidade de avaliar in vitro a resistência de uniäo, por ensaio de traçäo, empregando o sistema adesivo Scotchbond Multi-Purpose Plus e o compósito Z100, e a micromorfologia, pelo emprego do MEV, em dentina de dentes decíduos. Os fatores estudados foram: ácidos fosfórico, a 35 por cento (P35) e 10 por cento (P10), e maléico, a 10 por cento (M10), ou suas ausências; tempo de condicionamento ácido, de 5 e 15 segundos; superfícies de ensaio, vestibular e oclusal. Os resultados permitiram concluir que: sem condicionamento, a retentividade foi muito baixa; o P10 apresentou a maior retentividade com o condicionmento de 15 segundos; P35 com 5 segundos de condicionamento, apresentou baixa retentividade; em média as superfícies apresentaram retentividades semelhantes, mas que dependem do tempo e do ácido; o padräo de condicionamento ácido parece näo apresentar relaçäo confiável com a resistência de uniäo


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente , Ácidos/farmacologia , Dentina , Técnicas In Vitro , Adesividade , Resinas Compostas , Adesivos Dentinários , Microscopia Eletrônica de Varredura , Propriedades de Superfície , Resistência à Tração , Fatores de Tempo , Dente Decíduo
10.
Rev. Fac. Odontol. Bauru ; 8(1/2): 79-85, jan.-jun. 2000. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-298445

RESUMO

A efetiva retençäo da resina sobre a superfície de esmalte depende diretamente do condicionamento do mesmo. A exposiçäo do esmalte dentário humano em soluçöes ácidas produz in vitro três padröes condicionadores clássicos. Este artigo se propoë a revisar a açäo dos ácidos sobre o esmalte dentário, a necessidade ou näo de profilaxia previamente à aplicaçäo ácida e o tempo condicionador necessário para que se promova uma boa interaçäo do material resinoso com a interface dentária


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente/métodos , Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos , Ácidos Fosfóricos/farmacologia , Ácidos/classificação , Ácidos/farmacologia , Profilaxia Dentária/métodos
11.
JBC j. bras. clin. estet. odontol ; 3(17): 58-62, set. 1999. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-427695

RESUMO

Os autores avaliaram a infiltração marginal em cavidades Classe V com margens em esmalte e dentina/cemento, utilizando o sistema restaurador inlay/onlay Charisma (kulzer) variando os tratamentos superficiais. Foram confeccionadas quarenta cavidades nas faces vestibular e lingual de vinte molares. As inlays foram tratadas de acordo com as condições experimentais: C1-ácido hidrofluorídrico + silano, C2-ácido fosfórico à 37% + silano, C3-silano, C4- não recebeu nehum tratamento superficial e a seguir foram cimentadas. Após serem restaurados os dentes foram submetidos a ciclagem térmica, e a seguir foram imersos no agente traçador que foi oazul de metileno à 2% por 24 horas, posteriormente os dentes foram seccionados no centro da restauração e em direção ao longo eixo do dente e avaliados em lupa estereoscópica quanto à penetração do traçador. Após a análise estatística dos dados através do teste de Kruskall-Wallis e o teste não paramétrico de Mann-Whitney, concluiu que não existe diferença significativa na microinfiltração marginal na parede oclusal e cervical nas condições experimentais apresentadas mas, existe diferença estatisticamente significativa da microinfiltração de acordo com a localização da parede cavitária, sendo que a parede cervical teve maiores índices de infiltração


Assuntos
Humanos , Infiltração Dentária , Restaurações Intracoronárias , Ácidos , Resinas Compostas , Dente Molar , Silanos
13.
RGO (Porto Alegre) ; 46(4): 201-4, out-dez. 1998. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-246628

RESUMO

Os autores verificaram "in vitro" a açäo dos ácidos orgânicos acético, lático e propiônico sobre a dureza e rugosidade superficial de compósitos. As amostras confeccionadas com z-100, Herculite XRV e Charisma foram analisadas antes e após a armazenagem por 48 horas, com microdurômetro (Shimadzu), rogosímetro (Mitutoyo) e espectometria no infravermelho (Shimadzu). Os ácidos acético e propiônico exerceram efeito amolecedor em todos os compósitos, enquanto o lático apenas no produto Charisma. A rugosidade superficial dos compósitos näo foi alterada após a imersäo em quaisquer dos ácidos


Assuntos
Ácidos , Resinas Compostas , Dureza , Técnicas In Vitro
14.
Rev. ABO nac ; 6(3): 142-6, jun.-jul. 1998. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-229914

RESUMO

O efeito de materiais restauradores colocados em contato e a 1 mm da polpa dental foi avaliado. Essa análise foi realizada em polpas inflamadas onde foi feita induçäo de cárie e em polpas sadias. Os materiais usados foram os adesivos dentinários One Step de quinta e última geraçäo, o Scotchbond Multi-Uso Plus e o Acido Poliacrílico. A biocompatibilidade desses materiais na estrutura pulpar foi mostrada por meio de análise histológica. Constatou-se que a agressäo pulpar é uma evidência histológica independentemente ou näo da presença de bactérias e do contato ou näo com a polpa. Os resultados mostraram que todos os materiais possuem potencial irritativo à polpa. Em ordem crescente de agressividade podem ser assim dispostos: One Step, ácido poliacrílico e o Scotchbond Multi-Uso Plus. O uso de tais produtos podem levar a problemas clínicos como perda da vitalidade pulpar


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente , Ácidos/efeitos adversos , Agressão , Materiais Biocompatíveis , Cárie Dentária , Desvitalização da Polpa Dentária , Adesivos Dentinários , Polpa Dentária/lesões , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular/efeitos adversos
15.
Braz. dent. j ; 9(1): 3-10, jan.-jun. 1998. ilus
Artigo em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-850462

RESUMO

Thirty-six noncarious human molars were extracted and stored in saline. The buccal surfaces were ground wet on 400--grit silicon carbide paper to create a flat surface. The enamel and dentin surfaces were treated with 35 per cent phosphoric acid gel, 10 per cent phosphoric acid gel and 10 per cent maleic acid gel for 15 and 60 seconds. Scanning electron microscope analysis showed that all the acid atchants modified the micromorphological appearance of enamel and dentin surfaces independent of the type of acid, the etching time and the concentration. On the enamel surface, the 35 per cent and 10 per cent phosphoric acid gels and the 10 per cent maleic acid gel applied for 15 or 60 seconds preferentially removed the prism core material. In the specimens trated for 15 seconds with 10 per cent maleic acid the prism core material was partially removed. On the dentin surface, the phosphoric acid gel (35 per cent and 10 per cent) and the 10 per cent maleic acid gel applied for 15 and 60 seconds removed the smear layer and opened the dentinal tubule orifices; however, the dentinal surface etched for 15 or 60 seconds with 10 per cent maleic acid gel showed residues of the smear layer


Assuntos
Ácidos/administração & dosagem , Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos , Solubilidade da Dentina/efeitos dos fármacos , Soluções , Ácidos de Fósforo/efeitos adversos , Dentina , Técnicas In Vitro , Tempo de Reação
17.
Rev. Fac. Odontol. Bauru ; 5(3/4): 13-9, jul.-dez. 1997. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-222586

RESUMO

Determinou-se a resistência adesiva por ensaios de cisalhamento da uniäo resina composta/porcelana, em funçäo de diferentes tipos de tratamento da superfície de porcelana. Cilindros de porcelana foram confeccionados e divididos em 5 grupos, os quais receberam os seguintes tratamentos: grupo I-ácido fluorídrico a 9,5 por cento; grupo II-ácido fosfórico a 37 por cento; grupo III-jatos de óxido de alumínio; grupo IV- abrasäo com ponta diamantada e grupo V- flúor-fosfato acidulado. Na sequência, em todos os grupos, os espécimes receberam aplicaçäo de primer silanizador, adesivo e resina composta. Após, os espécimes passaram por um processo de termociclagem, sendo, em seguida, submetidos a uma carga de cisalhamento na máquina de ensaios Kratos, a uma velocidade de 5mm/min., e pôde-se concluir que: o tratamento com ácido fluorídrico apresentou resistência adesiva superior aos demais tratamentos empregados, os tratamentos com ácido orto-fosfórico, jatos de óxido de alumínio, ponta diamantada e flúor-fosfato acidulado näo apresentaram diferenças estatisticamente significantes entre si


Assuntos
Resinas Compostas/análise , Porcelana Dentária/análise , Ácidos/análise , Restauração Dentária Permanente , Prótese Adesiva
18.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 10(3): 161-8, jul.-set. 1996. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-179747

RESUMO

O presente estudo teve por objetivo analisar as possíveis alteraçöes ocorridas na superfície de esmalte bovino, hígido ou desmineralizado, exposto por 40 minutos à Coca-cola em fórmula original, ao suco de limäo diluído em água destilada na razäo 1:5 e ao suco de laranja natural integral (Parmalat). Com esse fim, 40 blocos de esmalte bovino de 16 mm² foram previamente limpos com pedra-pomes e água destilada, em baixa rotaçäo. Desse total, 20 foram artificialmente descalcificados. Tanto os blocos hígidos quando os descalcificados foram colocados 6 a 6 em dispositivos de cera, perfazendo um total de 3 dispositivos com 6 blocos de esmalte hígido (Grupo I) e 3 dispositivos com 6 blocos de esmalte descalcificado (Grupo II). Análises comparativas ao Microscópio Eletrônico de Varredura demonstraram que o suco de limäo foi o responsável por padröes de erosäo mais acentuados, seguido pela Coca-cola e pelo suco de laranja, tanto no esmalte hígido quanto no desmineralizado. Os resultados evidenciam o potencial erosivo do suco de limäo, da Coca-cola e do suco de laranja


Assuntos
Animais , Bovinos , Ácidos/administração & dosagem , Ácidos/efeitos adversos , Condicionamento Ácido do Dente/efeitos adversos , Esmalte Dentário/anatomia & histologia , Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos , Bebidas Gaseificadas/efeitos adversos , Citrus/efeitos adversos , Coca/química , Coca/efeitos dos fármacos , Microscopia Eletrônica de Varredura , Erosão Dentária/diagnóstico , Erosão Dentária/tratamento farmacológico
19.
Rev. bras. odontol ; 52(5): 46-9, set.-out. 1995. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-160052

RESUMO

A pesquisa estudou o esmalte de 360 dentes decíduos anteriores, com vistas ao aspecto morfológico (luz polarizada e eletrônica de varredura). Dois ácidos (fosfórico a 37 por cento, e fluorídrico a 20 por cento), aplicados por 1 minuto separadamente e associados, foram estudados. Concluiu-se que näo existem diferenças significativas entre as espessuras de esmalte nas regiöes estudadas e foi possível identificar camadas significativas de esmalte aprismático nas faces vestibular e lingual. Os ácidos aplicados no esmalte aprismático deram padröes de descalcificaçöes significativos, principalmente quando o ácido fluorídrico foi aplicado primeiro


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Ácidos/análise , Esmalte Dentário/anatomia & histologia , Dente Decíduo/fisiopatologia
20.
Rev. ABO nac ; 3(3): 180-1, jun.-jul. 1995. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-168252

RESUMO

O propósito deste estudo foi verificar, através da microscopia eletrônica de varredura, a morfologia da superfície do esmalte e dentina após o condicionamento com ácido na forma de gel contendo sílica e polímero como agente espessante. Além disso, determinar se o tipo de espessante usado para formar o gel afetou a resistência de uniäo entre o substrato (esmalte ou dentina) e a resina restauradoura. As fotomicrografias mostraram que o ácido fosfórico a 35 por cento, contendo sílica como espessante, deixou uma camada de resíduos sobre a dentina após a lavagem com água. Näo houve evidências de resíduos de sílica na superfície do esmalte. A superfície do esmalte e dentina tratada com ácido fosfórico a 10 por cento, contendo um agente polimérico como espessante, apresentou-se limpa e sem contaminantes. O condicionamento com os ácidos fosfórico a 35 por cento e fosfórico a 10 por cento apresentam padröes básicos topográficos semelhantes sobre o esmalte e dentina. O valor médio de resistência ao cisalhamento entre o esmalte tratado com ácido fosfórico a 10 por cento e a resina restauradora foi estatisticamente superior (p<0,05) em relaçäo ao procedimento feito com ácido fosfórico a 35 por cento. Na superfície da dentina, os valores näo apresentaram diferença estatisticamente entre os dois agentes condicionadores


Assuntos
Esmalte Dentário/química , Esmalte Dentário/ultraestrutura , Dentina/química , Dentina/ultraestrutura , Géis/uso terapêutico , Ácidos/uso terapêutico , Condicionamento Ácido do Dente/métodos , Dióxido de Silício/análise , Dióxido de Silício/uso terapêutico , Restauração Dentária Permanente/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA