Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2015. 30 p. ilus, tab, graf.
Tese em Inglês, Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1102164

RESUMO

A perfuração de furca é uma comunicação mecânica ou patológica entre o sistema de canais radiculares e a superfície externa do dente, permitindo contaminação bacteriana do tecido periodontal e consequente inflamação e perda do tecido de suporte. Atualmente, o MTA (Agregado de trióxido mineral) é o material mais indicado no tratamento dessas perfurações, por ser biocompatível e apresentar bom selamento. A literatura atual relata a capacidade do selênio em inibir crescimento bacteriano, alterar o metabolismo ósseo e estimular o sistema imunitário. O objetivo deste estudo foi avaliar a resposta imunológica do MTA acrescido de selênio. Neste estudo, induziram-se perfurações experimentais de furca em molares de camundongos isentos de germes. O primeiro molar superior esquerdo teve a furca perfurada e tratada com MTA + Selênio (grupo experimental) e no lado direito a furca foi perfurada e tratada com MTA (grupo controle). Os animais foram sacrificados com 07, 14 e 21 dias após a intervenção sendo 5 animais para cada grupo, (n=5). Os tecidos perirradiculares adjacentes à lesão foram extraídos e macerados, fazendo-se, a seguir, a extração do RNA. As expressões das citocinas TGF-ß, TNF-α, IFN-γ, IL-10, IL.4, RANK, RANKL, IL-1α, IL-17A e HPRT foram investigados por PCR em tempo real. No grupo experimental, após o 21 dias, houve um aumento da expressão de TNF-α e IL-10 em comparação com o grupo controle (p <0,05). A avaliação revelou expressão basal de IL-1α, IFN-γ, RANK, RANKL, IL-17A, IL-4 e TGF-ß nos níveis de mRNA, em ambos os grupos experimental e controle, , em todos os tempos experimentais (p > 0,05). O selamento com MTA + Se favoreceu a expressão da citocinas pró-inflamatórias TNFα na fase tardia de resposta (21o dia) paralelo ao aumento da citocina regulatória IL10 no mesmo período. Concluiu-se que, o aumento destas citocinas no grupo tratado com selênio na fase tardia da resposta, provavelmente, se deveu aos seus efeitos imunoregulatórios.


Furcal perforation is a mechanical or pathological communication between the root canal system and outer surface of the tooth. It may allow bacterial contamination and subsequent periodontal tissue inflammation and loss of supportive tissue. Currently, the MTA (mineral trioxide aggregate) is the most suitable material in the treatment of these perforations to be biocompatible and provide good sealing. The literature reports the selenium's ability to inhibit bacterial growth, alter bone metabolism and stimulate the immune system. The objective of this study was to evaluate the immune response of MTA associated with selenium. In this study, experimental furcal perforations were induced in molar of germ-free mice. The first maxillary left molar had the furcal perforated and treated with MTA / Selenium (experimental group) and the right molar, furcal was perforated and treated with MTA (control group). The animals were killed in 07, 14 and 21 days after the intervention (n = 5). mRNA was extracted from periradicular tissues and the eexpressions of TGF-ß, TNF-α, IFN γ, IL10, IL-4, RANK, RANKL, IL-1α, IL-17A e HPRT were investigated by real time PCR. In the experimental groups, on 21 days post MTA+Se sealing it was observed an upregulation of the mRNA levels of TNF-α and IL-10 compared with the control group (p<0.05). Assessment revealed basal expression of IL-1α, IFN-γ, RANK, RANKL, IL17A,IL-4 and TGF-ß gene expression all long of the experimental times, in both groups treated with MTA or MTA+Se (p>0.05). The MTA+Se sealing favored the expression of TNF-α and IL-10 in the later phase of response (21th day). The increase of these cytokines was probably due to immunoregulation of Se levels.


Assuntos
Animais , Camundongos , Tratamento do Canal Radicular , Selênio , Citocinas , Endodontia , Sistema Imunitário , Cavidade Pulpar , Trióxido de Arsênio
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA