Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. oral sci ; 18: e191600, jan.-dez. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1095235

RESUMO

Aim: Calcium silicate-based fillings have been widely used in surgical endodontic treatment because of hard-tissue conductive and inductive properties. The aim of present study is to investigate the bond strength of different calcium silicate-based fillings in retrograde cavities. Methods: Forty-four maxillary single rooted teeth were endodontically treated. The apical portions of the teeth were removed and root-end cavities were prepared using an ultrasonic tip. The roots were randomly divided into four experimental groups (n = 11) according to the material used; (1) MTA-FILLAPEX, (2) MTA Repair HP, (3) MTA-FILLAPEX+ MTA Repair HP, and (4) MTA Plus. Two horizontal cross sections (1±0.1 mm thick) from each specimen were resected from the apices. These sections were placed in a universal testing machine to evaluate the push-out bond strength force required for dislodgement of the root end filling was recorded. The failure type was also evaluated by using a stereomicroscope. The differences in bond strength were analyzed using the two-way analysis of variance (ANOVA). Results: MTA-FILLAPEX and MTA Plus displayed the lowest and highest dislocation resistance, respectively (P < 0.05). In the apical level, bond strength was significantly higher than the coronal level in all groups except for MTA-FILLAPEX. Mixed failure was prevalent in all groups, except for MTA-FILLAPEX, which showed purely cohesive failures. Conclusions: Investigated calcium silicate-based filling materials showed different bond strength to the root-end cavity. The bond strength was significantly decreased when the prior application of MTA-FILLAPEX before delivery of MTA Repair HP


Assuntos
Obturação Retrógrada , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Calcarea Silicata , Compostos de Cálcio , Endodontia
2.
Rio de janeiro; s.n; 2018. 76 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1016644

RESUMO

Este estudo teve como objetivo avaliar a biocompatibilidade, através de análise histopatológica e de imuno-histoquímica, de um novo cimento reparador à base de MTA com alta plasticidade: MTA HP (Angelus Londrina, PR). O MTA branco (Angelus Londrina, PR), e um material a base de óxido de zinco e eugenol (IRM, Dentsply, Petrópolis, RJ) foram utilizados como referências para comparação. Para isso, trinta ratos machos de linhagem Wistar tiveram inoculados no tecido subcutâneo um tubo de polietileno vazio (controle negativo) e mais três tubos, cada um preenchido com um dos materiais testados. Os animais foram eutanasiados após 7, 30 e 60 dias da implantação dos tubos e as amostras foram fixadas e incluídas em parafina. Os cortes histológicos foram corados com hematoxilina e eosina e tricômico de gomori para avaliação das reações inflamatórias e a presença de angiogênese foi realizada utilizando o marcador VEGF (do inglês vascular endothelial growth factor). Os cortes também foram corados com Picrosirius Red para quantificar as fibras colágenas do tipo I e tipo III, assim como a coloração de Weigert foi realizada para observar as fibras elásticas. Os dados não-paramétricos foram analisados usando o ensaio de Kruskal-Wallis seguido do teste de Dunn. Os níveis de significância adotados foram de 5% (P < 0,05). Os resultados mostraram diferença significativa da resposta inflamatória após 60 dias entre os grupos IRM e tubo vazio (P < 0,05). O MTA HP apresentou biocompatibilidade similar ao MTA branco e ao grupo controle negativo em todos os períodos experimentais. Além disso, após 7 dias o MTA HP estimulou a angiogênese de forma menos acentuada que o MTA branco, assim como apresentou inicialmente um remodelamento mais lento da matriz extracelular quando comparado ao MTA branco e o IRM. Foi observado uma diminuição da espessura da cápsula fibrosa, da quantidade de fibras elásticas e da imonumarcação com VEGF em todos os grupos experimentais e controle negativo ao longo do processo de cicatrização. Após 60 dias os grupos experimentais apresentaram matriz extracelular com tecido conjuntivo mais maduro, com predominância de fibras colágenas do tipo I. De acordo com os resultados obtidos no presente estudo, pode-se concluir que o novo cimento reparador com alta plasticidade, MTA HP, apresentou-se biocompatível em todos os períodos experimentais, com resultados similares aos grupos controle negativo e experimentais com MTA branco e IRM.


This study evaluated the biocompatibility, through histopathological analysis and immunohistochemistry of a new repair cement based on MTA with high plasticity: MTA HP (Angelus Londrina, PR). White MTA (Angelus Londrina, PR), and a material based on zinc oxide and eugenol (IRM, Dentsply, Petrópolis, RJ) were used as references for comparison. Thirty male Wistar rats had inoculated into the subcutaneous tissue an empty polyethylene tube (negative control) and three more tubes, each filled with one of the tested materials. The animals were euthanized after 7, 30 and 60 days of tube implantation and the specimens were fixed and embedded in paraffin. The sections were stained with hematoxylin and eosin and gomori trichrome to assess inflammatory reactions, and the presence of angiogenesis was performed using the VEGF (vascular endothelial growth factor) marker. The sections were also stained with Picrosirius Red to quantify as type I and type III collagen fibers, as well as a Weigert staining was performed to observe elastic fibers. Non-parametric data were analyzed using the Kruskal-Wallis assay followed Dunn's test. The significance levels adopted were 5% (P < 0.05). The results demonstrated a significant difference in inflammatory response after 60 days between IRM and empty tube groups (P < 0.05). MTA HP showed similar biocompatibility to the White MTA and the negative control group in all experimental periods. Furthermore, after 7 days MTA HP stimulated less pronounced angiogenesis than White MTA, as it initially exhibited slower extracellular matrix remodeling when compared to White MTA and IRM. A decrease in the thickness of the fibrous capsule, the amount of elastic fibers and the immunostaining with VEGF in all experimental groups and control throughout the healing process was observed. After 60 days, the experimental groups presented extracellular matrix with more mature connective tissue, with predominance of type I collagen fibers. According to the results obtained in the present study, it can be concluded that the new repair cement with high plasticity, MTA HP, was biocompatible in all the experimental periods, presenting similar results to the control and experimental groups with White MTA and IRM.


Assuntos
Animais , Ratos , Óxidos/farmacologia , Silicatos/farmacologia , Compostos de Cálcio/farmacologia , Compostos de Alumínio/farmacologia , Tela Subcutânea/efeitos dos fármacos , Cimentos Dentários , Teste de Materiais , Imuno-Histoquímica , Ratos Wistar , Estatísticas não Paramétricas , Combinação de Medicamentos
3.
Bauru; s.n; 2017. 98 p. ilus, graf, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-879628

RESUMO

This study aimed to analyze the influence of two different vehicles for MTA manipulation on color alteration, chemical characteristics, and radiopacity after immersion in blood or distilled water (DW). In addition, some physical-chemical properties, volumetric solubility and bioactivity of new brands of calcium silicate cements such as MTA Repair HP, MTA Vitalcem and MTA Flow were compared with MTA Angelus. MTA Angelus mixed with 100% Distilled Water (DW) or 80% DW/20% propylene glycol (PG) as vehicles were placed into rubber rings and incubated at 37°C and 100% relative humidity. Color assessment and scanning electron microscopy/energy-dispersive spectroscopy (SEM/EDX) analysis were performed after setting and repeated after 7, 15, and 30 days after immersion in blood and DW. The data were analyzed by using Kruskal-Wallis followed by the Dunn test. The association of 80% DW/20% PG used as vehicle presented significantly lower color alterations compared with 100% DW, when immersed in blood (p < 0.05). All samples surfaces displayed loss of bismuth after immersion in both media and consequently a decrease in radiopacity was observed with significant results after 30 days. This study showed that ratio of 80% DW/20% PG as a vehicle for MTA Angelus results in a lower color alteration when in contact with blood. The physical-chemical properties such as radiopacity, calcium release, the pH change, solubility, water sorption, porosity, surface morphology, and bioactivity of MTA Repair HP and MTA Vitalcem were compared with MTA Angelus. Water absorption, interconnected pores and apparent porosity were measured after 24h-immersion in DW at 37ºC. Calcium and pH were tested up to 28d in DW. Morphological and chemical analyses of the material surfaces were performed by using ESEM-EDX after 28d in HBSS. All the materials showed good bioactivity after 28d in HBSS. The data were analyzed by using two-way ANOVA followed by the RM Student-Newman-Keuls test (p<0.05). MTA Repair HP and MTA Vitalcem had some positives properties, such as extended alkalinizing activity and calcium release that favored the bioactivity. However, MTA Vitalcem showed scant radiopacity, long setting time and high solubility. The radiopacifier Calcium Tungstate, present in MTA Repair HP can be used to replace the traditional Bismuth Oxide. In relation to the comparison between MTA Angelus and MTA Flow, it was analyzed the pH, volumetric change, radiopacity and bioactivity. In the volumetric change test, the root-end fillings of 20 acrylic teeth with both materials were scanned twice by a Micro- CT, before and after immersion in DW for 168 h. The morphological and bioactivity of the materials were performed by using SEM-EDX after 28d in HBSS. The data were analyzed by using two-way ANOVA followed by the RM Student-Newman-Keuls test (p<0.05). MTA Angelus showed statistically higher radiopacity values (p<0.05). the results pointed that the new cement MTA Flow showed good physical-chemical characteristics and bioactivity, showing values similar to those of MTA Angelus. (AU)


O objetivo do estudo foi analisar a influência de dois diferentes veículos utilizados na manipulação do MTA em relação a alteração de cor, características superficiais e radiopacidade, antes de depois do contato com sangue ou Água Destilada (AD). Adicionalmente, foram analisadas as propriedades físico-quimicas, solubilidade volumétrica e a bioatividade de novas marcas comerciais de cimentos de silicato de cálcio como MTA Repair HP, MTA Vitalcem e MTA Flow comparados com o MTA Angelus. Foram realizadas associações do MTA Angelus com 100% de Água Destilada (AD) e outra com 80% de AD e 20% de Propilenoglicol (PG) como veículos e, após isso, estas foram inseridas em anéis de borracha e encubadas a 37ºC e 100% de humidade. A análise de cor e realização do escaneamento da amostra em microscópio eletrônico de varredura (MEV) juntamente com a espectroscopia de energia dispersiva (EDX) foram realizadas após a presa e depois de 7, 15 e 30 dias após a imersão em sangue ovino e água destilada. Os dados foram submetidos aos testes não paramétricos de Kruskal-Wallis e Dunn. A associação com o veículo de 80% AD com 20% de PG apresentou alteração de cor significativamente menor quando comparada com o veículo de 100% de AD quando imersos em sangue (p < 0.05). Em todas as amostras a análise superficial comprovou a perda de partículas de bismuto durante a imersão nos diferentes líquidos e consequentemente a redução da radiopacidade apresentando resultados significativos após 30 dias. Esse estudo demonstrou que o uso do veículo 80% de AD com 20% de PG no MTA Angelus apresentou menor alterações de cor quando em contato com sangue. As propriedades físico químicas como radiopacidade, liberação de cálcio, pH, solubilidade, absorção de água, porosidade, análise das características superficiais e bioatividade dos cimentos MTA Repair HP e MTA Vitalcem foram comparadas com as do MTA Angelus. A absorção de água e a porosidade aparente foram analisadas 24h após a imersão dos espécimes em AD a 37ºC. A liberação e cácio e o pH foram anaisados após 28d de imersão em AD. As características superficiais e a Bioatividade foram analisadas em MEV/EDX após 28 dias de imersão em HBSS. Os dados foram submetidos aos testes de two-way ANOVA seguido por RM Student-Newman-Keuls (p<0.05). Todos os materiais apresentaram boa bioatividade após 28 dias de imersão em HBSS. O MTA Repair HP e o MTA Vitalcem apresentaram boa atividade alcalinizante e liberação de ions cálcio favorecendo a bioatividade. Entretanto o MTA Vitalcem mostrou baixa radiopacidade, longo tempo de presa e alta solubilidade. O radiopacificador Tungstato de Cálcio, utilizado no MTA Repair HP pode ser usado como substituto do tradicional óxido de bismuto. Em relação a comparação entre o MTA Angelus e o MTA Flow, foram realizados as analises de pH, alteração volumétrica, radiopacidade e bioatividade. Em relação a alteração volumétrica, 20 retro-cavidades de dentes de acrílico preenchidas com os materiais foram escaneadas duas vezes em um aparelho de Micro-CT antes e após a imersão por 168h em AD. As características superficiais e a bioatividade foram realizadas por MEV/EDX depois de 28d de imersão em HBSS. Os dados foram submetidos aos testes de two-way ANOVA seguido por RM Student-Newman-Keuls (p<0.05). O MTA Angelus apresentou estatisticamente maior radiopacidade (p<0.05). Os resultados apontaram que o novo cimento MTA Flow apresentou boas características físico-quimicas e bioatividade similares ao MTA Angelus. (AU)


Assuntos
Compostos de Alumínio/química , Compostos de Cálcio/química , Cimentos Dentários/química , Óxidos/química , Materiais Restauradores do Canal Radicular/química , Silicatos/química , Análise de Variância , Cor , Combinação de Medicamentos , Teste de Materiais , Microscopia Eletrônica de Varredura , Espectrometria por Raios X , Estatísticas não Paramétricas , Propriedades de Superfície , Fatores de Tempo
4.
Bauru; s.n; 2017. 100 p. graf, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-879723

RESUMO

The aim of this study was to analyze the radiopacity, setting time, flowability, pH, calcium ion release, solubility and cytotoxicity of bioceramic cements Totalfill BC Sealer and Totalfill BC RRM, and compare them with AH Plus, MTA Fillapex and MTA Angelus. The groups were divided and compared among them according to the filling and retro-filling cement functions. Totalfill BC Sealer was compared with AH Plus and MTA Fillapex; and Totalfill BC RRM retrofilling cement with MTA Angelus. For radiopacity analysis, specimens were placed in metal rings measuring 10x1 mm placed on occlusal film together with the aluminum scale. Digora 1.51 software was used to evaluate the digitized images and determine radiographic density. Setting time was tested in accordance with the American Society for Testing and Materials C266-08 standard specifications, but specimens were fabricated in accordance with the International Organization for Standardization 6876: 2001. Flow was tested in accordance with ANSI/ADA No.57/200 specifications. In total 30 acrylic teeth were filled with filling-cements and 20, with (retrograde cavity) retro-filling cements. All teeth were immersed in ultrapure water for pH and calcium ion release measurement (atomic absorption spectrophotometer) for time intervals of 1, 3, 24, 72, 168 and 360 hours. Solubility was tested by scanning and digitizing 50 acrylic teeth twice by Micro- CT, before and after immersion in ultrapure water for time intervals of 168, 360 and 720 hours. The images were reconstructed and volume (mm3) values of samples obtained by means of CTan software (CTan v1.11.10.0, SkyScan). The in vitro effects on cells were analyzed at concentrations of 100, 50, 10, 5, 1 mg/mL, and 0 mg / mLnegative control group and recorded in time intervals of 24, 48 and 72 hours by MTT reduction assay. The results were statistically analyzed by the ANOVA, Tukey, Kruskal-Wallis and Dunn tests (P<0.05). All radiopacity values according to ISO 6876/2001, AH Plus (7.86 mm Al) being the most radiopaque followed by Totalfill BC Sealer (4.84 mm Al), MTA Fillapex (3.41 mm Al), Totalfill BC RRM (6.8 mm Al), and MTA Angelus (6.7 mm Al). The following values were the initial and final setting time (in hours), respectively: AH Plus (8 and 15); Totalfill BC Sealer (11 and 24); MTA Fillapex (13 and 26); MTA Angelus (10 and 120 minutes) and Totalfill BC RRM (3 hours and 22 hours). In flow analysis, the cements behaved as follows: MTA Fillapex (47 mm), Totalfill BC Sealer (41.5 mm), Totalfill BC RRM (33.5 mm), AH Plus (33 mm) e MTA Angelus (17.5 mm) (p < 0.05). pH analysis showed in general the lowest values for AH Plus cement, followed by Totalfill BC RRM, MTA Angelus, MTA Fillapex and Totalfill BC Sealer. AH Plus showed the highest Ca2+ release in time interval 1 hour (1.38 mg/L); MTA Fillapex, in 360 hours (3.81 mg/L); MTA Angelus, 1 hour (1.38 mg/L); Totalfill BC Sealer, 360 hours (6.77 mg/L) and Totalfill BC RRM, 360 hours (3.81 mg/L). Almost all the sealers presented solubility lower than 3% in all periods, as recommended by ISO 6876/2001. Whereas, the MTA Fillapex solubility value was higher than 5% in all periods. Relative to cytotoxicity, all the cements were shown to be toxic at the concentration of 100 mg/mL, however, Totalfill BC Sealer and Totalfill BC RRM showed the best cell viability result compared with the other cements tested. We concluded that all root canal filling and root retro-filling complied with the requisites of radiopacity, setting time, flow, pH, calcium ion release, solubility and cytotoxicity. With the exception of the MTA Fillapex that not only fulfilled the requirement of solubility. Of the sealers, Totalfill BC Sealer was outstanding: it showed the highest pH and Ca2+ release, and lowest cytotoxicity. Among the retrofilling cements, Totalfill BC RRM maintained its high pH, higher Ca2+ release, and lower cytotoxicity. (AU)


O objetivo do presente estudo foi analisar a radiopacidade, tempo de presa, escoamento, pH, liberação de íons cálcio, solubilidade e citotoxicidade dos cimentos biocerâmicos Totalfill BC Sealer e Totalfill BC RRM e compará-los ao AH Plus, MTA Fillapex e MTA Angelus. Os grupos foram divididos e comparados entre si de acordo com as funções dos cimentos de obturação e retro-obturação. Comparamos o cimento obturador Totalfill BC Sealer com os cimentos AH Plus e MTA Filapex, e o cimento retrobturador Totalfill BC RRM com o cimento retrobturador MTA Angelus. Para análise da radiopacidade, os espécimes foram colocados em anéis metálicos medindo 10x1 mm, dispostos sobre um filme oclusal com uma escala de alumínio. O software Digora 1.51 foi utilizado para avaliar as imagens digitalizadas e determinar a densidade radiográfica. O tempo de presa foi realizado de acordo com as especificações da American Society for Testing and Materials C266-08 standard specifications, mas os espécimes foram feitos de acordo com a International Organization for Standardization 6876: 2001. O escoamento foi realizado de acordo com as especificações ANSI/ADA N0 57/2000. Trinta dentes acrílicos foram preenchidos com cimentos obturadores e vinte dentes de acrílico (com cavidade retrógrada) foram preenchidos com cimentos retro-obturadores e imersos em água ultrapura para mensuração do pH e liberação de íons cálcio (espectrofotômetro de absorção atômica) no período de 1, 3, 24, 72, 168 e 360 horas. Para o teste de solubilidade, foram escaneados 50 dentes acrílicos e digitalizados duas vezes pelo Micro-CT, antes e após a imersão em água ultrapura nos períodos de 168, 360 e 720 horas. As imagens foram reconstruídas e o volume (mm3) das amostras foi obtido usando o software CTan (CTan v1.11.10.0, SkyScan). Os efeitos celulares in vitro foram analisados nas concentrações de 100, 50, 10, 5, 1 mg/mL e 0 mg / mLgrupo controle negativo e registados nos períodos de 24, 48 e 72 horas através do ensaio de redução de MTT. Os resultados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA, Tukey, Kruskal-Wallis e Dunn (p < 0.05). Todos os valores de radiopacidade estavam de acordo com a norma ISO 6876/2001, sendo o AH Plus (7.86 mm Al) o mais radiopaco seguido dos demais cimentos; Totalfill BC Sealer (4.84 mm Al), MTA Filapex (3.41 mm Al), Totalfill BC RRM (6,8 mm Al), MTA Angelus (6,7 mm Al). Os valores obtidos para o tempo de presa inicial e final foram respectivamente, AH Plus (8 e 15 horas), Totalfill BC Sealer (11 e 24 horas), MTA Filapex (13 e 26 horas), Totalfill BC RRM (3 horas e 22 horas) e MTA Angelus (10 e 120 minutos). Na análise de escoamento os cimentos se comportaram da seguinte forma: AH Plus (33 mm), MTA Filapex (47 mm), Totalfill BC Sealer (41,5 mm), Totalfill BC RRM (33,5 mm), e MTA Angelus (17,5 mm) (p < 0.05). A análise do pH mostrou que o cimento AH Plus de um modo geral, foi o que apresentou os menores valores, seguido do Totalfill BC RRM, MTA Angelus, MTA Filapex e Totalfill BC Sealer. A maior liberação de Ca2+ do AH Plus foi no período de 1 hora (1.38 mg/L), MTA Filapex foi em 360 horas (3.81 mg/L), Totalfill BC Sealer 360 horas (6.77 mg/L), Totalfill BC RRM 360 horas (3.81 mg/L) e MTA Angelus em 1 hora (1.38 mg/L). Todos os cimentos apresentaram solubilidade menor que 3% em todos os períodos, como recomendado pela ISO 6876/2001. Entretanto, os valores de solubilidade do MTA Fillapex excedeu mais que 5% em todos os períodos. Com relação à citotoxicidade, todos os cimentos mostraram-se tóxicos na concentração de 100 mg/mL, porém o Totalfill BC Sealer e Totalfill BC RRM apresentaram melhor resultado de viabilidade celular comparado aos demais cimentos testados. Concluiu-se que os cimentos de obturação e retro-obturação cumpriram os requisitos de radiopacidade, tempo de presa, escomento, pH, liberação de íons cálcio, solubilidade e citotoxicidade. Com exceção do MTA Fillapex que não cumpriu somente o requisito de solubilidade. Dos cimentos obturadores, o que melhor se portou foi o Totalfill BC Sealer, apresentando maior pH e liberação de íons cálcio e menor citotoxicidade. Dentre os cimentos retro-obturadores, Totalfill BC RRM foi o que melhor se destacou, mantendo seu pH elevado, possuindo maior liberação de Ca2+ e menor citotoxicidade. (AU)


Assuntos
Animais , Camundongos , Compostos de Alumínio/química , Compostos de Cálcio/química , Resinas Epóxi/química , Óxidos/química , Materiais Restauradores do Canal Radicular/química , Silicatos/química , Compostos de Alumínio/toxicidade , Compostos de Cálcio/toxicidade , Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos , Resinas Epóxi/toxicidade , Teste de Materiais , Células NIH 3T3 , Óxidos/toxicidade , Reprodutibilidade dos Testes , Materiais Restauradores do Canal Radicular/toxicidade , Silicatos/toxicidade , Solubilidade , Fatores de Tempo , Microtomografia por Raio-X
5.
Rio de janeiro; s.n; 2017. 76 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007829

RESUMO

O sucesso do tratamento endodôntico está relacionado com uma adequada limpeza, modelagem e um bom selamento do sistema de canais radiculares. A cirurgia parendodôntica é um procedimento que tem como finalidade resolver problemas que não puderam ser solucionados pelo tratamento endodôntico convencional nem pelo retratamento. Essas cirurgias são realizadas através da exposição e remoção dos ápices radiculares, confecção de retrocavitações no longo eixo dos canais radiculares e retrobturações com materiais seladores específicos. Sendo assim, o presente trabalho teve o objetivo de realizar um estudo comparativo dos cimentos MTA (Agregado Trióxido Mineral) e Palacos-R (cimento ósseo) nas retrobturações endodônticas através da avaliação da adaptação marginal, da infiltração microbiana e da citotoxicidade. Para avaliação da adaptação marginal e da capacidade seladora pelo método da infiltração microbiana, foram selecionados 48 caninos superiores permanentes humanos extraídos, instrumentados e obturados. As apicetomias para a remoção dos 3mm apicais das raízes foram realizadas com a utilização da ponta ultrassônica diamantada CVD DENTUS 8.1117. Os retropreparos foram confeccionados com pontas ultrassônicas diamantadas CVD DENTUS 6.1107-E, com 4mm de profundidade. As 28 amostras foram retrobturadas com o cimento ósseo Palacos-R (HERAEUS KULZER) e o cimento MTA cinza (ANGELUS), num total de 14 espécimes para cada cimento testado. A avaliação da adaptação marginal foi realizada pela microscopia eletrônica de varredura (MEV) com 8 dentes (4 para cada cimento retrobturador). A capacidade seladora foi analisada através de ensaios de infiltração bacteriana com Enterococcus faecalis (ATCC 29212), com 10 dentes para o grupo do Palacos-R, 10 dentes para o grupo do MTA cinza, 10 dentes para o grupo controle positivo e 10 dentes para o grupo controle negativo. A avaliação da citotoxicidade foi feita com os eluatos dos cimentos pelo teste MTT, com fibroblastos gengivais de camundongos (células L929). A análise ao MEV mostrou uma melhor adaptação do Palacos-R aos retropreparos do que o MTA cinza. Apesar do Palacos-R ter obtido os menores índices numéricos de infiltração bacteriana, não houve diferença estatisticamente significativa entre ambos. Os dois cimentos não demonstraram atividade citotóxica sobre células L929, contudo nos extratos duplamente concentrados o cimento Palacos-R foi menos citotóxico do que o MTA cinza (P< 0.0001). Pôde-se concluir que o Palacos-R apresentou uma melhor adaptação marginal do que o MTA cinza ao MEV, que não houve diferença entre o Palacos-R e o MTA quanto à infiltracao microbiana e a citotoxicidade tornando-o um material retrobturador promissor a ser utilizado em Endodontia


The success of endodontic treatment is related to a proper cleaning, and a good seal of root canal system. Paraendodôntic surgery is a procedure that aims to solve problems that couldn't be solved by conventional endodontic treatment. These surgeries are performed by exposing and removing the root tips, making retrocavitations on the long axis of the root canals, and retrofilling with specific sealant materials Thus, the present work had the objective of performing a comparative study of MTA (Mineral Trioxide Aggregate) and Palacos-R (bone cement) cements in endodontic retrofillings through the evaluation of marginal adaptation, microbial infiltration and cytotoxicity. To evaluate the marginal adaptation and the sealing ability by the microbial infiltration method, 48 human permanent upper canines were selected, instrumented and obturated. The apicetomies for removal of the apical 3mm from the roots were performed using the diamond ultrasound tip CVD DENTUS 8.1117. The retroprepares were made with ultrasonic CVD DENTUS 6.1107-E diamond tips, 4mm deep. The 28 samples were retrobured with the Palacos-R (HERAEUS KULZER) cement and the gray MTA cement (ANGELUS), in a total of 14 specimens for each cement tested. The evaluation of the marginal adaptation was performed by scanning electron microscopy (SEM) with 8 teeth (4 for each retroburst cement). Sealing capacity was analyzed through bacterial infiltration assays with Enterococcus faecalis (ATCC 29212), with 10 teeth for the Palacos-R group, 10 teeth for the gray MTA group, 10 teeth for the positive control group and 10 teeth for the the negative control group. Cytotoxicity evaluation was performed with the eluates of the cements by the MTT test, with mouse gingival fibroblasts (L929 cells). The SEM analysis showed a better adaptation of the Palacos-R to the retroprepares than the gray MTA. Although Palacos-R had the lowest numerical rates of bacterial infiltration, there was no statistically significant difference between the two. The two cements did not demonstrate cytotoxic activity on L929 cells, however in the doubly concentrated extracts the Palacos-R cement was less cytotoxic than the gray MTA (P <0.0001). It was concluded that the Palacos-R presented a better marginal adaptation than the gray MTA to the SEM, that there was no difference between the Palacos-R and the MTA in terms of microbial infiltration and cytotoxicity, making it a promising retrofilling material to be used in Endodontics


Assuntos
Apicectomia , Obturação Retrógrada , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Adaptação Marginal Dentária , Cimentos Dentários , Infiltração Dentária , Óxidos , Microscopia Eletrônica de Varredura , Silicatos , Compostos de Cálcio , Compostos de Alumínio , Combinação de Medicamentos
6.
Bauru; s.n; 2017. 67 p. tab, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-880406

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a resposta clínica e radiográfica do complexo dentino-pulpar após o uso de três materiais protetores pulpares na remoção seletiva de tecido cariado em molares decíduos. O desfecho primário foi o sucesso da resposta in vivo do complexo dentino-pulpar e o secundário compreendeu a medida da espessura de barreira dentinária. Foram selecionados 36 molares de crianças entre 5 e 8 anos de idade, de ambos os gêneros, que apresentavam lesões de cárie oclusais profundas sem alterações pulpares. Após a remoção seletiva os dentes foram randomizadamente divididos em três grupos: Cimento Hidróxido de Cálcio ­ HC (Grupo I); Agregado de Trióxido Mineral ­ MTA (Grupo II) e Cimento Portland - CP (Grupo III). Uma restauração final foi confeccionada com o Cimento de Ionômero de Vidro Modificado por Resina. O erro casual foi verificado através do Teste t pareado. O teste Qui-quadrado foi utilizado para se determinar as diferenças estatísticas significativas entre os grupos. As medidas radiográficas foram comparadas utilizando ANOVA, seguido do Teste de Tukey (P <0,05). O resultado primário obtido, através das avaliações clínicas e radiográficas, foi o sucesso da resposta in vivo do complexo dentino-pulpar com uma taxa de 97,2% de sucesso para a técnica. A verificação radiográfica da formação de barreira dentinária resultou numa espessura de 0,145 mm ± 0,125 para o HC; 0,115 mm ± 0,06 para o MTA e 0,155 mm ± 0,08 para o CP. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos. Conclui-se que os resultados clínicos e radiográficos foram satisfatórios e houve aumento da espessura de barreira dentinária em um período de 6 meses de acompanhamento. A remoção seletiva do tecido cariado é uma alternativa à remoção total de tecido e que independentemente do material protetor pulpar escolhido, o selamento hermético da cavidade é extremamente importante para o sucesso a longo prazo.(AU)


The aim of this study was to evaluate the clinical and radiographic response of the dentin-pulp complex after the use of three pulp capping materials after the selective caries removal in primary teeth. The primary and secondary outcomes respectively were the success of the in vivo response of the dentin-pulp complex and the measurement of the dentin barrier thickness. We selected 36 molars of children aged between 5 and 8 years, of both genders, who presented deep occlusal caries lesions without pulp alterations. After the selective removal, the teeth were randomly divided into three groups: Calcium Hydroxide Cement - HC (Group I); Mineral Trioxide Aggregate - MTA (Group II) and Portland Cement - PC (Group III). A final restoration was made with Resin Modified Glass Ionomer Cement. The casual error was verified through paired t-test. The chi-square test was used to determine significant statistical differences between groups. Radiographic measurements were compared using ANOVA, followed by Tukey's test (P <0.05). The primary outcome obtained through clinical and radiographic evaluations was the success of the in vivo response of the dentin-pulp complex with a 97.2% success rate for the technique. Radiographic verification of the formation of the dentin barrier resulted in a thickness of 0.145 mm ± 0.125 for HC; 0.115 mm ± 0.06 for MTA and 0.155 mm ± 0.08 for PC. There was no statistically significant difference between groups. In conclusion, both the clinical and radiographic results were satisfactory and the thickness of the dentin barrier increased during the 6 months of following-up period. Selective caries removal is an alternative to total caries removal and regardless of the pulp protective material chosen, hermetic sealing of the cavity is extremely important for long-term success.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Compostos de Alumínio/uso terapêutico , Compostos de Cálcio/uso terapêutico , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Cárie Dentária/terapia , Cimentos Dentários/uso terapêutico , Capeamento da Polpa Dentária/métodos , Óxidos/uso terapêutico , Silicatos/uso terapêutico , Análise de Variância , Restauração Dentária Permanente/métodos , Combinação de Medicamentos , Radiografia Dentária , Reprodutibilidade dos Testes , Resultado do Tratamento
7.
Rio de janeiro; s.n; 2016. 79 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007691

RESUMO

O objetivo deste estudo ex vivo foi investigar e comparar os efeitos antibacterianos, a citotoxicidade, a adaptação marginal e a capacidade seladora do agregado trióxido mineral (MTA), branco e cinza (Angelus, Londrina, Brasil), quando combinados com água destilada ou álcool isopropílico. Os efeitos antibacterianos de ambas as formulações foram avaliados através do teste de difusão em agar utilizando Staphylococcus aureus (ATCC25923) e Pseudomonas aeruginosa (ATCC27853) para a seleção da concentração de escolha. A geração das espécies reativas do oxigênio (ERO) foi analisada, primeiramente, utilizando cepas de Escherichia coli proficiente (AB1157) e triplo mutante (BW535), deficiente nos mecanismos de reparo. A geração de ERO também foi analisada através da degradação plasmidial (método de eletroforese) e com a utilização da sonda DCF. A geração das espécies reativas do nitrogênio (ERN) foi avaliada através da sonda DAF. A citotoxicidade dos eluatos dos cimentos foi avaliada pelo MTT, com células L929. A adaptação marginal foi feita através da microscopia eletrônica de varredura (MEV). A capacidade seladora foi realizada através de ensaios de infiltração bacteriana. Os resultados mostraram que a incorporação do isopropanol ao MTA aumentou os halos de inibição no modelo Gram-positivo (S. aureus-ATCC25923) (P <0.05). A adição de isopropanol 70% aos cimentos de MTA branco e cinza aumentou a atividade antimicrobiana para E. coli selvagem (AB1157) e triplo mutante (BW535) (P <0.0001). Não ocorreu a total degradação do DNA plasmidial para as amostras de MTA branco e cinza manipuladas com isopropanol 70%. As amostras de MTA branco e cinza manipuladas de acordo com o fabricante geraram significativamente mais espécies reativas do oxigênio (sonda DCF) (P <0.0001 e P =0.0002) e do nitrogênio (sonda DAF) (P =0.0002 e P =0.0003) do que as manipuladas com isopropanol 70%. Os cimentos manipulados com água destilada foram mais citotóxicos do que a associação com solução de isopropanol 70% (P <0.05). A análise ao MEV mostrou melhor adaptação ao preparo nas amostras com o isopropanol 70%, entretanto o ensaio de infiltração bacteriana ex vivo com Enterococcus faecalis (ATCC29212), não mostrou diferença estatística para as amostras manipuladas com isopropanol ou com água (P >0.05). Podemos concluir que a manipulação com isopropanol melhorou a atividade antimicrobiana do MTA tornando-o menos citotóxico, sem alterar a capacidade seladora.


The aim of this study was to investigate and compare the antibacterial effects, cytotoxicity, marginal adaptation and sealing ability of mineral trioxide aggregate (MTA), white and gray (Angelus, Londrina, Brasil), when combined with distilled water or isopropyl alcohol. The antibacterial effects of both formulations were evaluated by agar diffusion method using Staphylococcus aureus (ATCC25923) and Pseudomonas aeruginosa (ATCC27853) for selecting the suitable concentration of isopropyl alcohol. The antimicrobial mechanism by the generation of reactive oxygen species (ROS) was first analyzed using Escherichia coli strains: proficient (AB1157) and triple mutant (BW535), deficient in the repair mechanisms. The ROS generation was also analyzed by degradation of DNA plasmid (electrophoresis method) and with the DCF probe. The generation of reactive nitrogen species (RNS) was assessed by DAF probe. The cytotoxicity of the eluates was assessed by MTT test, with L929 cells. The marginal adaptation was evaluated by scanning electron microscopy (SEM). The sealing ability was performed using bacterial leakage assay. The results showed that the incorporation of isopropanol to MTA increased the inhibitory haloes in Gram-positive model (S. aureus-ATCC25923) (P <0.05). Adding 70% isopropanol to white and gray MTA cements increased antimicrobial activity against both E. coli wild (AB1157) and triple-mutant (BW535) strains (P <0.0001). The DNA plasmid was not completely degraded for the samples of white and gray MTA manipulated with 70% isopropanol. The white and gray MTA samples, handled according to the manufacturer, generated significantly more ROS (DCF probe) (P <0.0001 e P =0.0002) and RNS (DAF probe) (P =0.0002 e P =0.0003) than that manipulated with 70% isopropanol. The cements handled with distilled water were more cytotoxic than when associated with isopropanol solution 70% (P <0.05). The SEM analysis showed better adaptation to the cavity prepares when the samples were filled with MTA with 70% isopropanol, however the ex vivo bacterial infiltration test with Enterococcus faecalis (ATCC29212), was not statistically different from samples manipulated with isopropanol or water (P >0.05). We can conclude that the manipulation with isopropanol improved the antimicrobial activity of the MTA rendering less citotoxicity, without altering the sealing ability.


Assuntos
Materiais Restauradores do Canal Radicular , Teste de Materiais , Adaptação Marginal Dentária , 2-Propanol , Cimentos Dentários , Óxidos , Microscopia Eletrônica de Varredura , Silicatos , Compostos de Cálcio , Compostos de Alumínio , Técnicas de Cultura de Células , Combinação de Medicamentos
8.
Bauru; s.n; 2016. 96 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-881432

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da umidade na penetração, resistência de união e tipo de falha de união de cimentos endodônticos junto às paredes de canais radicular por meio de microscopia confocal de varredura a laser e teste mecânico push-out. Foram utilizados 120 dentes bovinos unirradiculados, previamente selecionados raízes retas e com ausência de grandes achatamentos. As coroas foram removidas, com a finalidade de padronizar os espécimes em 16 mm de comprimento. A extensão de trabalho foi estabelecida 1 mm aquém do forame. Inicialmente os canais foram explorados com lima tipo K 70 e instrumentadas até a lima tipo K110 e a irrigação foi realizada com 2 mL de NaOCl a 2,5% a cada troca de instrumento. Ao final, foram aplicados 2 mL de EDTA por 3 minutos e a irrigação final foi feita com soro fisiológico. Em seguida, as raízes foram divididas, aleatoriamente, em 8 grupos de acordo com o cimento obturador. As técnicas e presença ou não de umidade (n=15): G1: AH/CLSU (cimento AH Plus/condensação lateral sem umidade); G2: AH/CLCU (cimento AH Plus/condensação lateral com umidade); G3: AH/TPSU (cimento AH Plus/termoplastificadora sem umidade); G4: AH/TPCU (cimento AH Plus/termoplastificadora com umidade); G5: FA/CLSU (cimento FillApex/condensação lateral sem umidade); G6: FA/CLCU (cimento FillApex/condensação com umidade); G7: FA/TPSU (cimento FillApex/termoplastificadora sem umidade); G8: FA/TPCU (cimento FillApex/termoplastificadora com umidade). Depois de obturados, os canais foram armazenados em umidade por 72 horas. As raízes foram seccionadas transversalmente a 2, 4 e 6 mm do forame e analisadas em microscopia confocal de varredura à laser (540 a 590 nm), para avaliação da penetração dos cimentos nos túbulos dentinários e, posteriormente, submetidos ao teste de push-out. Além disso, foram avaliados os tipos de falhas (adesiva, coesiva ou mista) por meio de estereomicroscópio em aumento de 40x. Os dados foram submetidos aos testes estatísticos de D'agostino e Pearson para a verificação de distribuição normal. Foi aplicado o teste de Kruskal ­ Wallis e Dunn para ambos os testes, com nível de significância de α 5% (p=0,05). Os resultados permitiram observar que, com relação à penetração, o cimento MTA Fillapex apresentou maiores valores que o cimento AH Plus, considerando as técnicas obturadoras. Pode­se observar maior penetração quando foi empregada a técnica da condensação lateral. Com relação à resistência de união, observou-se que o cimento AH Plus proporcionou valores superiores. A condensação lateral ativa mostrou melhores resultados quando utilizado o AH Plus. O cimento MTA Fillapex proporcionou melhores resultados quando empregada à técnica termoplastificadora. Por fim, com relação ao tipo de falha de união, os resultados permitiram deduzir que não houve diferença estatística significante entre os cimentos e técnicas utilizadas. Concluiu-se que a resistência de união e profundidade de penetração pode ser influenciada pela técnica obturadora, cimento utilizado e presença ou ausência do fator umidade. O cimento AH Plus apresentou maiores valores quanto à resistência de união, e menores valores de penetração intratubular. O cimento MTA fillapex apresentou maiores valores de penetração, e menores valores com relação à resistência de união.(AU)


The objective of this study was to evaluate the influence of humidity on penetration, bond strength and failure type of Union of endodontic sealers along root channels walls by means of laser scanning confocal microscopy and mechanical push-out test. 120 were used single root bovine teeth, previously selected roots straight and with absence of large crushed parts. The crowns were removed, with the purpose of standardizing the specimens in 16 mm in length. The extension work was established 1 mm below the foramen. Initially the channels have been explored with 70 K file and instrumented to the lima K110 type and irrigation was performed with 2 mL of NaOCl to 2.5% every exchange of instrument. At the end, 2 mL of EDTA were applied for 3 minutes and the final was made irrigation with saline. Then, the roots were randomly divided in 8 groups according to the cement plug, the techniques and the presence or not of humidity (n = 15): G1: OH/CLSU (cement AH Plus/lateral condensation without moisture); G2: OH/CLCU (cement AH Plus/lateral condensation with humidity); G3: OH/TPSU (cement AH Plus/thermoplastic obturation without moisture); G4: OH/TPCU (cement AH Plus/ thermoplastic obturation with moisture); G5: FA/CLSU (FillApex cement/lateral condensation without moisture); G6: FA/CLCU (FillApex cement/condensation with humidity); G7: FA/TPSU (FillApex/ thermoplastic obturation cement without moisture); G8: FA/TPCU (cement FillApex/ thermoplastic obturation with moisture). After it closed, the channels were stored in moisture for 72 hours. The roots were sectioned transversally 2, 4 and 6 mm from the apex and analyzed in laser scanning confocal microscopy (540 to 590 nm), to assess the penetration of cement on Dentinal tubules and, subsequently, submitted to the push-out test. In addition, we evaluated the types of failures (adhesive, cohesive or mixed) through the stereomicroscope in increase of 40 x. The data were subjected to statistical tests of D'Agostino and Pearson for verification of normal distribution. Was applied the Kruskal-Wallis and Dunn for both tests, with a significance level of α 5% (p = 0.05). The results allowed to note that, with respect to penetration, the MTA Fillapex cement presented higher values that cement AH Plus, considering the obturation techniques can-see greater penetration when was employed the lateral condensation technique. With regard to union resistance, it was observed that AH Plus cement provided higher values. The lateral condensation activates showed best results when used AH Plus. MTA Fillapex cement provided better results when employed the thermoplastic obturation. Finally, with respect to the type of failure, the results have made it possible to deduce that there was no significant statistical difference among the cements and techniques used. It was concluded that the Union resistance and penetration depth can be influenced by the obturator technique, cement used and presence or absence of the moisture factor. AH Plus cement showed highest values regarding Union resistance, and lower values of intratubular penetration. MTA fillapex cement presented greater values of penetration, and smaller values with respect to Union resistance.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Compostos de Alumínio/química , Compostos de Cálcio/química , Colagem Dentária/métodos , Dentina/efeitos dos fármacos , Resinas Epóxi/química , Óxidos/química , Materiais Restauradores do Canal Radicular/química , Silicatos/química , Cavidade Pulpar/efeitos dos fármacos , Dentina/química , Combinação de Medicamentos , Teste de Materiais , Microscopia Confocal , Valores de Referência , Reprodutibilidade dos Testes , Obturação do Canal Radicular/métodos
9.
Bauru; s.n; 2015. 183 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867253

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar as propriedades físico-químicas, antimicrobianas e biocompatibilidade do MTA branco manipulado com extratos aquoso e/ou em propilenoglicol da Arctium lappa L., Casearia sylvestris Sw. e própolis. Dentre os testes físico-químicos foram avaliados o tempo de presa, escoamento, pH, liberação de íons cálcio e alteração volumétrica. Para verificar o efeito antimicrobiano foram aplicadas as metodologias do contato direto (Enterococcus faecalis e a Cândida albicans) e da descontaminação dentinária, empregando a microscopia confocal de varredura laser para verificar a viabilidade de Enterococcus faecalis. Para a avaliação da biocompatibilidade, 162 ratos Wistar foram utilizados, onde cada animal recebeu dois implantes subcutâneos e um alveolar. Após os períodos experimentais de 15, 30 e 60 dias foram realizadas análises microtomográfica, histológica descritiva e histomorfométrica. Adicionalmente amostras do tecido alveolar foram processadas para dosagem das citocinas TNF-α e IL-10 por meio do ensaio imunoenzimático (ELISA). Os dados obtidos foram analisados estatisticamente com os testes ANOVA e Tukey ou Kruskal-Wallis e Dunn. Os resultados revelaram que a variação do veículo associado ao MTA aumentou significativamente o tempo de presa, no entanto, não houve influência na alteração volumétrica (P>0,05) e na capacidade do cimento em manter o meio alcalino e liberar íons cálcio. Os cimentos manipulados com extratos em propilenoglicol apresentaram maior escoamento (P<0,05). Apenas o extrato da própolis agregou ao MTA efeito contra o Enterococcus faecalis após 24 e 48 horas (descontaminação dentinária e contato direto respectivamente) e contra a Cândida albicans após 10 horas (P<0,05). De acordo com as avaliações histológica e histomorfométrica dos implantes em tecidos subcutâneo e alveolar não foi constatada diferença significativa entre os grupos experimentais quando comparados com o grupo no qual o MTA foi manipulado...


The aim of this study was to evaluate the physicochemical, antimicrobial properties and biocompatibility of white MTA mixed with aqueous or propylene glycol extracts of Arctium lappa L., Casearia sylvestris Sw. and propolis. Among physicochemical tests were evaluated the setting time, flowability, pH, ion calcium release and volumetric change. To verify the antimicrobial effects were applied the methods of direct contact (Enterococcus faecalis and Candida albicans) and dentin decontamination by using the confocal laser scanning microscopy to verify the Enterococcus faecalis viability. To evaluate the biocompatibility were used 162 Wistar rats. Each animal received one alveolar and two subcutaneous implants. After the experimental periods of 15, 30 and 60 days were performed the microtomography, histological description and histomorphometric analyses. Additionally alveolar tissue samples were processed for the measurement of TNF-α e IL-10 cytokines by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). The data were statistically analyzed by the ANOVA and Tukey or KruskalWallis and Dunns tests. The results revealed that the variation of the vehicle associated to MTA significantly increased its setting time, however did not influence the volumetric change (P>0,05) and the cement's ability to maintain the alkaline medium and ion calcium release. Cements mixed with propylene glycol extracts showed higher flowability (P<0,05). Only propolis extract added to MTA the effect against E. faecalis after 24 and 48 hours (dentin decontamination and direct contact respectively) and against Candida albicans after 10 hours (P<0,05). According to the histological and histomorphometric evaluation of the implants in subcutaneous and alveolar tissue was not observed significant differences between the experimental groups in comparison to the reference group (MTA was mixed with distilled water). The microtomography analysis and expression of TNF-α and IL-10 showed...


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Anti-Infecciosos/química , Compostos de Alumínio/química , Compostos de Cálcio/química , Óxidos/química , Medicamentos Fitoterápicos , Própole/química , Silicatos/química , Anti-Infecciosos/uso terapêutico , Materiais Biocompatíveis , Candida albicans , Compostos de Alumínio/uso terapêutico , Compostos de Cálcio/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Enterococcus faecalis , Teste de Materiais , Óxidos/uso terapêutico , Própole/uso terapêutico , Ratos Wistar , Reprodutibilidade dos Testes , Silicatos/uso terapêutico , Fatores de Tempo
10.
Bauru; s.n; 2015. 145 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867344

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar o pH e a liberação de íons cálcio dos cimentos AH Plus, MTA Fillapex e Sealapex, em diferentes períodos, quando empregados em obturações de canais radiculares, bem como, a qualidade das obturações, após 1 ano de realizadas. O pH e a liberação de íons cálcio foram avaliados por meio de um peagômetro e espectrofotômetro de absorção atômica, respectivamente. A qualidade das obturações foi avaliada por meio de um estereomicroscópio. Cento e vinte e quatro pré-molares inferiores humanos extraídos, unirradiculados, foram divididos em 01 grupo controle e 02 grupos experimentais, de acordo com a padronização do diâmetro do forame apical. Em seguida, os 02 grupos experimentais foram divididos em 4 subgrupos, considerando as técnicas de instrumentação e obturação empregadas. Após o preparo dos canais radiculares cada subgrupo teve o número de dentes divididos por dois, formando novos subgrupos, de acordo com os cimentos obturadores utilizados. Imediatamente após a obturação, a raiz de cada dente foi imersa em 15 mL de água ultrapura para avaliação do pH e liberação de íons cálcio nos seguintes períodos: 1 h, 1, 3, 7, 30, 180 e 365 dias, após a obturação. Após o período de 1 ano, os dentes foram seccionados transversalmente a 2, 4, 6 mm do forame apical para análise da qualidade das obturações, analisando-se a porcentagem de cimento, guta-percha e espaços vazios na massa obturadora. Os cimentos apresentaram pH neutro, porém, aos 180 dias, os valores mostraram um ligeiro aumento quando utilizados em canais com forames de diâmetro 0,25 mm. Quando utilizados em canais com forames de diâmetro 0,45 mm, o pH mostrou-se com valores maiores para todos os períodos sem distinção do cimento. Todos os cimentos liberaram íons cálcio, com menores valores para o AH Plus. Na estereomicroscopia, observaram-se variações nas porcentagens de cimento e guta-percha, considerando-se os diâmetros foraminais e técnicas obturadoras, e porcentagem...


The objective of this study was to evaluate the pH and calcium ion release of AH Plus, MTA Fillapex and Sealapex cements at different time periods when used in root canal obturations, as well as the quality of the obturations one year after being performed. The pH and calcium ion release were evaluated by means of a pH meter and an atomic absorption spectrophotometer, respectively. The quality of the obturations was evaluated using a stereomicroscope. One hundred and twenty-four extracted human uniradicular mandibular premolars were divided into 1 control and 2 experimental groups, according to the standardization of the apical foramen diameter. Next, the 2 experimental groups were divided into 4 subgroups, considering the instrumentation techniques and obturations employed. After the preparation of the root canals, each subgroup had the number of teeth divided by two, forming new subgroups, according to the sealers used. Immediately after the obturation, the root of each tooth was immersed in 15 mL of ultrapure water for the evaluation of the pH and calcium ion release in the following time periods: 1 hr, 1, 3, 7, 30, 180 and 365 days after the obturation. After the period of one year, the teeth were transversely sectioned at 2, 4 and 6 mm from the root apex to examine the quality of the obturations, analyzing the percentage of cement, gutta-percha and voids in the obturator mass. The cements presented a neutral pH, which showed slightly increase as of 180 days when used in canals with foramens of 0.25 mm diameters. When used in canals with foramens with diameters of 0.45 mm, the pH presented higher values in all periods for all cements. All cements released calcium ions, with lower values for the AH Plus. In the stereomicroscopy, there were variations in the percentages of cement and gutta-percha, considering the foraminal diameters and obturation techniques and an insignificant percentage of voids.


Assuntos
Cálcio/química , Cimentos Dentários/química , Guta-Percha/química , Materiais Restauradores do Canal Radicular/química , Obturação do Canal Radicular/métodos , Compostos de Alumínio/química , Compostos de Cálcio/química , Concentração de Íons de Hidrogênio , Teste de Materiais , Óxidos/química , Reprodutibilidade dos Testes , Resinas Epóxi/química , Silicatos/química , Fatores de Tempo
11.
Rio de Janeiro; s.n; s.n; 2015. 56 p. tab, ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-963923

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência de união de dois cimentos endodônticos experimentais à base de MTA e butiletilenoglicol dissalicilato: MTAe e MTAe-HA. Os cimentos endodônticos comerciais MTA Fillapex e AH Plus foram utilizados como materiais de referência para comparação. Vinte incisivos centrais superiores permanentes humanos foram selecionados e um slice dentinário (1 ± 0,1 mm de espessura) foi obtido à partir da junção amelocementária de cada raiz. Quatro orifícios com 0,9 mm de diâmetro foram confeccionados na superfície axial de cada slice dentinário. As amostras receberam uma irrigação padronizada e foram secas com papel absorvente. Em seguida, cada um dos orifícios foi preenchido com um dos quatro cimentos endodônticos avaliados. Os slices dentinários preenchidos foram armazenados em ambiente umidificado em solução tampão fosfato-salino (pH 7,2) durante 7 dias a 37°C. Após o armazenamento, realizou-se ensaio de push-out. A carga foi aplicada com a velocidade de 0,5 mm/min até a obtenção do deslocamento do material obturador, sendo o resultado expresso em MPa. O teste de Kruskal-Wallis foi aplicado para avaliar o efeito da resistência de união de cada cimento endodôntico. O teste Mann-Whitney com correção de Bonferroni foi utilizado para isolamento das diferenças. O erro do tipo  foi fixado em 0,05. Houve diferenças estatísticas significativas entre os materiais avaliados (P = 0,000). O AH Plus demonstrou os maiores valores de resistência de união (P = 0,000). O MTA Fillapex apresentou a menor resistência de união entre todos os grupos experimentais (P = 0,000). Nenhuma diferença foi encontrada entre os dois cimentos endodônticos experimentais (P < 0,05). Pode-se concluir que os cimentos experimentais à base de MTA e butiletilenoglicol dissalicilato apresentaram resultados adequados de resistência de união à dentina quando comparados ao MTA Fillapex.


The present study was designed to investigate push-out bond strength of two experimental root canal sealers based on MTA and butyl ethylene glycol disalicylate: MTAe and MTAe-HA. Commercial sealers MTA Fillapex and AH Plus were used as reference materials for comparison. Twenty human permanent maxillary central incisors were selected and one dentin slice (1 ± 0.1 mm thick) was obtained from the cementoenamel junction of each root. On the axial surface of each dentine disc, four 0.9-mm-wide holes were drilled. Standardized irrigation was performed and samples were dried with absorbent paper. Then, each role were filled with one of the four tested root canal sealers. The filled dental slices were stored in phosphate buffered saline solution (pH 7.2) for 7 days at 37°C. After storage, a push-out assessment were performed. Loading was applied at a crosshead speed of 0.5 mm/min until sealer displacement and the results were expressed in MPa. Kruskal-Wallis test was applied to assess the effect of each endodontic sealer on the push-out bond strength. Mann-Whitney with Bonferroni correction was used to isolate the differences. The alpha-type error was set at 0.05. There were significant differences among materials (P = 0.000). AH Plus filled specimens had the highest push-out bond strength values (P = 0.000). MTA Fillapex had the lowest push-out bond strength among all experimental groups (P = 0.000). No difference has been found between the two experimental root canal sealers (P < 0.05). It has been concluded that experimental MTA and butyl ethylene glycol disalicylate based sealers presented suitable dentine bond strength outcomes when compared to MTA Fillapex.


Assuntos
Humanos , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Obturação do Canal Radicular , Teste de Materiais , Colagem Dentária , Cimentos Dentários , Óxidos , Silicatos , Durapatita , Compostos de Cálcio , Compostos de Alumínio , Estatísticas não Paramétricas , Dentina , Combinação de Medicamentos , Etilenoglicóis , Incisivo
12.
Rio de janeiro; s.n; 2015. 56 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1015204

RESUMO

O protocolo atual para o tratamento das reabsorções inflamatórias externas radiculares utiliza o hidróxido de cálcio como agente de desinfecção, como curativo de demora, em várias trocas sucessivas e por longo período de tempo. Além da necessidade de várias consultas para a substituição do hidróxido de cálcio, a sua permanência nos canais por longo período de tempo, provoca o enfraquecimento das estruturas dentárias. Portanto, modificação desta terapia seria aconselhável. Nesta investigação clínica, três pacientes portadores de reabsorção inflamatória externa radicular foram tratados com a terapia de revascularização, usualmente utilizada em dentes com necrose pulpar e ápices abertos. Os dentes foram tratados com o protocolo da terapia de revascularização que consiste na desinfecção do sistema de canais radiculares com pasta tri-antibiótica, com posterior preenchimento do canal com coagulo sanguíneo e selamento do canal com agregado trióxido mineral e resina adesiva. Foi observado durante a proservação a paralização do processo patológico com neoformação tecidual nas áreas radiolúcidas preexistentes. Foi detectada a redução da mobilidade dos elementos dentários tratados. Os três casos foram acompanhados por 30, 18 e 15 meses, respectivamente. Todos os elementos dentários permaneceram assintomáticos, mantidos com função e mobilidade fisiológica. A terapia utilizada no procedimento de revascularização mostrou-se eficiente no tratamento da reabsorção inflamatória externa radicular, reduzindo o número de consultas e aumentando a adesão dos pacientes.


The current external inflammatory root resorption treatment protocol, which uses calcium hydroxide dressing, usually comprises multiple and long-term applications. In addition to the need for multiple appointments for calcium hydroxide replacement, the long-term maintenance of this compound in the root canal weakens dental structures. A modification of this therapy would be advisable. In this clinical investigation, three patients with external inflammatory root resorption were submitted to revascularization therapy protocol usually used in teeth with necrotic pulp and open apices. The teeth were treated with revascularization therapy protocol, which consisted of disinfecting the root canal system with tri-antibiotic paste, filling it with blood clot, and sealing of the root canal with mineral trioxide aggregate and bonded resin restoration. During the follow up, the pathological process was arrested with tissue repair in preexisting radiolucent areas. Reduced mobility was observed in the treated teeth. The three cases were followed up for 30, 18, and 15 months, respectively. All teeth remained asymptomatic and retained function and physiological mobility. The therapy used in the revascularization procedure was efficient in the treatment of external inflammatory root resorption, reducing the number of appointments and increasing patient compliance.


Assuntos
Humanos , Masculino , Criança , Reabsorção da Raiz/terapia , Traumatismos Dentários , Combinação de Medicamentos , Cimentos de Ionômeros de Vidro/uso terapêutico , Antibacterianos/uso terapêutico , Óxidos/uso terapêutico , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Resultado do Tratamento , Silicatos/uso terapêutico , Compostos de Cálcio/uso terapêutico , Compostos de Alumínio/uso terapêutico
13.
Rio de Janeiro; s.n; 2015. 116 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-946403

RESUMO

Os compostos fluoretados têm grande importância como agentes preventivos e terapêuticos diante de desafios erosivos e abrasivos. Vários produtos fluoretados de tem sido extensivamente estudados devido a sua ação em prevenir, tratar ou diminuir a progressão da desmineralização dentária. Novos compostos têm sido propostos, em associação ou não ao fluoreto, como uma tentativa em se obter melhores efeitos contra a perda mineral. Na presente tese foi avaliado o efeito de compostos a base de cálcio e xilitol na prevenção da erosão e da erosão associada à abrasão. Vernizes de fluoreto de sódio (NaF) associados ou não ao fosfocaseínato de cálcio (CPP-ACP) e xilitol foram testados. A erosão foi executada por meio da imersão da amostra em refrigerantes ou medicamentos líquidos pediátricos. Para a erosão associada à abrasão, ciclos de escovações também foram aplicados aos blocos erodidos. Em todos os experimentos, a superfície do esmalte foi avaliada por meio do perfilometro 3D de não contato (3D-NCP) nos parâmetros de perda de estrutura dentária e de rugosidade superficial. Imagens foram obtidas no 3D-NCP e em microscópio eletrônico de varredura (MEV). Diferenças entre os tratamentos foram testadas usando estatística inferencial, adotando-se o nível de significância de 5%. As imagens de 3D-NCP e MEV foram avaliadas descritivamente. Os vernizes fluoretados com CPP-ACP e xilitol exibiram efeito preventivo em relação à erosão e à progressão da erosão dentária; além de inibir à erosão associada à abrasão. O verniz de CPP-ACP demonstrou efeito preventivo frente à erosão promovida pelo refrigerante associado a um medicamento líquido pediátrico. (AU)


Fluoride compounds are very important as preventive and therapeutic agents in erosive and abrasive challenges. Various fluoride products has been extensively studied because of their action to prevent, treat or slow down the progression of tooth demineralization. Novel compounds have been proposed, in combination or not with fluoride products to obtain better effects against mineral loss. In this thesis was evaluated the effect of NaF varnishes with calcium and xylitol in the prevention of erosion and erosion associated with abrasion. Sodium fluoride varnishes (NaF) associated or not with casein phosphopeptide-amorphous calcium phosphate (CPP-ACP) and xylitol were tested. For erosion experiments, cycles of erosion (immersion in soft drink or in pediatric liquid medications) were made. To erosion associated with abrasion, brushing cycles were also applied to the eroded blocks. In all experiments, the enamel surface was evaluated by profilometry by non-contact 3D (3D-PNC) in following parameters: tooth structure loss and surface roughness. Images were obtained on 3D-PNC and scanning electron microscope (SEM). Differences between treatments were tested using inferencial statistical analysis with 5% os signifficance. 3D-PNC and SEM images were descriptively evaluated. CPP-ACP/NaF and xylitol/NaF varnishes exhibited a preventive effect against erosion and erosion associated with abrasion. The CPP-ACP/NaF varnish showed preventive effect against soft drink plus pediatric liquid medicine erosion. (AU)


Compuestos de flúor son de gran importancia como agentes preventivos y terapéuticos en desafíos erosivos y abrasivos. Varios productos de fluoruro ha sido ampliamente estudiado debido a su acción para prevenir, tratar o retrasar la progresión de la desmineralización de los dientes. Se han propuesto nuevos compuestos, en combinación o no con fluoruro, en un intento de obtener mejores efectos contra la pérdida de mineral. Objetivo de la tesis era evaluar el efecto de los compuestos sobre la base de calcio y xilitol en la prevención de la erosión y la erosión asociada a la abrasión. Barnices de fluoruro de sodio (NaF) asociados o no con fosfocaseínato calcio (CPP-ACP) y xilitol se pusieron a prueba. La erosión se llevó a cabo mediante la inmersión de la muestra en refrigerantes y medicamentos líquidos de los niños. Para la erosión asociada a la abrasión, los ciclos de cepillado se aplicaron a los bloques erosionados. En todos los experimentos, la superficie del esmalte se evaluó mediante perfilometría por 3D sin contacto en los parámetros de la pérdida de estructura dental y rugosidad de la superficie. Las imágenes se obtuvieron en perfilometría 3D sin contacto y microscopio electrónico de barrido (MEB). Las diferencias entre tratamientos se ensayaron usando análisis estadísticos inferenciales com nível de significacion de 5%, la perfilometría 3D sin contacto MEB imágenes se evaluaron descriptivamente. Barnices a fluoruro de CPP-ACP y xilitol exhibieron un efecto preventivo contra la erosión y la progresión de la erosión dental; además de inhibir la erosión asociada a la abrasión. El barniz de CPP-ACP mostró efecto preventivo en contra de la erosión de refrigerante asociado con medicamento líquido pediátrico. (AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Compostos de Cálcio/farmacologia , Abrasão Dentária/complicações , Erosão Dentária/prevenção & controle , Xilitol/farmacologia , Bebidas Gaseificadas/toxicidade , Microscopia Eletrônica de Varredura
15.
J. appl. oral sci ; 21(1): 32-36, 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-684992

RESUMO

Objective: To evaluate the biocompatibility and the setting time of Portland cement clinker with or without 2% or 5% calcium sulfate and MTA-CPM. Material and Methods: Twenty-four mice (Rattus norvegicus) received subcutaneously polyethylene tubes filled with Portland cement clinker with or without 2% or 5% calcium sulfate and MTA. After 15, 30 and 60 days of implantation, the animals were killed and specimens were prepared for microscopic analysis. For evaluation of the setting time, each material was analyzed using Gilmore needles weighing 113.5 g and 456.5 g, according to the ASTM specification Number C266-08 guideline. Data were analyzed by ANOVA and Tukey's test for setting time and Kruskal-Wallis and Dunn test for biocompatibility at 5% significance level. Results: Histologic observation showed no statistically significant difference of biocompatibility (p>0.05) among the materials in the subcutaneous tissues. For the setting time, clinker without calcium sulfate showed the shortest initial and final setting times (6.18 s/21.48 s), followed by clinker with 2% calcium sulfate (9.22 s/25.33 s), clinker with 5% calcium sulfate (10.06 s/42.46 s) and MTA (15.01 s/42.46 s). Conclusions: All the tested materials showed biocompatibility and the calcium sulfate absence shortened the initial and final setting times of the white Portland cement clinker.


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Compostos de Alumínio/química , Materiais Biocompatíveis/química , Compostos de Cálcio/química , Sulfato de Cálcio/química , Cimentos Dentários/química , Óxidos/química , Tela Subcutânea , Silicatos/química , Combinação de Medicamentos , Teste de Materiais , Ratos Wistar , Propriedades de Superfície , Fatores de Tempo
16.
Bauru; s.n; 2011. 132 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865831

RESUMO

O MTA (Agregado Trióxido Mineral) tem sido utilizado na endodontia com diferentes finalidades terapêuticas. Essencialmente ele é constituído pelo cimento Portland acrescido de um radiopacificador. Entre seus componentes, é destacada a presença do arsênico, o qual sofre variação de concentração em função da origem do calcário. A dúvida é que se diferentes concentrações de arsênico representam alguma influência na sua biocompatibilidade. O objetivo deste estudo foi avaliar, microscopicamente, a reação tecidual em subcutâneo de ratos frente a cimentos Portland contendo diferentes concentrações de arsênico. Foram utilizados 36 ratos Wistar albinos, distribuídos em 4 grupos experimentais segundo o material empregado perfazendo um total de 6 implantes por período (15, 30 e 60 dias). A lateral dos tubos serviram como grupo controle. Após 15, 30 e 60 dias, os animais foram mortos e os espécimes foram preparados histotecnicamente para análise microscópica. Os dados da avaliação morfométrica foram submetidos à análise de variância a dois critérios (ANOVA) e teste de Tukey para a comparação (p<0,05). Os resultados mostraram uma maior densidade de volume de células inflamatórias aos 15 dias, com redução dessa densidade com o passar do tempo para todos os materiais. Os resultados da análise descritiva mostraram inflamação crônica induzida pelos materiais, com intensidade de leve a moderada, e organização de uma cápsula fibrosa ao redor de todos os espécimes e em todos os períodos. Os cimentos analisados produziram respostas inflamatórias semelhantes, mesmo apresentando quantidades diferentes de arsênico na composição, apenas com diferença estatisticamente significante entre o cimento Portland cinza Votoran e os demais cimentos nos três períodos estudados.Título em inglêsMicroscopic evaluation of the tissue reaction in subcutaneous of rats to Portland cements containing different.


The MTA (Mineral Trioxide Aggregate) has been used in Endodontics for different therapeutic purposes. Essentially, it is composed of Portland cement with addition of a radiopacifier. Its components include arsenic, whose concentration is variable according to the origin of the calcareous. There is doubt whether different arsenic concentrations might influence its biocompatibility. This microscopic study evaluated the reaction of subcutaneous tissue of rats to Portland cements containing different arsenic concentrations. The study was conducted on 36 albinus Wistar rats, divided in 12 animals for each study group. Each animal received two implants of polyethylene tubes, completely filled with the test cements, and the lateral aspect of the tubes was taken as control group. The animals were killed after 15, 30 and 60 days and the specimens were submitted to histotechnical preparation for microscopic analysis. Data of the morphometric analysis were submitted to two-way analysis of variance (ANOVA) and the Tukey test for comparison (p<0.05). The results evidenced greater density of volume of inflammatory cells at 15 days, which was reduced with time for all materials. The results of this descriptive analysis demonstrated chronic inflammation induced by the materials, of mild to moderate intensity, and organization of a fibrous capsule around all specimens and in all periods. The cements induced similar tissue responses, despite the different arsenic concentrations in their composition.


Assuntos
Animais , Ratos , Cimentos Dentários/farmacologia , Tela Subcutânea , Materiais Biocompatíveis , Compostos de Alumínio/farmacologia , Compostos de Cálcio/química , Teste de Materiais , Óxidos/farmacologia , Polietileno/farmacologia , Silicatos/química , Fatores de Tempo
17.
Rev. clín. pesq. odontol. (Impr.) ; 6(2): 129-134, maio-ago. 2010. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-617375

RESUMO

OBJECTIVES: To evaluate the effects of a calcium hydroxide-based intracanal dressing on the initialapical adaptation and leakage of fillings performed with mineral trioxide aggregate (MTA) in teeth withopen apices. STUDY DESIGN: A total of 24 canals were manually prepared and randomly divided intotwo groups (n = 12). In the experimental group, root canals were dressed with calcium hydroxide-basedpaste for 21 days; in the control group, no medication was applied prior to the filling of root canalswith mineral trioxide aggregate. Apical sealing was evaluated on the basis of rhodamine B penetrationand the detection of microscopic apical defects at the filling interface (SEM). The data obtained werecompared by means of t- and Fisher’s Exact tests (á = 0.05). RESULT S: The difference in mean dyeleakage between the experimental (5.03±1.97 mm) and control (4.14±1.13 mm) groups was not statisticallysignificant (ñ < 0.05). The number of microscopic fissures at the experimental group interface (2/12)was significantly lower than that observed for the control group (9/12) (ñ < 0.05). CONCLUSIONS:The use of a calcium hydroxide-based intracanal dressing did not interfere with the initial apical sealingof immature teeth filled with MTA.


OBJETIVOS: Avaliar os efeitos da medicação intracanal à base de hidróxido de cálcio sobre a adaptação apical inicial e selamento de obturações realizadas com agregado de trióxido mineral (MTA) em dentes com ápice aberto. PLANEJAMENTO DO ESTUDO: Um total de 24 canais foram manualmente preparados e aleatoriamente divididosem dois grupos (n = 12). No grupo experimental, canais radiculares foram preenchidos com pasta à base de hidróxido de cálcio por 21 dias; no grupo controle, nenhuma medicação foi aplicada antes da obturação dos canais com agregado de trióxido mineral. O selamento apical foi avaliado com base na penetração de rodamina B e na detecção microscópica de defeitos apicais na interface das obturações (MEV). Os dados obtidos foram comparados por intermédio dos testes “t” e Exato de Fisher (α = 0,05). RESULTADOS: A diferença nos níveis médios de infiltraçãoentre os grupos experimental (5.03±1.97 mm) e controle (4.14±1.13 mm) não se mostrou estatisticamente significante (ρ < 0,05). O número de fendas microscópicas na interface das obturações do grupo experimental (2/12) apresentou-se estatisticamente inferior ao detectado para o grupo controle (9/12) (ρ < 0,05). CONCLUSÕES: O uso de medicação intracanal à base de hidróxido de cálcio não interferiu no selamento apical inicial de dentes imaturos obturados com MTA.


Assuntos
Humanos , Hidróxido de Cálcio/farmacologia , Técnicas In Vitro , Irrigantes do Canal Radicular/farmacologia , Ápice Dentário/efeitos dos fármacos , Compostos de Alumínio/uso terapêutico , Compostos de Cálcio/uso terapêutico , Infiltração Dentária/prevenção & controle , Microscopia Eletrônica de Varredura , Óxidos/uso terapêutico , Silicatos/uso terapêutico
18.
Rev. clín. pesq. odontol. (Impr.) ; 5(3): 263-266, set.-dez. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-617425

RESUMO

OBJETIVOS: Investigar os efeitos da presença de um tampão apical na qualidade do preenchimento e selamento conferidos pelas obturações de agregado de trióxido mineral (MTA) aos dentes com rizogênese incompleta. MATERIAL E MÉTODO: Vinte e quatro canais de dentes com ápice aberto foram manualmente preparados e aleatoriamente divididos em dois grupos (n=12). No grupo experimental confeccionou-se uma barreira apical de hidróxido de cálcio; no grupo controle nenhum tratamento adicional precedeu a obturação dos canais com agregado de trióxido mineral (MTA). Os espécimes foram radiografados e imediatamente imersos em rodamina B. O número de defeitos radiolúcidos de preenchimento dos canais e os níveis médios de infiltração apical do marcador entre os grupos foram analisados de forma cega e comparados por meio do teste qui-quadrado e teste “t”, respectivamente, ambos ajustados ao intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: O número de defeitos no terço apical das obturações e o nível médio de infiltração do corante detectados para o grupo experimental apresentaram-se estatisticamente inferiores aos do grupo controle. CONCLUSÕES: O uso de uma barreira apical de hidróxido de cálcio melhorou a qualidade de preenchimento e selamento dos canais de dentes com rizogênese incompleta obturados com agregado de trióxido mineral.


OBJECTIVES: To investigate the effects of an apical barrier on the filling quality and sealing of root canal fillings performed with mineral trioxide aggregate on teeth with immature root formation. MATERIAL AND METHOD: Twenty four root canals were manually prepared and divided in two groups (n=12). In the experimental group an apical plug of calcium hydroxide was performed, while in the control group no procedures preceded the root canal filling of all specimens with mineral trioxide aggregate. The specimens were radiographed in a bucco-lingual direction and immediately immersed on rodhamine B. The number of radiolucent filling voids and the mean level of apical microleakage between groups were compared by means of the Chi-square Test and “t” test, respectively, both adjusted at the 95% confidence interval. RESULTS: The number of voids at the apical third of fillings and the mean dye leakage level at specimens of experimental group were statistically lower than the ones observed for the control group. CONCLUSIONS: The use of a calcium hydroxide apical barrier improved the filling quality and sealing of obturations performed with mineral trioxide aggregate in teeth with immature root formation.


Assuntos
Hidróxido de Cálcio/farmacologia , Materiais Restauradores do Canal Radicular/farmacologia , Obturação do Canal Radicular/métodos , Distribuição de Qui-Quadrado , Compostos de Alumínio/farmacologia , Compostos de Cálcio/farmacologia , Infiltração Dentária , Óxidos/farmacologia , Silicatos/farmacologia
19.
Braz. dent. j ; 13(1): 23-26, jan.-abr. 2002. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-554399

RESUMO

Foi objetivo deste trabalho estudar a reação do tecido conjuntivo subcutâneo do rato ao implante de tubos de dentina obturados com MTA branco, material a ser introduzido no mercado. Os tubos foram implantados no tecido conjuntivo subcutâneo e os animais sacrificados com 7 e 30 dias de período pós-operatório. As peças não descalcificadas foram preparadas para análise histológica com luz polarizada e técnica de von Kossa para tecidos mineralizados. Foram observadas, junto ao material estudado, granulações birrefringentes à luz polarizada seguida de uma estrutura irregular, na forma de ponte, ambos, von Kossa positivos. Foi obsevado também no interior dos túbulos dentinários uma camada de granulações birrefringentes à luz polarizada. Os resultados observados são similares aos descritos para o MTA cinza. Conclui-se que os mecanismos de ação do MTA branco e cinza são similares.


Assuntos
Humanos , Animais , Ratos , Compostos de Alumínio/farmacologia , Compostos de Cálcio/farmacologia , Tecido Conjuntivo , Óxidos/farmacologia , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Silicatos , Birrefringência , Dentina Secundária , Combinação de Medicamentos , Implantes de Medicamento
20.
Braz. dent. j ; 12(2): 109-113, maio-ago. 2001. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-554389

RESUMO

Levando-se em consideração alguns relatos sobre a semelhança de composição química entre o agregado de trióxido mineral (MTA) e o cimento Portland (PC), foi objetivo deste experimento analisar o comportamento da polpa dentária de dentes de cão após pulpotomia e proteção direta com esses dois materiais. Assim, após a realização da pulpotomia, os remanescentes pulpares de 26 raízes de cão foram protegidos com MTA ou PC. Sessenta dias após o tratamento o animal foi sacrificado e os espécimes removidos e preparados para análise histológica. Os resultados obtidos foram semelhantes para os dois materiais estudados, tendo sido observada formação de ponte de dentina tubular em quase todos os casos estudados. Foi concluído que o MTA e o PC possibilitam a obtenção de resultados semelhantes entre si quando empregados diretamente na proteção da polpa dentária, após a realização da pulpotomia.


Assuntos
Cães , Compostos de Alumínio , Compostos de Cálcio , Capeamento da Polpa Dentária/métodos , Cicatrização , Cimentos Dentários , Combinação de Medicamentos , Óxidos , Silicatos , Dentina Secundária , Pulpotomia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA