Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Full dent. sci ; 8(29): 26-32, 2016. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-909297

RESUMO

A odontologia contemporânea tem se preocupado de grande maneira com o aumento de transmissão de doenças infecto-contagiosas e contaminação cruzada no sítio cirúrgico. Este estudo objetivou avaliar a eficácia da antissepsia em efeito imediato de dois antissépticos na redução bacteriana da região peri-bucal, previamente aos procedimentos cirúrgicos em exodontia. A pesquisa foi realizada nas clínicas odontológicas do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (CESCAGE), localizado na cidade de Ponta Grossa-PR. Para realização do experimento foram coletadas amostras de 38 pacientes. Em cada paciente foram colhidas 3 amostras, divididas essas em 3 grupos: Grupo A: Material Controle, Grupo B: Digluconato de Clorexidina a 2% e Grupo C: PVP-I (polivinilpirrolidona-iodo). Em 12 pacientes foram enriquecidas as placas com o caldo de BHI (Infusão Cérebro Coração). Nos demais 26 pacientes as amostras foram coletadas sem o uso do caldo de BHI. Nos resultados com a utilização do caldo de BHI, as amostras sofreram alterações, pois esse enriqueceu as colônias de bactérias, promovendo o seu crescimento desproporcional e exacerbado e inativando o efeito dos antissépticos, não tendo um resultado confiável. Em relação aos 26 pacientes sem uso do caldo de BHI, compreende-se que o digluconato de clorexidina a 2% das 26 amostras coletadas, em 2 mostrou-se não eficaz, em 13 razoável e em 11 eficaz. Já no Grupo PVP-I, 11 mostraram- -se não eficazes, sendo 10 amostras razoáveis e 5 eficazes. Portanto, pode-se concluir que a clorexidina apresentou resultados melhores, mostrando-se excelente, com maior redução da carga microbiana do que o PVP-I (AU).


The contemporary dentistry has been really concerned with the increased transmission of infectious diseases and cross contamination at the surgical site. This study aimed to evaluate the efficacy of antisepsis into immediate effect of two antiseptics in bacterial reduction of peri-oral region prior to surgical procedures for extraction. The research was conducted in dental clinics of the Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (CESCAGE), located in the city of Ponta Grossa-PR. To perform the experiment samples of 38 patients were collected. Three samples of each patient were collected and they were divided into 3 groups: Group A: Control Material, Group B: Chlorhexidine Digluconate 2% and Group C: PVP-I (polyvinylpyrrolidone-iodine). In 12 patients plates were enriched with BHI broth (Brain Heart Infusion). In the remaining 26 patients samples were collected without the use of BHI broth. In the results with the use of BHI broth, samples have suffered alterations, as this enriched bacteria colonies promoting their disproportionate overgrowth and inactivating the effect of antiseptics, not having a reliable result. In relation to 26 patients without the use of BHI broth, it is understood that the chlorhexidine digluconate 2% of the 26 samples collected showed in two of them to be not effective, in 13 reasonable and in 11 effective. In the PVP-I Group, 11 proved to be not effective, 10 samples reasonable and 5 effective. Therefore, it can be concluded that chlorhexidine presented best results, showing to be excellent, with greater reduction of microbial load than PVP-I (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Clorexidina/farmacologia , Agentes de Controle de Microrganismos , Antissépticos Bucais/efeitos adversos , Povidona-Iodo , Cirurgia Bucal , Brasil
2.
Rev. bras. odontol ; 61(3/4): 195-198, 2004. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-412348

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito imediato e residual da água e do sabão bactericida, do PVP-I degermante, do PVP-I tópico e da clorexidina na degermação das mãos de graduandos da Faesa-Vitória, em procedimentos críticos. A coleta microbiológica foi realizada antes da degermação, após a degermação e uma hora após o uso de luvas. Foi possível concluir que: houve diferença significante entre o grupo água e sabão e os demais; a lavagem das mãos com água e sabão não inibiu o crescimento de Staphylococcus sp imediatamente; o PVP-I degermante e o PVP-I tópico e a clorexidina impediram o crescimento de qualquer micro-organismo no ato de seu uso e 1 hora depois


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Anti-Infecciosos Locais , Clorexidina/normas , Desinfetantes/normas , Iodóforos/normas , Desinfecção das Mãos/normas , Povidona-Iodo/normas , Estudantes de Odontologia
3.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 54(1): 25-8, jan.-fev. 2000. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-271403

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito imediato e residual da água e sabäo, do PVP-I degermante, do PVP-I degermante associado ao tópico e da clorexidina sobre o crescimento de Staphylococcus sp coletados das mäos de graduandos da FO/UNESP-Araçatuba. A coleta microbiológica foi realizada antes da degermaçäo, após a degermaçäo e 1h após o uso de luvas. Foi possível concluir que: houve diferença estatisticamente significante entre o grupo água e sabäo e os demais; a lavagem das mäos com água e sabäo näo inibiu o crescimento de Staphylococcus sp imediatamente e 1h depois; o PVP-I degermante impediu o crescimento de Staphylococcus sp no ato de seu uso e permitiu o crescimento em 1 amostra após 1h; a clorexidina degermante e o PVP-I degermante associado ao PVP-I degermante associado ao PVP-I tópico impediram o crescimento de Staphylococcus sp no momento e 1h após seu uso


Assuntos
Clorexidina , Desinfecção das Mãos , Povidona-Iodo , Staphylococcus
4.
Rev. Fac. Odontol. Lins (Impr.) ; 11(1): 8-13, jan.-jun. 1998.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-856416

RESUMO

Os autores realizaram um levantamento clínico visando analisar as lesões introgênicas provocadas principalmente por traumas mecânicos e em especial o trauma pela punção da agulha para aplicação do anestésico, pois áreas ulceradas provocam desconforto a alimentação,levando a uma queda na resistência geral e dificultando sobre maneira a higienização, transformando essas lesões em verdadeiras portas abertas para a instalação de lesões gengivais e áreas de descalcificações nos orgãos dentais, contribuindo para a instalação de cáries e doenças periodontais. Por ser a prevenção dessas iatrogenias de total responsabilidade do profissional a sua importância deve ser destacada


Assuntos
Anestesia Dentária/efeitos adversos , Doença Iatrogênica/prevenção & controle , Lesões dos Tecidos Moles/complicações , Boca/lesões , Agulhas/efeitos adversos , Povidona-Iodo , Úlceras Orais
5.
Rev. fac. odontol. Univ. Fed. Bahia ; (12/13): 30-9, jan.-dez. 1992-1993. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857792

RESUMO

Os autores avaliaram a eficácia de dois antissépticos polivinilpirrolidona-iodo (PVP-1) tópico a 10 por cento de duas marcas comerciais, bem com duas técnicas de anti-sepsia; utilizando uma solução de cloreto de sódio a 0,9 por cento como grupo controle. Um minuto após a anti-sepsia, procedeu-se a colheita do material da cavidade bucal para cultura bacteriana. A partir dos resultados, observou-se um intenso crescimento bateriano no grupo controle, um crescimento discreto nos grupos de anti-sepsia onde foram aplicados os antissépticos por 5 segundos e ausência de crescimento onde os antissépticos foram aplicados por 3 minutos. O trabalho permitiu aos autores proporem a anti-sepsia por 2 minutos com povidine-1 (Ceras Johnson) ou solução aquosa de PVP-1 a 10 por cento Bahiafarma


Assuntos
Antissépticos Bucais/uso terapêutico , Iodo , Povidona-Iodo/farmacologia , Antissepsia , Cloreto de Sódio/uso terapêutico , Mucosa Bucal/efeitos dos fármacos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA