Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 39
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 50 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1021198

RESUMO

Pouca informação encontra-se disponível sobre a influência dos diferentes tratamentos de superfície das restaurações de resina indireta na resistência de união com as resinas diretas usadas para reparo. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de diferentes técnicas com uso do silano no reparo da resina indireta Ceramage na resistência ao cisalhamento e no padrão de fratura com a resina composta direta Filtek Z350. Blocos de resina composta indireta Ceramage (SHOFU) foram confeccionados e envelhecidos por 3 semanas em água destilada à 37°C. Posteriormente, foram jateados com óxido de alumínio e distribuídos aleatoriamente em 4 grupos de 10. No grupo 1, a superfície da resina Ceramage recebeu o adesivo convencional Adper Single Bond 2 (3M ESPE). No grupo 2 foi aplicado adesivo universal Adper Single Bond Universal (3M ESPE). Nos grupos 3 e 4, foi feita a aplicação do silano Silano Mais (Dentsply Sirona) e dos adesivos convencional e universal respectivamente. Foram confeccionados cilindros de resina composta direta Filtek Z350 (3M ESPE) na superfície da resina indireta Ceramage em todos os espécimes. Em seguida foi feito o teste de cisalhamento na máquina de teste universal (EMIC) após o armazenamento dos espécimes em água destilada à 37°C por 24 horas. O estereomicroscópio foi utilizado para analisar as falhas. A análise estatística foi feita pelo teste estatístico de Kruskal-Wallis. Não houve uma diferença estatisticamente significativa (p>0,05) na resistência de união e no padrão de fratura entre as diferentes técnicas de aplicação do silano no tratamento de superfície. Concluiu-se que o uso do silano pode não ser imprescindível para aumentar a resistência de união do reparo da resina indireta Ceramage com a resina direta Filtek Z350. No entanto, clinicamente é provável que se tenha uma maior chance de sucesso no reparo com a aplicação do silano. (AU)


Just few information is available about the influence of different surface treatments of indirect resin restorations on bond strength to direct resins used for repair. The objective of this study was to evaluate the influence of different techniques with the use of silane on the shear bond strength and fracture pattern of indirect resin Ceramage to Filtek Z350 direct composite resin. Ceramage indirect composite blocks (SHOFU) were made and aged in distilled water at 37 ° C for 3 weeks. Subsequently, they were sandblasted with aluminum oxide and randomly divided into 4 groups of 10. In group 1, the surface of the Ceramage resin received the conventional adhesive Adper Single Bond 2 (3M ESPE). In group 2, Adper Universal Bond universal adhesive (3M ESPE) was applied. In groups 3 and 4, the Silano Mais silane (Dentsply Sirona) and the conventional and universal adhesives were applied respectively. Composite resins cylinder of Filtek Z350 (3M ESPE) were made on the surface of the indirect resin Ceramage in all specimens. The shear test was then performed on the universal test machine (EMIC) after their storage in destilled water at 37°C for 24 hours. The stereomicroscope was used to analyze the fractures. Statistical analysis was done by Kruskal-Wallis test. There were no statistically significant differences (p>0,05) in bond strength values and in fracture pattern between the different techniques of application of silane in surface treatment. It was concluded that the silane coupling agent would not be necessary for repairing indirect resin Ceramage with composte resin Filtek Z350. However, clinically it is likely to have a better chance of successful repair with silane application. (AU)


Assuntos
Silanos/normas , Teste de Materiais , Resinas Compostas/normas , Cimentos Dentários/normas , Técnicas In Vitro , Resistência ao Cisalhamento
2.
PróteseNews ; 3(4): 418-426, out.-dez. 2016. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-837407

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes tratamentos de superfície na resistência adesiva entre a interface zircônia/cimento resinoso. Blocos de zircônia (12 x 11,6 x 1,2 mm) foram divididos em cinco grupos (n=10) e classificados conforme o tratamento de superfície. Nas amostras em que a superfície não foi jateada, os filmes de glaze foram avaliados em função do condicionamento ou não das amostras com ácido fluorídrico (HF). No jateamento das superfícies das cerâmicas foram utilizadas microesferas de alumina, com e sem revestimento de sílica, e avaliada a influência dos tratamentos na resistência adesiva entre a superfície da cerâmica e o cimento resinoso. No teste de resistência de união, as amostras com glaze condicionado e com jateamento (alumina + sílica) apresentaram resultados superiores em relação às amostras não jateadas. As falhas foram classificadas em adesiva, mista e coesiva com a ajuda de um estereomicroscópio. A caracterização das superfícies foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de energia dispersiva. A espessura dos filmes glaze, obtida pela micrografi a da secção transversal das amostras, apresentou espessuras semelhantes independentemente do tratamento. Os tratamentos de superfície da zircônia com glaze condicionado (com e sem secagem) e jateamento (alumina + sílica) obtiveram os melhores resultados de resistência de união.


This work aimed to evaluate the effect of different surface treatments on bond strength at the zirconia/resin cement interface. Zirconia blocks (12 x 11.6 x 1.2 mm) were divided into five groups (n=10) and classified according to the surface treatment. In the samples wherein the surface glaze has not been sandblasted the films were assessed for conditioning or not the samples with hydrofluoric acid (HF). Alumina microespheres with and without silica coating were used to blast the surfaces, and also to study the effect of treatments on bond strength between the ceramic surface and the resin cement. In the bond strength test samples with conditioning glaze and sandblasting (alumina + silica) showed higher scores than the non-blasted samples. The flaws were classified as adhesive, cohesive and mixed with the aid of a stereomicroscope. Surface characterization was evaluated by scanning electron microscopy and energy dispersive spectroscopy. The thickness of the glaze film obtained by the micrograph of the cross section of the samples showed similar thicknesses regardless of treatment applied. The zirconia surface treatments with conditioning glaze (with and without drying) and sandblasting (alumina + silica) generated the best bond strength results.


Assuntos
Humanos , Cerâmica , Microscopia Eletrônica de Varredura , Cimentos de Resina , Silanos/química , Análise Espectral , Zircônio
3.
Braz. j. oral sci ; 15(2): 158-162, Apr.-June 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848259

RESUMO

Aim: To assess the influence of different fiberglass post surface treatments on the bond strength (BS) to root dentin. Methods: Thirty bovine root canals were endodontically treated and filled with gutta-percha and AH Plus sealer. At 24 h after the endodontic filling, the post spaces were prepared with Gates-Glidden drills and #3 drills of the DC White Post system, maintaining a 4 mm apical seal. The roots were randomly divided into three groups: S (fiberglass posts treated with silane), SA (fiberglass posts treated with silane and a hydrophobic adhesive system) and SHA (fiberglass posts treated with silane, followed by drying with hot air). The posts were cemented with a selfadhesive cement (RelyX U200). The specimens were stored in distilled water at 37 °C for 24 h and subjected to the push-out test (0.5 mm/min). Data were statistically analyzed using one-way ANOVA and Tukey's test (α=0.05) Results: SA and SHA groups showed the highest BS mean values (11.29 and 10.85 MPa, respectively), while the S group presented the lowest BS mean value (7.21 MPa). S group was significantly different from SA and SAH groups. Conclusions: The surface treatment of fiberglass posts influenced BS values (Au)


Assuntos
Animais , Bovinos , Dentina , Adesivos Dentinários , Incisivo , Silanos
4.
Braz. j. oral sci ; 15(2): 176-179, Apr.-June 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848381

RESUMO

Aim: This in vitro study investigated the effect of the application of an adhesive, silane and thermal cycling (TC) on the shear bond strength (SBS) of ceramic brackets to feldspathic ceramic. Methods: 16 cylinders of feldspathic ceramic were etched with hydrofluoric acid and divided into four groups (n=4): G1 - silane, without TC; G2 ­ silane, with TC; G3 - adhesive, without TC; G4 - adhesive, with TC. One layer of silane was applied on the surface of cylinders in G1 and G2 e one layer of photo-activated adhesive Single Bond Universal was used in G3 and G4. Ceramic brackets were bonded using Transbond XT. The SBS data were subjected to two-way ANOVA and Tukey's post hoc test (α=0.05). The Adhesive Remnant Index (ARI) was evaluated at 40× magnification. Results: Silane was more effective than adhesive on the SBS of the brackets to ceramic (p<0.05). TC decreased significantly the SBS values compared with the groups without TC (p<0.05). The ARI results showed predominance of score 0. Conclusions: Groups with silane showed higher SBS than groups with adhesive. TC influence significantly on the bond strength. Regarding ARI, score 0 predominated in all groups (Au)


Assuntos
Adesivos , Análise de Variância , Cerâmica , Odontologia , Resistência ao Cisalhamento , Silanos
5.
Rio de janeiro; s.n; 2016. 81 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1008217

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de ensaio de resistência ao microcisalhamento, o efeito da aplicação adicional de silano a um sistema adesivo universal na interface adesiva entre uma cerâmica reforçada por dissilicato de lítio e uma resina composta. Duzentos discos de IPS e.max Press/Ivoclar Vivadent (13x3mm) foram confeccionados, receberam acabamento com lixas de carbeto de silício (220-600) e limpeza com ácido fosfórico 37% (30s) imediatamente antes da aplicação do agente silano ou sistema adesivo. Sobre cada disco, foram confeccionados cinco cilindros de resina, o que totalizou mil cilindros de resina. O tratamento aplicado à superfície de cerâmica, anterior à inserção de resina foi realizada de acordo com cada um destes grupos: G1: 20s de ácido fluorídrico (HF) + silano (S) + Adper Single Bond 2/3M ESPE (SB); G2: 20s HF + S + Single Bond Universal/3M ESPE (U); G3: 20s HF + U; G4: 20s HF + S + Single Bond Universal misturado ao Otimizador para Cimentação/3M ESPE (OPC); G5: 20s HF + OPC; G6: S + SB; G7: S + U; G8: U; G9: S + OPC; G10: OPC. Os grupos G11 até o G20 receberam os mesmos tratamentos de superfície, mas foram submetidos à termociclagem de 10.000 ciclos. Os grupos G1 ao G10 foram levados à máquina de ensaio universal EMIC para o teste de microcisalhamento, enquanto os grupos G11 ao G20 foram submetidos à ciclagem térmica com banhos de 20s alternados em temperatura de 5ºC e 55ºC, para depois serem levados para o microcisalhamento. A análise estatística foi realizada através de análise de variância (ANOVA dois fatores), com nível de confiança de 95% (p=0,000) seguido pelo teste Post Hoc de Tukey. Os resultados demonstraram que todos os grupos condicionados por HF obtiveram valores de resistência de união significativamente mais elevados, enquanto a termociclagem apenas provocou diferença significativa entre os grupos de mesmo tratamento de superfície sem condicionamento prévio com HF e entre G1 e G11. O modo de fratura avaliado por microscopia ótica, microscopia eletrônica de varredura e a análise dos elementos químicos por EDS demonstrou o total de 24,3% de fraturas mistas; 74,5% de fraturas adesivas e 1,2% de fraturas coesivas. Pode-se concluir que a aplicação adicional prévia de silano aumentou a resistência de união entre o adesivo universal e a cerâmica e que o condicionamento com ácido fluorídrico foi fator determinante para obtenção de resultados mais altos, principalmente após a termociclagem.


The aim of this study was to evaluate, through a microshear bond strength test, the effect of an additional silane application before a universal adhesive system on the interface between a lithium disilicate ceramic system and a flowable resin. Two hundred IPS e.max Press/Ivoclar Vivadent discs (13x3mm) were made, abraded with sandpaper silicon carbide (220-600) and cleaned with 37% phosphoric acid (30s) immediatelly before application of silane agent or adhesive system. On each disc five resin cylinders were built, which summarized one thousand cylinders. The treatment applied to the ceramic surface previous to the resin insertion was performed according to each of these groups: G1: 20s hydrofluoric acid (HF) + silane (S) + Single Bond 2 / 3M ESPE (SB); G2: 20s HF + S + Single Bond Universal / 3M ESPE (U); G3: 20s HF + U; G4: 20s HF + S + Single Bond Universal mixed with Dual Cure Activator / 3M ESPE (OPC); G5: 20s HF + OPC; G6: S + SB; G7: S + U; G8: U; G9: S + OPC; G10: OPC. The groups from G11 to G20received the same surface treatment, but they were submitted to 10.000 thermal cycles. The G1 to G10 were taken to the universal testing machine EMIC for microshear test, while the G11 to G20 were subjected to thermal cycling with alternating baths of 20s at 5°C and 55°C temperature, and then were submitted to the microshear test. The statistical analysis was done with ANOVA with 95% confidence level (p = 0.000) and Tukey's post-hoc test. The results showed that all groups etched with HF had significantly higher bond strength values while thermocycling only caused significant difference between groups of the same surface treatment without prior etching with HF and between G1 and G11 groups. The fracture mode evaluated by optical microscopy, scanning electron microscopy and analysis of chemical elements by EDS demonstrated total of 24.3% of mixed fractures; 74.5% adhesive fractures and 1.2% of cohesive fractures. It can be concluded that the additional prior silane application increased the bond strength between the universal adhesive and ceramics, besides the etching with hydrofluoric acid was determining factor for obtaining higher results, especially after thermal cycling.


Assuntos
Silanos , Cerâmica , Cimentação , Resinas Compostas , Cimentos Dentários , Resistência ao Cisalhamento , Teste de Materiais , Análise de Variância , Materiais Dentários
6.
São José dos Campos; s.n; 2016. 93 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870231

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da irradiação com lasers de alta potência e a influência da aplicação do silano previa ou posteriormente à irradiação com os lasers na resistência de união entre cerâmica vítrea de dissilicato de lítio, cimento resinoso e dentina humana. Foram confeccionados 50 espécimes tronco cônicos de cerâmica (n=10), divididos aleatoriamente em 5 grupos: 1- Controle Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 2- Er:YAG – irradiação com laser Er:YAG (200 mJ e 10 Hz), seguido do condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 3- Silano + Er:YAG – Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Er:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior; 4- Nd:YAG – irradiação com laser Nd:YAG (120 mJ e 10 Hz), seguido de condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano, 5- Silano + Nd:YAG -Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Nd:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior. Após os tratamentos os espécimes cerâmicos foram cimentados com cimento resinoso de presa dual à superfície de dentina de 50 molares humanos incluídos em resina acrílica ativada quimicamente. Após armazenamento por 24 h foi realizado o ensaio de tração em máquina de ensaios universais com célula de carga de 10 KgF e velocidade constante de 1mm/min. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA 2-fatores e teste de Dunnet (α=5%). A análise dos padrões de fratura foram analisadas em estereomicroscopio. Adicionalmente foram confeccionados 15 espécimes em cerâmica no formato cilíndrico, submetidos aos mesmo tratamentos dos grupos anteriores (n=3) e utilizados para análise do ângulo de contato e análise em microscópio eletrônico de varredura. O teste de Dunnet mostrou diferenças significativas entre o grupo controle (9,42 ± 2,27 MPa) e os grupos Er (19,25 ± 3,7 MPa)...


The aim of this study was to evaluate the efficiency of irradiation with high-power lasers and the influence of silane application before or after irradiation with lasers on the bond strength between lithium disilicate glass-ceramic, resin cement and human dentin. Fiftytruncated-cones ceramic specimens (n=10) were randomly divided into 5 groups: Control- etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 2- Er -Er:YAG laser irradiation (200 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 3- Sil + Er - etching with hydrofluoric acid 10%for 1 min, silane application and irradiation with Er: YAG laser in the same parameters as the previous group; 4- Nd:YAG laser - irradiation with Nd: YAG laser (120 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of thesilane, 5- Sil + Nd- Etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min, silane application and irradiation with Nd: YAG laser on the same parameters as the previous group. After treatment, the ceramic specimens were cemented with dual cure resin cement to the dentin of 50 human molars included in acrylic resin. After storage for 24 h it wassubmitted to tensile test in a universal testing machine with 10 kgf load cell andconstant speed of 1 mm/min. Data were submitted to ANOVA 2-way and Dunnet test (α = 5%). The analysis of fracture patterns were analyzed in stereomicroscope. In addition were made 15 ceramic specimens in cylindrical shape, subjected to the sametreatment of the above groups (n = 3) and used for analysis of the contact angle analysis and scanning electron microscope. The Dunnet test showed significant differences between Control group (9.42 ± 2.27 MPa) and Er group (19.25 ± 3.7 MPa) and Sil + Er (14.11 ± 4.11 MPa). ANOVA 2-way (p <5%) for Laser Type (p <0.0001) and Technical of Silanization (p = 0.0002) showed significant differences for bothfactors, but not for their interactio...


Assuntos
Cerâmica , Lasers , Silanos
7.
São José dos Campos; s.n; 2016. 93 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867706

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da irradiação com lasers de alta potência e a influência da aplicação do silano previa ou posteriormente à irradiação com os lasers na resistência de união entre cerâmica vítrea de dissilicato de lítio, cimento resinoso e dentina humana. Foram confeccionados 50 espécimes tronco cônicos de cerâmica (n=10), divididos aleatoriamente em 5 grupos: 1- Controle Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 2- Er:YAG – irradiação com laser Er:YAG (200 mJ e 10 Hz), seguido do condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 3- Silano + Er:YAG – Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Er:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior; 4- Nd:YAG – irradiação com laser Nd:YAG (120 mJ e 10 Hz), seguido de condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano, 5- Silano + Nd:YAG -Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Nd:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior. Após os tratamentos os espécimes cerâmicos foram cimentados com cimento resinoso de presa dual à superfície de dentina de 50 molares humanos incluídos em resina acrílica ativada quimicamente. Após armazenamento por 24 h foi realizado o ensaio de tração em máquina de ensaios universais com célula de carga de 10 KgF e velocidade constante de 1mm/min. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA 2-fatores e teste de Dunnet (α=5%). A análise dos padrões de fratura foram analisadas em estereomicroscopio. Adicionalmente foram confeccionados 15 espécimes em cerâmica no formato cilíndrico, submetidos aos mesmo tratamentos dos grupos anteriores (n=3) e utilizados para análise do ângulo de contato e análise em microscópio eletrônico de varredura. O teste de Dunnet mostrou diferenças significativas entre o grupo controle (9,42 ± 2,27 MPa) e os grupos Er (19,25 ± 3,7 MPa) e ...


The aim of this study was to evaluate the efficiency of irradiation with high-power lasers and the influence of silane application before or after irradiation with lasers on the bond strength between lithium disilicate glass-ceramic, resin cement and human dentin. Fiftytruncated-cones ceramic specimens (n=10) were randomly divided into 5 groups: Control- etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 2- Er -Er:YAG laser irradiation (200 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 3- Sil + Er - etching with hydrofluoric acid 10%for 1 min, silane application and irradiation with Er: YAG laser in the same parameters as the previous group; 4- Nd:YAG laser - irradiation with Nd: YAG laser (120 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of thesilane, 5- Sil + Nd- Etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min, silane application and irradiation with Nd: YAG laser on the same parameters as the previous group. After treatment, the ceramic specimens were cemented with dual cure resin cement to the dentin of 50 human molars included in acrylic resin. After storage for 24 h it wassubmitted to tensile test in a universal testing machine with 10 kgf load cell andconstant speed of 1 mm/min. Data were submitted to ANOVA 2-way and Dunnet test (α = 5%). The analysis of fracture patterns were analyzed in stereomicroscope. In addition were made 15 ceramic specimens in cylindrical shape, subjected to the sametreatment of the above groups (n = 3) and used for analysis of the contact angle analysis and scanning electron microscope. The Dunnet test showed significant differences between Control group (9.42 ± 2.27 MPa) and Er group (19.25 ± 3.7 MPa) and Sil + Er (14.11 ± 4.11 MPa). ANOVA 2-way (p <5%) for Laser Type (p <0.0001) and Technical of Silanization (p = 0.0002) showed significant differences for bothfactors, but not for their interaction. ...


Assuntos
Cerâmica , Lasers , Silanos
8.
Ortodontia ; 47(2): 122-127, mar.-abr. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-715788

RESUMO

Esta pesquisa avaliou a resistência de união ao cisalhamento de braquetes metálicos (Rocky Mountain Orthodontics) fixados à cerâmica, variando condicionamento ácido, aplicação do silano e ciclagem térmica. Quanto ao silano, comparou-se o Clearfil Ceramic Primer, que contém um monômero ácido em sua formulação, com o Rely X Ceramic Primer, desprovido do monômero. Foram confeccionados 120 discos em cerâmica IPS Empress Esthetic (Ivoclar) com 8 mm de diâmetro por 5 mm de espessura e separados em oito grupos (n=15): Grupos 1, 2, 5 e 6: ácido fluorídrico a 10% por um minuto; Grupos 1 a 4: silano com monômero ácido; Grupos 5 a 8: silano sem monômero ácido; Grupos 1, 3, 5 e 7: 1.000 ciclos de 5°C e 55°C, 30 segundos cada banho. Em seguida, os braquetes foram fixados à cerâmica com o compósito Transbond XT e fotoativados com luz emitida por diodo (LED – UltraLume 5), com 1100 mW/cm2. As amostras foram estocadas em água destilada a 37°C por 24 horas e submetidas ao teste de resistência ao cisalhamento em uma máquina de ensaio Instron à velocidade de 0,5 mm/min. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (p < 0,05). Obtiveram significância estatística o aumento da adesividade com o condicionamento ácido e a redução de resistência com a ciclagem térmica. Na comparação entre os silanos, não houve diferença estatisticamente significante. Todos os experimentos atingiram valores de resistência superiores aos estabelecidos para uso clínico.


This study evaluated the shear bond strength of metallic brackets (Rocky Mountain Orthodontics) bonded to ceramic, varying acid etching, silane application, and thermocycling. Concerning silane, Clearfil Ceramic Primer, which contains an acid monomer in its formulation, was compared to Rely X Ceramic Primer, devoid of this monomer. 120 IPS Empress Esthetic (Ivoclar) ceramic disks were made with a diameter of 8 mm and thickness of 5 mm. The specimens were divided into eight groups (n=15): Groups 1, 2, 5, 6: hydrofluoric acid 10% for one minute; Groups 1 to 4: silane with acid monomer; Groups 5 to 8: silane without acid monomer; Groups 1, 3, 5, 7: thermocycled 1,000 times at 5°C and 55°C for 30 seconds. After that, the brackets were bonded to the ceramic with Transbond XT composite and cured with light-emitting diode (LED – Ultralume 5) at 1100 mW/cm². All samples were stored in distilled water at 37°C for 24 hours and submitted to shear bond strength test in an Instron testing machine at a crosshead speed of 0.5 mm/min. The data were submitted both to Anova and Tukey’s Test (p < 0,05). Statistical significance was found both in the adhesiveness increase with the acid etching as well as in the resistance decrease with thermocycling. By comparing the silanes, no statistical significance was found. All the experiments reached shear bond strength values higher than those established for clinical use.


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente/efeitos adversos , Cerâmica , Braquetes Ortodônticos , Resistência ao Cisalhamento , Silanos
9.
J. appl. oral sci ; 21(4): 300-306, Jul-Aug/2013. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874843

RESUMO

OBJECTIVE: This study investigated the effects of different surface treatments on the tensile bond strength of an autopolymerizing silicone denture liner to a denture base material after thermocycling. MATERIAL AND METHODS: Fifty rectangular heat-polymerized acrylic resin (QC-20) specimens consisting of a set of 2 acrylic blocks were used in the tensile test. Specimens were divided into 5 test groups (n=10) according to the bonding surface treatment as follows: Group A, adhesive treatment (Ufi Gel P adhesive) (control); Group S, sandblasting using 50-µm Al2O3; Group SCSIL, silica coating using 30-µm Al2O3 modified by silica and silanized with silane agent (CoJet System); Group SCA, silica coating and adhesive application; Group SCSILA, silica coating, silane and adhesive treatment. The 2 PMMA blocks were placed into molds and the soft lining materials (Ufi Gel P) were packed into the space and polymerized. All specimens were thermocycled (5,000 cycles) before the tensile test. Bond strength data were analyzed using 1-way ANOVA and Duncan tests. Fracture surfaces were observed by scanning electron microscopy. X-ray photoelectron spectrometer (XPS) and Fourier Transform Infrared spectrometer (FTIR) analysis were used for the chemical analysis and a profilometer was used for the roughness of the sample surfaces. RESULTS: The highest bond strength test value was observed for Group A (1.35±0.13); the lowest value was for Group S (0.28±0.07) and Group SCSIL (0.34±0.03). Mixed and cohesive type failures were seen in Group A, SCA and SCSILA. Group S and SCSIL showed the least silicone integrations and the roughest surfaces. CONCLUSION: Sandblasting, silica coating and silane surface treatments of the denture base resin did not increase the bond strength of the silicone based soft liner. However, in this study, the chemical analysis and surface profilometer provided interesting insights about the bonding mechanism between the denture base resin and silicone soft liner.


Assuntos
Bases de Dentadura , Reembasadores de Dentadura , Colagem Dentária/métodos , Materiais Dentários/química , Análise de Variância , Análise do Estresse Dentário , Teste de Materiais , Microscopia Eletrônica de Varredura , Espectroscopia Fotoeletrônica , Polimerização/efeitos dos fármacos , Reprodutibilidade dos Testes , Propriedades de Superfície , Silanos/química , Dióxido de Silício/química , Resistência à Tração
10.
J. appl. oral sci ; 21(4): 335-340, Jul-Aug/2013.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874844

RESUMO

OBJECTIVE:The aim of this study was to investigate the coronal microleakage of endodontically treated teeth prepared to receive an intracanal post and teeth with an intracanal post but without a prosthetic crown and exposed to contamination by fresh human saliva.MATERIAL AND METHODS:A mechanical-chemical preparation following the step-back technique was carried out in 35 extracted single-rooted human teeth. The teeth were randomly divided into five groups: G1=root canals instrumented, obturated, and prepared to receive an intracanal post (N=10); G2=root canals with cemented posts but without coronal sealing (N=10); PC1=positive control root canals instrumented and open (N=5); PC2=positive control 2 root canals without instrumentation and open (N=5); and NC=negative control healthy teeth (N=5). The crowns were removed except for the control group of intact teeth. The root canals were obturated and sterilized with cobalt 60 gamma irradiation and were then adapted in an apparatus using a Brain Heart Infusion (BHI) medium and fresh human saliva for contamination. Microbial growth was indicated by the presence of turbidity in the BHI liquid medium.RESULTS:Data were submitted to the Kaplan-Meier Survival Analysis and the Holm-Sidak statistic method, which observed an index of 90% of microleakage in root canals after 24 hours for G1 and 70% of microleakage in samples at the end of 40 days for G2.CONCLUSION:The results show that root canals with an intracanal post but without a prosthetic crown can be recontaminated when exposed to fresh human saliva in a short period.


Assuntos
Humanos , Cerâmica/química , Colagem Dentária/métodos , Braquetes Ortodônticos , Silanos/química , Dióxido de Silício/química , Análise de Variância , Óxido de Alumínio/química , Temperatura Alta , Teste de Materiais , Microscopia Eletrônica de Varredura , Cimentos de Resina/química , Resistência ao Cisalhamento , Propriedades de Superfície , Fatores de Tempo
11.
J. appl. oral sci ; 21(1): 63-67, 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-684997

RESUMO

Objective: This study evaluated the hydrophobicity of dentin surfaces that were modified through chemical silanization with octadecyltrichlorosilane (OTS). Material and Methods: An in vitro experimental study was performed using 40 human permanent incisors that were divided into the following two groups: non-silanized and silanized. The specimens were pretreated and chemically modified with OTS. After the chemical modification, the dentin hydrophobicity was examined using a water contact angle measurement (WCA). The effectiveness of the modification of hydrophobicity was verified by the fluid permeability test (FPT). Results and Conclusions: Statistically significant differences were found in the values of WCA and FPT between the two groups. After silanization, the hydrophobic intraradicular dentin surface exhibited in vitro properties that limit fluid penetration into the sealed root canal. This chemical treatment is a new approach for improving the sealing of the root canal system.


Assuntos
Humanos , Cavidade Pulpar/efeitos dos fármacos , Dentina/efeitos dos fármacos , Interações Hidrofóbicas e Hidrofílicas/efeitos dos fármacos , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Silanos/química , Infiltração Dentária , Cavidade Pulpar/química , Permeabilidade da Dentina/efeitos dos fármacos , Dentina/química , Microscopia Eletrônica de Varredura , Reprodutibilidade dos Testes , Camada de Esfregaço , Propriedades de Superfície/efeitos dos fármacos , Fatores de Tempo , Raiz Dentária/química , Raiz Dentária/efeitos dos fármacos
12.
Rio de Janeiro; s.n; 2012. 105 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-719727

RESUMO

Este estudo avaliou o efeito de diferentes métodos de silanização e aplicação do ácido hidrofluorídrico (HF) sobre a resistência à microtração de uma cerâmica de dissilicato de lítio a um cimento resinoso. Quarenta blocos de IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent (5x5x6mm) foram cimentados a blocos de resina Z250/3M ESPE (5x5x6mm) usando o cimento resinoso RelyX ARC/3M ESPE de acordo com os seguintes métodos de tratamento superficial: G1: 20s de ácido fluorídrico (HF) + silano não hidrolisado Primer-Activactor/Dentsply (SNH) seco à temperatura ambiente; G2: 20s HF + silano pré-hidrolisado RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (SPH) seco à temperatura ambiente; G3: 10s HF + SNH seco com ar quente (50oC-2min); G4: 10sHF + SPH seco com ar quente (50oC-2min); G5: sem ácido, SNH seco com ar quente (50oC-2min); G6: sem ácido, SPH seco com ar quente (50oC-2min); G7: sem ácido, SNH seco à temperatura ambiente; G8: sem ácido, SPH seco à temperatura ambiente. Antes de cada método de silanização, os blocos cerâmicos receberam acabamento com lixas de carbeto de silício (220-600) e limpeza com ácido fosfórico 37% (1min). A cimentação foi realizada com carga vertical de 1kg por 10min. Os conjuntos de cerâmica/cimento/resina foram armazenados em água destilada (37ºC) por 24 horas e depois seccionados em máquina de corte Isomet 1000 a fim de obter palitos (n = 40) de ± 1mm2 de área da seção transversal, que foram submetidos ao teste de microtração em máquina de ensaio universal Emic (v = 0,5mm/min). O modo de fratura foi avaliado em microscópio eletrônico de varredura. A análise estatística foi realizada utilizando ANOVA / Dunnett (p-valor = 0,000). As médias MPa e desvio padrão foram: G1-21,5 (8,9) BC; G2-30,5 (7,2) A; G3-19.4 (9.1) BC; G4-24,0 (9,0) B; G5-8.1 (3.2) D; G6 -18,0 (6,2) C; G7-7.8 (2,6) D; G8-6.3 (2,5) D. Grupos 2, 3, 4 e 6 não tiveram falhas prematuras...


This study devaluated the effect of different types of silanization and hydrofluoric acid on the microtensile bond strength of a lithium dissilicate ceramic system. Forty IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent blocks (5x5x6mm) were cemented to Z250/3M ESPE resin blocks (5x5x6mm) using RelyX ARC/3M ESPE resin-cement according to the following silanization methods: G1: 20s hydrofluoric acid (HF) + non-hydrolyzed silane Primer-Activactor/Dentsply (NHS) dried at room temperature; G2: 20sHF + pre-hydrolyzed silane RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (PHS) dried at room temperature; G3: 10sHF + NHS dried with hot air (50oC-2min); G4: 10sHF + PHS + hot air; G5: NHS + hot air; G6: PHS + hot air; G7: NHS dried at room temperature; G8: PHS dried at room temperature. Before each silanization method, all ceramic blocks were abraded with SiC grit papers (220-600) and cleaned with 37% phosphoric acid (1min). The cementation was made with vertical load of 01 kg for 10 min. After cementation procedure, all ceramic/ciment/resin blocks were stored in distilled water (37oC) for 24h before being cut to obtain stick-shapped specimens (n=45) of approximately 1mm2 cross-sectional area for microtensile test (v=0.5mm/min). Statistical analysis was performed using ANOVA/Dunnett (p-value = 0,000). The mean MPa(SD) values were: G1-21.5(8.9)BC; G2-30.5(7.2)A; G3-19.4(9.1)BC; G4-24.0(9.0)B; G5-8.1(3.2)D; G6-18.0(6.2)C; G7-7.8(2.6)D; G8-6.3(2.5)D. Groups 2, 3, 4 and 6 had no sticks premature fail against groups 1, 5, 7 and 8, that had 2.2, 44.4, 75.6 and 33.3% of sticks premature fails, respectively. As the correlation coefficient was statistically significant, -0.736 (p-value = 0.000), it could be argued that as the percentage of premature...


Assuntos
Ácido Fluorídrico/efeitos adversos , Cerâmica , Cimentos de Resina , Autocura de Resinas Dentárias , Silanos/química , Adesividade , Análise de Variância , Microscopia Eletrônica de Varredura , Propriedades de Superfície
13.
Rio de Janeiro; s.n; 2012. 105 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866984

RESUMO

Este estudo avaliou o efeito de diferentes métodos de silanização e aplicação do ácido hidrofluorídrico (HF) sobre a resistência à microtração de uma cerâmica de dissilicato de lítio a um cimento resinoso. Quarenta blocos de IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent (5x5x6mm) foram cimentados a blocos de resina Z250/3M ESPE (5x5x6mm) usando o cimento resinoso RelyX ARC/3M ESPE de acordo com os seguintes métodos de tratamento superficial: G1: 20s de ácido fluorídrico (HF) + silano não hidrolisado Primer-Activactor/Dentsply (SNH) seco à temperatura ambiente; G2: 20s HF + silano pré-hidrolisado RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (SPH) seco à temperatura ambiente; G3: 10s HF + SNH seco com ar quente (50oC-2min); G4: 10sHF + SPH seco com ar quente (50oC-2min); G5: sem ácido, SNH seco com ar quente (50oC-2min); G6: sem ácido, SPH seco com ar quente (50oC-2min); G7: sem ácido, SNH seco à temperatura ambiente; G8: sem ácido, SPH seco à temperatura ambiente. Antes de cada método de silanização, os blocos cerâmicos receberam acabamento com lixas de carbeto de silício (220-600) e limpeza com ácido fosfórico 37% (1min). A cimentação foi realizada com carga vertical de 1kg por 10min. Os conjuntos de cerâmica/cimento/resina foram armazenados em água destilada (37ºC) por 24 horas e depois seccionados em máquina de corte Isomet 1000 a fim de obter palitos (n = 40) de ± 1mm2 de área da seção transversal, que foram submetidos ao teste de microtração em máquina de ensaio universal Emic (v = 0,5mm/min). O modo de fratura foi avaliado em microscópio eletrônico de varredura. A análise estatística foi realizada utilizando ANOVA / Dunnett (p-valor = 0,000). As médias MPa e desvio padrão foram: G1-21,5 (8,9) BC; G2-30,5 (7,2) A; G3-19.4 (9.1) BC; G4-24,0 (9,0) B; G5-8.1 (3.2) D; G6 -18,0 (6,2) C; G7-7.8 (2,6) D; G8-6.3 (2,5) D. Grupos 2, 3, 4 e 6 não tiveram falhas prematuras...


This study devaluated the effect of different types of silanization and hydrofluoric acid on the microtensile bond strength of a lithium dissilicate ceramic system. Forty IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent blocks (5x5x6mm) were cemented to Z250/3M ESPE resin blocks (5x5x6mm) using RelyX ARC/3M ESPE resin-cement according to the following silanization methods: G1: 20s hydrofluoric acid (HF) + non-hydrolyzed silane Primer-Activactor/Dentsply (NHS) dried at room temperature; G2: 20sHF + pre-hydrolyzed silane RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (PHS) dried at room temperature; G3: 10sHF + NHS dried with hot air (50oC-2min); G4: 10sHF + PHS + hot air; G5: NHS + hot air; G6: PHS + hot air; G7: NHS dried at room temperature; G8: PHS dried at room temperature. Before each silanization method, all ceramic blocks were abraded with SiC grit papers (220-600) and cleaned with 37% phosphoric acid (1min). The cementation was made with vertical load of 01 kg for 10 min. After cementation procedure, all ceramic/ciment/resin blocks were stored in distilled water (37oC) for 24h before being cut to obtain stick-shapped specimens (n=45) of approximately 1mm2 cross-sectional area for microtensile test (v=0.5mm/min). Statistical analysis was performed using ANOVA/Dunnett (p-value = 0,000). The mean MPa(SD) values were: G1-21.5(8.9)BC; G2-30.5(7.2)A; G3-19.4(9.1)BC; G4-24.0(9.0)B; G5-8.1(3.2)D; G6-18.0(6.2)C; G7-7.8(2.6)D; G8-6.3(2.5)D. Groups 2, 3, 4 and 6 had no sticks premature fail against groups 1, 5, 7 and 8, that had 2.2, 44.4, 75.6 and 33.3% of sticks premature fails, respectively. As the correlation coefficient was statistically significant, -0.736 (p-value = 0.000), it could be argued that as the percentage of premature...


Assuntos
Ácido Fluorídrico/efeitos adversos , Cerâmica , Cimentos de Resina , Autocura de Resinas Dentárias , Silanos/química , Adesividade , Análise de Variância , Microscopia Eletrônica de Varredura , Propriedades de Superfície
14.
Full dent. sci ; 1(4): 392-399, jul.-set. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-642937

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi o de realizar uma revisão de literatura a respeito dos tratamentos de superfície e tipos de cimentação adesiva existentes para peças protéticas livres de metal. Com base na literatura em relação às restaurações cerâmicas com alto conteúdo de sílica, o tratamento com jateamento ou ácido fluorídrico seguido da aplicação de silano, tem demonstrado bons resultados. Nos sistemas de cerâmicas ricas em alumina, estariam indicados métodos alternativos, como a silicatização ou o uso de cimentos resinosos que contêm monômeros fosfatados.


The purpose of this paper was to review the literature about surface treatment for adhesive cementation of metal free systems. On the basis of the studied literature, it is possible to conclude that for ceramic restorations with a high level of silica, the treatment with sandblasting or fluoridric acid before silane application has showed good results. For alumina-based ceramics are more indicated systems like Rocatec and resin cements with MDP or phosphate monomers.


Assuntos
Cimentos Dentários/química , Porcelana Dentária/química , Silanos
15.
Full dent. sci ; 1(4): 392-399, jul.-set. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874324

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi o de realizar uma revisão de literatura a respeito dos tratamentos de superfície e tipos de cimentação adesiva existentes para peças protéticas livres de metal. Com base na literatura em relação às restaurações cerâmicas com alto conteúdo de sílica, o tratamento com jateamento ou ácido fluorídrico seguido da aplicação de silano, tem demonstrado bons resultados. Nos sistemas de cerâmicas ricas em alumina, estariam indicados métodos alternativos, como a silicatização ou o uso de cimentos resinosos que contêm monômeros fosfatados


The purpose of this paper was to review the literature about surface treatment for adhesive cementation of metal free systems. On the basis of the studied literature, it is possible to conclude that for ceramic restorations with a high level of silica, the treatment with sandblasting or fluoridric acid before silane application has showed good results. For alumina-based ceramics are more indicated systems like Rocatec and resin cements with MDP or phosphate monomers


Assuntos
Cimentos Dentários/química , Adesivos Dentinários , Porcelana Dentária/química , Silanos/química
16.
Rev. fac. odontol. Univ. Fed. Bahia ; 37: 63-67, jul.-dez. 2008. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858103

RESUMO

Diversos tipos de tratamentos de superfície são propostos para melhorar a adesão entre metal e resina. Entre eles, destacam-se o micromecânico, macromecânico, químico, sinalização e a associação de métodos. A melhor força de adesão entre as superfícies metálicas e resinosas contribui para o aumento da qualidade e longevidade da cimentação de prótese fixas adesivas, revestimentos estéticos de prótese metaloplásticas, próteses inferiores sobre implantes ósseointegrados e reparos de próteses antigas com revestimento estético fraturado. Apesar da existência de diversas técnicas, a literatura mostra que ainda persistem dúvidas sobre a retentividade das superfícies em questão e sobre o modo de aplicação. Dessa maneira o objetivo desse trabalho foi analisar a influència do silano na união metal-rsina, destacando suas propriedades físicas e químicas e os procedimentos técnicos de aplicação, a fim de contribuir para o esclarecimento das indicações clínicas e laboratoriais para cada tipo de associação dos diversos tipos de superfícies matálicas e resinosas


Assuntos
Materiais Dentários , Metais , Cimentos de Resina , Silanos
17.
Ortodontia ; 40(2): 132-135, abr.-jun. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-542395

RESUMO

O objetivo foi avaliar a resistência ao cisalhamento de braquetes de Ortodontia lingual das marcas Ormco e American Orthodontics fixados à cerâmica dental, após ciclagem térmica, nas variáveis: braquetes novos, reciclados com jato de óxido de alumínio 50 pm e aplicando ou não silano.


The purpose of this study was to evaluate the shear bond strength of lingual brackets Ormco and American Orthodontics fixed on dental ceramic, after termocycled according to: new brackets, recycled by 50 pm aluminum oxide blaster with or without silane.


Assuntos
Braquetes , Colagem Dentária , Técnicas In Vitro , Ortodontia , Resistência ao Cisalhamento , Abrasão Dental por Ar , Cerâmica , Silanos
18.
JBC j. bras. clin. odontol. integr ; 10(55): 359-366, out.-dez. 2006. ilus, tab, graf, CD-ROM
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-851598

RESUMO

Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar in vitro a resistência adesiva em reparos de resina composta em corpos de prova submetidos a testes de tração. Após permanecerem armazenados em água destilada durante quinze dias, 80 meio-espécimes de resina composta microhíbrida Esthet-X (Dentsply) tiveram a interface do reparo desgastada com uma ponta diamantada, condicionada por trinta segundos com ácido fosfórico 37%, lavada, e seca. Os hemi-halteres foram divididos em quatro grupos de vinte espécimes, e cada grupo recebeu um sistema adesivo: Grupo I: uma camada de adesivo Prime&Bond 2.1 (Dentsply); Grupo II: uma camada de silano (Silano - Dentsply) seguida de uma camada de adesivo; Grupo III: uma camada de silano; Grupo IV: três camadas de silano. Os espécimes foram completados com a inserção da mesma resina composta, mantidos em água destilada novamente, por 24 horas, e submetidos a teste de tração na máquina de ensaio universal EMIC. Os testes estatísticos aplicados foram Análise de Variância a um critério - ANOVA - seguido de Teste de Tukey (p<5%). Os resultados obtidos foram (média ± desvio padrão) para o Grupo I: 28,93 ± 7,68; Grupo II: 27,87 ± 9,57; Grupo III: 20,59 ± 5,82 e Grupo IV: 22,0 ± 6,69, demonstrando que a aplicação de adesivo tem influência positiva, estatisticamente significante na resistência à tração, comparando com a aplicação isolada do silano. A associação adesivo/silano não demonstrou vantagem em relação ao uso isolado do agente adesivo, e o uso de três camadas de silano não elevou a resistência adesiva comparada com a aplicação da camada única


Assuntos
Resinas Compostas , Adesivos Dentinários , Silanos , Análise de Variância , Técnicas In Vitro , Resistência à Tração
19.
JBD, Rev. Íbero-Am. Odontol. Estét. Dent. Oper ; 5(17): 52-63, jan.-mar. 2006. ilus, tab, CD-ROM
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-851738

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do tratamento de superfície de um sitema de compósito restaurador indireto sobre a resistência de união ao cisalhamento. Para isto foram usados 100 dentes bovinos e 100 cilindros de belleGlass HP (Kerr), divididos aleatoriamente em 10 grupos com dez amostras em cada grupo. Os grupos foram divididos de acordo com o tratamento de superfície do compósito: grupo 1- somente lixa no 400 (grupo controle); grupo 2 - ácido fluorídrico (HF) 10% durante 3 min.; grupo 3 - silano; grupo 4 - HF 10%/3min. + silano; grupo 5 - óxido de alumínio (OA) 50µm; grupo 6 - Cojet-Sand (CJ) 30µm; grupo 7 - OA 50µm + silano; grupo 8 - OA 50µm + HF 10%/3 min. + silano; grupo 9 - CJ + silano e grupo 10 - CJ + HF 10%/3 min. + silano. A resistência de união ao cisalhamento foi realizada por uma máquina de ensaio universal EMIC DC 10000, com uma velocidade 0,5mm por minuto. Os testes mostraram valores mais altos para o grupo 10 (15,21 MPa), porém não diferindo estatisticamente dos grupos 6 - (13,66 MPa); 9 - (13,42 MPa); 8 - (13,06 MPa) e grupo 5 - (12,54 MPa). Sob as condições deste estudo, concluímos que a microabrasão com CJ e OA, associadas ao silano parece ser o tratamento indicado para o bellesGlass HP antes da cimentação


Assuntos
Bovinos , Animais , Resinas Compostas , Resistência ao Cisalhamento , Silanos , Materiais Dentários , Dentina , Técnicas In Vitro , Microabrasão do Esmalte/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA