Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2018. 51 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1021573

RESUMO

Objetivo: Analisar in vitro a energia livre de superfície (Æ´s) no esmalte dentário após o tratamento com diferentes concentrações de Trimetafosfato de sódio (TMP) ou Glicerofosfato de cálcio (CaGP), exposto ou não a solução contendo cálcio (Ca) e fosfato (PO4), assim como determinar a adsorção de TMP, CaGP, Ca e PO4 ao esmalte dentário. Método: Blocos de esmalte bovino (n=192; 24 blocos/grupo) planificados e polidos foram tratados (2 mL/bloco/2 minutos) com TMP (0, 1, 3 e 9%) ou CaGP (0, 0,25, 0,5 e 1%), expostos ou não a solução contendo Ca/PO4. TMP, CaGP, Ca e PO4 foram analisados nas soluções antes e após o tratamento para calcular a adsorção ao esmalte. A Æ´s, os componentes apolar (Æ´s LW) e polar (Æ´s AB), e ácido/base (Æ´s +/Æ´s -) foram calculados pelo ângulo de contato de três líquidos sondas (água, diiodometano e etilenoglicol). Os dados foram submetidos à ANOVA seguido pelo teste Student-Newman-Keuls s (p<0,05). Resultados: A adsorção de TMP foi dose-dependente (p<0,001) e reduziu a Æ´s e Æ´s AB, e aumentou a Æ´s -, quando comparado ao grupo sem TMP (p<0,001). A solução contendo Ca/PO4 aumentou a Æ´s (p<0,050) e a Æ´s AB (p<0,001) e reduziu a Æ´s - (p<0,001). Houve correlação entre a adsorção de TMP e Ca (r = 0,916; p<0,001) e P (r = 0,899; p<0,001) ao esmalte. A adsorção de CaGP ao esmalte foi dose-dependente (p<0,001) diminuindo a Æ´s, Æ´s LW e Æ´s - quando comparado ao grupo sem CaGP (p<0,001). Quando exposto à solução de Ca/PO4, houve aumento da Æ´s LW e Æ´s -, e diminuição da Æ´s AB (p<0,001), sem adsorção de Ca ao esmalte. Conclusão: O TMP e CaGP foram adsorvidos ao esmalte reduzindo a Æ´s, devido a Æ´s AB ou Æ´s LW, respectivamente. O TMP produz sítios doadores de elétrons (Æ´s -) induzindo a adsorção de Ca enquanto o CaGP libera Ca para o meio(AU)


Objective: In vitro analysis of free surface enamel (Ƴs) in dental enamel after treatment with different concentrations of sodium trimetaphosphate (TMP) or calcium glycerophosphate (CaGP), exposed or not to the solution containing calcium (Ca) and phosphate (PO4), as well as to determine the adsorption of TMP, CaGP, Ca and PO4 to the dental enamel. Design: Bovine enamel blocks (n = 192; 24 blocks/group) planned were treated (2 mL/block; 2 minutes) with TMP (0, 1, 3 e 9%), CaGP (0, 0.25, 0.5 e 1%) exposed or not to the solution containing CaPO4 were analyzed in the solutions before and after the treatment will be determined for the calculation of the adsorption of these to the enamel. The Ƴs and their components Ƴs LW Lifshitz-van der Waals surface tension component , Ƴs AB and Lewis acid-base interaction (Ƴs +/Ƴs -) was calculated by measuring the contact angles of three liquids probes (deionized water, diiodomethane and ethylene glycol). The data were submited to ANOVA followed by Student-Newman Keuls test (p<0.05). Results: The adsorption of TMP was dose-dependent (p<0.001) reduced the Ƴs and Ƴs AB when compared to the group without TMP (p<0.001). The solution containing Ca/PO4 increased the Ƴs, Ƴs AB and reduced the Ƴs - (p<0.001). There was a correlation between adsorption of TMP and Ca (r = 0.916; p<0.001) and P (r = 0.899; p<0.001) to the enamel. The adsorption of CaGP to the enamel was dose-dependent (p<0.001) reducing the Ƴs, Ƴs LW and Ƴs - when compared to the group without CaGP (p<0.001). When exposed the de Ca/PO4 solution there was an increase of Ƴs LW and Ƴs - , reduction of Ƴs AB (p<0.001), without adsorption of calcium to the enamel. Conclusion: The TMP was adsorbed to the enamel reducing the Ƴs due the Ƴs LW or Ƴs LW, respectively. The TMP generates electrondonor inducing adsorption of Ca while CaGP releases Ca to the medium(AU)


Assuntos
Fosfatos , Cálcio , Esmalte Dentário , Glicerofosfatos
2.
Araçatuba; s.n; 2016. 102 p. graf, ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867931

RESUMO

O objetivo geral desse estudo foi sintetizar e caracterizar nanobiomateriais compostos por nanopartículas de prata (AgNP) e glicerofosfato de cálcio (CaGP) sintetizados por rotas químicas utilizando-se borihidreto de sódio ou citrato de sódio e fitoquímica por meio de extrato da casca de romã, e avaliar seu efeito antimicrobiano contra cepas de referência de Candida albicans (ATCC 10231) e Streptococcus mutans (ATCC 25175) e sua citotoxicidade em células de fibroblastos (L929). Além do agente redutor, para as sínteses químicas variou-se a concentração de prata (1 ou 10%), a apresentação do CaGP (micro ou nanoparticulado), o solvente utilizado na síntese (água deionizada ou isopropanol) e a forma dos nanocompostos (em suspensão, seco em estufa ou liofilizado). Para a síntese fitoquímica utilizou-se o extrato da casca desidrata da romã, obtido por percolação em etanol (70%) e com os compostos totais fenólicos expressos em ácido gálico e a concentração de ácido elágico quantificados respectivamente por método colorimétrico e HPLC. A caracterização dos nanocompostos e dos controles contendo somente AgNP foi feita por UV-Vis, MEV, e EDX. A ação antimicrobiana foi avaliada por meio da mínima contração inibitória de acordo com o método da microdiluição (CLSI M27-A2 e M07-A9), enquanto que a viabilidade celular dos fibroblastos foi quantificada utilizando-se método fluorimétrico (Alamar Blue). Esses experimentos foram realizados em triplicata em três ocasiões diferentes e os dados de porcentagem de viabilidade celular foram analisados pela ANOVA de um fator seguido do teste de Bonferroni (α=5%). Para todas as sínteses houve formação de AgNP associadas ao CaGP. Contudo pela microscopia somente na concentração de 10% de prata visualizou-se as AgNP decorando a superfície do CaGP (síntese com borihidreto de sódio e isopropanol) ou envolta pelo CaGP (síntese com borihidreto e água e com casca da romã). Os nanocompostos sintetizados quimicamente foram mais efetivos contra...


The aim of this study was to synthesize and characterize nanomaterials compounds by silver nanoparticles (AgNP) and calcium glycerophosphate (CaGP) synthesized by chemical route using sodium borihidreto or sodium citrate, and phytochemical through pomegranate peel extract, and evaluate its antimicrobial effect against reference strains of Candida albicans (ATCC 10231) and Streptococcus mutans (ATCC 25175) and its cytotoxicity in fibroblast cells (L929). Besides, reducing agent for chemical syntheses, is varied the silver concentration (1 or 10%), the form of CAGP (micro or nanoparticulate), the solvent used in synthesis (deionized water or isopropanol) and the form of the nanocomposite ( suspended, dry in incubator or lyophilized). For the phytochemical synthesis, utilized the peel extract of pomegranate obtained by percolation in ethanol (70%) and total phenolic compounds was expressed in gallic acid standard and ellagic acid concentration respectively quantified by colorimetric method HPLC. The characterization of nanocomposites and controls containing only AgNP was made by UV-Vis spectroscopy, SEM and EDX. The antimicrobial activity was evaluated by the minimum inhibitory concentration according to the microdilution method (CLSI M27-M07-A2 and A9), whereas fibroblast cell viability was quantitated using fluorimetric method (Alamar Blue). These experiments were performed in triplicate on three different occasions and the cell viability percentage data were analyzed by one-way ANOVA followed by Bonferroni test (α = 5%). For all syntheses were associated between AgNP and CaGP. However only by microscopy at a concentration of 10% silver visualized the AgNP decorating the surface of CaGP (synthesis with sodium borihidreto and isopropanol) shrouded by CaGP or (synthesis with borihidreto and water and pomegranate peel). The nanocompounds synthesized by chemical route, were more effective against the microorganisms than synthesized by the phytochemical route...


Assuntos
Candida albicans , Glicerofosfatos , Nanopartículas , Lythraceae , Prata , Streptococcus mutans
3.
Araçatuba; s.n; 2013. 89 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867067

RESUMO

A avulsão dentária acomete principalmente pacientes jovens e que possuem dentes com rizogênese incompleta, sendo frequente a necrose pulpar e a apicificação que é prejudicada. O amplo forame dificulta a inserção de curativos de demora. Assim é importante o uso de um curativo de demora a favorecer o controle da reabsorção radicular e a formação de uma barreira de tecido mineralizado permitindo o selamento apical. O hidróxido de cálcio tem sido o material mais utilizado para esse fim. O objetivo deste trabalho foi estudar o processo de reparo de incisivos de ratos com elementos dentais reimplantados tardiamente após a obturação do canal radicular com pasta de β-glicerofosfato de cálcio ou pasta de hidróxido de cálcio. Foram empregados 30 ratos machos divididos em 3 grupos de 10 animais. Os elementos dentais foram extraídos e mantidos em meio seco por 60 minutos. Após esse período os elementos dentais sofreram um preparo especifico descrito a seguir. No Grupo I os dentes foram preenchidos com soro fisiológico. No Grupo II, utilizou-se a pasta de hidróxido de cálcio no interior do conduto e plug apical de cimento MTA. E, no grupo III utilizou-se a pasta de β-glicerofosfato de cálcio. Os dentes foram reimplantados e a eutanásia dos animais foi realizada 60 dias após para a avaliação histomorfométrica em H.E (Hematoxicilina-Eosina). Os resultados demonstraram que os grupos I e III foram mais comprometidos pela reabsorção radicular inflamatória do que o grupo II. O grupo II apresentou menor comprometimento pela reabsorção total do que o grupo II (p<0,05). Nos grupos I e III a região periapical apresentou a maior extensão de tecido conjuntivo fibroso com a presença de infiltrado inflamatório. Conclui-se que o β-glicerofosfato de cálcio não foi mais eficiente do que o hidróxido de cálcio no controle da reabsorção radicular e no reparo da região periapical por tecido mineralizado


Thooth avulsion mainly affects young patients who have incomplete root formation, with frequent necrotic pulp and apexification impaired. The large foramen hinders the insertion of dressings delay. The use of a long time fill to facilitate control of formation and resorption of mineralized tissue barrier permitting the apical seal. Calcium hydroxide and MTA has been the most widely used material for this purpose. The objective of this work is to study the repair process of rat incisors with dental elements reimplanted late after root canal filling with paste β-glycerophosphate calcium or calcium hydroxide paste. Were used 30 male rats were divided into 3 groups of 10 animals. All the teeth were extracted and kept in dry for 60 minutes. In Group I, the root canals were filled with saline. Group II used the paste of calcium hydroxide and finished with a MTA plug and Group III were used β-glycerophosphate calcium paste. The teeth were reimplanted and euthanasia was performed 60 days later for histomorfometric analyse with HE(Hematoxiciline-Eosine). Results showed that the groups I and III were more impaired by inflammatory root resorption than group II. Group II had less involvement by total reabsorption of the group II (p <0,05). In groups I and III, the periapical region showed the greatest extent of fibrous connective tissue with inflammatory infiltrate. It is concluded that β-glycerophosphate calcium were less effective than calcium hydroxide in the control of root resorption and repair of the periapical area of mineralized tissue


Assuntos
Animais , Ratos , Hidróxido de Cálcio , Glicerofosfatos , Avulsão Dentária , Reimplante Dentário , Reabsorção de Dente
4.
Araçatuba; s.n; 2011. 68 p. tab, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866166

RESUMO

O uso do fluoreto tem sido considerado um importante fator na redução da incidência da cárie dentária, porém tem-se verificado um aumento da fluorose dentária quando associado ao uso deste elemento. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito de um dentifrício com concentração reduzida de fluoreto suplementado com glicerofosfato de cálcio (GPCa) em inibir o processo de desmineralização e sobre a placa dental formada in situ. Voluntários (n=10) participaram de 4 fases experimentais de 7 dias de duração cada, em cada fase utilizaram um dispositivo palatino contendo 4 blocos de esmalte dental bovino. O desafio cariogênico foi realizado por meio de solução de sacarose 30%, 6 vezes ao dia. Os dentifrícios utilizados neste estudo foram: placebo, 500 μg F/g, 500 μg F/g com 0,25% de GPCa e 1100 μg F/g. Decorrido o período experimental, a placa dental foi coletada, processada, a concentração iônica (fluoreto, cálcio e fosfato) e de polissacarídeos extracelulares (PEC) determinadas. Analisou-se a dureza de superfície inicial e final e em secção longitudinal. Determinou-se a concentração de fluoreto, cálcio e fosfato no esmalte. O uso de dentifrícios contendo 1100 μg F/g e 500 μg F/g com 0,25% de GPCa levou a concentrações semelhantes de fluoreto, cálcio e fosfato na placa, as quais foram maiores que as obtidas após o uso dos demais dentifrícios. A concentração de PEC e a perda mineral foram menores nos dentifrícios 1100 μg F/g e 500 μg F/g com 0,25% de GPCa, seguido pelo 500 μg F/g e placebo, o qual apresentou os menores valores. As concentrações de fluoreto, cálcio e fosfato no esmalte foram menores no grupo placebo, sendo os maiores valores encontrados nos grupos 500 μg F/g com 0,25% de GPCa e 1100 μg F/g (p<0,05). De acordo com os resultados o dentifrício com baixa concentração associado ao GPCa, apresentou resultado semelhante ao controle positivo com 1100 μg F/g na desmineralização in situ, podendo ser uma alternativa na melhora da relação risco-benefício entre...


The use of fluoride has been considered as an important factor for decrease in the incidence of dental caries, however dental fluorosis increase associated with the use of this element. This in situ study aims to evaluate the effect of low fluoride concentration dentifrices supplemented with calcium glycerophosphate (CaGP) in inhibiting the demineralization process and on the dental plaque formed in situ. Ten volunteers wore palatal devices containing 4 blocks of bovine dental enamel over 3 periods of 7 days each. In each phase, treatment was accomplished with a nonfluoride dentifrice (placebo), a 500 μg F/g, a 500 μg F/g with 0.25% CaGP and a 1,100 μg F/g dentifrice, under cariogenic challenge with 30% sucrose solution 6 times a day. After that, the dental plaque was collected and processed, and the ionic (fluoride, calcium, and phosphate) and insoluble extracellular polysaccharide (EPS) concentrations were appraised. To evaluate mineral loss, we determined both the initial and final surface hardness and cross-sectional hardness ( KHN). The fluoride, calcium, and phosphate concentration in the enamel were determined. The use of dentifrices containing 1100 μg F/g and 500 μg F/g with 0.25% CaGP led to similar concentrations of fluoride, calcium and phosphate in dental plaque, but higher than those obtained after the use of the placebo and 500 μg F/g dentifrices . The concentration of EPS and mineral loss was lower in 500 ìg F/g with 0.25% of CaGP e 1,100 μg F/g. The concentration of fluoride, calcium, and phosphate in enamel was higher in groups 500 μg F/g with 0.25% of CaGP e 1,100 μg F/g (p <0.05). It was concluded that the low fluoride concentration dentifrice with 0.25% CaGP, showed similar efficacy to the positive control (1,100 μg F / g) in demineralization in situ, could be an alternative to improve the risk-benefit relationship between fluorosis and dental caries


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Desmineralização , Esmalte Dentário , Placa Dentária , Dentifrícios , Fluoretos , Glicerofosfatos , Cárie Dentária , Fluorose Dentária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA