Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 60
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
2.
Araçatuba; s.n; 2016. 81 p. graf, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-881389

RESUMO

Objetivo: Este estudo comparou por meio de análise clínica os efeitos da Amoxicilina associado ao Metronidazol (MTZ+AMX) e de múltiplas aplicações da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) como coadjuvantes ao tratamento da periodontite crônica. Métodos: Um estudo clínico controlado, randomizado foi conduzido em 34 pacientes que receberam: Grupo MTZ+AMX (n=17) ­ raspagem e alisamento radicular (RAR) e uso sistêmico de Metronidazol (400 mg 3 X por dia, 7 dias) e Amoxicilina (500 mg 3 X por dia, 7 dias) e; Grupo aPDT (n=17) - raspagem e alisamento radicular (RAR) e 3 aplicações de aPDT em todos os sítios com profundidade de sondagem maior que 4 mm imediatamente, 48 e 96 horas após a RAR e placebo durante 7 dias. Os exames clínicos foram realizados no início, aos 90 e 180 dias após o tratamento. Os parâmetros clínicos de índice de placa visível (IPV), sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS) e nível de inserção clínico (NIC) foram avaliados. A aPDT foi realizada, utilizando o azul de metileno (10 mg/mL) e o laser de diodo de Arsênio- Galio- Alumínio (AsGaAl) em baixa intensidade após 1 minuto (660 nm, 100 mW, 48 segundos, 160 J/cm2 ) imediatamente, 48 e 96 hs após o tratamento, em todos os sítios com profundidade de sondagem maior que 4 mm. Os dados clínicos foram estatisticamente analisados (α=5%). Resultados: Na análise intragrupo da PS, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre as médias de boca toda entre os três períodos do estudo em ambos os grupos. Não houve diferenças estatisticamente significativas na PS entre os grupos avaliados em cada período (P>0,05). Com relação ao NIC em ambos os grupos houve ganho de inserção estatisticamente significante aos 90 dias quando comparado ao baseline (P<0,05). Houve redução de SS e da porcentagem de bolsas residuais no período de 90 e 180 dias após tratamento, em comparação ao baseline, em ambos os grupos (P<0,05). Conclusão: Ambas as terapias coadjuvantes foram efetivas no tratamento da periodontite crônica, promovendo redução da inflamação dos tecidos periodontais, ganho de inserção clínica e reduzindo o número de bolsas residuais(AU)


Aim: This study compared, through clinical analysis, the effects of Amoxicillin associated with metronidazole (MTZ+AMX), and multiple applications of antimicrobial photodynamic therapy (aPDT), as adjuncts therapy in the treatment of chronic periodontitis. Methods: A controlled randomized clinical trial was conducted in 34 patients, divided into two groups: the MTZ+AMX Group (n=17), subjected to scaling and root planing (SRP) with systemic use of Metronidazole (400 mg 3 X per day 7 days) and Amoxicillin (500 mg 3 X per day 7 days); and the aPDT Group (n=17), submitted to SRP and three aPDT applications in all sites with a probing depth larger than 4 mm, immediately 48 and 96 hours after scaling, and placebo during 7 days. Clinical examinations were performed at the baseline, 3 and 6 months post-therapy. The clinical parameters visible plaque index (VPI), bleeding on probing (BOP), probing depth (PD), and clinical attachment level (CAL) were measured. The aPDT was carried out using methylene blue (10 mg/mL) and the Gallium-Aluminum-Arsenide (GaAlAs) laser at 1 minute (660 nm, 100 mW, 48 seconds, 160 J/cm²) 48 and 96 hours immediately after treatment, in all sites with a probing deeper than 4 mm. Subsequently, statistical analysis was performed (α=5%). Results: Intragroup analysis did not reveal statistically significant differences between mean mouth in PD in all three stages of the study in either groups. In addition, there were no statistically significant differences in PD between the groups in each period (P>0.05). With regard to the CAL both groups there was a statistically significant gain at 90 days compared to the baseline (P<0.05). In both groups there was a reduction in BOP and the percentage of residual pockets after 90 and 180 days compared to the baseline (P<0.05). Conclusion: Both adjunct therapies have proven effective in the treatment of chronic periodontitis, promoting a reduction of periodontal tissue inflammation, clinical attachment gain and reducing the number of residual pockets(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Amoxicilina , Metronidazol , Periodontite , Antibacterianos , Raspagem Dentária , Periodontite/terapia , Fotoquimioterapia
3.
Porto Alegre; s.n; 2012. 81 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-865986

RESUMO

Objetivo: avaliar o possível efeito da obesidade sobre o tratamento periodontal não-cirúrgico associado ou não a antibiótico em mulheres de peso normal e obesas após 6 meses de acompanhamento. Metodologia: a partir de um delineamento do tipo ensaio clínico randomizado, controlado por placebo, em paralelo, 32 mulheres (35-55 anos) com periodontite crônica foram incluídas e distribuídas em dois grupo experimentais (16 peso normal e 16 obesas). Mulheres fumantes, diabéticas e com sobrepeso não foram incluídas. As pacientes foram alocadas randomicamente para receber tratamento periodontal subgengival associado ao uso de placebo ou metronidazol (400mg, 3x/dia, durante 10 dias) concomitantemente. Os parâmetros clínicos periodontais foram avaliados por um examinador treinado e calibrado no baseline e 6 meses após o tratamento periodontal. Resultados: Todos os parâmetros clínicos apresentaram melhora durante o período de acompanhamento. O Índice de Placa Visível foi positivo em aproximadamente 25% dos sítios nos grupos experimentais após 6 meses do tratamento, enquanto que o Índice de Sangramento Gengival e o Sangramento à Sondagem foram observados em aproximadamente 10% e 25% dos sítios, respectivamente. Esses parâmetros não apresentaram diferenças significativas entre os grupos experimentais aos 6 meses. A redução na Profundidade de Sondagem variou entre 0.52 ± 0.3 e 0.81 ± 0.5mm e o ganho de Inserção Clínica variou entre 0.23 ± 0.3 e 0.45 ± 0.5mm. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos experimentais para estes parâmetros (P=0.59 e 0.67, respectivamente). Conclusão: Ponderando as limitações desta análise preliminar, obesidade parece não afetar negativamente os resultados da terapia periodontal não-cirúrgica. Além disso, o uso de Metronidazol não forneceu um benefício adicional a terapia periodontal.


Aim: to evaluate the possible effects of obesity on clinical parameters after systemic antibiotic adjunctive scaling and root planning (SRP) in women with 6 month follow-up. Methods: a randomized clinical trial was conducted. Thirty-two women (35 - 55 years old) with chronic periodontitis were allocated into obesity (n=16) and normal weight (n=16) groups. Smokers, diabetics and overweight were not included. Patients were randomized to SRP plus Metronidazole (400 mg, 3 time/day, 10 days) or SRP plus placebo. Periodontal parameters were evaluated by one calibrated examiner at baseline and 6 month follow-up. Results: all periodontal parameters showed improvement during follow-up. Visible Plaque Index was positive around 25% of sites in the experimental groups after 6 months of treatment, while the Gingival Bleeding Index and Bleeding on Probing were observed in approximately 10% and 25% of the sites, respectively. These parameters showed no significant differences between experimental groups at 6 months. Probing Pocket Depth was reduced ranged 0.52 ± 0.3 and 0.81 ± 0.5 mm and Periodontal attachment loss get ranged 0.23 ± 0.3 and 0.45 ± 0.5 mm. There were no statistically significant differences between experimental groups for these parameters (P=0.59 and 0.67, respectively). Conclusion: Considering the limitations of this preliminary analysis, obesity seems not affect the results of nonsurgical periodontal therapy. Furthermore, the use of Metronidazole was not provided an additional benefit to periodontal therapy.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Metronidazol/administração & dosagem , Obesidade/complicações , Periodontite/terapia , Inquéritos e Questionários
4.
São Paulo; s.n; 2011. 72 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-668648

RESUMO

Objetivo: avaliar as alterações clínicas e microbiológicas resultantes do tratamento periodontal não-cirúrgico associado ao uso de amoxicilina e de metronidazol, em indivíduos portadores de periodontite agressiva (PA), pela qPCR. Material e métodos: 15 indivíduos com PA receberam tratamento periodontal não-cirúrgico e, 45 dias após o término do tratamento, foram medicados com os antimicrobianos. Dados clínicos e amostras de biofilme subgengival foram coletados no dia do exame inicial, 45 dias após o término do tratamento periodontal não-cirúrgico e 1 mês após o uso dos antimicrobianos. Após 3 e 6 meses, apenas novos dados clínicos foram coletados. A presença e a quantificação das bactérias Aggregatíbacter actinomycetemcomitans, Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythensis, Treponeme dentícola e Dialister pneumosintes foram determinadas através da PCR em tempo real. Resultados: Todos os parâmetros clínicos, com exceção do nível clínico de inserção, melhoraram significativamente (p < 0,05) no 3°• mês após a terapia não-cirúrgica associada com antibióticos. Houve redução significante (p < 0,05) nas quantidades de T.d. e TI. Após 1 mês, houve reduções significativas (p < 0,05) nas freqüências de P.g. e de T.t.. Conclusões: O tratamento mecânico não-cirúrgico, associado ao uso de amoxicilina e metronidazol, levou à melhora de todos os parâmetros clínicos estudados, exceto do nível clínico de inserção, e reduziu significativamente as quantidades subgengivais de TI e T.d


Objective: To evaluate the clinical and microbiological changes resulting from non- surgical periodontal treatment associated with amoxicillin and metronidazole, in individuais with aggressive periodontitis (AgP), by qPCR. Methods: 15 subjects with AgP received non-surgical periodontal treatment and 45 days after completion of treatment, were treated with antibiotics. Clinical data and samples of subgingival plaque were collected at baseline, 45 days after the non-surgical periodontal treatment and 1 month after the use of antimicrobials. After 3 and 6 months, only clinical data were collected. The presence and quantification of Aggregatibacter actinomycetemcomitans, Porphyromonas gingivalis, Tann e relia forsythensis, Treponema denticola and Dialister pneumosintes were determined by real-time PCR. Results: Ali clinical param.eters, with the exception of clinical attachment levei (CAL), have significantly (p < 0,05) improved at the 3th month after non-surgical therapy associated with antibiotics. There was significant (p < 0,05) reduction in the quantities of T.d. and T.t.. After one month, there were significant (p < 0,05) reductions in the frequencies of P.g. and T.t.. Conclusions: The non-surgical mechanical treatment associated with the use of amoxicillin and metronidazole led to an improvement in ali clinical parameters studied, except for clinical attachment levei, and significantly reduced the amount of subgingival T.f. and T.d


Assuntos
Periodontite Agressiva , Amoxicilina/uso terapêutico , Metronidazol/uso terapêutico , Reação em Cadeia da Polimerase
7.
Rev. bras. odontol ; 67(1): 123-127, jul.-dez. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-563850

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi testar a efetividade antimicrobiana do hidróxido de cálcio, metronidazol e ciprofloxacina, quando utilizados isolados ou em associações sobre o Enterococcus faecalis. Uma colônia de Enterococcus faecalis ATCC 29212 foi cultivada e, após o desenvolvimento, os microrganismos foram removidos e inoculados em infusão de Mueller-Hinton. As placas foram divididas em quatro partes e ao centro de cada divisão foi realizado um poço para a colocação das medicações. A ciprofloxacina isolada foi a medicação mais efetiva. Considerando as associações, todas promoveram inibição, sem diferenças estatisticamente significativas. O hidróxido de cálcio e metronidazol isolados.


Assuntos
Ciprofloxacino/normas , Enterococcus faecalis , Hidróxido de Cálcio/normas , Técnicas In Vitro , Irrigantes do Canal Radicular/normas , Metronidazol/normas
8.
Rev. bras. implantodontia ; 16(3): 8-11, jul.-set. 2010.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857167

RESUMO

Não há consenso na literatura sobre o protocolo medicamentoso para cirurgias de implantes dentários. Em pacientes saudáveis, sem risco de endocardite bacteriana, os seguintes fatores devem ser considerados quanto ao risco de infecção e a decisão pela profilaxia antibiótica: quantidade de implantes a serem instalados, extensão da incisão, habilidade e experiência do cirurgião, uso de membranas e/ou enxertos, tempo do procedimento cirúrgico, além de fatores sistêmicos dos pacientes. Esta revisão de literatura buscou saber as motivações do cirurgião ao prescrever antibióticos, quais os antibióticos mais apropriados, e analisar os protocolos de antibioticoterapia disponíveis. A amoxicilina (1g ou 2g pré-operatórios) em geral é o antibiótico proposto para profilaxia antibiótica em para pacientes saudáveis, não se observando a dose pós-operatória como vantagem. Há necessidade de prescrição antibiótica nos casos de implantes imediatos e em infecções tardias como peri-implantite. No primeiro caso, não há estudo que estabelece um protocolo medicamentoso, sendo que a maioria dos autores indica o uso pré-operatório e pós-operatório. No segundo caso, onde há profundidade na sondagem ≥ 6mm, recomenda-se o uso de associação entre amoxicilina e metronidazol. Mais estudos são necessários para estabelecer um protocolo antibiótico individualizado para cada tipo de procedimento em implantodontia


There is no consensus in the literature on the drug regimen for surgerical placement of dental implants. In patients who are not in the group at risk for bacterial endocarditis, which are considered healthy, the following factors should be taken into consideration regarding the risk of infection and antibiotic prophylaxis decision-making process: number of implants to be installed; extent of tissue flexed, skills and experience of the surgeon, use of membranes and / or grafts, length of surgery, and systemic factors of the patients. Preoperatively amoxicillin (1g or 2g) is usually the drug proposed for antibiotic prophylaxis, for cases of healthy patients, with no observed dose postoperatively as an advantage. Other occasions to which there is a need for prescribing antibiotics in implant dentistry are in cases of immediate implants and prostoperative infections such as peri-implantitis. On the first occasion there is no study that establishes a drug regimen, and most authors have indicated the use of preoperative and postoperative. On the second occasion where there is depth in the survey ≥ 6mm is recommended antibiotic therapy with amoxicillin and metronidazole. Further research are needed to establish an antibiotic protocol individualized for each type of procedure in implant dentistry


Assuntos
Antibioticoprofilaxia , Implantação Dentária , Amoxicilina , Antibacterianos , Metronidazol
10.
Rev. flum. odontol ; 15(32): 54-59, jul.-dez. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-589618

RESUMO

O tratamento mais eficaz das doenças periodontais consiste na perturbação ou remoção do biofilme dentário. Para tanto podem ser utilizados recursos como a instrumentação radicular e/ou medicação antimicrobiana destinada a combater os patógenos periodontais. O presente trabalho tem como objetivo realizar uma revisão da literatura sobre o uso do metronidazol por via sistêmica no tratamento de periodontites crônicas. O metronidazol é um quimioterápico utilizado como um adjunto à terapêutica periodontal mecânica convencional. A literatura consultada não suporta o uso da droga como monoterapia, e parece contra-indicar seu uso para o tratamento de gengivites, com excessão da Gengivite Necrosante. A revista da literatura demonstrou que a droga parece ser eficaz no tratamento de bolsas periodontais profundas (> 7 mm), infectadas por microorganismos anaeróbios, após a realização de raspagem e alisamento radicular. Há evidência, embora limitada, da eficácia da droga no tratamento de periodontites refratárias, especialmente quando associada à amoxicilina ou ciprofloxacin. Novos estudos, no entanto, são necessários para elucidar a importância do metronidazol no tratamento da Periodontite Crônica e Periodontite Agressiva; assim como, estabelecer bases sólidas quanto à segurança do uso desse fármaco em seres humanos.


Disturbance or removal of the dental biofilm is the most efficient therapy for periodontal diseases. Mechanical instrumentation of the root surfaces or antimicrobial medication directed toward elimination of periodontal pathogens related to disease activity have been used. The objective of the present report was to perform a literature review on c in the treatment of chronic periodontitis. The literature consulted did not support the use of the drug as a monotherapy or as a therapy for gingivitis, except for necrotizing gingivitis. The literature search showed that the drug seems to be efficient in the treatment of deep (> 7 mm) periodontal pocket, infected with anaerobic micro-organisms, when taken after scaling and root planing. There is evidence, albeit limited, of the drug’s efficacy in the treatment of refractory periodontitis, specially in association with amoxicillin or ciprofloxacin. Further studies are necessary to clarify the importance of metronidazole in the treatment of chronic and aggressive periodontitis and to establish solid basis for the safe use of this medication in humans.


Assuntos
Antibacterianos , Metronidazol , Periodontia
11.
Bauru; s.n; 2009. 194 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-864711

RESUMO

A alveolite é uma complicação pós-operatória de carácter inflamatório que acomete alvéolos de dentes recém-extraídos. A incidência dessa complicação varia de 1 a 4% e pode chegar a 30%. O objetivo deste estudo foi analisar os mecanismos biológicos envolvidos no processo de reparo de alvéolos intencionalmente infectados, em ratos; comparar diferentes modalidades de tratamento e correlacionar os resultados encontrados através de duas análises (microscópica e molecular). Foram utilizados 84 ratos, divididos nos grupos: I: alvéolo não infectado; II: alvéolo infectado sem nenhum tratamento; III: alvéolo infectado tratado com irrigação de solução de iodeto de sódio a 2% e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção de 1:1; e IV: alvéolo infectado submetido à curetagem, irrigação com soro fisiológico e preenchimento com uma pasta à base de metronidazol. Os animais foram eutanasiados aos 6, 15 e 28 dias pós-operatório. Foi realizada a análise quantitativa da expressão de genes envolvidos no processo de reparo [colágeno tipo I (COL-I), fator de crescimento do endotélio vascular (VEGF), osteocalcina (OCN), fosfatase alcalina (ALP), runt-related transcription factor 2 (RUNX2) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-α)], através da RealTimePCR, correlacionando sua expressão com as características microscópicas observadas qualitativa e quantitativamente. Com base nos resultados da análise microscópica e molecular, podemos concluir que os marcadores RUNX2, OCN e TNF-α podem ser usados como indicadores para avaliar a neoformação óssea e a quantidade de infiltrado inflamatório em alveolite. Os marcadores ALP e VEGF não representaram adequadamente o que se observou microscopicamente. Embora o tratamento da alveolite com a pasta à base de metronidazol promova maior densidade de neoformação óssea aos 28 dias, não há diferenças entre os tratamentos.


Dry socket is an inflammatory postoperative complication that undertakes sockets of recently extracted teeth. The incidence of such complication varies from 1 to 4% and might reach up to 30%. The objective of this study was to analyze the biological mechanisms involved in the repair process of intentionally infected sockets in mice; compare different treatment conditions and correlate the results of two different analysis (microscopic and molecular). 84 mice were used in this study, divided according the following groups: I: uninfected socket; II: infected socket without any treatment; III: infected socket treated with irrigation of 2% sodium iodide and 3% hydrogen peroxide solution at 1:1 proportion; and IV: infected socket submitted to curettage, physiological saline solution irrigation and fulfillment with metronidazole base paste. The animals were killed at a postoperative period of 6, 15 and 28 days. A quantitative analysis was performed using a RealTimePCR to evaluate the genes expression involved [Collagen Type I (COL-I), vascular endothelial growth factor (VEGF), osteocalcin (OCN), alkaline phosphatase (ALP), runt-related transcription factor 2 (RUNX2) and tumor necrosis factor-alpha (TNF-α)], in the repair process, correlating its expression with the microscopic characteristics observed in both qualitative and quantitative manner. Based in the results of the microscopic and molecular analysis, it can be concluded that the RUNX2, OCN and TNF-α markers can be used as indicators to evaluate the dry socket bone neoformation and inflammatory infiltrate quantity. The ALP and VEGF markers did not represented appropriately what was observed microscopically. Although the dry socket treatment with metronidazole base paste promotes an increase in the bone neoformation density at 28 days, no difference was found among the treatments.


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Alvéolo Seco/fisiopatologia , Alvéolo Seco/terapia , Metronidazol , Fosfatase Alcalina , Colágeno Tipo I , Fator de Necrose Tumoral alfa , Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular
12.
Odonto (Säo Bernardo do Campo) ; 16(32): 90-97, jul.-dez. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-542933

RESUMO

O objetivo desta revisão é auxiliar o cirurgião dentista na indicação e aplicação da antibioticoterapia no abscesso periapical agudo, em casos de alergia e infecções resistentes, obtendo o sucesso clínico desejado e evitando a resistência bacteriana.


The aim of this study is assist the dentists on indication and application of antibiotic therapy on acute apical periodontits, in allergies cases and resistants infections, obtaining a wished clinical success and avoiding acquired bacterin resistance.


Assuntos
Abscesso Periapical/etiologia , Abscesso Periapical/terapia , Antibacterianos/administração & dosagem , Farmacorresistência Bacteriana , Periodontite Periapical , Amoxicilina , Metronidazol , Penicilinas
13.
Bauru; s.n; 2007. xxi,194 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-863983

RESUMO

O processo de reparo em alvéolo infectado de ratos foi avaliado após a utilização de três tipos de tratamento: (1) curetagem e irrigação com soro fisiológico seguida do preenchimento com uma pasta à base de metronidazol a 10%, lidocaína a 2%, menta e carboximetilcelulose, (2) irrigação única com solução de iodeto de sódio a 2% e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1 e (3) irrigação diária, por 3 dias, com solução de iodeto sódio a 2% e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1. Foram utilizados 75 ratos que constituíram os seguintes grupos: Grupo I: alvéolo não infectado (grupo controle positivo); Grupo II: alvéolo infectado sem nenhum tratamento; Grupo III: alvéolo infectado tratado com irrigação única de solução de iodeto de sódio a 2 % e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1; Grupo IV: alvéolo infectado tratado com irrigação diária, por 3 dias, de solução de iodeto de sódio a 2 % e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1; Grupo V: alvéolo infectado submetido à curetagem, irrigação com soro fisiológico e preenchimento com pasta à base de metronidazol a 10% e lidocaína a 2%, carboximetilcelulose e menta. Os animais, em número de 5 em cada grupo foram sacrificados aos 6, 15 e 28 dias após a exodontia do incisivo superior e as peças obtidas analisadas em microscopia óptica. Os resultados foram submetidos à análise qualitativa e quantitativa e evidenciaram melhor reparo nos grupos tratados em relação ao grupo sem tratamento. Com base nos resultados foi possível concluir que: os grupos III, IV e V apresentaram melhores condições de reparo frente ao grupo II, porém diferentes significantemente ao grupo I; o grupo V apresentou os melhores resultados quanto à neoformação óssea nos períodos de 15 e 28 dias, sendo uma opção interessante a ser considerada para o tratamento da alveolite.


Assuntos
Animais , Ratos , Peróxido de Hidrogênio , Metronidazol , Iodeto de Sódio , Alvéolo Dental
14.
Rev. odontol. Univ. St. Amaro ; 9(1/2): 22-26, jan./dez. 2004.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858534

RESUMO

O presente trabalho teve por meta revisar a literatura pertinente aos antibióticos mais utilizados no tratamento da doença periodontal agressiva. Pôde ser constatado que a associação da antibioticoterapia à raspagem e alisamento radicular (RAR) foi a abordagem terapêutica de maior indicação para o tratamento de pacientes com esse tipo de Periodontite. Além disso, a associação do Metronidazol (250mg) com a Amoxicilina (500 mg), 3 vezes ao dia, durante 7 dias, apresentou os melhores resultados clínicos e microbiológicos.


Assuntos
Antibacterianos , Anti-Infecciosos , Doenças Periodontais/terapia , Produtos com Ação Antimicrobiana , Metronidazol , Tetraciclina
15.
Periodontia ; 17(1): 92-98, Març. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-518829

RESUMO

A presença da placa bacteriana representa o principal fator etiológico envolvido na iniciação e progressão da doença periodontal inflamatória. O tratamento instituído para esta patologia baseia-se essencialmente na eliminação dos patógenos periodontais, através do debridamento mecânico. Entretanto, nem sempre a raspagem e alisamento radicular promovem resultados clínicos satisfatórios, guiando o profissional a buscar meios alternativos para este tratamento. Neste sentido surgiram os antimicrobianos de ação local, sendo atualmente empregados: gel de metronidazol, chip de clorexidina, fibra de tetraciclina, esferas de minociclina e gel de doxiciclina Diversos relatos na literatura sustentam o emprego desses dispositivos e comprovam a sua eficácia clínica.No entanto, aspectos como custo e acessibilidade vêm sendo discutidos a fim de avaliar a real aplicabilidade.O objetivo desta revisão de literatura é fazer uma abordagem crítica a respeito da utilização de antimicrobianos locais no tratamento da doença periodontal enfatizando as suas indicações, vantagens, desvantagens, custo, viabilidade clínica e eficácia terapêutica.


Assuntos
Doenças Periodontais/prevenção & controle , Doenças Periodontais/terapia , Produtos com Ação Antimicrobiana , Clorexidina/efeitos adversos , Clorexidina/uso terapêutico , Doxiciclina/efeitos adversos , Doxiciclina/uso terapêutico , Metronidazol/efeitos adversos , Metronidazol/uso terapêutico , Minociclina/efeitos adversos , Minociclina/uso terapêutico , Tetraciclina/efeitos adversos , Tetraciclina/uso terapêutico
16.
Rev. odonto ciênc ; 22(55): 23-29, jan.-mar. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-462893

RESUMO

As pesquisas com o intuito de descobrir novas substâncias com finalidade para medicação intracanal é uma realidade. Tem como objetivos principais a melhoria das propriedades dos medicamentos utilizados usualmente, tais como o hidróxido de cálcio para com isso suprir algumas deficiêcias que possam existir. Este trabalho teve como propósito a análise in vitro da ação do metronidazol gel em associação ao hidróxido de cálcio e cimento Portland, como medicação intracanal. Os testes foram realizados em bactérias anaeróbias facultativas, as quais compõe a flora de dentes portadores de reação periapical crônica. O hidróxido de cálcio é, ainda, a medicação intracanal mais utilizada, visto que, possui efeito antibacteriano pronunciado contra a maioria dos microrganismos existentes no interior de canais radiculares infectados. O metronidazol veio a ser testado por possuir capacidade bactericida atuante, principalmente, em bactérias anaeróbias estritas. Podendo atuar nos microrganismos que são resistentes à ação do hidróxido de cálcio. Entretanto, ao término deste experimento, o metronidazol gel quando testado, comparado e associado ao hidróxido de cálcio e cimento Portland não teve resposta superior à ação do hidróxido de cálcio puro como medicação intracanal, tendo o cimento Portland apenas melhorado as propriedades físico/química dessa pasta.


Assuntos
Hidróxido de Cálcio/farmacologia , Técnicas In Vitro , Metronidazol/farmacologia , Irrigantes do Canal Radicular
17.
Perionews ; 1(1): 40-44, jan.-mar. 2007. ilus., tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-836705

RESUMO

Foi diagnosticada doença periodontal moderada localizada com presença de abscesso periodontal agudo em região anterior de maxila. O plano de tratamento foi dividido em duas fases. Na primeira fase foi realizado o tratamento da infecção periodontal através de raspagem e alisamento radicular associado à terapia com antibióticos local (tetraciclina) e sistêmico (metronidazol), demonstrando efetividade na redução dos parâmetros inflamatórios. Contudo, não solucionou um conseqüente problema estético de recessão gengival. Na segunda fase foi, então, realizado um planejamento para a correção estética visando restauração dentária e procedimentos cirúrgicos periodontais associados ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial. O tratamento proposto demonstrou que a utilização de procedimentos periodontais, dos básicos até técnicas cirúrgicas avançadas, permitiu a recuperação e manutenção do dente natural com saúde, conforto e satisfação estética.


A patient with moderate periodontal disease and an acute abscess in the anterior maxillary region was treated in two phases. In the first one, the treatment of the periodontal infection was performed with scaling and root planning associated with local application of tetracycline and systemic antibiotic (metronidazole), which resulted in improvements in inflammatory parameters. However, it could not solve the consequent esthetic problem, the gingival recession. In the second phase, an esthetic correction was planned for future restoration of the teeth. The surgical procedures were associated with the subepithelial connective graft. The proposed treatment showed that the use of periodontal procedures, starting with basics therapy eventually moving towards advanced surgical techniques, allowed the recuperation and maintenance of the natural teeth with health, comfort and esthetics.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Antibacterianos , Estética Dentária , Metronidazol/uso terapêutico , Periodontite , Tetraciclina/uso terapêutico
18.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 61(1): 35-38, jan.-fev. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-543783

RESUMO

Inúmeros estudos vêm sendo desenvolvidos a fim de estabelecer formas de se eliminar os microorganismos relacionados à doença periodontal, entre elas, o uso de antimicrobianos sistêmicos. Esta revisão objetiva analisar formas de terapia antimicrobiana sistêmica no tratamento da periodontite, assim como propor um protocolo de tratamento medicamentoso antimicrobiano ideal. A literatura mostra que o uso de antibióticos sistêmicos adjuntos à terapia mecânica só se justifica no tratamento da periodontite crônica, quando refratária. Nos casos de periodontite agressiva, o tratamento mecânico deve ser associado ao uso de antimicrobianos. A doxiciclina é indicada no controle da periodontite agressiva localizada, enquanto que metronidazol e amoxicilina são indicados para periodontite crônica refratária e periodontite agressiva generalizada.


Many studies come being developed in the direction to establish the best form of eliminating the microorganisms related to the periodontal disease, including the systemic antibiotics. The purpose of this review is to analyze forms of systemic antibiotics therapy in the treatment of periodontitis, as well as considering an ideal drug protocol. Literature sample that adjunct systemic antibiotic therapy is justified in the treatment of the refractory chronic periodontitis. In cases of aggressive periodontitis, the mechanical treatment always must be associated with antimicrobials. Doxycycline is the best choice in the control of localized aggressive periodontitis, while metronidazole and amoxycillin are the best in cases of refractory chronic periodontitis and generalized aggressive periodontitis.


Assuntos
Periodontite/microbiologia , Periodontite/reabilitação , Amoxicilina , Metronidazol , Tetraciclina
19.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 61(1): 35-38, jan.-fev. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873859

RESUMO

Inúmeros estudos vêm sendo desenvolvidos a fim de estabelecer formas de se eliminar os microorganismos relacionados à doença periodontal, entre elas, o uso de antimicrobianos sistêmicos. Esta revisão objetiva analisar formas de terapia antimicrobiana sistêmica no tratamento da periodontite, assim como propor um protocolo de tratamento medicamentoso antimicrobiano ideal. A literatura mostra que o uso de antibióticos sistêmicos adjuntos à terapia mecânica só se justifica no tratamento da periodontite crônica, quando refratária. Nos casos de periodontite agressiva, o tratamento mecânico deve ser associado ao uso de antimicrobianos. A doxiciclina é indicada no controle da periodontite agressiva localizada, enquanto que metronidazol e amoxicilina são indicados para periodontite crônica refratária e periodontite agressiva generalizada


Many studies come being developed in the direction to establish the best form of eliminating the microorganisms related to the periodontal disease, including the systemic antibiotics. The purpose of this review is to analyze forms of systemic antibiotics therapy in the treatment of periodontitis, as well as considering an ideal drug protocol. Literature sample that adjunct systemic antibiotic therapy is justified in the treatment of the refractory chronic periodontitis. In cases of aggressive periodontitis, the mechanical treatment always must be associated with antimicrobials. Doxycycline is the best choice in the control of localized aggressive periodontitis, while metronidazole and amoxycillin are the best in cases of refractory chronic periodontitis and generalized aggressive periodontitis


Assuntos
Periodontite/microbiologia , Periodontite/reabilitação , Amoxicilina , Metronidazol , Tetraciclina
20.
J. appl. oral sci ; 14(5): 334-340, Sept.-Oct. 2006. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-447814

RESUMO

One of the primary objectives of endodontic treatment of teeth with pulp necrosis is the elimination of microorganisms from the root canal system, as effectively as possible, especially in cases with chronic periapical lesions. AIM: The purpose of this study was to analyze the response of the periapical tissue of dogs' teeth with chronic periapical lesions to endodontic treatment performed with utilization of metronidazole, calcium hydroxide, and an association of both as root canal dressings. METHODOLOGY: Forty root canals were submitted to pulpectomy and the root canals were kept exposed to the oral environment for 6 months. Then, they were submitted to biomechanical preparation and divided into 4 study groups with 10 specimens: group I - no root canal dressing; group II - calcium hydroxide; group III - metronidazole; group IV - calcium hydroxide associated to metronidazole. After 15 days, the root canals were filled with Fill Canal sealer. After 90 days, the animals were killed and the especimens processed for histological analysis. RESULTS: Calcium hydroxide dressing provided a significantly better outcome compared to other experimental groups (alpha = 0.01). Also, the results of the association of metronidazole and calcium hydroxide were similar to those observed for the metronidazole group. The worst results were obtained by the no root canal dressing group. CONCLUSION: The use of metronidazole alone or associated with Calcium hydroxide, did not improve periapical healing when compared to Calcium hydroxide dressing.


Um dos principais objetivos do tratamento endodôntico de dentes com polpa necrosada é a eliminação máxima possível dos microrganismos presentes no sistema de canal radicular, principalmente nos casos que apresentam lesões periapicais crônicas. OBJETIVO: O presente trabalho teve como objetivo analisar a resposta dos tecidos periapicais de dentes de cães com lesão periapical crônica ao tratamento endodôntico utilizando como curativo de demora o metronidazol, o hidróxido de cálcio e a associação das duas substâncias. METODOLOGIA: Foram empregados 44 canais radiculares de 2 cães adultos, portadores de lesão periapical crônica induzida experimentalmente. Após o preparo biomecânico os dentes foram divididos em quatro grupos experimentais de acordo com o curativo de demora empregado: Grupo I - controle - sem curativo de demora; Grupo II - hidróxido de cálcio; Grupo III - associação de hidróxido de cálcio e metronidazol e Grupo IV - metronidazol. Após 15 dias todos os canais foram obturados com cimento Fill Canal e passados 90 dias os animais foram sacrificados. RESULTADOS: Os dados obtidos evidenciaram que o hidróxido de cálcio apresentou resultado superior aos demais tratamentos, com diferença estatísticamente significante (alfa = 0.01) e o metronidazol resultado semelhante à associação do hidróxido de cálcio com o metronidazol. Os piores resultados foram obtidos pelo grupo sem curativo de demora. CONCLUSÃO: O uso de metronidazol ou da sua associação com hidróxido de cálcio, não proporcionou melhoras no reparo quando comparado ao curativo de hidróxido de cálcio.


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Hidróxido de Cálcio , Endodontia , Metronidazol , Tecido Periapical/lesões , Preparo de Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA