Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
2.
Periodontia ; 3(1): 127-32, jan.-jun. 1994. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-853548

RESUMO

No presente trabalho foi realizado um ensaio clínico com o objetivo de verificar a influência do uso de altas doses de ácido ascórbico no processo de acidificação da urina, que uma vez constatado indicaria toxicidade sistêmica da mesma. Os resultados obtidos foram então relacionados com a aplicabilidade clínica em Periodontia, tendo-se concluído que a dose de 4g/d, não levou a alterações do ph urinário de 24 horas, se comparado ao Grupo Controle, que recebeu doses usuais deste princípio ativo ou seja 1 g/d e mesmo com relação aos valores encontrados antes da administração da droga, podendo-se desta forma preconizar o seu uso clínico com segurança. Por outro lado, no GRUPO III, que recebeu a dose de 6 g/d observou-se uma ligeira redução do ph urinário, o que pode significar a sua não indicação como doses de rotina. Desta forma a dose de 4 g/d pode representar uma opção terapêutica viável, no sentido de se aprimorar a Terapêutica Periodontal que demande o suplemento desta Vitamina


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Adulto , Ácido Ascórbico/administração & dosagem , Ácido Ascórbico/toxicidade , Ácido Ascórbico/urina , Concentração de Íons de Hidrogênio , Doenças Periodontais , Anticoagulantes , Barbitúricos , Salicilatos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA