Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
2.
Natal; s.n; 2004. 142 p. ilus. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-407923

RESUMO

O carcinoma de células escamosas (CCE figura entre aslesões de maior interesse da região bucal e quando presente em língua exibe aspecto mais infiltrativo, curso clínico agressivo e prognóstico desfavorável, o que pode estar associado com maior potencial metastático. O presente trabalho investigou a expressão da B-catenina, metaloproteinase-7 (MMP-7) e da 26 (MMP-26) em CCE de língua e divididos em dois grupos: grupo metástico (n=12) e grupo sem metástase (n=12) os quais foram submetidos a marcação imunohistoquímica. Realizou-se uma análise semi-quantitativa no fronte invasivo tumoral e a imunoexpressão das proteínas foi categorizada como sendo negativa, positiva e fortemente positiva, atribuindo-se escores, 0 + e ++, respectivamente. A expressão para B-catenina demonstrou que 33 por cento dos casos foram escore "0", 50 por cento escore "+" e 17 por cento escore "++" no grupo metastatico; 42 por cento com escore "0", 33 por cento escore "+" e 25 por cento escore "++" no grupo sem metástase. Alem disso, a B-catenina demonstrou marcação ora restrita à membrana ora citoplasmática ou nuclear e, ainda, associação destas. Com relação à MMP-7, os resultados demonstraram padrão de marcaço idêntico nos dois grupos, onde 17 por cento dos casos exibiram escore "0, 50 por cento "+" e 33 por cento "++". Tratando-se de MMP-26, observaram-se 25 por cento com escore "0", 8 por cento "+" e 67 por cento escore "++" no grupo metatástico; 8 por cento com escore "0", 50 por cento "+" e 42 por cento escore "++" no grupo sem metástase. A análise estatística através dos testes U de Mann e Whitney e correlação de Spearmam não demonstrou nunhuma diferença significativa entre a expressão das proteínas nos dois grupos e, tampouco, correlação entre a expressão das mesmas. Diante destes dados, conclui-se que a expressão da B-catenina, MMP-7 e MMP-26 não constitui um método eficaz isolado para predizer o potencial metastatico dos CCE em língua


Assuntos
Humanos , Carcinoma de Células Escamosas/imunologia , Carcinoma de Células Escamosas , Imuno-Histoquímica , Língua/imunologia , Metaloproteinase 7 da Matriz , Metástase Linfática/imunologia , Neoplasias Bucais , Neoplasias da Língua , Estatísticas não Paramétricas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA