Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
2.
Rev. bras. odontol ; 59(4): 236-240, jul.-ago. 2002. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-321865

RESUMO

Utilizamos 36 ratos que tiveram o incisivo superior extraído e mantido em meio seco por 60 minutos. Após a biomecânica, os canais permaneceram vazios no grupo I, e nos grupos II e III foram preenchidos com pasta de hidróxido de cálcio utilizando-se um veículo aquoso e oleoso, respectivamente. Os dentes foram reimplantados e, após períodos de 10 e 60 dias, os animais foram sacrificados. Houve predominância de reabsorçäo inflamatória no grupo I. Menor incidência de reabsorçäo foi encontrada no grupo II no período inicial, aumentando no período final. As reabsorçöes encontradas no grupo III se mantiveram constantes aos 10 e 60 dias. Isso nos levou a concluir que tipo de veículo da pasta pode influir no reparo do dente reimplantado


Assuntos
Animais , Ratos , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Óleos/classificação , Óleos/uso terapêutico , Reimplante Dentário
3.
Rio de Janeiro; s.n; 2002. 134 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-351554

RESUMO

O objetivo do presente trabalho foi avaliar radiográfica, histológica e histobacteriologicamente o efeito da medicaçäo intracanal com o óleo ozonizado ou com a pasta de hidróxido de cálcio, paramonoclorofenol canforado e glicerina (HPG) no tratamento endodôntico de dentes despolpados com lesäo perirradicular associada. Foram utilizados 84 canais radiculares de pré-molares e incisivos inferiores de 6 cäes. Para a induçäo das lesöes perirradiculares, a polpa foi removida e o canal inoculado com Enterococcus faecalis, sendo os dentes em seguida selados coronariamente com resina composta fotopolimerizável por 90 dias. Decorrido este período foi realizado exame radiográfico e, uma vez constatado o desenvolvimento de lesäo perirradicular, procedeu-se o tratamento endodôntico. Os dentes submetidos ao tratamento endodôntico foram divididos em 3 grupos experimentais: tratamento dendôntico em sessäo única; tratamento em 2 sessöes com medicaçäo com HPG e tratamento em 2 sessöes com medicaçäo intracanal com óleo ozonizado. Como controles positivos foram utilizados os seguintes grupos: instrumentaçäo sem obturaçäo e dentes com infecçäo sem realizar tratamento; e como controle negativo, dentes com polpa viva tratados em sessäo única. Após o término do preparo químico-mecânico e decorridos 7 dias do curativo de demora com o óleo ozonizado ou com a pasta HPG, os canais foram obturados e as cavidades coronárias seladas com resina composta fotopolimerizável. Decorridos 180 dias após a obturaçäo, os dentes doram radiografados e os animais sacrificados por sobredose anestésica. As peças foram preparadas, fixadas em formalina a 10 por cento e posteriormente desmineralizadas em EDTA. Após o processamento histológico de rotina, os cortes com 5 µm de espessura foram corados por H. E. ou por Brown e Brenn. Tanto a análise radiográfica quanto a histolatológica e a histobacteriológica demonstraram que näo houve diferença significativa na resposta tecidual perirradicular aos dois medicamentos utilizados. Os resultados entäo sugerem que o óleo ozonizado tem o potencial de ser utilizado na endodontia como medicamento intracanal


Assuntos
Animais , Cães , Glicerol , Hidróxido de Cálcio/farmacologia , Necrose da Polpa Dentária/etiologia , Necrose da Polpa Dentária/induzido quimicamente , Necrose da Polpa Dentária/terapia , Óleos/classificação , Óleos/farmacologia , Ozônio/farmacologia , Tratamento do Canal Radicular , Dente não Vital
4.
JBC j. bras. clin. estet. odontol ; 3(16): 39-41, jul. 1999. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-415778

RESUMO

O óleo de copaíba é amplamente utilizado na medicina popular, principalmente na Região Norte e Nordeste, devido suas propriedades medicinais como antiinflamatório, antibacteriano, anestésico, cicatrizante no tratamento de feridas, infecções pulmonares e bronquite crônica. Realizou-se a cromatografia gasosa visando identificar os componentes desse óleo e a destilação para obtenção de suas frações (óleo essencial e a resina da Copaifera Multijuga) para, posteriormente, associá-los como veículos ao hidróxido de cálcio, sem interferir nas suas propriedades biológicas, introduzindo assim, este óleo na Odontologia


Assuntos
Óleos , Óleos/farmacologia , Hidróxido de Cálcio , Cromatografia , Veículos Farmacêuticos
5.
Odontol. mod ; 19(3): 6-10, maio-jun. 1992. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-852592

RESUMO

Este é um trabalho inicial, baseado somente em achados clínicos e radiográficos, com a finalidade de se encontrar mais uma terapêutica para auxiliar no tratamento das lesões periapicais. Através das diversas modalidades de cirurgia de periápice não se conseguiu uma resolução definitiva


Assuntos
Apicectomia , Experimentação Medicamentosa , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Óleos/uso terapêutico , Periodontite Periapical , Tecido Periapical
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA