Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
São Paulo; s.n; 20180000. 70 p.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1005333

RESUMO

Esta revisão teve como objetivo avaliar a eficácia do uso de enxaguatórios bucais pré-procedimento na redução do número de microrganismos disseminados pelo aerossol gerado pelos procedimentos odontológicos. Apenas ensaios clínicos randomizados (ECRs) foram incluídos. As bases de dados MEDLINE (PubMed), Google Acadêmico e LILACS foram pesquisadas para busca de artigos publicados até março de 2018. Foi realizada meta-análise de efeitos aleatórios da redução de unidades formadoras de colônia (UFCs) isoladas após realização de procedimentos odontológicos que geram aerossol. Dos 725 artigos potencialmente relevantes, 12 ECRs que estudaram a eficácia da clorexidina, óleos essenciais, cloreto de cetilpiridínio e produtos fitoterápicos foram incluídos. Todos os estudos mostraram que o enxaguatório bucal pré-procedimento promoveu redução significativa no número de UFCs. A Meta-análise mostrou que enxaguatórios bucais com óleos essenciais promoveram redução percentual média de 73,9% no número de UFCs. Nenhum dos estudos incluídos apresentou baixo risco de viés. Os resultados desta revisão permitem concluir que a realização de enxágue pré-procedimento reduz significativamente o número de microrganismos no aerossol.


Assuntos
Revisão , Aerossóis , Consultórios Odontológicos , Antissépticos Bucais
2.
Periodontia ; 21(2): 79-84, 2011. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-642359

RESUMO

Durante um atendimento odontológico há dispersão de respingos e aerossóis contendo microorganismos patogênicos, que podem ser transmitidos através da saliva, sangue e secreções bucais. O objetivo deste trabalho foi verificar o grau e a extensão da contaminação por aerossóis no ambiente odontológico em uma clínica de atendimento coletivo na ausência do fluxo normal de pessoas. Foram realizados procedimentos de raspagem supragengival com ultrassom em dez pacientes por cinco minutos, com intervalo de vinte minutos entre eles. Durante cada atendimento, placas de Petri contendo meio de cultura Ágar BHI (Brain Heart Infusion) suplementado com sangue de carneiro (5%) foram dispostas em cinco áreas do consultório odontológico. Um total de quarenta e cinco placas foi coletado e posteriormente incubado por 24 horas a 36ºC. Constatou-se crescimento bacteriano semelhante em todas as áreas, inclusive no encosto da cabeça da cadeira vizinha (p>0,05). Houve um predomínio de estafilococos (55,84%), seguidos de bacilos gram-positivos e gram-negativos (20,77%). Concluiu-se que mesmo em uma área restrita de atendimento e com a presença de barreiras físicas, ocorre contaminação via aerossóis além dos limites da área do consultório. Cuidados relacionados à biossegurança pelos operadores e circulantes e restrição de materiais nas bancadas próximas às áreas de atendimento são medidas importantes para evitar contaminação cruzada


During dental procedures, aerosols and droplets contaminated with pathogenic microorganisms may be transmitted through saliva, blood and oral fluids. Theaim of this study was investigate the degree and limits of contamination produced by aerosols in a multichair school clinic during a non attendance day. Supragingival scaling using ultrasonic device was done in ten patients at their anterior mandibular teeth during five minutes with twenty minutes interval between them. During each procedure blood agar plates were placed around the operatory area in five different positions and changed after each patient. A total of forty-five plates were collected and incubated for 24 h at 36ºC. There was similar bacterial growth in all areas, including neighborchair (p>0.05). Bacterial growth was present at all plates, and Stafilococus sp. were predominant (55.84%) followed by gram-positive and gram-negative rods (20.77%). Inspite of the limited amount of people at the clinic and the presence of barriers present between areas, a great amountof contaminated aerosols were detected beyond the limits of the chair. Safety measures should be taken for all personnel, even those positioned distant from the operative site


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Aerossóis , Poluição Ambiental , Ultrassom
4.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 13(4): 363-7, out.-dez. 1999. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-256276

RESUMO

A desinfecçäo de todo e qualquer molde obtido é medida de biossegurança obrigatória na atividade clínica. Täo importante quanto a desinfecçäo é a seleçäo do método e da soluçäo desinfetante a ser utilizada para cada material de moldagem. É imperativo que a capacidade de reproduçäo de detalhes, a estabilidade dimensional e o grau de umedecimento (ou "molhabilidade") näo sejam criticamente afetados. O propósito deste trabalho foi avaliar o grau de umedecimento de uma marca comercial de poliéter (Impregum F) por três diferentes marcas comerciais de gesso tipo IV (Herostone, Durone e Polirock), após sua desinfecçäo por aerossóis de hipoclorito de sódio 1 por cento (líquido de Milton) ou glutaraldeído 2 por cento (Glutalabor II). Foram confeccionados 45 moldes de poliéter, os quais, em grupos de 15, receberam aerossóis de água (Grupo Controle), Líquido de Milton ou Glutalabor II. Em seguida, sobre a superfície dos moldes foram confeccionados modelos de gesso tipo IV, em número de 5 para cada marca de gesso. Após seu seccionamento mediano e preparo da superfície de corte, os modelos foram levados ao microscópio Carl Zeiss para leitura do ângulo de contato. Os resultados obtidos permitiram concluir que: a) a capacidade de umedecimento do poliéter por diferentes marcas comerciais de gesso tipo IV variou para os gessos estudados; b) o gesso Durone adaptou-se melhor aos moldes de poliéter do que os gessos Herostone e Polirock; c) a desinfecçäo dos moldes com aerossóis de hipoclorito de sódio 1 por cento (líquido de Milton) ou glutaraldeído 2 por cento (Guatalabor) näo afetou a adaptaçäo entre os gessos e o poliéter


Assuntos
Aerossóis , Desinfecção , Modelos Anatômicos , Molhabilidade/efeitos dos fármacos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA