Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. ciênc. méd. biol ; 6(3): 282-289, set.-dez. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-530620

RESUMO

O objetivo deste estudo foi analisar o perfil HLA classe II em indivíduos portadores de periodontite agressiva localizada e generalizada e comparar com pacientes periodontalmente sadios (grupo controle, GC). As amostras foram compostas por 34 patientes com periodontite agressiva generalizada (média de idade = 29.4, DP ± 4.6), 8 patientes com periodontite agressiva localizada (23.9, DP ± 5.8) e 46 patientes-controle (média de idade 42.8. DP ± 8.6). As amostras foram analisadas pelo método PCR-SSP para análise de genótipo para HLA. As freqüências genéticas dos alelos HLA-DRB1* e HLA-DQB1* foram calculadas. Os resultados mostraram que os alelos HLA-DRB1*08 e -DQB1*04 estavam com sua freqüência significantemente aumentada (p < 0,05) na periodontite agressiva localizada. Sendo assim, podemos concluir que pode existir uma associação de suscetibilidade entre os alelos HLA-DRB1*08 e HLA-DQB1*04, separados ou em combinação, e a periodontite agressiva localizada.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Antígenos HLA , Periodontite
2.
RFO UPF ; 10(2): 97-102, jul.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-442600

RESUMO

Foi realizada neste estudo uma análise da expressão das proteínas ciclina B1, Rb1 (gene do retinoblastoma 1), P27 (proteina 27), BMP4 (proteina morfogenética do osso) e LCA (antígeno leucocitário comum), pelo método imunoistoquímico da dupla marcação, em 24 casos de lesões proliferativas gengivais, divididas em três grupos de acordo com suas características histopatológicas: Grupo I (granuloma piogênico), Grupo II (fibroma ossificante periférico) e Grupo III (granuloma piogênico com calcificações). O LCA foi empregado como primeiro anti-corpo primário em todos as espécimes. Os genes ciclina B1, P27 e Rb1 têm um papel crítico na regulação da transição das fases do ciclo celular e frequentemente estão alterados em várias entidades neoplásicas. Portanto, foi objetivo do presente trabalho a comparação da expressão de tais proteínas entre as três lesões para obter informações sobre a atividade proliferativa das células presentes no tecido. O anticorpo anti-BMP4 foi empregado com o objetivo de avaliar e comparar sua expressão no estroma das lesões que produzem material mineralizado. Os resultados demonstraram semelhança quanto à expressão das proteínas ciclina B1, Rb1, P27 e LCA nas lesões do Grupo 1 e do Grupo III e expressão distinta em relação as lesões do Grupo II. A expressão da proteína BMP4 nas lesões dos Grupos II e III sugere origens diferentes para o material mineralizado de tais lesões. A ausência de expressão da proteína BMP4 nas lesões do Grupo I confrima a ausência de células osteoprogenitoras em seu estroma


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Receptores de Proteínas Morfogenéticas Ósseas , Ciclina B , Quinases Ciclina-Dependentes , Fibroma Ossificante , Granuloma Piogênico , Antígenos HLA , Proliferação de Células
3.
Rio de Janeiro; s.n; 2005. 101 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-433611

RESUMO

Alelos de HLA têm sido associados com suscetibilidade e proteção, em pacientes com periodontite agressiva, em várias populações. Assim, o objetivo do presente estudo foi comparar o perfil dos alelos de HLA classe II, em pacientes com periodontite agressiva, grupo caso, (GP) generalizada (PAG) e localizada (PAL) com pacientes periodontalmente saudáveis, grupo controle, (GC). A amostra foi composta de 42 pacientes (média de idade = 28,4 ± 5,2) com PAG e PAL e 46 indivíduos (média de idade = 42,8 ± 8,6) do GC, incluindo brancos, negros e mestiços (brancos / negros / índios) de ambos os sexos, residentes do estado do Rio de Janeiro. O método de análise do genótipo HLA empregado foi o PCR-SSP. Foram calculadas as freqüências gênicas dos alelos, HLA-DRBI* e HLA-DQB1*, nos grupos caso e controle, nos grupos raciais e de gênero. O teste qui-quadrado e Kruskall Wallis foram usados para verificar diferenças de freqüências gênicas entre os grupos estudados. O valor de p foi estabelecido cm 0,05. Os resultados demonstraram, que o alelo HLA-DQBl*0301 (f.g.=21,7%, OR =0,43,p<0,05) foi de proteção para PA, mais evidente em negros (f.g =25% p<0,05). Em mestiços, homens e mulheres (caso x controle), o alelo HLA-DQB1*O2 foi associado com proteção (f.g = 34,4% x 13,3 %, p < 0,05). Os alelos HLA-DRBl*01 e/ou DRB1*O4 (OR 3,42, p < 0,05) foram significativamente associados com suscetibilidade, para mulheres com periodontite agressiva. Nos pacientes com PAL, a f.g do alelo HLA-DRB1*O8 foi 18,8%, enquanto os valores correspondentes para PAG e GC foram 2,9% e 2,2%, respectivamente (p < 0,05). HLA-DRB1*11 mostrou uma tendência para proteção em mulheres (OR = 0,31 p = 0,07). Concluímos que não existe uma associação absoluta entre suscetibilidade ou proteção de periodontite agressiva com alelos HLA, e isso pode estar relacionado a outras variáveis tais como, raça e gênero. No entanto, o conhecimento de alelos HLA é muito importante e pode ser útil nos casos individuais ou de agregação familiar de periodontite agressiva, auxiliando no diagnóstico, prognóstico e tratamento desta doença.


Assuntos
Humanos , Alelos , Suscetibilidade a Doenças , Antígenos HLA , Periodontia , Periodontite , Sequência de Bases , Brasil , Estudos de Casos e Controles , Distribuição de Qui-Quadrado , Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos , Reação em Cadeia da Polimerase
4.
RPG rev. pos-grad ; 2(3): 180-2, jul.-set. 1995.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-283525

RESUMO

Investigaçöes têm sido realizadas sobre a possível relaçäo entre as proteínas HLA (antígeno de leucócito humano) e as doenças periodontais. Baseados nesses fatos, os autores se propöem, através da revisäo da literatura atual, verificar a validade desses estudos, assim como a possível futura utilizaçäo desse método, objetivando a identificaçäo de algum tipo de doença periodontal


Assuntos
Humanos , Antígenos HLA , Doenças Periodontais , Periodontite
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA