Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Perionews ; 1(3): 271-276, jul.-set. 2007. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-836982

RESUMO

Esse estudo teve como objetivos comparar o fluxo salivar em pacientes químico-dependentes em recuperação com indivíduos que não fazem uso de drogas ou medicamentos e verificar a associação entre fluxo salivar e tempo de internação. Foi realizado exame do fluxo salivar em 48 indivíduos de ambos os sexos, 24 internados numa clinica privada de psiquiatria e dependência química no Município do Rio de Janeiro (Grupo 1) e outros 24 indivíduos, dentre pacientes e acompanhantes, abordados na sala de espera na FO-UFRJ e que se declararam não usuários de drogas ou medicamentos (Grupo 2). Analisando-se os resultados deste estudo, observou-se nos indivíduos do Grupo 1, com fluxo salivar maior ou igual a 0,7 ml/min, que a média do tempo de internação foi de 5,18 semanas, enquanto que, nos indivíduos com fluxo salivar menor que 0,7 ml/min foi de 18,14 semanas, indicando que o baixo fluxo salivar pode ser uma conseqüência do tempo de internação e do processo de recuperação. Concluimos que a interrupção do uso de drogas leva à normalidade da secreção do fluxo salivar. Entretanto, nos indivíduos com maior tempo de medicação, durante o tempo de internação, apresentavam fluxo salivar reduzido, possivelmente devido à utilização prolongada de medicamentos no processo de recuperação.


The study aim was to compare the salivary secretion in drug-dependent patients in recuperation to patients whose didn't use drugs or medications and verified the association between salivary and the time interned using medications. Salivary secretion of 48 patients, both sexies were examined, 24 interned in a privated clinic of psychiatry and drug-dependents in Rio de Janeiro city (Group 1) and 24 people (patients and companions) were in reception of odontology university of UFRJ. They declared not use any kind of drugs (Group 2). Results were analysed in this study and observed in Group 1, patients with salivary secretion less than 0,7 ml/min were interned 18,14 weeks, evidencing the hiposalivation is associated to time of patients been interned to time of recuperation. Drugs interruption give to patients normal salivary secretion, however the prolonged time interned suggested a decrease salivary secretion draw on a prolonged use of medications by recuperation treatment.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Usuários de Drogas , Psicotrópicos , Salivação/efeitos dos fármacos , Saliva/microbiologia
2.
Rev. ABO nac ; 9(6): 356-359, dez. 2001-jan. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-312790

RESUMO

Considerando que o uso de drogas psicotrópicas é crescente e gera vários problemas para o organismo, desenvolveu-se esta pesquisa com o objetivo de identificar os prejuízos para a saúde oral decorrentes deste hábito maléfico. Para isto foram realizados em grupos, conforme o tempo de interrupçäo do uso da drogas. Os resultados mostraram uma relaçäo direta entre o uso das drogas com danos à cavidade oral


Assuntos
Boca , Psicotrópicos/efeitos adversos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA