Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Periodontia ; 28(2): 19-23, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-908844

RESUMO

Introdução: A cirurgia bariátrica é o procedimento de eleição para tratamento da obesidade mórbida. Além da satisfatória perda de peso, indivíduos submetidos a essa cirurgia também apresentam modificações da saúde sistêmica, incluindo a bucal. O objetivo desse estudo foi avaliar, através de uma revisão sistemática de literatura, os efeitos da cirurgia bariátrica na condição periodontal. Metodologia: Essa revisão utilizou como critérios de inclusão: artigos recentes (últimos 06 anos), redigidos no idioma inglês e publicados em revistas internacionais indexadas ao PUBMED. Seis artigos foram elegíveis para síntese qualitativa. Discussão: A cirurgia bariátrica teve impactos negativos na saúde periodontal, com aumento da profundidade de sondagem, do índice de sangramento e da severidade da doença periodontal. Muitos fatores como o desenvolvimento de problemas ósseos, vômitos, medicações, alterações psicológicas, entre outros foram considerados associados ao agravamento da doença periodontal. Conclusão: A análise desses estudos permite concluir que os indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica apresentaram uma piora das condições periodontais nos primeiros meses após a cirurgia. O cirurgião-dentista deve ser inserido no grupo de abordagem ao paciente obeso e acompanhá-lo durante o pré e todas as fases do pós-operatório, com o objetivo de reduzir os possíveis danos ao periodonto. (AU)


Introduction: Bariatric surgery is the procedure of choice for patients with morbid obesity. In addition to satisfactory weight loss, individuals undergoing this surgery also present changes in systemic health, including oral modifications. The purpose of this study was to evaluate, through a systematic literature review, the effects of bariatric surgery on the periodontal condition. Methodology: This review used as inclusion criteria recent articles (last 06 years), written in English and published in international journals indexed to PUBMED. Six articles were eligible for qualitative synthesis. Discussion: Bariatric surgery had negative impacts on periodontal health, with increased probing depth, bleeding index and severity of periodontal disease. Many factors such as the development of bone problems, vomiting, medications and psychological changes, among others were considered causal for the worsening of periodontal disease. Conclusion: The analysis of these studies allows concluding that the individuals submitted to bariatric surgery presented periodontal compromise. The dentist should be included in the obese patient approach group and accompany him before and all phases after the postoperative period, in order to reduce possible damages to the periodontal and all oral health. (AU)


Assuntos
Processo Alveolar , Cirurgia Bariátrica , Cemento Dentário , Gastroplastia , Gengiva , Obesidade , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Patologia Bucal , Ligamento Periodontal , Periodonto
2.
ImplantNewsPerio ; 2(1): 108-116, jan.-fev. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-847088

RESUMO

Objetivo: tentar entender como as deficiências nutricionais no paciente pós-operatório à cirurgia bariátrica impactam a saúde oral e periodontal. Material e métodos: uma pesquisa na base de dados PubMed com os termos "by-pass gástrico e doenças periodontais", "cirurgia bariátrica e deficiências nutricionais", e "saúde bucal e obesidade" tentando esclarecer a relação com doença periodontal e as deficiências nutricionais. Resultados: foi realizada uma revisão de artigos sobre o fato da cirurgia bariátrica ser um procedimento cirúrgico indicado para o tratamento da obesidade mórbida e promover alteração da anatomia gastrintestinal, levando à perda de peso, diminuindo a absorção de açúcares, gorduras e outros nutrientes importantes, como vitaminas A, C, D, B12, cálcio e ferro, responsáveis pela regulação de muitas funções críticas no organismo e participantes efetivos na produção de colágeno e matriz óssea. Conclusão: a cavidade oral sofre complicações em vista dessa nova situação, e os dentistas precisam entender como essas deficiências podem afetar na doença periodontal, a fim de desenvolver estratégias de prevenção e tratamento para este novo grupo de população.


Objective: the aim of this article is try to understand how the nutritional deficiencies in the post-operative patient submitted to bariatric surgery impact on oral and periodontal health. Material and methods: a survey in PubMed database with these terms "gastric by-pass and periodontal diseases", "bariatric surgery and nutritional deficiencies" and "oral health and obesity" was done trying to clarify the relationship with periodontal disease. Results: bariatric surgery is a surgical procedure indicated for the treatment of morbid obesity and promotes an alteration of gastrointestinal anatomy leading to a marked weight loss by decreasing the absorption of sugars and fats, but other important nutrients such as decreased absorption of vitamins A, C, D, B12, calcium and iron, which are also responsible for the regulation of many critical functions in organism, and effectively participate in the production of collagen and bone matrix and an overview of papers about this topic was conducted. Conclusion: the oral cavity suffers complications from this new situation and dentists need to understand how these deficiencies may impact on periodontal disease in order to develop treatment and prevention strategies for this new population group.


Assuntos
Humanos , Cirurgia Bariátrica/efeitos adversos , Deficiências Nutricionais/tratamento farmacológico , Obesidade Mórbida/complicações , Obesidade Mórbida/cirurgia , Saúde Bucal , Doenças Periodontais
3.
Bauru; s.n; 2017. 97 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-880296

RESUMO

A obesidade e a síndrome metabólica têm aumentado em proporções preocupantes em nível mundial. Além das consequências sistêmicas, a obesidade e suas comorbidades também têm sido relacionadas com a condição bucal. O objetivo deste estudo foi identificar a progressão de lesões cariosas, presença de biofilme dentário, fluxo salivar e presença de saburra lingual em indivíduos eutróficos, sendo avaliados em dois momentos e portadores de síndrome metabólica antes e após a cirurgia bariátrica. A amostra foi constituída por 150 indivíduos, divididos em dois grupos: grupo controle (GC: 75) e grupo obeso (GO: 75), ambos avaliados em T0 e T1, sendo GC 6 meses após a primeira avaliação e GO 6 meses após a cirurgia bariátrica. A avaliação antropométrica dos indivíduos foi realizada por meio do IMC e circunferência da cintura. Os índices ICDAS II e CPOD foram utilizados para avaliar a progressão da cárie dentária. O método de fluorescência verde (QLF- Quantitative Light-induced Fluorescence) avaliou a perda mineral nas superfícies lisas dos dentes e presença de biofilme dentário. O fluxo salivar estimulado foi avaliado em mL/min. O Índice de Saburra Lingual foi utilizado para a avaliação da presença de saburra na língua. Para análise estatística, utilizou-se os testes Qui Quadrado, Exato de Fisher, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis e Regressão Logística Múltipla, adotando nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que houve diferença significativas entre os grupos, GC apresentou maior número de dentes hígidos (p=0,038) e dentes sem alteração no esmalte (p=0,005) quando comparado ao GO. Ao comparar GC e GO no T1, verificou-se que houve diferença significativa em relação ao CPOD (p<0,0001), dentes restaurados (p<0,0001) e área da lesão (Ws) (p=0,045), sendo as piores condições encontradas encontradas em GO. Observou-se que houve diferença significativa entre a perda mineral e quantidade de biofilme dentário por fluorescência entre os grupos, mas não entre T0 e T1. Diante dos resultados, podese concluir que indivíduos portadores de síndrome metabólica, comparado com os eutróficos, apresentam maior número de lesões cariosas antes e após a cirurgia bariátrica. No presente estudo a cirurgia bariátrica não interferiu na progressão das lesões cariosas, todavia, destaca-se a necessidade de abordagem multiprofissional e contínua, atuando na prevenção de doenças e atenção odontológica.(AU)


Obesity and the metabolic syndrome have increased in alarming proportions at world level. Apart from systemic consequences, obesity and its comorbidities have also been related to the oral condition. The aim of this study was to identify the caries lesion progression, presence of dental biofilm, the salivary flow and tongue coating in eutrophic individuals, being evaluated in two moments and individuals with metabolic syndrome before and after undergoing bariatric surgery. The sample consisted of 150 individuals divided into two groups: Control Group (CG: 75) and Obese Group (OG): 75, both evaluated in T0 and T1; CG being evaluated six months after T0, and EG, 6 months after bariatric surgery. Anthropometric assessment of individuals was made by means of BMI and waist circumference measurement. The ICDAS II and DMFT indices were used for evaluating the progression of dental caries. The Quantitative Light-induced Fluorescence (QLF) method, for evaluating mineral loss on the smooth tooth surfaces and the presence for dental biofilm. The stimulated salivary flow was evaluated in mL/min. The Winkel tongue coating index (WTCI) was used to evaluate the presence of tongue coating. For statistical analysis, the Chi- Square, Fishers Exact, Kruskal-Wallis and Multiple Logistic Regression tests were used, adopting a significance level of 5%. The results showed statistical difference between the groups: CG presented a higher; number of healthy teeth (p=0.038) and teeth without changes in enamel (p=0.005) when compared to OG. When comparing CG and EG after the second evaluation (T1), statistically significant difference was verified in relation to DMFT (p<0.0001), restored teeth (p<0.0001) and lesion area (Ws) (p=0.045), being the worst conditions found in OG. It was observed that there was a significant difference between mineral loss and the quantity dental biofilm by fluorescence between groups, but not between T0 and T1. In view of the results, the authors concluded that patients with metabolic syndrome, compared to eutrophic, have a higher number of caries lesions before and after bariatric surgery. In the present study, bariatric surgery did not influence in caries lesion progression, however, highlights the necessity to a continuous multi professional approach to acting in the prevention of diseases and dental care.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Cirurgia Bariátrica , Cárie Dentária/etiologia , Placa Dentária/etiologia , Síndrome Metabólica/complicações , Obesidade/complicações , Obesidade/cirurgia , Antropometria , Biofilmes , Estudos de Casos e Controles , Cárie Dentária/fisiopatologia , Placa Dentária/fisiopatologia , Síndrome Metabólica/fisiopatologia , Obesidade/fisiopatologia , Estudos Prospectivos , Espectrometria de Fluorescência/métodos , Resultado do Tratamento
4.
Bauru; s.n; 2017. 214 p. tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-880045

RESUMO

O princípio da dignidade humana e da proteção à saúde são decorrentes do direito fundamental à vida. São direitos definidos como prerrogativas mínimas sem as quais o cidadão não existiria dentro do estado democrático de Direito. O pluralismo e os tempos modernos evidenciam outros problemas para a humanidade e, dentre eles, está a obesidade. Trata-se de problema que decorre de um processo histórico, expondo que a alimentação humana mudou substancialmente com a crescente urbanização, somada ao fenômeno da globalização e a disseminação da cultura de consumo, fatores que foram predominantes para o aumento exponencial desta doença. Atualmente é problema grave de saúde pública mundial, que dependendo do país e de acordo com seu desenvolvimento, pode chegar a ser causa de discriminação social, vulnerabilidade e exclusão social. Nesse aspecto, na mesma medida em que a obesidade é crescente em todo mundo, as diversas formas de sanar tal questão também são presentes. Logo, evidencia-se naturalmente constatação do crescimento das chamadas cirurgias bariátricas e, como consequência óbvia de tal aumento, a possibilidade de erros médicos em tais intervenções também é cada vez mais crescente. A medicina é atividade que pela sua própria natureza envolve riscos e lida com o bem mais essencial e fundamental. Assim, o erro médico não pode ser apenado com benevolência. Quaisquer ofensas a tais direitos são repelidas pelo Poder Judiciário que, por meio do instituto da responsabilidade civil, evidencia as premissas básicas de prudência, perícia e diligência, expondo a necessidade de atitudes regulares dos profissionais ligados à atividade médica e o bom senso na apuração de eventual ilícito, bem com condenações justas e igualitárias, pautadas na análise técnica e específica a respeito da conduta do profissional, após a observância de todos os princípios éticolegais e processuais. Assim, neste trabalho busca-se apresentar a tutela jurisdicional da cirurgia bariátrica no que diz respeito a responsabilização do médico por erro, aplicando-se a teoria da responsabilização civil e apontando-se a natureza e a ocorrência dos erros que potencializam e embasam demandas judiciais, bem como os procedimentos regulares e recomendados com o objeto de prevenir a responsabilização.(AU)


The principles of human dignity and health protection are derived from the fundamental right to life. They are rights defined as the minimum prerogatives without which citizens could not exist within a democratic state. Pluralism and the modern times point to other issues for mankind, among them, obesity. This is a problem that derives from a historical process, evidenced by changes in human nutrition due to the ever-growing trend of urbanization, in addition to the phenomenon of globalization and we spread culture of consumption, which have been major factors for the exponential growth of this disease. In the present day it presents itself as a serious global public healthcare issue, and depending on which country and stage of development, may become the cause of vulnerability, social prejudice and exclusion. Meanwhile obesity has been shown to be growing worldwide, various means of addressing and solving this matter have also been made available. It may be verified a growth in the number of the so-called bariatric surgeries, and as a direct outcome, the enhanced possibility of medical failure during these procedures. The practice of medicine inherently involves risks while dealing with one´s most fundamental and essential belonging. Hence, medical failure cannot be taken lightly or benevolently. Any offenses to such rights are rebuked by the Judiciary, that bring forth the basic assumptions of prudence, skill and diligence through the institution of civil responsibility, pointing to the need for regular attitudes of medical-related professionals and proper reasoning when examining possible illicit, as well as fair and equal conviction, based on the specific technical analysis regarding the professional´s conduct, whilst observing all procedural, ethical and legal principles. Therefore, this publication intends to present the jurisdictional tutelage of bariatric surgery concerning the physicians accountability for his or her mistake by applying the theory of civil accountability, identifying the nature and occurrence of the errors that provoke or lay grounds for legal action, as well as the regular procedures advised in order to prevent accountability.(AU)


Assuntos
Humanos , Cirurgia Bariátrica/legislação & jurisprudência , Responsabilidade Civil , Erros Médicos/legislação & jurisprudência , Brasil , Responsabilidade Legal , Obesidade/cirurgia , Direitos do Paciente
5.
Bauru; s.n; 2017. 94 p. ilus, mapas, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-883075

RESUMO

A hipertensão e a obesidade têm sido descritas como graves problemas de saúde pública, tendo uma prevalência de obesidade no Brasil de 20%. Além de causar problemas sistêmicos, a hipertensão e a obesidade podem afetar as condições bucais. Diante disso, o objetivo deste estudo foi identificar doença periodontal em indivíduos obesos hipertensos e não hipertensos, no pré e pós-cirurgia bariátrica (CB), com seguimento de 12 meses. A amostra foi composta por 70 indivíduos distribuídos em dois grupos: grupo obeso com hipertensão (G01=35) e grupo obeso sem hipertensão (G02=35), ambos os grupos foram avaliados no pré e pós cirurgia bariátrica. A avaliação antropométrica dos indivíduos foi realizada através do IMC e circunferência da cintura. O sangramento a sondagem foi realizado por meio do índice de sangramento gengival, da profundidade de sondagem e do nível de inserção clínica e recessão gengival. Foi analisado o fluxo salivar não estimulado e estimulado para mensurar o volume (mL/min). Foram adotados os testes de Kruskal- Wallis, Mann-Whitney, Qui-quadrado e Exato de Fisher (p<0,05). O gênero feminino foi o mais prevalente na amostra avaliada, em ambos os grupos avaliados (G01=85,3%; G02=80%). O modelo ajustado utilizando regressão logística mostrou que apenas a idade (p<0,0001) e a recessão gengival (p=0,0320) foram determinantes na diferença entre os hipertensos e não hipertensos. O período de 12 meses (p=0,913), sexo (p=0,608), IMC (p=0,412), RCQ (p=0,577), profundidade média de bolsa (p=0,114), recessão máxima (p=0,236), escore de recessão (p=0,319), nível de inserção periodontal (p=0,486), escore de nível de inserção periodontal (p=0,074), cálculo (p=0,745), sangramento (p=0,172), fluxo salivar não estimulado (p=0,980), fluxo salivar estimulado (p=0,964) e escolaridade (p=0,448), não foram significativos. Concluiu-se que indivíduos obesos mórbidos com hipertensão arterial apresentam pior condição periodontal e que a CB não interferiu negativamente na saúde periodontal, dentro de cada grupo.(AU)


Hypertension and obesity have been described as serious public health problems as they have increased in alarming proportions both globally and nationally, with a prevalence of obesity in Brazil of 20%. In addition to causing systemic problems, hypertension and obesity can affect oral conditions. Therefore, the objective of this study was to identify periodontal disease in hypertensive and non-hypertensive obese individuals, before and after bariatric surgery (CB), with a follow-up of 12 months. The sample consisted of 70 individuals divided into two groups: obese group with hypertension (G01 = 35) and obese group without hypertension (G02 = 35), both groups were evaluated before and after bariatric surgery. The anthropometric evaluation of the individuals was performed through BMI and waist circumference. Bleeding was performed by means of gingival bleeding index, depth of probing and level of clinical insertion and gingival recession. The non-stimulated and stimulated salivary flow was analyzed to measure the volume (mL / min). The Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, Chi-square and Fisher Exact tests were used (p <0.05). The female gender was the most prevalent in the sample evaluated, in both groups (G01 = 85.3%, G02 = 80%). The adjusted model using logistic regression showed that only age (p <0.0001) and gingival recession (p = 0.0320) were determinants of the difference between hypertensive and non-hypertensive individuals. (P = 0.368), mean BMI (p = 0,412), BMI (p = 0,412), WHR (p = 0.577), mean bursal depth (p = 0,114), maximum recession (P = 0.745), bleeding (p = 0,172), non-stimulated salivary flow (p = 0,319), periodontal insertion level (p = 0,419), periodontal insertion level P = 0.980), stimulated salivary flow (p = 0.964) and schooling (p = 0.448), were not significant. It was concluded that morbidly obese individuals with arterial hypertension present worse periodontal conditions and that CB did not negatively affect periodontal health within each group.(AU)


Assuntos
Cirurgia Bariátrica , Hipertensão/epidemiologia , Obesidade Mórbida/epidemiologia , Obesidade Mórbida/cirurgia , Doenças Periodontais/epidemiologia , Distribuição por Idade , Antropometria , Brasil/epidemiologia , Índice Periodontal , Período Pós-Operatório , Período Pré-Operatório , Estudos Prospectivos , Distribuição por Sexo , Estatísticas não Paramétricas , Xerostomia/epidemiologia
6.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 37(2): 22-26, maio.-ago. 2016.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857038

RESUMO

Quando clinicamente a reeducação alimentar, uso de medicamentos e a prática de atividades físicas se torna ineficientes, a cirurgia bariátrica é a principal opção para tratamento da obesidade grau III. O paciente submetido à cirurgia bariátrica sofre mudanças anatômicas e fisiológicas que são realizadas durante o procedimento cirúrgico e juntamente com algumas deficiências nutricionais já presentes, resultam em uma diminuição maior ainda de vitaminas e minerais, dentre as principais estão o cálcio, vitamina B12, ferro e vitamina D. O objetivo deste estudo é verificar as deficiências nutricionais ocorridas devido à carência de nutrientes em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica a partir dos artigos publicados junto ao banco de dados Medline, Lilacs e Scielo, selecionadas publicações escritas desde o início do ano de 2000 até o ano de 2014. O paciente após realizar a cirurgia bariátrica deve ter um suporte nutricional durante todo o tempo de adaptação à nova rotina de alimentação, aprendendo a fazer escolhas de alimentos saudáveis e com valor nutricional adequado, prevenindo assim as deficiências nutricionais e obtendo um bom resultado do tratamento proposto


When clinically dietary reeducation, use of medications and physical activity becomes inefficient, bariatric surgery is the main option for the treatment of morbid obesity. The patient undergoing bariatric surgery suffers anatomical and physiological changes that take place during the surgical procedure and with some nutritional deficiencies already present, resulting in a greater decrease even of vitamins and minerals, among the most important are calcium, vitamin B12, iron and vitamin D. the aim of this study is to assess the nutritional deficiencies that occurred due to the lack of nutrients in patients undergoing bariatric surgery. Was carried out a literature search from articles published by the Medline, Lilacs and Scielo, selected publications written since the beginning of the year 2000 until the year 2014. The patient after performing bariatric surgery should have a nutritional support was held during all the time to adapt to new eating routine, learning to make healthy food choices and proper nutritional value, thereby preventing nutritional deficiencies and getting a good result of treatment


Assuntos
Cirurgia Bariátrica/efeitos adversos , Deficiências Nutricionais , Dietoterapia , Ingestão de Alimentos
7.
Bauru; s.n; 2016. 140 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-881836

RESUMO

A presente pesquisa, dividida em três estudos (EI, EII e EIII), objetivou investigar a influência da obesidade e da cirurgia bariátrica (CB) na ansiedade e na saúde bucal de candidatos à CB. Candidatos à CB constituíram os grupos experimentais (GE) dos três estudos e o grupo controle (GC) do EIII. GC dos EI e EII foram compostos por obesos que não buscavam tratamento para a obesidade e não obesos, respectivamente. Cada estudo foi composto por 100 indivíduos divididos em GE e GC. Em EI e EIII, tipos longitudinais prospectivos, GE e GC foram avaliados em duas etapas: GE - antes CB (T0) e um ano após CB (T1); GC - inicial (T0) e um ano após inicial (T1). Foram avaliadas as variáveis: fluxo salivar (em EI); profundidade de sondagem, recessão gengival, nível de inserção clínica, periodontite, cálculo e sangramento gengival (em EII); lesões iniciais de cárie dentária - LIC e sangramento gengival (em EIII). Características sociodemográficas, comportamentais e antropométricas, ansiedade (medida pelo Inventário de Ansiedade Traço-Estado - IDATE), e presença de diabetes/hipertensão foram utilizadas nos três estudos. Para a análise dos dados foram utilizados os testes Exato de Fisher, Qui-quadrado, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis (Dunn), e two-way Anova (Sidak), além de análises de regressão, linear e logística, e cálculos de risco relativo (RR) e taxa de incidência (IR). O nível de significância foi de 5%. Em ambos os EI e EIII, estado e traço de ansiedade não diferiram entre GC e GE, nem entre T1 e T0. No entanto, GC, em EII, apresentou maior ansiedade-traço do que GE (p = 0,0004). Em El, fluxo salivar não foi influenciado nem pelos grupos (p = 0,29) nem pelo tempo (p = 0,81). Em EII, GE teve mais casos de profundidade de sondagem entre 4 a 5 mm (p = 0,0006) do que GC, mas a presença de sangramento gengival foi mais frequente no GC (p = 0,0139). Em EIII, o número de dentes com LIC (p = 0,0013) e sangramento gengival (p = 0,0096) aumentou após um ano de CB. No entanto, CB não foi considerada fator de risco para LIC (RR = 0,86, p = 0,3439) e sangramento gengival (RR = 1,14, p = 0,4008). Concluiu-se que ambos os indivíduos, obesos e bariátricos, mostraram vulnerabilidade aos desfechos estudados, sendo necessária a participação do profissional de odontologia na equipe de atendimento a esses pacientes.(AU)


The present study was designed to observe the influence of obesity and bariatric surgery (BS) in anxiety and oral health of BS candidates. It was divided into 3 experimental designs (EI, EII and EIII). BS candidates constituted the experimental groups (EG). Control group (CG) of EI and EII were obese subjects not seeking treatment for obesity and non-obese subjects, respectively. Each study was composed of 100 subjects divided into EG and CG. In EI and EIII, both prospective longitudinal studies, EG and CG were evaluated in two stages: EG - before BS (T0) and one year after BS (T1); CG - baseline (T0) and one year after baseline (T1). The following outcomes were evaluated: salivary flow (only in EI); probing depth, gingival recession, clinical attachment level, periodontitis, calculus and gingival bleeding (for EII); initial lesions of dental caries ILDC, and gingival bleeding (for EIII). Sociodemographic, behavioral, anthropometric characteristics and the presence of diabetes/hypertension were determined in all experiments. Anxiety was measured by State-Trait Anxiety Inventory. Data analysis was performed by Exact Fisher, Chi-square, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis (Dunn), and two-way Anova (Sidak) tests. In addition, linear and logistic regression analysis and calculations of relative risk (RR) and incidence rate (IR) were also used. Significance level was set at 5%. In both EI and EIII, state and trait anxiety did not differ between CG and EG, nor among T1 and T0. However, CG showed higher trait anxiety than EG (p=0.0004) in EII. In EI, salivary flow was not influenced by groups (p = 0.29) or time (p = 0.81). In EII, EG had more cases of probing depth between 4 to 5 mm (p = 0.0006) than CG, but the presence of gingival bleeding was more frequent in CG (p = 0.0139). In EIII, the number of teeth with ILDC (p = 0.0013) and gingival bleeding (p = 0.0096) increased after one year of BS. However, BS was not considered a risk factor for ILDC (RR = 0.86, p = 0.3439), and gingival bleeding (RR = 1.14, p = 0.4008). It was possible to conclude that both obese and BS subjects showed vulnerability to the studied outcomes, requiring dental professionals on care-staff to treat these patients.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Ansiedade/epidemiologia , Cirurgia Bariátrica/psicologia , Cárie Dentária/epidemiologia , Obesidade/epidemiologia , Obesidade/psicologia , Periodontite/epidemiologia , Salivação/fisiologia , Análise de Variância , Ansiedade/fisiopatologia , Brasil/epidemiologia , Estudos de Casos e Controles , Obesidade/fisiopatologia , Saúde Bucal , Índice Periodontal , Periodontite/fisiopatologia , Fatores de Risco , Estatísticas não Paramétricas
8.
Bauru; s.n; 2016. 86 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-881840

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar o limiar de dor a pressão (LDP) e a percepção de dor orofacial através do teste de fadiga mastigatória após um período de inatividade da mastigação. Estudo caracterizado como de coorte, prospectivo e observacional. Composto por 30 indivíduos obesos mórbidos, divididos em dois grupos. Experimental (GE) (n=15) que foram submetidos a cirurgia bariátrica e Controle (GC) (n=15) que se apresentavam na fase pré cirúrgica. O Limiar de Dor a Pressão e a Escala de Análise Visual (EAV) foram adotados como testes para compor a avaliação de fadiga mastigatória. Os dados foram registrados em dois tempos distintos para ambos os grupos, com um intervalo de 37 dias entre as coletas. No entanto, apenas o GE foi submetido a inatividade mastigatória. Empregou-se o teste de Shapiro-Wilk para avaliar a normalidade dos dados e adotou-se ANOVA mista de medidas repetidas (dados paramétricos) e o teste de Friedman (dados não paramétricos) para identificar diferenças intragrupos e para comparar os valores de LDP observados antes e depois da cirurgia bariátrica foram empregados o teste t de Student para amostras pareadas (dados paramétricos) e o teste de Wilcoxon pareado (dados não paramétricos) considerando-se uma probabilidade de erro do tipo I () de 0,05. Para o GE, os níveis do LDP apresentaram uma redução significativa e a percepção de dor aumentou durante o teste de fadiga mastigatória quando avaliado após o período de inatividade da mastigação. Outro dado observado foi a não recuperação dos níveis do LDP e EAV após a o teste de fadiga, no qual os níveis não retornaram aos registros iniciais como no período pré cirúrgico. Diante dos dados avaliados no teste de fadiga mastigatória, o Limiar de Dor a Pressão apresentou reduções significativas, caracterizando o aumento da sensibilidade à palpação nos músculos avaliados, após o período de inatividade mastigatória de 37 dias. Ao passo que houve aumento na percepção de dor orofacial dos pacientes obesos mórbidos no mesmo período de avaliação.(AU)


The aim of this study was to evaluate the pressure pain threshold (PPT) and the perception of orofacial pain through masticatory fatigue test after a period of inactivity of mastication. Study characterized as a cohort, prospective, observational. Composed of 30 morbid obese subjects, separated into two groups: Experimental (EG) (n = 15) were submitted to bariatric surgery and Control (CG) (n = 15) pre surgical procedure. The Pressure Pain Threshold and Visual Analysis Scale (VAS) have been adopted as testing to compose the evaluation of masticatory fatigue. Data were recorded at two different times for both groups, with an interval of 37 days between the analyses. However only the EG was subjected to masticatory inactivity. The Shapiro-Wilk test was employed to assess the normality of the data and adopted mixed repeated measures ANOVA (parametric data) and the Friedman test (nonparametric data) to identify intergroup differences and to compare the PPT values observed before and after bariatric surgery were used the Student t test for paired samples (parametric data) and Wilcoxon test (nonparametric data) considering a probability of error type I () of 0.05. For EG, the PPT levels showed a significant reduction and the perception of pain increased during the masticatory fatigue test when evaluated after a period of inactivity of mastication. Another fact observed was the non-recovery of the PPT and VAS levels after the fatigue test, in which the levels did not return to the original records as the surgical pre surgical procedure. According the data evaluated in the masticatory fatigue test, the pain threshold to pressure showed significant reductions, featuring increased tenderness to palpation in the muscles evaluated after masticatory inactivity period of 37 days. Whereas there was an increase in the perception of orofacial pain of morbidly obese patients in the same period of evaluation.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cirurgia Bariátrica , Dor Facial/fisiopatologia , Mastigação/fisiologia , Músculos da Mastigação/fisiopatologia , Fadiga Muscular/fisiologia , Obesidade Mórbida/cirurgia , Limiar da Dor/fisiologia , Análise de Variância , Obesidade Mórbida/fisiopatologia , Estudo Observacional , Medição da Dor , Período Pós-Operatório , Período Pré-Operatório , Estudos Prospectivos , Estatísticas não Paramétricas , Fatores de Tempo
9.
Rio de Janeiro; s.n; 2016. 53 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1099518

RESUMO

Este estudo teve como objetivo comparar pacientes submetidos a cirurgia bariátrica com e sem tratamento bucal. A metodologia utilizada foi de questionários com dados gerais do paciente (anamnese e exame clínico), questionário de autopercepção da saúde bucal dos pacientes (OHIP-14), questionário de hábitos alimentares, testes salivares, índice para erosão dentária (BEWE) e índices periodontais. O resultado mostrou que os grupos tratados pelo cirurgião-dentista apresentaram ganhos como: em autopercepção da saúde bucal (questionário OHIP-14), em melhora dos problemas periodontais e confirmaram uma diminuição de pH e aumento de frequência de vômitos em pacientes pós cirúrgicos. Assim, baseados nos achados desta pesquisa, conclui-se que a Doença do Refluxo Gástrico Esofágico (DRGE), é um fator de risco, também, nos bariátricos. Foi realizado estudo experimental, controlado, não randomizado, com um acompanhamento de até seis meses de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. O estudo foi composto por pacientes que estavam em tratamento no Centro Multidisciplinar de Tratamento da Obesidade (CMTO) Barra da Tijuca, Rio de Janeiro e Centro de Nova Iguaçu. Participaram da pesquisa 101 pacientes divididos em quatro Grupos. Grupo 1 com 40 pacientes obesos pré-cirúrgicos, Grupo 2, 29 (perda de 11) reavaliados póscirurgicamente seis meses depois. Grupo 3 com 20 pacientes, que se distingue do 1 e 2, por passarem por tratamento odontológico profilático e o mesmo grupo tratado, foi avaliado e chamado de grupo 4, com 17 pacientes (perda de 3) reavaliados, seis meses após. A análise de Dados, para realização dos testes, foi utilizado o teste K-S, os dados não são normalmente distribuídos (p < 0,05%). Foi então utilizada a distribuição t de Student para determinação dos intervalos de confiança para a média, o teste de Mann-whitney (significância p > 0,05) mostrou diferença significativa entre os grupos Gr3 e Gr4 no teste salivar. O programa analítico foi o Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 16.0 for Windows (NESC/UFRJ). Foram considerados significativos valores numéricos de P 0,05


This study aimed to compare patients who underwent bariatric surgery with and without oral treatment. The methodology used was questionnaires with general data of the patient (anamnesis and clinical examination), questionnaire of self-perception of patient's oral health (OHIP-14), eating habits questionnaire, salivary tests index for dental erosion (BEWE) and periodontal indexes. The results showed that the groups treated by a dentist showed gains as self-perception of oral health (OHIP-14 questionnaire), in improvement of the periodontal problems and confirmed a decrease in pH and an increase in vomiting frequency in post surgical patients. Thus, based on this research findings, it could be concluded that the inclusion of a dentist in the treatment team of patients undergoing bariatric surgery should be encouraged. Morbid obesity has become a public health problem, from the change in dietary habits of the 21st Century. An experimental controlled and non-randomized study, with a follow-up to six months in patients undergoing bariatric surgery was performed. The study consisted of patients who were being treated at the Multidisciplinary Center for Treatment of Obesity (CMTO). The participants were 101 patients divided into four groups. Group 1 with 40 pre-surgical obese patients; Group 2, 29 Patients (loss of 11) post-surgically re-evaluated after 6 months. Group 3 with 20 patients, which distinguishes the 1 and 2 by passing through oral treatment. Group 4 with 17 patients (loss of 3) evaluated six months after.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Erosão Dentária/etiologia , Refluxo Gastroesofágico/complicações , Refluxo Laringofaríngeo/complicações , Sensibilidade da Dentina , Cirurgia Bariátrica/efeitos adversos
10.
Bauru; s.n; 2016. 82 p. graf, ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-879415

RESUMO

O tecido adiposo pode regular o metabolismo ósseo e estar envolvido na fisiopatologia da osteoporose, sendo este fator determinante no sucesso de tratamentos reabilitadores com implantes dentários osseointegrados. O presente estudo de coorte prospectivo teve como objetivo verificar o padrão ósseo alveolar por meio de índices radiomorfométricos da radiografia panorâmica e medidas lineares realizadas em radiografias periapicais, em pacientes eutróficas e obesas mórbidas antes e após a cirurgia bariátrica. A amostra foi constituída por 31 mulheres com idade de 20 a 35 anos, sendo divididas em 2 grupos: Grupo Experimental (GE-Obesas de Grau III, IMC >40 Kg/m2) e Grupo Controle (GC- Eutróficas, IMC 18,5 a 24,99 Kg/m2). Foram avaliadas 20 eutróficas e 11 obesas mórbidas no pré e pós-cirurgia bariátrica (6 meses). Índices radiomorfométricos e de placa dentária foram avaliados nos tempos T0 (baseline) e T1 (6 meses). Na análise radiográfica foram avaliados o padrão trabecular através da escada visual de Lindh e a perda óssea por meio do cálculo da distância da junção cemento-esmalte à crista óssea, em radiografias periapicais. Já as radiografias panorâmicas para mensurar Índice da Cortical Mandibular (ICM), Índice Mentoniano (IM) e Índice Panorâmico Mandibular (IPM), além do índice de Placa de Turesky. Houve perda óssea significativa em T1 nas pacientes submetidas à cirurgia bariátrica, quando comparada com as eutróficas (p<0,05). O padrão trabecular tornou-se mais esparso após a cirurgia apresentando uma diferença visual. No índice de placa foi observada uma ligeira melhora após a cirurgia e os eutroficos mantiveram valores similares ao longo do tempo. Pode-se concluir que pacientes obesas apresentam maior perda óssea, a qual piora após a cirurgia bariátrica, quando comparada com o de pacientes eutróficas. O mesmo acontecendo com o trabeculado ósseo que se torna mais esparso após a cirurgia bariátrica.(AU)


Adipose tissue can regulate bone metabolism and be involved in the pathophysiology of osteoporosis, being this determinant factor in the success of rehabilitative treatments with osseointegrated dental implants. The present prospective cohort study aimed to verify the alveolar bone pattern through radiomorphometric indices of panoramic radiography and linear measurements performed in periapical radiographs in eutrophic and morbidly obese patients before and after bariatric surgery. The sample consisted of 31 women aged 20-35 years old, divided into 2 groups: Experimental Group (GE-Obesas de Grade III, BMI> 40 Kg / m2) and Control Group (GC-Eutrophic, BMI 18.5 To 24.99 kg / m2). 20 eutrophic and 11 obese morbidities were evaluated in the pre and postoperative bariatric surgery (6 months). Radiomorphometric and plaque indices were evaluated at T0 (baseline) and T1 (6 months) times. In the radiographic analysis the trabecular pattern through the Lindh visual ladder and the bone loss were evaluated by calculating the distance from the cemento-enamel junction to the bone crest in periapical radiographs. Panoramic radiographs were used to measure the Mandibular Cortical Index (ICM), Mentonian Index (IM) and Panoramic Mandibular Index (MPI), in addition to the Turesky Plate index. There was a significant loss of bone in T1 in patients submitted to bariatric surgery, when compared to eutrophic patients (p <0.05). The trabecular pattern became more sparse after surgery with a visual difference. The plate index showed a slight improvement after surgery and the eutrophic maintained similar values over time. It can be concluded that obese patients present greater bone loss, which worsens after bariatric surgery, when compared to that of eutrophic patients. The same happens with the trabecular bone that becomes more sparse after bariatric surgery.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Perda do Osso Alveolar/etiologia , Perda do Osso Alveolar/fisiopatologia , Processo Alveolar/fisiopatologia , Cirurgia Bariátrica , Obesidade Mórbida/complicações , Obesidade Mórbida/fisiopatologia , Perda do Osso Alveolar/diagnóstico por imagem , Processo Alveolar/diagnóstico por imagem , Análise de Variância , Estudos de Casos e Controles , Obesidade Mórbida/cirurgia , Estudos Prospectivos , Radiografia Panorâmica , Fatores de Risco
11.
Bauru; s.n; 2015. 140 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867428

RESUMO

Objetivou-se avaliar as condições periodontais e de higiene bucal, qualidade de vida e satisfação geral com a vida em pacientes obesos diabéticos e não diabéticos submetidos à cirurgia bariátrica (CB). Estudo observacional longitudinal prospectivo que contou com amostra inicial de 150 indivíduos (G1- obesos diabéticos n=50; G2-obesos não diabéticos, n=50 e G3-eutróficos, n=50). G1 e G2 foram submetidos à CB e avaliados após seis (PO 6m, G1-n=18; G2-n=34) e 12 meses (PO 12m, G1-n=10; G2-n=15). Utilizou-se Índice de Massa Corpórea (IMC), Circunferências da Cintura (CC) e Quadril (CQ) e Relação Cintura-Quadril (RCQ). Os exames bucais foram realizados por um examinador (Kappa>0,81), avaliando sangramento (S), profundidade de sondagem (PS), nível de inserção clínica (NIC), índice de placa (IP), gengivite, periodontite e dentes perdidos. Aplicouse OHIP-14 e Escala de Satisfação com a Vida (SV), além do registro das condições socioeconômicas, hábitos e história médica. Na análise dos dados foram aplicados Análise de Variância pós teste Tukey, Kruskal-Wallis pós teste Dun, Friedman, teste t-Student, Mann-Whitney, Odds ratio, intervalo de confiança 95%, Qui-quadrado e correlação de Pearson (p<0,05). O gênero feminino foi o mais prevalente G1- 80,00%; G2-90,00%; G3-80,00%) e idade média foi 43,48±8,99-G1, 38,70±8,52-G2 e 40,22±12,35-G3. Houve diferença quanto à escolaridade, ocupação, renda, hipertensão e etilismo (p<0,05). Os obesos apresentaram maior PS e IP (p<0,05), porém G1 apresentou maior percentual de S (p<0,05). A periodontite esteve associada ao DM (OR= 3,67; IC 95%= 1,80-7,48; p= 0,000). O impacto bucal na QV foi baixo e a SV não diferiu entre os grupos (p>0,05). Após a CB, houve redução das medidas antropométricas e IP em G1 e G2 (p<0,05) e melhora na SV (p>0,05). A QV foi correlacionada com idade (r=0,165; p=0,043) e dentes perdidos (r=0,446; p=0,000); SV correlacionou-se com RCQ (r=0,196; p=0,016) e IP (r=-0,201; p=0,013). Após a CB, SV correlacionou-se...


The objective was to evaluate the periodontal conditions and oral hygiene, quality of life and overall satisfaction with life in diabetic and non-diabetic obese patients undergoing bariatric surgery (BS). Prospective longitudinal observational study which included initial sample of 150 subjects (G1- diabetic obese n = 50; non-diabetic obese G2, n = 50 and G3-eutrophic, n = 50). G1 and G2 were subjected to BS and evaluated after six (PO 6m, n = 18, G1, G2, n = 34) and 12 months (PO 12m, n, G1 = 10, G2 = 15-n). Body Mass Index (BMI), waist circumference (WC) and hip (QC) and Waist-Hip Ratio (WHR) were used. Oral examinations were performed by one examiner (kappa> 0.81), evaluating bleeding (B), probing depth (PD), clinical attachment level (CAL), plaque index (PI), gingivitis, periodontitis and tooth loss. OHIP-14 and Satisfaction with Life Scale (LS) were applied, besides the registration of socioeconomic, habits and medical history conditions. In the data analysis were applied ANOVA post hoc Tukey, Kruskal-Wallis post hoc Dun, Friedman, Student t test, Mann-Whitney, odds ratio, 95% confidence interval, chi-square and Pearson correlation (p <0.05). Females were the most prevalent G1-80,00%; G2-90,00%; G3-80,00%) and mean age was 43.48 ± 8.99-G1, 38.70 ± 8.52-G2 and 40.22 ±12.35-G3. There were differences regarding education, occupation, income, hypertension and alcohol consumption (p <0.05). Obese had higher PD and (p <0.05), however G1 showed higher percentage of S (p <0.05). The periodontitis was associated with DM (OR = 3.67; 95% CI = 1.80 to 7.48; p = 0.000). The oral impact on QOL was low and LS did not differ between groups (p> 0.05). After the CB, there was a reduction of the anthropometric measurements and PI in G1 and G2 (p <0.05) and improved LS (p> 0.05). QOL was correlated with age (r = 0.165; p = 0.043) and missing teeth (r = 0.446; p = 0.000); LS correlated with WHR (r = 0.196; p = 0.016) and PI (r = -0.201; p = 0.013)...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cirurgia Bariátrica/psicologia , Diabetes Mellitus/psicologia , Doenças Periodontais/psicologia , Higiene Bucal/psicologia , Obesidade/psicologia , Qualidade de Vida/psicologia , Análise de Variância , Antropometria , Inquéritos de Saúde Bucal , Diabetes Mellitus/fisiopatologia , Doenças Periodontais/fisiopatologia , Estudo Observacional , Obesidade/fisiopatologia , Satisfação do Paciente , Estudos Prospectivos , Resultado do Tratamento
12.
Bauru; s.n; 2015. 147 p. graf, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867411

RESUMO

A obesidade é um grave problema de saúde pública, adquirindo características de epidemia mundial. A saúde bucal é agravada pela presença da obesidade e da síndrome metabólica. A perda dentária prejudica a função mastigatória, condição essencial para o paciente que será submetido à cirurgia bariátrica. Este estudo teve por objetivo avaliar parâmetros epidemiológicos e laboratoriais relacionados à função mastigatória, em pacientes candidatos à cirurgia bariátrica, de classes socioeconômicas distintas, a fim de identificar fatores de risco e influência da condição socioeconômica para a mesma. Trata-se de um estudo observacional transversal, com amostra constituída por dois grupos de pacientes, com condições socioeconômicas distintas, um pertencente ao sistema público de saúde (GSUS) e outro à clínica privada (GCP), candidatos à cirurgia bariátrica. Foram analisadas as condições gerais de saúde, incluindo dados antropométricos, comorbidades presentes (hipertensão arterial, diabetes mellitus, apneia do sono, dislipidemias e artropatias) e uso de medicamentos (anti-hipertensivos, hipoglicemiantes orais, insulina, sinvastatinas, diuréticos, vasodilatadores e antiagregantes plaquetários). Dados de exames laboratoriais (hemoglobina, ferritina, proteínas totais, albumina, colesterol total, glicemia, triglicérides), dos hábitos (tabagismo e etilismo) e o número de unidades funcionais dentárias presentes foi analisado (função mastigatória). Os testes adotados foram Qui-quadrado, ANOVA, Goodman, Regressão Logística Múltipla e Bonferroni. Os grupos GSUS e GCP foram homogêneos quanto ao gênero e faixa etária. Quanto à média de unidades funcionais dentárias, foi maior no grupo privado (p<0,001). A função mastigatória prejudicada foi mais presente no grupo público feminino (p<0,001). Quanto aos exames laboratoriais, a glicemia de jejum foi mais frequentemente alterada no GSUS feminino (p<0,001). Ter origem no serviço público de saúde (OR: 8,420 - p=0,003), maior idade...


Obesity can be labeled as a worldwide outbreak thus, it has led to a serious public health problem. Oral health can be worsened if it is combined with obesity and metabolic X syndrome. The tooth loss usually harms masticatory function, essential status to whom will be submitted to bariatric surgery. This study aimed to assess epidemiologic parameters and blood tests concerning the number of dental functional units, in patients applying to bariatric surgery, who belong to distinct socioeconomic class range, in order to recognize hazard factors and the bias of this condition over them. Observational cross-section study, with samples comprised by two groups of patients, with distinct socioeconomic class range, one of them belonging to public health system (SUSG) and the other to private clinic (CPG), applicants to bariatric surgery. It was assessed the general healthy conditions, including anthropometric data, comorbidities (hypertension, diabetes mellitus, sleep apnea, dyslipidemias and arthropathy) and medicines usage (antihypertensive, oral hypoglycemic agents, insulin, simvastatin, diuretics, vasodilators and platelet antiaggregant). Blood tests data (hemoglobin, ferritin, protein, albumin, total cholesterol, glycaemia, triglycerides), habits (smoking and alcoholism) and the number of dental functional units presents (masticatory function). The tests applied were Chi-Square, ANOVA, Goodman, Multivariable Logistic Regression e Bonferroni. The groups SUSG and CPG were homogeneous taking into account gender and age range. Regarded as the number of dental functional units, was higher in the private group (p<0.001). The impaired masticatory function was rather present among female public group (p<0.001). Regarded as blood tests, fasting glycaemia were mainly above in female SUSG patients (p<0,001). The following hazard factors have corroborated to have patients rated as impaired masticatory function: Belong to public service (OR: 8.420, p=0.003), higher aging...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Cirurgia Bariátrica/estatística & dados numéricos , Obesidade/epidemiologia , Perda de Dente/epidemiologia , Fatores Etários , Análise de Variância , Brasil/epidemiologia , Mastigação/fisiologia , Obesidade/complicações , Perda de Dente/etiologia , Fatores de Risco , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos
13.
Bauru; s.n; 2013. 147 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866654

RESUMO

Esta pesquisa objetivou avaliar as alterações bucais, como cárie dentária, doença periodontal, desgaste dentário e fluxo salivar em pacientes bariátricos. A amostra foi constituída por 21 pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica e acompanhados após 3 (3M), 6 (6M) e 12 (12M) meses, e por 16 pacientes não obesos submetidos à colecistectomia (GC). As condições bucais avaliadas foram: cárie (CPOD e ICDAS II), doença periodontal (IPC), desgaste dentário (IDD) e o fluxo salivar. Os questionários BAROS e OIDP foram utilizados para verificar a qualidade de vida e o impacto da saúde bucal. Os testes de Mann-Whitney, Friedman, Wilcoxon e Coeficiente de Correlação de Spearman foram aplicados (p<0,05). O CPOD médio foi de 18,0±3,4; 18,7±3,4; 18,9±4,6; 19,0±4,5 e 14,8±7,2 para PRÉ, 3M, 6M, 12M e GC, respectivamente (p>0,05). Após a cirurgia bariátrica os pacientes apresentaram aumento significativo na incidência de lesões cariosas iniciais (PRÉ= 28,6%; 3M= 4,8%; 6M=42,8%; 12M= 71,4%; e GC=75,0%). A condição periodontal não se alterou após a cirurgia bariátrica (bolsa periodontal- PRÉ= 57,1%, 3M= 52,4%; 6M= 38,1%; 12M= 76,2%; GC= 31,2%) (p>0,05). Todos os pacientes apresentaram algum grau de desgaste dentário, sendo que os valores IDD foram PRÉ=1,3±0,2; 3M=1,3±0,3; 6M=1,4±0,3; 12M=1,4±0,3 e GC=1,5±0,3. Incidência e severidade de desgaste dentário aumentaram após a cirurgia bariátrica (p= 0,000). A média do fluxo salivar não sofreu alteração após a cirurgia bariátrica e foi maior quando comparada ao GC (p>0,05). Houve correlação apenas entre redução do fluxo salivar e desgaste dentário no 12M (r= -0,458; p<0,05). De acordo com o protocolo BAROS, os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica relataram que sua qualidade de vida melhorou após procedimento cirúrgico, verificou diferença significativa apenas entre os períodos 3M e 12M (p=0,003). Verificou-se que impacto da saúde bucal na qualidade de vida dos pacientes após a cirurgia bariátrica é menor...


The aim of this study was to evaluate oral health changes such as dental caries, periodontal disease, dental wear and salivary flow in bariatric patients. The sample consisted on 21 obese patients who had been submitted to bariatric surgery and followed up for 3 (3M), 6 (6M) and 12 (12M) months and also on 16 patients not obese submitted to cholecystectomy (CG). Oral conditions evaluated: dental caries (DMFT and ICDAS II), periodontal disease (CPI), dental wear (DWI) and salivary flow. Such BAROS as OIDP surveys were utilized to verify quality of life and oral health impact. Mann-Whitney, Friedman, Wilcoxon and Spearman`s Correlation Coefficient tests were applied (p<0.05). The mean of DMFT was 18.0±3.4; 18.7±3.4; 18.9±4.6; 19.0±4.5; and 14.8±7.2 to PRE, 3M, 6M, 12M and GC respectively (p>0.05). After bariatric surgery, patients presented significant increase in the incidence of initial carious lesions (PRE= 28.6%; 3M= 4.8%; 6M=42.8%; 12M= 71.4%; and GC=75.0%). Periodontal condition did not change after bariatric surgery (periodontal pocket PRE= 57.1%, 3M= 52.4%; 6M= 38.1%; 12M= 76.2%; GC= 31.2%) (p>0.05). All patients presented certain degree of dental wear, considering that the DWI values were PRE=1.3±0.2; 3M=1.3±0.3; 6M=1.4±0.3; 12M=1.4±0.3 and GC=1.5±0.3. Incidence and severity of dental wear have increased after bariatric surgery (p= 0.000). The mean of salivary flow did not change after bariatric surgery and was the same when compared to GC (p>0.05). There was correlation only between salivary flow and dental wear in 12M (r= -0.458; p<0.05). According to BAROS protocol, patients submitted to bariatric surgery reported that quality of life has improved after surgical procedure and significant difference was verified only among 3M and 12M periods (p=0.003). It was verified that oral health impact on patients quality of life after bariatric surgery is minor (PRE= 19.4±31.4; 3M= 5.6±9.1; 6M= 5.4±11.3; 12M= 11.8±23.2) (p>0.05)...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cirurgia Bariátrica , Saúde Bucal , Obesidade Mórbida/complicações , Cárie Dentária/fisiopatologia , Desgaste dos Dentes/fisiopatologia , Doenças Periodontais/fisiopatologia , Qualidade de Vida , Salivação , Estatísticas não Paramétricas , Fatores de Tempo
14.
Bauru; s.n; 2013. 147 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-707684

RESUMO

Esta pesquisa objetivou avaliar as alterações bucais, como cárie dentária, doença periodontal, desgaste dentário e fluxo salivar em pacientes bariátricos. A amostra foi constituída por 21 pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica e acompanhados após 3 (3M), 6 (6M) e 12 (12M) meses, e por 16 pacientes não obesos submetidos à colecistectomia (GC). As condições bucais avaliadas foram: cárie (CPOD e ICDAS II), doença periodontal (IPC), desgaste dentário (IDD) e o fluxo salivar. Os questionários BAROS e OIDP foram utilizados para verificar a qualidade de vida e o impacto da saúde bucal. Os testes de Mann-Whitney, Friedman, Wilcoxon e Coeficiente de Correlação de Spearman foram aplicados (p<0,05). O CPOD médio foi de 18,0±3,4; 18,7±3,4; 18,9±4,6; 19,0±4,5 e 14,8±7,2 para PRÉ, 3M, 6M, 12M e GC, respectivamente (p>0,05). Após a cirurgia bariátrica os pacientes apresentaram aumento significativo na incidência de lesões cariosas iniciais (PRÉ= 28,6%; 3M= 4,8%; 6M=42,8%; 12M= 71,4%; e GC=75,0%). A condição periodontal não se alterou após a cirurgia bariátrica (bolsa periodontal- PRÉ= 57,1%, 3M= 52,4%; 6M= 38,1%; 12M= 76,2%; GC= 31,2%) (p>0,05). Todos os pacientes apresentaram algum grau de desgaste dentário, sendo que os valores IDD foram PRÉ=1,3±0,2; 3M=1,3±0,3; 6M=1,4±0,3; 12M=1,4±0,3 e GC=1,5±0,3. Incidência e severidade de desgaste dentário aumentaram após a cirurgia bariátrica (p= 0,000). A média do fluxo salivar não sofreu alteração após a cirurgia bariátrica e foi maior quando comparada ao GC (p>0,05). Houve correlação apenas entre redução do fluxo salivar e desgaste dentário no 12M (r= -0,458; p<0,05). De acordo com o protocolo BAROS, os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica relataram que sua qualidade de vida melhorou após procedimento cirúrgico, verificou diferença significativa apenas entre os períodos 3M e 12M (p=0,003). Verificou-se que impacto da saúde bucal na qualidade de vida dos pacientes após a cirurgia bariátrica é menor...


The aim of this study was to evaluate oral health changes such as dental caries, periodontal disease, dental wear and salivary flow in bariatric patients. The sample consisted on 21 obese patients who had been submitted to bariatric surgery and followed up for 3 (3M), 6 (6M) and 12 (12M) months and also on 16 patients not obese submitted to cholecystectomy (CG). Oral conditions evaluated: dental caries (DMFT and ICDAS II), periodontal disease (CPI), dental wear (DWI) and salivary flow. Such BAROS as OIDP surveys were utilized to verify quality of life and oral health impact. Mann-Whitney, Friedman, Wilcoxon and Spearman`s Correlation Coefficient tests were applied (p<0.05). The mean of DMFT was 18.0±3.4; 18.7±3.4; 18.9±4.6; 19.0±4.5; and 14.8±7.2 to PRE, 3M, 6M, 12M and GC respectively (p>0.05). After bariatric surgery, patients presented significant increase in the incidence of initial carious lesions (PRE= 28.6%; 3M= 4.8%; 6M=42.8%; 12M= 71.4%; and GC=75.0%). Periodontal condition did not change after bariatric surgery (periodontal pocket PRE= 57.1%, 3M= 52.4%; 6M= 38.1%; 12M= 76.2%; GC= 31.2%) (p>0.05). All patients presented certain degree of dental wear, considering that the DWI values were PRE=1.3±0.2; 3M=1.3±0.3; 6M=1.4±0.3; 12M=1.4±0.3 and GC=1.5±0.3. Incidence and severity of dental wear have increased after bariatric surgery (p= 0.000). The mean of salivary flow did not change after bariatric surgery and was the same when compared to GC (p>0.05). There was correlation only between salivary flow and dental wear in 12M (r= -0.458; p<0.05). According to BAROS protocol, patients submitted to bariatric surgery reported that quality of life has improved after surgical procedure and significant difference was verified only among 3M and 12M periods (p=0.003). It was verified that oral health impact on patients quality of life after bariatric surgery is minor (PRE= 19.4±31.4; 3M= 5.6±9.1; 6M= 5.4±11.3; 12M= 11.8±23.2) (p>0.05)...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cirurgia Bariátrica , Saúde Bucal , Obesidade Mórbida/complicações , Cárie Dentária/fisiopatologia , Desgaste dos Dentes/fisiopatologia , Doenças Periodontais/fisiopatologia , Qualidade de Vida , Salivação , Estatísticas não Paramétricas , Fatores de Tempo
15.
Bauru; s.n; 2013. 130 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866490

RESUMO

Este estudo transversal teve como objetivo avaliar o Limiar de Dor a Pressão (LDP) e a capacidade mastigatória de pacientes obesos com indicação para cirurgia bariátrica. Foi composto por 90 pacientes, sendo 60 com perda de elementos dentários que indiquem reabilitação oral (grupo experimental-GE) e 30 totalmente dentados (grupo controle-GC). A coleta de dados foi realizada em dois períodos para o grupo experimental, antes e após a confecção da prótese segundo sua indicação. Já no grupo controle a coleta foi realizada em tempo único. A coleta compreendeu os teste de Limiar de dor a pressão (LDP), escala de análise visual (EAV) para sensação dolorosa, teste de fadiga muscular, capacidade e eficiência mastigatórias e análise da qualidade de vida por meio do Oral Health Impact Profile (OHIP-14). Após verificada a normalidade das variáveis, o teste t de Student foi utilizado para avaliar as diferenças entre os grupos de dentados e desdentados e para avaliação do inicial para o final do grupo experimental. Para avaliar as diferenças entre os períodos dos testes de fadiga mastigatória foi realizada ANOVA para medidas repetidas seguida pelo teste de Tukey. O LDP conservou-se com características de normalidade antes e após a instalação da prótese dentária, apesar da redução do limiar para alguns grupos musculares. Ao se comparar ao grupo controle não houve distinções, com exceção do músculo masseter (p=0,012). Apesar de não haver queixa de dor a EAV obteve uma redução estatística (p=0,000) após a instalação da prótese para o GE, se tornando ainda mais reduzida. O teste de fadiga mastigatória se apresentou similar entre os grupos, entretanto, o LDP e a EAV no decorrer do teste indicaram modificações entre os tempos, porém os aspectos de normalidade foram mantidos. A capacidade e eficiência mastigatória do GE evoluiu após o tratamento protético (p=0,000), embora o grupo controle (dentados) continuasse superior (p=0,000). A análise do OHIP, para ambos os grupos...


This cross-sectional study aimed to evaluate the Pain Threshold Pressure (PTP) and masticatory capacity of obese patients referred for bariatric surgery. It was composed of 90 patients, 60 with tooth loss indicating oral rehabilitation (EG-experimental group) and 30 fully dentate (control group-CG. Data collection was conducted in two periods for the experimental group before and after the making of the prosthesis according to his statement. In the control group, the collection was performed in one time. The collection comprised the test pressure pain threshold (PTP), visual analysis scale (VAS) for pain sensation, muscle fatigue test, ability and masticatory efficiency and analysis of quality of life using the Oral Health Impact Profile (OHIP -14). After verified the normality of the variables, the Student's t test was used to assess differences between the groups of toothed and toothless and for evaluating the initial to the end of the experimental group. To evaluate the differences between the periods of masticatory fatigue testing was performed ANOVA for repeated measures followed by the Tukey test. The PTP kept up with normal characteristics before and after installation of dental prosthesis, despite the lowering of the threshold for some muscle groups. Comparied to the control group there were no distinctions, except the masseter (p = 0.012). Although there was no complaint of pain VAS scores a statistical reduction (p = 0.000) after installation of the prosthesis for GE, becoming even smaller. The masticatory fatigue test appeared similar between groups, however, the PTP and the VAS during the test indicated changes between times, but aspects of normality were kept. The ability and masticatory efficiency of GE evolved after prosthetic treatment (p = 0.000), although the control group (toothed) remained higher (p = 0.000). The analysis of OHIP, for both groups, showed that oral condition of these patients does not interfere with their quality...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Cirurgia Bariátrica , Limiar da Dor/fisiologia , Mastigação/fisiologia , Músculos da Mastigação/fisiopatologia , Obesidade/fisiopatologia , Análise de Variância , Estudos Transversais , Prótese Dentária , Medição da Dor , Fatores de Tempo
16.
Bauru; s.n; 2012. 116 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866192

RESUMO

Este estudo longitudinal teve como objetivo avaliar o impacto da cirurgia bariátrica na condição periodontal e quantificar bactérias periodontopatogênicas em pacientes submetidos a esta cirurgia. Trata-se de um estudo prospectivo, composto por 50 pacientes submetidos à cirurgia bariátrica por derivação gastrojejunal em Y de Roux, em 3 hospitais do estado de São Paulo. A coleta de dados foi realizada em três períodos: pré-operatório, pós-operatório de 6 e de 12 meses e consistiu de: avaliação do fluxo salivar; exame clínico bucal para avaliar desgaste dentário e doença periodontal; coleta de amostras do fluido gengival para quantificação das bactérias periodontopatogênicas Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola ePrevotella intermédia por meio de Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real (q-PCR); aplicação de questionário relacionado aos fatores para ocorrência de desgaste dentário e autopercepção da saúde bucal; avaliação do peso e altura para obtenção do índice de massa corporal (IMC) e coleta de dados complementares relacionados à saúde do indivíduo, por meio do prontuário médico. No baseline, 51 pacientes com IMC normal foram analisados e comparados aos obesos. ANOVA, teste de Tukey, correlação de Pearson e teste t de Student foram utilizados na análise estatística (p<0,050). No baseline, foi observado maior índice de sangramento gengival (ISG), presença de cálculo e sítios com bolsa 4-5 mm em obesos comparados ao grupo controle (p<0,050), que mostrou uma melhor autopercepção da saúde bucal do que os obesos (p=0,008). A média do IMC nos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica diminuiu de 49,69±8,76 kg/m2 para 36,16±8,12 kg/m2 e para 32,26 kg/m2 após 6 e 12 meses da cirurgia (p<0,000), respectivamente. Antes da cirurgia, 67% dos pacientes apresentavam altos níveis séricos de proteína C-reativa (PCR) e 38% glicemia alta. Houve redução significativa nos níveis séricos de PCR e glicose após a cirurgia. O fluxo salivar...


The aim of this longitudinal study was to evaluate the impact of bariatric surgery on periodontal condition and quantify periodontopathogenic bacteria in patients undergoing this surgery. This was a prospective study composed of 50 patients who underwent bariatric surgery for Roux-en-Y gastric bypass in three hospitals in the state of São Paulo. Data collection was performed in three periods: preoperative, postoperative of 6 and 12 months and consisted of: salivary flow evaluation; oral clinical examination to assess tooth wear and periodontal disease; gingival fluid sample collection for quantification of periodontopathogenic bacteria Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola and Prevotella intermedia using Real-time Polymerase Chain Reaction (q-PCR); questionnaire applied as regards factors related to occurrence of tooth wear and self-perceived oral health; weight and height evaluation to determine the body mass index (BMI), in addition to collection of individual's health-related data from medical files. At baseline, 51 patients with normal BMI were analyzed and compared with obese subjects. ANOVA, Tukey test, Pearson correlation and Students t-test were used for statistical analysis (p<0.050). At baseline, greater gingival bleeding index (GBI), presence of calculus and sites with 4-5 mm pocket depth were observed in obese compared with the control group (p<0.050), which showed better self-perceived oral health than the obese (p=0.008). Mean BMI decreased from 49.69±8.76 kg/m2 to 36.16±8.12 kg/m2 and to 32.26 kg/m2 after 6 and 12 months postoperatively (p <0.000), respectively. Before surgery 67% of patients had high C-reactive protein (CRP) serum levels and 38% high glucose level. There was significant reduction in serum CRP and glucose after surgery. Salivary flow was similar in all three periods, ranging from 0.86 to 0.96 mL / min. After bariatric surgery, the percentage of tooth surfaces with dentin wear increased...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cirurgia Bariátrica , Saúde Bucal , Periodonto/microbiologia , Análise de Variância , Carga Bacteriana , Estudos de Casos e Controles , Reação em Cadeia da Polimerase , Período Pós-Operatório , Estudos Prospectivos , Fatores de Tempo , Desgaste dos Dentes
17.
Bauru; s.n; 2012. 116 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-668597

RESUMO

Este estudo longitudinal teve como objetivo avaliar o impacto da cirurgia bariátrica na condição periodontal e quantificar bactérias periodontopatogênicas em pacientes submetidos a esta cirurgia. Trata-se de um estudo prospectivo, composto por 50 pacientes submetidos à cirurgia bariátrica por derivação gastrojejunal em Y de Roux, em 3 hospitais do estado de São Paulo. A coleta de dados foi realizada em três períodos: pré-operatório, pós-operatório de 6 e de 12 meses e consistiu de: avaliação do fluxo salivar; exame clínico bucal para avaliar desgaste dentário e doença periodontal; coleta de amostras do fluido gengival para quantificação das bactérias periodontopatogênicas Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola ePrevotella intermédia por meio de Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real (q-PCR); aplicação de questionário relacionado aos fatores para ocorrência de desgaste dentário e autopercepção da saúde bucal; avaliação do peso e altura para obtenção do índice de massa corporal (IMC) e coleta de dados complementares relacionados à saúde do indivíduo, por meio do prontuário médico. No baseline, 51 pacientes com IMC normal foram analisados e comparados aos obesos. ANOVA, teste de Tukey, correlação de Pearson e teste t de Student foram utilizados na análise estatística (p<0,050). No baseline, foi observado maior índice de sangramento gengival (ISG), presença de cálculo e sítios com bolsa 4-5 mm em obesos comparados ao grupo controle (p<0,050), que mostrou uma melhor autopercepção da saúde bucal do que os obesos (p=0,008). A média do IMC nos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica diminuiu de 49,69±8,76 kg/m2 para 36,16±8,12 kg/m2 e para 32,26 kg/m2 após 6 e 12 meses da cirurgia (p<0,000), respectivamente. Antes da cirurgia, 67% dos pacientes apresentavam altos níveis séricos de proteína C-reativa (PCR) e 38% glicemia alta. Houve redução significativa nos níveis séricos de PCR e glicose após a cirurgia. O fluxo salivar...


The aim of this longitudinal study was to evaluate the impact of bariatric surgery on periodontal condition and quantify periodontopathogenic bacteria in patients undergoing this surgery. This was a prospective study composed of 50 patients who underwent bariatric surgery for Roux-en-Y gastric bypass in three hospitals in the state of São Paulo. Data collection was performed in three periods: preoperative, postoperative of 6 and 12 months and consisted of: salivary flow evaluation; oral clinical examination to assess tooth wear and periodontal disease; gingival fluid sample collection for quantification of periodontopathogenic bacteria Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola and Prevotella intermedia using Real-time Polymerase Chain Reaction (q-PCR); questionnaire applied as regards factors related to occurrence of tooth wear and self-perceived oral health; weight and height evaluation to determine the body mass index (BMI), in addition to collection of individual's health-related data from medical files. At baseline, 51 patients with normal BMI were analyzed and compared with obese subjects. ANOVA, Tukey test, Pearson correlation and Students t-test were used for statistical analysis (p<0.050). At baseline, greater gingival bleeding index (GBI), presence of calculus and sites with 4-5 mm pocket depth were observed in obese compared with the control group (p<0.050), which showed better self-perceived oral health than the obese (p=0.008). Mean BMI decreased from 49.69±8.76 kg/m2 to 36.16±8.12 kg/m2 and to 32.26 kg/m2 after 6 and 12 months postoperatively (p <0.000), respectively. Before surgery 67% of patients had high C-reactive protein (CRP) serum levels and 38% high glucose level. There was significant reduction in serum CRP and glucose after surgery. Salivary flow was similar in all three periods, ranging from 0.86 to 0.96 mL / min. After bariatric surgery, the percentage of tooth surfaces with dentin wear increased...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cirurgia Bariátrica , Saúde Bucal , Periodonto/microbiologia , Análise de Variância , Carga Bacteriana , Estudos de Casos e Controles , Reação em Cadeia da Polimerase , Período Pós-Operatório , Estudos Prospectivos , Fatores de Tempo , Desgaste dos Dentes
18.
Camaragibe; s.n; abr. 2010. 101 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-605447

RESUMO

A obesidade é uma doença complexa que vem se tornando uma pandemia, ameaçando a expectativa e a qualidade de vida da população devido às comorbidades. A cirurgia bariátrica tem surgido como uma alternativa promissora no tratamento de pacientes com obesidade grave. Entretanto, ainda não é bem definido que a perda de peso pós-operatória promova alterações anatômicas crânio-cervicofaciais ora de tecidos duros, ora de tecidos moles adjacentes às vias aéreas superiores, bem como suas relações com a qualidade respiratória. O objetivo foi avaliar as relações entre a perda de peso alcançada por meio de cirurgia barátrica, as alterações nas características morfológicas crânio-cervicofaciais e a qualidade respiratória...


Obesity is a complex disease affecting a large portion of the population worldwide. With an increasingly alarming prevalence, obesity has become one of the greatest threats to life expextancy and quality of life in modern society. Bariatric surgery has emerged as a promising alternative in the tratment of individuals with severe obesity and its comorbidities. However, the anatomic cranio-cervico-facial alterations of hard and soft tissues adjacents to the upper airways caused by weight loss and associations with respiratory quality are lot yet well defined. The aim of the present study was to assess associations between weight loss achieved through bariatric surgery, alterations in morphological cranio-cervico-facial characteristics and respiratory quality among obese patients...


Assuntos
Cirurgia Bariátrica , Peso Corporal , Anormalidades Maxilomandibulares , Faringe
19.
Belo Horizonte; s.n; 2010. 109 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-620871

RESUMO

A obesidade é uma doença crônica e multifatorial, considerada um problema de saúde pública crescente em todo o mundo. Recentemente, a obesidade tem sido associada à doença periodontal, tanto em susceptibilidade como em gravidade. Entretanto, estes estudos são escassos e ainda não foi reportada a influência da obesidade mórbida frente `adoença periodontal e, particulamente, sobre patógenos periodontais em boca e estômago. Nesse sentido, 722 indivíduos elegíveis participaram dos estudos, sendo 370 indivíduos em tratamento cirúrgico de obesidade em centro de referência em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil e 352 indivíduos acompanhantes desses pacientes. Desta população, 594 mulheres constituíram a amostra para o estudo caso-controle sobre obesidade, 345 indivíduos constituíram a amostra para o estudo transversal em obesos mórbidos candidatos e submetidos à cirurgia bariátrica e, entre estes, 154 participaram do estudo microbiológico...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cirurgia Bariátrica/efeitos adversos , Doenças Periodontais/complicações , Obesidade/complicações , Periodontite/complicações , Índice de Massa Corporal , Obesidade Mórbida/complicações
20.
Periodontia ; 20(4): 56-60, 2010. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-642509

RESUMO

A obesidade vem atingindo padrões de epidemia tornando-se um problema grave de saúde pública. Dentre os tratamentos propostos no combate à obesidade mórbida, a cirurgia bariátrica é um dos mais utilizados atualmente. O presente estudo teve como objetivo avaliara condição de saúde bucal de pacientes gastroplastizados. Foram avaliados 30 pacientes através de um questionário para coleta de dados de sua saúde geral. Posteriormente, cada indivíduo foi submetido a exame clínico da cavidade bucal para investigação do Índice de Sangramento Gengival(ISG), Registro Periodontal Simplificado (PSR), Índice de Dentes Cariados, Perdidos e Obturados (CPOD) e fluxo salivar. No grupo foram observados 17 (56,7%) pacientes que apresentavam hipossalivação. O CPOD médio9,9 e 9 pacientes apresentaram bolsas periodontais. A hipossalivação foi um achado frequente assim como a baixa ocorrência de sangramento gengival e dentes cariados


Obesity is reaching epidemic levels becoming a seriousPublic Health problem. Among the proposed treatmentsagainst obesity, bariatric surgery is one of the most widelyused. This study aimed to evaluate the oral health of patientswho were submitted to the surgical procedure. Were evaluated30 patients through an interview to collect data from yourgeneral health. Subsequently, each person underwent clinicalexamination of the oral cavity to investigate the GingivalBleeding Index (GBI), Periodontal Screening and Recording(PSR), Decayed, Missing and Filled Teeth Index (DMFT) andflow rate. In the group was observed 17 (56.7%) patients whohad hyposalivation. The mean DMFT was 9.9 and 9 patientsshowed periodontal pockets. Gingival bleeding was observedin alow percentage of teeth (8.3%). A reduced salivary flowwas a frequent finding as well as low occurrence of gingivalbleeding and decayed teeth.


Assuntos
Humanos , Cirurgia Bariátrica , Obesidade Mórbida , Saúde Bucal
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA