Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 129
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Bauru; s.n; 2018. 95 p. ilus, graf, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-884465

RESUMO

Current knowledge supports the application of TiF4 varnish to protect against tooth caries and erosion; however, it is indispensable to know its cytotoxic potential and the mechanism involved on it before applying in patients. Therefore, this study aimed to evaluate 1) The cytotoxic effect of titanium tetrafluoride (TiF4) varnish compared with sodium fluoride (NaF) varnish on murine fibroblast (NIH/3T3), varying the fluoride concentration and time of treatment and 2) The percentage of apoptosis and its mechanism (both mitochondrial mediated by the Bcl-2 family- and death receptorpathways) in human gingival fibroblasts (HGF) and murine fibroblasts (NIH/3T3) treated with TiF4 varnish compared to NaF varnish for 6 h. Step 1) NIH/3T3 were exposed to NaF or TiF4 varnishes containing 0.95, 1.95 or 2.45% F, for 6, 12 or 24 h. MTT viability (n=6) and Hoescht/PI stain assays (n=3) as well as the cells morphology (HE, only for 24 h, n=3) and stiffness (AFM, only for 2.45% F, 6 or 12 h) were analyzed. Both varnishes, at 1.90 and 2.45% F, reduced cells viability by similar extent (33-86% at 6 h, 35-93% at 12 h, and 87-98% at 24 h) compared to control, regardless of the type of fluoride. TiF4 and NaF (2.45% F) reduced cell stiffness to a similar extent, but only TiF4 differed from control. Step 2) HGF and NIH/3T3 were exposed to NaF or TiF4 (2.45% F) varnishes for 6 h. Cells were examined by the TUNEL method using fluorescence microscope. The caspases-3, -8 and -9 activities were assessed. The cDNA for cytocrome c, Bax, Bad, Bcl-2, VDAC-1 and Fas-L was amplified by quantitative PCR (qPCR). Bax, Bcl-2 and Fas-L were further detected by western blot. Both fluorides similarly increased the percentage of apoptosis, while they failed in activating caspases-3, -8 and -9 for both types of cells. Bax/Bcl-2 ratio, cytochrome C and VDAC-1 gene expressions were not altered by both fluoride treatments. However, NaF varnish increased the amplification of Fas-L gene for NIH/3T3 and HGF, while TiF4 varnish induced lower Bad/Bcl-2 ratio expression compared to control for NIH/3T3, but not for HGF. No effect of the fluorides was detected in the proteins analysis. TiF4 and NaF have similar cytotoxicity on NIH/3T3, which is dependent on the F concentration and the exposure time. Both fluorides, at the studied conditions, similarly induce a low percentage of apoptosis, with consequent modest activation of Bcl-2 and Fas-L-dependent signaling pathways.(AU)


Conhecimento atual suporta a aplicação de verniz de TiF4 para proteção contra cárie e erosão dentárias; entretanto, é indispensável conhecer o seu potencial citotóxico e o mecanismo envolvido antes de aplicá-lo em pacientes. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar 1) o efeito citotóxico do verniz de tetrafluoreto de Titânio (TiF4) comparado ao fluoreto de sódio (NaF), em fibroblastos NIH/3T3, variando a concentração de fluoreto e o tempo de tratamento 2) a porcentagem de apoptose e seus mecanismos (ambos mitocondrial mediado pela família Bcl-2 e pelo receptor de morte celular) em fibroblastos gengivais humanos (FGH) e fibroblastos murinos (NIH/3T3) tratados com verniz de TiF4 comparado com verniz de NaF por 6 h. Etapa 1) NIH/3T3 foram expostos a vernizes de NaF e TiF4 contendo 0,95, 1,95 ou 2,45% F, por 6, 12 ou 24 h. Ensaios de viabilidade por MTT (n=6) e Hoechst 33342/iodeto de propídeo (n=3) bem como a morfologia (HE, apenas para 24 h, n = 3) e a rigidez celular (MFA, apenas para 2,45% F, 6 ou 12 h) foram realizados. Ambos os vernizes com 1,90 e 2,45% F reduziram a viabilidade das células de forma semelhante (33-86% em 6 h, 35-93% em 12 h e 87-98% em 24 h) em comparação com o controle, independentemente do tipo de fluoreto. TiF4 e NaF (2,45%) reduziram de forma similar a rigidez celular, mas somente TiF4 diferiu do controle no período de 6 h. Etapa 2) FGH e NIH/3T3 foram tratadas com verniz de NaF ou TiF4 por 6h. As células foram examinadas pelo método de TUNEL, usando microscopia de fluorescência. A atividade das caspases -3, -8 e -9 foram avaliadas. O cDNA para citocromo C, Bax, Bad, Bcl-2, VDAC-1 e Fas-L foi amplificado e quantificado por PCR em tempo real (qPCR). A expressão das proteínas Bax, Bcl-2 e Fas-L foi quantificada por western blot. Ambos os fluoretos aumentaram de forma semelhante a porcentagem de apoptose, enquanto falharam na ativação de caspases-3, -8 e -9 para ambos tipos celulares. A expressão gênica da relação Bax/Bcl-2, do citocromo C e do VDAC-1 não foram alteradas por ambos fluoretos. No entanto, o verniz NaF aumentou a amplificação do gene Fas-L para ambas as células, enquanto que o verniz TiF4 induziu menor expressão da razão Bad/Bcl-2 em comparação com o controle para NIH/3T3, mas não para FGH. Nenhum efeito foi detectado na análise de proteínas. TiF4 e NaF apresentam citotoxicidade similar em NIH/3T3, a qual é dependente da concentração de F e do tempo de exposição. Ambos os fluoretos, nas condições estudadas, induzem uma baixa porcentagem de apoptose, com consequente modesta ativação das vias de sinalização dependentes de Bcl-2 e Fas-L.(AU)


Assuntos
Humanos , Animais , Camundongos , Cariostáticos/farmacologia , Fibroblastos/efeitos dos fármacos , Fluoretos Tópicos/farmacologia , Titânio/farmacologia , Apoptose/efeitos dos fármacos , Western Blotting , Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos , Gengiva/citologia , Marcação In Situ das Extremidades Cortadas , Microscopia de Fluorescência , Células NIH 3T3 , Reação em Cadeia da Polimerase , Reprodutibilidade dos Testes , Fatores de Tempo
2.
Braz. dent. sci ; 21(3): 275-281, 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-911059

RESUMO

Objective: Modifications of titanium have been described as an important tool improving bone repair and boneimplant contact. The aim of this research was to quantified the expression of the morphogenetic bone protein II (BMP II) produced by human cells with osteoblast differentiation, after cultured over dense or porous samples of pure titanium grade II. Material and Methods: The experimental groups were: control group, dense titanium, porosity of 33.79% and porosity of 41,79% (n=36). The samples were produced by powder metallurgy technique. Mesenquimal steam cells isolated from alveolar bone of healthy donors were stimulated to differentiate, assuming an osteoblastic phenotype, by supplemented medium and plated over the samples. After 7 and 14 days, the RNA was collected to perform reverse transcriptase polymerase chain reaction (RT-PCR) in real time. Data was analysed by t-Student and ANOVA tests. The porosity, the pore morphology and interconnection were evaluated by Scanning Electron Microscopy (SEM). Results: Total porosity (obtained after apply dimensions and density formulas) and surface porosity (SEM) presented significant differencesamong the groups. For the group of total porosity of 33.79%, the superficial porosity was 32.5% (± 7.74%) and for the group of 41.79%, the superficial porosity was 37.4% (± 7.95%), significantly lower. The expression of BMP II was similar in all groups. Conclusion: The present study demonstrated that powder metallurgy has a reduced ability to standardize the porosity in the samples and that the porosity does not interfere in the cellular response of BMP II production, an important inducer of osteoblastic differentiation. (AU)


Objetivo: As modificações do titânio são descritas como importantes ferramentas na melhora do reparo ósseo no contato osso implante. O objetivo deste estudo foi quantificar a expressão da proteína óssea morfogênica II (BMP II) por células humanas com diferenciação osteoblastica, quando cultivadas sobre amostras de titânio puro grau II, denso ou poroso. Material e Métodos: Os grupos experimentais foram: controle, titânio denso, titânio de maior porosidade e titânio de menor porosidade, sendo que, as amostras foram confeccionadas pela técnica da metalurgia do pó. As células isoladas de doadores saudáveis foram plaqueadas sobre as amostras. Após 7 e 14 dias, o RNA foi extraído das células. A qualidade e integridade do RNA foram analisadas qualitativamente por eletroforese e quantitativamente por espectrofotômetro. O cDNA foi confeccionado e a foi utilizada técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) em tempo real. Os dados foram utilizados para quantificação relativa, e o gene constitutivo foi a BetaActina. A morfologia e a interligação dos poros foram comprovadas por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Resultados: A porosidade superficial (MEV) teve diferença significativa em relação a porosidade obtida analisando-se volume e massa das amostras. Para o grupo 3,79%, a superficial foi de 32,5% (±7,74%) e para o grupo 41,79% a porosidade superficial foi de 37,4% (±7,95%), significativamente menor. A expressão da BMP II foi semelhante em todos os grupos. Conclusão: Concluiu-se a metalurgia do pó tem reduzida capacidade de padronização da porosidade das amostras por ela confeccionas e que a porosidade não interfere na resposta celular de produção da BMP II, importante indutor de diferenciação osteoblastica.(AU)


Assuntos
Receptores de Proteínas Morfogenéticas Ósseas Tipo II , Técnicas de Cultura de Células , Microscopia Eletrônica de Varredura , Reação em Cadeia da Polimerase , Titânio
3.
Araçatuba; s.n; 2017. 68 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-911556

RESUMO

O papilomavírus humano (HPV) subtipo 16 é um fator de risco para o desenvolvimento do carcinoma espinocelular (CEC) de orofaringe. No entanto, o papel do mesmo na carcinogênese oral, bem como a associação com as lesões potencialmente malignas, permanece controverso. O objetivo deste estudo foi comparar a prevalência do HPV-16, em amostras de tecido fresco, obtidas de 27 pacientes com CEC oral, 37 pacientes com leucoplasia bucal, 24 pacientes com líquen plano bucal (LPB) e 32 pacientes controle, correlacionando a presença do HPV com as variáveis clínico-patológicas em uma população da região noroeste do estado de São Paulo - Brasil. Realizouse a extração do DNA das amostras e a verificação da presença do HPV-16 por meio da Real-Time Polymerase Chain Reaction. Todas as amostras foram negativas para o HPV-16 nos quatro grupos estudados. Conclui-se que a ausência do HPV-16 nas amostras de CEC bucal, leucoplasia e LPB indica que a infecção pelo mesmo não é comum e não representa um fator de risco importante na carcinogênese oral na população da região noroeste do estado de São Paulo ­ Brasil(AU)


Human Papillomavirus (HPV), specially subtype 16, is a known risk factor for the oropharyngeal squamous cell carcinoma (SCC) development. However, HPV role in oral carcinogenesis, as well as in potentially malignant oral lesions remains controversial. The goal of the present study was to compare the HPV16 prevalence, in fresh tissue samples obtained from 27 oral SCC patients, 34 oral leukoplakia (OL) patients, 24 oral lichen planus (OLP) patients and 32 control patients, correlating HPV presence with the clinicopathological variables in a population from northwest region of the Sao Paulo state - Brazil. DNA extraction was carried out and all samples were submitted to Real-Time PCR for HPV-16 DNA detection. We found that all fresh tissue samples of oral SCC, OL, OLP and oral normal mucosa were negative for HPV-16. We conclude that HPV-16 absence in oral SCC, OL and OLP samples indicates that its infection is uncommon and does not represent an important risk factor in oral carcinogenesis in the population from northwest region of the Sao Paulo state ­ Brazil(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Carcinoma de Células Escamosas , Papillomavirus Humano 16 , Neoplasias Bucais , Leucoplasia Oral , Líquen Plano , Reação em Cadeia da Polimerase
4.
Rio de Janeiro; s.n; 2017. 64 p. tab, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-916336

RESUMO

O Papilomavírus Humano (HPV) possui tropismo pelo epitélio cutâneomucoso e embora seja mais frequente na região anogenital, também pode ser encontrado na mucosa oral. Em indivíduos portadores de HIV/AIDS, manifestações orais são relatadas como sinal da progressão da infecção e, com o advento da Terapia Antirretroviral Altamente Ativa (HAART), houve uma importante redução em algumas manifestações orais, embora haja aumento em verrugas orais. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi identificar se a prevalência de HPV na cavidade oral é maior em indivíduos infectados pelo HIV (HIV+) do que em não infectados pelo HIV (HIV-), por meio de uma revisão sistemática da literatura e metanálise. Foram incluídos nesta revisão estudos observacionais que realizaram a detecção de HPV, pelo método de PCR, na cavidade oral de indivíduos HIV+ e HIV-, cuja coleta foi realizada por meio de swab, escova estéril ou saliva. Uma pesquisa eletrônica abrangente, sem restrições de ano e idioma, foi realizada nas bases de dados: PubMed, LILACS, Scopus, Web of Science, Cochrane Library e Open Grey. Avaliação da qualidade dos artigos incluídos, bem como do risco de viés, foi realizada por meio de qualificador específico para a área médica. Já a metanálise foi realizada por meio do MedCalc® - version 14.8.1, baseando-se nos efeitos de todos os estudos agrupados (overall effect) e no subgrupo relacionado ao tipo de coleta Do total de 993 estudos identificados, 13 preencheram os critérios de elegibilidade e foram incluídos na síntese final. Os estudos incluídos foram considerados de "baixo" risco de viés. A metanálise demonstrou que a chance de um indivíduo HIV+ apresentar infecção pelo HPV na cavidade oral foi, aproximadamente, três vezes maior (OR = 2,76; IC 95% = 2,36 - 3,23) do que um indivíduo HIV-, independentemente do método de coleta de amostra biológica ser por meio de swab/escova (OR = 3,07; IC 95% = 1,70 - 5,56) ou por saliva (OR = 2,74; IC 95% = 2,33 - 3,22). Diante de tais resultados, conclui-se que há evidência científica que suporte a afirmação de que indivíduos HIV+ apresentam maior prevalência de infecção de HPV na cavidade oral quando comparados a indivíduos HIV-. (AU)


Human papilomavirus (HPV) exhibts tropism for cutaneous and mucosal epithelium and although it is most common in the anogenital region, it can also be found in the oral mucosa. In HIV/AIDS individuals, oral manifestations has been reported as a sign of disease progression, and since the advent of Highly Active Antiretroviral Therapy (HAART), there was a significant reduction of some oral manifestations while there was an increase in oral warts. Thus, the aim of this study was to identify whether the prevalence of HPV in the oral cavity is higher among HIVinfected (HIV+) individuals than HIV non-infected (HIV-) through a systematic review and meta-analysis. In this review were included observational studies that performed the detection of HPV by the PCR method in the oral cavity of HIV+ and HIVindividuals and the sample collection by swab, sterile brush or saliva. A comprehensive surch, with no year and language restrictions, was performed in PubMed, LILACS, Scopus, Web of Science, Cochrane Library and Open Gray databases. Quality assessment and the risk of bias of the studies included was performed through a specific tool for the medical area. The meta-analysis was performed using MedCalc® version 14.8.1, based on overall effect and on the subgroups analysis according to the type of sample collection. From a total of 993 identified studies, 13 met the eligibility criteria and were included in the final synthesis. Studies included were considered to be at "low" risk of bias. The metaanalysis showed that the odds of an HIV+ individual presenting HPV infection in the oral cavity was approximately three times higher (OR = 2.76, 95% CI = 2.36-3.23) than an HIV-, independently of the method of biological samples collected with swab/brush (OR = 3.07, 95% CI = 1.70-5.56) or saliva (OR = 2.74, 95% CI = 2, 33 - 3.22). According to these results, it was concluded that there is scientific evidence to support the assertion that HIV+ individuals present a higher prevalence of HPV infection in the oral cavity than HIV- individuals. (AU)


Assuntos
Soropositividade para HIV/complicações , Infecções por Papillomavirus/epidemiologia , Prevalência , Saliva/virologia , HIV , Metanálise , Reação em Cadeia da Polimerase , Revisão
5.
Araçatuba; s.n; 2017. 50 p. graf, tab.
Tese em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-905143

RESUMO

Evidências sugerem que o papilomavírus humano (HPV) está associado com um subgrupo de carcinomas de células escamosas da cabeça e pescoço (HNSCC). No entanto, a prevalência do HPV varia substancialmente dependendo do local anatômico e da região geográfica estudada. Aqui, nosso objetivo foi investigar a prevalência do HPV em amostras de tecido fresco de pacientes brasileiros com carcinoma de células escamosas (CEC) de boca e orofaringe combinando dois métodos confiáveis para a detecção do HPV. Foram recrutadas trinta e seis amostras de tecido fresco provenientes de CEC de boca (n= 27) e orofaringe (n= 9) para análises. As características sociodemográficas, estilo de vida e clinicopatológicas foram coletadas através dos prontuários. O DNA do HPV foi detectado por dois métodos: reação em cadeia da polimerase (PCR) em tempo real através de ensaio qualitativo de presença ou ausência do HPV-16, e testado para 37 genótipos usando Linear Array. A amplificação do gene ß -globina funcionou como controle interno positivo para a análise do DNA em todas as amostras. O DNA do HPV não foi detectado em nenhum dos casos de amostras de tecido de pacientes com CEC em ambos os métodos utilizados. A ausência do HPV observada em nosso estudo pode sugerir que este não é um fator de risco prevalente nos CECs de boca e orofaringe nesta região geográfica. Os fatores de risco clássicos para o desenvolvimento desses tumores parecem ser ainda a principal causa nessa população brasileira. Investigações detalhadas do estilo de vida com maior amostragem precisam ser melhor exploradas para compreensão da baixa prevalência encontrada(AU)


Evidence suggests that human papillomavirus (HPV) is associated with a subgroup of squamous cell carcinomas of the head and neck (HNSCC). However, the prevalence of HPV varies substantially depending on the anatomical site and geographic region studied. Here, our goal was to investigate the prevalence of HPV in fresh tissue samples from Brazilian patients with squamous cell carcinoma (SCC) of the oral cavity and oropharynx by combining two reliable methods for the detection of the HPV DNA. We recruited thirty-six fresh tissue samples from SCC of the oral cavity (n= 27) and oropharynx (n= 9) for analysis. The sociodemographic, lifestyle and clinicopathological characteristics were obtained from individual medical records. HPV DNA was detected by two methods: real-time polymerase chain reaction (PCR) through the qualitative assay of presence or absence for HPV-16, and tested for 37 genotypes by the Roche Linear Array. Amplification of the ß-globin gene functioned as a positive internal control for DNA analysis in all samples. HPV DNA was detected in none of the tissue samples from patients with SCC in both methods. The absence of HPV observed in our study may suggest that this is not a prevalent risk factor in SCC of the oral cavity and oropharynx in this geographical region. The classic risk factors for the development of these tumors seem to be still the main cause in this Brazilian population. Detailed investigations of lifestyle with larger sample needs to be better explored to understand the low prevalence found(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Carcinoma de Células Escamosas , Neoplasias de Cabeça e Pescoço , Neoplasias Orofaríngeas , Papillomaviridae , Neoplasias Bucais , Reação em Cadeia da Polimerase
6.
Araçatuba; s.n; 2017. 44 p. graf, tab.
Tese em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-905420

RESUMO

Objetivo: Avaliar a presença do HPV-16 em tecido fresco, saliva e plasma sanguíneo de pacientes com leucoplasia bucal pela real time PCR na região noroeste do estado de São Paulo, Brasil. Pacientes e métodos: Trinta e sete pacientes com diagnóstico de leucoplasia bucal foram incluídos no estudo. Destes, foram obtidos dados sociodemográficos, clinicopatológicos, estilo de vida e amostras de tecido fresco, sangue e saliva que foram armazenados a - 80ºC para posterior análise molecular. Os materiais obtidos destes pacientes foram submetidos à detecção do DNA viral pela técnica da real time PCR com sonda específica para o HPV-16. Resultados: Dos 37 pacientes incluídos no estudo, 64,8% eram homens e a idade variou de 25 a 82 anos, com uma média de 58,72 anos. Dezesseis pacientes (43,2%) eram idosos e 43,2%, adultos de meia idade, e apenas 13,6%, adultos jovens. A maioria dos pacientes era fumante (72,9%), sendo que 16,3% eram ex-fumantes e 10,8%, não fumantes. Da mesma forma, a maioria (62,2%) era etilista, 21,6%, ex-etilistas e 16,2%, não-etilistas. Vinte e sete por cento das lesões apresentaram algum grau de displasia epitelial. A detecção do HPV-16 pela PCR em tempo real não foi positiva para nenhuma amostra, resultando em um índice de 0% de detecção. Conclusão: O HPV-16 não foi identificado na população estudada. No entanto, outros subtipos do HPV de baixo e alto risco podem estar associados à ocorrência de leucoplasia bucal nesta população, o que requer novas investigações. Estudos epidemiológicos mais amplos são necessários para esclarecer a variabilidade geográfica na prevalência do HPV no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço e lesões bucais potencialmente malignizáveis(AU)


Objective: To evaluate the prevalence of HPV-16 DNA detection in fresh tissue, saliva and blood plasma from patients with oral leukoplakia by the real time PCR in the northwest region of the São Paulo state, Brazil. Patients and methods: Thirty-seven patients diagnosed with oral leukoplakia were included in the study. Sociodemographic, clinicopathologic and lifestyle data, fresh tissue, saliva and blood plasma samples were collected. Biologic material was stored at -80ºC and then submitted to viral DNA detection by the real time PCR technique with a probe specific for HPV-16. Results: Of the 37 patients included in the study, 64.8% were men, and the age ranged from 25 to 82 years, with a mean of 58.72. Sixteen patients (43.2%) were elderly, 43.2% were middle-aged adults, and only 13.6% were young adults. Most patients were smokers (72.9%), 16.3% were former smokers, and 10.8% were non-smokers. Most patients (62.2%) were current drinkers, 21.6% were ex-drinkers and 16.2% were non-drinkers. Twenty seven percent of the lesions presented some degree of dysplasia. HPV-16 detection by real-time PCR was not positive for any sample, resulting in a 0% detection rate. Conclusion: The HPV-16 was not identified in the population studied. However, other low and high-risk HPV subtypes might be associated to the occurrence of oral leukoplakia in this population, which requires further investigations. Broader epidemiological studies are required to clarify the geographic variability in the prevalence of HPV in head and neck squamous cell carcinoma and oral potentially malignant lesions(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , DNA , Papillomavirus Humano 16 , Leucoplasia Oral , Plasma , Reação em Cadeia da Polimerase , Saliva
7.
Braz. j. oral sci ; 15(3)July-Sept. 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875020

RESUMO

Aim: To perform a comparative analysis between two methods for detecting Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia and Porphyromonas endodontalis in periodontal plaque samples. Methods: The study sample consisted of twenty systemically healthy patients showing generalized chronic periodontitis. The subgingival samples for microbiological analysis were collected before (baseline) and 60 days after a basic periodontal therapy from 30 non-adjacent affected sites (Probing Depth (PD): 5-7 mm, Clinical Attachment Loss (CAL) ≥ 5 mm, positive for Bleeding on Probing (BOP)). Microbiological analysis was performed by PCR and qPCR. To allow a comparative analysis between both methods, qPCR was divided in three different scores (score 2: presence of more than 100 bacteria; score 1: presence of 10-100 bacteria, and score 0: absence of bacteria), in accordance to DNA quantity, while for PCR two scores were assigned: presence or absence of bacteria. Results: qPCR demonstrated higher sensitivity in the detection of these pathogens compared with PCR when scores 1 and 2 were considered positive. However, when only score 2 was considered positive, PCR and qPCR showed better agreement. Conclusions: qPCR demonstrated higher sensitivity than conventional PCR for detection of low numbers of microorganisms and can be useful for the quantification of periodontopathogens. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Bactérias , Periodontite Crônica , Doenças Periodontais , Reação em Cadeia da Polimerase
8.
Braz. j. oral sci ; 15(3)July-Sept. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875027

RESUMO

Purpose: The objective of this study was to evaluate the prevalence of Porphyromonas gingivalis (Pg) and its filmA II genotype in a sample of Brazilian patients with generalized aggressive periodontitis (GAgP) and to correlate the presence of each pathogen/genotype eith clinical parameters. Methods: We used polymerase chain reaction (PCR) to evaluate the presence of Pg and filmA II genotype in subgingival plaque samples collected from the deepest site of 45 Brazilian patients aged 15-40 years with GAgP and correlated findings with age and clinical parameters (plaque index, gingival bleeding index, probing depth and clinical attachment loss). Results: Pg was identified in 64.4% patients. FilmA II genotype was present in 82.6% of Pg-positive patients. The presence of Pg and filmA II genotype was significantly associated with greater clinical attachment loss at the sampled periodontal site. Pg-positive patients were slightly older than Pg-negative patients. Conclusions: Pg and filmA II genotype were highly prevalente in Brazilian patients with GAgP. Pg was more commonly observed in slightly older individuals and in sites with more clinical attachment loss. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Periodontite Agressiva , Fímbrias Bacterianas , Porphyromonas gingivalis , Reação em Cadeia da Polimerase
9.
Braz. j. oral sci ; 15(3)July-Sept. 2016. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875096

RESUMO

This study aimed to evaluate clinical, microbiological and immunological parameters in type 2 diabetes mellitus (DM) in comparison with normoglycemic patients (NDM). Glycemic and lipid profiles and periodontal clinical status were determined for thirty-three patients (17 DM and 16 NDM). The presence of periodontopathogens and species of Candida in subgingival sites were determined by polymerase chain reaction and immunological parameters by ELISA assays. All glycemic and clinical parameters evaluated were higher in the DM group, with statistical difference for fasting glucose, glycated-hemoglobin, and periodontal parameters. Lipid profile (except triglycerides), levels of TNF-α and myeloperoxidase and the prevalence of the tested microorganisms were similar between the groups, except for Candida albicans and Candida glabrata, which was higher in the DM group. In conclusion, although microbiological and immunological parameters were similar in the DM and NDM groups, periodontitis and the levels of some species of Candida were more severe in DM patients. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Periodontite Crônica , Diabetes Mellitus Tipo 2 , Doenças Periodontais , Peroxidase , Fator de Necrose Tumoral alfa , Candida , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Periodontite , Reação em Cadeia da Polimerase
10.
Bauru; s.n; 2016. 127 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-882111

RESUMO

O Sistema renina-angiotensina (SRA) tem sido relatado como um importante modulador de processos inflamatórios e imunológicos, incluindo a doença periodontal (DP). Estudos sugerem neste sistema um eixo alternativo (ECA-2 /ANG(1-7) /MAS) que atuaria como um contra-regulador de efeitos mediados pelo clássico eixo (ECA /ANGII /AT1). Sabe-se que bactérias periodontopatogênicas, como a Porphyromonas gingivalis (Pg), possuem componentes bioativos de membrana (ex. lipopolissacarídeos-LPS) capazes de induzir uma forte resposta imune no hospedeiro devido à liberação de citocinas nas células, entre elas Interleucina (IL)- 1ß. Neste contexto, fibroblastos são as células mais abundantes nos tecidos periodontais e possuem em sua superfície celular receptores necessários para o reconhecimento da invasão bacteriana, ativando cascatas intracelulares, que levam à produção de citocinas. O objetivo deste estudo foi verificar se os eixos ECA/ ANGII/ AT1 e ECA-2/ ANG(1-7)/ MAS contribuem para a produção e/ ou regulação de citocinas inflamatórias (CI) por fibroblastos de gengiva humana (HGF) e ligamento periodontal humano (HPLF) estimulados por IL-1ß. Após o pré-tratamento com Losartan e Ang (1-7) ou silenciamento mediado por RNA de interferência (RNAi) de AT1, HGF e HPLF foram estimulados por IL-1ß por 3 horas (RNAm) ou 24 horas (proteína). Expressão de RNAm para AT1, MAS, ECA, ECA-2, IL-1ß, TNF-α, IL-6, IL-8, IL-10, TGF-ß, CXCL12, RANK-L e OPG foram avaliados por RT-qPCR e das proteínas IL-6, IL-8, ECA e ECA-2 por ELISA. Foi realizado também Western Blot para detecção de AT1 e ECA nos extratos celulares e dosagem de nitrito no sobrenadante das culturas. Ambos os subtipos de fibroblastos mostraram aumento da expressão de RNAm para AT1, IL-1ß, IL-6, IL-8, TNF-α e OPG, quando estimulados por IL-1ß. No entanto, apenas em HPLF foi observado aumento para MAS, ECA e TGF-ß. Losartan e Ang (1-7) não modularam o transcrito, a secreção de CI e nem a produção de nitrito no sobrenadante das culturas, tanto em HGF como em HPLF. O silenciamento do receptor AT1 reduziu a secreção de IL-6 e IL-8 induzida por IL-1ß em cultura de HGF e HPLF e aumentou a expressão gênica de OPG somente em HGF. Estes resultados sugerem que o silenciamento de AT1, mas não o bloqueio farmacológico deste receptor pelo antagonista Losartan, em HGF e HPLF, pode controlar a produção de IL-6 e IL-8, que por sua vez contribuem para a patogênese periodontal.(AU)


The renin-angiotensin system (RAS) has been reported as an important modulator of inflammatory and immune responses, including periodontal disease (PD). Studies suggest an alternative axis as part of this system (ACE-2 / ANG (1-7) / MAS) that would act as counter-regulatory to the classical axis (ECA / ANGII / AT1). It is known that periodontal bacteria such as Porphyromonas gingivalis (Pg) have bioactive components in their membrane (such as lipopolysaccharide-LPS) capable of inducing a strong immune response in the host due to the release of cytokines in cells, including interleukin (IL) - 1ß. In this regard, fibroblasts are the most abundant cells in periodontal tissues and receptors needed for the recognition of bacterial invasion by activating intracellular cascades that lead to cytokine production. The aim of this study was to determine whether the axes ACE / ANGII / AT1 and ACE-2 / ANG (1-7) / MAS contribute to the production and / or regulation of inflammatory cytokines (IC) by fibroblasts of human gingiva (HGF) and human periodontal ligament (HPLF) stimulated IL-1ß. After pre-treatment with Losartan, Ang (1-7) or silencing mediated by RNA interference (RNAi) of AT1, HGF and HPLF were stimulated by IL-1ß for 3 hours (RNAm) or 24 hours (protein). Expression mRNA for AT1, MAS, ACE, ACE-2, IL-1ß, TNF-α, IL-6, IL-8, IL-10, TGF-ß, CXCL12, RANK-L and OPG was assessed by RT- qPCR and proteins IL-6, IL-8, ACE and ACE-2 by ELISA. Western Blot for the detection of AT1 and ECA and dosage of nitrite was also performed. Experiments stimulated by IL-1ß showed a positive control for gene expression AT1, IL-1ß, IL-6, IL-8, TNF-α and OPG in HGF and HPLF and MAS, ACE and TGF-ß only HPLF. Losartan and Ang (1-7) did not modulate the transcription and secretion of IC and no nitrite production in the culture supernatant of HGF and HPLF. The silencing AT1 reduced IL-6 secretion and IL-8 induced by IL- ß in cultured HGF and HPLF and increased OPG gene expression only HGF. These results suggest that silencing AT1, but not pharmacological blockade of this receptor by Losartan in HPLF and HGF, can control the production of IL-6 and IL-8, which in turn contribute to the pathogenesis of periodontal disease.(AU)


Assuntos
Humanos , Quimiocinas/metabolismo , Citocinas/metabolismo , Fibroblastos/fisiologia , Interleucina-1beta/fisiologia , Sistema Renina-Angiotensina/fisiologia , Análise de Variância , Bloqueadores do Receptor Tipo 1 de Angiotensina II/farmacologia , Angiotensina II/análise , Angiotensina II/fisiologia , Angiotensina I/análise , Angiotensina I/fisiologia , Western Blotting , Células Cultivadas , Quimiocinas/análise , Citocinas/análise , Gengiva/citologia , Losartan/farmacologia , Fragmentos de Peptídeos/análise , Fragmentos de Peptídeos/fisiologia , Peptidil Dipeptidase A/análise , Peptidil Dipeptidase A/fisiologia , Ligamento Periodontal/citologia , Reação em Cadeia da Polimerase , Proteínas Proto-Oncogênicas/análise , Proteínas Proto-Oncogênicas/fisiologia , Receptor Tipo 1 de Angiotensina/análise , Receptor Tipo 1 de Angiotensina/fisiologia
11.
Rio de Janeiro; s.n; s.n; 2016. 39 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-964020

RESUMO

Enterococcus faecalis é um patógeno oportunista com peculiar potencial para a manutenção da infecção perirradicular endodôntica após o preparo químico-mecânico do sistema de canais radiculares. Adicionalmente, possui aptidão para desenvolver-se em biofilme e apresenta em sua parede celular adesinas compatíveis com substratos colagênicos, como a composição da matriz extracelular da dentina e dos túbulos dentinários. Esse estudo propôs-se a caracterizar geneticamente 23 amostras de E faecalis isoladas de infecções endodônticas primárias através da técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR, do inglês Polymerase Chain Reaction) e investigar a influência de COL I (colágeno tipo I), FN (fibronectina) e fibrinogênio (FBG) na formação de biofilme em superfície abiótica. Assim, após a sensibilização de ¾ dos poços de placas de poliestireno estéreis com 50 µl da solução de proteína de matriz (COL I, FN e FBG) na concentração de 1mg/ml, transferiu-se 50µl de suspensão bacteriana (1,5 x 108 bact/mL) correspondente a cada amostra, de modo a preencher tanto os poços sensibilizados como os não sensibilizados. A quantificação da formação de biofilme foi realizada por meio de leitura por densidade óptica, cujos resultados revelaram que houve formação de biofilme por todas as em superfície abiótica, porém com diferentes graus de intensidade. Todas as cepas foram identificadas geneticamente como Enterococcus faecalis e a presença do gene gelE foi dominante. Contudo, nenhuma apresentou amplificação para os genes esp e agg, e, apesar de 73,9% das amostras amplificarem para o gene ace, apenas 2 cepas (P7 e P75) isoladas de infecções endodônticas primárias tiveram aumento de formação de biofilme na presença de COL I (P<0,05). Embora a presença de FBG não forneça subsídio estatisticamente significante para a formação de biofilme, COL I e FN influenciaram na redução da formação do biofilme para a maior parte das amostras. É possível que a capacidade de formação de biofilme inerente ao E. faecalis e a afinidade para FN e COL I através da expressão gênica de ace contribuam substancialmente para a manutenção desse micro-organismo no ambiente radicular mesmo após o tratamento endodôntico minucioso.


Enterococcus faecalis is an opportunistic pathogen with peculiar potential to maintain the periradicular endodontic infection even after chemical-mechanical preparation of the root canal system. In addition, it has the ability to develop into biofilms and presents in your cell wall adhesins compatible with collagenous substrates, as the composition of the extracellular matrix of the dentine and dentinal tubules. This study aims to characterize genetically 23 samples of E. faecalis isolated from primary endodontic infections by Polymerase Chain Reaction (PCR) technique and investigate the influence of collagen type I (COL I), fibronectin (FN) and fibrinogen (FBG) in biofilm formation on abiotic surface. Thus, after the sensitization of ¾ the wells of sterile microtiter plates with 50 ul of matrix protein solution (COL I and FN FBG) at a concentration of 1mg / ml, was transferred 50mL of bacterial suspension (1.5 x 108 bact / ml) corresponding to each sample in order to fill both wells sensitized and non-sensitized. Quantification of biofilm formation was performed by optical density, so the results showed that there were biofilm formation by all strains on abiotic surface, but with different degrees of intensity. All strains were genetically identified as Enterococcus faecalis and the presence of gelE gene was prevalent. However, none showed amplification for the esp and agg gene, and, while 73.9% of the samples for amplifying ace gene, only 2 strains (P7 and P75) isolated from primary endodontic infections they had increased biofilm formation in the presence of COL I (P <0.05). Although the presence of FBG no provides significant support for the biofilm formation, COL I and FN were relevant influence in the reduction of biofilm formation for most of the samples. It is possible that the biofilm-forming ability inherent in E. faecalis and affinity for FN and COL I through ace gene expression contribute substantially to maintain of this microorganism in the root environment even after thorough endodontic treatment.


Assuntos
Humanos , Proteínas da Matriz Extracelular/biossíntese , Proteínas da Matriz Extracelular/fisiologia , Infecções por Bactérias Gram-Positivas , Enterococcus faecalis/genética , Cavidade Pulpar , Dentina , Genes Bacterianos , Periodontite Periapical , Reação em Cadeia da Polimerase , Biofilmes , Preparo de Canal Radicular
12.
Bauru; s.n; 2015. 108 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867341

RESUMO

O propósito deste trabalho foi investigar a ocorrência de mutações e polimorfismos em genes candidatos aos defeitos na formação do esmalte dentário em indivíduos com fissura labiopalatina (FLP) transforame incisivo unilateral ou bilateral isolada e associar o genótipo-fenótipo dos indivíduos com FLP e malformação dentária (MD) nos dentes incisivos centrais superiores permanentes. Foram coletadas amostras de saliva de 165 indivíduos de 6 a 15 anos de idade, de ambos os sexos, divididos em 4 grupos de estudo: Grupo 1 - 46 indivíduos com FLP e MD; Grupo 2 - 34 indivíduos com FLP e sem MD; Grupo 3 - 34 indivíduos sem FLP e com MD; Grupo 4 - 51 indivíduos sem FLP e MD. Foi realizada a extração do DNA genômico das amostras de saliva, seguida da Reação em Cadeia da Polimerase, sequenciamento direto dos éxons 2, 3, 4, 5, 6 e 7 do gene AMELX e genotipagem dos SNPs rs3796703, rs3796704, rs3796705, rs7671281, rs2609428 e rs35951442 no gene ENAM. Para a análise estatística dos resultados foi utilizado o Teste Exato de Fisher e o Teste do Qui-quadrado de Pearson. Em relação ao sequenciamento direto do gene AMELX, mutações foram encontradas em 30,4% (n=14), 35,3% (n=12), 11,8% (n=4) e 13,7% (n=7) dos indivíduos dos Grupos 1, 2, 3 e 4, respectivamente. Trinta e sete mutações foram detectadas e distribuídas ao longo dos éxons 2 (1 mutação - 2,7%), 6 (30 mutações - 81,08%) e 7 (6 mutações - 16,22%) do gene AMELX. Houve um aumento significativo (p=0,003) na frequência de mutações nos indivíduos com FLP (Grupos 1 e 2 - 65,7%) em relação aos indivíduos sem FLP (Grupos 3 e 4 - 25,5%). Em relação às 30 mutações encontradas no éxon 6, 43,34% (n=13), 23,33% (n=7), 13,33% (n=4) e 20% (n=6) foram encontrados nos Grupos 1, 2, 3 e 4, respectivamente. A mutação silenciosa c.261C>T (rs2106416) foi detectada em 26 indivíduos distribuídos nos quatro grupos estudados, sendo significativamente mais encontrada (p=0,003) nos grupos com FLP (23,75%), em comparação com os...


The purpose of this study was to investigate the occurrence of mutations and polymorphisms (SNPs) in candidate genes to defects in the formation of enamel in individuals with cleft lip and palate (CLP) unilateral or bilateral incisive transforame isolated and associate genotype-phenotype of individuals with CLP and dental malformation (DM) in permanent teeth maxillary central incisors. For analysis of the proposed genes, saliva samples from 165 individuals from 6 to 15 years old, of both genders, were collected and divided into 4 groups: Group 1 - 46 individuals with CLP and DM; Group 2 - 34 individuals with CLP and without DM; Group 3 - 34 subjects without CLP and DM; Group 4 - 51 subjects without CLP and DM. Extraction of genomic DNA from saliva samples was performed, followed by Polymerase Chain Reaction, direct sequencing of 2, 3, 4, 5, 6 and 7 exons of AMELX gene and genotyping of SNPs rs3796703, rs3796704, rs3796705, rs7671281, rs2609428 and rs35951442 in the ENAM gene. For statistical analysis we used the Fisher's exact test and Pearson's chi-square test. Regarding direct sequencing of AMELX gene, mutations were found in 30.4% (n=14), 35.3% (n=12), 11.8% (n=4) and 13.7% (n=7) of individuals in Groups 1, 2, 3 and 4, respectively. Thirty-seven mutations were detected and distributed over the exons 2 (1 mutation - 2.7%), 6 (30 mutations - 81.08%) and 7 (6 mutations - 16.22%) of AMELX gene. There was a significant increase (p=0.003) in the frequency of mutations in individuals with CLP (Groups 1 and 2 - 65.7%) compared to subjects without CLP (Groups 3 and 4 - 25.5%). Regarding the 30 mutations found in exon 6, 43.34% (n=13), 23.33% (n=7), 13.33% (n=4) and 20% (n=6) were found in Groups 1, 2, 3 and 4, respectively. The c.261C>T silent mutation (rs2106416) was detected in 26 individuals distributed in all groups studied, and was significantly more found (p=0.003) in the groups with CLP (23.75%) compared to the groups without CLP (8.23%). In groups without...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Anormalidades Dentárias/genética , Fenda Labial/genética , Fissura Palatina/genética , Polimorfismo Genético/genética , Amelogenina/genética , Éxons/genética , Estudos de Associação Genética , Marcadores Genéticos , Genótipo , Mutação , Reação em Cadeia da Polimerase , Saliva
13.
Bauru; s.n; 2015. 98 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867751

RESUMO

Entre as muitas aplicações das tecnologias de identificação biológica humana, estão as finalidades forenses. O objetivo desta pesquisa foi verificar frequências alélicas de Short Tandem Repeat (STR) e os parâmetros estatísticos de interesse em genética de populações e forense para desenvolver o primeiro banco de dados populacional de DNA na Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, (FOB/USP) para futuros usos forenses. Frequências alélicas de 15 locos autossômicos e do marcador de gênero amelogenina foram determinadas utilizando amostras de 200 μL de saliva doados por 296 alunos de graduação da FOB/USP, com idade ≥ 18 anos, após aprovação ética. Os testes laboratoriais foram feitos com kits comerciais. Resultados e parâmetros estatísticos foram obtidos por meio de programas clássicos: GeneMapper-ID-X, MS Excel 2002 versão 10.6871.6870, GenAlEx 6.5 e Arlequin 3.5, comparando quatro populações (brasileira, portuguesa, norte-americana e a população deste estudo). Os locos mais polimórficos foram D18S51 (17 alelos) e FGA (15 alelos), seguidos pelo D21S11 (13 alelos) e os menos polimórficos foram D16S539 e TH01 (7 alelos cada). A análise comparativa com amostra da população brasileira proveniente de estudos anteriores (n > 100.000) pelo teste goodness of fit X2 index não mostrou diferenças significativas entre estes grupos (p = 0,9999). Outros parâmetros estatísticos foram calculados comparando as populações: local (deste estudo), portuguesa e norte-americana. A análise de variância molecular (AMOVA) entre as três populações, entre as pessoas da mesma população e para cada pessoa de cada população mostrou que existe uma elevada variância individual (99%), que esta variância é mantida uniformemente entre as pessoas da mesma amostra/região (1%) e entre as três populações estudadas (0%). O estudo confirmou o elevado grau de polimorfismo e a alta heterozigosidade (96,5%) da população. Houve diferença significativa quanto ao gênero (79,7% mulheres)...


There are many ways of applying biological human identification technologies, among these are forensic applications. The objective of this study was to verify allele frequencies for 15 autosomal short tandem repeat (STR) loci and develop the first human DNA population database at the Bauru School of Dentistry, University of São Paulo (FOB/USP), for future forensic uses. Allele frequencies for these STR loci and an amelogenin gender marker were determined using 200 μL samples of saliva donated by 296 undergraduates from FOB/USP who were ≥ 18 years old at the time of the sample collect after signing a consent form with ethical approval. For laboratory tests, commercial kits were used. Results and statistical parameters were obtained using the following software: GeneMapper IDX (version 1.5), MS Excel 2002 (version 10.6871.6870), GenAlEx (version 6.5) and Arlequin (version 3.5) to compare four populations (Brazil, Portugal, U.S. and this study population). Results indicated that the most polymorphic loci were D18S51 (17 alleles) and FGA (15 alleles), followed by D21S11 (13 alleles); the least polymorphic loci were D16S539 and TH01 (7 alleles each). Various Brazilian populations (n > 100,000) from other studies were compared with this studys Brazilian population using a goodness-of-fit chi-squared test, and no significant differences in these frequencies were observed between these two population groups (p = 0.9999). Other forensic and population genetic statistical parameters were calculated comparing this studys population with Portugal and U.S. populations. For example, an analysis of molecular variance (AMOVA) among all populations, among people of the same population and for each person for each population, showed that people have high individual variance (99%) and that this variance is maintained evenly between people of the same sample/region (1%) and among the three populations studied (0%). This study reinforced the conclusion of other allele frequency...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Frequência do Gene/genética , Marcadores Genéticos , Repetições de Microssatélites/genética , Análise de Variância , Eletroforese Capilar , Reação em Cadeia da Polimerase , Polimorfismo Genético , Saliva
14.
São Paulo; s.n; 2015. 71 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867899

RESUMO

A ulceração aftosa recorrente (UAR) é considerada a doença ulcerativa mais frequente da cavidade bucal. Sua etiopatogenia ainda não está plenamente esclarecida, embora inúmeros fatores locais e sistêmicos já tenham sido a ela associados. Recentemente, a resposta imune anormal do tipo celular tem sido considerada a responsável pela lesão bucal na UAR, favorecendo uma resposta imunológica pró-inflamatória do tipo Th1, em conjunto com alterações em linfócitos T regulatórios. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi realizar análise da expressão gênica da FOXP3, MIP-3? e Interleucinas 2, 10 e 35 em pacientes com ulceração aftosa recorrente, por meio de estudo caso-controle. Os pacientes do grupo caso apresentavam quadros frequentes de UAR com pelo menos um ano de manifestação de surtos ulcerativos e história negativa de condições sistêmicas ou locais interferentes com a expressão das UAR. Estes foram submetidos a biópsia de lesão ulcerativa recente para a análise molecular. Os pacientes do grupo controle apresentavam história negativa de UAR, mucosa clinicamente saudável, e doaram voluntariamente fragmento de mucosa saudável para análise molecular, quando submetidos a procedimentos cirúrgicos como exodontia de terceiros molares ou biópsias ósseas. Todos os pacientes foram incluídos no grupo de pesquisa apenas após anuência


com termo de consentimento livre e esclarecido. Submeteram-se a exame clínico, realizaram exames complementares para controle da saúde geral e suporte diagnóstico. Onze pacientes UAR e três controles voluntários compuseram a casuística estudada, sendo submetidos a biópsia de lesões de UAR ou de mucosa de revestimento sadia. As amostras de tecido bucal foram submetidas aos procedimentos laboratoriais de extração do RNA e análise da expressão gênica da FOXP3, MIP-3? e Interleucinas 2, 10 e 35 por meio da técnica de RT-PCR em tempo real. Não houve diferença significativa na expressão dos genes estudados entre as amostras de portadores de UAR e controles sadios. Concluímos que os genes aqui avaliados não parecem desempenhar papel distintivo na fase ulcerativa inicial das UAR, entretanto estudos adicionais são recomendados a fim de se verificar a real participação desses agentes da inflamação na expressão da doença.


Recurrent aphthous ulcers (RAU) is the most common ulcerative disease of the oral cavity. Its pathogenesis is poorly understood yet, although numerous local and systemic factors have been associated with it. Recently, abnormal immune response of cellular type has been considered responsible for the RAU oral lesions, promoting a pro-inflammatory immune response Th1-type, in conjunction with changes in regulatory T cells. Thus, the aim of this study was to analyze the gene expression of FOXP3, MIP-3? and interleukins 2, 10 and 35 in patients with recurrent aphthous ulceration through a case-control study. The case group of patients presented frequent RAU bouts with at least one year of manifestation of ulcerative outbreaks and negative history of local or systemic conditions interfering with the RAU expression. These patients were submitted to a biopsy procedure of a recent ulcerative lesion for molecular analysis. Patients in the control group presented no history of RAU, and agreed with a donation of a healthy mucosa fragment for molecular analysis when undergoing surgical procedures such as extraction of third molars or bone biopsies.


All patients were included in the research group only after agreement with an informed consent. All subjects underwent clinical examination and were submitted to additional lab tests to check overall health and support diagnosis. Eleven RAU patients and three control volunteers composed the sample size and undergone biopsy of RAU lesions or healthy mucosal lining. The oral tissue samples were submitted to the laboratory procedures of RNA extraction and analysis of gene expression of FOXP3, MIP-3? and interleukins 2, 10, 35 by real time RT-PCR. There was no significant difference in gene expression between the studied samples of patients with RAU and healthy controls. It was concluded that the genes evaluated do not seem to play distinctive role in the initial ulcerative phase of RAU, however further studies are recommended in order to verify the actual participation of these inflammation agents in RAU expression.


Assuntos
Citocinas/uso terapêutico , Estomatite Aftosa/complicações , Estomatite Aftosa/diagnóstico , Interleucinas/administração & dosagem , Reação em Cadeia da Polimerase , Quimiocinas/uso terapêutico
15.
Araçatuba; s.n; 2015. 72 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870110

RESUMO

Introdução: A relação entre a microbiota bucal e infecções graves em pacientes mantidos internados em unidades de terapia intensiva (UTI) vem sendo estabelecida, principalmente para os portadores de próteses totais ou parciais, visto que o biofilme bucal pode se converter em reservatório de microrganismos que não fazem parte dessa microbiota. Objetivo: Esse estudo objetivou avaliar a presença dos principais patógenos periodontais e oportunistas na boca de pacientes mantidos em unidades de terapia intensiva. Material e Método: Foram obtidos dados referentes às condições de saúde de 156 pacientes mantidos por mais de 72 horas em ambiente de UTI. Realizou-se exames clínicos intrabucais e coleta de amostras de saliva e mucosas bucais, de secreções respiratórias, sangue e urina. A presença dos principais microrganismos bucais e oportunistas associados às infecções hospitalares foi avaliada por meio da reação em cadeia da polimerase (PCR). A análise estatística foi realizada pelos testes de Mann-Whitney e Test T, enquanto a correlação entre as variáveis foi obtida pelo Teste de Spearman, todos ao nível de significância de 5%. Resultados: Houve correlação negativa entre a presença de leucócitos e alguns patógenos oportunistas bucais e exógenos. Os microrganismos estudados foram mais prevalentes no gênero masculino e os anaeróbios obrigatórios e microrganismos capnofílicos oriundos do ambiente bucal se mostraram mais relevantes nas infecções sistêmicas do que os patógenos oportunistas exógenos, como as enterobactérias e os pseudomonados. Conclusão: Concluiu-se que a fragilidade da saúde bucal de pacientes internados em UTI, por vezes com imunossupressão, associada a colonização e/ou infecção de microrganismos oportunistas, pode ser um fator agravante na deterioração e piora do quadro sistêmico do paciente.


Introduction: The relationship between the oral microbiota and serious infections in patients kept in intensive care units (ICU) has been established, mainly for patients with dentures or partials, since oral biofilm can become reservoir of micro-organisms that are not part of this microbiota. Objective: This study aimed to evaluate the presence of the main periodontal pathogens and infections in the mouth of patients kept in intensive care units. Material and method: Data were obtained on the health conditions of 156 patients held for more than 72 hours in the ICU environment. Intraoral clinical examination was carried out and collection of samples of saliva and oral mucosa, respiratory secretions, blood and urine. The presence of the main oral and opportunistic micro-organisms associated with hospital-acquired infections were evaluated by means of the polymerase chain reaction (PCR). Statistical analysis was performed by Mann-Whitney tests and Test T, while the correlation between the variables was obtained by Spearman test, all at a significance level of 5%. Results: There was a negative correlation between the presence of leukocytes and some oral opportunistic pathogens and exogenous. The microorganisms studied were more prevalent in male gender and obligate anaerobes and capnofilicos microorganisms from oral cavity were more relevant in systemic infections than the exogenous opportunistic pathogens, such as Enterobacteriaceae and Pseudomonas. Conclusion: It was concluded that the fragility of the oral health of patients admitted to ICU, sometimes with immune suppression associated with the colonization and/or infection from opportunistic micro-organisms can be an aggravating factor in the deterioration and worsening of the patient’s systemic framework.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Biofilmes , Unidades de Terapia Intensiva , Infecções Oportunistas , Saúde Bucal , Periodontite , Prótese Dentária , Reação em Cadeia da Polimerase
16.
Bauru; s.n; 2015. 98 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-871408

RESUMO

Entre as muitas aplicações das tecnologias de identificação biológica humana, estão as finalidades forenses. O objetivo desta pesquisa foi verificar frequências alélicas de Short Tandem Repeat (STR) e os parâmetros estatísticos de interesse em genética de populações e forense para desenvolver o primeiro banco de dados populacional de DNA na Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, (FOB/USP) para futuros usos forenses. Frequências alélicas de 15 locos autossômicos e do marcador de gênero amelogenina foram determinadas utilizando amostras de 200 μL de saliva doados por 296 alunos de graduação da FOB/USP, com idade ≥ 18 anos, após aprovação ética. Os testes laboratoriais foram feitos com kits comerciais. Resultados e parâmetros estatísticos foram obtidos por meio de programas clássicos: GeneMapper-ID-X, MS Excel 2002 versão 10.6871.6870, GenAlEx 6.5 e Arlequin 3.5, comparando quatro populações (brasileira, portuguesa, norte-americana e a população deste estudo). Os locos mais polimórficos foram D18S51 (17 alelos) e FGA (15 alelos), seguidos pelo D21S11 (13 alelos) e os menos polimórficos foram D16S539 e TH01 (7 alelos cada). A análise comparativa com amostra da população brasileira proveniente de estudos anteriores (n > 100.000) pelo teste goodness of fit X2 index não mostrou diferenças significativas entre estes grupos (p = 0,9999). Outros parâmetros estatísticos foram calculados comparando as populações: local (deste estudo), portuguesa e norte-americana. A análise de variância molecular (AMOVA) entre as três populações, entre as pessoas da mesma população e para cada pessoa de cada população mostrou que existe uma elevada variância individual (99%), que esta variância é mantida uniformemente entre as pessoas da mesma amostra/região (1%) e entre as três populações estudadas (0%). O estudo confirmou o elevado grau de polimorfismo e a alta heterozigosidade (96,5%) da população. Houve diferença significativa quanto ao gênero (79,7% mulheres)...


There are many ways of applying biological human identification technologies, among these are forensic applications. The objective of this study was to verify allele frequencies for 15 autosomal short tandem repeat (STR) loci and develop the first human DNA population database at the Bauru School of Dentistry, University of São Paulo (FOB/USP), for future forensic uses. Allele frequencies for these STR loci and an amelogenin gender marker were determined using 200 μL samples of saliva donated by 296 undergraduates from FOB/USP who were ≥ 18 years old at the time of the sample collect after signing a consent form with ethical approval. For laboratory tests, commercial kits were used. Results and statistical parameters were obtained using the following software: GeneMapper IDX (version 1.5), MS Excel 2002 (version 10.6871.6870), GenAlEx (version 6.5) and Arlequin (version 3.5) to compare four populations (Brazil, Portugal, U.S. and this study population). Results indicated that the most polymorphic loci were D18S51 (17 alleles) and FGA (15 alleles), followed by D21S11 (13 alleles); the least polymorphic loci were D16S539 and TH01 (7 alleles each). Various Brazilian populations (n > 100,000) from other studies were compared with this studys Brazilian population using a goodness-of-fit chi-squared test, and no significant differences in these frequencies were observed between these two population groups (p = 0.9999). Other forensic and population genetic statistical parameters were calculated comparing this studys population with Portugal and U.S. populations. For example, an analysis of molecular variance (AMOVA) among all populations, among people of the same population and for each person for each population, showed that people have high individual variance (99%) and that this variance is maintained evenly between people of the same sample/region (1%) and among the three populations studied (0%). This study reinforced the conclusion of other allele frequency...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Frequência do Gene/genética , Marcadores Genéticos , Repetições de Microssatélites/genética , Análise de Variância , Eletroforese Capilar , Reação em Cadeia da Polimerase , Polimorfismo Genético , Saliva
17.
Araçatuba; s.n; 2015. 72 p. tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867488

RESUMO

Introdução: A relação entre a microbiota bucal e infecções graves em pacientes mantidos internados em unidades de terapia intensiva (UTI) vem sendo estabelecida, principalmente para os portadores de próteses totais ou parciais, visto que o biofilme bucal pode se converter em reservatório de microrganismos que não fazem parte dessa microbiota. Objetivo: Esse estudo objetivou avaliar a presença dos principais patógenos periodontais e oportunistas na boca de pacientes mantidos em unidades de terapia intensiva. Material e Método: Foram obtidos dados referentes às condições de saúde de 156 pacientes mantidos por mais de 72 horas em ambiente de UTI. Realizou-se exames clínicos intrabucais e coleta de amostras de saliva e mucosas bucais, de secreções respiratórias, sangue e urina. A presença dos principais microrganismos bucais e oportunistas associados às infecções hospitalares foi avaliada por meio da reação em cadeia da polimerase (PCR). A análise estatística foi realizada pelos testes de Mann-Whitney e Test T, enquanto a correlação entre as variáveis foi obtida pelo Teste de Spearman, todos ao nível de significância de 5%. Resultados: Houve correlação negativa entre a presença de leucócitos e alguns patógenos oportunistas bucais e exógenos. Os microrganismos estudados foram mais prevalentes no gênero masculino e os anaeróbios obrigatórios e microrganismos capnofílicos oriundos do ambiente bucal se mostraram mais relevantes nas infecções sistêmicas do que os patógenos oportunistas exógenos, como as enterobactérias e os pseudomonados. Conclusão: Concluiu-se que a fragilidade da saúde bucal de pacientes internados em UTI, por vezes com imunossupressão, associada a colonização e/ou infecção de microrganismos oportunistas, pode ser um fator agravante na deterioração e piora do quadro sistêmico do paciente


Introduction: The relationship between the oral microbiota and serious infections in patients kept in intensive care units (ICU) has been established, mainly for patients with dentures or partials, since oral biofilm can become reservoir of micro-organisms that are not part of this microbiota. Objective: This study aimed to evaluate the presence of the main periodontal pathogens and infections in the mouth of patients kept in intensive care units. Material and method: Data were obtained on the health conditions of 156 patients held for more than 72 hours in the ICU environment. Intraoral clinical examination was carried out and collection of samples of saliva and oral mucosa, respiratory secretions, blood and urine. The presence of the main oral and opportunistic micro-organisms associated with hospital-acquired infections were evaluated by means of the polymerase chain reaction (PCR). Statistical analysis was performed by Mann-Whitney tests and Test T, while the correlation between the variables was obtained by Spearman test, all at a significance level of 5%. Results: There was a negative correlation between the presence of leukocytes and some oral opportunistic pathogens and exogenous. The microorganisms studied were more prevalent in male gender and obligate anaerobes and capnofilicos microorganisms from oral cavity were more relevant in systemic infections than the exogenous opportunistic pathogens, such as Enterobacteriaceae and Pseudomonas. Conclusion: It was concluded that the fragility of the oral health of patients admitted to ICU, sometimes with immune suppression associated with the colonization and/or infection from opportunistic micro-organisms can be an aggravating factor in the deterioration and worsening of the patient’s systemic framework


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Biofilmes , Unidades de Terapia Intensiva , Infecções Oportunistas , Saúde Bucal , Periodontite , Prótese Dentária , Reação em Cadeia da Polimerase
18.
Araçatuba; s.n; 2015. 132 p. ilus, graf, tab.
Tese em Inglês, Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867492

RESUMO

Os objetivos do estudo foram avaliar os efeitos citotóxico e antimicrobiano de análogos de peptídeos catiônicos e sua influência na expressão de marcadores fenotípicos e genotípicos de mineralização dentinária. Fibroblastos da linhagem L929 foram expostas a diluições seriadas dos peptídeos LL-37 e análogos hBD-3-1CV e KR-12-a5 e a viabilidade das células foi avaliada por ensaios de metil tiazol tetrazólio (MTT). Concentração inibitória mínima (CIM) e concentração letal mínima (CLM) para os peptídeos e controles (clorexidina – CHX) foram determinadas contra Streptococcus mutans, Actinomyces israelii, Enterococcus faecalis, Candida albicans, Fusobacterium nucleatum e Porphyromonas gingivalis, pelo método de microdiluição, após 4 e 24 horas. Biofilmes de E. faecalis e F. nucleatum foram formados sobre blocos de dentina radicular bovina e expostos a 5X e 10X MLC do peptídeo com melhor atividade antimicrobiana e CHX e analisadas por contagem de unidades formadoras de colônias/ml (UFC/ml) e por Microscopia de Varredura Confocal à Laser (CLSM). Células semelhantes à odontoblastos da linhagem MDPC-23 foram expostas a diluições seriadas de LL-37, hBD-3-1CV, KR-12- A5 por 24 horas, seguidas de trocas de meio osteogênico por 7 dias e avaliada a viabilidade celular, produção de proteína total (TP), atividade da fosfatase alcalina (ALP) e deposição de nódulos mineralizados. A expressão de genes de marcadores de mineralização (sialofosfoproteína dentinária - DSPP e fosfoproteína de matriz dentinária - DMP-1) foi realizada por PCR quantitativo, após 24 h de exposição aos peptídeos e de incubação durante 14 dias em meio osteogênico. LL-37/hBD-3-1CV e KR-12-a5 afetaram o metabolismo dos fibroblastos em concentrações acima de 500 e 250 µg/ml, respectivamente. KR-12-a5 teve os melhores valores de CIM/CLM contra todos os microrganismos e ambos os tempos de exposição. Os crescimentos de E. faecalis e C. albicans foram afetados apenas por KR-12-a5 e CHX. hBD-3-1CV e LL-37 tiveram...


The objectives of the study were to evaluate the cytotoxic and antimicrobial effects of analogues of cationic peptides and their influence in the expression of phenotypic and genotypic markers of dentin mineralization. L929 fibroblast cells were exposed to serial dilutions of peptides LL-37, hBD-3-1CV and KR-12-a5 and cell metabolism was evaluated by methyl thiazol tetrazolium (MTT) assays. Minimal inhibitory concentration (MIC) and minimal lethal concentration (MLC) of peptides and controls (chlorhexidine – CHX) were determined for Streptococcus mutans, Actinomyces israelii, Enterococcus faecalis, Candida albicans, Fusobacterium nucleatum and Porphyromonas gingivalis, by microdilution method, after 4 and 24h. E. faecalis and F. nucleatum biofilms were formed in blocks of bovine root dentin and exposed to 5X and 10X MLC of the peptide with the best antimicrobial activity and CHX and analyzed by colonies forming units/ml (CFU/ml) counts and by Confocal Laser Scanning Microscopy (CLSM). MDPC-23 odontoblast-like cells were exposed to serial dilutions of peptides LL-37, hBD-3-1CV and KR-12-a5 for 24 hours, followed by changes of osteogenic medium for 7 days and evaluated cell viability, total protein (TP) production, alkaline phosphatase (ALP) activity and mineralized nodule deposition. The gene expression of mineralization markers (Dentin Sialophosphoprotein - DSPP and Dentin matrix phosphoprotein 1 - DMP-1) was performed by quantitative PCR, after 24h of peptide exposure and incubation for 14 days in osteogenic medium. LL-37 and hBD-3-1CV affected cell metabolism at concentrations above 500µg/ml and KR-12-a5 above 250µg/ml. KR-12-a5 had the best MIC/MLC values against all microorganisms and both times of exposure. E. faecalis and C. albicans growth was affected only for KR-12-a5 and CHX. hBD-3-1CV and LL-37 had similar inhibitory effect against S. mutans and A. israelii. KR-12-a5 reduced E. faecalis growth in biofilm assays, with similar results to...


Assuntos
Peptídeos Catiônicos Antimicrobianos , Biofilmes , Expressão Gênica , Técnicas de Cultura de Células , Testes de Sensibilidade Microbiana , Reação em Cadeia da Polimerase
19.
São Paulo; s.n; 2014. 70 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-747283

RESUMO

O objetivo deste estudo foi verificar a eficácia da Terapia Fotodinâmica (PDT) no tratamento de bolsas residuais de pacientes portadores de periodontite crônica em manutenção periodontal, através da avaliação de parâmetros clínicos e microbiológicos. Um ensaio clínico aleatório controlado duplo-cego paralelo foi conduzido para avaliar 34 pacientes com periodontite crônica, que foram submetidos ao tratamento periodontal convencional e apresentaram pelo menos quatro sítios com bolsas residuais na reavaliação. Os pacientes foram alocados em grupo teste (PDT) e grupo controle (sham) aleatoriamente. A terapia fotodinâmica foi realizada através da irrigação subgengival com azul de metileno (0,01%), e a irradiação com laser de diodo a 660nm, 90J/cm2 por 90s A intervenção foi feita no início do estudo, aos 3, 6 e 9 meses. Os parâmetros clínicos foram avaliados no início, 3, 6 e 12 meses após o tratamento. A coleta de placa subgengival foi feita antes da intervenção, uma semana após, 3, 6 e 12 meses depois. A avaliação microbiológica foi feita a partir da detecção e quantificação de Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola e Aggregatibacter actinomycetemcomitans, pela reação de polimerase em cadeia em tempo real. Todos os parâmetros clínicos avaliados apresentaram melhora significativa durante o estudo, porém não houve diferença significativa entre os grupos. Em relação à análise microbiológica, não houve diferença entre os grupos em nenhum momento do estudo. Porém, houve redução significativa de T. forsythia no grupo teste aos 6 meses, e aumento significativo de P. gingivalis no mesmo grupo aos 12 meses. Dentro dos parâmetros do laser e fotossensibilizador utilizados neste estudo, a PDT não demonstrou ter efeito benéfico adicional no tratamento de bolsas periodontais residuais.


The aim of this study was to investigate the effectiveness of Photodynamic Therapy (PDT) in the treatment of residual pockets of chronic periodontitis patients in periodontal maintenance, by assessing clinical and microbiological parameters. A randomized clinical controlled double-blind parallel trial was performed to assess 34 periodontal patients, who received conventional periodontal treatment and presented residual pockets at revaluation. The patients were allocated to test (PDT) and control (sham) group randomly. The photodynamic therapy was performed by subgingival irrigation with methylene blue (0.01%), and diode laser irradiation (660nm, 90j/cm2) during 90s. The intervention was performed at baseline, 3, 6 and 9 months. The clinical parameters were evaluated at baseline, 3, 6 and 12 months. The subgingival plaque sampling was collected before intervention, a week after, 3, 6 and 12 months later. The detection and quantification of Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, Treponema denticola and Aggregatibacter actinomycetemcomitans was achieved by means of the real time polymerase chain reaction. All clinical parameters showed significant improvement during the study, but there was no significant difference between groups. The microbiological analyses showed no differences between groups in any time of study. There was a significant reduction of T. forsythia in test group at 6 months, and a significant increase of P. gingivalis in test group at 12 months. Considering the laser and photosensitizer used in this trial, PDT failed to demonstrate additional benefits in residual pockets treatment.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doenças Periodontais/diagnóstico , Fotoquimioterapia , Lasers , Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
20.
São Paulo; s.n; 2014. 81 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867368

RESUMO

A interface do implante com o componente protético geralmente apresenta lacunas que servem de nichos para a colonização bacteriana. A proposta deste estudo é verificar a eficácia do dimetacrilato na vedação desta interface. Foram utilizados 20 implantes ósseos Bone Level® Straumann, indicados para reabilitação protética unitária cimentada. Os pilares protéticos foram instalados nos grupos controle e experimental, adicionando-se o dimetacrilato à interface da conexão protética. Foram realizadas uma coleta inicial e uma coleta ao final do período de 90 dias no interior de cada implante, e através da técnica de PCR quantitativo foi analisada a infiltração e a detecção das espécies bacterianas Porphyromonas gingivalis, Treponema denticola, Tannerella forsythia. No Grupo Controle, todas as amostras apresentaram quantificação de microrganismos, confirmando infiltração bacteriana. No Grupo Experimental, apenas 30% das amostras apresentou quantificação após o período estudado. Assim, a ausência de bactérias no Grupo Experimental foi associada ao tratamento com o dimetacrilato para o período. Quando considerada a presença de pelo menos uma das bactérias específicas estudadas nas amostras, a diferença também foi estatisticamente significante. Entretanto, mais estudos devem ser desenvolvidos a fim de verificar se a vedação será eficiente por períodos mais longos.


The implant/prosthetic component interface often has gaps that serve as niches for bacterial colonization. The purpose of this study is to verify the effectiveness sealing this interface with dimethacrylate. Twenty two Straumann ® Bone Level implants was installed in areas with indication for single cemented prosthetic rehabilitation. The prosthetic components were installed in the control and experimental groups following the fabricant instructions, and adding the dimethacrylate in the interface of the experimental group. An initial collection and a second collection at the end of 90 days within each implant were performed, and after that, the technique of quantitative PCR was developed to analyze whether there was infiltration and detection of four bacterial species: Porphyromonas gingivalis, Treponema denticola, Tannerella forsythia. In the control group, all samples showed quantification of microorganisms, confirming bacterial percolation. In the control group, only 30% of the samples submitted quantification after the study period. Thus, the absence of bacteria in the experimental group was associated with the treatment for the period dimethacrylate. Considering the presence of at least one specific bacteria in the samples studied, the difference was also statistically significant. However, more studies should be conducted to verify that the seal will be effective for longer periods.


Assuntos
Bacteriologia , Implantação Dentária/métodos , Implantação Dentária , Infiltração Dentária/complicações , Infiltração Dentária/diagnóstico , Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA