Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 789
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. odontol ; 56: 1-8, jan.-dez. 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1097768

RESUMO

Aim: To evaluate the influence of lengths and different luting agents on the bond strength of fiberglass posts' adhesion to dentin.Methods: Sixty single-root bovine teeth were endodontically treated and included in polyether and acrilyc resin to simulate a periodontal ligament. These were divided into 6 groups according to the post lengths (6, 10 or 14 mm) and luting agents (self-adhesive dual resin cement ­ U; or etch-and-rinse dual resin cement ­ A): U6, U10, U14, A6, A19, and A14. All fiberglass posts were cemented according to manufacturer instructions. After this, mechanical aging was performed (1.2x106 cycles; 4 Hz, 90 N). The push-out specimens were then conducted (2.0 ± 0.1 mm), with the test executed in a universal machine (10 kgf at 0.5 mm/min). Data obtained were submitted to the Kruskal-Wallis and Dunn's test. Results: No statistically significant difference was observed in bond strength between the groups due to the type of luting agent (p > 0.05). However, the isolated post-length factor showed significantly different results for the U groups (p < 0.05). The U10 group showed similar union values to U6 but statistically inferior to U14. Conclusion: bond strength of fiberglass posts of the same length as the dentin presented no differences according to the luting agent, but the post-length property influenced the bond strength when self-adhesive resin cement was used.


Objetivo: avaliar a influência dos agentes cimentantes e dos diferentes comprimentos de pinos na resistência de união de pinos de fibra de vidro a dentina. Métodos: Sessenta dentes bovinos uniradiculares tiveram a raiz endodonticamente tratada, e foram incluídos em poliéter e resina acrílica para simular o ligamento periodontal. Os espécimes foram divididos em seis grupos de acordo com o comprimento dos pinos (6, 10 ou 14mm) e dos agentes de cimentantes (cimento resinoso dual autoadesivo (RelyX U200, 3M ESPE) - U; ou cimento resinoso dual convencional (AllCem Core, FGM) - A: U6, U10, U14, A6, A19 e A14. Todos os pinos de fibra de vidro foram cimentados conforme as recomendações do fabricante. Após, o envelhecimento mecânico (1,2x106 ciclos; 4 Hz, 90 N) as amostras foram fatiadas para o teste de push-out (2,0 ± 0,1 mm) executado em uma máquina de ensaio universal (10 kgf a 0,5 mm/min). Os dados foram submetidos ao teste de Kruskal-Wallis e Dunn. Resultados: não houve diferença estatística na resistência de união entre os grupos devido ao tipo de agente cimentante (p > 0,05), mas houve para o comprimento dos pinos dos grupos U (p < 0,05). O grupo U10 apresentou valores de união semelhantes a U6, mas estatisticamente inferiores ao U14. Conclusão: a resistência de união dos pinos de fibra de vidro de um mesmo comprimento não apresentou diferenças mesmo quando cimentados com cimentos diferentes, mas o comprimento dos pinos isoladamente influenciou quando o cimento resinoso autoadesivo foi utilizado.


Assuntos
Resinas Acrílicas , Teste de Materiais , Cimentos de Resina , Cimentos Dentários , Resistência de Materiais , Cimentos de Ionômeros de Vidro , Pinos Dentários
2.
Arq. odontol ; 56: 1-6, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1103991

RESUMO

Objetivo: Analisar as propriedades físico-químicas, escoamento, tempo de presa, solubilidade e alteração dimensional, dos cimentos endodônticos à base de óxido de zinco e eugenol: Endomethasone N, Endofill e Grosmann, de acordo com a especificação número 57 da American Dental Association. Métodos: Realizou-se os testes nas condições ambientais de 23° ± 2°C e 50 ± 5% de umidade relativa do ar, mantidas 48 h antes dos procedimentos, repetindo-se cinco vezes e obtendo-se uma média aritmética. Resultados: Os cimentos à base de óxido de zinco e eugenol analisados apresentaram tempo de endurecimento elevados, para o teste de escoamento, o Endofill e Grossman apresentaram-se acima do estabelecido. Em relação à solubilidade, o Endomethasone N esteve dentro do padrão e os demais cimentos excederam. Conclusão:Todos os cimentos analisados obtiveram valores diferentes do recomendado para alteração dimensional. Nenhum dos cimentos enquadrou-se completamente nas normatizações.


Aim: To analyze the physical-chemical properties, flow, setting time, solubility and dimensional change of endodontic cements, based on zinc oxide and eugenol: Endomethasone N, Endo fill, and Grosmann, according to specification number 57 of the American Dental Association. Methods: The tests were conducted under environmental conditions of 23° ± 2°C and 50 ± 5% relative air humidity, maintained for 48 h prior to the procedures, repeating five times and obtaining an arithmetic mean. Results: The cements based on zinc oxide and eugenol analyzed in this study showed high hardening times. For the flow test, Endo fill and Grossman were above the established parameters. Regarding solubility, Endomethasone N was within the standard, while the other cements exceeded this standard. Conclusion: All analyzed cements obtained values that proved to be different from those recommended for dimensional changes. None of the cements were completely compliant with the regulations.


Assuntos
Solubilidade , Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol , Teste de Materiais , Propriedades Físicas e Químicas , Cimentos Dentários , Óxido de Zinco , Eugenol
3.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 19(1): 4465, 01 Fevereiro 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-998270

RESUMO

Objective: To compare the effect of three different fiber reinforcement strategies on the fracture strength of composite resin restored endodontically treated premolars. Material and Methods: Seventy-two sound human premolars extracted for orthodontic reasons were divided into 6 groups (n=12) after endodontic treatment. Group 1: intact teeth (positive control); Group 2: endodontically treated teeth without restoration (negative control); Group 3: composite resin restoration; Group 4: placement of fibers at occlusal position; Group 5: splinting the buccal and palatal walls with horizontal fiber posts; Group 6: placement of fibers at the occlusal position after splinting the buccal and palatal walls with horizontal fiber posts. Then fracture strength was measured at a crosshead speed of 0.5 mm/min in a universal testing machine. Data were analyzed using one-way ANOVA and post hoc Tukey tests at α=0.05. Results: There were significant differences between the negative and positive control groups (p<0.001) and between the negative control group and all the other study groups (p<0.001). However, there were no statistically significant differences between the positive control group and all the experimental groups and between the experimental groups (p>0.05). Conclusion: Fiber insertion had no additional reinforcing effect on the fracture strength following composite resin restoration.


Assuntos
Resistência à Tração , Dente Pré-Molar , Teste de Materiais , Resinas Compostas , Dente não Vital , Análise de Variância , Irã (Geográfico)
4.
Braz. j. oral sci ; 18: e191406, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1094951

RESUMO

Aim: To evaluate the bond strength (BS) and failure mode of orthodontic tubes treated with different alloy primers at the interface among enamel, resin and orthodontic tubes. Methods: Orthodontic tubes were bonded to the enamel of 80 bovine incisors with the orthodontic resin (Transbond XT, 3M Unitek). Prior to bonding, the tubes were chemically treated with (n=20) Metal/Zirconia Primer (MZ, Ivoclar), Scothbond Universal (SB, 3M Espe); Orthoprimer (OP, Morelli) or left untreated (Control - C). Specimens were submitted to 5,000 thermal cycles (5 and 55o C) to age the bonded interface. A shear BS test and failure modes were conducted, and the results were analyzed using one-way analysis of variance and Fisher's exact test, respectively. Results: No differences were observed among groups regardless of the type of alloy primer used (p = 0.254). However, no differences were observed among the failure modes of the groups tested (p=0.694). The adhesive failure mode between the resin and enamel was the most prevalent failure (45%) for groups OP and C, whereas cohesive failure in the orthodontic resin was the most prevalent failure (40%) for groups SB and MZ. Conclusion: Alloy primers were unable to increase the BS of the orthodontic tubes to enamel


Assuntos
Animais , Bovinos , Ortodontia , Teste de Materiais , Colagem Dentária , Resistência ao Cisalhamento
5.
Braz. j. oral sci ; 18: e191561, jan.-dez. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1095303

RESUMO

Aim: This study evaluated the fracture load and pattern failure of different prefabricated glass fiber posts (GFPs) of the same diameter. Methods: Seventy-eight (n=13 for six groups) GFPs of 1.6 mm coronal diameter of different brands were evaluated­ Exacto (Angelus), Power Post (BM4), White Post DC (FGM), HiRem (Overfibers), MAQ (Maquira), and SD (Supordont). The posts were subjected to fracture load testing (45° of inclination and 1 mm/min until fracture). Each factor (load (N) and shear stress (MPa)) was analyzed separately using one-way ANOVA followed by the Tukey test (α=0.05). Results: The type of failure was evaluated on a stereomicroscope (×10). The Power Post samples presented higher values of fracture load (p<0.001) followed by Maquira fiber post, White Post , HiRem, Superpost, and the Exacto posts. The failure pattern observed was intralaminar mode II in-plane shear, such as a failure occur parallel to fibers. Conclusion: Despite the same diameter of GFPs, the fracture load and shear resistance were brand-dependent


Assuntos
Estresse Mecânico , Teste de Materiais , Resistência ao Cisalhamento , Vidro
6.
Araçatuba; s.n; 2019. 72 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1051325

RESUMO

Introdução: O tratamento endodôntico visa manter ou restabelecer a saúde do periodonto através do preparo biomecânico, utilizando instrumentos de níqueltitânio automatizados e associados com insertos ultrassônicos para potencializar a ação dos irrigantes. Os materiais empregados na endodontia que permanecerão em contato com tecidos devem apresentar biocompatibilidade e preferencialmente ser biomineralizador, a fim de selar comunicações (fisiológicas/iatrogênicas), isolando o sistema de canais radiculares. Objetivos: 1- Avaliar a resistência à fadiga cíclica das limas reciprocantes Genius e EdgeFile X1 Small, comparados à lima WaveOne Gold Primary; 2- Avaliar a capacidade de limpeza de um inserto ultrassônico de níquel titânio em ativação da irrigação de forma contínua e passiva; 3- Avaliar a biocompatiblidade e biomineralização do cimento reparador MTA Flow. Material e Métodos: Para avaliar a resistência à fadiga cíclica dos sistemas Genius, EdgeFile e WaveOne Gold, 80 instrumentos foram utilizados (n=20), divididos em 4 grupos experimentais: Genius 25.04, Genius 30.04; EdgeFile X1 Small e Wave One Gold Primary, acionados em um canal artificial de aço inoxidável com ângulo de curvatura de 60o e raio de curvatura de 5 mm. O tempo decorrido da ativação do motor foi gravado em um cronômetro digital e parado assim que a fratura foi detectada. O número de ciclos até a falha (NCF) e o tempo para fratura (TF) foram calculados e os comprimentos dos segmentos fraturados medidos. Para avaliar a capacidade de limpeza do inserto ultrassônico, 45 prémolares inferiores, padronizados em 16 mm foram utilizados. A instrumentação foi realizada até lima 50.04 sob irrigação com hipoclorito de sódio e foram divididos em 3 grupos (n = 15) de acordo com a técnica de ativação final da solução irrigadora: irrigação convencional (IC) (passiva com pressão positiva/sucção concomitante) como controle; ativação ultrassônica passiva (PUI) e ativação ultrassônica contínua (CUI) do irrigante. Os três grupos tiveram os protocolos de ativação/irrigação final em soluções de hipoclorito de sódio e EDTA. As amostras foram clivadas, as imagens obtidas com microscopia eletrônica de varredura (MEV) e avaliadas quanto à capacidade de remoção da camada de smear layer no terço cervical, médio e apical, por um sistema de escores. Para análise biológica do material reparador MTA Flow, os materiais MTA Angelus e ProRoot MTA foram utilizados para comparação. Quarenta ratos receberam implantes subcutâneo de tubos de polietileno contendo os 3 materiais e tubo vazio como controle (n=10). Após 7, 15, 30 e 60 dias, os animais foram eutanasiados e os tubos removidos com o tecido conjuntivo circundantes. Infiltrado inflamatório e espessura da cápsula fibrosa foram avaliados histologicamente e indução da mineralização analisada por Von Kossa e sob luz polarizada. Os dados foram analisados com testes estatísticos específicos (p<5%). Resultados: Quanto à fadiga cíclica, os instrumentos EdgeFile X1 Small apresentaram maior resistência (NCF: 6175.74 ± 1608.99; TF: 1058.7 ± 275.82), seguido por ambos instrumentos Genius (p<0.05), de forma significativa comparados ao Waveone Gold Primary. O inserto de NiTi aumentou a limpeza, comparado com IC, principalmente no terço apical e CUI mostrou os melhores resultados (p<0.05). Nos resultados biológicos, MTA Angelus induziu a reação mais leve após 15 dias (p<0.05), seguido do MTA Flow. ProRoot MTA induziu uma inflamação severa no dia 7, reduzindo após 15 dias. Nenhuma diferença foi observada entre os materiais após 30 ou 60 dias (p>0.05). Estruturas coradas por Von Kossa e birrefringentes foram positivas para todos os materiais. Conclusões: 1- Os instrumentos EdgeFile X1 Small demonstraram maior resistência à fadiga cíclica que Genius e WaveOne Gold Primary. Ambos instrumentos Genius apresentaram resistência superior à WaveOne Gold Primary. 2- A ativação final do irrigante com o inserto NiTi melhorou a remoção de smear layer, com protocolo CUI superior à PUI ou IC. 3- O MTA Flow mostrou biocompatibilidade e induziu a biomineralização em todos os períodos observados(AU)


Introduction: The endodontic treatment aims to maintain or restore periodontal health through biomechanical instrumentation with nickel-titanium automatized instruments, associated with an ultrasonic tip to activate the irrigant, enhancing cleanness. Materials used in endodontics that will remain in contact with tissues, should demonstrate properties as biocompatibility and biomineralization ability, in order to seal communications (physiological/iatrogenic) isolating the root canal system. Objectives: 1- Evaluate the cyclic fatigue resistance of reciprocating Genius and EdgeFile X1 Small instruments compared to Waveone Gold Primary instruments; 2- Evaluate the cleaning effectiveness of a nickel-titanium ultrasonic tip in continuous and passive irrigant activation; 3-Evaluate the biocompatibility and biomineralization of MTA Flow repair cement. Materials and Methods: To evaluate the cyclic fatigue resistance of Genius, EdgeFile and WaveOne Gold, 80 instruments were used (n = 20), divided into 4 experimental groups: Genius 25.04, Genius 30.04; EdgeFile X1 Small and Wave One Gold Primary, reciprocating in a stainless steel artificial canal with a 60° angle of curvature and 5mm radius of curvature. The elapsed time of the motor activation was recorded in a digital timer and stopped as soon as the fracture was detected. The number of cycles to fracture (NCF) and time to fracture (TF) were calculated and the fractured segments lengths measured. To evaluate the ultrasonic tip cleanness capacity, forty-five mandibular premolars, standardized at 16 mm were used. The instrumentation was performed until file 50.04 under irrigation with sodium hypochlorite. The specimens were divided into 3 groups (n = 15) according to the final irrigant activation protocol: conventional irrigation (CI) (passive, with positive pressure/simultaneous aspiration) as control; passive ultrasonic irrigant activation (PUI) and continuous ultrasonic irrigant activation (CUI). All groups had the final activation / irrigation protocols with solutions of sodium hypochlorite and EDTA, standardized with same volume. Samples were sodium hypochlorite and EDTA, standardized with same volume. Samples were cleaved and images obtained through scanning electron microscopy (SEM) to assess smear layer removal in the cervical, middle and apical thirds, via a score system. To biologically analyze MTA Flow repair cement, MTA Angelus and ProRoot MTA cements were used as comparison. Forty rats received subcutaneous implants of polyethylene tubes containing the 3 cements and empty tube as control (n = 10). After days 7, 15, 30 and 60, the animals were euthanized and the tubes removed with the surrounding tissues. Inflammatory infiltrate and fibrous capsule thickness were histologically evaluated and mineralization induction assessed by Von Kossa staining and under polarized light. The data were analyzed with specific statistical tests (p<5%). Results: The cyclic fatigue test showed EdgeFile X1 Small with the highest resistance (NCF: 6175.74 ± 1608.99; TF: 1058.7 ± 275.82), followed by both Genius instruments (p<0.05). The nickel-titanium tip enhanced cleanness, compared to CI, mainly in the apical area, whereas CUI showed the best results (p<0.05). In the biological results, MTA Angelus induced the mildest reaction after 7 (p>0.05) and 15 days (p<0.05), followed by MTA Flow. ProRoot MTA induced severe inflammation on day 7, reducing after day 15 (p>0.05). No difference was observed after 30 or 60 days (p>0.05). Von Kossa staining and birefringents structures were positive for all materials. Conclusion: 1- EdgeFile X1 Small instruments demonstrated superior cyclic fatigue resistance than Genius and WaveOne Gold Primary. In addition, both Genius instruments showed superior resistance than WaveOne Gold Primary. 2- The final irrigant activation with the NiTi tip improved smear layer removal, with CUI protocol superior to PUI or CI. 3 - MTA Flow showed biocompatibility and induced biomineralization in all observed periods(AU)


Assuntos
Ratos , Tratamento do Canal Radicular , Teste de Materiais , Ultrassom , Materiais Biocompatíveis , Ratos Wistar , Endodontia , Inflamação
7.
São José dos Campos; s.n; 2019. 77 p. il., tab., graf..
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1017100

RESUMO

Neste estudo foram caracterizadas superfícies de titânio (Ti) obtidas após utilização de diferentes temperaturas pela técnica de implantação iônica por imersão em plasma de oxigênio (O-IIIP), bem como correlacionado o efeito deste tratamento com a osteogênese e formação de biofilmes microbianos monotípicos. As amostras foram caracterizadas por meio de análises de química de superfície, rugosidade e textura da superfície, molhabilidade e resistência à corrosão. Além disso, análises de biocompatibilidade por meio de interação e viabilidade celular, conteúdo de proteína total, atividade de fosfatase alcalina e quantificação de nódulos de mineralização foram realizadas sobre a linhagem celular MG-63 (osteoblato humano). Análise de formação de biofilmes de Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans e Candida albicans sobre as superfícies também foi realizada. Os dados foram estatisticamente analisados por teste ANOVA e Tukey (p<0,05, p<0,001 e p<0,0001). Os resultados das análises de química de superfície demonstraram um aumento proporcional da quantidade de O conforme aumento da temperatura utilizada na técnica de O-IIIP, verificando ainda a presença de TiO2 nos grupos tratados a 500ºC e 600ºC. Foi observado que, em escala nanométrica, houve um aumento significativo da rugosidade e da área superficial nas amostras tratadas com O-IIIP conforme aumento da temperatura utilizada, apresentando ainda, um aumento significativo da hidrofobicidade e resistência à corrosão nas amostras tratadas com O-IIIP. A análise de biocompatibilidade demonstrou aumento significativo em relação à viabilidade celular, produção de proteína total, atividade de fosfatase alcalina e formação de nódulos de mineralização no grupo tratado com OIIIP a 600ºC, em relação aos demais grupos. Nas análises realizadas com biofilmes microbianos monotípicos foi verificada redução significativa de microorganismos, principalmente nos grupos submetidos ao tratamento com O-IIIP a 500ºC e 600ºC. Com isso, foi concluído que, as amostras submetidas à técnica O-IIIP apresentaram superfícies com variações químicas e físicas, as quais foram proporcionais ao aumento da temperatura utilizada no tratamento, sendo que o grupo tratado com temperatura mais elevada (600ºC) demonstrou influência positiva na atividade e diferenciação celular, além de exibir redução na formação de biofilmes monomicrobianos(AU)


In this study, titanium surfaces were produced by the ion implantation technique, immersing samples in oxygen plasma (O-IIIP), at different temperatures. Therapeutic effects of the surface modification were evaluated for osteogenesis and formation of monotypic microbial biofilms. Roughness, texture, wettability, corrosion resistance and chemical composition of the samples were characterized. Moreover, biocompatibility of the produced materials was verified by cell interaction and viability, total protein content, alkaline phosphatase activity, and quantification of mineralization nodules assays were performed on MG-63 (human osteoblate) cells. Biofilm formation of Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans and Candida albicans on surfaces was also evaluated. Data were statistically analyzed by ANOVA and Tukey test. A proportional intensification in the amount of oxygen was observed as the temperature used in the O-IIIP technique raised, also, TiO2 was observed in the groups treated at 500 ºC and 600 ºC. At nanoscale, there was a statistic increase in both roughness and surface area in samples treated with O-IIIP as a result of the increase of the temperature used. Hydrophobicity and corrosion resistance were also higher in samples treated with OIIIP. According to the performed biocompatibility analyzes, cell viability, total protein production, alkaline phosphatase activity and the formation of mineralized nodules were stimulated and increased in the group treated with O-IIIP at 600 ºC, compared to the other groups. In the assays performed with monotypic microbial biofilms, a statistic reduction of microorganisms was observed especially in the groups submitted to O-IIIP treatment at 500 ºC and 600 ºC. Therefore, we demonstrated here that O-IIIP technique was able to chemically and physically modify surfaces, and these modifications were proportional to the increase in temperature used in the treatment. Samples treated with the highest evaluated temperature (600ºC) had a positive influence in cell activity and differentiation, and in reducing monomicrobial biofilms formation(AU)


Assuntos
Humanos , Osteogênese , Teste de Materiais/métodos , Biofilmes/classificação
8.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 130 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1016413

RESUMO

A maioria das resinas compostas apresenta metacrilatos como principais monômeros em sua composição. A liberação de monômeros de metacrilato, associada aos produtos de polimerização, tem sido considerada como fonte de uma série de reações biológicas como toxicidade ou reações pulpares. Os objetivos deste estudo foram avaliar o desempenho clínico de restaurações em LCNC com resina composta considerando-se também a presença de citocinas IL-1ß e IL-6 no fluido crevicular gengival e a liberação de componentes resinosos para a saliva. Utilizou-se o sistema restaurador FL-Bond II, (sistema adesivo) / Beautifil Bulk (resina composta restauradora). Foi feito um estudo clínico longitudinal in vivo, no qual foram selecionados pacientes que apresentavam uma lesão cervical não cariosa com necessidade restauradora. Dentes anteriores e posteriores com LCNC e sensibilidade foram designados como grupo experimental e o dente correspondente como grupo controle. Previamente ao tratamento, houve avaliação periodontal, coleta de saliva e de fluido crevicular gengival (FCG). As restaurações foram confeccionadas e, após 10 minutos, 7 dias, 1 mês e 6 meses foi realizada avaliação clínica das mesmas de acordo com o critério Federal Dentist International (FDI) e da resposta periodontal. Adicionalmente, em todos estes períodos de avaliação houve coleta de saliva e de fluido crevicular. As amostras de saliva foram analisadas por LC-EM a fim de identificar eventual presença dos monômeros Bis-GMA e TEGDMA. As amostras de fluido crevicular foram analisadas utilizando-se método ELISA para identificação e quantificação de interleucinas. Para realizar as comparações inter e intragrupo dos parâmetros clínicos foi utilizado o teste de McNemar para as variáveis categóricas e o teste de Wilcoxon para as variáveis numéricas. Para comparar a classificação do critério FDI entre os tempos foi utilizado o teste de Stuart-Maxwell. Para a análise da saliva, os dados de quantidade de monômeros liberados ao longo do tempo foram submetidos ao teste t de Student e a relação com quantidade total liberada foram correlacionados com o número de restaurações e com o volume total coletado de cada restauração por meio da Correlação de Pearson. O desempenho clínico das restaurações de LCNCs de um sistema restaurador resinoso bulk- fill por meio dos critérios FDI foi considerado satisfatório ao longo de 6 meses. Os parâmetros clínicos periodontais Sangramento a Sondagem, Ìndice Gengival e Profundidade de Sondagem foram mais pronunciados em torno dos dentes restaurados. O material restaurador resinoso bulk-fill não causou alteração estatisticamente significante no volume de FCG e as citocinas ao redor de dentes restaurados na amostra avaliada. Não detectou-se Bis-GMA nas amostras de saliva coletadas antes, 01 e 06 meses após. A liberação de TEGDMA média antes da restauração foi estatisticamente menor do que após 10 minutos. Os resultados do presente estudo sugerem que a restauração do LCNC pode afetar os parâmetros clínicos periodontais, porém não foi capaz de afetar a liberação de citocinas e o volume de FCG. A liberação de Bis-GMA não foi considerada significante ao longo de 6 meses, entretanto a liberação de TEGDMA foi expressiva apenas 10 minutos após a execução da restauração.


Most composite resins present methacrylates as the main monomers of their composition. In composite resins, the release of methacrylate monomers, associated with the polymerization products, has been considered as the source of a series of biological reactions such as toxicity or pulp reactions. The objectives of this study were to evaluate the clinical performance of NCCL restorations with composite resin, to determine also the presence of IL-1ß and IL-6 cytokines in the gingival crevicular fluid (GCF) and the release of resinous components to saliva. The FL-Bond II restorative system (adhesive system) / Beautifil Bulk (restorative composite resin) was used. A longitudinal clinical study was performed in vivo, where patients with a non-carious cervical lesion with a restorative need were selected. Anterior and posterior teeth with NCCL and sensitivity were designated as experimental group and the corresponding tooth as control group. Prior to the treatment, were performed periodontal evaluation, collection of saliva and gingival crevicular fluid. The lesions were restored and, after 10 minutes, 7 days, 1 month and 6 months, there was a clinical evaluation of the restorations according to the FDI criteria and the periodontal response were made. Additionally, in all of these evaluation periods there was collection of saliva and crevicular fluid were colleted. Saliva samples were analyzed by LC-MS in order to identify the possible presence of monomers. Crevicular fluid samples were analyzed using the ELISA method for identification and quantification of interleukins. To perform intra- and inter group comparisons of clinical parameters, the McNemar test for categorical variables and the Wilcoxon test for numerical variables were used. To compare the classification of the FDI criterion between the times, the Stuart-Maxwell test was used. For the analysis of saliva, the data of quantity of monomers released over time were submitted to Student's t-test and the relation with total amount released were correlated with the number of restorations and with the total volume collected from each restoration by means of Pearson's Correlation. The clinical performance of NCCL restorations of a bulk-fill resin restorative system by FDI criteria was considered satisfactory over 6 months. Considering the periodontal response of the surrounding tissue to the NCCL restorations, it was observed that periodontal clinical parameters Bleeding on Probing, Gingival Index and Prohibing on Depth were more pronounced around the restored teeth. The bulk-fill resin restorative material did not cause statistically significant changes in the volume of GCF and in the IL-1ß and IL-6 cytokines around restored teeth in the evaluated sample. No Bis-GMA was detected in the saliva samples collected before, 01 and 06 months after. For the Bis-GMA, there was no statistical difference between the analyzed periods. The mean TEGDMA release before the restoration was statistically lower than after 10 minutes. The results of the present study suggest that NCCL restoration may affect periodontal clinical parameters, but it was not able to affect the release of cytokines and the volume of GCF. The release of Bis-GMA was not considered significant over 6 months. However, the release of TEGDMA was significant only 10 minutes after the restoration was performed.


Assuntos
Adulto , Abrasão Dentária , Erosão Dentária , Teste de Materiais , Interleucinas , Resinas Compostas , Atrito Dentário , Cimentos Dentários , Esmalte Dentário , Metacrilatos
9.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 32 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1016828

RESUMO

Objetivo Este estudo teve como objetivo avaliar a incidência de microtrincas dentinárias após a remoção do material obturador utilizando o cimento biocerâmico TotalFill BC através de análises de microtomografia computadorizada (micro-CT). Metodologia Vinte raízes mesiais de molares mandibulares foram obturadas com guta percha e cimento Total Fill BC e em seguida o material obturador foi removido. As amostras foram escaneadas por micro-CT antes do preparo químico-mecânico, após a obturação e posteriormente a remoção do material obturador. As imagens transversais das raízes mesiais obtidas após a obturação foram analisadas e comparadas com as imagens após a remoção do material obturador, utilizando o programa Image J. Resultados Dos 24.444 cortes transversais analisados, 5,67% apresentaram algum defeito de dentina, sendo que nas imagens iniciais foram encontradas 0,51%, nas imagens pós obturação 2,58%, e nas imagens obtidas após a desobstrução 2,58%. Nas análises comparando as imagens iniciais e pós-obturação foram observados 1,65% dos cortes com novas microtrincas. Todos os defeitos dentinários identificados na análise das imagens obtidas após a remoção do material obturador já estavam presentes nas imagens correspondentes obtidas após a obturação. Desta forma, nenhuma nova microfissura foi observada após remoção do material obturador. Conclusão O estudo não visualizou a produção de novas microtrincas dentinárias durante a fase de desobstrução do retratamento endodôntico. (AU)


Aim The present study aimed to evaluate the frequency of dentinal micro-cracks after removal of the filling material using the TotalFill BC bioceramic-based root canal sealer through microcomputed tomography (micro-CT) analyzes. Methodology Twenty mesial roots of mandibular molars were filled with gutta-percha and TotalFill BC sealer and then the filling material was removed. The specimens were scanned by micro-CT, before instrumentation, after filling and after removal of the filling material. Subsequently, the transversal images of the mesial roots obtained after filling were analyzed and compared with that obtained after removal of the filling material, using the program Image J. Results Among the 24.444 cross sections analyzed, 5,67% presented some type of defect, with 0.51% in the initial images, 2.58% in the post-filling images and 2.58% in the final images. In the analysis comparing the initial images with the post-filling, 1,65% of the sections presented new microcracks. All the dentin defects identified in the analysis of the images obtained after the removal of the filling material were already present in the corresponding images obtained after the filling. Therefore, no new microcrack was observed after removal of the filling material. Conclusion The study did not visualize the production of new dentin microcracks during the removal of filling material in the endodontic retreatment. (AU)


Assuntos
Humanos , Obturação do Canal Radicular/instrumentação , Cerâmica/normas , Retratamento , Microtomografia por Raio-X , Teste de Materiais , Guta-Percha/normas , Dente Molar
10.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 50 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1021198

RESUMO

Pouca informação encontra-se disponível sobre a influência dos diferentes tratamentos de superfície das restaurações de resina indireta na resistência de união com as resinas diretas usadas para reparo. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de diferentes técnicas com uso do silano no reparo da resina indireta Ceramage na resistência ao cisalhamento e no padrão de fratura com a resina composta direta Filtek Z350. Blocos de resina composta indireta Ceramage (SHOFU) foram confeccionados e envelhecidos por 3 semanas em água destilada à 37°C. Posteriormente, foram jateados com óxido de alumínio e distribuídos aleatoriamente em 4 grupos de 10. No grupo 1, a superfície da resina Ceramage recebeu o adesivo convencional Adper Single Bond 2 (3M ESPE). No grupo 2 foi aplicado adesivo universal Adper Single Bond Universal (3M ESPE). Nos grupos 3 e 4, foi feita a aplicação do silano Silano Mais (Dentsply Sirona) e dos adesivos convencional e universal respectivamente. Foram confeccionados cilindros de resina composta direta Filtek Z350 (3M ESPE) na superfície da resina indireta Ceramage em todos os espécimes. Em seguida foi feito o teste de cisalhamento na máquina de teste universal (EMIC) após o armazenamento dos espécimes em água destilada à 37°C por 24 horas. O estereomicroscópio foi utilizado para analisar as falhas. A análise estatística foi feita pelo teste estatístico de Kruskal-Wallis. Não houve uma diferença estatisticamente significativa (p>0,05) na resistência de união e no padrão de fratura entre as diferentes técnicas de aplicação do silano no tratamento de superfície. Concluiu-se que o uso do silano pode não ser imprescindível para aumentar a resistência de união do reparo da resina indireta Ceramage com a resina direta Filtek Z350. No entanto, clinicamente é provável que se tenha uma maior chance de sucesso no reparo com a aplicação do silano. (AU)


Just few information is available about the influence of different surface treatments of indirect resin restorations on bond strength to direct resins used for repair. The objective of this study was to evaluate the influence of different techniques with the use of silane on the shear bond strength and fracture pattern of indirect resin Ceramage to Filtek Z350 direct composite resin. Ceramage indirect composite blocks (SHOFU) were made and aged in distilled water at 37 ° C for 3 weeks. Subsequently, they were sandblasted with aluminum oxide and randomly divided into 4 groups of 10. In group 1, the surface of the Ceramage resin received the conventional adhesive Adper Single Bond 2 (3M ESPE). In group 2, Adper Universal Bond universal adhesive (3M ESPE) was applied. In groups 3 and 4, the Silano Mais silane (Dentsply Sirona) and the conventional and universal adhesives were applied respectively. Composite resins cylinder of Filtek Z350 (3M ESPE) were made on the surface of the indirect resin Ceramage in all specimens. The shear test was then performed on the universal test machine (EMIC) after their storage in destilled water at 37°C for 24 hours. The stereomicroscope was used to analyze the fractures. Statistical analysis was done by Kruskal-Wallis test. There were no statistically significant differences (p>0,05) in bond strength values and in fracture pattern between the different techniques of application of silane in surface treatment. It was concluded that the silane coupling agent would not be necessary for repairing indirect resin Ceramage with composte resin Filtek Z350. However, clinically it is likely to have a better chance of successful repair with silane application. (AU)


Assuntos
Silanos/normas , Teste de Materiais , Resinas Compostas/normas , Cimentos Dentários/normas , Técnicas In Vitro , Resistência ao Cisalhamento
11.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 46 p. ilus, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1022948

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do momento da etapa de polimento, imediato ou após sete dias, na formação de fendas em restaurações de resina composta. Cavidades cilíndricas foram preparadas nas superfícies vestibulares de incisivos bovinos. Cada cavidade foi hibridizada com um dos dois sistemas adesivos: convencional (Adper Single Bond 2) ou autocondicionante (Single Bond Universal), e restaurada usando uma das três resinas compostas: nanoparticulada (Z350), micro-híbrida (P60) e bulk-fill (ONE). As cavidades restauradas foram divididas em dois subgrupos de acordo com o tempo de polimento, imediato ou postergado por 7 dias após a restauração. Por meio da combinação dos sistemas adesivos, resinas compostas e tempos de polimento, foram criados 12 grupos (n = 5). As porcentagens de fendas marginais (%FM) foram avaliadas quantitativamente com o microscópio confocal de varredura a laser. O módulo de elasticidade das resinas compostas foi obtido por meio do teste de flexão em três pontos. Os dados foram analisados por análise de variância e pelo teste de Tukey's HDS (α = 0,05). Em relação ao sistema adesivo, a %FM foi estatisticamente maior para as cavidades restauradas com Single Bond Universal (p<0,05). Com relação às resinas compostas, o resultado foi o seguinte: P60 > ONE > Z350 (p<0,05). O tempo de polimento imediato apresentou %FM estatisticamente menor que o tardio (p<0,05). P60 apresentou o maior módulo de elasticidade (p<0,05). Foi possível concluir que o polimento imediato gera menor formação de fendas em restaurações de resina composta. (AU)


The aim of this study was to analyze the influence of the polishing time, immediately or after seven days, in gap formation in composite resin restorations. Cylindrical cavities were prepared on buccal surfaces of bovine incisors. Each cavity was hybridized with one of the two adhesive systems: etch-and-rinse (Adper Single Bond 2) and self-etching (Single Bond Universal), and restored using one of the three composite resins: nanofilled (Z350), minifilled hybrid (P60) and bulk-fill (ONE). The cavities restored were divided in two subgroups according to polishing time, immediately or delayed by 7 days after specimen restoration. Through the combination of the adhesive systems, composite resins and polishing times, 12 groups were created (n=5). Percentages of marginal gaps (%MG) were quantitatively assessed with confocal laser scanning microscope. The flexural modulus of the composite resins was obtained from bar-shaped specimens submitted to three-point bending test. The data were analyzed by three-way ANOVA and Tukey's HSD test (α=0.05). Regarding adhesive system, %MG was statistically higher for cavities restored with Single Bond Universal (p<0.05). With respect to composite resins, the result was as follow: P60 > One > Z350 (p<0.05). Immediate polishing time presented statistically lower %MG than delayed one (p<0.05). P60 presented the highest flexural modulus (p<0.05). It was possible to conclude that immediate polishing generates less gap formation in composite resin restorations. (AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Resinas Compostas/normas , Cimentos Dentários/normas , Polimento Dentário/métodos , Restauração Dentária Permanente/métodos , Teste de Materiais , Incisivo
12.
Full dent. sci ; 10(38): 112-122, 2019.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-996561

RESUMO

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a resistência da união, pelo método depush out, de pinos de fibra de vidro cimentados com cimento resinoso dual associado ao sistema adesivo Single Bond Universal, através de diferentes estratégias adesivas. Em 40 incisivos bovinos, um pino de fibra de vidro (Whitepost DC nº3) foi cimentado com cimento resinoso dual (RelyX ARC) e adesivo (Single Bond Universal). Os dentes foram divididos em 4 grupos (n = 10), de acordo com a estratégia de união. No Grupo 1 não se realizou nenhum tratamento do substrato dentinário. O Grupo 2 recebeu condicionamento com ácido fosfórico 37%. O Grupo 3 recebeu a aplicação de clorexidina 2% e o Grupo 4 recebeu condicionamento com ácido fosfórico 37% e aplicação da clorexidina 2%. Os grupos foram fatiados (1,8 mm) em três porções (cervical, média e apical) e tiveram seus pinos deslocados pela máquina universal de ensaios mecânicos. A análise estatística foi feita pelos testes ANOVA e Post Hoc de Tukey (p = 0,05). A técnica autocondicionante obteve maiores valores em MPa, mostrando a não necessidade de condicionamento ácido para melhoria da resistência adesiva. Para a técnica com condicionamento ácido, com e sem clorexidina, os valores de resistência adesiva foram estatisticamente semelhantes nos três terços radiculares. Para a técnica autocondicionante, com e sem o uso da clorexidina, a região cervical exibiu os maiores valores de resistência adesiva. Em ambas as técnicas, convencional e autocondicionante, não houve diferença significativa nos valores imediatos de resistência adesiva ao uso da clorexidina (AU).


The aim of this research was to evaluate by the push up method the bonding strength of fiberglass pins cemented with dual resin cement associated to the Single Bond Universal adhesive system through different adhesive strategies. In 40 bovine incisors, a fiberglass pin (Whitepost DC nº3) was cemented with dual resin cement (RelyX ARC) and adhesive (Single Bond Universal). The teeth were divided in 4 groups (n = 10), according to the union strategy. In Group 1, no treatment of the dentin substrate was performed. Group 2 received conditioning with 37% phosphoric acid. Group 3 received 2% chlorhexidine and Group 4 received conditioning with 37% phosphoric acid and 2% chlorhexidine application. The groups were sliced (1.8 mm) in three portions (cervical, middle, and apical) and had their pins displaced by the universal machine of mechanical tests. Statistical analysis was performed by ANOVA and Tukey's Post Hoc tests (p = 0.05). The self-etching technique obtained higher values in MPa, showing no need of acid conditioning to improve the adhesive strength. For the acid-conditioning technique with and without chlorhexidine, adhesive strength values were statistically similar in the three-thirds root. For the self-etching technique with and without the use of chlorhexidine, the cervical region exhibited the highest values of adhesive strength. In both techniques, conventional and self-etching, there was no significant difference in the immediate values of adhesive resistance to the use of chlorhexidine (AU).


Assuntos
Animais , Bovinos , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Resistência à Tração , Teste de Materiais/métodos , Adesivos Dentinários , Pinos Dentários , Brasil , Análise de Variância , Estatísticas não Paramétricas , Incisivo
13.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 106 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1051622

RESUMO

Resumo: O objetivo desta tese foi analisar o cimento ionômero de vidro (CIV) quanto às suas características laboratoriais e seu custo-efetividade (CE). O estudo 1 avaliou a recuperação da densidade mineral da dentina cariada de dentes bovinos após a aplicação de materiais à base de silicato de cálcio e CIV comparado ao cimento de óxido de zinco e eugenol (OZE) por meio de micro-CT. Como resultado, todos os cimentos testados aumentaram a densidade mineral em relação ao OZE, porém, enquanto o BiodentineTM apresentou resultados inferiores, o CIV, o MTA e Portland apresentaram um potencial remineralizador semelhante e melhor. O estudo 2 objetivou caracterizar e comparar o grau de porosidade e a distribuição do tamanho dos poros de quatro CIVs. Os espécimes foram preparados de acordo com as normas ISO 9917-1 e escaneados em micro-CT. Observou-se que o grau de porosidade e a distribuição do tamanho de poros dos CIVs testados não foram semelhantes. Dentre grupos de CIVs restauradores de alta e baixa viscosidade, o Ketac MolarTM Easymix apresentou menor porosidade. O estudo 3 foi delineado como uma revisão sistemática onde avaliou-se a efetividade clínica e o custo-efetividade do CIV comparado a outros materiais/intervenções. Com base no PICO, ensaios clínicos randomizados (ECR) contendo análises de CE em pacientes que receberam qualquer tipo de tratamento dentário com CIV comparado a outros tratamentos e materiais foram incluídos. A análise qualitativa foi realizada para cada ensaio clínico randomizado e para a análise econômica. A qualidade da evidência e força de recomendação foram determinadas com o GRADE. Os dados de CE apresentaram alto risco de viés em alguns domínios. A maioria dos ECR apresentaram baixo risco de viés. Na análise econômica, o CIV apresentou-se como o material com melhor CE. Na meta-análise, o CIV e outros materiais/técnicas apresentaram risco semelhante de falhas, apesar do tempo de acompanhamento. De acordo com o GRADE, para 36 meses de acompanhamento, a certeza da evidência foi alta. Assim, o CIV é eficaz em comparação com outros materiais ou técnicas e apresenta o melhor CE. Conclui-se, então, que o CIV pode ser considerado um material de excelência em Odontologia, tanto em análises laboratoriais quanto na avaliação econômica, quando comparado a outros materiais e técnicas. (AU)


Abstract: The aim of this thesis was to analyze the glass ionomer cement (GIC) regarding its laboratorial characteristics and its cost-effectiveness (CE). Study 1 evaluated carious dentin recovery of mineral density in bovine teeth after application of calcium silicate-based materials and GIC compared to zinc oxide eugenol cement (ZOE) using the micro-CT. As a result, all the tested cements increased mineral density in relation to ZOE. BiodentineTM presented lower mineral density changes, however GIC, MTA and Portland showed a similar and higher remineralization potential. Study 2 aimed to characterize and compare the degree of porosity and the pore size distribution of four GICs. The specimens were prepared according to ISO 9917-1 standards and scanned in a micro-CT. The degree of porosity and the pore size distribution of the tested GICs were not similar. Among groups of high and low viscosity restorative GICs, Ketac MolarTM Easymix presented lower porosity. Study 3 was designed as a systematic review to evaluate the clinical efficacy and costeffectivity of GIC compared to other materials / interventions. Based on PICO, randomized controlled trials (RCTs) containing EC analyzes including patients receiving any type of dental treatment with GIC compared to other treatments and materials were included. Qualitative analysis was performed for each randomized clinical trial and for economic analysis. The quality of evidence and strength of recommendation were determined with GRADE. EC data presented a high risk of bias in some domains. Most RCTs were at low risk of bias. Regarding the economic analysis, GIC was the material with the best CE. In the meta-analysis, the GIC and other materials/techniques presented a similar risk of failure, despite the follow-up time. According to GRADE, for 36 months of follow-up, the certainty of the evidence was high, showing that GIC may be considered effective compared to other materials or techniques and presents the best CE. It is concluded that GICs represents a material of excellence in dentistry, both in laboratory analysis and in economic evaluation, when compared to other materials and techniques. (AU)


Assuntos
Análise Custo-Eficiência , Microtomografia por Raio-X , Cimentos de Ionômeros de Vidro/economia , Técnicas In Vitro , Teste de Materiais
14.
Arq. odontol ; 54: 1-8, jan.-dez. 2018. ilus, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-996747

RESUMO

Aim:This study tested a setup for in vitro experimental analysis of axial forces and torque during the preparation of artificial canals using nickel-titanium reciprocating endodontic files.Methods: The cutting efficiency of Reciproc (RC) and WaveOne (WO) reciprocating size 25/.08 instruments (n = 10) was evaluated, taking into account their dimensional and geometrical features. Measurements of the diameter at each millimeter from the tip, pitch length, helical angle, and cross-sectional design and area were assessed. Cutting efficiency tests were carried out on a specific bench device by measuring the torque and axial force required during artificial canal shaping. Statistical analysis was performed using one-way ANOVA (α = 0.05). Results:The WO samples showed larger A3 mean values than did the RC instruments (p < 0.0001), despite having equal diameters at 3mm from the tip (D3) (p = 0.521). The mean values of pitch length were higher for RC than for WO instruments (p< 0.0001), with consequently smaller helical angles (p < 0.0001). For the cutting efficiency tests, the required torque was lower for the RC group when compared to the WO group, but it was significant only in the first stage of insertion in the artificial canals (p = 0.008). Regarding the apical force, the RC instruments reached higher values when compared to the WO instruments (p = 0.04) in the second stage of cutting action. Conclusion: Reciproc instruments demonstrated statistically higher cutting efficiency when compared to WaveOne instruments.


Objetivo: Este estudo testa uma configuração para análise experimental in vitro de forças axiais e torque durante o preparo de canais artificiais usando instrumentos endodônticos reciprocantes de níquel-titânio. Métodos: Foi avaliada a eficiência de corte dos instrumentos reciprocantes tamanho 25 / 0,08 (n = 10) Reciproc (RC) e WaveOne (WO), levando em consideração suas características dimensionais e geométricas. Medidas do diâmetro a cada milímetro a partir da ponta, comprimento de pitch, ângulo helicoidal e desenho da área transversal e área foram avaliados. Testes de eficiência de corte foram realizados em um dispositivo de bancada específico, medindo-se o torque e a força axial exigidos durante a modelagem de canais artificiais. A análise estatística foi feita com ANOVA one-way (α = 0,05). Resultados: As amostras de WO mostraram valores médios A3 maiores do que os instrumentos RC (p <0,0001), apesar de terem diâmetros iguais a 3 mm da ponta (D3) (p = 0,521). Os valores médios do comprimento do pitch foram maiores para o RC do que para os instrumentos do WO (p < 0,0001), com consequentemente menores ângulos helicoidais (p < 0,0001). Para os testes de eficiência de corte, o torque necessário foi menor para o grupo RC em comparação com o grupo WO, mas significativo apenas no primeiro estágio de inserção nos canais artificiais (p = 0,008). Em relação à força apical, os instrumentos RC alcançaram valores maiores em relação aos instrumentos WO (p = 0,04) no segundo estágio de corte. Conclusão: Os instrumentos Reciproc demonstraram uma eficiência de corte estatisticamente superior em comparação com os instrumentos WaveOne.


Assuntos
Teste de Materiais , Torque , Instrumentos Odontológicos , Cavidade Pulpar , Endodontia
15.
Rio de janeiro; s.n; 2018. 76 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1016644

RESUMO

Este estudo teve como objetivo avaliar a biocompatibilidade, através de análise histopatológica e de imuno-histoquímica, de um novo cimento reparador à base de MTA com alta plasticidade: MTA HP (Angelus Londrina, PR). O MTA branco (Angelus Londrina, PR), e um material a base de óxido de zinco e eugenol (IRM, Dentsply, Petrópolis, RJ) foram utilizados como referências para comparação. Para isso, trinta ratos machos de linhagem Wistar tiveram inoculados no tecido subcutâneo um tubo de polietileno vazio (controle negativo) e mais três tubos, cada um preenchido com um dos materiais testados. Os animais foram eutanasiados após 7, 30 e 60 dias da implantação dos tubos e as amostras foram fixadas e incluídas em parafina. Os cortes histológicos foram corados com hematoxilina e eosina e tricômico de gomori para avaliação das reações inflamatórias e a presença de angiogênese foi realizada utilizando o marcador VEGF (do inglês vascular endothelial growth factor). Os cortes também foram corados com Picrosirius Red para quantificar as fibras colágenas do tipo I e tipo III, assim como a coloração de Weigert foi realizada para observar as fibras elásticas. Os dados não-paramétricos foram analisados usando o ensaio de Kruskal-Wallis seguido do teste de Dunn. Os níveis de significância adotados foram de 5% (P < 0,05). Os resultados mostraram diferença significativa da resposta inflamatória após 60 dias entre os grupos IRM e tubo vazio (P < 0,05). O MTA HP apresentou biocompatibilidade similar ao MTA branco e ao grupo controle negativo em todos os períodos experimentais. Além disso, após 7 dias o MTA HP estimulou a angiogênese de forma menos acentuada que o MTA branco, assim como apresentou inicialmente um remodelamento mais lento da matriz extracelular quando comparado ao MTA branco e o IRM. Foi observado uma diminuição da espessura da cápsula fibrosa, da quantidade de fibras elásticas e da imonumarcação com VEGF em todos os grupos experimentais e controle negativo ao longo do processo de cicatrização. Após 60 dias os grupos experimentais apresentaram matriz extracelular com tecido conjuntivo mais maduro, com predominância de fibras colágenas do tipo I. De acordo com os resultados obtidos no presente estudo, pode-se concluir que o novo cimento reparador com alta plasticidade, MTA HP, apresentou-se biocompatível em todos os períodos experimentais, com resultados similares aos grupos controle negativo e experimentais com MTA branco e IRM.


This study evaluated the biocompatibility, through histopathological analysis and immunohistochemistry of a new repair cement based on MTA with high plasticity: MTA HP (Angelus Londrina, PR). White MTA (Angelus Londrina, PR), and a material based on zinc oxide and eugenol (IRM, Dentsply, Petrópolis, RJ) were used as references for comparison. Thirty male Wistar rats had inoculated into the subcutaneous tissue an empty polyethylene tube (negative control) and three more tubes, each filled with one of the tested materials. The animals were euthanized after 7, 30 and 60 days of tube implantation and the specimens were fixed and embedded in paraffin. The sections were stained with hematoxylin and eosin and gomori trichrome to assess inflammatory reactions, and the presence of angiogenesis was performed using the VEGF (vascular endothelial growth factor) marker. The sections were also stained with Picrosirius Red to quantify as type I and type III collagen fibers, as well as a Weigert staining was performed to observe elastic fibers. Non-parametric data were analyzed using the Kruskal-Wallis assay followed Dunn's test. The significance levels adopted were 5% (P < 0.05). The results demonstrated a significant difference in inflammatory response after 60 days between IRM and empty tube groups (P < 0.05). MTA HP showed similar biocompatibility to the White MTA and the negative control group in all experimental periods. Furthermore, after 7 days MTA HP stimulated less pronounced angiogenesis than White MTA, as it initially exhibited slower extracellular matrix remodeling when compared to White MTA and IRM. A decrease in the thickness of the fibrous capsule, the amount of elastic fibers and the immunostaining with VEGF in all experimental groups and control throughout the healing process was observed. After 60 days, the experimental groups presented extracellular matrix with more mature connective tissue, with predominance of type I collagen fibers. According to the results obtained in the present study, it can be concluded that the new repair cement with high plasticity, MTA HP, was biocompatible in all the experimental periods, presenting similar results to the control and experimental groups with White MTA and IRM.


Assuntos
Animais , Ratos , Óxidos/farmacologia , Silicatos/farmacologia , Compostos de Cálcio/farmacologia , Compostos de Alumínio/farmacologia , Tela Subcutânea/efeitos dos fármacos , Cimentos Dentários , Teste de Materiais , Imuno-Histoquímica , Ratos Wistar , Estatísticas não Paramétricas , Combinação de Medicamentos
16.
Araçatuba; s.n; 2018. 110 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1009517

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar a influência de diferentes ciclos e métodos de polimerização da resina acrílica (RA) branca de próteses oculares sobre a biocompatibilidade de células da conjuntiva humana e resposta inflamatória do tecido subcutâneo de ratos. Para isso, foram confeccionados corpos de prova em RA termopolimerizados em água aquecida (RNAA), por energia de microondas (RNTM) e quimicamente ativados (RNQA). Para a análise in vivo, a resposta inflamatória desses 3 grupos (n=20/grupo) foi avaliada no tecido subcutâneo de 20 ratos Wistar por 7, 15, 30 e 60 dias (d). Células inflamatórias foram contadas no tecido adjacente ao corpo de prova após coloração com hematoxilina e eosina. A análise imunohistoquímica foi realizada para a detecção de IL-1ß, IL-6, TNFα, IL-17 e CCL20. Para a análise in vitro, diferentes ciclos de polimerização para cada método citado foram avaliados, totalizando 11 grupos (n=8/grupo). Foram realizadas análises de grau de conversão (GC), MTT, Alamar Blue, ELISA, RT-PCR em tempo real e dupla marcação de Anexina V e iodeto de propídio. Dados quantitativos foram submetidos à Análise de Variância e ao teste de Tukey com significância de 5%. Os resultados qualitativos foram comparados visualmente. Na análise in vivo, houve infiltrado inflamatório moderado para os grupos RNTM e RNQA e leve para o grupo RNAA após 7 d. O infiltrado inflamatório e a imunomarcação dos alvos testados diminuiu gradativamente ao longo dos 60 d. O grupo RNTM exibiu mais células inflamatórias, com exceção do grupo RNAA, que apresentou mais eosinófilos e linfócitos após 15 d, e do grupo RNQA, onde foi observado mais macrófagos em 15 d e neutrófilos em 60 d. Os grupos RNAA e RNQA apresentaram maior imunomarcação de IL-1ß após 7 d. O grupo RNQA apresentou maior imunomarcação de IL-1ß (15 e 30 d), IL-6 (30 e 60 d), IL-17 (15 e 30 d) e TNF-α (7 d). Os grupos RNAA e RNTM apresentaram maior imunomarcação de TNF-α nos períodos de 15 e 30 d, enquanto o grupo RNTM, aos 60 d. Na análise in vitro, todos os grupos apresentaram proliferação celular maior que 75%. O ciclo longo de polimerização em microondas apresentou menor GC e percentual de proliferação celular no MTT e resultou em grande liberação de IL-2. No ensaio de Alamar Blue, esse grupo apresentou baixo percentual de proliferação celular, assim como o grupo que recebeu ciclo longo de polimerização em água aquecida e grupos submetidos à ativação química. Maior liberação de IL-6 foi observada nos grupos submetidos à ativação química e de IL-23 para o ciclo curto de polimerização em microondas. Maior expressão gênica de TGF ß1 ocorreu para o grupo que recebeu ciclo longo de polimerização em água aquecida seguido de 30 min de armazenamento em água. Maior expressão gênica de CASP9 ocorreu para o grupo ativado quimicamente sobre a bancada. Pode-se concluir que os métodos de polimerização por meio de energia de microondas (ciclos longo e curto) e por ativação química desencadearam uma resposta inflamatória mais intensa. Dentre os métodos de polimerização recomendados pelo fabricante, a polimerização em água aquecida apresentou resultados mais satisfatórios(AU)


The aim of this study was to evaluate the influence of different cycles and methods of white color acrylic resin (AR) for ocular prosthesis on the biocompatibility of human conjunctival cells and on the inflammatory response of rat subcutaneous tissue. For this, AR specimens were prepared in water bath (NRWB), by microwave energy (NRME), and chemically activated (ANR). For in vivo analysis, the inflammatory response of these 3 groups (n=20/group) was assessed in subcutaneous tissue of 20 Wistar rats at 7, 15, 30 and 60 days (d). Inflammatory cells were counted in the tissue adjacent to specimen after staining with hematoxylin and eosin. The immunohistochemical analysis was performed for the detection of IL-1ß, IL-6, TNFα, IL-17, and CCL20. For in vitro analysis, different cycles of polymerization for each method were evaluated, with a total of 11 groups (n=8/group). The degree of conversion (DC), MTT, ELISA, real-time RT-PCR and Annexin V and propidium iodide assays were performed. Quantitative data were submitted to Analysis of Variance and Tukey test with a 5% significance. Qualitative data were submitted to visual comparison. In in vivo analysis, there was a moderate inflammatory infiltrate for groups NRME and ANR, and a light infiltrate for the group NRWB after 7 d. The inflammatory infiltrate and the immunolabeling of tested targets decreased gradually during the 60 d. The group NRME exhibited the highest number of inflammatory cells, except for the group NRWB, which presented a higher number of eosinophils and lymphocytes after 15 d, and for the group ANR, where a higher number of macrophages and neutrophils were observed at 15 d and at 60 d, respectively. Groups NRWB and ANR showed higher IL-1ß immunolabeling after 7 d. The group ANR had the highest immunolabeling of IL-1ß (15 and 30 d), IL-6 (30 and 60 d), IL-17 (15 and 30 d), and TNF-α (7 d). Groups NRWB and NRME showed greater immunolabeling in the periods of 15 and 30 d, while the group NRME had also high results at 60 d. In in vitro analysis, all groups showed cell proliferation higher than 75%. The long cycle of polymerization using microwave energy resulted in lower DC and lower percentage of cell proliferation in the MTT assay and in large release of IL-2. In the Alamar Blue assay, this group had a low percentage of cell proliferation, as well as the group that received a long cycle of polymerization in water bath and groups submitted to chemical activation. A higher release of IL-6 was observed in groups submitted to chemical activation and of IL-23, for the short cycle of polymerization in microwave. Higher TGF ß1 gene expression occurred for the group that received long cycle of polymerization in water bath followed by 30 min of storage in water. Higher CASP 9 gene expression occurred for the chemically activated group on bench. It can be concluded that the polymerization by microwave energy (long and short cycles) and by chemical activation resulted in higher inflammatory response. Among methods recommended by the manufacturer, the water bath polymerization showed more satisfactory results(AU)


Assuntos
Resinas Acrílicas , Teste de Materiais , Olho Artificial , Materiais Biocompatíveis , Ratos Wistar , Citotoxicidade Imunológica , Polimerização
17.
São José dos Campos; s.n; 2018. 68 p. il., graf., tab..
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-980503

RESUMO

As membranas reabsorvíveis tem sido utilizadas para promover o crescimento ósseo em defeitos causados por doenças periodontais, periapicais ou por exodontia. Essas membranas possuem diversas composições, podendo ter em sua estrutura polímeros como Policaprolactona (PCL) que combinado com o biovidro que facilita a neoformação óssea. O objetivo desta pesquisa foi desenvolver um scaffold de PCL com 10% de biovidro obtido por meio de duas rotas, Fusão e SolGel. Foram preparadas soluções de 15% PCL dissolvidos em acetona pura e incorporados 10% de biovidro de acordo com meio de obtenção das partículas, resultando em 3 soluções: Controle: somente PCL, e dois grupos experimentais: PCL/Biovidro, divididas de acordo com o tipo de produção das partículas de biovidro: PCL/biov. fusão - solução de PCL com 10% de Biovidro por fusão e PCL/biov. Sol-Gel - solução de PCL com 10% de Biovidro Sol-Gel. A solução foi eletrofiada com os seguintes parâmetros: 12 kv, 12 cm de distância ponta/coletor e fluxo de 1ml/h. As mantas obtidas tiveram suas propriedades físico/químicas e biológicas analisadas por: Morfologia (MEV e FEG), propriedades físico-químicas; (Análise do diâmetro médio das fibras, Ângulo de contato, EDS, FTIR) e Celular: MTT, Fosfatase alcalina, Adesão celular, Proteína total e Formação de nódulos de mineralização. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA e Tukey (5%) e os resultados apresentados em gráficos e tabelas. Foi evidenciado a incorporação das partículas de biovidro nas fibras de PCL, tal incorporação proporcionou características como maior porcentagem de fosfatase alcalina (ALP) e formação de matriz óssea quando comparado a fibra de PCL sem a presença de biovidro. O sccaffold de PCL proporcionou um meio favorável para adesão e proliferação celular, e a adição das partículas de biovidro intensificaram o processo de formação de matriz óssea, principalmente o biovidro obtido pelo método sol-gel, atuando de forma ativa no processo de regeneração e favorecendo uma reparação adequada no defeito ósseo(AU)


Resorbable membranes have been used to promote bone growth in defects caused by periodontal, periapical or exodontic diseases. These membranes have several compositions, and can have in their structure polymers such as polycaprolactone (PCL) that combined with the bioglass that facilitates the bone formation. The objective of this research was to develop a PCL scaffold with 10% bioglass obtained through two routes, Fusion and Sol-Gel. A solution of 15% PCL dissolved in pure acetone and incorporated in 10% of bioglass according to the medium of the particles was prepared, resulting in 3 solutions: Control: PCL only, and two experimental groups: PCL/Biovidro, divided according to type of production of the bioglass particles: PCL/biov. fusão - PCL solution with 10% of Bioglass by melting and PCL / biov.Sol-Gel - PCL solution with 10% of bio.solgel. The solution was electrophied with the following parameters: 12 kv, 12 cm tip / collector distance and 1ml / h flow. The obtained blankets had their physical / chemical and biological properties analyzed by: Morphology (SEM and FEG), physicochemical properties; (Analysis of mean fiber diameter, contact angle, EDS, FTIR) and Cellular: MTT, alkaline phosphatase, cell adhesion, total protein and formation of mineralization nodules. The data were analyzed statistically by ANOVA and Tukey tests (5%) and the results presented in graphs and tables. It was evidenced the incorporation of the bioglass particles in the PCL fibers, such incorporation provided characteristics as a higher percentage of alkaline phosphatase (ALP) and formation of bone matrix when compared to PCL fiber without the presence of bioglass. The PCL sccaffold provided a favorable medium for adhesion and cell proliferation, and the addition of the bioglass particles intensified the process of bone matrix formation, mainly the bioglass obtained by the sol-gel method, acting actively in the regeneration process and favoring adequate repair of the bone defect. (AU)


Assuntos
Humanos , Osteogênese/genética , Osso e Ossos , Teste de Materiais/métodos , Tecidos Suporte/classificação
18.
Niterói; s.n; 2018. 89 p. tab, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-906488

RESUMO

Este trabalho teve como objetivos avaliar a composição, as propriedades nanomecânicas e a resistência ao risco do recobrimento, a citotoxicidade e a liberação de metais de quatro marcas de fios ortodônticos com recobrimento estético como recebidos e após 21 dias de uso clínico. O estudo foi composto por dois experimentos. No primeiro, fios estéticos (Grupo OO: Ortho Organizers; Grupo TP: TP Orthodontics; Grupo OM: Orthometric; e Group TN: Trianeiro) foram avaliados quanto: à composição do recobrimento por espectroscopia no infravermelho por Transformada de Fourier; à dureza e ao módulo de elasticidade por testes de nano-indentação e quanto à resistência ao risco pelo teste de risco. No segundo experimento, os fios estéticos e seus respectivos fios convencionais de aço inoxidável e níquel titânio dos mesmos fabricantes foram avaliados quanto à citotoxicidade e à liberação de metais como recebidos e após 21 dias de exposição ao meio bucal. No ensaio de citotoxicidade cada tipo de fio foi incubado em placas contendo meio mínimo essencial de Eagle (MEM) e as alíquotas dos sobrenadantes de cada grupo foram retiradas em (T) 0 hora, 1, 2, 3, 7, 14, 21 e 60 dias e adicionadas a culturas de células L929 sendo a viabilidade celular determinada com o uso de vermelho neutro (Método Dye Uptake). O teste de corrosão foi realizando imergindo cada amostra numa solução de cloreto de sódio a 0,9% com 20µL de ácido nítrico por 28 dias. A quantidade de níquel, cromo, ferro, titânio, cobalto e manganês nos intervalos de tempo (T) 7, 14, 21, e 28 dias foi mensurada através de espectrômetro de emissão óptica com fonte de plasma indutivamente acoplado (ICP OES). Todos os recobrimentos foram caracterizados pelo pico de benzeno a cerca de 1500 cm-1 e são compostos de poliéster e politetrafluoretileno. O ensaio de risco mostrou uma alta elasticidade do recobrimento com recuperação elástica maior que 60%, mas com diferentes tipos de falhas e irregularidades ao longo da região do teste. Níquel foi o íon mais frequentemente liberado durante os intervalos do estudo. Depois do uso clínico, o grupo TP apresentou uma liberação significativa de níquel somente nos fios estéticos em T7, T14 e T21. No grupo TN, a liberação de níquel pós fase clínica também foi estatisticamente maior nestes fios em T7, T21 e T28. Os fios estéticos do grupo TP, após o uso clínico apresentaram uma menor viabilidade celular em comparação aos seus respectivos fios controles em T1, T3 e T28. Todos os grupos apresentaram uma superfície irregular do recobrimento com delaminações em várias áreas após 21 dias de exposição ao meio bucal. Mesmo os fios mais citotóxicos e que liberaram maiores quantidades de íons metálicos, apresentaram uma boa biocompatibilidade para o uso clínico. Sugere-se que o método de aplicação, a composição química do recobrimento, e o tratamento da superfície do substrato metálico influenciem na corrosão e na biocompatibilidade dos fios ortodônticos estéticos quando expostos ao meio bucal (AU)


The aims of this study were to evaluate the material composition, the nano mechanical properties and scratch resistance of the coating; the cytotoxicity and metal release of four brands of esthetic coated archwires as received and after 21 days of oral exposure. This study was composed by two experiments. In the first, esthetic archwires (Group OO: Ortho Organizers; Group TP: TP Orthodontics; Group OM: Orthometric; and Group TN: Trianeiro) were evaluated for composition assessed by infrared spectroscopy (FTIR). Coatings hardness and elastic modulus were analyzed by nanoindentation tests. Scratch resistance of coatings were evaluated by scratch test. In the second experiment, esthetic coated archwires and conventional stainless steel and nickel titanium archwires from the same manufacturers (control) were evaluated for cytotoxicity and metals released as received and after 21 days of oral exposure. The cytotoxicity assay was performed incubating each type of wire in Eagle's essential medium (MEM), removing the supernatant after T: 0 hour, 1, 2, 3, 7, 14, 21, 28 and 60 days and adding it to cultures of L929 mouse fibroblasts, and in each time the cell viability was determined with neutral red (dye uptake method). The corrosion testing was performed incubating each type of wire in a solution of 0,9% sodium chloride with 20µL of nitric acid for 28 days at 37 ±1 °C. The content of nickel, chromium, iron, titanium, cobalt and manganese ions at intervals of T: 7, 14, 21 and 28 days was measured by Inductively Coupled Plasma ­ Optical Emission Spectroscopy (ICPOES). All analyzed coatings were markedly characterized by the benzene peak at about 1500 cm-1 and are a composite of polyester and polytetrafluoroethylene. Scratch test showed a high coating elasticity after load removal with elastic recoveries greater than 60%, but different failure features could be observed along the scratches. Nickel was the most frequently ion released. After clinical use, TP group showed a significant nickel release only in esthetic wires at T7, T14 and T21. TN group presented a nickel release statistically higher in the retrieved esthetic wires at T7, T21 and T28. At T1, T3 and T28 the post clinical esthetic wires of TP group showed significant lower cell viability than their control wire. The esthetic coatings presented an irregular surface aspect and peeled off in many areas after oral exposure. Even the wires that were more cytotoxic and released more metals in sometimes, all seems to present a good biocompatibility for clinical use. However, the applying coating technique, the coating material and the metallic surface treatment in order to improve mechanical adhesion seem to influence the corrosion behavior and biocompatibility of esthetic orthodontic coated archwires when exposed to the oral environment (AU)


Assuntos
Humanos , Corrosão Dentária , Fios Ortodônticos , Toxicidade , Propriedades Químicas , Teste de Materiais , Microscopia Eletrônica de Varredura , Análise Estatística
19.
Rio de Janeiro; s.n; 2018. 50 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-913659

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar as propriedades antimicrobianas, mecânicas, físicas e a citotoxicidade de um polímero incorporado com metacrilato de dimetilaminohexadecil (DMAHDM) e diacetato de clorexidina (dCHX), isolados e associados. Assim, foram confeccionados 132 espécimes em forma de disco (108 com 8 mm de diâmetro x 2 mm de espessura e 24 com 5 mm de diâmetro x 2 mm de espessura) e 48 espécimes retangulares (65 x 10 x 3,4 mm - ISO 20795-1: 2013), divididos em quatro grupos de acordo com a incorporação de DMAHDM e de clorexidina: 0% (controle), 1% dCHX, 5% DMAHDM e 1% dCHX + 5% DMAHDM associados. A viabilidade do biofilme, a resistência à flexão (RF), a rugosidade superficial (RS) e a estabilidade da cor (ΔE) foram analisadas após 48 horas de armazenamento em água destilada a 37ºC (inicial). A citotoxicidade foi medida em fibroblastos de rato (L929) após 24 horas, 3 e 7 dias de eluição através do teste de MTT (ISO 10993-5: 2009). A RF foi mensurada através do teste de flexão de três pontos em uma máquina de ensaios universais. RS e ΔE foram testados, respectivamente, por um rugosímetro e um espectrofotômetro portátil, após 4 semanas de armazenamento em água destilada a 37ºC e após 72 horas de imersão em café. Os dados foram submetidos à análise de variância e aos testes de Bonferroni e Tukey (p≤0,05). Todos os grupos testados apresentaram atividade antimicrobiana significativa contra Streptoccocus mutans e Candida albicans se comparados ao grupo controle (p <0,05). Apenas o grupo dCHX, em 24 h de eluição, não demonstrou efeitos citotóxicos (< 30% de redução da viabilidade celular). Houve redução da RF em todos os grupos testados (p <0,05), se comparados ao grupo controle. Não foram detectadas diferenças nas medidas de rugosidade inicial entre os grupos testados (p>0,05). No entanto, após o armazenamento e a imersão em café, os grupos com DMAHDM apresentaram superfícies mais rugosas e significativa alteração de cor em comparação ao controle (p<0,05). Os resultados deste estudo sugerem que polímeros incorporados com dCHX e DMAHDM apresentam propriedades antimicrobianas, porém comprometimento da resistência flexural, rugosidade de superfície e estabilidade de cor, além de maior efeito citotóxico


The aim of this study was investigate antimicrobial, mechanical and physical properties, and cytotoxicity of a polymer incorporated with dimethylaminohexadecyl methacrylate (DMAHDM) and chlorhexidine (dCHX), isolated and associated. Thus, 132 disk-shaped specimens (108 in 8-mm x 2-mm and 24 in 5-mm x 2-mm) and 48 rectangular specimens (65 x 10 x 3.4 mm ­ ISO 20795-1:2013) were divided into four groups according to the DMAHDM and dCHX incorporations: 0% (control), 1% dCHX, 5% DMAHDM and 1% dCHX +5% DMAHDM associated. Biofilm viability, flexural strength (FS), surface roughness (SR) and color stability (ΔE) were analyzed after 48 h of storage in distilled water at 37°C (initial). Cytotoxicity was measured after 24h, 3 and 7 days of elution by MTT test on L929 cells (ISO 10993-5:2009). FS was measured by the three-point bending test in a universal testing machine. SR and ΔE were tested by a contact profilometer and a portable spectrophotometer, respectively, after 4 weeks of storage in distilled water at 37ºC and after 72h of immersion in coffee. Data were submitted to ANOVA and Bonferroni/Tukey tests (p≤0,05). All the tested groups showed significant antimicrobial activity against Streptoccocus mutans and Candida albicans, when compared to control group (p<0,05). Only the dCHX group, at 24 h of elution, did not demonstrate cytotoxic effects (lower than 30% of reduction in cells viability). There was a reduction for FS on tested groups (p<0,05) compared to control group. No differences were detected in initial roughness measurements among tested groups (p>0,05). However, after storage and immersion in coffee, the DMAHDM's groups showed rougher surfaces and significant color changes compared to control (p<0,05). The results of this study suggests that polymers with dCHX and DMAHDM incorporated presents antimicrobial properties, but their mechanical and physical properties and the cytotoxicity are compromised


Assuntos
Anti-Infecciosos , Biofilmes , Clorexidina/uso terapêutico , Teste de Materiais , Polímeros , Polimetil Metacrilato/uso terapêutico , Prostodontia , Compostos de Amônio Quaternário/uso terapêutico
20.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 11(43): 41-46, 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-916068

RESUMO

As placas de Hawley podem ser utilizadas como aparelhos passivos de contenção pós-movimentação ortodôntica, confeccionadas com resina acrílica e grampos de aço. Como todo aparelho removível, seu efeito depende da colaboração do paciente na sua utilização, principalmente de pacientes jovens. A confecção da placa de Hawley com adesivos temáticos surgiu com o objetivo de diminuir esse problema, motivando o paciente quanto ao seu uso. Avaliou-se, in vitro, a biocompatibilidade da resina acrílica com e sem adesivo temático. A citotoxicidade das resinas com e sem adesivos foi avaliada por meio de estudo colorimétrico em células L929, incubadas por 1, 2, 3 e 8 dias, em contato direto com corpos de prova. A quantificação das células viáveis foi realizada por espectrofotometria. Foi verificada baixa viabilidade celular nos dois grupos avaliados, com menores valores de absorbância no grupo das resinas com adesivo temático. Conclui-se que as resinas acrílicas com e sem adesivos temáticos apresentaram elevado grau de citotoxicidade, sendo que as resinas acrílicas sem adesivo apresentaram aumento na viabilidade celular após 8 dias, fator não observado nas resinas temáticas.(AU)


Hawley retainers are commonly used as a passive orthodontic appliance, made with acrylic resin and stainless steel clasps. Like any removable appliance, its effect depends on patient collaboration in its use, especially in young patients. Hawley's retainers with thematic adhesives came to motivate patient and minimize this problem. This study aimed to evaluate in vitro biocompatibility of the acrylic resin with and without the thematic adhesive. The resins cytotoxicity with and without adhesives was evaluated by means of a colorimetric study in L929 cells, incubated for 1, 2, 3, and 8 days, in direct contact with the samples. The viable cell quantification was performed by spectrophotometry. Low cell viability was observed in the two groups evaluated, with lower absorbance values in the resin group with thematic adhesive. It was concluded that acrylic resins with and without thematic adhesives presented high cytotoxicity. Adhesive-free acrylic resins presented an increase in cell viability after 8 days, which was not observed in resins with thematic adhesives. (AU)


Assuntos
Resinas Acrílicas , Materiais Biocompatíveis , Teste de Materiais , Aparelhos Ortodônticos Removíveis , Contenções Ortodônticas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA