Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Bauru; s.n; 2013. 90 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866619

RESUMO

O efeito de fármacos pode ser potencializado através do desenvolvimento de novos sistemas de liberação como os sistemas mucoadesivos. Estes sistemas permanecem em contato íntimo com o tecido de absorção, às mucosas, liberando o fármaco no local de ação, com o consequente aumento da biodisponibilidade, podendo promover efeitos locais e sistêmicos. Através do desenvolvimento da bandagem bucal antimicrobiana e testadas sua eficiência sobre a cultura de algumas bactérias bucais (S. mutans e C. albicans) se fez necessário continuar os estudos desse material. O objetivo deste trabalho foi analisar as propriedades bioquímicas e funcionais da bandagem bucal antimicrobiana no que tange a: degradação no meio salivar; adequação da composição para a melhoria da aderência à mucosa bucal; desempenho quanto à liberação controlada de fármacos; absorção de água, perda de massa; medida do pH do líquido residual em diferentes períodos de tempo; citotoxicidade da bandagem em cultura de fibroblastos. As bandagens avaliadas tinham diferentes composições quitosana, quitosana com glicerol, quitosana e alginato com/sem glicerol, e todas com/sem fármaco. Através das análises realizadas foi possível observar que as bandagens que absorveram mais água em tampão foi a membrana híbrida (203%) e em saliva foi a híbrida com glicerol (30%). A membrana que perdeu mais massa em tampão e em saliva foi a híbrida com glicerol (40% e 30%), isso quer dizer que elas se decompõe e liberam suas propriedades no meio. A liberação controlada do fármaco pode avaliar que a membrana híbrida liberou de forma crescente o fármaco (0,075%), facilitando sua liberação. No teste de citotoxicidade todas as bandagens com fármaco foram citotóxicas, já as bandagens de quitosana e quitosana com glicerol promoveram o crescimento celular.


The effect of drugs may be enhanced through the development of new delivery systems as mucoadhesive systems. These systems remain in intimate contact with the tissue absorption, in this case the mucosa, releasing the drug at the site of action, with the consequent increase in bioavailability and may promote local and systemic effects. Mucoadhesion is currently explained by six theories: electronics, adsorption, wetting, diffusion, fracture and mechanics (Carvalho et al., 2010). In 2011, Kloster et al. developed an oral bandage and tested antimicrobial efficiency in the culture of some oral bacteria (S. mutans e C. albicans), the results were promising. The aim of this study was to analyze the biochemical and functional properties of oral antimicrobial bandage with respect to: the salivary environment degradation; the composition adjustment for improving the adherence to the buccal mucous membrane; the performance as to the controlled releasing of drugs; water absorption while analyzing the mass loss; pH measurements of the residual liquid in different periods of time; the plaster cytotoxicity in cell and fibroblast culture. Through the analyzes it was observed that the bandages absorb water and lose mass, it means that they decompose and release their property in the middle. The bandages with drug in viability analysis were cytotoxic cell and different concentrations of drug should be study.


Assuntos
Alginatos/química , Bandagens/microbiologia , Clorexidina/química , Materiais Biocompatíveis/química , Quitosana/química , Absorção , Alginatos/farmacologia , Técnicas de Cultura de Células , Clorexidina/farmacologia , Fluorescência , Teste de Materiais , Materiais Biocompatíveis/farmacologia , Quitosana/farmacologia , Fatores de Tempo
2.
Ortodontia ; 28(3): 13-9, set.-dez. 1995. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-192899

RESUMO

O propósito do presente artigo consiste em colocar o clínico a par de uma recente aquisiçäo no campo operacional da ortodontia: os cimentos ionoméricos - cimentos com retençäo química à superfície do esmalte, capaz de aumentar o teor de flúor desta estrutura. Esses cimentos recentes suplantam os antigos cimentos de fosfato de zinco para cimentaçäo de bandas e säo mencionados aqui pelo sopro de novidade, apesar de existirem há muito na odontologia. Esse advento ajusta-se ao projeto da ortodontia contemporânea: alcançar o máximo da eficácia mecânica com o menor custo biológico. Os comentários teóricos e a divulgaçäo sobre a nossa excelente experiência com esses cimentos ionoméricos säo complementados com a contento e o planejamento lógico ajudam a reduzir o risco biológico da mecanoterapia


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Bandagens , Cimentos de Ionômeros de Vidro , Ortodontia
3.
ROBRAC ; 2(2): 30-3, jun. 1992. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-216077

RESUMO

Os autores avaliaram a eficiência das técnicas e ultra-sônica de irrigaçäo, na remoçäo de curativo composto de hidróxido de cálcio, sulfato de bário e água. Variaram a profundidade atingida pela cânula irrigadora ou instrumento ultra-sônica, o uso de agitaçäo e o volume de líquido irrigador empregado. A melhor limpeza foi obtida através do uso combinado da irrigaçäo manual à agitaçäo de uma lima livre no canal, com a cânula irrigadora atingindo o comprimento de trabalho; seguida ultra-sônica com 60 ml de líquido irrigador por minuto


Assuntos
Sulfato de Bário , Hidróxido de Cálcio , Cavidade Pulpar , Desinfecção/instrumentação , Remoção de Partículas , Preparo de Canal Radicular/instrumentação , Bandagens , Hipoclorito de Sódio , Irrigação Terapêutica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA