Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2017. 50 p. tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-905048

RESUMO

O objetivo deste estudo foi verificar a adaptação dos alunos ingressantes no ensino superior, o perfil de estilo de vida adotado por eles e a presença de sinais e sintomas de psicopatologias como estresse, ansiedade e depressão. Trata-se se um estudo seccional de caráter descritivo realizado no segundo semestre do curso de odontologia com os alunos ingressantes. Foram aplicados três instrumentos validados, DASS 21 (Depression, Anxiety and Stress 21) para análise dos sintomas de estresse, ansiedade e depressão; PEVI (Perfil do Estilo de Vida Individual) e QVA-r (Questionário de Vivencias Acadêmicas ­ versão reduzida) para analisar a adaptação dos alunos ingressantes. Além disso foram dosados os níveis de cortisol salivar para verificar os níveis de estresse dos acadêmicos em dois períodos distintos: no momento da prova e na durante a aula. A análise laboratorial foi realizada pelo método de ELISA. Foram determinados os coeficientes de correlação e o teste de Mann-Whitney, a 5% de significância. Grande parte dos alunos (81,57%), saiu de casa para ingressar no ensino superior e poucos realizavam atividade remunerada (7%). Dentre os domínios do estilo de vida, os alunos apresentaram um perfil abaixo do desejável na Nutrição, Atividade Física e Controle do Estresse. Apenas a Nutrição mostrou-se influenciada pelo perfil socioeconômico (p=0,014). As variáveis: consumo de álcool e fumo (p=0,017) e o tempo para descanso (p=0,018) foram significativamente maior entre os alunos do curso noturno. A presença de estresse foi alta entre os eles (45%) e esteve associada aos domínios Pessoal (-0,518) e Interpessoal (- 0,251) Os níveis de cortisol durante a prova apresentaram correlação com maiores scores dos domínios Estudo (0,197), Carreira (0,347) e Institucional (0,196). Os acadêmicos que tiveram o curso e universidade como primeira opção de escolha, tiveram os maiores escores nos domínios Carreira (p=0,024) e Institucional (p=0,002). Conclui-se que o estilo de vida de alunos ingressantes em odontologia não se apresentou desejável. O morar longe dos pais e a dependência financeira dos estudantes são fatores importantes que influenciam no seu estilo de vida e que a presença de estresse, ansiedade e depressão esteve relacionada com a interação dos alunos com os pares e aos aspectos pessoais. Foram observados maiores níveis de cortisol entre aqueles mais adaptados nos domínios Estudo, Carreira e Institucional(AU)


The aim of this study was to verify the adaptation of the students entering higher education, the lifestyle profile adopted by them and the presence of signs and symptoms of psychopathologies such as stress, anxiety and depression. This is a sectional study of a descriptive character carried out in the second semester of the dentistry course with the incoming students. Three validated instruments, DASS 21 (Depression, Anxiety and Stress 21) were applied to analyze the symptoms of stress, anxiety and depression; PEVI (Individual Lifestyle Profile) and QVA-r (Academic Experience Questionnaire - reduced version) to analyze the adaptation of incoming students. In addition, salivary cortisol levels were measured to verify the stress levels of the students in two different periods: at the time of the test and during the class. Laboratory analysis was performed using the ELISA method. The correlation coefficients and the Mann-Whitney test, at 5% significance, were determined. Most of the students (81.57%) left home to enter higher education and few of them had a paid work (7%). Among the domains of the lifestyle, the students presented a profile below the desirable one in Nutrition, Physical Activity and Control of the Stress. Nutrition alone was influenced by the socioeconomic profile (p = 0.014). The variables: alcohol consumption and smoking (p = 0.017) and rest time (p = 0.018) were significantly higher among students of the night course. The presence of stress was higher among the subjects (45%) and was associated with the Personal (-0.518) and Interpersonal (-0.251) domains. Cortisol levels during the test presented a correlation with higher scores in the domains Study (0,197), Career 0.347) and Institutional (0.196). Academicians who had the course and university as the first choice, had the highest scores in the Career (p = 0.024) and Institutional (p = 0.002) domains. It is concluded that the lifestyle of students entering dentistry was not desirable. Living away from parents and financial dependence of the students on their parents are important factors that influence their lifestyle and the presence of stress, anxiety and depression; interaction with peers and personal aspects. Higher levels of cortisol were observed among those most adapted in the study, career and institutional domains(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Estilo de Vida , Estudantes de Odontologia , Ansiedade , Depressão , Hidrocortisona , Estresse Psicológico
2.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 37(2): 34-40, maio.-ago. 2016.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857040

RESUMO

Este estudo tem como objetivo investigar alguns fatores de risco e de proteção para o câncer. Tal doença apresenta no mundo atual elevada incidência e mortalidade, representando um problema de saúde pública de alta magnitude. Epidemiologistas estudiosos relatam que no último Século, a prevalência de câncer no mundo está aumentando de maneira significativa, acredita-se que este resultado relaciona-se, entre outros aspectos, com a industrialização e a urbanização ocorridas neste período. Pouco se sabe que agentes protetores tais como alimentação adequada e atividade física constituem fatores de proteção para o câncer, em contrapartida o sedentarismo e escolhas alimentares erradas são poderosos fatores de risco, bem como a obesidade. Até o presente momento, é possível inferir que a melhor forma de prevenção do câncer é a adoção de um estilo de vida saudável, aliando dieta adequada e exercício físico


This study aims to investigate some risk and protective factors for cancer. This disease presents in today’s world high incidence and mortality, representing a public health problem of high magnitude. Epidemiologists scholars report that in the last century, the prevalence of cancer in the world is increasing significantly, it is believed that this result is related to, among other things, with industrialization and urbanization during this period. Little is known that protective agents such as proper nutrition and physical activity are protective factors for cancer, on the other hand sedentary lifestyle and wrong food choices are powerful risk factors, as well as obesity. To date, it can infer that the best way to prevent cancer is to adopt a healthy lifestyle, combining proper diet and exercise


Assuntos
Exercício Físico , Métodos de Alimentação , Neoplasias , Fatores de Risco , Comportamento Alimentar , Estilo de Vida , Obesidade
3.
Bauru; s.n; 2015. 109 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867438

RESUMO

Introdução: O AVC é a segunda maior causa de mortalidade no Brasil que ocorre muitas vezes devido ao descuido com a saúde e aumento dos fatores de risco como hipertensão arterial, tabagismo, diabetes mellitus além do estilo de vida. Objetivo: Comparar histórico de vida, saúde e hábitos entre adultos considerados saudáveis (GC) e pessoas acometidas (GE) pelo acidente vascular cerebral quanto às condições adequadas e inadequadas entre os sexos, raças e idade e testar o instrumento utilizado. Materiais e métodos: estudo foi composto por 144 participantes, sendo 72 de cada grupo (GC e GE) com pareamento dos mesmos quanto à idade, sexo e raça. A coleta ocorreu no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, no Centro de Convivência do Idoso da Secretaria Municipal de Saúde, Igreja Metodista Wesleyana e Praça Aluísio Ferreira. Foi utilizado o questionário com perguntas auto referidas com pontuações de 0 a 4 (0-nada, 1-muito pouco, 2-médio, 3-muito, 4-extremamente). Resultados: Obtiveram as piores médias para o GE taquicardia (GE 1,89, GC 0,79), formigamentos (GE 2,00, GC 0,83), diabetes (GE 2,36, GC 0,92), hipertensão (GE 6,14, GC 2,25), problemas cardíacos (GE 2,06, GC 0,72), suspeita de AVC pelo médico (GE 6,83, GC 0,53), ser fumante (GE 1,01, GC 0,33), consumo de refrigerante (GE 1,75, GC 1,19), presença de níveis aumentados de colesterol/ triglicerídeos/ glicose (GE 1,40, GC 0,82), utilização de algum tipo de medicação (GE 2,97, GC 0,97) e histórico familial de AVC (GE 3,58, GC 2,44), sendo estes, considerados fatores de risco para AVC. O sedentarismo foi maior no GC (GC 1,92, GE 0,56). Para as questões de condições adequadas, os piores resultados apresentados foram o GE quanto ao conhecimento sobre AVC (GE 3,17, GC 2,65), presença de dieta adequada (GE 3,08, GC 2,69), consumo de sucos (GE 1,88, GC 1,43), atividades físicas regulares (GE 3,39, GC 2,31), possuir condicionamento físico (GE 2,74, GC 2,29) e prática de esportes (GE 3,92 e GC 2,75). As piores médias...


Introduction: The stroke is the second leading cause of death in Brazil that often occurs due to the neglect of health and increased risk factors such as hypertension, smoking, diabetes mellitus beyond lifestyle. Purpose: To compare history of life, health and habits among adults considered healthy (GC) and affected persons (GE) by the stroke on appropriate conditions and inadequate sex, race and age and test the instrument. Methods: study consisted of 144 participants, 72 from each group (CG and SG) to pair the same as the age, sex and race. The gathering took place in Hospital João Paulo II, Center of the Municipal Health Elderly, Wesleyan Methodist Church and Plaza Aluísio Ferreira. It used the questionnaire with questions such self with scores 0 to 4 (0-none, 1-very little, 2-medium, 3-lot, four extremely). Results: They obtained the worst Averages for the GE tachycardia (GE 1.89, 0.79 GC), tingling (GE 2.00, 0.83 GC), diabetes (GE 2.36, 0.92 GC), hypertension (GE 6 14, GC 2.25), heart problems (GE 2.06, 0.72 GC), suspected stroke by the physician (GE 6.83, 0.53 GC), smoking (1.01 GE, GC 0 , 33), soda consumption (GE 1.75, 1.19 GC), presence of increased levels of cholesterol / triglycerides / glucose (GE 1.40, 0.82 GC), using some type of medication (GE 2 97, GC 0.97) and family history of stroke (GE 3.58, 2.44 GC), which are considered risk factors for stroke. A sedentary lifestyle was higher in GC (GC 1.92, 0.56 GE). For the right conditions issues, the worst results were the GE as the knowledge of stroke (3.17 GE, GC 2.65), presence of proper diet (GE 3.08, 2.69 GC), consumption of juices (GE 1.88, 1.43 GC), regular physical activity (GE 3.39, 2.31 GC), have fitness (GE 2.74, 2.29 GC) and sportswear (GE 3.92 and GC 2.75). The worst averages GC just as the regular healthy diet (GC 1.93, 1.51 GE) and search for healthy habits regarding lifestyle and food (GC 2.08, 1.57 GE). Males had a higher average score (89.11, p = 0.036) between the...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Acidente Vascular Cerebral/fisiopatologia , Estilo de Vida , Fonoaudiologia , Análise de Variância , Brasil , Origem Étnica e Saúde , Qualidade de Vida , Fatores de Risco , Fatores Sexuais , Inquéritos e Questionários
4.
Rev. ABENO ; 15(3): 26-34, 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-879865

RESUMO

O estresse entre os graduandos de cursos da área da saúde tem sido alvo de estudos nos últimos anos. Dentre as mudanças ocorridas no ingresso na universidade, está a adoção de um novo estilo de vida, o qual pode relacionar-se com o estado de ansiedade. O objetivo nesse estudo foi verificar a autopercepção de estresse, ansiedade e depressão dos ingressantes em um curso de graduação em odontologia, associar à resposta fisiológica do estresse e analisar seu estilo de vida. A amostra foi composta por 25 estudantes de uma universidade pública paulista, ingressantes no curso de odontologia em 2014. Foram aplicados dois instrumentos validados: DASS 21 (Depression, Anxiety and Stress Scale) e PEVI (Perfil do Estilo de Vida Individual), e a dosagem do hormônio cortisol em 75 amostras de saliva, coletadas em três momentos em um dia, utilizando o método laboratorial de ELISA. O estresse e a ansiedade foram presentes em 60% e a depressão observada em 36% dos indivíduos. Quanto ao estilo de vida, 40% apresentaram perfil pouco desejável e 26% indesejável no domínio da nutrição, 40% indesejável na atividade física e nenhum estudante apresentou perfil desejável no controle do estresse. Altas concentrações de cortisol estiveram presentes em 60% da amostra, porém não houve associação significativa com a percepção do estresse (p=0.40). Conclui-se que grande parte dos estudantes teve percepção de estresse e ansiedade e altas concentrações de cortisol salivar. A maioria não apresentou padrão de estilo de vida desejável nos domínios de nutrição, atividade física e controle do estresse (AU).


The stress among undergraduate students in health care courses has been investigated in recent years. Among the changes on these students when starting their courses at the university, it was noticed the adopting of a new lifestyle, which may be related to the state of anxiety. The aim of this study was to verify the self-perception of stress, anxiety and depression of freshmen in undergraduate dental students, associating physiological response to stress and analyzing their lifestyles. The study was based on laboratory samples from 25 students that started their dentistry course in 2014 in a public institution. Two validated instruments were applied: DASS 21 (Depression, Anxiety and Stress Scale) and PEVI (Individual Lifestyle Profile) and the dosage of the hormone cortisol in 75 saliva samples collected at three times on a day, using the ELISA laboratory method. The stress and anxiety were present in 60% and depression was observed in 36% of the subjects. As for lifestyle, 40% had less than desirable profile and 26% undesirable in the field of nutrition, 40% undesirable physical activity and none had desired profile in stress management. High cortisol concentrations were present in 60% of the sample, but there was no significant association with the perception of stress (p = 0.40). It was concluded that most of the students had perceived stress, anxiety, and high concentrations of salivary cortisol. Most did not present desirable lifestyle patterns in the areas of nutrition, physical activity and stress management (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Estilo de Vida , Autoimagem , Estudantes de Odontologia , Estudos Transversais/métodos , Interpretação Estatística de Dados , Hidrocortisona , Inquéritos e Questionários
5.
Belo Horizonte; s.n; 2013. 106 p. ilus.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-715912

RESUMO

O presente estudo tem como objetivo avaliar a prevalência da doença periodontal e associá-la aos determinantes sociais da saúde e ao estilo de vida em adultos de 35 a 44 anos de idade, residentes no sudeste do Brasil, município de Betim-MG. Este estudo transversal utilizou um questionário aplicado em uma amostra de 743 adultos. A avaliação da doença periodontal foi realizada através do CPI. Os dados obtidos através deste índice foram catergorizados em periodonto saudável, gengivite, gengivite/cálculo, bolsa periodontal de 4-5mm e bolsa periodontal de 6mm ou mais e periodontite. A condição periodontal foi o desfecho estudado...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Determinantes Sociais da Saúde/estatística & dados numéricos , Doenças Periodontais/epidemiologia , Periodontia/estatística & dados numéricos , Estudos Transversais , Estudos Transversais , Estilo de Vida , Inquéritos e Questionários
6.
RGO (Porto Alegre) ; 54(1): 11-16, jan.-mar. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-444996

RESUMO

O presente estudo avaliou a associação entre algumas características sócio-demográficas, como idade, gênero, condição econômica, nível de escolaridade e estilo de vida em relação aos impactos dos problemas de saúde bucal, em populações adulta e idosa. A amostra entrevistada, constituída de 997 respondentes, foi selecionada através da população cadastrada no Programa de Saúde da Família e incluiu os gêneros masculino e feminino e duas classes de idade, adultos até 49 anos e adultos e idosos acima de 50 anos de idade. Os resultados permitiram concluir que a idade e o gênero não apresentaram relação com a escolha de estilo de vida saudável. A condição econômica e o nível de escolaridade apresentaram relação com a escolha de estilo de vida, sendo que indivíduos em classificações econômicas mais favorecidas e maior nível de escolaridade apresentavam um estilo de vida mais saudável. Os resultados mostraram também que o estilo de vida em saúde bucal não apresentou relação com a freqüência de impactos dos problemas de saúde bucal e que o contexto de vida ao qual os indivíduos pertenciam, que foi avaliado através da condição econômica, possuía mais peso sobre a freqüência de impactos dos problemas de saúde bucal do que o estilo de vida adotado por estas pessoas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Estilo de Vida , Saúde Bucal , Qualidade de Vida , Perfil de Impacto da Doença , Fatores Socioeconômicos , Fatores Etários , Fatores Sexuais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA