Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Bauru; s.n; 2011. 216 p. ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866179

RESUMO

Considerando a condição multi-fatorial da etiologia da doença periodontal, em particular a influência do estresse, evidente na literatura, esta pesquisa teve como propósito avaliar 2 grupos de indivíduos com doença periodontal, sendo que um grupo foi submetido à psicoterapia (grupo experimental - N=13) por 3 meses, enquanto o outro grupo serviu como controle(N=13); em ambos os grupos nenhuma intervenção periodontal foi realizada nesse período, seja curativa ou preventiva. Os dados obtidos dos indivíduos de ambos os grupos, no "baseline" e no final do experimento (após 3 meses) incluíram: níveis das citocinas IL-4, IL-6, IL-8, IL-10 e TGF- β (salivares), parâmetros periodontais (profundidade de sondagem-PS, nível de inserção- NI, recessão gengival, índice de placa-IP, índice gengival-IG) e o número de dentes perdidos (NDP). Também o nível de cortisol (NC) e análise psicológica do grau de estresse dos indivíduos que compuseram a amostra, foram importados de GREGHI-2009, para análise conjunta com os demais parâmetros. Os pacientes foram triados seguindo vários critérios de exclusão e inclusão. Na análise dos parâmetros periodontais verificou-se que no grupo experimental houve uma melhora significante do IP e do IG, e no grupo controle ocorreu uma piora significante do IP. A análise laboratorial mostrou que o NC diminuiu de forma significativa no grupo experimental e no grupo controle houve um aumento significativo do nível de IL-6. Cabe destacar que, embora as diferenças entre os níveis iniciais e finais das citocinas analisadas, não tenham sido estatisticamente significantes, no grupo experimental houve uma tendência do aumento das citocinas anti-inflamatórias e diminuição das citocinas pró-inflamatórias. Como conclusão final admitiu-se que o estresse pode repercutir negativamente no controle de placa, que o NC elevado pode aumentar os riscos de comprometimento periodontal, que a psicoterapia pode interferir de forma positiva em alguns parâmetros clínicos...


Considering the multi-factorial etiology of periodontal disease, particularly the evidence based influence of stress, this research aimed at evaluating two groups of individuals with periodontal disease. One of them was subjected to psychotherapy (experimental group N=13) during 3 months while the other served as control group (N=13); none f the groups received any curative or preventive periodontal intervention in the period. The achieved data from both groups of individuals at baseline and at the end of the experiment (3 months) included: cytokines levels IL-4, IL-6, IL-8, IL-10 and TGF- β (salivary), periodontal parameters (probing depth - PS, attachment level - NI, gingival recession, plaque index - IP, gingival index -IG) and number of lost teeth (NDP). The cortisol level (NC) and the psychological analysis of the stress level in the individuals who constituted the sample were imported from GREGHI-2009 for concurrent analysis with the other parameters. The patients were selected by respecting several inclusion and exclusion criteria. The periodontal parameters analysis showed that there was a significant improvement of IP and IG in the experimental group and there was a significant worsening of IP in the control group. The laboratorial analysis showed that the NC diminished significantly in the experimental group and there was a significant magnification in the level of IL-6 in the control group. It is worthwhile to emphasize that even though the differences between the initial and final levels of the analyzed cytokines were not statistically significant, there was a tendency of augmentation in the anti-inflammatory cytokines levels and decrease in the pro-inflammatory cytokines levels in the experimental group. As a final conclusion, it was accepted that the stress can negatively influence the plaque control, the elevated NC can increase the risk for periodontal breakdown, the psychotherapy can positively interfere in some clinical and laboratorial...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Citocinas/análise , Estresse Psicológico/complicações , Psicoterapia , Periodontite/patologia , Periodontite/terapia , Saliva/química , Distribuição por Idade e Sexo , Fatores Etários , Estudos de Casos e Controles , Estresse Psicológico/terapia , Periodontite/psicologia , Fatores de Risco , Índice de Gravidade de Doença , Fatores Sexuais
2.
Bauru; s.n; 2011. 216 p. ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-668586

RESUMO

Considerando a condição multi-fatorial da etiologia da doença periodontal, em particular a influência do estresse, evidente na literatura, esta pesquisa teve como propósito avaliar 2 grupos de indivíduos com doença periodontal, sendo que um grupo foi submetido à psicoterapia (grupo experimental - N=13) por 3 meses, enquanto o outro grupo serviu como controle(N=13); em ambos os grupos nenhuma intervenção periodontal foi realizada nesse período, seja curativa ou preventiva. Os dados obtidos dos indivíduos de ambos os grupos, no "baseline" e no final do experimento (após 3 meses) incluíram: níveis das citocinas IL-4, IL-6, IL-8, IL-10 e TGF- β (salivares), parâmetros periodontais (profundidade de sondagem-PS, nível de inserção- NI, recessão gengival, índice de placa-IP, índice gengival-IG) e o número de dentes perdidos (NDP). Também o nível de cortisol (NC) e análise psicológica do grau de estresse dos indivíduos que compuseram a amostra, foram importados de GREGHI-2009, para análise conjunta com os demais parâmetros. Os pacientes foram triados seguindo vários critérios de exclusão e inclusão. Na análise dos parâmetros periodontais verificou-se que no grupo experimental houve uma melhora significante do IP e do IG, e no grupo controle ocorreu uma piora significante do IP. A análise laboratorial mostrou que o NC diminuiu de forma significativa no grupo experimental e no grupo controle houve um aumento significativo do nível de IL-6. Cabe destacar que, embora as diferenças entre os níveis iniciais e finais das citocinas analisadas, não tenham sido estatisticamente significantes, no grupo experimental houve uma tendência do aumento das citocinas anti-inflamatórias e diminuição das citocinas pró-inflamatórias. Como conclusão final admitiu-se que o estresse pode repercutir negativamente no controle de placa, que o NC elevado pode aumentar os riscos de comprometimento periodontal, que a psicoterapia pode interferir de forma positiva em alguns parâmetros clínicos...


Considering the multi-factorial etiology of periodontal disease, particularly the evidence based influence of stress, this research aimed at evaluating two groups of individuals with periodontal disease. One of them was subjected to psychotherapy (experimental group N=13) during 3 months while the other served as control group (N=13); none f the groups received any curative or preventive periodontal intervention in the period. The achieved data from both groups of individuals at baseline and at the end of the experiment (3 months) included: cytokines levels IL-4, IL-6, IL-8, IL-10 and TGF- β (salivary), periodontal parameters (probing depth - PS, attachment level - NI, gingival recession, plaque index - IP, gingival index -IG) and number of lost teeth (NDP). The cortisol level (NC) and the psychological analysis of the stress level in the individuals who constituted the sample were imported from GREGHI-2009 for concurrent analysis with the other parameters. The patients were selected by respecting several inclusion and exclusion criteria. The periodontal parameters analysis showed that there was a significant improvement of IP and IG in the experimental group and there was a significant worsening of IP in the control group. The laboratorial analysis showed that the NC diminished significantly in the experimental group and there was a significant magnification in the level of IL-6 in the control group. It is worthwhile to emphasize that even though the differences between the initial and final levels of the analyzed cytokines were not statistically significant, there was a tendency of augmentation in the anti-inflammatory cytokines levels and decrease in the pro-inflammatory cytokines levels in the experimental group. As a final conclusion, it was accepted that the stress can negatively influence the plaque control, the elevated NC can increase the risk for periodontal breakdown, the psychotherapy can positively interfere in some clinical and laboratorial...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Citocinas/análise , Estresse Psicológico/complicações , Psicoterapia , Periodontite/patologia , Periodontite/terapia , Saliva/química , Distribuição por Idade e Sexo , Fatores Etários , Estudos de Casos e Controles , Estresse Psicológico/terapia , Periodontite/psicologia , Fatores de Risco , Índice de Gravidade de Doença , Fatores Sexuais
3.
JBA, J. Bras. Oclusão ATM Dor Orofac ; 4(13/14): 33-38, jan.-jun. 2004. CD-ROM
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-851489

RESUMO

As disfunções temporomandibulares (DTMs) compreendem alterações musculoesqueléticas na cabeça e no pescoço, causadas por diferentes fatores relacionados aos aspectos físicos, psicológicos e sociais. Geralmente, o diagnóstico e o tratamento aparecem tardiamente, devido ao desconhecimento do paciente e à dificuldade do profissional em identificar os fatores envolvidos. O atendimento multidisciplinar com a inserção de um Psicólogo pode ajuar na identificação dos aspectos psíquicos das DTMs, favorecendo a asserção do diagnóstico, orientação do tratamento e prevenção do agravamento dessas disfunções. Com a perspectiva de um atendimento multiprofissional, foram acompanhadas, através de Psicoterapia de orientação psicanalítica, duas pacientes com sintomatologia sugestiva de DTM e que não responderam satisfatoriamente a procedimentos odontológicos conservadores (placa miorrelaxante e desgaste oclusal). A análise qualitativa das sessões mostrou características comuns: 1) reconhecimento de relação entre tensão e exacerbação da sintomatologia; 2) relacionamento social limitado pela dificuldade em externar sentimentos, em especial quando dizem respeito a raiva ou agressividade); 3) baixa auto-estima e elevado nível de auto-exigência; 4) atenção exacerbada com o próprio corpo; 5) referência a relacionamentos afetivos ambivalentes. Estas características coincidem com aquelas apontadas pela literatura, como estando relacionadas à dimensão psicológica das DTMs. As pacientes manifestaram desejo de mudar sua maneira de ser e admitiram a relevância da Psicoterapia nesse processo. Isso mostra a importância do tratamento psicoterápico para aumentar a efetividade de um serviço multidisciplinar para pacientes com DTMs


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Clínicas de Dor , Psicoterapia , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular/diagnóstico , Dependência Psicológica
4.
Säo Paulo; s.n; 1993. 270 p.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-138518

RESUMO

A autora realizou trabalho sobre os prejuízos presentes nas lesöes faciais decorrentes de acidentes de trânsito, com vistas à avaliaçäo médico-legal em sede penal e civil. Para análise do tema, utilizou-se de pesquisa qualitativa, tendo entrevistado sete indivíduos portadores de seqüelas faciais. No que diz respeito à avaliaçäo do dano em âmbito penal, verificou-se que todas as vítimas sofreram lesöes que puderam ser caracterizadas como incapacidade para as ocupaçöes habituais, por mais de trinta dias; debilidade permanente de membro, sentido ou funçäo; enfermidade incurável; deformidade permanente e um caso foi categorizado como incapacidade permanente para o trabalho. Em sede civil, todos os entrevistados sofreram prejuízos no que tange à despesas de cura; incapacidade temporária; incapacidade parcial permanente; "pretium doloris" e prejuízo estético. Também, em todos os casos, houve perdas no que respeita às atividades laborativas


Assuntos
Humanos , Traumatismos Faciais/psicologia , Responsabilidade Legal , Acidentes de Trânsito/legislação & jurisprudência , Cintos de Segurança , Avaliação de Danos , Medicina Legal/legislação & jurisprudência , Psicoterapia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA