Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 60
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. odontol ; 55: 1-12, jan.-dez. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1052824

RESUMO

Objetivo: Avaliar as alterações químicas presentes na superfície metálica de limas endodônticas fraturadas em canais radiculares, in vitro, após a inoculação intrarradicular de culturas de BRS de três cepas microbianas, Desulfovibrio desulfuricans (uma cepa oral e outra ambiental) e Desulfovibrio fairfieldensis. Métodos: foram analisadas 5 limas kerr #90, sendo uma Lima Kerr nova, sem tratamento, e as outras 4 limas fraturadas dentro de canais radiculares in vitro, com posterior inoculação de Desulfovibrio desulfuricans, cepa oral e ambiental, e Desulfovibrio fairfieldensis e um grupo controle sem inoculação bacteriana, por 477 dias. Os grupos foram analisados no modo EDS (Espectrometria de Energia Dispersiva de Raios-x) do microscópio eletrônico de varredura (FEI-Inspect-S50). Resultados:A presença do S, Cl e O foram relacionados ao processo biocorrosivo, assim como a redução dos elementos de liga nesta área. Conclusão:As análises no modo EDS demonstraram biocorrosão ao longo da superfície metálica das limas quando empregado o biofármaco BACCOR, nas três diferentes cepas empregadas, indicada pela redução dos elementos formadores da liga metálica, Fe, Ni e Cr, com a associação da presença de elementos indicadores de biocorrosão como O, Cl e S. (AU)


Aim:To evaluate the chemical alterations present on the metallic surface of root canal fractured endodontic files in vitro after the intraradicular inoculation of BRS cultures of three microbial strains, Desulfovibrio desulfuricans (one oral and one environmental strain), and Desulfovibrio fairfieldensis. Methods: Five kerr #90 files were analyzed, one new untreated Kerr file and the other 4 files fractured within root canals in vitro, with a subsequent inoculation of Desulfovibrio desulfuricans (oral and environmental strains), and Desulfovibrio fairfieldensis, as well as a control group without bacterial inoculation for 477 days. The groups were analyzed using the scanning electron microscope (FEI-Inspect-S50) EDS (X-ray Dispersive Energy Spectrometry) mode. Results:The presence of S, Cl, and O were related to the biocorrosive process, as well as the reduction of alloying elements in this area. Conclusion: The EDS mode analysis showed biocorrosion along the metallic surface of the files when the BACCOR biopharmaceutical was used in the three different strains employed in this study, indicated by the reduction of the alloying elements ­ Fe, Ni, and Cr ­ with the association of the presence of indicator elements of biocorrosion, such as O, Cl, and S. (AU)


Assuntos
Produtos Biológicos , Corrosão , Meios de Cultura , Ligas Dentárias , Instrumentos Odontológicos , Desulfovibrio desulfuricans , Cavidade Pulpar , Desulfovibrio , Técnicas In Vitro , Endodontia
2.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 12(46): 61-68, 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1007629

RESUMO

Introdução: As características ideais dos braquetes ortodônticos são alto potencial anticorrosivo, baixa concentração de níquel, boa dureza, curvatura da base adequada, paredes das canaletas lisas e ainda se constituirem em monobloco. O objetivo deste trabalho foi analisar as características químicas, físicas e metalográficas do braquete Roth Max, a fim de verificar os seus benefícios na clínica ortodôntica. Métodos: Foram utilizados dois conjuntos de braquetes ortodônticos. A análise química foi realizada através de três métodos: espectrometria, combustão e leitura por meio de infravermelho e nitrogênio total. A análise metalográfica foi realizada por meio de microscopia óptica, força atômica e magnética e ferritoscopia. A análise física foi realizada por meio de microdureza vickers. Resultados: A análise química mostrou a seguinte composição: Cr- 17%; Mn- 10.8%; Mo- 3.2%; C- 0.65%; N- 0.18%; Cu- 0.1%; Ni- 0.1%; Al- 0.1%; Co- 0.016%; Zn- 0.003%; Pb- 0.004%; Ti- 0.004%; Sn- 0.005% e V- 0.007%. Na análise metalográfica foi observada ausência de solda, presença de poros, estrutura duplex (ferrita e austenita). Na análise física, as médias das microdurezas na secção longitudinal foram de 242 HV1 (base), 213 e 212 HV1 (aletas). Na secção frontal foi de 217 HV1 (base). Conclusões: O teor de carbono excedeu o limite máximo indicado para os aços duplex. Os teores de nitrogênio e molibdênio elevaram o potencial anticorrosivo. A microdureza foi considerada eficiente para a clínica ortodôntica. A análise metalográfica não encontrou presença de solda, mas evidenciou uma grande quantidade de poros e heterogeneidade na microestrutura entre as frações volumétricas de ferrita e austenita.(AU)


Introduction: Ideal characteristics of orthodontic brackets include high anti-corrosive potential, high nickel concentration, good hardness, adequate base curvature, smooth channel walls, and their monoblock form. The present study aimed to analyze the chemical, physical and metallographic characteristics of the Roth Max bracket to verify its benefits in orthodontic clinic. Methods: Two orthodontic bracket sets were used. Chemical analysis was performed using three methods: spectrometry, combustion, and scanning through infrared and total nitrogen. Metallographic analysis was performed by optical microscopy, atomic and magnetic force and ferrite measurement. Physical analysis was conducted using vickers microhardness. Results: Chemical analysis showed the following composition: Cr- 17%, Mn- 10.8%, Mo-3.2%, C- 0.65%, N- 0.18%, Cu- 0.1%, Ni- 0.1%, Al- 0.1%, Co- 0.016%, Zn- 0.003%, Pb- 0.004%, Ti- 0.004%, Sn- 0.005%, and V- 0.007%. Metallographic analysis presented absence of welding, the presence of pores, and a duplex structure (ferrite and austenite). In the physical analysis, microhardness averages in the longitudinal section were 242 HV1 (base), and 213 and 212 HV1 (flaps). In the front section, it was 217 HV1 (base). Conclusions: The carbon content exceeded the maximum limit indicated for duplex steels. Nitrogen and Molybdenum raised the anti-corrosive potential. Microhardness was considered efficient for orthodontics clinics. Metallographic analysis found no evidence of welding, but it did find a large quantity of pores and heterogeneity in the microstructure between the ferrite and austenite volumetric fractions.(AU)


Assuntos
Fenômenos Físicos , Fenômenos Químicos , Braquetes Ortodônticos , Corrosão , Microscopia
3.
Araçatuba; s.n; 2019. 78 p. ilus, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1051629

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar, in vitro, a corrosão em diferentes superfícies de Titânio comercialmente puro-Grau 4 (Ticp-G4) em função do efeito de biofilme bacteriano de Enterococcus faecalis. 57 discos foram utilizados divididos aleatoriamente de acordo com a superfície (n=19): Grupo I superfície usinada (USI); Grupo II superfície texturizada por duplo ataque ácido (D.A.) e Grupo III superfície texturizada por duplo ataque ácido e jateamento por zircônia (D.A.Zir). Para análise microbiológica (n=9), os discos foram posicionados em placas de 24 poços contendo cultura de Enterococcus faecalis à 1.5 x 105 células/mL em meio BHI caldo e incubados por 168 horas (7 dias) a 37° C. Após este período os discos foram removidos e as bactérias aderidas em sua superfície foram avaliadas por meio de contagem de Unidades Formadora de Colônias/mL (UFC/mL). Para análise corrosiva (n=5), novos espécimes foram inoculados da mesma forma em cultura de E. faecalis e após 7 dias, estes foram destinados ao ensaio eletroquímico por meio de espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE), utilizando como eletrólitos BHI e biofilme e BHI caldo estéril. Os resultados foram submetidos à análise estatística: microbiológico (ANOVA com pós teste Tukey; 5%) e ensaio eletroquímico (ANOVA 2 Fatores e pós teste Tukey 5%). Na avaliação da contagem celular bacteriana, somente D.A.Zir (média 34 UFC/ml) diferiu de USI (média 16 UFC/ml) (p = 0,034), mas não de D.A. (24 UFC/ml). Na espectroscopia de impedância eletroquímica, para Nyquist e BODE, o grupo D.A.Zir (Biofilme) manifestou pior comportamento eletroquímico. Para resistência à polarização o USI (BHI) teve melhor resistência de troca iônica com o meio. Para o estudo eletroquímico D.A.Zir (Biofilme) tive o pior comportamento eletroquímico e o grupo USI (BHI) teve melhor capacidade de resistir as trocas iônicas. Conclui-se que houve maior formação de biofilme para o grupo D.A.Zir, com maior troca eletroquímica para D.A.Zir (Biofilme) e a presença biofilme favoreceu uma maior troca eletroquímica para com o meio(AU)


The objective of this study was to evaluate, in vitro, the corrosion in different surfaces of Titanium commercially pure-Grade 4 (Ticp-G4) as a function of the bacterial biofilm effect of Enterococcus faecalis. 57 disks were randomly divided according to the surface (n = 19): Group I machined surface (USI); Group II surface textured by double acid attack (D.A.) and Group III surface textured by double acid etching and zirconia (D.A.Zir). For microbiological analysis (n = 9), the discs were positioned in 24-well plates containing Enterococcus faecalis culture at 1.5 x 10 5 cells / ml in broth BHI medium and incubated for 168 hours (7 days) at 37 ° C. period the discs were removed and the bacteria adhered on its surface were evaluated by means of Colony Forming Units / mL (CFU / mL) counts. For corrosive analysis (n = 5), new specimens were inoculated in the same way in E. faecalis culture and after 7 days, they were destined to the electrochemical test by means of electrochemical impedance spectroscopy (IEE) using BHI and biofilm electrolytes and BHI sterile broth. The results were submitted to statistical analysis: microbiological (ANOVA with Tukey post test, 5%) and electrochemical test (ANOVA 2 Factors and post test Tukey 5%). In the evaluation of bacterial cell count, only D.A.Zir (mean 34 CFU / ml) differed from USI (mean 16 CFU / ml) (p = 0.034), but not D.A. (24 CFU / ml). In electrochemical impedance spectroscopy, for Nyquist and BODE, the D.A.Zir (Biofilm) group showed worse electrochemical behavior. For resistance to polarization the USI (BHI) had better ion exchange resistance with the medium. For the electrochemical study D.A.Zir (Biofilm) had the worst electrochemical behavior and the USI group (BHI) had better ability to resist ionic exchanges. It was concluded that there was a higher biofilm formation for the D.A.Zir group, with a higher electrochemical exchange for D.A.Zir (Biofilm) and the biofilm presence favored a greater electrochemical exchange with the medium(AU)


Assuntos
Titânio , Enterococcus faecalis , Biofilmes , Corrosão , Implantação Dentária Endo-Óssea
4.
Rev. odontol. Univ. Cid. São Paulo (Online) ; 29(3): [237-242], set-dez. 2017. figuras
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-908721

RESUMO

Objetivo: Determinar o pH crítico para ocorrer a corrosão de arcos NiTi em soluções de flúor a 1,1%, variando o pH de 3,5 a 7,0. Materiais e Métodos: Doze amostras com 10mm de comprimento de fio superelástico NiTi 0017 x 0025 (Abzil), obtidas do segmento distal dos arcos. As amostras foram aleatoriamente separadas e imersas dentro de recipientes contendo 40ml de seis soluções (água, soluções fluoretadas com pH: 3,5; 4,0; 4,5; 5,0; 5,5; 6,0; 6,5 e 7,0), sob uma mesa agitadora durante 90 minutos. Todas as amostras foram, então, levadas ao MEV. As imagens das amostras imersas em água e soluções fluoretadas com pH 7,0, 6,5 e 6,0 não se apresentaram diferentes, no entanto a partir da solução fluoretada com pH 5,5, as imagens superficiais apresentaram características diferentes dos grupos anteriores. Conclusão: Com base nos resultados obtidos neste estudo, o pH crítico para corrosão de arcos NiTi em soluções de flúor a 1,1% parece estar entre 6,0 e 5,5


Objective: To determine the critical pH to occur corrosion of NiTi arches in 1.1% fluoride solutions by varying the pH between 3.5 and 7.0. Materials and Methods: Twelve samples of 10 mm length superelastic NiTi wire 0017 x 0025 (Abzil) obtained in the distal segment of the arcs. The samples were randomly separated and immersed in 40 ml of six solutions (water, fluoride solutions with pH: 3.5; 4.0; 4.5; 5.0; 5.5; 6.0; 6.5 and 7.0) under a shaker table for 90 minutes. All samples were observed under SEM. The images of the samples immersed in water and fluoride solutions at pH 7.0, 6.5 and 6.0 did not show differences, however from the fluoride solution at pH 5.5, the surface characteristics of images presented differences from above groups. Conclusion: Based on the results obtained in this study the critical pH for corrosion of NiTi arches in fluoride solutions to 1.1% appears to be between 6.0 and 5.5


Assuntos
Corrosão , Flúor , Soluções
5.
Rio de Janeiro; s.n; 2017. 55 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1000395

RESUMO

Introdução: O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência à corrosão das pontas de irrigação ultrassônica passiva Irrisafe® (Satelec/Acteon Group, Bordeaux, França) e dos instrumentos endodônticos XP Endo® (FKG Dentaire, La Chaux-de-Fonds, Switzerland), nas soluções irrigadoras hipoclorito de sódio (NaClO) 5,25%, ácido etilenodiaminotetracético (EDTA) 17% e clorexidina (CLX) 2%. O comportamento de ligas metálicas de aço inoxidável e NiTi nestas soluções também foi avaliado. Metodologia: Trinta novas pontas Irrisafe® e trinta novos instrumentos XP Endo® foram submetidos a ensaios de imersão dinâmica nas soluções irrigadoras NaClO 5,25%, EDTA 17% e CLX 2%. Cada instrumento foi submetido a dois ensaios na mesma solução com durações de 5 e 15 minutos. Antes e após cada ensaio, todos os instrumentos foram observados por microscopia eletrônica de varredura (MEV) para análise da superfície. Curvas redox das soluções de NaClO 5,25%, EDTA 17% e CLX 2% e curvas de polarização anódica de ligas metálicas de aço inoxidável e NiTi nestas soluções foram obtidas. Resultados: Não houve sinais de corrosão em nenhuma das pontas Irrisafe® e dos instrumentos XP Endo® ensaiados, independentemente do tempo de ensaio e da solução de teste utilizada. Os ensaios de polarização anódica de ambas as ligas metálicas na solução de NaClO 5,25% mostraram baixos valores de corrente até o potencial de +500 mVECS. As curvas de polarização anódica nas soluções de EDTA 17% e CLX 2% mostraram um trajeto semelhante ao da curva redox da solução em ambas as ligas metálicas. Conclusão: Concluiu-se que as pontas ultrassônicas Irrisafe® e os instrumentos endodônticos XP Endo® não sofrem corrosão nas soluções de NaClO 5,25%, EDTA 17% e CLX 2%. As ligas metálicas de aço inoxidável podem sofrer corrosão em solução de NaClO 5,25%, mas não sofrem corrosão em soluções de EDTA 17% e CLX 2%. A liga metálica de NiTi não sofre corrosão nas soluções NaClO 5,25%, EDTA 17% e CLX 2%. (AU)


Introduction: The objective of this study was to evaluate the corrosion resistance of Irrisafe® (Satelec/Acteon Group, Bordeaux, França) passive ultrasonic irrigation tips and XP Endo® (FKG Dentaire, La Chaux-de-Fonds, Switzerland) endodontic instruments in 5,25% sodium hypochlorite (NaClO), 17% EDTA and 2% chlorhexidine (CLX) irrigating solutions. The behavior of stainless steel and NiTi alloys in these solutions was also evaluated. Methodology: Thirty new Irrisafe® tips and thirty new XP Endo® instruments were submitted to dynamic immersion tests in 5,25% NaClO, 17% EDTA and 2% CLX irrigating solutions. Each instrument was submitted to two tests using the same solution for 5 and 15 minutes. Before and after each test, the surface of all instruments was analyzed by scanning electron microscopy (SEM). Redox curves of 5,25% NaClO, 17% EDTA and 2% CLX solutions and anodic polarization curves of both metal alloys in these solutions were obtained. Results: Signs of corrosion were not observed in any of the Irrisafe® tips and XP Endo® instruments tested, regardless of test time and solution used. Anodic polarization tests of both metallic alloys in 5,25% NaClO solution showed low current values to +500 mVECS potential. Anodic polarization tests of both metallic alloys in 17% EDTA and 2% CLX showed a similar path to redox curve solutions for both metallic alloys. Conclusion: It was concluded that Irrisafe® tips and XP Endo® endodontic instruments were not corroded in 5,25% NaClO, 17% EDTA and 2% CLX irrigating solutions. The stainless steel alloy suffered corrosion in 5,25% NaClO solution, but not in 17% EDTA and 2% CLX . NiTi alloy did not suffer corrosion in 5.25% NaClO, 17% EDTA and 2% CLX irrigating solutions. (AU)


Assuntos
Irrigantes do Canal Radicular/normas , Corrosão , Instrumentos Odontológicos/normas , Hipoclorito de Sódio/normas , Clorexidina/normas , Ácido Edético/normas
6.
Araçatuba; s.n; 2017. 144 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-915527

RESUMO

Pacientes com reabilitações implantossuportadas parciais podem apresentar condições clínicas que necessitem de fluorterapia. Sabe-se que o fluoreto possui uma ação corrosiva em alguns metais, portanto o objetivo deste estudo foi investigar o comportamento eletroquímico e as alterações de superfície, dos titânios Grau 2 (comercialmente puro Grau 2 ­ Ti2), Grau 4 ­ Ti4, Grau 4 hard - Ti4h, e Grau 5 ­ Ti5, comumente utilizados para confecção de implantes e componentes protéticos, frente a exposição de aplicações tópicas de flúor em bochecho e gel. Espécimes cilíndricos (3mm de altura e 8mm de diâmetro) (n=20) foram confeccionados a partir de cada titânio e submetidos a metalografia. A amostra foi dividida em quatro grupos: Baseline (n=20), Controle - C (n=20), Bochecho - B (n=20) e Gel - G (n=20). No Baseline os espécimes foram caracterizados através de microdureza de Vickers, rugosidade superficial ­ Ra, Microscopia Eletrônica de Varredura ­ MEV e Espectroscopia de Energia Dispersiva ­ EED. No Bochecho, os espécimes ficaram imersos em saliva artificial pura (SA) acrescida de NaF (225ppm F- ) e mantidos em constante agitação durante 30horas e 41minutos, simulando bochechos diários; no Gel, os espécimes foram imersos em SA acrescida de NaF (12.300ppm F- ), mantidos por 1 minuto, na sequência, transferidos para solução de SA pura, na qual permaneceram por 30 minutos (processo repetido 6 vezes), simulando aplicações de flúor fosfato acidulado 1,23% e no Controle, os espécimes não entraram em contato com soluções fluoretadas. Os grupos C, B e G foram submetidos aos ensaios eletroquímicos e posteriormente tiveram suas superfícies analisadas pela Ra e microdureza. A análise da corrosão, realizado através do potencial de circuito aberto (OCP), espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) e teste potenciodinâmico, os quais foram conduzidos em saliva artificial Fusayama Meyer (pH= 6,5), obtendo parâmetros de OCP, densidade de corrente de corrosão (Icorr), densidade de corrente de passivação (Ipass), potencial de corrosão (Ecorr), capacitância (CPE) e resistência de polarização (Rp). Os dados quantitativos foram analisados estatisticamente (ANOVA, posthoc Bonferroni - p≤0,05). Na MEV, a liga Ti5 apresentou superfície com fases α e ß bem definidas, confirmadas pela detecção de Al, V na EED. Não houve alteração de rugosidade entre os grupos (p>0,05, ANOVA), porém os graus de Ti apresentaram valores de Ra em ordem decrescente Ti2>Ti4≈Ti4h>Ti5. A microdureza dos titânios em ordem decrescente Ti5>Ti4≈ Ti4h>Ti2. Quanto à corrosão, a exposição das ligas à soluções contendo flúor influenciou negativamente (p<0,05) os parâmetros de OCP nas ligas Ti2 e Ti4h; Rp nas nos Ti2, Ti4 e Ti4h; CPE, no Ti2 e Ti5, nos quais a capacidade de troca de íons foi maior, respectivamente, no Gel e no Bochecho. Ecorr não sofreu alterações decorrentes da presença dos fluoretos (p>0,05), Icorr e Ipass evidenciaram influência negativa do flúor no comportamento eletroquímico das ligas Ti2 e Ti4 (p<0,05). Dessa forma, concluímos que a adição de fluoretos influenciou negativamente no comportamento eletroquímico das ligas Ti2 e Ti4, propiciando a formação de pites de corrosão e fragilização da estrutura de implantes e componentes protéticos(AU)


Patients with partial implant-supported rehabilitations may present clinical conditions that require fluorotherapy. It is known that fluoride has a corrosive action on some metals, so the objective of this study was to investigate the electrochemical behavior and surface changes of grade 2 titanium (commercially pure Grade 2 ­ Ti2), Grade 4 - Ti4, Grade 4 Hard - Ti4h, and Grade 5 - Ti5, commonly used for the preparation of implants and prosthetic components, against the exposure of topical applications of fluoride in mouthwash and gel. Cylindrical specimens (3mm high and 8mm diameter) (n = 20) were made from each titanium and subjected to metallography. The sample was divided into four groups: Baseline (n = 20), Control - C (n = 20), Bochecho - B (n = 20) and Gel - G (n = 20). In the Baseline the specimens were characterized by Vickers microhardness, surface roughness - Ra, Scanning Electron Microscopy - SEM and Dispersive Energy Spectroscopy - EED. In Bochecho, the specimens were immersed in pure artificial saliva (SA) plus NaF (225ppm F-) and kept in constant agitation for 30hours and 41minutes, simulating daily mouthwashes; In the Gel, the specimens were immersed in SA plus NaF (12,300ppm F-), maintained for 1 minute, then transferred to pure SA solution, in which they remained for 30 minutes (6 times repeated procedure), simulating Fluorinated phosphate 1.23% and in Control, the specimens did not come into contact with fluoride solutions. The groups C, B and G were submitted to the electrochemical tests and later had their surfaces analyzed by Ra and microhardness. The corrosion analysis was carried out using the open circuit potential (OCP), electrochemical impedance spectroscopy (EIS) and potentiodynamic test, which were conducted in Fusayama Meyer artificial saliva (pH = 6.5), obtaining OCP parameters, density (Icorr), passivation current density (Ipass), corrosion potential (Ecorr), capacitance (CPE) and polarization resistance (Rp). The quantitative data were analyzed statistically (ANOVA, posthoc Bonferroni - p≤0.05). In the SEM, the Ti5 alloy presented a well-defined α and ß phases, confirmed by the detection of Al, V in EED. There was no change in roughness between the groups (p> 0.05, ANOVA), but Ti levels presented values of Ra in decreasing order Ti2> Ti4≈Ti4h> Ti5. The microhardness of the titanium in decreasing order Ti5> Ti4≈ Ti4h> Ti2. As for corrosion, the exposure of the alloys to the solutions containing fluorine negatively influenced (P <0.05) the OCP parameters in the Ti2 and Ti4h alloys; Rp at Ti2, Ti4 and Ti4h; CPE, in Ti2 and Ti5, in which the ion exchange capacity was higher, respectively, in Gel and Bochecho. Icorr and Ipass showed a negative influence of fluoride on the electrochemical behavior of Ti2 and Ti4 alloys (p <0.05). In this way, we conclude that the addition of fluorides influenced negatively the electrochemical behavior of the Ti2 and Ti4 alloys, leading to the formation of corrosion pits and embrittlement of the implant structure and prosthetic components(AU)


Assuntos
Implantes Dentários , Fluoretos , Flúor , Ligas , Corrosão , Titânio
7.
Araçatuba; s.n; 2013. 85 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870124

RESUMO

Objetivos: Avaliar o comportamento corrosivo da liga Ti-6Al-4V em função de sua superfície polida ou condicionada por meio de duplo ataque ácido, em simulador de fluidos corporais (SFC) com diferentes concentrações de dextrose (0; 5mM; 7,5 mM e 15 mM) e lipopopolissacarídeo (LPS) (0; 0,15 μg/mL; 15 μg/mL; 150 μg/mL), usados isolados ou associados. Materiais e Métodos: Discos de liga Ti-6Al-4V (2 mm de espessura e 15 mm de diâmetro) foram confeccionados com diferentes padrões de superfície. Para o ensaio eletroquímico (n=3), testes padrões como potencial de circuito aberto, espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) e teste potenciodinâmico foram conduzidos em solução de fluido corpóreo (SBF) com diferentes concentrações de dextrose e LPS. As superfícies dos discos foram caracterizadas pela microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia de força atômica (MFA), e por meio da rugosidade de superfície e da microdureza. Os dados quantitativos foram analisados pelo teste de correlação de Pearson e T-teste independente, com nível de significância de 5%. Resultados: Nos parâmetros de corrosão, houve forte correlação do LPS com os valores de Ipass (densidade de corrente de passivação), Cdl (capacitância) e Rp (resistência de polarização) (p<0,05) para o titânio (Ti) com tratamento de superfície por duplo ataque ácido. A associação de dextrose e LPS foi correlacionada com Icorr (densidade de corrente de corrosão) e Ipass (p<0,05). Em relação à cinética de corrosão, os grupos tratados com ácido apresentaram aumento significante nos valores de Cdl e redução nos valores de Rp (P<0,05, T-teste). Quanto à topografia, houve aumento da rugosidade de superfície para ambas as superfícies (R2=0,726, p=0,0001 para Ti polido; R2=0,405, p=0,036 para Ti ácido). A microdureza do Ti polido diminuiu (p<0,05) e do Ti ácido aumentou (p=0,0001). A MFA mostrou alteração na microestrutura do Ti por meio do aumento da espessura superficial principalmente no grupo com associação...


Objectives: To analyse the corrosion behavior of Ti-6Al-4V with different surfaces (machined and modified by treatment with double acid-etching), on simulator body fluids (SBF) with different concentrations of dextrose (0; 5 mM, 7.5 mM and 15 mM) and lipopolysaccharide (LPS) (0; 0.15 μg/mL; 15 μg/mL; 150 μg/mL), used isolated or in combination. Materials and Methods: Ti-6Al-4V disks (2 mm in thickness and 15 mm in diameter) were fabricated with different surfaces. For electrochemical assay (n = 3), open circuit potential, electrochemical impedance spectroscopy (EIS) and potentiodynamic tests were conducted in SBF with different concentrations of dextrose and LPS. The surfaces of the disks were characterized by scanning electron microscopy (SEM), atomic force microscopy (AFM) and by surface roughness and microhardness. Data were analyzed by Pearson correlation and independent t-test at a significant level of 5%. Results: For the corrosion parameters, a strong correlation of LPS with Ipass (passivation current density), Cdl (capacitance) and Rp (polarization resistance) values (P <.05) for Ti surface treated by double acid- etching was noted. The combination of dextrose and LPS was correlated with Ipass and Icorr (corrosion current density) (P <.05). Regarding the corrosion kinetics the acid-treated groups showed significant increase in Cdl values and reduced values of Rp (P <.05, T-test). In terms of topography, there was an increase in surface roughness for both surfaces (R2 = 0.726, p = 0.0001 for machined Ti, R2 = 0.405, p = 0.036 for Ti acid). The machined Ti exhibited reduction in microhardness (P <.05), while Ti acid showed increased microhardness (p = 0.0001) vs baseline. The AFM showed changes in the microstructure of Ti by increasing the thickness of surface mainly in the association of dextrose and LPS. Conclusions: The combination of dextrose and LPS affected the corrosion behavior of Ti-6Al-4V surface treated with double acid-etching. These results...


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente , Corrosão , Implantação Dentária , Lipopolissacarídeos , Microscopia , Titânio , Teste de Materiais
8.
São Paulo; s.n; 2013. 166 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866723

RESUMO

Este trabalho avaliou o comportamento eletroquímico de três ligas de níquel-cromo e duas de cobalto-cromo in vitro e in vivo. Nos estudos in vitro foram fabricados eletrodos de trabalho a partir destas ligas. Estes eletrodos ficaram imersos em meio de NaCl 0,15 mol.L-1 a 36,5°C e foram submetidos às técnicas do potencial de circuito aberto, polarização potenciostática anódica e cronoamperometria. Para os estudos in vivo foram selecionados quinze pacientes com implantes já osseointegrados e aguardando a instalação das próteses. Esses pacientes foram distribuídos aleatoriamente em cinco grupos, correspondentes às cinco ligas diferentes. Deste modo, as estruturas protéticas dos implantes foram fundidas utilizando as cinco ligas. Foi utilizada a microscopia eletrônica de varredura (MEV) e a espectroscopia por dispersão de energia (EDS) como métodos de análise das superfícies linguais metálicas das próteses, antes da instalação em ambiente oral e após seis meses de permanência. Vistas por MEV, as ligas duas de cobalto-cromo Starloy C e Remanium 2001 e duas de níquel-cromo Wiron 99 e Remanium CSe apresentaram superfícies heterogêneas caracterizadas por uma fase semelhante à matriz da liga e a outra fase, composta por elementos de maior densidade atômica, correspondente à fase interdendrítica. Após seis meses, não houve sinais de corrosão e alterações significativas na composição destas ligas. As ligas de Co-Cr avaliadas, sob o ponto de vista eletroquímico, indicam comportamento catódico quando unidas ao implante sendo um fator indicativo de proteção à corrosão.


Dentro dos limites dos estudos in vitro, as ligas de Ni-Cr apresentaram um filme passivo com ampla faixa de potencial em que se mantêm passiva e ausência de corrosão localizada. A liga de níquel-cromo Dan Ceramalloy apresentou a superfície heterogênea com quatro áreas distintas (área 1 rica em titânio; área 2 rica em níquel; área 3 correspondente à matriz; área 4 rica em molibdênio). Após seis meses, as três próteses metalo-cerâmicas apresentaram as regiões correspondentes à fase 2, rica em níquel, com depressões em baixo relevo, sugerindo a oxidação com a liberação de íons níquel. Nos estudos in vitro a liga Dan Ceramalloy apresenta potencial de corrosão mais negativo, uma faixa passiva de potencial mais estreita e um filme menos protetor, quando comparada com as demais ligas estudadas. Apesar de não ter sido observado clinicamente o processo de corrosão das ligas, os estudos in vitro e in vivo deste material, permitiram verificar o seu comportamento eletroquímico e sugerir a descontinuidade do seu emprego em estruturas protéticas de implantes orais. Os estudos in vitro e in vivo apresentaram concordância para todos os materiais estudados.


In this study, the electro-chemical behavior of three nickel-chrome and two cobalt chrome alloys was studied in vitro and in vivo. In the in vitro studies, working electrodes made of these alloys were fabricated. These electrodes were immersed in a medium of NaCl 0.15 mol.L-1 at 36.5°C and were submitted to the open circuit potential, anodic potentiostatic polarization and chronoamperometry techniques. For the in vivo studies, 15 patients whose implants had osseointegrated, and who were waiting for dental implant placement, were selected. These patients were randomly distributed into five groups, corresponding to the five different alloys. Thus the prosthetic implant superstructures were cast, using the five alloys. Scanning electron microscopy (SEM) and energy dispersive spectroscopy (EDS) were used as methods to analyze the metal lingual surfaces of the prostheses, before they were placed in the oral environment, and after six months in place. Visualized by SEM, the two cobalt-chrome alloys Starloy C and Remanium 2001, and two types of nickel-chrome - Wiron 99 and Remanium Cse - presented heterogeneous surfaces characterized by a phase similar to that of the alloy matrix, and the other phase composed of elements of greater atomic density, corresponding to the interdendritic phase. After six months, there were no signs of corrosion and significant alterations in the composition of these alloys. The Co-Cr alloys evaluated, from an electrochemical point of view, indicated a cathodic behavior when united to the implant, this being a factor indicative of protection against corrosion


Within the limits of the in vitro studies, the Ni-Cr alloys presented a passive film with an ample range of potential in which they remained passive, with absence of corrosion due to pitting. The nickel-chrome alloy Dan Ceramalloy presented a heterogeneous surface with four distinct areas (Area 1 rich in titanium; Area 2 rich in nickel; Area 3 corresponding to the matrix; Area 4 rich in molybdenum). After six months, the three metal-ceramic dental prostheses presented the regions corresponding to Phase 2, rich in nickel, with depressions in low relief, suggesting oxidation with nickel ion release. In the in vitro studies, the alloy Dan Ceramalloy presented a more negative corrosion potential, a narrower range of passive potential and a less protective film, when compared with the other alloys studied. In despite of the process of corrosion of the alloys not having been clinically observed, the in vitro and in vivo studies of this material allowed verification of its electrochemical behavior, and suggest that its use in prosthetic superstructures for oral implants should be discontinued. The in vitro and in vivo studies were shown to be in agreement for all the materials studied.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Corrosão , Implantes Dentários , Ligas Dentárias/análise , Reabsorção Óssea/complicações
9.
Araçatuba; s.n; 2013. 85 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866918

RESUMO

Objetivos: Avaliar o comportamento corrosivo da liga Ti-6Al-4V em função de sua superfície polida ou condicionada por meio de duplo ataque ácido, em simulador de fluidos corporais (SFC) com diferentes concentrações de dextrose (0; 5mM; 7,5 mM e 15 mM) e lipopopolissacarídeo (LPS) (0; 0,15 μg/mL; 15 μg/mL; 150 μg/mL), usados isolados ou associados. Materiais e Métodos: Discos de liga Ti-6Al-4V (2 mm de espessura e 15 mm de diâmetro) foram confeccionados com diferentes padrões de superfície. Para o ensaio eletroquímico (n=3), testes padrões como potencial de circuito aberto, espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) e teste potenciodinâmico foram conduzidos em solução de fluido corpóreo (SBF) com diferentes concentrações de dextrose e LPS. As superfícies dos discos foram caracterizadas pela microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia de força atômica (MFA), e por meio da rugosidade de superfície e da microdureza. Os dados quantitativos foram analisados pelo teste de correlação de Pearson e T-teste independente, com nível de significância de 5%. Resultados: Nos parâmetros de corrosão, houve forte correlação do LPS com os valores de Ipass (densidade de corrente de passivação), Cdl (capacitância) e Rp (resistência de polarização) (p<0,05) para o titânio (Ti) com tratamento de superfície por duplo ataque ácido. A associação de dextrose e LPS foi correlacionada com Icorr (densidade de corrente de corrosão) e Ipass (p<0,05). Em relação à cinética de corrosão, os grupos tratados com ácido apresentaram aumento significante nos valores de Cdl e redução nos valores de Rp (P<0,05, T-teste). Quanto à topografia, houve aumento da rugosidade de superfície para ambas as superfícies (R2=0,726, p=0,0001 para Ti polido; R2=0,405, p=0,036 para Ti ácido). A microdureza do Ti polido diminuiu (p<0,05) e do Ti ácido aumentou (p=0,0001). A MFA mostrou alteração na microestrutura do Ti por meio do aumento da espessura superficial principalmente no grupo com associação...


Objectives: To analyse the corrosion behavior of Ti-6Al-4V with different surfaces (machined and modified by treatment with double acid-etching), on simulator body fluids (SBF) with different concentrations of dextrose (0; 5 mM, 7.5 mM and 15 mM) and lipopolysaccharide (LPS) (0; 0.15 μg/mL; 15 μg/mL; 150 μg/mL), used isolated or in combination. Materials and Methods: Ti-6Al-4V disks (2 mm in thickness and 15 mm in diameter) were fabricated with different surfaces. For electrochemical assay (n = 3), open circuit potential, electrochemical impedance spectroscopy (EIS) and potentiodynamic tests were conducted in SBF with different concentrations of dextrose and LPS. The surfaces of the disks were characterized by scanning electron microscopy (SEM), atomic force microscopy (AFM) and by surface roughness and microhardness. Data were analyzed by Pearson correlation and independent t-test at a significant level of 5%. Results: For the corrosion parameters, a strong correlation of LPS with Ipass (passivation current density), Cdl (capacitance) and Rp (polarization resistance) values (P <.05) for Ti surface treated by double acid- etching was noted. The combination of dextrose and LPS was correlated with Ipass and Icorr (corrosion current density) (P <.05). Regarding the corrosion kinetics the acid-treated groups showed significant increase in Cdl values and reduced values of Rp (P <.05, T-test). In terms of topography, there was an increase in surface roughness for both surfaces (R2 = 0.726, p = 0.0001 for machined Ti, R2 = 0.405, p = 0.036 for Ti acid). The machined Ti exhibited reduction in microhardness (P <.05), while Ti acid showed increased microhardness (p = 0.0001) vs baseline. The AFM showed changes in the microstructure of Ti by increasing the thickness of surface mainly in the association of dextrose and LPS. Conclusions: The combination of dextrose and LPS affected the corrosion behavior of Ti-6Al-4V surface treated with double acid-etching. These results...


Assuntos
Condicionamento Ácido do Dente , Corrosão , Implantação Dentária , Lipopolissacarídeos , Microscopia , Titânio , Teste de Materiais
10.
São Paulo; s.n; 2013. 118 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866982

RESUMO

O presente estudo avaliou a influência do hipoclorito de sódio a 1% e 2,5% na qualidade do acabamento superficial e na resistência à corrosão de duas limas endodônticas: Race® e Hyflex® através de ensaio eletroquímico de polarização potenciodinâmica cíclica (EPPC) e imagens obtidas por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Para o EPPC foram utilizados vinte limas de cada marca comercial (#25, conicidade 0.04 e 25 mm de comprimento). Dez dos vinte instrumentos foram individualmente fixados pelo cabo a uma ponta de fio de cobre 0,12 mm de 20 cm de comprimento e posicionado no interior de uma célula eletroquímica com 500 mL de solução de hipoclorito de sódio (NaClO) 1% (Fórmula&Ação) à temperatura ambiente controlada em 23 ºC (±2) até cobrir a parte ativa do instrumento. Os registros foram feitos com o potenciostato da PAR modelo 273A. O ensaio foi repetido nos mesmos padrões para as outras dez limas da mesma marca comercial com o NaClO 2,5%. Além do EPPC, as limas foram submetidas a exames e análises em MEV antes e depois do teste de corrosão para a obtenção de fotomicrografias dos 3 (três) mm finais de cada lima com o intuito de estabelecer parâmetros para a avaliação final. Das fotomicrografias obtidas, 72 foram escolhidas, inseridas no Power Point sem legenda original de identificação, numeradas aleatoriamente para avaliação e projetadas num monitor para 06 avaliadores orientados e calibrados.


Os dados obtidos foram tabulados e submetidos aos testes estatísticos pertinentes (Friedman, Wilcoxon e Mann-Whitney). A lima Hyflex® apresentou uma quantidade maior de alterações superficiais (ranhuras, manchas e materiais depositados) antes e depois do ensaio sendo mais suscetível à corrosão. Race® apresentou uma superfície mais polida e regular. Em relação a concentração do NaClO, percebeu-se que os defeitos presentes se tornavam mais evidentes para a concentração maior (2,5%). Nas duas concentrações os itens que apresentaram diferença significativa foram bordas, ranhuras, microcavidades, rebarbas e material depositado. Concluiuse que o acabamento superficial e a concentração da solução de NaClO influenciam a resistência à corrosão dos instrumentos de NiTi. A lima Race® apresentou menor corrosão e melhor acabamento de superfície do que a lima Hyflex® nas condições experimentais testadas.


The present paper evaluated the influence of 1% and 2.5% sodium hypochlorite in the quality of the surface finishing and resistance to corrosion of two endodontic files: Race® and Hyflex® by electrochemical test of cyclic power dynamics polarization (EPPC) and images obtained by scanning electronic microscopy (SEM). Twenty files of each commercial brand (#25, 0.04 taper and 25 mm length) were used in EPPC. Ten from the twenty instruments were individually fixed by the handle to a copper wire tip (0.12 mm diameter and 20 cm length) and placed in the interior of an electrochemical cell with 500 mL sodium hypochlorite solution (NaCIO) 1% (Fórmula e Ação) at the environment temperature controlled in 23ºC (±2) until covering the active part of the instrument. Recordings were made with a PAR potentiostat model 273A. The test was repeated in the same pattern to the other ten files from the same commercial brand with NaClO 2.5%. Besides EPPC, the files were submitted to the scanning electronic microscopy (SEM) test before and after the corrosion test to obtain photomicrographs of the final 3 mm of each file in order to establish the parameters for final evaluation. From the obtained photomicrographs, 72 were chosen and inserted in the Power Point without the original identification legend, randomly numbered for evaluation and projected on the screen to the 06 guided and calibrated evaluators. Data obtained were tabbed and submitted to the relevant statistical tests (Friedman, Wilcoxon and Mann-Whitney).


The Hyflex® file showed a higher amount of surface alterations (grooves, stains and deposited materials) before and after the test, being more susceptible to corrosion. Race® showed a more polished and regular surface. As to the NaClO concentration, it was seen that the present defects became more evident in the higher concentration (2.5%). In the two concentrations, the items that presented significant differences were edges, grooves, micro cavities, margins and deposited materials. Conclusion was that surface finishing and the concentration of the NaClO solution influenced the resistance to corrosion of NiTi instruments. The Race® file showed the least corrosion and the best surface finishing compared to the Hyflex® file under the tested experimental conditions.


Assuntos
Corrosão , Instrumentos Odontológicos , Níquel , Polimento Dentário , Titânio
11.
Rio de Janeiro; s.n; 2013. 197 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867028

RESUMO

Este trabalho avaliou o comportamento eletroquímico do metal de base (MB) de uma liga a base de níquel-cromo em relação a juntas soldadas desta liga obtidas pelos processos de brasagem (BRA) e Tungsten Inert Gas (TIG), imersos em saliva artificial com pH 2,5 e 5,5. Foram também realizados ensaios de microdureza e caracterização microestrutural, por meio de microscopia óptica e eletrônica de varredura e análise química semi-quantitativa por EDS, nos grupos MB, TIG, BRA e no cordão de solda a laser (LAS). O MB apresentou uma matriz rica em níquel e cromo, distribuída em um arranjo dendrítico típico, apresentando inclusões metálicas de silício e titânio, além de porosidades. As soldas TIG e LAS revelaram uma microestrutura mais refinada que o MB, mostrando, entretanto, uma mesma composição química e distribuição de seus elementos. A solda BRA apresentou diferenças marcantes em sua microestrutura, composição química e distribuição de seus elementos em relação ao MB. Os dados de microdureza Vickers (HV), potencial de corrosão (Ecorr) e densidade de corrente de corrosão (jcorr) foram analisados com ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). Para determinação da influência do pH quanto a resistência à corrosão dos grupos MB, TIG e BRA, empregou-se o teste t de Student (p<0,05). O MB apresentou menor média de microdureza (256,13 ± 9,39 HV), seguido pelos grupos TIG (271,53 ± 8,07 HV), LAS (303,73 ± 13,93 HV) e BRA (551,99 ± 37,73 HV). Em pH 2,5 as médias do Ecorr (mV) para o MB, TIG e BRA foram, respectivamente, -67,9 ± 8,43, -52,78 ± 16,74, e -284,33 ± 19,04; e em pH 5,5, médias de -54,03 ± 21,15, -62,08 ± 20,16 e -278,8 ± 28,96. Os valores médios de jcorr (µA.cm-2) para o MB, TIG e BRA em pH 2,5 foram, respectivamente, 2,49 ± 0,95, 5,584 ± 1,64 e 27,45 ± 4,9; e em pH 5,5, médias de 1,929 ± 0,83, 4,267 ± 1,51 e 54,2 ± 11,96. Os grupos MB e TIG apresentaram boa resistência à corrosão, com maior módulo de impedância em relação ao grupo BRA. As diferenças no pH da ...


This study evaluated and compared the electrochemical behavior of the base metal (BM) of a nickel-chromium dental alloy with welded joints obtained by brazing processes (BRA) and Tungsten Inert Gas (TIG), when immersed in artificial saliva at pH 2.5 and 5.5. Microhardness, microstructural characterization by means of optical microscopy, scanning electron microscopy (SEM) and semi-quantitative chemical analysis by Energy Dispersive Spectroscopy (EDS), were performed in the groups BM, TIG, BRA and in joints weld by laser (LAS). The BM showed a matrix rich in nickel and chromium, distributed in a typical dendritic arrangement, with inclusions of silicon and titanium, and porosities. LAS and TIG welds reveled a microstructure more refined than the BM, however, the same chemical composition and distribution of its elements. BRA showed marked differences in their microstructure, chemical composition and distribution of the elements in relation to BM. Vickers microhardness (HV), corrosion potential (Ecorr) and corrosion current density (jcorr) were statistically analyzed with ANOVA and Tukey test (p <0.05). In order to determine the influence of pH and corrosion resistance in groups BM, TIG and BRA, Student t test, with significance level of 95% was used. BM had the lowest average microhardness (HV 256.13 ± 9.39), followed by groups TIG (271.53 ± 8.07 HV), LAS (303.73 ± 13.93 HV) and BRA (551, HV 99 ± 37.73). At pH 2.5 the average Ecorr (mV) for the MB and TIG were respectively -67.9 ± 8.43 and -52.78 ± 16.74, and at pH 5.5, averaging -54, 03 ± 21.15 and -62.08 ± 20.16. LAS group showed averages of Ecorr (mV) at pH 2.5 and 5.5, respectively, -284.33 ± 19.04 and 28.96 ± -278.8. The average values of jcorr (ìA.cm-2) to BM and TIG at pH 2.5 were respectively 2.49 ± 0.95 and 5.584 ± 1.64, and at pH 5.5, 1.929 ± 0.83 and 4.267 ± 1.51. Average jcorr for LAS group (ìA.cm-2) at pH 2.5 and 5.5 were respectively 27.45 ± 4.9 and 11.96 ± 54.2. BM and TIG ...


Assuntos
Soldagem em Odontologia , Ligas Dentárias/análise , Ligas Dentárias/química , Ligas de Cromo/análise , Ligas de Cromo/química , Teste de Materiais , Corrosão , Eletroquímica , Microscopia Eletrônica de Varredura , Saliva Artificial
12.
Campinas, SP; s.n; 2012. 80 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866746

RESUMO

Este trabalho verificou o efeito de desafios cariogênicos (DCs) e erosivos (DEs) na degradação de fios ortodônticos fabricados em liga de cobre-níquel-titânio (CuNiTi), por meio da mensuração da rugosidade e de fotomicrografias obtidas em microscópio de força atômica (MFA). Em adição, avaliou-se a força de atrito estabelecida entre braquetes autoligados passivos e os referidos fios após terem sido expostos a DCs e DEs. Sessenta segmentos de fios foram distribuídos em quatro grupos, para serem submetidos a DCs ou DEs, que simularam seu uso clínico por 12 semanas, para serem expostos à saliva artificial ou para integrarem o grupo controle (sem tratamento). Os DCs foram realizados com solução desmineralizante (pH 4,3), empregada em modelos físico-químicos de cárie, sendo que os fios foram a ela expostos por 24 horas, por 21 dias. Para simular condição de alto DE, realizou-se a imersão dos fios em solução de ácido cítrico a 0,05 M (pH 2,3) por 60 minutos diários, também por 21 dias. Os fios foram avaliados quanto a sua rugosidade média, aferida pelo parâmetro Ra, em rugosímetro. A seguir, os fios foram submetidos a ensaios de atrito, realizados em uma máquina de testes universal, operando a uma velocidade de 3 mm/min, utilizando-se braquetes metálicos (Damon 3MX – Ormco). Com finalidade ilustrativa, obtiveram-se imagens em MFA. Os testes de Kruskal Wallis (p = 0,004) e de Dunn demonstraram que os fios de CuNiTi submetidos a DEs apresentaram valores de Ra significativamente superiores àqueles armazenados em saliva artificial, achado substanciado pela MFA. Os fios submetidos a DCs revelaram valores intermediários de Ra, não diferindo dos grupos imersos em saliva artificial ou na solução erosiva. A força de atrito estabelecida entre os fios e braquetes não foi significativamente influenciada pelos DCs ou DEs. Concluiu-se que frente a DEs, a rugosidade superficial do fio ortodôntico de CuNiTi tornou-se superior àquela causada pela saliva artificial...


This study examined the effect of cariogenic (CCs) and erosive challenges (ECs) on degradation of orthodontic wires fabricated in copper-nickel-titanium alloy (Copper NiTi), through roughness measurements and atomic force microscopy photomicrographs (AFM). In addition, friction established between passive self-ligating brackets and the aforementioned wires was evaluated following CCs and ECs. Sixty wires segments were distributed in four groups, to be submitted to CC or EC, that simulated their clinical use for 12 weeks, to be exposed to artificial saliva or to integrate the control group (no treatment). The CCs were performed with demineralizing solution (pH 4.3), used in physico-chemical caries models, in which wires were immersed for 24 hours, for 21 days. To simulate the condition of high EC, wires were stored in 0.05 M citric acid solution (pH 2.3) for 60 minutes daily, for 21 days. Wires were evaluated for average roughness (Ra), in perfilometer. Next, wires were submitted to friction tests, performed in a universal testing machine, at a crosshead speed of 3 mm/min, using metallic brackets (Damon 3MX – Ormco). AFM images were obtained with illustrative purpose. Kruskal-Wallis (p = 0.004) and Dunn tests demonstrated that Copper NiTi wires submitted to ECs presented Ra values significantly higher than those stored in artificial saliva. Such a finding was substantiated by AFM. Wires submitted to CCs revealed intermediate Ra values, not differing from the groups immersed in artificial saliva or erosive solution. Friction established between wires and brackets was not significantly influenced by ECs or CCs. It was concluded that the surface roughness of a Copper NiTi orthodontic wire immersed in ECs was higher than that caused by artificial saliva. There was no correlation between the surface roughness generated by the wire exposure to CCs, ECs or artificial saliva and the friction established between the wire and a passive self-ligating bracket


Assuntos
Corrosão , Fricção , Ortodontia
13.
Araçatuba; s.n; 2012. 79 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866800

RESUMO

Proposição: Neste estudo nós investigamos o efeito dos peróxidos de carbamida a 16% e a 35%, peróxido de hidrogênio 35% e refrigerante de Cola, nas modificações da superfície do titânio comercialmente puro (Ti-cp) e liga Ti-6Al-4V. Materiais e Métodos: Setenta e dois discos de Ti (8 mm de diâmetro, 2 mm de espessura) foram utilizados e divididos em 18 grupos (n = 4) em função do tratamento das soluções e o tipo de Ti. Os espécimes foram mecanicamente polidos utilizando procedimentos metalográficos padrão. Os espécimes foram imersos em 3 ml de peróxido de carbamida a 16% e a 35%, em peróxido de hidrogênio 35% e ao refrigerante de Cola, 4 horas por dia (mantidos secos ou imersos em saliva artificial nas 20 horas restantes), durante 15 dias. Os espécimes do grupo controle foram imersos apenas em saliva artificial ao longo dos 15 dias. A rugosidade de superfícies e a topografia do Ti foram examinados por meio da microscopia de força atômica (AFM) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). As modificações químicas das superfícies Ti foram avaliadas por meio da espectroscopia de energia dispersiva (EDS). Os dados foram analisados pela ANOVA de três fatores e o teste de Tukey foi utilizado como técnica post-hoc (α =.05). Resultados: Os grupos imersos em peróxido de hidrogênio 35% apresentaram a maior rugosidade (P <0,05), seguido pelos peróxidos de carbamida, com maiores valores para o Ticp, porém sem alterações quando associados ou não à saliva artificial. Estes valores foram estatisticamente superiores aos observados no início e no grupo controle. O refrigerante de Cola não alterou a rugosidade de superfície de ambos os tipos de Ti (P> 0,05). A MEV e a AFM mostraram maiores alterações na superfície dos espécimes imersos em peróxido de hidrogênio 35%, sendo estas maiores no grupo Ticp quando comparados à liga Ti-6Al-4V. Estes grupos promoveram a formação de fendas e “pitting de corrosão” nas superfícies do Ti. Nenhuma alteração química detectável das superfícies...


Purpose: In this study we investigated the effect of 16% and 35% carbamide peroxides, 35% hydrogen peroxides and cola soft drink, on the surface modifications of commercially-pure titanium (cp-Ti) and Ti-6Al-4V alloy. Materials and Methods: Seventy-two Ti discs (8-mm diameter, 2-mm thickness) were used and divided into 18 groups (n=4) as a function of solution treatments and Ti type. Samples were mechanically polished using standard metallographic procedures. Samples were immersed into 3 ml of 16% and 35% carbamide peroxides, 35% hydrogen peroxide and cola soft drink at 4 hours per day (kept dried or immersed in artificial saliva in the remaining 20 hours) during 15 days. Control samples were immersed just in artificial saliva throughout the 15 days. Ti surfaces roughness and topography were examined using atomic force microscopy (AFM) and scanning electron microscopy (SEM). The chemical modifications of Ti surfaces were evaluated through energy dispersive spectroscopy (EDS). Data were analyzed by 3-way ANOVA, Tukey’s tests were further used as post-hoc techniques (α=.05). Results: Groups immersed in 35% hydrogen peroxide exhibited the greatest surface roughness (P<.05), followed by the carbamide peroxides regardless of Ti type and association or not with artificial saliva. Ticp exhibited greater surface roughness than Ti-6Al-4V alloy. These values were statistically higher than those observed at baseline and in control group. Cola soft drink did not change the surface roughness of both Ti types (P>.05). The SEM and AFM images of Ti surfaces showed higher surface changes for the samples immersed in 16% and 35% carbamide peroxides, and 35% hydrogen peroxide, with greater visible alteration for Ticp. These groups promoted the formation of crevices and pitting on the Ti surfaces. No detectable chemical alteration of the Ti surfaces was observed after 15-day immersion period. Conclusions: The bleaching agents promoted significant alterations on the surface of Ti...


Assuntos
Corrosão , Peróxido de Hidrogênio , Implantação Dentária , Osseointegração , Peróxidos , Bebidas Gaseificadas , Titânio
14.
Rev. flum. odontol ; 17(35): 31-35, jan.-jun. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-638414

RESUMO

As superfícies metálicas de dezesseis limas endodônticas tipo Kerr, novas, foram avaliadas através do uso de um microscópio esterioscópico. Todas as limas estudadas revelaram a existência de defeitos superficiais oriundos do processo de fabricação: partículas ao longo de todo o instrumento e/ou ranhuras de usinagem. A importância de caracterizar estes defeitos se reflete como um risco estrutural resultando em uma fratura inesperada do instrumento, obstrução do conduto radicular e o transporte destes fragmentos para a região perirradicular devido ao deslocamento das partículas presentes sobre a superfície metálica da lima.


The metallic surfaces of sixteen new Kerr-type endodontics files were evaluated through use of a stereomicroscope. All studied files showed surface defects from the manufacturing process: particles throughout the instrument and / or machining grooves. The importance of characterizing these defects is reflected as a structural risk resulting in an unexpected fracture of the instrument, obstruction of the root canal and transport of these fragments into the periradicular region due to displacement of the particles on the surface of the metal file.


Assuntos
Corrosão , Instrumentos Odontológicos , Materiais Dentários , Endodontia
15.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 32(1): 22-25, jan.-jun. 2011. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-856898

RESUMO

Várias ligas têm sido utilizadas na confecção de restaurações protéticas nos últimos anos. Essas ligas apresentam na sua composição ouro, paládio, prata, níquel, cobalto, cromo e titânio; quando na cavidade bucal são passíveis de corrosão, a qual pode empobrecer a estética e comprometer as propriedades físicas e biológicas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência a corrosão de duas ligas odontológicas, Ni-Cr e Ni-Cr-Ti em três tipos de colutórios bucais com diferentes ingredientes ativos: colutório I – 0.5g/l de cloreto de cetilpiridíneo +0.05 de fluoreto de sódio; colutório II -0.05 de fluoreto de sódio + 0.03% de triclosan e colutório III – 0.12% de diclonato de clorexidina. Curvas potenciodinâmicas foram realizadas por meio de potenciostato PAR283 e célula de vidro convencional de parede dupla para termostatização. Utilizou-se eletrodo de referência Ag/ AgCl, KClsat e auxiliar espiral de platina. A microestrutura das duas ligas foi observada por meio de microscopia ótica. Análise das curvas obtidas mostraram que a liga Ni-Cr foi menos reativa na presença de digluconato de clorexida a 0.12%, enquanto a liga Ni-Cr-Ti foi mais sensível para os outros dois tipos de colutório. Isto ocorreu, provavelmente, devido a presença de titânio na composição desta liga. Análise microestrutural revelou microsestrutura dendrítica na liga Ni-Cr e eutéticos na liga Ni-Cr-Ti


Several alloys have been used for prosthodontics restorations in the last years. These alloys have a number of metals that include gold, palladium, silver, nickel, cobalt, chromium and titanium and they are used in oral cavity undergo several corrosion. Corrosion can lead to poor esthetics, compromise of physical properties, or increased biological irritation. The objective of this study was evaluated corrosion resistance of two alloys Ni-Cr and Ni-Cr-Ti in three types of mouthwashes with different active ingredients: 0.5g/l cetylpyridinium chloride + 0.05% sodium fluoride, 0.05% sodium fluoride + 0.03% triclosan (with fluor) and 0.12% chlorohexidine digluconate. The potentiodynamic curves were performed by means of an EG&G PAR 283 potentiostat/galvanostat. The counter electrode was a platinum wire and reference electrode was an Ag/AgCl, KCl saturated. Before each experiment, working electrodes were mechanically polished with 600 and 1200 grade papers, rinsed with distilled water and dried in air. All experiments were carried out at 37.0oC in conventional three-compartment double wall glass cell containing mouthwashes. The microstructures of two alloys were observed in optical microscopy. Analysis of curves showed that Ni-Cr alloy was less reactive in the presence of 0.12% chlorohexidine digluconate while Ni-Cr-Ti alloy was more sensitive for others two types of mouthwashes (0.5g/l cetylpyridinium chloride + 0.05% sodium fluoride® and 0.05% sodium fluoride + 0.03% triclosan). This occurred probably due presence of titanium in this alloy. Microstructural analysis reveals the presence of dendritic and eutectic microstructures for NiCr and Ni-Cr-Ti, respectively


Assuntos
Corrosão , Antissépticos Bucais , Titânio
17.
Rio de Janeiro; s.n; 2009. 139 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-589606

RESUMO

O objetivo deste estudo in vitro foi analisar o comportamento superficial do titânio comercialmente puro (grau 2 ASTM) usinado e obtido pelo processamento de metalurgia do pó sob a ação de diferentes soluções fluoretadas, através da análise do grau de corrosão em microscopia óptica (MO) e da rugosidade superficial. Além disso, o estudo se propôs a comparar essas análises com os resultados obtidos com o titânio fundido da dissertação de mestrado de Barros (2004). Todas as amostras receberam procedimento metalográfico padrão e foram divididas em grupos: Gr.1- saliva artificial com pH 7.0 (controle), Gr.2- gel de flúor fosfato acidulado a 1,23% com pH 3.5, Gr.3- gel de NaF a 2% com pH 6.5, Gr.4- solução de NaF a 0,05% com pH 4.0 e Gr.5- solução de NaF a 0,05% com pH 7.5. As amostras foram expostas a estas soluções por 1, 4, 8 e 16 min, intercaladas com imersão em saliva artificial por 24 h, e depois foram observadas em MO e MEV, a cada intervalo de tempo. As imagens em MO, 100x, foram classificadas através de escores de 0 a 4, conforme o grau de corrosão. A rugosidade foi analisada utilizando o parâmetro Ra. Os resultados da análise de MO foram tratados estatisticamente pelo teste qui-quadrado e da rugosidade pelo teste “F” de Snedecor e de Bonferroni (p<0,05). Nos três tipos de amostras, o Gr2 apresentou a corrosão mais severa, e os Gr.4 e 5 apresentaram os menores graus de corrosão. Entretanto, nas amostras usinadas o Gr5 apresentou uma corrosão menos acentuada em relação ao Gr4. No Gr3 houve um aumento da corrosão em função do tempo, sendo que as amostras fundidas mostraram este aumento mais rapidamente. Houve um aumento significativo na rugosidade superficial no Gr.2 nos três tipos de amostras...


The purpose of this in vitro study was to analyze the superficial behavior of commercially pure titanium (grade 2, ASTM), obtained by milling or powder metallurgical process, under the action of different fluoride solutions through the analysis of corrosion grade under an optical microscope (OM) and superficial roughness. Furthermore the results obtained from such analyses were compared with the ones of cast titanium from Barros’s master’s degree dissertation (2004). All specimens received the standard metallography procedure for titanium, and were divided into the following groups, according to the attack solution received: Gr.1- synthetic saliva with pH 7.0 (control), Gr.2- 1.23% acidulated phosphate fluoride gel with pH 3.5, Gr.3- 2% NaF gel with pH 6.5, Gr.4- 0.05% NaF solution with pH 4.0, and Gr.5- 0.05% NaF solution with pH 7.5. The specimens were exposed to these solutions for 1, 4, 8, and 16 minutes, and between each of these times they were immersed in synthetic saliva for 24 h. The surfaces of samples were observed under OM and SEM at each interval time. The images of 100x in OM were classified by means of scores which ranged from 0 to 4, according to corrosion grade. The rugosity was analyzed using Ra parameter. The results of OM analysis were statistically treated by means of Chi-square test and of rugosity through Snededor “F” test and Bonferroni test (p<0,05). In the three different types of samples, the Gr2 presented the most severe corrosion, and the Gr.4 and 5 showed the smallest corrosion grade. However in the milled samples Gr5 showed a less Sharp corrosion than Gr4. The corrosion grade of Gr3 increased according to time, but the cast specimens showed this increase more quickly...


Assuntos
Odontologia , Fluoretos Tópicos , Titânio , Corrosão , Materiais Dentários , Microscopia , Microscopia Eletrônica de Varredura , Reabilitação Bucal , Propriedades de Superfície
18.
Rio de Janeiro; s.n; 2009. 139 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-865409

RESUMO

O objetivo deste estudo in vitro foi analisar o comportamento superficial do titânio comercialmente puro (grau 2 ASTM) usinado e obtido pelo processamento de metalurgia do pó sob a ação de diferentes soluções fluoretadas, através da análise do grau de corrosão em microscopia óptica (MO) e da rugosidade superficial. Além disso, o estudo se propôs a comparar essas análises com os resultados obtidos com o titânio fundido da dissertação de mestrado de Barros (2004). Todas as amostras receberam procedimento metalográfico padrão e foram divididas em grupos: Gr.1- saliva artificial com pH 7.0 (controle), Gr.2- gel de flúor fosfato acidulado a 1,23% com pH 3.5, Gr.3- gel de NaF a 2% com pH 6.5, Gr.4- solução de NaF a 0,05% com pH 4.0 e Gr.5- solução de NaF a 0,05% com pH 7.5. As amostras foram expostas a estas soluções por 1, 4, 8 e 16 min, intercaladas com imersão em saliva artificial por 24 h, e depois foram observadas em MO e MEV, a cada intervalo de tempo. As imagens em MO, 100x, foram classificadas através de escores de 0 a 4, conforme o grau de corrosão. A rugosidade foi analisada utilizando o parâmetro Ra. Os resultados da análise de MO foram tratados estatisticamente pelo teste qui-quadrado e da rugosidade pelo teste “F” de Snedecor e de Bonferroni (p<0,05). Nos três tipos de amostras, o Gr2 apresentou a corrosão mais severa, e os Gr.4 e 5 apresentaram os menores graus de corrosão. Entretanto, nas amostras usinadas o Gr5 apresentou uma corrosão menos acentuada em relação ao Gr4. No Gr3 houve um aumento da corrosão em função do tempo, sendo que as amostras fundidas mostraram este aumento mais rapidamente. Houve um aumento significativo na rugosidade superficial no Gr.2 nos três tipos de amostras...


The purpose of this in vitro study was to analyze the superficial behavior of commercially pure titanium (grade 2, ASTM), obtained by milling or powder metallurgical process, under the action of different fluoride solutions through the analysis of corrosion grade under an optical microscope (OM) and superficial roughness. Furthermore the results obtained from such analyses were compared with the ones of cast titanium from Barros’s master’s degree dissertation (2004). All specimens received the standard metallography procedure for titanium, and were divided into the following groups, according to the attack solution received: Gr.1- synthetic saliva with pH 7.0 (control), Gr.2- 1.23% acidulated phosphate fluoride gel with pH 3.5, Gr.3- 2% NaF gel with pH 6.5, Gr.4- 0.05% NaF solution with pH 4.0, and Gr.5- 0.05% NaF solution with pH 7.5. The specimens were exposed to these solutions for 1, 4, 8, and 16 minutes, and between each of these times they were immersed in synthetic saliva for 24 h. The surfaces of samples were observed under OM and SEM at each interval time. The images of 100x in OM were classified by means of scores which ranged from 0 to 4, according to corrosion grade. The rugosity was analyzed using Ra parameter. The results of OM analysis were statistically treated by means of Chi-square test and of rugosity through Snededor “F” test and Bonferroni test (p<0,05). In the three different types of samples, the Gr2 presented the most severe corrosion, and the Gr.4 and 5 showed the smallest corrosion grade. However in the milled samples Gr5 showed a less Sharp corrosion than Gr4. The corrosion grade of Gr3 increased according to time, but the cast specimens showed this increase more quickly...


Assuntos
Odontologia , Fluoretos Tópicos , Titânio , Corrosão , Materiais Dentários , Microscopia , Microscopia Eletrônica de Varredura , Reabilitação Bucal , Propriedades de Superfície
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA