Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Bauru; s.n; 2016. 109 p. ilus, graf, tab.
Tese em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-881435

RESUMO

O primeiro estudo avaliou o efeito da duração do tratamento crônico com fluoreto (F) em camundongos com doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) previamente induzida por dieta hiperlipídica, sobre o perfil lipídico, gotículas lipídicas e triglicerídeos (TG) no fígado, em comparação com os animais alimentados com a dieta normocalórica. Camundongos Swiss machos receberam dieta hiperlipídica por 30 dias para a indução da DHGNA, enquanto os controles receberam dieta normocalórica. Em seguida, cada um destes grupos receberam água contendo 0 ou 50 mg/L F durante 10, 20 ou 30 dias, no primeiro estudo.Os animais foram sacrificados, o sangue foi coletado para análise de F e perfil lipídico e fígado foi coletado para análise de inclusão lipídica, TG e F. Quando os animais foram tratados com dieta normocalórica e F durante 10 e 20 dias, foi observada uma melhoria significativa em muitos parâmetros relacionados com o perfil lipídico, além de uma redução de inclusão lipídica em animais tratados por 20 dias. O tratamento durante 30 dias aumentou o colesterol total e lipoproteína de alta densidade (HDL). Quanto à dieta hiperlipídica, o tratamento com F durante 10 dias não causou quaisquer alterações, enquanto o tratamento durante 20 dias melhorou os parâmetros analisados (redução do colesterol total e lipoproteínas de baixa densidade (LDL)). No entanto, o tratamento por 30 dias apenas diminuiu o HDL. Além disso, a dieta hiperlipídica aumentou a acumulação de F no organismo. Após a realização do primeiro estudo conduzimos o segundo estudo, o qual foi empregado o método de ressonância magnética nuclear (RMN) para investigar a influência do F na de novo lipogênese. Camundongos Swiss machos receberam dieta hiperlipídica por 30 dias para a indução da DHGNA, enquanto os controles receberam dieta normocalórica. Em seguida, cada um destes grupos receberam água contendo 0 ou 50 mg/L F durante 20 dias. Três dias antes da eutanásia, os animais receberam óxido de deutério (2H2O) por sonda esofágica, para obter um enriquecimento da água corporal (cerca de 3%). Os animais foram eutanasiados e coletou-se o sangue para análise de F e o fígado foi coletado para análise de F e de novo lipogêneses. De novo lipogênese foi significativamente menor quando se utilizou a dieta hiperlipídica, em comparação com a dieta normocalórica. Além disso, a administração F tendeu a diminuir a de novo lipogênese quando utilizada a dieta normocalórica. Os nossos dados indicam que F interfere no metabolismo de lipídios e tem uma ação diferente, dependendo do tempo de exposição e do tipo de dieta administrada. Além disso, F não altera de novo lipogênese em animais com DHGNA instalada, mas tende a reduzir, quando os animais são tratados com dieta normocalórica.(AU)


The first study evaluated the effect of duration of chronic treatment with fluoride (F) in mice with nonalcoholic fat liver disease (NAFLD) previously induced by hyperlipidic diet on the lipid profile, lipid droplets and triglycerides (TG) in liver, in comparison with animals fed normocaloric diet. Male Swiss mice received hyperlipidic diet for 30 days for induction of NAFLD, while controls received normocaloric diet. Then each of these groups received water containing 0 or 50mg/L F for 10, 20 or 30 days. The animals were euthanized, blood was collected for analysis of F and lipid profile and liver was collected for lipid droplets, TG and F analysis. When the animals were treated with normocaloric diet and F for 10 and 20 days, a significant improvement in many parameters related to lipid metabolism was observed, in addition to a reduction in lipid droplets in animals treated for 20 days. Treatment for 30 days increased total cholesterol and high density lipoprotein (HDL). As for the hyperlipidic diet, treatment with F for 10 days did not cause any alterations, while treatment for 20 days improved the parameters analyzed (reduced total cholesterol and low density lipoprotein (LDL)). However, treatment for 30 days only decreased HDL. Moreover, hyperlipidic diet increased F accumulation in the body. After the first study we conducted the second study, which employed nuclear magnetic resonance (NMR) to investigate the influence of F on de novo lipogenesis. Male Swiss mice received hyperlipidic diet for 30 days for induction of NAFLD, while controls received normocaloric diet. Then each of these groups received water containing 0 or 50mg/L F for 20 days. Three days prior to euthanasia, the animals received deuterium oxide (2H2O) by gavage to obtain an enrichment of body water (around 3%). The animals were euthanized, blood was collected for F analysis and liver was collected for F analysis and de novo lipogenesis analysis. De novo lipogenesis was significantly lower when the hyperlipidic diet was used, in comparison with the normocaloric diet. In addition, F administration tended to decrease de novo lipogenesis when the normocaloric diet was used. Our data indicate that F interferes in lipid metabolism and has a different action depending on the exposure time and type of diet administered. Moreover, F does not alter de novo Lipogenesis in animals with installed NAFLD, but tends to reduce it when animals are treated with the normocaloric diet.(AU)


Assuntos
Cariostáticos/administração & dosagem , Fluoretos/administração & dosagem , Metabolismo dos Lipídeos/efeitos dos fármacos , Lipogênese/efeitos dos fármacos , Hepatopatia Gordurosa não Alcoólica/metabolismo , Triglicerídeos/metabolismo , Cariostáticos/análise , Dieta Hiperlipídica , Fluoretos/análise , Lipídeos/sangue , Fígado/efeitos dos fármacos , Reprodutibilidade dos Testes , Fatores de Tempo
2.
Araraquara; s.n; mar. 2008. 92 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-509976

RESUMO

Objetivos: dois estudos prospectivos comparativos de intervenção foram realizados para avaliar o efeito do tratamento periodontal não-cirúrgico sobre parâmetros clínicos periodontais e imunológicos do fluido sulcular gengival e do plasma sanguíneo de pacientes com periodontite crônica portadores ou não de Diabetes mellitus Tipo 2. Material e Método: Vinte e três indivíduos com Diabetes mellitus Tipo 2 com controle metabólico inadequado e periodontite crônica (grupo diabetes) e 26 indivíduos sistemicamente saudáveis com periodontite crônica (grupo controle) foram avaliados quanto a parâmetros periodontais, marcadores inflamatórios do fluido sulcular gengival (interleucinas, metaloproteinases de matriz e atividade de elastase), marcadores inflamatórios no plasma sanguíneo (interleucinas, fator de necrose tumoral alfa, proteína C-reativa e fibrinogênio) e perfil lipídico, antes e após 3 meses do tratamento periodontal. Adicionalmente foi avaliada a influência do tratamento periodontal no controle glicêmico do grupo com diabetes. Resultados: houve redução significativa de todos os marcadores inflamatórios avaliados no fluido gengival, exceto a interleucina18, após tratamento periodontal, associado a uma melhora da condição clínica periodontal em ambos os grupos. Sistemicamente, o grupo diabetes apresentou maiores níveis de proteina C reativa e triglicérides em ambos os períodos ao se comparar com o grupo controle. O tratamento periodontal foi efetivo em reduzir os níveis de TNF-_ e fibrinogênio no grupo diabetes. Houve melhora no controle glicêmico embora não significativa. Conclusão: os resultados do presente estudo sugerem que os pacientes portadores de Diabetes mellitus Tipo 2 com controle metabólico inadequado apresentam boa resposta ao tratamento periodontal não cirúrgico, com redução de marcadores inflamatórios no fluido gengival. Entretanto, após 3 meses do tratamento periodontal, a influência deste na condição inflamatória sistêmica é limitada.


Assuntos
Doenças Periodontais/terapia , Hemoglobina A Glicada , Mediadores da Inflamação , Metabolismo dos Lipídeos
3.
Araraquara; s.n; 2008. 99 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-590750

RESUMO

Objetivos: dois estudos prospectivos comparativos de intervenção foram realizados para avaliar o efeito do tratamento periodontal não-cirúrgico sobre parâmetros clínicos periodontais e imunológicos do fluido sulcular gengival e do plasma sanguíneo de pacientes com periodontite crônica portadores ou não de Diabetes mellitus Tipo 2. Material e Método: Vinte e três indivíduos com Diabetes mellitus Tipo 2 com controle metabólico inadequado e periodontite crônica (grupo diabetes) e 26 indivíduos sistemicamente saudáveis com periodontite crônica (grupo controle) foram avaliados quanto a parâmetros periodontais, marcadores inflamatórios do fluido sulcular gengival (interleucinas, metaloproteinases de matriz e atividade de elastase), marcadores inflamatórios no plasma sanguíneo (interleucinas, fator de necrose tumoral alfa, proteína C-reativa e fibrinogênio) e perfil lipídico, antes e após 3 meses do tratamento periodontal. Adicionalmente foi avaliada a influência do tratamento periodontal no controle glicêmico do grupo com diabetes. Resultados: houve redução significativa de todos os marcadores inflamatórios avaliados no fluido gengival, exceto a interleucina 18, após tratamento periodontal, associado a uma melhora da condição clínica periodontal em ambos os grupos. Sistemicamente, o grupo diabetes apresentou maiores níveis de proteina C reativa e triglicérides em ambos os períodos ao se comparar com o grupo controle. O tratamento periodontal foi efetivo em reduzir os níveis de TNF-_ e fibrinogênio no grupo diabetes. Houve melhora no controle glicêmico embora não significativa. Conclusão: os resultados do presente estudo sugerem que os pacientes portadores de Diabetes mellitus Tipo 2 com controle metabólico inadequado apresentam boa resposta ao tratamento periodontal nãocirúrgico, com redução de marcadores inflamatórios no fluido gengival.


Objetive: Two prospective comparative interventional studies were performed in order to evaluate the effect of non-surgical periodontal therapy on periodontal clinical and immunological parameters in gingival crevicular fluid (CGF) and plasma of patients with chronic periodontitis with or without type 2 Diabetes mellitus (T2DM). Material and Method: Twenty three individuals with inadequately controlled T2DM and chronic periodontitis (diabetes group) and 26 systemically healthy individuals with periodontitis (control group) were assessed for clinical parameters, inflammatory biomarkers in GCF (interleukins, matrix metalloproteinases and elastase activity), circulating markers of inflammation (interleukins, tumor necrosis factor alpha, C-reactive protein and fibrinogen and lipid profile before and 3 months after periodontal therapy. Additionally, the influence of periodontal treatment on glycemic control was evaluated in the diabetes group. Results: There was a significant reduction of all inflammatory biomarkers in GCF after therapy, except for interleukin 18 levels, and it was associated with improvement on periodontal status in both groups. Systemically, the diabetes group showed high levels of C-reactive protein and triglycerides compared with the control group in both periods. The periodontal therapy was effective in reducing TNF-_ circulating and fibrinogen in the diabetes group. The treatment did not change the glycemic control significantly. Conclusion: The results of the present study suggest that patients with inadequately controlled T2DM present a good response to nonsurgical periodontal treatment, with reduction of inflammatory biomarkers in GCF. However, 3 months after therapy, its influence on systemic inflammatory condition is limited.


Assuntos
Doenças Periodontais/terapia , Hemoglobina A Glicada , Mediadores da Inflamação , Metabolismo dos Lipídeos
4.
Rio de Janeiro; s.n; 2008. 65 p. tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865947

RESUMO

O objetivo deste estudo foi verificar se o tratamento periodontal não cirúrgico exercia alguma influência sobre o perfil lipídico, os elementos celulares das séries banca e vermelha do sangue, plaquetas e VHS de pacientes portadores de periodontite crônica generalizada. Dezoito pacientes, com média de idade de 50,6 anos (± 7,6), foram submetidos, previamente ao tratamento periodontal e 30 dias após o mesmo, à coleta de 10ml de sangue periférico, através do qual foram analisados o perfil lipídico, os elementos celulares das séries branca e vermelha, o número de plaquetas e VHS. Destes 18 pacientes, 7, com média de idade de 47,4 anos (± 5,9) também foram reavaliados 90 dias após o término do tratamento. Os parâmetros clínicos utilizados, previamente ao tratamento e nas reavaliações, foram o Índice de Placa (IP), de Silness e Löe (1964), o Índice Gengival (IG), de Löe (1967), Sangramento na Sondagem (SS), Profundidade de Bolsa à Sondagem (PBS) e Nível de Inserção (NI). Foram ainda registrados e classificados os sítios com envolvimento de furca. O tratamento periodontal consistiu de terapia básica não cirúrgica. Após 30 dias do término do tratamento periodontal todos os pacientes foram reavaliados sendo verificada melhora significativa (P<0,05) dos valores de IP, IG, SS e PBS e de NI ≥ 6mm (P=0,05). Sítios com envolvimento de furca classes II e III apresentaram também diminuição significativa (P=0,01). Os 7 pacientes submetidos às reavaliações de 30 e 90 dias pós-tratamento também mostraram melhora significativa (P<0,05) dos valores de IP, IG, SS e PBS entre estas fases. Já o NI entre 4-5mm aumentou de forma significativa (P=0,04) entre o pré-tratamento e 90 dias após o mesmo, enquanto que o NI ≥ 6mm diminui significativamente entre as reavaliações de 30 e 90 dias (P=0,01 e P=0,02, respectivamente). Quando comparados os valores de 30 com os de 90 dias resultados semelhantes aos supracitados foram observados, inclusive o aumento do ...


The aim of this study was to verify whether non-surgical periodontal treatment had any influence on lipid profiles, white and red blood cell elements, platelets and ESR of patients with generalized chronic periodontitis. Eighteen patients average aged 50,6 years (± 7,6) had 10ml of peripheral blood collected prior to the periodontal treatment and 30 days after it to be analyzed for lipidic profile, white and red blood cell elements and ESR. Seven of those patients average aged 47,4 years (± 5,9) were also reassessed 90 days after the end of the treatment. The clinical parameters used prior to the treatment and on the reassessment were Plaque Index (PI), Silness and Löe (1964), Gengival Index (GI), Löe (1967), Bleeding On Probing (BOP), Pocket Probing Depth (PPD), and Attachment Level (AL). Furcation involvement sites were also recorded and classified. The periodontal treatment consisted of non-surgical basic therapy. Thirty days after the end of the treatment all patients were reassessed and a significant improvement (P<0,05) in PI, GI, BOP, PPD values and in AL ≥6mm (P=0,05) was observed. Class I and II furcation involvement sites also showed a significant decrease. The seven patients reassessed at 30 days and at 90 days pos-treatment also showed significant (P<0,05) PI, GI, BOP and PPD value improvement between those phases. The 4-5 mm AL increased significantly (P=0,04) between pre-treatment and 90 days pos-treatment, while AL ≥6mm decreased significantly between the 30-day and 90-day follow-up reassessments (P=0,01 and P= 0,02 respectively). When the values at 30 days and those at 90 days were compared results similar to the ones described above were observed, including the 4-5 mm AL increase (P=0,02). An increased GI (P=0,07) is also verified. As for hematological values there was a significant decrease in band cell levels (P=0,05) and monocyte levels (P= 0,03) after the periodontal treatment (30 days), while both total cholesterol ...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Contagem de Células Sanguíneas , Células Sanguíneas/metabolismo , Metabolismo dos Lipídeos , Periodontite Crônica/terapia , Brasil , Índice de Placa Dentária , Índice Periodontal , Estatísticas não Paramétricas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA