Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 19(1): 4024, 01 Fevereiro 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-997962

RESUMO

Objective: To verify the dental age of individuals with Angle Class II, division 2 malocclusion. Material and Methods: The sample consisted of 200 panoramic radiographs of schoolchildren from the city of Fortaleza in the state of Ceará, in the northeast of Brazil. These radiographs were divided into two groups (N=100): a Control group comprising radiographs of patients with normal occlusion and a CIID2 group comprising radiographs of patients with an Angle Class II, division 2 malocclusion. The Demirjian method was used to identify dental age. All the radiographs were evaluated by a sole duly trained and calibrated technician. The Kappa coefficient for inter-annotator agreement was 0.98 based on the criteria of eruption stage of each tooth. Statistical analysis was performed using the Chi-squared test, Student's t-test and the Mann-Whitney test, with a level of significance of 5%. Results: There was a significant statistical difference between the dental ages of the groups tested. The CIID2 group had a lower dental age than the control group, signifying late eruption in patients with an Angle Class II, division 2 malocclusion. Conclusion: Patients with an Angle Class II, division 2 malocclusion had a lower dental age than patients with normal occlusion, suggesting that orthodontic treatment should be delayed. The first molars, second pre-molars and canines suffered late eruption.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Erupção Dentária , Radiografia Panorâmica/métodos , Oclusão Dentária , Crescimento e Desenvolvimento , Má Oclusão de Angle Classe II/diagnóstico , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Transversais/métodos , Estudos Retrospectivos , Estatísticas não Paramétricas
2.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 4(3): [13-23], set.-dez.2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-912413

RESUMO

Introdução: A determinação do desenvolvimento esquelético é uma prática comum ao exercício da Odontologia, tanto para fins ortodônticos quanto forenses. Diversos métodos utilizam radiografias e, tendo em vista o crescente emprego da tomografia computadorizada, torna-se importante o conhecimento de todas as potencialidades destas imagens na prática pericial. Objetivo: O objetivo deste estudo foi descrever parâmetros morfológicos das vértebras cervicais C1 e C2 em imagens axiais de tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC) em cada um dos seis estágios maturacionais propostos por Hassel e Farman (1995) para a análise das vértebras no plano sagital. Material e Método: A partir de um banco de dados, foram avaliadas imagens de TCFC de 73 indivíduos de 8 a 18 anos, as quais foram classificadas no plano sagital. Em seguida, as vértebras C1 e C2 foram avaliadas no plano axial e suas características morfológicas registradas em um instrumento de coleta de dados. Foram, então, calculados os percentuais de cada característica dentro dos estágios maturacionais. Resultados: Observou-se na caracterização morfológica axial da C2 a tendência de fusionamento da sincondrose subdental nas fases de Maturação (5) e Finalização (6), ocorrendo em 90% e 66,6% dos casos, respectivamente. Conclusão: O estudo identificou padrões morfológicos axiais da C2 predominantes nas fases 5 e 6 de maturação das vértebras cervicais propostas por Hassel e Farman (1995), podendo contribuir para casos forenses de estimativa da idade.


Introduction: The skeletal development determination is a common practice in Dentistry, both for orthodontic and for forensic purposes. Several methods are based on radiographs, but considering the increase in computed tomography exams more contemporary investigations of these methods became important to explore their forensic purposes. Objective: This study aimed to describe the morphological parameters of the C1 and C2 vertebrae in axial cone beam computed tomography (CBCT) images, at each of the six maturational stages proposed by Hassel and Farman. Material and Method: From a database, CBCT images of 73 individuals aged 8 to 18 years were evaluated and classified in the sagittal plane. Then the C1 and C2 vertebrae were evaluated in the axial plane and their morphological characteristics were recorded in a data collection instrument. The percentage of each feature within the maturational stages was calculated. Results: In the axial morphological characterization of C2, the tendency of fusion of the subdental was marked in Maturation (5) and Finishing (6) phases, with 90% and 66.6% of cases, respectively. Conclusion: The study identified axial morphological patterns of C2 that predominate in phases 5 and 6 of maturation of the cervical vertebrae proposed by Hassel and Farman, and may contribute to age estimation in forensic cases.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Vértebras Cervicais , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico , Odontologia Legal , Antropologia Forense , Crescimento e Desenvolvimento
3.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 4(2): [22-33], mai.-ago. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-911829

RESUMO

Introdução: O diabetes mellitus do tipo 1 (DM1) é um distúrbio metabólico capaz de afetar o desenvolvimento do portador. O conhecimento deste tema permitirá ao Cirurgião-dentista planejar com maior segurança procedimentos clínicos que dependem da resposta biológica do paciente, e realizar perícias de estimativa de idade de forma mais precisa. Objetivo: Avaliar o desenvolvimento dental em portadores de DM1 correlacionando duas técnicas para estimativa de idade. Métodos: Foram analisadas 90 radiografias panorâmicas de indivíduos com idades entre 5-16 anos, distribuídas nos grupos caso (n=45) e controle (n=45). Foram avaliados os estágios de calcificação dos dentes 36 e 37 segundo Demirjian et al. (1973) e o irrompimento dental segundo Lewis e Garn (1960). Resultados: Para o dente 36, observou-se maior prevalência de indivíduos do grupo controle com dentes irrompidos no estágio H em relação ao grupo caso (75,6% e 71,1%, respectivamente). Para o dente 37, observou-se maior prevalência de indivíduos do grupo controle com dentes irrompidos no estágio G em relação ao grupo caso (40,0% e 35,6%, respectivamente). Diferença estatisticamente significante não foram observadas entre os grupos quando os métodos foram analisados independentemente (valores de p>0,05). Conclusão: Desenvolvimento dental similar foi observado entre os grupos caso e controle. Perícias forenses de estimativa de idade em pacientes DM1 devem priorizar métodos radiográficos que examinam os estágios de calcificação dental.


Introduction: Diabetes mellitus type 1 (DM1) is a metabolic disorder able to impact within development. The knowledge around this topic will allow the Dentist to plan safer clinical procedures that depend on the biological response of the patients, as well to performed age estimation expertises more accurately. Objective: To assess the dental development in DM1 patients correlating two techniques for age estimation. Methods: A sample of 90 panoramic radiographs of subjects aged between 5-16 years old, distributed in groups case (n=45) and control (n=45). Dental development was assessed considering the calcification stages of the teeth 36 and 37 according to Demirjian et al. (1973) and the dental eruption of the same teeth according to Lewis and Garn (1960). Results: For the tooth 36, more subjects were observed in the control group with erupted teeth in stage H than in the case group (75.6% and 71.1%, respectively). For the tooth 37, more subjects were observed in the control group with erupted teeth in stage G than in the case group (40.0% and 35.6%, respectively). Statistically significant differences were not observed considering the techniques separately (p>0.05). Conclusion: Similar dental development was observed between DM1 and control patients. Forensic expertises in DM1 patients could be performed using radiographic techniques that assess the dental calcification stages.


Assuntos
Humanos , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Antropologia Forense , Odontologia Legal , Determinação da Idade pelos Dentes , Crescimento e Desenvolvimento , Radiografia Panorâmica
4.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 10(37): 75-81, 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-837159

RESUMO

A mordida aberta anterior pode ser definida como uma discrepância no sentido vertical, na qual há ausência de contato entre os incisivos enquanto em relação cêntrica. É considerada uma má oclusão multietiológica e, dependendo da fase em que é diagnosticada e tratada, apresenta prognóstico desfavorável, culminando em resultados menos estáveis. É uma má oclusão frequente na população infantil e, atualmente, há inúmeras opções de tratamento, dentre eles o Myobrace®, aparelho miofuncional. O objetivo deste artigo consiste em abordar alguns aspectos técnicos sobre esse dispositivo, seguindo-se da apresentação de um caso clínico que descreve o tratamento de uma paciente do sexo feminino, em fase de crescimento, apresentando mordida aberta anterior, cujo tratamento foi realizado exclusivamente com terapia miofuncional (Myobrace® K1, K2 large, I2 e K2 large), por um período de aproximadamente 6 anos. Após este período, pode-se observar a correção da mordida aberta anterior e funções como deglutição e fonação normalizadas e estáveis (AU)


Anterior open-bite is defined as a vertical discrepancy, in which the upper and lower incisors lack contact while in centric relation. It is considered to be a multi-etiological malocclusion with unfavorable prognosis culminating in poorly stable results, depending on how late diagnosis and treatment take place. It is a frequent malocclusion among growing patients, to which there are countless treatment options, being the Myobrace® myofunctional appliances one of them. The article covers a few technical aspects of said appliances, followed by a case report on the anterior open-bite treatment of a growing female, using myofunctional therapy exclusively (Myobrace® K1, K2 large, I2 and K2 large), for approximately 6 years. As result, anterior open-bite correction may be observed as well as normal and stable speech and swallowing functions (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Crescimento e Desenvolvimento , Terapia Miofuncional , Mordida Aberta , Ortodontia Interceptora
5.
Roplac ; 4(2): 13-28, jul. 2014. tab, ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858922

RESUMO

A estimativa de idade biológica em humanos a partir de radiografias possui aplicações práticas em diversoscampos da ciência odontológica, especialmente na odontologia forense, odontopediatria e ortodontia.Servindo para identificar e estimar a idade, diagnosticar, planejar e tratar as más oclusões. Os estados dedesenvolvimento da criança são estimados, segundo a literatura, em estágios específicos de maturidadefisiológica, em quatro índices fisiológicos: maturidade somática, esquelética, dentária e sexual. A análise daidade óssea pelas vértebras cervicais elimina a necessidade de outra tomada radiográfica, diminuindo a dosede radiação recebida pelo paciente. Este trabalho teve por objetivo revisar na literatura a importância dodiagnóstico de idade biológica e crescimento através da telerradiografia, tecendo considerações sobreestimativa de idade através de métodos de mineralização dentária, esquelética e caracteres sexuaissecundárias e sua utilização no âmbito da odontologia


The estimation of biological age in humans from radiographs has practices in various fields of dental science,especially in forensic dentistry and orthodontics dentistry applications. Serving to identify and estimate theage, diagnose, plan and treat malocclusions. The states of child development are estimated according to theliterature, at specific stages of physiological maturity in four physiological indices: somatic, skeletal, dental andsexual maturity. The analysis of bone age by cervical vertebrae eliminates the need for radiographic another,reducing the radiation dose received by the patient. This study aimed to review the literature on theimportance of diagnosing and growth of biological age by radiography, with considerations on age estimationby methods of tooth mineralization, skeletal and secondary sexual characters and their use in the context ofdentistry


Assuntos
Vértebras Cervicais , Cefalometria , Crescimento e Desenvolvimento , Odontologia Legal/ética , Telerradiologia/instrumentação , Brasil , Radiografia Panorâmica/instrumentação
6.
São Paulo; s.n; 2015. 56 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867919

RESUMO

Alterações na articulação emporomandibular (ATM) comumente geram desequilíbrios musculares que estão associados à alterações no tecido ósseo. Esta articulação pode sofrer a influência de traumas, fatores congênitos ou desordens de crescimento. Estudos sobre alterações de crescimento do complexo maxilomandibular decorrentes de problemas da ATM são escassos. O objetivo deste trabalho foi avaliar por meio da microtomografia os efeitos da remoção do disco articular e a remoção conjugada do disco e cartilagem articular no crescimento e na microarquitetura óssea da mandíbula de ratos. Trinta ratos da raça Wistar com um mês de idade foram divididos em três grupos: CTR (controle operado); RD (remoção de disco articular) e RDC (remoção conjugada do disco e cartilagem articular). Apenas o lado direito foi operado; o lado esquerdo permaneceu intacto. Após dois meses de acompanhamento, os ratos foram sacrificados e as hemimandíbulas escaneadas em microtomógrafo A remoção do disco articular e a remoção conjugada do disco e cartilagem articular alteram o volume e microestrutura do osso trabecular da mandíbula de ratos jovens. Estas duas intervenções provocaram uma queda na qualidade de parâmetros da microestrutura do trabeculado do processo angular e diminuição do crescimento da hemimandíbula do lado operado.


Changes in the temporomandibular joint (TMJ) lead to muscle dysfunctions that are associated with bone changes. This joint region can be influenced by trauma, congenital factors or growth disorders. Studies linking TMJ problems and growth alterations are scarce. The aim of this study was to evaluate the effects of the articular disc removal or articular disc and cartilage removal on the bone microarchitecture and mandibular growth of young rats. Thirty Wistar rats (one month old) were divided into three groups: CTR (sham operated); RD (disc removal) and RDC (disc and cartilage removal). Only the right side was operated, keeping the left side intact. After two months, the rats were sacrificed and the mandibles scanned on micro-CT for quantitative analysis. Some microstructural parameters were altered by the disc removal or disc and cartilage removal. The right side presented lower growth than the left side.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Articulação Temporomandibular/anormalidades , Articulação Temporomandibular/crescimento & desenvolvimento , Articulação Temporomandibular/lesões , Articulação Temporomandibular/metabolismo , Cartilagem Articular/crescimento & desenvolvimento , Crescimento e Desenvolvimento , Tomografia/efeitos adversos , Tomografia/instrumentação , Tomografia/métodos
7.
Prosthes. Lab. Sci. ; 2(8): 338-343, jul. - set. 2013. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-853800

RESUMO

É consenso entre os especialistas que a Classe III é a desordem sagital mais difícil de ser tratada. Também é concordante entre os clínicos e a literatura que o tratamento ainda em fase de crescimento favorece o prognóstico neste tipo de má oclusão. Entretanto, as soluções descritas até o momento como padrão ouro de tratamento da retrusão de maxila dificultam a aderência ao tratamento. Este trabalho descreve uma máscara facial individualizada modificada com o propósito de aumentar o conforto e aceitação do paciente e como isso afeta sua aderência ao tratamento, tornando essa terapia ainda mais efetiva


Assuntos
Humanos , Crescimento e Desenvolvimento , Má Oclusão de Angle Classe III , Ortodontia , Procedimentos Ortopédicos
8.
Rev. Clín. Ortod. Dent. Press ; 11(1): 40-48, fev.mar. - 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-855867

RESUMO

Este relato de caso descreve o tratamento de um paciente do sexo feminino, com 10 anos e 6 meses de idade, que apresentava síndrome de Turner do tipo mosaico e queixa principal de protrusão dos incisivos superiores. Ela apresentava má oclusão dentária e esquelética de Classe II, sobressaliência de 9mm e sobremordida de 6mm. A erupção dos dentes permanentes estava adiantada, apresentava, ainda, apinhamento moderado na região anterior da mandíbula, diastemas anteriores na arcada superior e uma inclinação vestibular acentuada dos incisivos superiores. O plano de tratamento consistiu no controle de crescimento vertical e anteroposterior com ancoragem extrabucal, alinhamento e nivelamento das arcadas, retração dos incisivos superiores e o estabelecimento de uma oclusão estável. Uma vez que meninas portadoras de síndrome de Turner têm o crescimento atrasado ou reduzido, com ausência de surto de crescimento, e o crescimento é imprevisível, durante o tratamento ortodôntico uma terapia com hormônios foi iniciada e isso, provavelmente, ajudou na terapia de controle de crescimento, uma vez que houve uma redução de 4º do ângulo ANB e uma relação dentária de Classe I foi atingida em 4 meses. Isso demonstra que a terapia com hormônios em pacientes com síndrome de Turner é de grande valor quando empregada durante a infância e adolescência. O tratamento proveu um sorriso agradável para a paciente e uma oclusão bem estabelecida, com corretas sobressaliência e sobremordida, uma oclusão de Classe I e um alinhamento dentário satisfatório.


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Crescimento e Desenvolvimento , Terapia de Reposição Hormonal , Má Oclusão de Angle Classe II/terapia , Aparelhos Ortodônticos , Planejamento de Assistência ao Paciente , Síndrome de Turner
9.
Araraquara; s.n; 2012. 136 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866860

RESUMO

Objetivo: Testar a validade do método de uso do paquímetro facial no diagnóstico da classe II esquelética hiperdivergente, assim como possibilitar a análise da postura crânio-cervical. Materiais e Métodos: Dois artigos científicos foram redigidos e utilizados para a avaliação dos propósitos apresentados. Resultados: As reprodutibilidades intra e interclasse para quase todas as medidas (Wits (POF)’, Wits (HV)’, N.Sn.Pg’, N.Sn.B’, T.Go.Me’, AFA’, AFP’, AFAI’, Proporção AFA/AFP’, Proporção AFP/AFAI’, C7.TN’, C7.FH’) foram maiores do que 0.90, indicando uma reprodutibilidade excelente. Algumas mensurações (ANB’, FMA’, Proporção AFAI/AFA’, TN.VER’, FH.VER’) apresentaram resultados que variaram entre excelentes e bons. Somente FNP’ apresentou uma reprodutibilidade interclasse fraca (intervalo: <0.65). As características faciais mensuradas com o paquímetro facial mostraram fortes e moderadas correlações estatisticamente significantes (p<0.01 and p<0.05). Correlações fracas foram achadas para a variável FNP’ e não foram encontradas correlações significativas para as variáveis que caracterizam a postura da cabeça. A função discriminante canônica, resultado da combinação das medidas Wits (POF)’, N.Sn.Pg’ e FMA’, classificou corretamente 73,5% dos pacientes de classe II hiperdivergentes na validação interna. Na validação externa, o método mostrou sensibilidade de 81,3% e especificidade de 79,2%. Conclusões: O paquímetro facial é uma ferramenta válida para realizar o diagnóstico do padrão esquelético de classe II hiperdivergente. Este método não é recomendado para a avaliação da postura da cabeça nem para realizar a medida FNP’. Um cuidado especial deve ser tomado quando forem realizadas medidas angulares agudas e/ou pobremente definidas.


Objective: To assess the validity of a non-radiographic method in diagnosing skeletal class II hyperdivergent patients, as well as to enable the analysis of cranio-cervical posture. Materials and Methods: Two research papers were written and analyzed for the evaluation of the aims presented. Results: The intraclass and interclass reliabilities for almost all measurements (Wits (FOP)’, Wits (TV)’, N.Sn.Pg’, N.Sn.B’, T.Go.Me’, AFH’, PFH’, LFH’, Proportion AFH/PFH’, Proportion PFH/LFH’, C7.TN’, C7.FH’) were greater than 0.90, indicating an excellent reliability. Some variables (ANB’, FMA’, Prop. LFH/AFH’, TN.VER’, FH.VER’) showed excellent and good results (interval: 0.90-0.99; 0.80-0.89). Only FNP’ presented a weak interclass reliability (interval: <0.69). Soft- tissue facial characteristics showed strong to moderate significant correlations (p<0.01 and p<0.05). Weak correlations were found for the FNP’ variable and non-significant correlations were found for postural variables. The canonical discriminant function involved combining Wits (FOP)’, N.Sn.Pg’ and FMA’ measurements, correctly classified 73.5% of the hyperdivergent class II patients in the internal validation. On the external validation, the method showed 81.3% sensitivity and 79.2% specificity. Conclusions: The facial paquimeter is a valuable diagnostic tool in determining the hyperdivergent skeletal class II pattern. Parameters characterizing hyperdivergent skeletal class II are identifiable through the use of the FP. This method is not recommended to assess the head posture and the FNP’ measurement.


Assuntos
Humanos , Antropometria , Diagnóstico , Crescimento e Desenvolvimento , Má Oclusão de Angle Classe II
10.
Araraquara; s.n; 2011. 120 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866859

RESUMO

Introdução: O presente estudo foi dividido em três capítulos: Capítulo I – Avaliação do crescimento craniofacial em indivíduos com maloclusão Classe II, divisão 1, em função do padrão respiratório; Capítulo II – Influência do padrão respiratório no perfil tegumentar e nas vias aéreas respiratórias em indivíduos com maloclusão Classe II, divisão 1; Capítulo III – Influência do padrão respiratório nas dimensões dentárias de indivíduos Classe II, divisão 1, não tratados ortodonticamente. Material e Método: Na realização dos dois primeiros capítulos, foram utilizadas 80 telerradiografias em norma lateral, e no Capítulo III, 66 pares de modelos, obtidos em dois momentos, com um intervalo de tempo médio de 2 anos e 5 meses. A amostra foi dividida em dois grupos: grupo 1 composto por indivíduos respiradores nasais (RN) e grupo 2 composto por respiradores bucais (RB). Todos os indivíduos apresentavam maloclusão Classe II, 1, não tratados ortodonticamente. Capítulo I: Foram realizadas medidas cefalométricas esqueléticas para as seguintes avaliações: crescimento maxilar, crescimento mandibular, relação maxilo-mandibular, padrão de crescimento. Capítulo II: realizaram-se medidas cefalométricas angulares e lineares, ântero-posteriores e verticais do perfil tegumentar e medidas cefalométricas lineares das vias aéreas. Capítulo III: Foram realizadas medidas dentárias para avaliação de distância intermolares, distância intercaninos, perímetro de arco, comprimento de arco e índice de irregularidade de Little. Proposição: avaliar a influência do padrão respiratório no crescimento, no perfil tegumentar, nas vias aéreas e nas características dentárias. Resultados e Conclusões: Os resultados demonstraram que: Capítulo I: as medidas ENA-H, Co-Go, SNGoMe e S-Go apresentaram diferenças estatisticamente significantes quando comparados...


Introduction: This study was structured into three chapters. Chapter I - Evaluation of craniofacial growth in subjects with Class II, division 1, in according on the breathing pattern. Chapter II – Influence of respiratory pattern in soft tissue profile and the airways in subjects with Class II, division 1. Chapter III – Influence of respiratory pattern in the dental dimensions of Class II, division 1 patients, not treated orthodontically. Material and Method: It was used in the first and second chaperts, 80 cephalometrics radiographs, and in Chapter III, 66 pairs of casts, obtained in two moments, with a time interval of 2 years and 5 months. Were divided into two groups: group 1 composed by nasal-breathers (NB) and Group 2 the mouth-breathers (MB). All of them have Class II, division 1 malocclusion, not orthodontic treatment. Chapert I: Skeletal cephalometric measurements were taken for the following assessments: maxillary growth, mandibular growth, maxillomandibular relationship and growth pattern. Chapert II: Angular cephalometric measurements were taken, anteroposterior and vertical soft tissue profile cephalometric measurements and analysis of the airways. Chapter III: Dental measurements were performed for evaluation of intermolar distance, intercanine distance, arch perimeter, arch length and the Little irregularity index. Proposition: evaluate the influence of respiratory pattern in skeletal measurements, in the soft tissue profile, airway and dental. Results and Conclusions: Chapter I: the measures ENA-H, Co-Go, SNGoMe and S-Go were statistically significant differences. Subjetcs MB showed a smaller displacement for anterior maxilla, a smaller growth in the industry, a smaller increase in posterior facial height and maintenance of the mandibular plane inclination, while the NB had an anterior rotation of the mandible. Chapter II: there was no statistically significant...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Crescimento e Desenvolvimento , Má Oclusão de Angle Classe II , Respiração Bucal , Nasofaringe
11.
Braz. dent. sci ; 14(1/2): 4-8, 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-642705

RESUMO

Evaluation of bone maturation is highly important for orthodontics planning and treatment. Various parts of the body can be used for that purpose. The objective of the research was to check the correlation between the bone maturation stages of the cervical vertebrae and the bone maturation stages found at the hand-wrist region. Lateral X-rays were taken . Also hand and wrist X-rays were obtained. The Hassel and Farman method was used for the cervical vertebrae and the simplified Singer method was used for hand and wrist. The sample was compounded of 60 patients from the orthodontics clinic, FO-UERJ, 30 males and 30 females, ages between 7 and 14. The Spearman(r1) and Kendall(r2) coefficients were used to establish a correlation between the 6 stages proposed by each method. The study revealed a high correlation between the stages for both methods, not only for males (r1= 0.608 and r2= 0.656) and females (r1= 0.666 and r2= 0.634) but also for the total sample (r1= 0.743 and r2= 0.696). All results were statistically significant (p<0.001 or equal to 0.001). The conclusion was that the lateral X-ray evaluation of morphological alterations of hand-wrist vertebrae is trustworthy and practical for bone evaluation since it has a high correlation with a method that is already commonly used. It also adds to the information already furnished by such X-rays and avoids additional exposure to X-ray radiation


A avaliação da maturação óssea é de grande importância no planejamento e tratamento ortodôntico e várias áreas do corpo podem ser utilizadas para esta análise. O objetivo deste estudo foi verificar a correlação entre os estágios de maturação óssea das vértebras cervicais e os estágios de maturação encontrados na região carpal. Foram utilizadas telerradiografias de perfil e radiografias de mão e punho e aplicados os métodos de Hassel e Farman para as vértebras cervicais e o método simplificado proposto por Singer para mão e punho. A amostra foi composta por 60 pacientes da clínica de especialização em ortodontia da FO-UERJ, com idades variando entre 7 e 14 anos. Deste total, 30 eram do gênero masculino e 30 do gênero feminino. Foram utilizados os coeficientes de Spearman (r1) e de Kendall (r2) para estabelecer a correlação entre os 6 estágios propostos por cada método. Os estudos revelaram uma alta correlação entre estes estágios em ambos os métodos estudados tanto para o grupo masculino (r1= 0.680 e r2= 0.656), para o grupo feminino (r1= 0.666 e r2= 0.634), quanto para a amostra total (r1= 0.743 e r2= 0.696), sendo todos os resultados estatisticamente significativos (p≤0.001). Concluiu-se que a avaliação radiográfica das alterações morfológicas das vértebras cervicais nas telerradiografias laterais constitui um parâmetro alternativo, confiável e prático na avaliação esquelética, já que possui alta correlação com um método já comumente aplicado, vindo a complementar a gama de informações já fornecidas por tais radiografias e evitando exposição radiográfica adicional


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Vértebras Cervicais , Crescimento e Desenvolvimento , Osteogênese
12.
J. Health Sci. Inst ; 27(2): 171-175, abr.-jun. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873998

RESUMO

A acondroplasia é a forma mais comum de nanismo por encurtamento dos membros. É uma síndrome hereditária de caráter autossômico dominante que também pode ser causada por novas mutações genéticas. A formação óssea endocondral é defeituosa e leva a alterações craniofaciais e dentárias típicas. Os pacientes acometidos apresentam macroencefalia, calota craniana volumosa, base do crânio encurtada, nariz em sela e estreitamento de vias aéreas, além de retrognatia maxilar, discrepância entre arcos dentários e maloclusões acentuadas. O presente artigo tem como objetivo apresentar as características craniofaciais e dentárias de pacientes acondroplásicos, por meio de revisão de literatura


Assuntos
Acondroplasia , Anormalidades Craniofaciais/genética , Anormalidades Dentárias/genética , Crescimento e Desenvolvimento/genética , Má Oclusão , Nanismo/genética
13.
São Paulo; s.n; 2009. 96 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-558064

RESUMO

O objetivo neste trabalho foi de analisar a geometria nasal, a masofaringe e a orofaringe, em crianças respiradoras orais com indicação de cirurgia desobstrutiva das vias aéreas superiores, e verificar a existência de uma possível influência direta da respiração na determinação do tipo facial. Foram avaliadas 657 crianças e, dentre elas, foram selecionadas 75, que se submeteram a avaliação otoorrinolaringológicva por meio de exames clínico, de radiografia cavum e/ou nasofibroscopia, e com as quais ficaram evidenciadas as obstruções das vias aéreas superiores com indicação cirúrgica. Ao final 41 crianças (21 do gênero masculino e 20 do feminino), entre 6,16 e 14,66 anos de idade, brasileiras, sem história de tratamento ortodôntico ou otorrinolaringológico cirúrgico (remoção de tonsilas faringeanas, palatinas, ou estruturas internas da cavidade nasal), aceitaram participar do estudo. Foram obtidas telerradiografias em norma lateral para a determinação do tipo facial e realizado o exame de rinometria ac´´ustica para a obtenção da área transversal mínima da cavidade nasal. A análise estatística dos dados (ANOVA. Razão de Verossimilhanças, análises de variâncias com medidas repetidas com dois fatores, comparações múltiplas de Bonferroni, teste Kruskai-Wallis; com nível de significância de 5%) e a interpretação dos resultados obtidos não mostraram diferença estatisticamente significativa na área total em MCA1 e MCA2 entre os tipos faciais (p > 0,05). Além disso, a obstrução das tosilas faringeanas e palatinas avaliadas separadamente ou combinadas não variou estatisticamente segundo os tipos faciais (p=0,582 para tonsila faringeana e p=0,733 para tonsila palatina; e p = 0,925 quando bombinadas). Conclui-se que prersente estudo, não foi encontrada evidência de que a obstrução das vias aéreas superiores tenha influência determinante na definição do tipo vacial.


The Objective of this paper was o analyze the nasal geometry, the nasopharynx and the oroopharynox in oral breathing children with indication for surgery clearence upper ainway, in order to verify the existence of a possible direct influence of breaaathing in the determination of the facial type. A group of 657 children was evalluated and among them, 75 were selected for otorhinolaryngologic evaluation through clinical exams, cavum radiography and/or nasal endoscopy, when the obstruction of the upper ainway with surgical indication has been confirmed. From this subgroup, 41 children agreed to participate in the study (21 males: 20 females), with ages between 6,16 and 14,66 years, braziliams, whites, with no history of orthodontic treatment nor otorhinolaryngoogic surgery (removal of the pharyngeal or palatine tonsilis of intermal structures of the nasal cavity). Radiographs were taken in lateral nom for the determination of the facial type and the acoustic rhinometry exam was performed for the determination of the nasal minimal transversal area. The statiscal analyses of the data were made with the variance analysei (ANOVA), likelihood ratio test, analyses of variance with measures rerpeted with two factors, Bonferroni mutiple comparisons, and Kruskai-Wallis test. The significance level was chosen as 0,05. No statistically significnat difference was detected in the total in MCA1 and MCA2 between te facial types. Besides that the obstruction of the pharyngeal or palatine tonsils, taken separately or in combination, did not vary statiscally according to the facial pattern (p=0,582 for phanyngeal tonsil; p=0,733 for palatine tonsil; and p=0,925 whem combined). Therefone, in the present study, no evidence has been found that the obstruction of the obstruction of the superior ainway has determinant influence in the determination of the facial type.


Assuntos
Obstrução das Vias Respiratórias/diagnóstico , Ortodontia/métodos , Crescimento e Desenvolvimento , Cavidade Nasal
16.
JBP rev. Ibero-am. odontopediatr. odontol. bebê ; 8(45): 312-320, set.-out. 2005. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-510993

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a idade dentária por meio de radiografias panorâmicas e a idade óssea por meio radiografias da mão e punho esquerdo de pacientes na faixa etária dos 3 aos 14 anos de idade, além de verificar a possível correlação entre os métodos. Para tanto, foram selecionados 78 prontuários de pacientes atendidos no Curso de Odontologia da Universidade São Francisco, dos gêneros masculino e/ou feminino. A metodologia de Demirjian foi utilizada para a estimativa da idade dentária. A idade óssea foi estimada pela metodologia de Eklõf, Ringertz, computadorizada. Os dados obtidos foram processados estatisticamente, considerando-se um nível de significância de 1% (p<0,01). Observou-se que houve correlação linear quase perfeita (próxima de 1), positiva e significativa a 1% entre as idades cronológica, dentária e óssea. Os resultados permitiram concluir que os métodos apresentaram altas correlações entre si. Os fatores de correção estabelecidos por meio da equação de reta de regressão, para cada método, tornam-se aplicáveis a populações diferentes.


Assuntos
Dentição , Determinação da Idade pelos Dentes/métodos , Crescimento e Desenvolvimento , Radiografia Panorâmica , Análise de Dados , Determinação da Idade pelo Esqueleto/métodos , Radiografia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA