Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 66
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 102 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1049714

RESUMO

O bruxismo do sono tem etiologia multifatorial e pode estar associado ao uso de smartphones. O objetivo deste estudo transversal foi avaliar a associação do provável bruxismo do sono relacionado à atividade de ranger os dentes (PBS-R) com características de uso do smartphone em adolescentes. O Comitê de Ética em Pesquisa institucional aprovou o estudo (CAAE: 91561018.5.0000.5149), realizado com adolescentes de 12 a 19 anos, de escolas públicas e privadas de Belo Horizonte. Os pais responderam a um questionário com informações sociodemográficas e uso de medicamentos do filho. Os adolescentes responderam a um questionário com dados sobre características do sono, auto relato do bruxismo do sono, satisfação de vida e o uso de smartphone. Posteriormente, foram examinados nas escolas por uma pesquisadora calibrada, para avaliar a presença de sinais e sintomas intraorais (desgaste dentário por atrição, língua edentada, linha alba) e extraorais (selamento labial, dor à palpação dos músculos masseter e temporal bilateral; estalido/desvios na articulação temporomandibular), associados ao PBS-R. Como variáveis de confusão avaliou-se a satisfação de vida, através da Escala Multidimensional de Satisfação de Vida para Adolescentes (EMSVA) e a postura cervical anteriorizada, por serem fatores, encontrados na literatura, associados tanto à atividade do PBS quanto ao uso do smartphone. A postura cervical foi avaliada através da fotogrametria digital, para determinar o ângulo craniovertebral (ACV). As fotografias foram analisadas através do software SAPO®, para mensurar a alteração postural. O PBS-R foi categorizado através de uma escala de gravidade em leve, moderado e grave. Análises descritivas e regressão hierárquica de Poisson foram realizadas (p<0,05). Quatrocentos e três adolescentes, com média de idade de 14,4 anos (+1,60) participaram do estudo, sendo que 234 (58,1%) eram meninas e 99,7% tinham smartphone próprio. A prevalência de PBS-R foi de 20,1%. Para regressão multivariada de Poisson, o modelo hierárquico final ajustado, demonstrou que o PSB-R não foi associado ao uso de smartphone e que adolescentes que relataram má qualidade do sono (RP = 3,001; IC = 1,439-6,256; P = 0,003) apresentaram maior gravidade de PBS-R. Concluiu-se que o uso de smartphone não foi associado ao PBS-R, e que esta condição apresentou maior gravidade entre adolescentes com relato de pior qualidade do sono.


Sleep bruxism has a multifactorial etiology and may be associated with the use of smartphones. The aim of this cross-sectional study was to evaluate the association of probable sleep bruxism related to teeth-grinding activity (PSB-G) with smartphone use characteristics in adolescents. The Institutional Research Ethics Committee approved the study (CAAE: 91561018.5.0000.5149), conducted with adolescents from 12 to 19 years old, from public and private schools in Belo Horizonte. Parents answered a questionnaire with sociodemographic information and medication use of their child. The adolescents answered a questionnaire with data on sleep characteristics, self-reported sleep bruxism, life satisfaction and smartphone use. As confounding variables, life satisfaction was assessed using the Multidimensional Life Satisfaction for Adolescents Scale (MLSAS), anterior cervical posture and self-reported sleep quality, as these are factors found in the literature, associated with both PSB activity and the use of the smartphone. Subsequently, they were examined in schools by a calibrated researcher to assess the presence of signs and symptoms associated with PSB-G, intraoral (attrition, edentulous tongue, linea alba) and extraoral (lip sealing, pain on palpation of the masseter and temporalis bilateral muscles; click / deviations in the temporomandibular joint). PSB-G was categorized using a severity scale as mild, moderate and severe. Cervical posture was assessed by digital photogrammetry to determine craniovertebral angle (CVA). The photographs were analyzed using SAPO® software to measure postural change. Descriptive analyzes and Poisson hierarchical regression were performed (p <0.05). Four hundred and three adolescents, with a mean age of 14.4 years (+1.60) participated in the study, 234 (58.1%) were girls and 99.7% had their own smartphone. The prevalence of PBS-R was 20.1%. For multivariate Poisson regression, the adjusted final hierarchical model, considering the variable 'life satisfaction' at level four, showed that adolescents who reported poor sleep quality (PR = 3.001; CI = 1.439-6.256; P = 0.003) had more severe PSB-G. It was concluded that adolescents with a history of worse sleep quality had higher severity of PSB-G in the present sample.


Assuntos
Pais , Satisfação Pessoal , Postura , Autoimagem , Fatores Socioeconômicos , Adolescente , Bruxismo do Sono/epidemiologia , Smartphone , Uso do Telefone Celular , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
2.
Braz. j. oral sci ; 17: e18030, 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-963684

RESUMO

Mandibular/bimaxillary advancement surgery is described as a potential means of increasing the oropharyngeal airspace , provided a significant improvement in breathing capacity. Aim: To evaluate postural changes suffered in the positioning of the head and the hyoid bone, dentofacial deformity patients undergoing orthognathic surgery with consequent dimensional changes of oropharyngeal airspace. Methods: We evaluated the archived records of patients with postoperative 6 months minimum, being used as criteria for selecting individuals with dental class II malocclusion and facial Pattern II, jaw or maxilomandibular deficiency, patients undergoing orthodontic-surgical treatment through mandibular advancement or of both bony bases, associated or not to genioplastia. Twenty-eight patients were part of the sample and were evaluated by means of lateral radiographs in lateral standard digitized, in three distinct periods: pre-operative, immediate postoperative period and late postoperative period (minimum 6 months). 12 linear measures and two angular cephalometric analysis were used in this research. Results: With the surgery, there was an average of mandibular advancement 6, 76 mm, while remaining stable in the long-term follow-up period; the hyoid bone moved onward and upward, extending your movement in the post-operative. The cervical region presented minimal movement of the head extension in the immediate post operative with almost total returns the position of the head in the post-operative. The surgical movement of oropharyngeal air space was in the same direction of the mandibular movement, but to a lesser extent (1,88 -2,76 mm). In the post-operative period was a late partial reduction of the diameter of the air space between 34-56% of gain, representing an apparent accommodation of this anatomical region soft tissue. Conclusion: Orthognathic surgery of mandibular advancement or bimaxillary promotes significant changes in aesthetics, in the position of the hyoid bone and upper airway dimensions, getting better quality of life to these patients


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Postura , Procedimentos Cirúrgicos Bucais , Cirurgia Ortognática , Osso Hioide
3.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 17(1): e3038, 13/01/2017. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-914236

RESUMO

Objective: To describe the characteristics of craniocervical posture of children aged between 6 and 11 years and its relationship to their sagittal skeletal classification. Material and Methods: This descriptive cross-sectional study involved 107 children (55 girls - 52 boys), aged between 6 and 11 years. The sample included no previous orthodontically/orthopedic treated and systemically healthy children. After proper calibration, lateral skull radiographs, taken for diagnosis purpose for maxillary orthopedic treatment, were obtained by the same operator in natural head position. A radiographic analysis was made using a NEMOTEC software: 13 variables were registered: age, gender, ANB angle (to classify sagittal skeletal relationships) and 10 variables related to craniocervical posture: cervical lordosis, hyoid triangle, craniocervical angle, intervertebral spaces: C0-C1, C1-C2 and distances NSL-Ver, NLVer, ML-Ver, OPT-Hor, CVT-Hor. To evaluate the reliability of measures, 15 randomly selected radiographs were re-measured by the same investigator two weeks after the initial analysis. Results: Intra-class correlation coefficients were in a range of 0.945-0.996. Lordosis, CCA, C1-C2, OPT-Hor y CVT-Hor, values were higher in male than in female children (p<0.05). No statistically significant differences were found among groups of sagittal skeletal relationships, but class III children had a tendency to higher craniocervical flexion; 66.3% of the studied group presented rectified lordotic curvature and class II subjects presented increased values of NSL-Ver, NL-Ver and MLVer. Class I children had the lowest values for OPT-Hor and CVT-Hor. Conclusion: All craniocervical postural variables were higher in boys than in girls. No differences were found in this study between cervical postural variables with different malocclusion.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Criança , Aparelhos de Tração Extrabucal , Má Oclusão , Postura , Análise de Variância , Brasil , Ortodontia , Radiografia Dentária/instrumentação , Estatísticas não Paramétricas
4.
Full dent. sci ; 8(32): 83-88, 2017. tab, ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-916240

RESUMO

Alterações na oclusão dentária parecem estar relacionadas à disfunção temporomandibular e modificações na postura corporal humana. Este trabalho estudou a relação entre oclusão dentária, articulação temporomandibular e alteração postural. O estudo foi realizado em pacientes em atendimento clínico na Universidade Veiga de Almeida (UVA) após a aprovação no comitê de ética em pesquisa da instituição (No. 914.647) e a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Cinquenta e cinco pacientes foram incluídos no estudo, sendo 28 mulheres e 27 homens, com idades variando entre 18 a 71 anos, com média de 29,09 (±13,02) anos. Inicialmente, utilizou-se o índice anamnésico de Fonseca para estudo da disfunção temporomandibular (DTM) e a classificação de Angle para a análise da oclusão. A postura corporal foi estudada pelo método adaptado de Kendall. Os resultados mostraram que, independente da postura corporal, as mulheres apresentaram-se significativamente mais tensas ou nervosas e com hábito de ranger ou apertar os dentes com maior frequência do que os homens, e os pacientes com menos de 23 anos de idade apresentaram estatisticamente maior prevalência DTM. Ao considerar a alteração corporal, verificou-se que os indivíduos com esta condição apresentaram significativamente maior queixa de desarticulação dos dentes e maior frequência de Classe II de Angle, 2ª divisão. Os resultados sugerem uma relação entre má oclusão e alteração postural, independente de gênero ou idade (AU).


Alterations in dental occlusion appear to be related to temporomandibular disorders (TMD) and changes in body posture. Therefore, the aim of this study was to investigate the relationship among malocclusion, TMD, and body posture. Patients attending the Veiga de Almeida University (UVA) dental clinic were enrolled in this study after signing the consent form. The study was approved by the Ethics Committee of UVA (No. 914.647). Fifty-five patients were included in the study, 28 women and 27 men, aged between 18 and 71 years old, with an average age of 29.09 (± 13.02) years old. The Fonseca anamnesis index was used to study TMD, malocclusion was assessed by Angle´s classification, and body posture was studied by a method adapted from Kendall. Results showed that, regardless body posture, women were significantly more tense or nervous than men, and had more jaw clenching; patients under 23 years old showed a higher prevalence of TMD. However, individuals with changes in body posture more frequently complained of disarticulation and presented increased frequency of Class II, Division 2 (Angle´s classification). The results suggest a relationship between malocclusion and changes in body posture, regardless of gender or age of the individuals (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Postura , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular , Oclusão Dentária , Má Oclusão , Articulação Temporomandibular , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Análise Estatística
5.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 70(1): 24-28, jan.-mar. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-797049

RESUMO

O objetivo desse trabalho foi verificar a relação entre a oclusão dentária e as curvaturas não fisiológicas da coluna vertebral. A amostra foi composta por 88 indivíduos com diagnóstico médico e radiográfico confirmado de desvio postural, atendidos em Ambulatório Médico-Odontológico noEstado de João Pessoa-PB. Para a coleta de dados realizou-se um exame clínico da oclusão dentária em relação vertical de normalidade, mordida em topo, aberta e profunda. Posteriormente a relação transversal de oclusão foi qualificada em normalidade, desvio de linha média, apinhamento inferior e/ou superior e mordida cruzada posterior uni ou bilateral. A relação ântero-posterior foi determinada conforme classificação de Angle em: normalidade, classe I, II e III. Os dados obtidos foram submetidos ao tratamento estatístico pelo teste Exato de Fisher com nível de significância de 5%. Os resultados demonstraram uma diferença estatisticamente significante entre as curvaturas não fisiológicas da coluna vertebral e as relações vertical e ântero-posterior de oclusão, assim como diversos tipos de mal oclusão dentária entre indivíduos com curvaturas não fisiológicas da coluna vertebral. Não foi observada relação estatisticamente significante entre gênero e idade nos indivíduos examinados. Conclui-se que há um desequilíbrio no sistema manducatório pode estar intimamente relacionado a presença de alterações posturais na coluna vertebral.


This study aims to verify the relation between dental occlusion and no physiological curvature of the spinal column. The sample consisted of 88 individuals with a clinical diagnosis and confirmed radiographic postural deviation, treated at Medical-Dental Clinic in the state of Joao Pessoa-Pb. For data collection it was carried out a clinical examination of the dental occlusion in vertical relationship of normality, bite the top, open and deep. Later the transversal occlusion was qualified inrelation normality, midline deviation, crowding and posterior crossbite. The vertical anterior-posterior occlusion relation was determined according to Angle classification: normal, class I, II and III. The obtained data were subjected to statistical analysis by Fisher exact test with a significance level of 5%. It was found that there was a difference statistically significant between the non-physiological curvatures of the spine and the vertical and ânterior-posterior occlusion relation as well as various types of dental malocclusion among individuals with no physiological curvature of the spine. No statistically significant relationship between gender and age it was observed. Data suggest there isan imbalance in the system can be closely related to the presence of postural changes in the spine.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Coluna Vertebral/crescimento & desenvolvimento , Coluna Vertebral/inervação , Oclusão Dentária , Postura
6.
Prosthes. Lab. Sci. ; 5(17): 69-75, oct.-dec. 2015. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-853892

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo demonstrar uma sequência de alongamentos com a finalidade de reduzir os riscos de desenvolvimento de lesão por esforço repetitivo (LER), além de problemas de coluna e musculares causados, muitas vezes, por vícios posturais inadequados em longas jornadas de trabalho as quais o técnico em prótese dentária se enquadra.


Assuntos
Transtornos Traumáticos Cumulativos , Exercícios de Alongamento Muscular , Postura
7.
Prosthes. Lab. Sci. ; 3(11): 205-210, abr.-jun. 2014. ilus, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-853819

RESUMO

Disfunção temporomandibular é um termo genérico para um grande número de distúrbios funcionais do sistema estomatognático. Por envolver a articulação temporomandibular e os músculos craniocervicofaciais, essa disfunção pode confundir o cirurgião dentista pois se assemelha a outras patologias de origem muscular. Neste trabalho é apresentado um caso clínico no qual se avalia as correlações entre desarranjos internos da articulação temporomandibular (DTM) e desordens na coluna cervical, com o objetivo de auxiliar o cirurgião-dentista a realizar a melhor conduta clínica em relação aos pacientes portadores de dor proveniente dessas disfunções musculares


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Cervicalgia , Placas Oclusais , Postura , Articulação Temporomandibular , Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular
8.
São Paulo; s.n; 2013. 237 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-866691

RESUMO

A desordem temporomandibular (DTM) de origem multifatorial pode estar associada a fatores oclusais e também a alterações posturais. O objetivo desse estudo foi investigar os efeitos do uso da placa sobre o equilíbrio postural em indivíduos dentados, não reprogramados, com sinais e sintomas de desordem temporomandibular (DTM). Colaboraram com a pesquisa 70 pacientes (59 placa e 21 controle), entre 18e 84 anos, de ambos os gêneros, diagnosticados com DTM por meio do questionário do RDC/TMD além de ressonância magnética da articulação temporomandibular. O estudo foi de ensaio clínico, randomizado, controlado, prospectivo e de intervenção. Foram respondidos os questionários de risco de quedas - FES-I e de qualidade de vida - SF-36 antes que fosse realizada a avaliação do equilíbrio postural por meio da plataforma de força. Cumprida estas etapas eram feita a randomização: o grupo da amostra recebia placa oclusal com critérios de estabilidade oclusal além de orientação para que fizesse exercícios terapêuticos, enquanto o grupo controle era orientado para fazer apenas exercícios terapêuticos. Após 12 semanas, os dois grupos eram reavaliados. A análise estatística foi feita por frequências, avaliação da associação entre grupos por teste de Fisher; medidas quantitativas considerando por média, mediana, desvio padrão, percentis 25 e 75 além de valores máximo e mínimo; as comparações entre os tempos fez uso de teste não paramétrico de Wilcoxon enquanto a entre grupos usou o teste de Mann-Whitney, com nível de significância de 5%.


O total de pacientes, que completou o estudo de risco de queda e qualidade de vida, era composto por 77% de mulheres, com média de idade de 42,5 anos. Os itens significantes do risco de queda contribuíram para reduzir a preocupação em cair da mesma forma que os de qualidade de vida auxiliaram o aumento dos domínios saúde mental, dor e vitalidade. Dos setenta pacientes, 64 completaram o RDC/TMD (47 placa e 17 controle), com diferenças significativas no que diz respeito ao diagnóstico de dor miofascial, deslocamento do disco, artralgia direita e esquerda, grau de dor crônica, depressão esomatização relacionada a placa. Dentre os mesmos 70 pacientes, 49 completaram o estudo sobre o equilíbrio postural (36 placa e 13 controle), que apresentou aumento significante na velocidade anteroposterior do CP nas condições olhos abertos e fechados (VAPoa e VAPof), durante a postura em pé no grupo placa. Concluiu-seque o uso da placa foi eficaz no tratamento da DTM sendo que seu efeito pode ser observado no equilíbrio postural a ponto de diminuir a preocupação em cair além de melhorar os domínios de saúde mental e dor, com consequente repercussão sobre a qualidade de vida.


Temporomandibular disorder (TMD) of multifactorial origin may be associated with occlusal factors but also with changes in posture. The objective of this study was to investigate the effects of the use of the occlusal splint on the postural equilibrium of non-reprogrammed, dentate individual with signs and symptoms of temporomandibular disorder. The research group consisted of 70 patients (59 with occlusal splints, 21 in the control group) between 18 and 84 years of age, of both genders, diagnosed with TMD by way of the RDC/TMD questionnaire and magnetic-resonance imaging of the temporomandibular joint. The research was performed via a randomized, controlled, prospective clinical study and intervention. The questionnaires regarding risk of falls - FES-I and quality of life - SF-36 were filled out before evaluating postural equilibrium by way of a force platform. In the randomization, the sample group received occlusal splint, occlusal-stability criteria, and advice about therapeutic exercises; the control group only received advice about therapeutic exercises. After 12 weeks, the groups were re-evaluated qualitatively by frequency, evaluation of the association between the group via Fisher testing; quantitatively via average, median, standard deviation, 25 and 75 percentiles, and minimum and maximum values; comparison between the times via non-parametric Wilcoxon testing and between the groups via Mann-Whitney testing with a threshold of significance of 5%. Of the universe of the patients patients who completed the risk-of-fall and quality-of-life study, 77% were women with an average of 42.2 years.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Postura , Placas Oclusais/efeitos adversos , Qualidade de Vida , Transtornos da Articulação Temporomandibular/reabilitação
9.
Araçatuba; s.n; 2013. 47 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-866802

RESUMO

A aplicação da ergonomia, ciência responsável pela organização do trabalho e os elementos que o constituem, é de fundamental importância na odontologia, considerando que a prevalência de doenças ocupacionais é alta entre os cirurgiões-dentistas. Os objetivos foram avaliar o cumprimento dos princípios ergonômicos na prática odontológica em diferentes especialidades, por acadêmicos e profissionais de odontologia e relatar o uso de novas tecnologias digitais no ensino da ergonomia. Trata-se de um estudo observacional, descritivo, realizado em um Laboratório de Ensaios Ergonômicos. Foram filmados, por quatro câmeras de monitoramento, 64 procedimentos odontológicos, realizados por seis formandos do Curso de Odontologia e por dois Cirurgiões-dentistas em quatro especialidades: Periodontia, Dentística, Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (CTBMF) e Endodontia. Os atendimentos foram avaliados segundo oito normas posturais ergonômicas preconizadas pela ISO/FDI para procedimentos odontológicos. Desenvolveu-se, com base nas observações do estudo, uma metodologia de ensino apoiada no uso de tecnologias e do aprendizado baseado em problemas, com 20 alunos, tendo as normas da ISO/FDI como fundamentação teórica. A especialidade de Endodontia foi a que apresentou os resultados mais baixos com média de 3,69 pontos positivos, seguido da CTBMF com 4,03, Dentística 4,26 e a Periodontia 5,99 pontos; o tempo médio de trabalho dos acadêmicos foi de 62,3 minutos. A posição das costas em relação ao encosto e à angulação incorreta das pernas foram os erros posturais mais visualizados. Observaram-se, durante procedimentos que demandaram maior tempo de trabalho, mais infrações às normas ergonômicas: (p<0,01). Na avaliação com profissionais, os atendimentos na especialidade de Periodontia estavam mais adequados ergonomicamente, com média de 5,4 pontos, ao contrário da Endodontia que teve uma baixa média de pontos positivos observados: 3,2. Foi alta a frequência de infrações dos...


The application of ergonomics, science responsible for the organization of work and the elements that constitute it, is of fundamental importance in dentistry, considering that the prevalence of occupational diseases is high among dentists. The objectives were to evaluate the fulfillment of ergonomic principles in dental practice in different specialties by academics and practitioners of dentistry and report the use of new digital technologies in the teaching of ergonomics. It was developed an observational, descriptive study conducted in a Laboratory of Ergonomics. It was filmed by four monitoring cameras, 64 dental procedures performed by 6 graduates of the School of Dentistry and 2 dentists in four specialties: Periodontics, Dentistry, Surgery and Traumatology Maxillo-Facial and Endodontics. The sessions were analyzed according to eight postural ergonomic standards recommended by the ISO / FDI for dental procedures. Developed, based on the observations of the study, a methodology for the teaching supported by the use of technology and problem-based learning, with 20 students, having the standards of ISO / FDI as theoretical foundation. The specialty of endodontics was the one with the lower results by the academics, with an average of 3.69 positive points, followed by Surgery and Traumatology Maxillo-Facial with 4.03, 4.26 of Dentistry, and Periodontics 5.99 points, the average time of academics work was 62.3 minutes. The position of the back against the backrest and leg incorrect angulation were the postural errors more displayed. Observed during the procedures that demanded more time working, more ergonomic rules infractions: (p <0.01). In evaluating professional, dental care in the specialty of Periodontics were more ergonomically adequate, averaging 5.4 points, as opposed to Endodontics, that had a low rate of positives points observed: 3.2 points. There was a high frequency of infractions of ergonomic principles among academics and professionals, and...


Assuntos
Humanos , Animais , Masculino , Recursos Humanos em Odontologia , Odontologia , Ergonomia , Postura , Ensino
10.
Braz. j. oral sci ; 11(3): 401-405, jul.-set. 2012. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-667681

RESUMO

Aim: To evaluate the effect to the degree of temporomandibular dysfunctions (TMD) in adolescents and occlusal classes in the cervical posture. Methods: A cross-section, observational study was carried out, in which 296 adolescents took part. For the evaluation, the patients were divided into groups according to the presence and severity of the TMD, using the Helkimo questionnaire and occlusal Angle classification. The posture analysis was carried out using photogrammetry and the software Alcimage® to measure the predefined angle based on the protuberances of the Spinous Process of the 7th cervical vertebra (C7), manubrium of the sternum and mentum vertex. Results: 48% (n= 142) of the 296 adolescents evaluated presented no dysfunction, while 52% (n= 154) presented some degree of TMD. Of the different degrees of TMD, the highest average cervical angulation observed in the group with moderate dysfunction was 97.59º ±7.40, followed by a mild degree, of 96.32º± 9.36, and the lowest average was 93.01º±10.08 in the patients with a severe degree in the different occlusal classes. In relation to occlusal class, higher values for this angulation were observed in class II (96.77º± 8.79), compared with class I (90.64º±8.80) and class III (94.67º± 10.70), a difference which was statistically significant. Conclusions: The subjects with TMD presented a greater alteration in head posture, compared with those without TMD. In particular, the Class II Angle was correlated with TMD and alterations in cervical posture.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Articulação Temporomandibular/lesões , Pescoço , Postura
11.
Braz. j. oral sci ; 11(3): 416-421, jul.-set. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-667684

RESUMO

Aim: To investigate the correlation between the craniocervical posture measurements obtained by the biophotogrammetric and cephalometric analysis. Methods: 80 women aged between 19 and 35 years were evaluated by the cephalometric and biophotogrammetric methods. The cephalometric variables were: CVA (position of flexion/extension of the head) CPL (forward head posture) CVT/EVT ratio (cervical column curvature). For the biophotogrammetric analysis, photography were analyzed in right profile being two angles related to the head forward posture (A1 and A2) and one related to flexion-extension head position (FE). It was also measured the curvature of the cervical spine by the cervical distance. The correlation between the craniocervical posture variables, as measured by the two methods of assessment, was analyzed by the Pearson’s correlation with a significance level of 5%. Results: It was observed a moderate and significant agreement (p=0.00) between the postural craniocervical variables that analyzed the flexionextension head position (FE and CVA) and the forward head (CPL and A1). The evaluation of the cervical curvature by the DC measure showed no correlation with the cephalometric variable CVT/EVT. Conclusions: The biophotogrammetric analysis can be preferably chosen for assessing the head posture. However, the cephalometric analysis appears to be the most indicated for the cervical curvature measurement, since it enables a more objective view of the bone structures without the influence of the soft tissues.


Assuntos
Humanos , Feminino , Cefalometria/métodos , Fotogrametria/métodos , Postura
12.
Braz. j. oral sci ; 11(2): 141-147, abr.-jun. 2012. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-654836

RESUMO

Aim: To evaluate the anatomical relationship between craniocervical posture and mandibularand hyoid bone position and the influence on the masticatory and swallowing functions. Methods:Thirty-six women aged 19 to 35 years without temporomandibular disorder diagnosis wereevaluated. Variables related to the craniocervical posture and mandibular and hyoid boneposition were obtained by cephalometric measurements. Masticatory and swallowing functionevaluations were performed according to a protocol of orofacial myofunctional evaluation withscores. Results: Significant correlations were observed between craniovertebral angle and thelinear distance from the hyoid bone to the mentum (p=0.02) and to the mandible (p=0.03). Theangle that measured the forward head position also demonstrated a significant correlation with thelinear distance between hyoid bone and jaw (p=0.00). The cervical curvature degree showed asignificant correlation with the linear distance from hyoid bone to the third cervical vertebra(p=0.01). Modifications of the cranium base inclination in relation to the cervical column at the twolevels (NSL/CVT and NSL/OPT) were the only variables, which showed a significant correlationwith the mandible position. Important craniocervical postural changes were observed in thesubjects, although there was no association between them and a higher frequency of atypicalbehaviors evaluated during masticatory and swallowing functions. Conclusions: Cephalometricfindings confirm the anatomical relationship between craniocervical posture, mandible and hyoidbone. However, association between craniocervical posture alterations and masticatory and swallowingfunction impairments was not detected. Such findings suggest that, in the presence of a musculoskeletalimbalance, the body readapts itself ensuring that alimentary functions will not be affected.


Assuntos
Cefalometria , Deglutição , Mastigação , Postura
13.
Braz. dent. sci ; 15(1): 53-60, 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-728076

RESUMO

The skull posture on the spine is an important factor for the diagnosis of craniomandibulars functional disorders in children, as well as in adults. Alterations in biomechanics may be evidenced in common x-rays. The aim of this study was to relate findings of craniocervical analysis with skeletal pattern Class I, II, III in individuals from 7 to 12 years old. X-rays of 92 individuals were taken by NHP method and digitalized for computerized analysis of skeletic patterns and craniocervical analysis. Descriptive analysis was used to relate craniocervical analysis values with the type of skeletal pattern presented by individuals. For skeletal pattern Class I, II and III, nasopharyngeal soft tissue percentage and oropharyngeal soft tissue linear quantity were above normality value; nasopharyngeal cervical plot was normal and hyoid triangle was positive for the majority of the individuals. The angular relationship between skull and cervical spine show values lower than those considered normal for skeletal pattern class I and II. It was concluded that in the majority of the individuals with skeletal pattern Class I, II and III had high values of airway blockage, head posterior rotation, nasopharyngeal cervical plot with normal values and positive hyoid triangle.


A postura do crânio sobre a coluna é um importante fator para o diagnóstico das desordens craniomandibulares funcionais tanto em crianças quanto em adultos. Alterações na biomecânica podem se evidenciadas em exames radiográficos convencionais. O objetivo neste estudo foi relacionar os achados da análise crânio-cervical com os padrões esqueléticos classe I, II e III em indivíduos com idade entre 7 e 12 anos. Radiografias de 92 indivíduos foram realizadas pelo método da postura natural da cabeça e digitalizadas para a análise computadorizada do padrão esquelético e análise cefalométrica crânio-cervical. A análise descritiva foi utilizada com o intuito de relacionar os valores da análise crânio-cervical com o tipo de padrão esquelético apresentado pelos indivíduos. Para os padrões esqueléticos classe I, II e III a porcentagem de tecido mole da nasofaringe e a quantidade linear de tecido mole da orofaringe estavam acima dos valores normais; o traçado nasofaríngeo-cervical foi normal e o triângulo hioideo positivo para a maioria dos indivíduos. A relação angular entre o crânio e coluna cervical mostrou valores menores do que aqueles considerados normais para os padrões esqueléticos Classe I e II. Pôde-se concluir que a maioria dos indivíduos apresentou altos valores de bloqueio das vias aéreas, rotação posterior do crânio, traçado nasofaríngeo-cervical com valores normais e triângulo hioideo positivo.


Assuntos
Humanos , Criança , Cefalometria , Postura , Radiologia , Crânio
14.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 65(5): 368-374, set.-ago. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-620679

RESUMO

O presente estudo teve como objetivos determinar a prevalência de Disfunções Crânio Cervicais (DCC) em voluntários portadores de Disfunções Temporomandibulares (DTM). Foram se¬lecionados 200 voluntários do serviço de triagem da Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade Estadual de Campinas, os quais foram avaliados por meio da ficha clínica ela¬borada pelo Centro de Estudos e Tratamento das Alterações Funcionais do Sistema Estomatognático (CETASE) para o diagnóstico de DTM. Os voluntários que apresentaram sinais e síntomas positivos para as DTM foram submetidos a um novo exame clínico para avaliação de DCC. Os resultados obtidos demonstraram uma prevalência de 69% de DCC em voluntários portadores de DTM. Os sinais e sintomas de maior prevalência para as duas patologias foram presença de ruído articular, dor nas articulações tem poro mandibulares e dor à palpação nos músculos mas¬seter e trapézio. Em conclusão, devido à significante prevalência da associação entre DCC e DTM se torna importante a investigação clínica das estruturas cervicais durantes os exames físicos para o diagnóstico das DTM.


The objective of the present study was to determine the prevalence of Cervical Spine Disfunction (CSD) in volunteers with Temporomandibular Disfunction (TMD). 200 volunteers were selected from the screening service of Dentistry School of Piracicaba, State University of Campinas, which were evaluated by records prepared by the Center for Research and Treatment of Functional Alterations of the Stomatognathic System (CETASE) for the diagnosis of TMD. Volunteers who presented positive signs and symptoms of TMD underwent a new clinical examination for C5D. The results showed a prevalence of 69% of CSD in volunteers with TMD. The most frequently signs and symptoms observed for the two diseases were the presence of joint noise, temporomandibular joint pain, pain on palpation in the masseter and trapezius muscles. In conclusion, due to the significant association between prevalence of CSD and TMD becomes important clinical research of neck structures during the physical examination for the diagnosis ofTMD.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cervicalgia/fisiopatologia , Transtornos da Articulação Temporomandibular/patologia , Neuroanatomia , Postura/fisiologia
15.
Bauru; s.n; 2011. 205 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865966

RESUMO

O diagnóstico de saúde, proporcionado pela epidemiologia, está inserido dentro das estratégias globais de planejamento e avaliação nos serviços de saúde. A aplicação de protocolos para o serviço público deve facilitar o gerenciamento das ações e resguardar os princípios de universalidade e eqüidade propostos pelo Sistema Único de Saúde. Os protocolos de avaliação podem traçar um plano exato e detalhado, permitindo fazer relações entre os achados fonoaudiológicos e seus constituintes. Desenvolver um protocolo de avaliação de motricidade orofacial, abrangendo as possíveis alterações motoras faciais, bem como, suas implicações nas funções estomatognáticas - para uso em pacientes adultos afásicos e/ou com possíveis alterações neurológicas - foi o objetivo desta pesquisa, já que as sequelas advindas de lesões cerebrais incluem distúrbios motores da face, distúrbios de fala e distúrbios de deglutição. Assim, a seleção de 8 (oito) artigos levou à criação do protocolo proposto para a avaliação de motricidade miofuncional orofacial de maneira fácil e padronizada. O protocolo proposto inclui a descrição de aspectos médicos e de saúde geral, além de a investigação das alterações posturais e dos aspectos morfológicos. Concluiu-se, pela importância da elaboração do protocolo, a preparação de um eficiente complemento terapêutico ao trabalho de estimulação da linguagem dos pacientes afásicos, bem como, pela sua utilidade como ferramenta na coleta epidemiológica de seus fatores de risco e os determinantes em saúde.


Health diagnosis, provided by epidemiology, is inserted into the global strategies for planning and evaluation in health services. The implementation of protocols for the public service should facilitate the management of actions and respect the principles of universality and equity proposed by Health System. Evaluation protocols can trace an exact and detailed plan, allowing making relations between speech-language findings and their constituents. Develop a protocol for evaluation of orofacial motor skills, including the possible changes in facial motor, as well as their implications for stomatognathic functions - for use in adult aphasic and/or with possible neurological disorders - was the aim of this study, as the consequences resulting brain injuries include motor disorders of the face, speech disorders and swallowing disorders. Therefore, the selection of eight articles led to the creation of the proposed protocol for the evaluation of orofacial myofunctional motor and easily standardized. It was described the medical and general health, besides having investigated postural changes and morphology. It was concluded that the develop the protocol was very important for the preparation of an efficient treatment plan to work with the concomitant stimulation of the language of aphasic patients, as well as for its usefulness as a tool in the collection of epidemiological risk factors and health determinants.


Assuntos
Humanos , Afasia/fisiopatologia , Protocolos Clínicos , Sistema Estomatognático/fisiopatologia , Deglutição/fisiologia , Mastigação/fisiologia , Postura/fisiologia , Respiração
16.
Fisioter. Bras ; 11(6): 411-416, Nov.-Dez 2010.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850797

RESUMO

Introdução: Portadores de Síndrome de Down (SD) apresentam a hipotonia como a principal alteração fenotípica, resultando na ocorrência de alterações posturais que, possivelmente, podem ser amenizadas com a prática de atividade física. A dança, enquanto modalidade de atividade física, possui um bom potencial para atenuar tais alterações. Objetivo: verificar a influência de um programa de dança sobre a postura corporal de um portador de Síndrome de Down. Material e métodos: Seis portadores de SD foram incluídos neste estudo, sendo quatro do sexo masculino e dois do sexo feminino, com faixa etária compreendida entre 15 e 28 anos de idade (média de 20,5 +- 5,0 anos). Utilizou-se como instrumento de avaliação da postura a biofotogrametria computadorizada, através do programa ALCimage 2.1. Para a análise estatística dos dados foi realizado o teste t pareado de Student com nível de significância ajustado em a=0,05. Resultados: Ao término da intervenção, constatou-se que não houveram modificações significativas em relação às variáveis posturais analisadas antes e após a participação no programa de dança. Conclusão: O programa de treinamento de dança não foi capaz de alterar significativamente o padrão postural dos participantes deste estudo.


Assuntos
Terapia através da Dança , Síndrome de Down , Postura
17.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 30(2): 29-32, jul.-dez. 2009. graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-856861

RESUMO

A postura corporal global interfere na posição da cabeça a qual por sua vez determina a postura da mandíbula e da língua na cavidade bucal, o que pode provocar transtornos na articulação temporomandibular. O propósito deste trabalho foi avaliar, por meio de fotogrametria, a correlação entre a postura corporal global e má oclusão em pacientes atendidos no Núcleo de Diagnóstico e Tratamento de DTM/ DMOP. Foram selecionados 30 pacientes com diagnóstico de transtorno da articulação temporomandibular, atendidos no Núcleo de Diagnóstico e Tratamento de DTM/ DMOP da Faculdade de Odontologia de Araçatuba, Unesp. Para avaliação da postura corporal global foi utilizada tela plástica transparente quadriculada em preto, medindo 2,00 x 0,70m, com quadriculado de 10x10cm e realizada fotografia digital de cada paciente utilizando-se máquina fotográfica digital DSC-S2000 Sony Cyber-shot 10.1 mega pixels, posicionada em tripé na altura da cicatriz umbilical, nivelado a 310 cm de distância da tela. Cada paciente foi avaliado e fotografado em quatro vistas: anterior, posterior, lateral direita e lateral esquerda. As análises posturais foram realizadas por um mesmo fisioterapeuta e a má oclusão igualmente por cirurgião-dentista calibrado. Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística e permitiram concluir que: a) a postura centralizada da cabeça se mostrou predominante nos pacientes com relação molar de classe I; b) a postura anteriorizada da cabeça foi observada em todos os pacientes com má oclusão de classe II; c) a posição posteriorizada da cabeça foi observada em todos os pacientes com má oclusão de classe III


The body posture interferes with the overall position of the head which in turn determines the position of the jaw and tongue in the oral cavity, which can cause temporomandibular joint disorders. The purpose of this study was to evaluate, by means of photogrammetry, the correlation between overall body posture and malocclusion in patients treated at the Center for Diagnosis and Treatment of TMD / DMOP. Were selected 30 patients diagnosed with temporomandibular joint disorder, seen in the Center for Diagnosis and Treatment of TMD / DMOP School of Dentistry of Araçatuba, Unesp. To assess the overall body posture was used transparent plastic screen checkered in black, measuring 2.00 x 0.70 m with a grid and held 10x10cm digital photo of each patient using a digital camera DSC-S2000 Sony Cyber-shot 10.1 mega pixels, positioned on a tripod at the height of the umbilicus, capped at 310 cm from the screen. Each patient was evaluated and photographed in four views: anterior, posterior, lateral right and left side. Postural Analyses were performed by the same physiotherapist and malocclusion also calibrated by the dentist. The data were statistically analyzed and showed that: a) centralized head posture showed predominant in patients with Class I molar relationship; b) the forward head posture was observed in all patients with Class II malocclusion; c) the posterior position of the head was observed in all patients with class III malocclusion


Assuntos
Humanos , Oclusão Dentária , Má Oclusão , Modalidades de Posição , Postura , Transtornos da Articulação Temporomandibular
18.
RGO (Porto Alegre) ; 57(4)out.-dez. 2009. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-533084

RESUMO

Objetivo: Avaliar a postura corporal de indivíduos com mordida cruzada posterior funcional, sendo esta uma das maloclusões que mais necessitam de tratamento ortodôntico. Métodos: Este trabalho apresenta uma análise postural entre crianças de 6 a 12 anos, que apresentam mordidas cruzadas posteriores funcionais, de ambos os gêneros, que estejam em dentadura decídua ou mista, sem nenhuma intervenção ortodôntica e ortopédica prévia. Foram obtidas imagens nos planos frontal e dorsal, nas quais foram analisadas: a assimetria ou simetria do indivíduo na imagem e no plano lateral, anteriorização, posteriorização ou normalidade. Resultados: Algum tipo de alteração postural foi apresentado em 100%, sendo a assimetria entre as escápulas (ombro) a maior alteração encontrada. Este é um dado de extrema importância nessa faixa etária, que representa uma fase de crescimento músculo esquelético. Conclusão: Das análises realizadas, obteve-se que todas as crianças apresentaram alterações posturais e também maloclusão, sendo de grande importância o tratamento, não somente do problema oral, mas também do problema postural, com a ajuda de uma equipe multidisciplinar.


Objective: To evaluate the posture of individuals with functional posterior crossbite, malocclusion is one of the most in need of orthodontic treatment. Methods: This work presents an analysis of postural among children 6 to 12 years who present functional posterior cross bite of both genders who are in mixed dentition or no intervention prior orthodontic and orthopedic. Was obtained images in the plans: front and back where it was analyzed the asymmetry or symmetry of the individual in the image and in the lateral, anterior, a posterior or normality. Results: 100% had some kind of postural change, and the asymmetry between the scapulae (shoulder) found the greatest change, as one of extreme importance in this age group represents a growing skeletal muscle. Conclusion: analyzes all of the children showed postural abnormalities and malocclusion are also of great importance not only to be treating the problem orally, but the postural problem with the help of a multidisciplinary team.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Má Oclusão/complicações , Postura
19.
Ciênc. odontol. bras ; 12(1): 56-62, 2009. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-524155

RESUMO

Atualmente, a cefalometria passa por questionamentos com relação a sua precisão em avaliar o grau e a localização da deformidade a ser tratada. A obtenção das radiografias laterais cefalométricas pela metodologia da postura natural da cabeça tem pouca popularidade no Brasil, talvez pelos poucos estudos existentes sobre o tema. Sendo assim, o objetivo no presente estudo foi verificar se houve diferença nos valores do traçado cefalométrico crânio-cervical, realizado em radiografias laterais cefalométricas digitalizadas obtidas pelas técnicas convencional e com postura natural de cabeça(PNC). Para tal propósito 92 indivíduos com idade cronológica entre 7 a 12 anos foram utilizados no estudo. Tais indivíduos foram radiografados duas vezes, sendo uma pelo método convencional e outra pelo método da postura natural da cabeça. A diferença entre os métodos foi verificada pelo teste de variância Anova dos valores da análise crânio-cervical realizada nas radiografias. Não foram encontradas diferenças estatísticas significantes entre os métodos de posicionamento para obtenção de radiografias laterais cefalométricas. A partir de tais resultados a necessidade da obtenção de radiografias laterais cefalométricas em PNC para a realização da análise crânio-cervical pode não ser fator determinante para a exatidão da análise.


Assuntos
Humanos , Criança , Cefalometria , Postura , Radiografia
20.
RGO (Porto Alegre) ; 57(4): 413-418, out.-dez. 2009. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873851

RESUMO

Objetivo: Avaliar a postura corporal de indivíduos com mordida cruzada posterior funcional, sendo esta uma das maloclusões que mais necessitam de tratamento ortodôntico. Métodos: Este trabalho apresenta uma análise postural entre crianças de 6 a 12 anos, que apresentam mordidas cruzadas posteriores funcionais, de ambos os gêneros, que estejam em dentadura decídua ou mista, sem nenhuma intervenção ortodôntica e ortopédica prévia. Foram obtidas imagens nos planos frontal e dorsal, nas quais foram analisadas: a assimetria ou simetria do indivíduo na imagem e no plano lateral, anteriorização, posteriorização ou normalidade. Resultados: Algum tipo de alteração postural foi apresentado em 100%, sendo a assimetria entre as escápulas (ombro) a maior alteração encontrada. Este é um dado de extrema importância nessa faixa etária, que representa uma fase de crescimento músculo esquelético. Conclusão: Das análises realizadas, obteve-se que todas as crianças apresentaram alterações posturais e também maloclusão, sendo de grande importância o tratamento, não somente do problema oral, mas também do problema postural, com a ajuda de uma equipe multidisciplinar.


Objective: To evaluate the posture of individuals with functional posterior crossbite, malocclusion is one of the most in need of orthodontic treatment. Methods: This work presents an analysis of postural among children 6 to 12 years who present functional posterior cross bite of both genders who are in mixed dentition or no intervention prior orthodontic and orthopedic. Was obtained images in the plans: front and back where it was analyzed the asymmetry or symmetry of the individual in the image and in the lateral, anterior, a posterior or normality. Results: 100% had some kind of postural change, and the asymmetry between the scapulae (shoulder) found the greatest change, as one of extreme importance in this age group represents a growing skeletal muscle. Conclusion: analyzes all of the children showed postural abnormalities and malocclusion are also of great importance not only to be treating the problem orally, but the postural problem with the help of a multidisciplinary team.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Má Oclusão/complicações , Postura
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA