Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 42
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2017. 42 p. ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-880382

RESUMO

O uso de membranas que auxiliem no processo de regeneração óssea guiada (ROG) é também uma vertente dos estudos de biomateriais compatíveis que auxiliam nesse processo de reparo. Objetivo: Avaliar por meio de estudo microscópico, histomorfométrico e imunoistoquimico a regeneração ! óssea guiada utilizando membranas de origens diferentes em defeitos críticos criados em calvária de ratos. Materiais e métodos: Foram utilizados 48 ratos Albinus Wistar divididos em 4 grupos, sendo 6 animais para cada grupo: grupo controle somente com coágulo; grupo controle positivo (Bio-Gide®), grupo experimental 1 que recebeu a membrana cortical de osso bovino mais delgada (Gen-Derm®) e o grupo experimental 2 que recebeu a membrana de cortical bovina mais espessa (Gen-Derm Flex®). Os períodos experimentais foram de 30e 60 dias. Os resultados histomorfométricos deste trabalho apontaram que a membrana de cQJágeno suíno juntamente com a membrana de cortical bovina de maior espessura apresentaram melhores índices de neoformação óssea. Resultado esse também confirmado pela imunoistoquimica. Contudo a membrana de cortical bovina de menor espessura também auxiliou no processo de ROG. Conclusão: todas as membranas estudadas nesta pesquisa promoveram a ROG, sendo que esse processo foi melhor nos grupos controle positivo e experimental 2(AU)


The use of membranes that aid in the guided bane regeneration (GBR) process is also a part of compatible biomaterials studies that aid in this repair process. Objective: To compare different membranes used in critical-size defect of rat calvaria through assessment of GBR, histomorphometric and immunohistochemical reactions. Materials and Methods: 48 male albinus wistar rats were divided into four groups (n=6): control group without membrane (only blood clot/negative control); porcine collagen membrane group (Bio- Gide®/positive control); group that received bovine cortical membrane (Gen- Derm®/experimental 1 group) and group that received ticker bovine cortical membrane (Gen-Derm Flex®/ experimental 2 group). The animals were euthanized at 30 and 60 days postoperatively. The histomorphometric and immunohistochemical results showed that purcine collagen and thicker bovine cortical membranes presented better newly bone formation values, however the less thick membrane also assisted in the GBR. Conclusion: Ali membranes analysed in this study promoted guided bone regeneration, which this process was better in the positive control and experimental 2 groups(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Materiais Biocompatíveis , Regeneração Óssea , Membranas , Osso e Ossos , Regeneração
2.
São Paulo; s.n; 2016. 92 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867989

RESUMO

Membranas celulares (MCs; Cell Sheets), constituídas por células-tronco (CTs), são autodestacáveis da placa de cultivo, e sem subcultivos geram grande quantidade de células que podem ser transplantadas de maneira mais próxima da fisiologia celular, mantendo-se as ligaçُões celulares e a matriz extracelular produzidas em cultura. O Ácido ascórbico ou vitamina C (VC) tem efeito indutor da formação destas MCs, aumentando a longevidade e tempo de indiferenciação das CTs. A similaridade observada entre respostas biológicas da VC em MCs e aquelas da Laserfototerapia (LFT) sobre células e tecidos, nos levou à hipótese de que estas terapias poderiam se complementar melhorando o prognóstico de futura aplicação clínica dessas MCs em regenerações tecidos de interesse odontológico. Para testar essa hipótese, LFT e VC foram aplicadas associadas ou não na indução de MCs de células-tronco da polpa dentária humana (hDPSCs). Para tanto, hDPSCs descongeladas, que expressaram níveis típicos de marcadores de superfície de células-tronco mesenquimais, foram plaqueadas em placas de 6 poços (5x104 células por poço). Vinte e quatro horas depois do plaqueamento as culturas foram submetidas aos tratamentos dos grupos experimentais: Controle: hDPSCs em P3 cultivadas com meio clonogênico; Senescente: hDPSCs em P27 cultivadas com meio clonogênico; VC: P3 cultivadas com meio clonogênico acrescido de VC (20µg/ml); Laser: P3 cultivadas com meio clonogênico e submetido à LFT (contato e pontual - 5 pontos / poço, 660 nm, 20 mW, 0,028 cm², 0,71 W/cm², 7 segundos, 5 J/cm², 0,14 J por ponto, 48 horas de intervalo) e Laser+VC: P3 cultivadas com meio clonogênico acrescido de VC e submetido


à LFT. Em 24 horas, 7 e 13 dias as hDPSCs dos diferentes grupos experimentais foram observadas macro e microscopicamente, e atividade da enzima telomerase foi avaliada por PCR-TRAP, complementado por ELISA. Para a avaliação da expressão de genes relacionados à natureza e indiferenciação (Mitofilina e Oct 4) e à longevidade (fase catalíca da enzima telomerase - hTERT); bem como à senescência das células do grupo senescente (­­ß-galactosidase), as hDPSCs de todos os grupos experimentais foram submetidas ao RT-qPCR As hDPSCs foram capazes de formar MCs somente nos grupos VC e Laser+VC (100%), entre 10 e 13 dias. As MCs do grupo Laser+VC apresentaram maior facilidade na manipulação. Atividade de Telomerase nas hDPSCs foi observada somente em 24 horas (Controle e LFT) e em 7 dias (VC e Laser+VC). Os marcadores de indiferenciação (Oct 4) e mesenquimal (mitofilina), bem como a hTERT foram expressos nas hDPSCs de todos os grupos experimentais. O Oct4 e o hTERT, em 7 dias, apresentaram expressões significativamente maiores nos grupos VC e Laser+VC em comparação com os demais (p < 0,0001, p = 0,0009, respectivamente). A expressão da mitofilina foi significativamente maior no grupo Laser+VC, em 7 dias (p =0,033). A técnica de obtenção de MCs de hDPSCs por essa metodologia foi considerada adequada para ser testada em procedimentos regenerativos. A LFT quando associada à VC não interferiu na formação das MCs, nem na manutenção da longevidade e indiferenciação das hDPSCs. Adicionalmente, a LFT melhorou a manipulação das MCs. Assim sendo, a associação de VC e LFT na indução de MCs parece promissora para futura utilização de MCs na odontologia regenerativa.


Cell Sheets, consisting of stem cells (SCs) are self detachable from the cultivation plate, and with no subcultivation can generate large amount of cells. The cell sheets can be transplanted closer to cell physiology environment by keeping the cell connections and the extracellular matrix produced in culture. Ascorbic acid or Vitamin C (VC) has inductive effect on cell sheet formation, increasing the longevity and the stemness of the cell for long period of time. The similarity between biological responses of VC in cell sheets and those of Laserphototherapy (LPT, Laser) on cells and tissues led us to hypothesize that these therapies could improve the prognosis of future clinical application of these cell sheets in regeneration of dental tissues. To test this hypothesis, LPT and VC were applied, associated or not, to induce human dental pulp stem cells (hDPSCs). Therefore, hDPSCs, which expressed typical levels of mesenchymal stem cell surface markers, were plated in 6-well plates (5x104 cells per well). Twenty-four hours later they were subjected to the treatment of experimental groups: Control: hDPSCs in P3 cultured with regular medium; Senescent: hDPSCs in P27 cultured with regular medium; VC: P3 cultured with regular medium supplemented with VC (20 ?g/ml); Laser: P3 cultures with regular medium and submitted to LPT (punctual and contact mode-5 points / well, 660 nm, 20 mW, 0.028 cm², 0.71 W/cm²,


7 sec, 5 J/cm², 0.14 J per point, 48 hours-intervals) and Laser+VC: P3 cultured with regular medium supplemented with VC and submitted to LPT Within 24 hours, 7 and 13 days the hDPSCs of the different experimental groups were observed macroscopically and microscopically, and the telomerase enzyme activity was assessed by PCR-TRAP, complemented by ELISA. To evaluate the expression of genes related to the nature and differentiation (Mitofilina and Oct 4), longevity (catalytic phase of telomerase-hTERT enzyme), and the senescence of the senescent group cells (?-galactosidase), the hDPSCs of all experimental groups were subjected to RT-qPCR. The RT-qPCR data were compared by ANOVA complemented by the Tukey's test (p <= 0.05). The hDPSCs were able to form cell sheets only in the VC and Laser+VC groups (100%). Additionally, the cell sheets of the Laser+VC group presented easier handling...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Ácido Ascórbico/administração & dosagem , Ácido Ascórbico/efeitos adversos , Células-Tronco/classificação , Lasers/efeitos adversos , Lasers , Membrana Celular/classificação , Membrana Celular/genética , Membrana Celular/metabolismo , Regeneração , Células-Tronco
3.
Araçatuba; s.n; 2015. 49 p. tab, ilus.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867457

RESUMO

OBJETIVO: Este estudo avaliou o efeito do veículo na eficácia da irrigação com agulha associada ou não com irrigação ultrassônica passiva (IUP) na remoção da pasta tri antibiótica do canal radicular. MÉTODOS: O canal radicular de 60 dentes uniradiculares foi preparado com instrumento rotatório ProTaper até a lima F4. Vinte canais radiculares foram obturados com pasta triantibiótica (PTA), preparados com macrogol mais propilenoglicol, água destilada ou propilenoglicol. Após 4 semanas de armazenamento em estufa, foi realizada irrigação com agulha utilizando hipoclorito de sódio a 2,5%, associada ou não com a IUP para a remoção da PTA. Seis grupos de 10 espécimes foram tratados de acordo com o protocolo de veículos e de irrigação. As raízes foram divididas longitudinalmente e a quantidade de pasta antibiótica restantes foi avaliada através de estereomicroscópico com aumento de 20 vezes e por MEV utilizando um sistema de pontuação 4-grades. Os dados foram avaliados estatisticamente através dos testes Kruskal Wallis e Dunn’s com um nível de confiança de 95% (p = 0,05). RESULTADOS: O uso da IUP não melhorou a remoção da PTA (p> 0,05). Não houve diferença estatisticamente significante entre os terços coronal, médio e apical(p> 0,05). Nos terços médio e apical, a PTA com propilenoglicol como veículo apresentou mais resíduos do que a PTA preparada com água destilada (p <0,05). Água destilada ou macrogol mais propilenoglicol foram semelhantes independentemente do terço do canal radicular considerado. CONCLUSÕES: Não foi possível remover completamente a PTA dos canais radiculares mesmo com a utilização da IUP. Água destilada ou macrogol mais propilenoglicol são melhores como veículo para favorecer a remoção de qualquer resíduo da PTA


AIM: This study evaluated the interference of the triple antibiotic paste vehicle on its removal from the root canal using needle irrigation with or without passive ultrasonic irrigation (PUI). METHODS: Sixty root canals were prepared up to F4 ProTaper and were filled with triple antibiotic pastes (TAP) prepared with macrogol plus propylene glycol, distilled water, or propylene glycol. After 4 weeks of stove storage, needle irrigation with 2.5% sodium hypochlorite with or without PUI was used for TAP removal. The roots were longitudinally split and the amount of remaining antibiotic pastes and cleaning of the dentinal tubule were evaluated under a stereomicroscope and SEM. The data were statistically evaluated using the Kruskal Wallis and Dunn’s tests (p = .05). RESULTS: In the middle and apical thirds, TAP with propylene glycol remained more than that prepared with distilled water (p < .05). Distilled water or macrogol plus propylene glycol were similar independently of the root canal third. The use of PUI did not improve the removal of the TAP (p > .05). There were no statistically significant differences between the coronal, medium or apical thirds (p > .05). CONCLUSIONS: None vehicle allowed the complete paste removal and cleaning of the dentinal tubule from the root canal and despite the use of PUI. Distilled water or macrogol plus propylene glycol as vehicle favored smaller remnant of TAP in the apical and middle thirds


Assuntos
Antibioticoprofilaxia , Cavidade Pulpar , Endodontia , Regeneração , Irrigação Terapêutica
4.
Araçatuba; s.n; 2015. 49 p. tab, ilus.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870079

RESUMO

OBJETIVO: Este estudo avaliou o efeito do veículo na eficácia da irrigação com agulha associada ou não com irrigação ultrassônica passiva (IUP) na remoção da pasta tri antibiótica do canal radicular. MÉTODOS: O canal radicular de 60 dentes uniradiculares foi preparado com instrumento rotatório ProTaper até a lima F4. Vinte canais radiculares foram obturados com pasta triantibiótica (PTA), preparados com macrogol mais propilenoglicol, água destilada ou propilenoglicol. Após 4 semanas de armazenamento em estufa, foi realizada irrigação com agulha utilizando hipoclorito de sódio a 2,5%, associada ou não com a IUP para a remoção da PTA. Seis grupos de 10 espécimes foram tratados de acordo com o protocolo de veículos e de irrigação. As raízes foram divididas longitudinalmente e a quantidade de pasta antibiótica restantes foi avaliada através de estereomicroscópico com aumento de 20 vezes e por MEV utilizando um sistema de pontuação 4-grades. Os dados foram avaliados estatisticamente através dos testes Kruskal Wallis e Dunn’s com um nível de confiança de 95% (p = 0,05). RESULTADOS: O uso da IUP não melhorou a remoção da PTA (p> 0,05). Não houve diferença estatisticamente significante entre os terços coronal, médio e apical(p> 0,05). Nos terços médio e apical, a PTA com propilenoglicol como veículo apresentou mais resíduos do que a PTA preparada com água destilada (p <0,05). Água destilada ou macrogol mais propilenoglicol foram semelhantes independentemente do terço do canal radicular considerado. CONCLUSÕES: Não foi possível remover completamente a PTA dos canais radiculares mesmo com a utilização da IUP. Água destilada ou macrogol mais propilenoglicol são melhores como veículo para favorecer a remoção de qualquer resíduo da PTA.


AIM: This study evaluated the interference of the triple antibiotic paste vehicle on its removal from the root canal using needle irrigation with or without passive ultrasonic irrigation (PUI). METHODS: Sixty root canals were prepared up to F4 ProTaper and were filled with triple antibiotic pastes (TAP) prepared with macrogol plus propylene glycol, distilled water, or propylene glycol. After 4 weeks of stove storage, needle irrigation with 2.5% sodium hypochlorite with or without PUI was used for TAP removal. The roots were longitudinally split and the amount of remaining antibiotic pastes and cleaning of the dentinal tubule were evaluated under a stereomicroscope and SEM. The data were statistically evaluated using the Kruskal Wallis and Dunn’s tests (p = .05). RESULTS: In the middle and apical thirds, TAP with propylene glycol remained more than that prepared with distilled water (p < .05). Distilled water or macrogol plus propylene glycol were similar independently of the root canal third. The use of PUI did not improve the removal of the TAP (p > .05). There were no statistically significant differences between the coronal, medium or apical thirds (p > .05). CONCLUSIONS: None vehicle allowed the complete paste removal and cleaning of the dentinal tubule from the root canal and despite the use of PUI. Distilled water or macrogol plus propylene glycol as vehicle favored smaller remnant of TAP in the apical and middle thirds.


Assuntos
Antibioticoprofilaxia , Cavidade Pulpar , Endodontia , Regeneração , Irrigação Terapêutica
6.
Dent. press endod ; 4(2): 26-28, maio-ago. 2014.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-724345

RESUMO

Todas nós fomos formadas durante a embriogênese. Algumas de nós, as escolhidas, vieram do epitélio bucal e outras, do ectomesênquima (tecido de origem neural). Me refiro às escolhidas por que, ainda na fase intrauterina do ser humano que eu costumava habitar, elas receberam o estímulo necessário para participar do espetáculo clássico intitulado “A formação dentária”, e se diferenciaram em lindas células ameloblásticas, odontoblásticas, cementoblásticas ou osteoblásticas. Cada uma tinha uma função específica, e algumas delas exercem essa função até hoje.(AU) [...]


Assuntos
Polpa Dentária , Polpa Dentária/transplante , Regeneração , Células-Tronco
7.
ImplantNews ; 11(3): 339-350, 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-730883

RESUMO

A fibrina rica em plaquetas e leucócitos (L-PRF) vem sendo pesquisada e utilizada para manter o volume do rebordo alveolar após a exodontia, evitando, assim, procedimentos reconstrutivos futuros. A L-PRF é considerada uma nova geração de agregados plaquetários, preparado a partir do próprio sangue do paciente, e atua em fases fundamentais do processo de reparação, como angiogênese, controle imunológico, liberação de fatores de crescimento e de células mesenquimais indiferenciadas. Atua, também, servindo de arcabouço para a migração epitelial, sendo indicado em diversas situações de reparo ósseo ou gengival, como a preservação do alvéolo pós-exodontia. Este trabalho apresenta casos clínicos de preservação do rebordo alveolar utilizando a L-PRF, sozinha ou associada a um biomaterial. Foram selecionados três casos clínicos com diferentes abordagens terapêuticas. Nos dois primeiros casos, fez-se a exodontia e a preservação do rebordo, para posterior instalação do implante. No terceiro caso, o implante foi imediatamente instalado. No caso 1, o alvéolo era amplo e as paredes estavam intactas, por isso a L-PRF foi utilizada sozinha. Nos casos 2 e 3, que apresentavam maior potencial de reabsorção óssea, a L-PRF foi associada a um biomaterial. Os casos foram acompanhados por um período de um ano após a instalação do implante.


Leukocyte- and Platelet-Rich Fibrin (L-PRF) has been widely researched and used to keep the alveolar ridge volume after extraction, avoiding future reconstructive procedures. Leukocyte and platelet-rich fibrin is a newly developed platelet concentrate prepared from the patient’s own blood. The L-PRF acts at crucial stages in the repair process as angiogenesis, immune control, release of growth factors and undifferentiated mesenchymal cells. It also acts as a framework for the epithelial migration being indicated in several situations for bone and gingival repair, including the dental socket preservation after a tooth removal. The aim of this study is to present clinical cases of alveolar ridge preservation using L-PRF, unaided or associated to a biomaterial. Three clinical cases were selected with different therapeutics. On the first two cases, the tooth was removed and the alveolar ridge was preserved for later implant placement. On the third case, the implant was immediately placed. On the first case, the socket was wide and the walls were intact, that’s why the L-PRF was used alone. On the second and third case, that presented higher bone resorption risk, the L-PRF was used associated with a biomaterial. The cases were followed up for one-year period after the implant placement.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Plaquetas , Implantação Dentária , Fibrina , Regeneração
8.
Stomatos ; 19(36): 53-58, jan.-jun. 2013.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-716526

RESUMO

Desde a descoberta da célula-tronco, diversos profissionais da área da saúde têm se utilizado dessa alternativa como importante meio para combater muitas doenças, principalmente aquelas cuja cura tem desafiado a ciência. Uma célula-tronco é uma unidade não especificada, com grande potencial de autorrenovação, capaz de organizar diferentes tipos celulares no organismo. Várias pesquisas apontam para a utilização de células-tronco embrionárias ou adultas na formação dental, regeneração tecidual e óssea. Baseado na importância deste tema, este estudo teve por objetivo fazer uma revisão da literatura sobre estudos e aplicabilidade dessas células na odontologia.


Since stem cells were discovered, professionals in many different areas of healthcare have been using them as an important tool for fighting diseases, particularly diseases for which science has been unable to find cures. A stem cell is an undifferentiated unit with powerful self-renewal properties that is capable of organizing other cell types in the body. Many studies have shown the utility of embryonic or adult stem cells for forming teeth and for regeneration of bone and soft tissues. In view of the importance of the subject, this article provides a review of the literature on studies of stem cells and their potential applications in dentistry.


Assuntos
Bioengenharia , Odontologia , Regeneração , Células-Tronco
10.
Araçatuba; s.n; 2013. 113 p. tab, graf, ilus.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867312

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a resposta tecidual ao implante de tubos de polietileno preenchidos com pasta triantibiótica (PTA) composta de ciprofloxacina, minociclina e metronidazol, veiculada com propilenoglicol e polietilenoglicol (macrogol), em tecido subcutâneo de ratos e, caracterizar, histologicamente, os tecidos neoformados pós-procedimento endodôntico regenerativo, empregando o coágulo ou o coágulo suplementado com plasma rico em plaquetas (PRP), aspirado de medula óssea (AMO), ou a mistura PRP/BMA, pós-desinfecção com PTA. Estudo para avaliar a biocompatibilidade da pasta: Trinta ratos receberam 2 implantes individuais de tubos de polietileno preenchidos com PTA ou pasta de hidróxido de cálcio (PHC) e um outro tubo vazio como controle. Trinta ratos adicionais receberam tubos de polietileno contendo os veículos da pasta propilenoglicol e macrogol e um procedimento somente de incisão, sem implante de tubo (Sham). Após 7, 15, 30, 60, e 90 dias, 12 animais foram sacrificados, e os tubos foram removidos e processados histologicamente pela técnica do glicolmetacrilato e corados com hematoxilina e eosina. Os scores variaram de 0 a 3, dependendo do teor de células inflamatórias, a cápsula fibrosa foi considerada fina ou espessa, e a necrose e a calcificação foram registradas como presentes ou ausentes. Os resultados foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis. Ambos os materiais induziram reações moderadas aos 7 e 15 dias sendo similares ao grupo controle (p>0.05) e reduziram para grau leve a partir de 30 dias (p>0.05). Os veículos não interferiram na resposta da pasta. A pasta triantibiótica assim com seus respectivos veículos foram biocompatíveis em todos os períodos experimentais. Estudo para análise histológica dos tecidos neoformados com diferentes estratégias de engenharia tecidual: 20 dentes (40 raízes), de 2 cães da raça Beagle, foram expostos ao meio bucal pelo período de 90 dias para indução de lesão periapical. Os canais foram preparados...


This study aimed to evaluate the tissue response to the implantation of polyethylene tubes filled with a triantibiotic paste (TAP) composed of ciprofloxacin, metronidazole and minocycline conveyed with propylene glycol and polyethylene glycol (macrogol) in subcutaneous tissue of rats and characterize histologically the newly formed tissues post regenerative endodontic procedure employing the blood clot (BC) or BC supplemented with platelet-rich plasma (PRP), bone marrow aspirate (BMA) or a mixture of PRP/ BMA, post-disinfection with TAP. Study to evaluate TAP biocompatibility: Thirty rats received two individual implants of polyethylene tubes filled with TAP or calcium hydroxide paste (CHP) and another empty tube as a control. Thirty other rats received additional polyethylene tubes implants containing the paste vehicles (propylene glycol and macrogol) and an incision procedure (Sham group). After 7, 15, 30, 60, and 90 days, 12 animals were killed, and the tubes were removed and processed for histological examination. The scores ranged from 0 to 3 depending on content of inflammatory cells, the fibrous capsule was considered thin or thick, and necrosis and calcification were recorded as present or absent. The results were analyzed using the Kruskal-Wallis test. Both materials induced moderate reactions at 7 and 15 days which was similar to the control group (p> 0.05) and reduced to mild after 30 days (p> 0.05). The vehicles did not affect the tissue response to the paste. The TAP and their respective vehicles were biocompatible in all experimental periods. Study to histologically evaluate newly formed tissues after regenerative treatment: 20 teeth (40 roots), from 2 Beagle dogs, had their root canals exposed to the oral environment for 90 days to induce apical periodontitis. The canals were prepared until the apical barrier with Protaper files # F3 and the apical cementum barrier was penetrated with a #15 K-file, creating a foramen-like communication. The...


Assuntos
Animais , Cães , Ratos , Hidróxido de Cálcio , Tecido Conjuntivo , Endodontia , Plasma Rico em Plaquetas , Regeneração , Transplante de Células-Tronco , Engenharia Tecidual , Ratos Wistar
11.
Perionews ; 7(6): 581-586, nov.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-853606

RESUMO

Estudos recentes mostraram que o ligamento periodontal abriga populações celulares com características de células-tronco adultas, as quais são denominadas como células progenitoras ou indiferenciadas de origem mesenquimal. O sucesso da regeneração dos tecidos periodontais depende de uma série de eventos biológicos, os quais envolvem a migração e a proliferação das células indiferenciadas para o interior do defeito periodontal, e sua subsequente diferenciação em osteoblastos, cementoblastos e fibroblastos, acompanhada pela síntese de componentes das matrizes teciduais. Alguns estudos na área médica mostraram que as propriedades biológicas das células-tronco podem ser alteradas após a exposição tecidual a um processo inflamatório crônico, comprometendo o seu potencial regenerativo. Desta maneira, o presente estudo teve como objetivo realizar uma revisão da literatura das evidências disponíveis a respeito do impacto da doença periodontal inflamatória crônica sobre as propriedades regenerativas das células mesenquimais indiferenciadas, localizadas nas estruturas periodontais remanescentes


Assuntos
Periodontite Crônica , Inflamação , Lipopolissacarídeos , Células-Tronco Mesenquimais , Regeneração
12.
ImplantNews ; 9(4): 519-526, 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-729988

RESUMO

O uso dos concentrados de plaquetas em leitos cirúrgicos gera muita controvérsia sobre o seu real benefício clínico. Isto ocorre porque existem vários protocolos e produtos, que se diferem no aspecto biológico e no potencial de aplicação, os quais são tratados como se fossem uma única modalidade de tratamento. O objetivo desta revisão foi relatar as principais características destes concentrados, destacando-se as indicações da L-PRF (fibrina rica em plaquetas e leucócitos), considerada uma segunda geração destes derivados sanguíneos


The use of platelet concentrates on surgical sites generates a lot of controversy about its real clinical benefit. This is attributed to the different modified protocols and products used, resulting in different biological effects and potential applications, which are treated as if they were a single treatment modality. The aim of this review was to report the main characteristics of these concentrates, emphasizing the indications of leucocyte and platelet-rich fibrin (L-PRF), considered a second generation of these blood products.


Assuntos
Plaquetas , Fibrina , Regeneração
13.
Dent. press endod ; 2(1): 14-22, 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-837336

RESUMO

O conceito: A reconstrução das áreas lesadas ou destruídas no corpo humano pode ser feita por dois mecanismos distintos e não comparáveis entre si, pois acontecem em situações diferentes, sem competirem entre si: a reparação e a regeneração.


Assuntos
Humanos , Osso e Ossos/fisiologia , Tecido Conjuntivo , Odontologia , Fibrose , Tecido de Granulação , Regeneração
14.
Dent. press implantol ; 5(4): 16-22, Oct.-Dec. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-699630

RESUMO

A confusão conceitual e o diagnóstico microscópico equivocado são comuns no emprego dos termos tecido de granulação e granuloma. Quando as áreas lesadas estão livres do agente agressor, o tecido de granulação, um tecido quase embrionário, forma-se no local para dar lugar a um novo tecido conjuntivo, restabelecendo-se a normalidade e/ou preenchendo espaços. Por outro lado, a persistência do agressor promove a continuidade da inflamação com macrófagos e células derivadas circunscrevendo-os, limitando sua agressividade. Esses aglomerados de macrófagos ao redor do persistente agressor recebem o nome de granulomas, um sinônimo de inflamação crônica. Apesar da sonoridade parecida, os termos granuloma e tecido de granulação representam fenômenos distintos e não devem ser utilizados como sinônimos nas análises microscópicas, pois isso induz a interpretações equivocadas.


The conceptual confusion and the mistaken microscopical diagnosis are often when using the terms granulation tissue and granuloma. When the wounded areas are free of the aggressor agent, the granulation tissue, an almost embryonic tissue, is formed on the area to give place to a new conjunctive tissue, reestablishing the normality and/or filling the spaces. On the other hand, the aggressor persistence promotes the inflammation continuation with macrophages and derived cells, limiting its aggressiveness. These macrophages agglomerated around thepersistent aggressor receive the name of granulomas, synonym of chronicle inflammation. Despite of the similar sonority, the terms granuloma and granulation tissue represent different phenomena and must not be used as synonyms in the microscopical analyses because this would lead to mistaken interpretations.


Assuntos
Tecido de Granulação , Granuloma/classificação , Terminologia como Assunto , Diagnóstico Diferencial , Inflamação , Regeneração
15.
Rev. dental press periodontia implantol ; 4(4): 18-27, out.-dez. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-594809

RESUMO

A reconstrução das áreas lesadas em nosso corpo pode ser feita por reparação ou por regeneração. O que determina se vai ser reparação ou regeneração não é o resultado final, mas sim o tipo de tecido envolvido. Os tecidos conjuntivos são os únicos vascularizados e, quando inflamam — ou quando o sangue coagula no seu interior —, imediatamente se forma uma rede de fibrina invadida por brotos de células endoteliais, que aparecem nas paredes dos vasos vizinhos e formam, na área lesada, uma rica trama de vasos neoformados. A angiogênese (como esse fenômeno é conhecido) representa um dos fenômenos essenciais da reparação tecidual.


Assuntos
Odontologia , Osso e Ossos/fisiologia , Regeneração , Tecido Conjuntivo , Fibrose , Tecido de Granulação , Terminologia como Assunto
16.
Odontol. clín.-cient ; 9(1)jan.-mar. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541600

RESUMO

A busca por novas terapias com o intuito de restaurar a antigridade estrutural do periodonto, destruído pela progressão da doença periodontal, tem ganho novas perspectivas com os avanços das pesquisas com células-tronco e a bioengenharia tecidual. Além do embrião, as células-tronco também são encontradas em vários órgãos e tecidos do indivíduo adulto, onde participam homeostase tecidual, gerando novas células devido à renovação fisiológica e abrindo novas perspectivas para a regeneração e recuperação de tecidos e órgãos. Tais populações celulares ou células-tronco adultas tem sido facilmente identificadas pela sua morfologia e localização em alguns tecidos. A ideia de que estas células estão presentes no ligamento periodontal é baseada na capacidade reparadora destas, uma vez que podem se diferenciar em osteoblastos, cementoblastos, fibroblastos e componentes do tecido conjuntivo. Esta revisão de literatura tem como objetivo elucidar a identificação de células-tronco no ligamento periodontal, tendo em vista o interesse no potencial regenerativo dessas células e na sua aplicabilidade na regeneração periodontal.


The search for new therapies to restore the structural integrity of the periodontium, destroyed by the progression of periodontal disease, has gained new perspectives with the advance in stem cell research and tissue bioengineering. In addition to the embryo, stem cells are also found in various organs and tissues of adult individuals, where they take part in tissue homeostasis, generating new cells owing to physiological renewal and opening new perspectives for regenerating and recoveringtissues and organs. These cell populatithe or adult stem cells have been easily identified by their morphology and location in a of tissues. The idea that these cells are present in the periodontal ligament is based on the repairing capacity of these cells, given that they can be differentiated in osteoblasts, cementoblasts, fibroblasts and conjunctive tissue components. This literature review aims to discuss the identifying of stem cells in the periodontal ligament, in light of the interest in the regenerative potential of these cells and in their applicability for periodontal regeneration.


Assuntos
Células-Tronco Mesenquimais , Ligamento Periodontal , Regeneração
17.
Odontol. clín.-cient ; 9(1): 7-12, jan.-mar. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873893

RESUMO

A busca por novas terapias com o intuito de restaurar a antigridade estrutural do periodonto, destruído pela progressão da doença periodontal, tem ganho novas perspectivas com os avanços das pesquisas com células-tronco e a bioengenharia tecidual. Além do embrião, as células-tronco também são encontradas em vários órgãos e tecidos do indivíduo adulto, onde participam homeostase tecidual, gerando novas células devido à renovação fisiológica e abrindo novas perspectivas para a regeneração e recuperação de tecidos e órgãos. Tais populações celulares ou células-tronco adultas tem sido facilmente identificadas pela sua morfologia e localização em alguns tecidos. A ideia de que estas células estão presentes no ligamento periodontal é baseada na capacidade reparadora destas, uma vez que podem se diferenciar em osteoblastos, cementoblastos, fibroblastos e componentes do tecido conjuntivo. Esta revisão de literatura tem como objetivo elucidar a identificação de células-tronco no ligamento periodontal, tendo em vista o interesse no potencial regenerativo dessas células e na sua aplicabilidade na regeneração periodontal.


The search for new therapies to restore the structural integrity of the periodontium, destroyed by the progression of periodontal disease, has gained new perspectives with the advance in stem cell research and tissue bioengineering. In addition to the embryo, stem cells are also found in various organs and tissues of adult individuals, where they take part in tissue homeostasis, generating new cells owing to physiological renewal and opening new perspectives for regenerating and recoveringtissues and organs. These cell populatithe or adult stem cells have been easily identified by their morphology and location in a of tissues. The idea that these cells are present in the periodontal ligament is based on the repairing capacity of these cells, given that they can be differentiated in osteoblasts, cementoblasts, fibroblasts and conjunctive tissue components. This literature review aims to discuss the identifying of stem cells in the periodontal ligament, in light of the interest in the regenerative potential of these cells and in their applicability for periodontal regeneration.


Assuntos
Células-Tronco Mesenquimais , Ligamento Periodontal , Regeneração
18.
Araraquara; s.n; 2010. 110 p. ilus.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865543

RESUMO

Foram utilizados 60 dentes humanos nessa pesquisa. No primeiro experimento, 15 dentes extraídos por doença periodontal foram selecionados para avaliar a influência da irradiação com laser de Er,Cr: YSGG sobre a morfologia e adesão de células sanguíneas sobre as superfícies radiculares. As 60 amostras provenientes desses dentes foram divididos em 3 grupos de acordo com o tipo de tratamento aplicado: Grupo 1- RAR; Grupo 2- Irradiação com laser de Er,Cr: YSGG; Grupo 3- RAR e irradiação com o laser de Er,Cr: YSGG. 10 amostras de cada grupo foram avaliados quanto a adesão de elementos sanguíneos, e as outras 10 amostras foram avaliados quanto a morfologia da superfície radicular por MEV. Os testes de Kruskall-Wallis e Mann-Whitney foram utilizados para avaliar os resultados. Em relação à adesão de elementos sanguíneos, este estudo não demonstrou diferenças estatísticas entre os grupos (p=0.359), a análise morfológica demonstrou que as superfícies radiculares irradiadas com o laser de Er-Cr:YSGG foram mais rugosas que as do grupo controle (G2-G1: p=0.0003 e G3-G1: p=0.0003). No segundo experimento, 20 dentes foram utilizados para avaliar a influência do ângulo de irradiação do laser de Er,Cr:YSGG sobre a rugosidade e o desgaste das superfícies radiculares. Cada face proximal foi dividida em 3 áreas, sendo que a área superior foi tratada com raspagem e alisamento radicular, a área média não foi submetida a nenhum tipo de tratamento e a área inferior foi irradiada com o laser de Er,Cr:YSGG. Os dentes foram divididos em 4 grupos ,com 5 dentes cada, a depender da angulação da aplicação da irradiação do laser de Er,Cr:YSGG na área ( 30º, 45º, 60º, 90º). A rugosidade das áreas foram avaliadas através de um rugosímetro e posteriormente os dentes foram submetidos a processamento histológico...


60 human teeth were used in that research. In the first experiment, 15 extracted teeth for periodontal disease were selected to evaluated the effect of Er,Cr:YSGG irradiation on root surfaces for adhesion of blood components and morphology. 60 root surface specimens were obtained by selecting four from each tooth. Samples were divided into three groups of 20 each, according to treatments. Group 1 (G1) was treated by scaling and root planing (SRP), Group 2 (G2) was irradiated by Er,Cr:YSGG laser and Group 3 (G3) was treated by SRP and Er,Cr:YSGG laser irradiation. Blood was placed on each of 10 specimens from each of the three groups, to evaluate adhesion of blood components to the root surfaces. A morphological analysis was made of the root surfaces of the other 10 specimens from each group by scanning electron microscope (SEM). Statistical processing was done with the Kruskal-Wallis and Mann-Whitney tests. No statistical differences for adhesion of blood components to root surfaces were found between the groups (p = 0.359). However, morphological analysis disclosed that all root surfaces irradiated by Er,Cr:YSGG laser (100%) were rougher than surfaces that were not irradiated (G1-G2: p = 0.0003 and G1-G3: p = 0.0003). In the second experiment, 20 teeth were used to evaluated the effect of the working tip angulations on root roughness and substance removal using Er,Cr:YSGG radiation. The distal and mesial surfaces of each tooth was divided in 3 areas. The upper area was treated with scaling and root planing. The medium area was not submitted to any treatment and the lower area was irradiated with Er,Cr:YSGG laser. The teeh were divided in 4 groups, with 5 teeth each depending the working tip angulations using Er,Cr:YSGG at the lower area (30º, 45º, 60º, 90º).The roughness surfaces were evaluated by a profilometer, and...


Assuntos
Raspagem Dentária , Fibrina , Lasers , Regeneração , Camada de Esfregaço
19.
Perionews ; 3(3): 186-192, jul.-ago. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874473

RESUMO

Os enxertos ósseos são uma das modalidades mais comuns de terapia periodontal regenerativa e, geralmente, são usados para restaurar o tecido periodontal de suporte. Entretanto, visando superar as limitações do enxerto ósseo autógeno passou-se a considerar o uso de substitutos ósseos na terapia periodontal cirurgica. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi descrever estes materiais, seus mecanismos de ação e atividades biológicas. Assim, concluiu-se que os substitutos ósseos têm potencial osteocondutor e seu uso não é previsivel em determinar melhorass dos parâmetros clinicos e da regeneração periodontal. .


Assuntos
Transplante Ósseo , Periodonto , Regeneração , Transplante Heterólogo
20.
Rev. fac. odontol. Univ. Fed. Bahia ; 38: [75-79], jan./jun. 2009.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858118

RESUMO

A matriz extracelular (MEC) tem um papel essencial na sobrevivência, migração e proliferação das células adjacentes. A interação célula-matriz além de influenciar em vários processos biológicos, desempenha um papel importante durante situações patológicas, como cicatrização de feridas, progresão tumoral e expansão cística. Este estudo tem por objetivo abordar as possíveis interações da MEC com processos patológicos, baseado em uma revisão de literatura


Assuntos
Matriz Extracelular , Regeneração , Cicatrização
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA