Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 24
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. ABENO ; 17(4): 99-107, 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883149

RESUMO

O envelhecimento populacional é uma característica mundial, ocorrendo inclusive no Brasil. Frente aos desafios para o Sistema Único de Saúde e seus profissionais, se faz necessária uma mudança de abordagem, no sentido de ampliação da clínica. O objetivo deste estudo é relatar a experiência de integração entre ensino, serviços de saúde e comunidade, por meio da construção da disciplina do Estágio em Odontogeriatria. A partir da criação do curso de Odontologia noturno, os professores da disciplina buscaram alternativas de campos de estágio no turno da noite, já que a instituição de longa permanência para idosos e as Unidades de Saúde da Rede de Atenção em Saúde da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, que recebem os estagiários do curso diurno, não realizam atendimento de idosos depois das 18:30 horas. Assim, professores, gestores municipais e duas equipes de Saúde da Família (ESF) realizaram rodas de conversa para estruturar o estágio noturno, almejando trabalhar com os estudantes, além de conhecimentos, atitudes e práticas. Foram pactuadas atividades teóricas, oficinas sobre Avaliação Global do Idoso, além de visitas domiciliares a idosos - em seu contexto - acompanhadas de profissionais da ESF. Os grupos de preceptoria foram realizados visando o planejamento de Projetos Terapêuticos Singulares para e com os idosos que foram visitados, a partir da problematização de suas condições de vida. Frente aos resultados já obtidos por relatos e observações, acredita-se no potencial do Estágio em Odontogeriatria do curso noturno na construção de um novo paradigma em Odontologia relacionado à ampliação da clínica e à interdisciplinaridade (AU).


Population aging is a universal characteristic, occurring even in Brazil. Facing the challenges to the Unified Health System and its professionals, it seems necessary to reflect on the time and opportunity of the Clinic Expansion. This study aims to report the experience of integration between education, health services, and community, through the construction of the subject Geriatric Dentistry Internship. Since the creation of the night-shift Dentistry course, the teachers have sought alternatives to the nightshift internship, since the long-term institution for the elderly and the Health Units of the Porto Alegre's Care Network, that receive day course trainees, do not perform care to elderly after 6:30 PM. Thus, teachers, municipal managers and two Family Health Teams (FHT) participated in conversation circles to structure the internship to the nocturnal course, aiming to work with the students besides knowledge, attitudes, and practices. Theoretical activities, workshops on the Elderly Global Assessment and also home visits were agreed. The elderly were visited in their context and accompanied by FHT professionals. The preceptory groups were carried out for planning the Singular Therapeutic Projects for and with the elderly who were visited, from the problematization of their living conditions. Since the results already obtained by reports and observations, we believe in the potential of the this for construction of a new Dental paradigm, related to the expansion of the clinic and interdisciplinarity (AU).


Assuntos
Educação em Odontologia , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos , Desenvolvimento de Pessoal/organização & administração , Brasil , Humanização da Assistência , Sistema Único de Saúde
2.
RGO (Porto Alegre) ; 60(2): 241-246, abr.-jun. 2012.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874646

RESUMO

The Brazilian population aging is increasing. Brazil is no longer a country of youths. According to population projections, there will be 32 million elderly in Brazil in 2025, representing 15% of the population. The elderly population has specific dental care requirements. Physiological age-related changes in the oral cavity may cause discomfort and dissatisfaction. Dental surgeons need to be aware of the special needs and particularities of the elderly because good oral health is essential to them. The objective of this review is to search the literature for the main oral cavity diseases that affect the elderly and their impact on nutrition.


O envelhecimento populacional brasileiro vem ocorrendo de forma acelerada. O Brasil deixou de ser um país de jovens e segundo as projeções estatísticas, a população de idosos em 2025 será de 32 milhões, correspondendo a 15% da população brasileira. Neste contexto, observamos na Odontologia, uma clientela idosa aportando nos serviços à procura de tratamentos específicos as suas necessidades. Nessa área, alterações fisiológicas inerentes ao envelhecimento da cavidade bucal podem acarretar situações de desconforto e insatisfação nos idosos. A conscientização e valorização dos cuidados especiais para com um paciente idoso, por parte dos cirurgiões-dentistas devem ser observadas diante do diferencial que este paciente necessita, bem como, o reconhecimento da saúde bucal como indispensável a uma boa qualidade de vida do idoso. O objetivo do nosso trabalho será apresentar uma revisão da literatura, retratando o envelhecimento populacional, as principais patologias da cavidade bucal e a sua relação e importância com a nutrição, considerando a interseção das áreas.


Assuntos
Nutrição do Idoso , Odontologia Geriátrica , Geriatria
3.
RGO (Porto Alegre) ; 60(2): 187-193, abr.-jun. 2012. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874654

RESUMO

Objective: To evaluate the oral health status, self-perception, oral condition and access to dental services in elderly aged 65-74 living in the urban municipality of Manoel Vitorino, Bahia. Methods: This is a cross-sectional epidemiological study. We used the DMFT index, and the use of and need for dental prosthesis, Geriatric Oral Health Assessment Index and a semi-structured questionnaire to assess the oral health status, self-perception of oral condition and access to dental services. Data were collected by a single standardized examiner in home visits with Community Health Workers, and were tabulated and analyzed using the software Epibuco and Epi-info. Results: We examined 88 subjects, the mean DMFT and age being 28.9 and 68.89, respectively. It was found that 96.7% of teeth were lost, 68.2% were completely edentulous and 63.26% had unsatisfactory prostheses. The value of the Geriatric Oral Health Assessment Index was 27.21. Among the subjects examined, 19.3% had access to public dental services. Conclusion: From the data obtained, we conclude that the oral health status of elderly residents in the urban area of Manoel Vitorino is unsatisfactory, the self-perception of oral health is low and access to public oral health care is inadequate.


Objetivo: Avaliar a condição de saúde bucal, autopercepção da condição oral e o acesso ao serviço odontológico de idosos com idade de 65 a 74 anos residentes na zona urbana do Município de Manoel Vitorino, Bahia.Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico transversal, utilizando-se dos índices: CPO-D; uso e necessidade de prótese dentária; Geriatric Oral Health Assessment Index e de um questionário semi-estruturado para avaliar a condição bucal, autopercepção da condição oral e acesso aos serviços odontológicos. Os dados foram coletados por um único examinador padronizado, em visita domiciliar com Agentes Comunitários de Saúde, sendo tabulados e analisados nos programas Epibuco e Epi-info. Resultados: Foram examinados 88 indivíduos, sendo a média do CPO-D e idade respectivamente 28,9 e 68,89. Verificou-se que 96,7% dos dentes estavam perdidos, 68,2% dos indivíduos eram edêntulos totais e 63,26% possuíam próteses insatisfatórias. O valor do índice Geriatric Oral Health Assessment Index foi de 27,21. Dos idosos examinados 19,3% tiveram acesso aos serviços públicos odontológicos. Conclusão: A condição de saúde bucal dos idosos residentes na zona urbana do município de Manoel Vitorino é insatisfatória, a autopercepção da saúde oral é baixa e o acesso aos serviços públicos de atenção a saúde bucal é inadequado.


Assuntos
Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Autoimagem , Saúde Bucal , Percepção , Geriatria
4.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 39(6): 363-368, nov.-dez. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874522

RESUMO

Nos países em desenvolvimento, uma pessoa é considerada idosa a partir dos 60 anos de idade. Essa faixa da população representa cerca de 9% da população brasileira. Este estudo objetivou caracterizar o perfil epidemiológico dos idosos assistidos pelo Serviço de Residência em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da Universidade Estadual de Maringá entre os anos de 2002 e 2009. Foram analisados 1630 prontuários, dos quais 150 pertenciam a idosos. Destes, 106 apresentavam traumatismo bucomaxilofacial. Na grande maioria dos casos, o atendimento deu-se pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo a queda de própria altura o principal motivo de consulta. No que se refere ao tratamento dos traumatismos ocorridos, em 44 casos não houve necessidade de intervenção cirúrgica. Este trabalho visou dar destaque ao tema, salientando a importância de estudos na área da Gerontologia associada à Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial.


In developing countries, one is considered elderly when he or she reaches 60 years of age. The elderly represent about 9% of the total Brazilian population. The aim of this work was to present a literature review about the treatment provided by oral and maxillofacial surgeons to the elderly, and to define the epidemiologic profile of the aged treated by the oral and maxillofacial surgery residency service of Maringá State University, Brazil, in the period from 2002 to 2009. 1630 patient forms were reviewed, and a total of 150 were from elderly patients. 106 patients presented with some type of oral and maxillofacial injury. In most of the cases, care was provided via the Brazilian Public Health System, and falls were the main cause of consultation. In 44 cases surgical intervention was not necessary. This work aimed to emphasize the issue, showing the importance of studies on Gerontology associated to oral and maxillofacial surgery.


Assuntos
Idoso , Acidentes por Quedas , Envelhecimento , Ferimentos e Lesões , Geriatria , Saúde do Idoso
5.
Rev. paul. odontol ; 31(3): 15-19, jul.-set. 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541058

RESUMO

Será que o Cirurgião-dentista está preparado e treinado para realizar o atendimento odontológico domiciliar do paciente idoso dependente? A odontologia domiciliar consiste na adequação necessária do profisional da odontologia em assistir o paciente em seu domicílio ou ambiente hospitar, ou seja, fora do seu consultório. Corresponde à interação clínico-científica com profissionais da saúde direcionados em promover a qualidade de vida e bem-estar de um específico grupo populacional. O maior público desse atendimento,atualmente, são os pacientes idosos e dependentes que sofreram de envolvimentos sistêmicos. O presente trabalho tem por finalidade abordar o manejo odontológico ao paciente idoso dependente, técnicas e adaptações na preveenção e promoção da saúde bucal nessa população.


Is the dentist prepared and traied to perform dental home care of elderly dependent patients? Dental home care service consist in the dentist's adaptation to assist the patients at there home or hospital, in other words outside his/her regular dental office. It involvers th clinical and scientific interaction between helath professional who promote a betterr quality of life and well being for a specific population. The greatest users of this type of assistance are elderly dpendent patients who suffer from systemic conditions. The purpose of the present work is to describe the dental procedures used in the elderly dependent patients, the techniques and adjustments needed to perform prevention and promote of oral health on this population.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Pacientes Domiciliares
6.
Rev. paul. odontol ; 31(2): 8-11, abr.-jun. 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-532713

RESUMO

Os autores procuram fazer uma análise dos diversos fatores que interagem no relacionamento interdisciplinar que o tratamento do paciente idoso exige, considerando não apenas os aspectos dentais mas também medicações e a saúde geral do paciente.


Assuntos
Idoso , Assistência Odontológica para Idosos , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Serviços de Saúde para Idosos , Assistência a Idosos , Qualidade de Vida
7.
Rev. bras. odontol ; 65(2): 257-262, jul.-dez. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541838

RESUMO

Traz-se a discussão a área de saúde oral, o risco crescente da perda de qualidade de vida ao chegar à idade avançada e quando se caminha para um aumento da expectativa de vida, como apontam dados de pesquisas e estudos de tendência. Mediante análise de revisão da literatura, levantam-se problemas crônicos e emergenciais, em face das alternativas peculiares a essa camada da população que busca atenção odontológica. As soluções esperadas avançarão paralelamente à participação e às conquistas relativas à cidadania e à equidade social, impactando positivamente as condições de vida durante o período laboral, de vida ativa e autônoma.


Assuntos
Envelhecimento , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Saúde Bucal , Qualidade de Vida , Seguridade Social , Literatura de Revisão como Assunto
8.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 8(2): 159-164, maio-ago. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873620

RESUMO

Objetivo: Analisar a morbidade por causas externas em idosos esua relação com lesões maxilofaciais.Método: O estudo caracterizou-se como sendo observacional eretrospectivo, por meio da análise de dados secundários. Ouniverso compreendeu 8.671 prontuários de pacienteshospitalizados no Hospital Regional de Urgência e Emergência domunicípio de Campina Grande/PB, no período de janeiro de 2006 ajaneiro de 2007. A amostra foi composta por 88 (1,1 por cento) prontuáriosde pacientes idosos com idade igual ou superior a 60 anos, vítimasde acidentes por causas externas e submetidos à internaçãohospitalar. Os dados foram coletados por meio de um formulárioespecífico, sendo analisadas as seguintes variáveis: sexo, faixaetária, etiologia do agravo, local do corpo atingido, presença defratura e tempo de internação. A associação entre as variáveis foiverificada por meio do teste Qui-quadrado, sendo adotado um nívelde significância de 5 por cento.Resultados: Idosos com idades entre 60 a 64 anos foram asvítimas mais freqüentes (26,1 por cento), com as quedas se constituindono principal agravo (55,7 por cento), seguido dos acidentes automotivos(18,1 por cento). Verificou-se associação estatisticamente significanteentre as variáveis sexo e violência (p<0,01; OR=12,64). Os membrosinferiores foram as regiões do corpo mais acometidas (34,1 por cento),seguidos de injúrias na cabeça e face (27,3 por cento), sendo observadauma associação estatisticamente significante entre a presença delesão na cabeça e face e a ocorrência de fratura facial (p<0,05). Otempo médio de internação foi de 3,4 dias.Conclusão: As quedas e os acidentes automotivos se constituemem importante causa de hospitalização entre idosos, sendofreqüente injúrias nos membros inferiores e na região da cabeça eface.


Assuntos
Causas Externas , Geriatria , Traumatismos Maxilofaciais , Morbidade , Distribuição de Qui-Quadrado , Interpretação Estatística de Dados
9.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 8(2): 159-164, maio-ago. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-521921

RESUMO

Objetivo: Analisar a morbidade por causas externas em idosos e sua relação com lesões maxilofaciais. Método: O estudo caracterizou-se como sendo observacional e retrospectivo, por meio da análise de dados secundários. O universo compreendeu 8.671 prontuários de pacientes hospitalizados no Hospital Regional de Urgência e Emergência do município de Campina Grande/PB, no período de janeiro de 2006 a janeiro de 2007. A amostra foi composta por 88 (1,1%) prontuários de pacientes idosos com idade igual ou superior a 60 anos, vítimas de acidentes por causas externas e submetidos à internação hospitalar. Os dados foram coletados por meio de um formulário específico, sendo analisadas as seguintes variáveis: sexo, faixa etária, etiologia do agravo, local do corpo atingido, presença de fratura e tempo de internação. A associação entre as variáveis foi verificada por meio do teste Qui-quadrado, sendo adotado um nível de significância de 5%. Resultados: Idosos com idades entre 60 a 64 anos foram as vítimas mais freqüentes (26,1%), com as quedas se constituindo no principal agravo (55,7%), seguido dos acidentes automotivos (18,1%). Verificou-se associação estatisticamente significante entre as variáveis sexo e violência (p<0,01; OR=12,64). Os membros inferiores foram as regiões do corpo mais acometidas (34,1%),s eguidos de injúrias na cabeça e face (27,3%), sendo observada uma associação estatisticamente significante entre a presença de lesão na cabeça e face e a ocorrência de fratura facial (p<0,05). O tempo médio de internação foi de 3,4 dias. Conclusão: As quedas e os acidentes automotivos se constituem em importante causa de hospitalização entre idosos, sendo freqüente injúrias nos membros inferiores e na região da cabeça e face.


Assuntos
Causas Externas , Geriatria , Traumatismos Maxilofaciais , Morbidade , Distribuição de Qui-Quadrado , Interpretação Estatística de Dados
10.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 5(3): 261-266, set.-dez. 2005. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-872737

RESUMO

Avaliar os componentes do hemograma em 46idosos (79,9 ±10,3 anos) assistidos por equipe multiprofissionaldo Programa Municipal de Atenção ao Idoso da cidade deBauru, SP-Brasil. Método: Os idosos foram agrupadossegundo a faixa etária, presença ou ausência de doençassistêmicas e componentes do hemograma. Resultados:Dentre os 46 idosos, 22 (47,9 porcento) eram maiores de 80 anos e 24(52,1 porcento) tinham entre 60 a 79 anos. O gênero feminino,representado por 30 idosas (65,2 porcento), era maioria quandocomparado a 16 do masculino (34,8 porcento). Dentre as doençassistêmicas mais encontradas, observaram-se as alteraçõescardíacas (67,4 porcento), seguidas pela seqüela de acidente vascularencefálico (41,3 porcento) e o Diabete Mellitus (30,5 porcento). Os valores dashemácias, hemoglobina, hematócrito, VCM, HCM, CHCM eRDW encontravam-se, em sua maioria, dentro da faixa danormalidade (82,6 porcento, 65,2 porcento, 69,6 porcento, 73,9 porcento, 71,7 porcento, 82,6 porcento e54,4 porcenbto respectivamente). No leucograma, os valores deleucócitos, segmentados, bastões, linfócitos, monócitos,eosinófilos e basófilos também se encontravam dentro da faixada normalidade para a maioria dos idosos (67,4 porcento, 78,2 porcento,84,2 porcento, 52,2 porcento, 93,4 porcento, 63,4 porcento e 76,1 porcentp respectivamente).Conclusão: A ação da equipe multiprofissional, na qual ocirurgião dentista está incluído, colaborou na manutenção doscomponentes do hemograma compatíveis com a normalidadenos idosos, mediante ação preventiva, curativa einterceptadora nas condições que acompanham oenvelhecimento


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Contagem de Células Sanguíneas , Saúde do Idoso , Saúde Pública , Distribuição por Idade , Geriatria
11.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 5(3): 261-266, set.-dez. 2005. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-442622

RESUMO

Avaliar os componentes do hemograma em 46idosos (79,9 ±10,3 anos) assistidos por equipe multiprofissionaldo Programa Municipal de Atenção ao Idoso da cidade deBauru, SP-Brasil. Método: Os idosos foram agrupadossegundo a faixa etária, presença ou ausência de doençassistêmicas e componentes do hemograma. Resultados:Dentre os 46 idosos, 22 (47,9 porcento) eram maiores de 80 anos e 24(52,1 porcento) tinham entre 60 a 79 anos. O gênero feminino,representado por 30 idosas (65,2 porcento), era maioria quandocomparado a 16 do masculino (34,8 porcento). Dentre as doençassistêmicas mais encontradas, observaram-se as alteraçõescardíacas (67,4 porcento), seguidas pela seqüela de acidente vascularencefálico (41,3 porcento) e o Diabete Mellitus (30,5 porcento). Os valores dashemácias, hemoglobina, hematócrito, VCM, HCM, CHCM eRDW encontravam-se, em sua maioria, dentro da faixa danormalidade (82,6 porcento, 65,2 porcento, 69,6 porcento, 73,9 porcento, 71,7 porcento, 82,6 porcento e54,4 porcenbto respectivamente). No leucograma, os valores deleucócitos, segmentados, bastões, linfócitos, monócitos,eosinófilos e basófilos também se encontravam dentro da faixada normalidade para a maioria dos idosos (67,4 porcento, 78,2 porcento,84,2 porcento, 52,2 porcento, 93,4 porcento, 63,4 porcento e 76,1 porcentp respectivamente).Conclusão: A ação da equipe multiprofissional, na qual ocirurgião dentista está incluído, colaborou na manutenção doscomponentes do hemograma compatíveis com a normalidadenos idosos, mediante ação preventiva, curativa einterceptadora nas condições que acompanham oenvelhecimento


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Contagem de Células Sanguíneas , Saúde do Idoso , Saúde Pública , Distribuição por Idade , Geriatria
12.
JBG J. bras. odonto ; 1(1): 23-27, abr.-jun. 2005.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-472507

RESUMO

O envelhecimento populacional, fenômeno mundial, está trazendo à tona a necessidade de adequação de conhecimentos e aperfeiçoamento dos profissionais de saúde para melhor atender a essa população crescente de isosos. A avaliação de qualidade de vida dessa população é um dos meios atualmente usados na tentativa de se atingir esse objetivo. Essa revisão bibliográfica tem por objetivo avaliar a influência da saúde oral sobre a qualidade de vida do idoso e conseqüentemente demonstrar a importância da presença do Cirurgião-dentista nas equipes de saúde responsáveis pelo atendimento dessa população. É praticamente consenso entre os autores que a saude bucal do idoso tem relação direta com sua saúde geral, sua qualidade de vida e com a percepção que esse indivíduo tem de sua própria saúde, o que sugere a necessidade de maior empenho por parte do Cirurgião-dentista em avaliar esse impacto para que essa população perceba melhor a necessidade do tratamento odontológico.


Assuntos
Idoso , Higiene Bucal/métodos , Saúde Bucal , Qualidade de Vida , Assistência Odontológica para Idosos , Geriatria , Serviços de Saúde para Idosos
13.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 59(1): 69-72, jan.-fev. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-445021

RESUMO

O presente estudo teve por objetivo avaliar o estado e grau de necessidade de tratamento periodontal de 183 indivíduos com idade entre 60 e 94 anos (média de 75,6), provenientes do ambulatório de Ge-riatria da Universidade Fede-ral de São Paulo/Escola Paulis-ta de Medicina, pelo índice CPITN. A porcentagem de desdentados foi de 55,74 por cento, sendo 44por centodo sexo masculino e 60,15por centodo feminino. A presença de sangramento gengival e cálculo (60,49 por cento) foi significantemente maior que a ausência de doença (2,47 por cento); 27,16por centoapresentaram bolsas com profundidade de 4-5 mm, e 9,88 por cento, bolsas maiores que 6 mm. O número médio de sextantes excluídos foi de 3,29. Da totalidade do grupo, 80,25por centonecessitou de tratamento sob a forma de RPCR acrescidos de intensificação dos cuidados de higiene, e 9,88 por cento, tratamento complexo. O estudo confirmou a necessidade de atenção odontológica preventiva para esse segmento da população


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Saúde do Idoso , Serviços de Saúde para Idosos , Periodontia
14.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 45(1): 64-68, jul. 2004.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-405702

RESUMO

A Odontologia está se tornando um campo de atuação de pesquisa crescente em função do aumento da população idosa nos últimos anos, introduzindo novos conceitos e desafios. Admitindo-se que hoje, o perfil do cirurgião-dentista deve estar voltado para uma prática humanista, com compromisso ético e social, esse trabalho foi proposto com o objetivo de identificar no aluno de odontologia a sua percepção sobre a velhice e as causas que o levaram a participar do programa de atenção ao idoso. Para a coleta de dados, foi confeccionado um questionário, com perguntas abertas e aplicado em 16 alunos da Faculdade de Odontologia de Araçatuba/UNESP, participantes do Programa, desenvolvido em 3 instituições de Amparo ao idoso do município de Araçatuba-SP. Os resultados relativos aos pensamentos e sentimentos dos estudantes no primeiro contato com os idosos foram sintetizados em palavras-chaves como abandono, solidão, tristeza, compaixão, medo, companhia, vida, carência, solidariedade. A maioria dos entrevistados revelou que a velhice está relacionada ao desgaste biológico do corpo e à ação do tempo. Essas considerações fundamentam-se num campo de valores e de representações culturais, que exalta a estética do corpo, que levam a inclusão ou exclusão da velhice. A participação desses alunos no programa é fundamental para a construção de um novo paradigma da prática Odontológica.


Assuntos
Humanos , Estudantes de Odontologia/psicologia , Odontologia Geriátrica , Geriatria , Inquéritos e Questionários
15.
Rev. fac. odontol. Univ. Fed. Bahia ; 27: 25-28, jul.-dez. 2003.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857993

RESUMO

O envelhecimento da população mundial nas últimas décadas provocou uma reformulação dos padrões dos serviços de saúde para assegurar o bem estar desses indivíduos. A odontologia geriátrica é o ramo da odontologia responsável pela prevenção e atendimento das necessidades bucais dos idosos e, para proporcionar um atendimento integral a esses pacientes, são necessários os conhecimentos das alterações fisiológicas, patológicas e psico-sociais dessa faixa etária. Este trabalho tem como objetivo uma revisão literária sobre o atendimento especializado e o tratamento das alterações bucais mais frequêntes nessa idade.


Assuntos
Idoso de 80 Anos ou mais , Geriatria , Saúde Bucal
16.
BCI ; 8(31): 182-186, jul.-set. 2001. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-303939

RESUMO

O propósito deste trabalho é mostrar uma alternativa clínica através da utilizaçäo de overdenture do sistema barra-clipe retida por implantes osseointegrados, permitindo restabelecer os fatores biológicos, funcionais, psicossociais e estéticos. A perda dos elementos dentários e, conseqüentemente, o uso de prótese total convencional estäo entre as situaçöes odontológicas mais comuns no paciente idoso. Muitas vezes, a falta de estabilidade e de retençäo, resultantes de um processo fisiológico e de reabsorçäo do rebordo alveolar, leva a uma diminuiçäo na força mastigatória, probleas de dicçäo e interfere até mesmo no seu convívio sopcial. Nestes casos, a reabilitaçäo retida sobre implante osseointegrado pode ser uma alternativa eficaz e segura de tratamento


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Implantação Dentária Endo-Óssea , Implantes Dentários , Geriatria , Reabilitação Bucal
17.
Pós-Grad. Rev ; 4(1): 56-62, jan.-abr. 2001. ilus, CD-ROM
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-854053

RESUMO

Os autores procuram evidenciar a necessidade e a viabilidade de promover saúde bucal, no idoso através da prevenção, uma vez que este grupo etário vem sofrendo muitas mudanças em seu perfil, com o aumento em número de indivíduos e melhoria de suas condições bucais, que se deve a uma conscientização da necessidade da manutenção dos dentes, seja pela função ou pela estética, que é uma imposição da sociedade atual. Através de orientação, material de higienização adequado, e principalmente a motivação do idoso através de sua auto estima, conseguiu-se resultados satisfatórios com esse trabalho


Assuntos
Odontologia Geriátrica , Geriatria/educação , Saúde do Idoso , Higiene Bucal , Triagem
18.
Rev. odonto ciênc ; 12(24): 67-85, dez. 1997. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-858243

RESUMO

O número de indivíduos idosos no mundo está aumentando. O objetivo deste trabalho foi comparar o nível de edentulismo e cárie dentária entre dois grupos de idosos do Brasil e da Inglaterra. Exames clínicos foram realizados em 189 indivíduos. Oitenta e sete foram examinados em um hospital geriátrico em Londres, Inglaterra e 102 em uma instituição geriátrica em Porto Alegre, Brasil. A idade média entre os brasileiros era 73,6 anos e entre os ingleses 82 anos. Foi observado que o grupo inglês tinha maior percentagem de edentulismo, 66,7 por cento contra 43,1 por cento entre os brasileiros. Quando excluídos os indivíduos edentados, a média de dentes entre os idosos ingleses foi de 9,93 contra 8,53 entre os brasileiros. A percentagem de dentes cariados entre os brasileiros foi de 39,9 por cento e entre os ingleses, 22,6 por cento


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Geriatria , Saúde do Idoso , Saúde Bucal
19.
Curitiba; s.n; set. 1997. 16 p. ilus.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-203294

RESUMO

O desapontamento de ver os pacientes idosos, especialmente os dependentes, voltando com os mesmos problemas que já haviam sido resolvidos em consultas anteriores, foi o marco pra tentar acabar com esse eterno enxugar gelo e inverter o modelo de atuaçäo odontológica. A preocupaçäo em resolver os problemas já instalados na boca de nossos pacientes idosos foi substituída por uma forma diferente de ver e atuar, onde a ênfase é a promoçäo da saúde bucal dos mesmos. Sabe-se que a saúde bucal é relegada a um plano secundário em idosos, especialmente os dependentes, porque eles já carregam o esteriótipo de pessoas vagarosas, que näo vêem nem escutam bem, e que têm dificuldades de lembrar e seguir instruçöes. A boca é geralmente o espelho que mostra, na velhice, quanto cuidado uma pessoa é capaz de tomar com sua saúde e aparência. Geralmente é esperado que com o avanço dos anos o idoso apresente desconforto e perda da capacidade, e isso pode levá-lo a näo dar importância a certos sintomas, que poderäo também provocar diagnósticos tardios e diversos problemas


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Doenças Periodontais/diagnóstico , Geriatria , Serviços de Saúde Bucal , Candidíase Bucal/diagnóstico , Prótese Dentária , Boca Edêntula
20.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 11(3): 215-9, jul.-set. 1997. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-197544

RESUMO

O presente trabalho teve o objetivo de avaliar a eficácia do bastäo de gelo e do tetrafluoroetano na determinaçäo da vitalidade pulpar em 594 dentes humanos cariados, restaurados e integros de 72 pacientes, com idade variável entre 47 a 60 anos. Verificou-se que a aplicaçäo do gás de tetrafluoroetano propiciou maior índice de acerto quando comparado com o bastäo de gelo, havendo diferença estatisticamente significante entre os dois agentes térmicos utilizados (p<0,01)


Assuntos
Temperatura Baixa , Gelo-Seco/uso terapêutico , Gases/análise , Gases/uso terapêutico , Polpa Dentária/fisiopatologia , Teste da Polpa Dentária , Endodontia , Geriatria
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA