Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 78
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. odontol ; 55: 1-9, jan.-dez. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1051704

RESUMO

Objetivo: Avaliar a condição bucal e o conhecimento a respeito da importância do atendimento odontológico de indivíduos com doença renal crônica (DRC) em tratamento hemodialítico. Métodos: Estudo transversal descritivo, com avaliação de 50 pacientes, em atendimento no Serviço de Hemodiálise da Fundação Hospital Adriano Jorge na cidade de Manaus-AM. Foram coletados dados socioeconômicos, saúde geral, higiene bucal, autopercepção dos problemas bucais. Um único examinador calibrado realizou o exame clínico intrabucal. Os resultados quantitativos e qualitativos foram dispostos em tabelas e gráficos, utilizando Excel®, Word®. O programa Excel foi utilizado para formar um banco de dados que foram analisados e transformados em gráficos ou tabelas para demonstrar os resultados obtidos com a pesquisa. Resultados: A maioria dos participantes era do sexo masculino (62%). Houve o predomínio da hipertensão arterial (54%) como doença sistêmica de base. Em relação à autopercepção dos problemas bucais, a xerostomia teve maior frequência (56 %). A maioria dos pacientes realizava três escovações diárias (46%) e não utilizavam fio dental (58%). Dentre as manifestações bucais, (66%) apresentou palidez na mucosa, seguido de recessão gengival (54%). Houve relato de (94%) dos participantes de não terem recebido informações sobre escovação, como evitar cárie dentária e cuidados de higiene bucal. Nestes pacientes com DRC em hemodiálise, notou-se deficiência nos hábitos de higiene bucal. Conclusão: A motivação e orientação dos cuidados odontológicos devem ser enfatizadas pelo dentista a fim de melhorar a saúde bucal e consequentemente a saúde sistêmica. (AU)


Aim: To evaluate the oral condition and knowledge about the importance of the dental care of individuals with CKD who are undergoing hemodialysis treatment. Methods: This research is a cross-sectional descriptive study, evaluating 50 patients undergoing hemodialysis at Adriano Jorge Hospital Foundation in Manaus, Amazonas, Brazil. Data was collected for socioeconomic status, oral hygiene, and self-awareness of oral problems. A single calibrated examiner performed the intraoral clinical examination. The quantitative and qualitative results were arranged in tables and graphs, using the programs Excel® and Word®. Excel was used to form a database that was analyzed and transformed into graphs or tables to demonstrate the results of the exam through this research. Results: Most participants were male (62%). There was a predominance of systemic arterial hypertension in 54% of the patients, which proved to be the base systemic disease. In relation to the self-awareness of oral problems, participants most frequently reported dry mouth (56%). Most patients brushed their teeth about three times daily (46%) and did not use dental floss (58%). Among the oral manifestations, 66% presented pallor in the mucosa, followed by gingival recession (54%). One report claimed that 94% of the participants did not receive information about brushing, how to avoid dental caries, nor oral hygiene. In these CKD patients who were undergoing hemodialysis, a deficiency in oral hygiene habits was noted. Conclusion: The motivation and advice about dental care should be emphasized by the dentist in order to improve the oral health, and consequently the systemic health, of the patient. (AU)


Assuntos
Higiene Bucal , Pacientes , Saúde Bucal , Diálise Renal , Insuficiência Renal Crônica , Nefropatias , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
2.
São José dos Campos; s.n; 2019. 65 p. il., tab., graf..
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1021197

RESUMO

Lesões bucais em pacientes internados em unidades de terapia intensiva são recorrentes, em especial no caso de pacientes com intubação orotraqueal onde os dentes na cavidade oral adicionados à presença do tubo, podem causar danos aos tecidos e à língua. O objetivo desse trabalho foi o de desenvolver um dispositivo para prevenção dessas lesões. Um dispositivo foi confeccionado utilizando um protetor bucal esportivo com uma perfuração para permitir a passagem do tubo orotraqueal, e após um teste clínico piloto realizado com pacientes da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal José de Carvalho Florence (São José dos Campos, SP). Após esse teste, algumas modificações foram realizadas no dispositivo quanto ao tamanho e estabilidade. Desenhos técnicos e impressões 3D foram confeccionadas e desenvolveu-se um protótipo final que oferece estabilidade, conforto para o paciente, atua na prevenção de lesões bucais e ainda impede que o paciente intubado morda o tubo(AU)


Oral lesions in patients admitted in intensive care units are recurrent, especially in patients with orotracheal intubation where teeth and the tube may cause damage to oral tissues and tongue. The objective of this study was to develop a device to prevent these lesions. A device was made using a mouth guard with a perforation to allow passage of the orotracheal tube and a pilot test was performed with patients of the Intensive Care Unit of the Municipal Hospital José de Carvalho Florence (São José dos Campos, SP). After this test, some modifications were made to the device to improve size and stability. Technical drawings and 3D prints were made and a final prototype that offers stability, comfort to the patient, prevents oral lesions and prevents the intubated patient from biting the tube has been developed(AU)


Assuntos
Pacientes/classificação , Ferimentos e Lesões/complicações , Saúde/estatística & dados numéricos
3.
Arch. Health Invest ; 7(9): 379-383, set. 2018. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-988612

RESUMO

Introdução: Dentre as medidas terapêuticas impostas nas fraturas, os fixadores externos são dispositivos frequentemente usados, principalmente em hospitais referência de trauma. A fixação externa pode gerar desfiguramento ao corpo humano e conduzir a um grau de invalidez. Ocorre um inevitável insulto a imagem corporal e causa rompimento do relacionamento pessoal e social, podendo gerar depressão e retração. Objetivos: Avaliar as considerações de pacientes atendidos em um hospital referência de trauma sobre o uso dos fixadores externos. Métodos: Estudo qualitativo e descritivo realizado no Hospital Universitário Risoleta Tolentino Neves, Belo Horizonte, com 20 pacientes em uso de fixadores externos. Para a análise e apresentação dos resultados utilizou-se o Discurso do Sujeito Coletivo, redigido na primeira pessoa do singular, composto por expressões chaves que tiveram as mesmas ideias centrais e mesma ancoragem. Resultados: Quanto à função dos fixadores externos, os pacientes demonstraram conhecimento, exibindo como ideias centrais, sua atuação como tratamento definitivo, tratamento temporário, uso em casos complexos, e controle da dor. Ainda, quanto às suas impressões sobre o uso dos mesmos, foram mencionadas considerações negativas como a ocorrência de dor e incômodo; referências sobre as condições estéticas; todavia, a maioria manifestou otimismo sobre o uso do mesmo, exibindo compreensão sobre o seu benefício. Conclusão: A despeito do escasso conteúdo na literatura que explora as percepções dos pacientes sobre os fixadores externos, notamos que a maioria tem conhecimento sobre a função do mesmo, manifestando, sobretudo, otimismo em relação ao seu uso(AU)


Introduction: Among the therapeutic measures imposed on fractures, external fixators are frequently used devices, especially in hospitals referenced in trauma. External fixation involves considerable disfigurement of the human body and leads to a degree of disability. There is an inevitable insult to body image and it causes disruption of personal and social relationships and this can lead to withdrawal and depression. Objectives: To evaluate the considerations of patients treating in a hospital referenced of trauma about the use of external fixators. Methods: A qualitative and descriptive study performed at Hospital Universitário Risoleta Tolentino Neves, Belo Horizonte, with 20 patients using external fixators. For the analysis and presentation of the results we used the Collective Subject Discourse, written in the first person singular, composed of key expressions that had the same central ideas and same anchorage. Results: Regarding the function of the external fixators, the patients demonstrated knowledge, displaying as central ideas, their performance as definitive treatment, temporary treatment, use in complex cases, and pain control. Still, as for their impressions about their use, negative considerations were mentioned such as the occurrence of pain and discomfort; references on aesthetic conditions; however, most expressed optimism about the use of the same, showing understanding about its benefit. Conclusion: In spite of the scarce content in the literature that explores the patients' perceptions about the external fixators we noticed that the majority has knowledge about the function of the same, manifesting, above all, optimism in relation to its use(AU)


Introducción: Entre las medidas terapéuticas impuestas en las fracturas, los fijadores externos son dispositivos frecuentemente usados, principalmente en hospitales referencia de trauma. La fijación externa puede generar desfiguración al cuerpo humano y conducir a un grado de invalidez. Se produce un inevitable insulto a la imagen corporal y causa rompimiento de la relación personal y social, pudiendo generar depresión y retracción. Objetivos: Evaluar las consideraciones de pacientes atendidos en un hospital referencia de trauma sobre el uso de los fijadores externos. Métodos: Estudio cualitativo y descriptivo realizado en el Hospital Universitario Risoleta Tolentino Neves, Belo Horizonte, con 20 pacientes en uso de fijadores externos. Para el análisis y presentación de los resultados se utilizó el Discurso del Sujeto Colectivo, redactado en la primera persona del singular, compuesto por expresiones claves que tuvieron las mismas ideas centrales y el mismo anclaje. Resultados: En cuanto a la función de los fijadores externos, los pacientes demostraron conocimiento, exhibiendo como ideas centrales, su actuación como tratamiento definitivo, tratamiento temporal, uso en casos complejos, y control del dolor. En cuanto a sus impresiones sobre el uso de los mismos, se mencionaron consideraciones negativas como la ocurrencia de dolor e incomodidad; referencias sobre las condiciones estéticas; sin embargo, la mayoría manifestó optimismo sobre el uso del mismo, mostrando comprensión sobre su beneficio. Conclusión: A pesar del escaso contenido en la literatura que explora las percepciones de los pacientes sobre los fijadores externos, notamos que la mayoría tiene conocimiento sobre la función del mismo, manifestando, sobre todo, optimismo en relación a su uso. Palabras clave: Investigación cualitativa; bioética; calidad de vida; fijación de fracturas(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pacientes , Fixadores Externos , Qualidade de Vida , Fixação de Fratura
4.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 18(1): 4004, 15/01/2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-966853

RESUMO

Objective: To evaluate the prevalence and socio demographic factors associated with failed dental appointments among dental patients in a government dental clinic. Material and Methods: This was a cross-sectional study of 419 participants who were non-first clinic attendees at a government dental clinic in Enugu, Nigeria. Data was collected on socio-demographic profile, mode of transportation and reasons for failed appointment, using a pretested structured questionnaire. Bi-variate analysis was conducted to test the association between study participants' age, sex, occupation, mode of transportation and failed dental appointment using Chi-square test and p<0.05 was considered significant. Results: The age of the study participants ranged from 5 years to 90 years. More females (57.8%) than males (42.2%) participated in the study. The prevalence of failed appointment was 27.7%. The major reasons for failed appointments were "being busy with other activities" (12.4%) and "far distance" (6.9%). Only 0.7% of the study participants received telephone calls as reminder. There was no statistically significant association between age (p=0.40), sex (p=0.12), level of education (p=0.40), occupation (p=0.52), mode of transportation (p=0.71) and failed dental appointment. Conclusion: The prevalence of failed dental appointment was high in this population. Being busy and far distance were the commonest reasons for failed appointments. Very few study participants were reminded of their appointment.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Pacientes , Especialidades Odontológicas/organização & administração , Saúde Bucal , Nigéria , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos e Questionários
5.
Arq. odontol ; 54: 1-11, jan.-dez. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-948841

RESUMO

Objetivo: Traçar um perfil epidemiológico da variação de posição dos terceiros molares dos pacientes que frequentaram o serviço de radiologia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (FO-UFMG) no período de setembro de 2014 a setembro de 2015, visando melhorar o conhecimento do cirurgião dentista para planejamentos cirúrgicos mais assertivos. Métodos: Foram analisadas 469 radiografias panorâmicas que possuíam pelo menos um terceiro molar. Essas radiografias foram classificadas de acordo com a posição do terceiro molar em relação ao plano oclusal; ao eixo do segundo molar; ao ramo ascendente da mandíbula e ao canal mandibular. Resultados: Dentre as 469 radiografias analisadas, 62,7% foram de pacientes do gênero feminino e 37,3% do gênero masculino. Foi possível observar a presença dos dentes 18 (370); 28 (369); 38 (341) e 48 (363); o que resultou em 1.443 terceiros molares presentes no estudo. A maioria dos terceiros molares inferiores encontrava-se na posição vertical, seguida pelas posições mesioangular e horizontal. A classe II foi a mais frequente, seguida pela classe I e por último da classe III e maioria dos terceiros molares inferiores estava na posição A seguidos pela posição B e por último da posição C. O sinal radiográfico mais frequente foi o obscurecimento dos ápices. Conclusão: Foi possível observar a frequência das posições dos terceiros molares inferiores através da análise das radiografias panorâmicas realizadas no serviço de radiologia da Faculdade de Odontologia da UFMG. O conhecimento das posições e classificações dos terceiros molares nas radiografias panorâmicas pelo cirurgião dentista pode contribuir para um diagnóstico e planejamento cirúrgico adequados. Descritores: Dente terceiro molar. Radiografia panorâmica. Radiologia.(AU)


Aim: This article seeks to describe the epidemiological profile of the variation and frequency of the positioning of third molars of patients who received dental care at the Radiology Department of the School of Dentistry of the Federal University of Minas Gerais (UFMG) from September 2014 to September 2015. The overall aim is to improve the knowledge of dental surgeons for better surgical planning. Methods: This study selected 469 radiographs that had at least one third molar. These radiographs were classified according to the position of the third molars in relation to the occlusal plane, to the axis of the second molar, to the ascending mandibular ramus, and to the mandibular canal. Results: Among the 469 radiographs analyzed in this study, 62.7% were female patients and 37.3% were male. It was possible to observe the presence of teeth 18 (370), 28 (369), 38 (341), and 48 (363), which resulted in study sample of 1,443 third molars. Most of the mandibular third molars were found in the vertical position, followed by the mesioangular position and the horizontal position. Class II was the most frequent, followed by class I and class III. Moreover, most of the mandibular third molars were found in position A, followed by position B and position C. The most commonly observed radiographic sign was the obscuration of the roots. Conclusion: It was possible to observe the frequency of positions of the mandibular third molars through the analysis of panoramic radiographs performed at the radiology service of the Radiology Department of the UFMG School of Dentistry. The dental surgeon's knowledge of the positions and classifications of third molars in panoramic radiographs can aid in reaching an appropriate diagnosis and proper surgical planning.(AU)


Assuntos
Pacientes , Radiologia , Serviço Hospitalar de Radiologia , Perfil de Saúde , Radiografia Panorâmica , Dente Serotino , Serviços de Saúde Bucal
6.
Arq. odontol ; 54: 1-9, jan.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-967628

RESUMO

Objetivo: Identificar o conhecimento sobre o câncer de boca dos pacientes da Estratégia Saúde da Família do Município de Quixadá, Ceará, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, observacional, descritivo e analítico, realizado com 90 usuários de Unidades Básicas de Saúde no município de Quixadá, Ceará, Brasil. Participaram da pesquisa usuários dos serviços da Estratégia Saúde da Família. Para a coleta de dados, foi aplicado um questionário estruturado. Os dados foram analisados no programa estatístico Epi Info versão 7, considerando um nível de significância de 5%. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Centro Universitário Católica de Quixadá com o protocolo de número 1.499.677. Resultados: Quanto aos aspectos socioeconômicos, identificamos um maior número de participantes do sexo feminino (66,7%), idade entre 45 e 50 anos (31,1%), residem na zona urbana (60%), com ensino fundamental incompleto (41,1%) e renda familiar de um salário mínimo (47,8%). Quanto aos hábitos de saúde e conhecimento, 87,8% não são fumantes e 81,1% não fazem uso de álcool. Dentre os entrevistados 67,8 % não possuem nenhum tipo de conhecimento sobre câncer de boca; 75,6% nunca ouviram falar sobre o autoexame e 93,3% não sabem como realiza-lo. Observou-se associação estatisticamente significativa em ser do sexo masculino e o elevado consumo de álcool (p = 0,002) e entre ouvir falar do autoexame e residir em área de zona urbana (p = 0,001). Conclusão: O conhecimento sobre o câncer de boca dos usuários da Estratégia Saúde da Família do município de Quixadá mostra-se insuficiente.


Objective: To identify the knowledge about mouth cancer among patients from the Family Health Strategy of the Municipality of Quixadá, Ceará, Brasil. Methods: This is a cross-sectional, observational, descriptive, and analytical study, carried out with 90 users of the Basic Health Units of the city of Quixadá, Ceará, Brasil. Users of the services of the Family Health Strategy participated in the survey. A structured questionnaire was applied for data collection. The data were analyzed in the statistical program Epi Info 7, considering a 5% level of significance. The present study was approved by the Ethics and Research Committee of the Catholic University Center of Quixadá, logged under protocol number 1,499,677. Results: Regarding socioeconomic aspects, we identified a greater number of female participants (66.7%), between 45 and 50 years of age (31.1%), living in the urban area (60%), with incomplete elementary education (41.1%), and a family income of one minimum wage (47.8%). Regarding health and knowledge habits, 87.8% were not smokers and 81.1% had not used alcohol. Among those interviewed, 67.8% had no prior knowledge of oral cancer; 75.6% had never heard of self-examination; and 93.3% do not know how to perform this examination. A statistically significant association was observed between males and high alcohol consumption (p = 0.002), and between hearing about self-examination and residing in an urban area (p = 0.001). Conclusion: The knowledge about mouth cancer in users of the Family Health Strategy of the municipality of Quixadá is insufficient.


Assuntos
Humanos , Pacientes , Atenção Primária à Saúde , Neoplasias Bucais , Saúde Bucal , Estratégia Saúde da Família , Serviços de Saúde Bucal , Fatores Socioeconômicos , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
7.
Rev. odontol. Univ. Cid. São Paulo (Online) ; 29(2): 118-128, maio-ago 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875168

RESUMO

Pessoas com deficiência são indivíduos que apresentam algum desvio de normalidade, podendo ser de ordem física, mental, sensorial, comportamental e/ou de crescimento, e que necessitam de cuidados diferenciados por um determinado período de tempo ou por toda a vida. Estudos que analisam o perfil epidemiológico de saúde bucal dos pacientes com necessidades especiais indicam alta prevalência de alterações como: cárie, edentulismo, traumatismo e de doença periodontal decorrente de uma higiene bucal precária. O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência de alterações bucais em pacientes com necessidades especiais, atendidos na clínica de odontologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense. Foi caracterizado como um estudo transversal, descritivo e quali-quantitativo, totalizando uma amostra de 73 prontuários de pacientes com idade entre 1 e 70 anos, predominantemente portadores de transtorno do espectro autista (23,3%). A pesquisa con-statou que 68,1% dos pesquisados apresentaram acometimento de cárie, 55,6% de ausências dentárias e 50% de tártaro. Concluiu-se que alterações bucais podem ser prevenidas ou minimizadas, através do trabalho da equipe multidisciplinar no manejo do paciente portador de necessidade especial e programa de prevenção em saúde bucal


Persons with disability are individuals who have some normality deviation that can be physical, mental, sen¬sory, behavioral and/or growth, which need special care for a certain period of time or for life. Studies that analyze the epidemiology of oral health of patients with special needs indicate high prevalence of alterations such as caries, tooth loss, trauma and periodontal disease resulting from a poor oral hygiene. The aim of this study was to identify the prevalence of oral abnormalities in patients with special needs attended at the dental clinic of UNESC. It was characterized as a cross-sectional, descriptive, qualitative and quantitative study, with a total sample of 73 records, ages from 1 to 70 years old, predominantly carriers of the autism spectrum (23.3%). The survey found that 68.1% of respondents had caries involvement, 55.6% dental absences and 50% tartar. It was concluded that oral diseases can be prevented or minimized through the work of the multidisciplinary team in the management of patients with special need, and prevention program in oral health


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Idoso , Pessoas com Deficiência , Saúde Bucal , Patologia , Pacientes
8.
Tempus (Brasília) ; 11(1): 215-227, jan.-mar. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-880750

RESUMO

diagnóstico de câncer representa um desafio para pacientes, familiares, cuidadores e profissionais de saúde. Nesse contexto é importante voltar o olhar para o familiar cuidador e identificar como ele é afetado pelas suas responsabilidades com o paciente com câncer, para que sejam desenvolvidas alternativas e intervenções adequadas para favorecer sua qualidade de vida e seu bem estar emocional. Este artigo é resultado de uma pesquisa exploratória, utilizando método quantitativo, desenvolvida com a finalidade de avaliar o impacto do processo de cuidar de um parente com câncer durante o período de internação hospitalar. A coleta de dados ocorreu ao longo de quatro meses no Hospital Universitário de Brasília e foram utilizados os seguintes instrumentos: Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar ­ HAD; Caregiver Reaction Assessment (CRA); entrevista estruturada para coleta de dados sociodemográficos da díade e médicos clínicos do paciente. Segundo os dados coletados, foi possível identificar que o estado de humor do paciente ­ ansiedade, depressão e distress ­ mostrou correlação significativa positiva com estado de humor do cuidador, diferente das demais variáveis. Também, um maior nível de sobrecarga no cuidado estava relacionado significativamente com o nível de ansiedade nos pacientes. O estudo sugere que cuidar do estado emocional do paciente pode ter maior impacto na minimização da sobrecarga do cuidador e vice-versa, confirmando a necessidade de compor as equipes com profissionais treinados para o manejo de dificuldades emocionais e, em especial, psico-oncologistas.


The cancer diagnosis represents a challenge for patients, family, parents, family caregivers and health care professionals. In this context, it is important to keep a lookout for the family caregiver and identify how he or she is affected for his or her responsabilities with the patient with cancer disease. It is important to develop alternatives and proper interventions to favor a quality of life and emotional well-being for him or her. This article is the result of a exploratory research, quantitative method, developed with the purpose of evaluate the impact of the process of looking after a relative with cancer during the period of hospital internment. The data collection had been occurred in the course of four months in the University Hospital of Brasília and it had been used the following instruments: Hospital Anxiety and Depression Scale ­ HAD; Caregiver Reaction Assesment (CRA); structured interview to collect social demographic data of the patient and the caregiver and clinical data of the patient. According to the data collection, it has been possible to identify that the state of the mood of the patient - anxiety, depression and emotional distress ­ showed significant correlation with the state of mood of the family caregiver, the others variables had different results. Also, a high level of the family caregiver's overload was related significantly with the level of anxiety in patients. The study sugests that taking care of the emotional state of the patient can have a great impact in minimization of the family caregiver´s overload and vice versa, confirming the need to compose the team with trained professionals to handle emotional difficulties and, especially, psycho-oncologists.


El diagnóstico de cáncer representa un reto para pacientes, familiares, cuidadores y profesionales de la salud. En este contexto, es importante volver la mirada al cuidador familiar e identificar cómo él se ve afectado por sus responsabilidades con el paciente de cáncer, para que puedan ser adoptadas alternativas e intervenciones apropiadas que mejoren su calidad de vida y su bien estar emocional. Este artículo es el resultado de una investigación exploratoria, utilizando el método cuantitativo desarrollado con el propósito de evaluar el impacto del proceso de cuidar a un familiar con cáncer durante su estancia en el hospital. La recolección de datos se llevó a cabo durante cuatro meses en el Hospital de la Universidad de Brasilia y se utilizaron los siguientes instrumentos: Escala de Ansiedad y Depresión en el Hospital - HAD; Caregiver Reaction Assessment (CRA); entrevista estructurada para recopilar datos sociales y demográficos de la díada y médicos clínicos del paciente. De acuerdo con los datos recogidos, fue posible identificar que el estado de ánimo del paciente - la ansiedad, la depresión y la angustia - mostró una correlación positiva significativa con el estado de ánimo del cuidador, diferente de las otras variables. Asimismo, un mayor nivel de sobrecarga en la atención estaba relacionado significativamente con el nivel de ansiedad en los pacientes. El estudio sugiere que el cuidado con el estado emocional del paciente puede tener un impacto más grande en la reducción de la sobrecarga del cuidador y viceversa, lo que confirma la necesidad de componer los equipos con profesionales capacitados para el manejo de dificultades emocionales y, en particular, psico-oncólogos.


Assuntos
Humanos , Impacto Psicossocial , Ansiedade , Cuidadores , Depressão , Diagnóstico , Hospitalização , Oncologia , Neoplasias , Pacientes , Estresse Psicológico
9.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 83 p.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-907173

RESUMO

A integralidade é um importante elemento norteador de política pública em saúde, que considera as particularidades e complexidades de cada indivíduo. Pacientes com insuficiência renal crônica (IRC) realizam hemodiálise como medida terapêutica para filtragem do sangue e retirada de metabólitos. Esses indivíduos possuem condições de saúde debilitadas e baixa imunidade, ficando expostos a diversos patógenos. A atuação da equipe odontológica em associação multidisciplinar com os demais profissionais de saúde envolvidos no cuidado à saúde do paciente com IRC é um dos fatores fundamentais para melhorar a qualidade de vida deste perfil de paciente, evitando complicações que, muitas vezes, podem ser letais. Este estudo objetivou analisar a integralidade do cuidado, na dimensão acesso odontológico, para indivíduos com IRC que estavam em atendimento em um serviço de hemodiálise. O desenho do estudo foi do tipo transversal, com uma amostra de 467 indivíduos com IRC em hemodiálise, na faixa etária de 19 a 90 anos. A coleta de dados foi realizada em duas clínicas de hemodiálise do Instituto de Terapia Renal da Associação Evangélica Beneficente de Minas Gerais, nos municípios de Contagem e Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais. A coleta contou com duas fases: questionário e exame clínico bucal. Foi realizado um estudo piloto, após as fases de calibração intra e inter-examinador e de teste/reteste do instrumento. O exame clínico ocorreu durante a sessão de hemodiálise dos participantes, na própria cadeira de hemodiálise, sob luz natural. Os resultados 5 evidenciaram uma média de idade de 49,9 anos (±13,7). A maioria deles era sexo masculino (58,0%), cor da pele negra ou parda (82,7%), relatou menos de oito anos de escolaridade (65,7%) e não ter recebido orientação profissional para ir ao dentista (87,4%). Um total de 130 pacientes afirmou ter ido ao dentista nos últimos seis meses (27,8%), embora a maioria deles tenha sido diagnosticada com pelo menos um dente com lesão de cárie cavitada (55,7%). O tempo em que o paciente estava em tratamento de hemodiálise, a cor da pele, a cidade onde reside e a idade não foram variáveis associadas ao acesso odontológico nos últimos seis meses. Os indivíduos com escolaridade igual ou superior a oito anos de estudo (OR= 1,55, 95% IC: 1,09-2,41), sem lesões de cárie cavitada (OR= 2,09, 95% IC: 1,36-3,20) e que receberam orientação profissional para ir ao dentista (OR= 2,16, 95% IC: 1,21-3,86) apresentaram maior chance de pertencerem ao grupo de pacientes que foi ao dentista nos últimos seis meses. A ausência de cárie dentária, o fato de receber orientação profissional para ir ao dentista, e possuir oito ou mais anos de escolaridade foram variáveis associadas ao acesso odontológico em pacientes com IRC em hemodiálise


Integrality is an important element in the guidance of public politics and health care, that considers peculiarities and the complexity of each individual. Patients with chronical renal insufficiency, conduct hemodialysis as a therapeutical measure for blood filtration and metabolite's removal...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Assistência Odontológica para Doentes Crônicos/tendências , Diálise Renal/tendências , Diálise Renal/estatística & dados numéricos , Insuficiência Renal Crônica/prevenção & controle , Integralidade em Saúde , Pacientes
10.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 9(34): 107-114, 2016.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-831165

RESUMO

A má oclusão de Angle Classe II caracteriza-se por um relacionamento incorreto dos arcos superior e inferior. O tratamento dessa má oclusão pode ser realizado através de uma infinidade de abordagens terapêuticas e uma delas consiste em converter a relação molar de Classe II para Classe I, através da distalização de molares superiores. Esta abordagem vem ganhando popularidade e é cada vez mais utilizada por meio da instalação de microparafusos ortodônticos, por não dependerem da colaboração do paciente e por não promoverem perda de ancoragem, tornando os resultados dos tratamentos mais previsíveis, com melhores prognósticos e menor tempo de terapêutica. Os dispositivos intrabucais convencionais não são capazes de efetuar a distalização de molares sem efeitos colaterais, além de causar desconforto ao paciente e necessidade de etapas laboratoriais. Este trabalho teve como objetivo apresentar uma breve revisão de literatura e resolução de um caso clínico descrevendo os procedimentos adotados e as variações cefalométricas.


Angle Class II malocclusion is characterized by an incorrect match between the upper and lower arches. The treatment of this malocclusion can be performed using a multitude of therapeutic approaches, one of which is to convert the molar ratio from Class II to Class I through the distalization of maxillary molars. This approach is becoming more popular and has been performed through installation of orthodontic microscrews, because they do not depend on patients’ compliance and do not lead to loss of anchorage, enabling more predictable results with better outcomes and shorter treatment time. Conventional intraoral devices don’t perform molar distalization without side effects that cause discomfort to the patient and require laboratorial steps. This study aimed to present a brief literature review and the resolution of a case describing the performed procedures and cephalometric variations.


Assuntos
Humanos , Má Oclusão de Angle Classe II , Pacientes , Terapêutica
11.
Arq. odontol ; 51(2): 104-115, abr.-jun. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1629

RESUMO

Objetivo: Identificar o perfil sociodemográfico, epidemiológico, comportamental e de utilização dos serviços dos pacientes atendidos no ambulatório de exodontia da Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FO-UFRGS), bem como os principais tipos de procedimentos, técnicas e condutas empregadas e intercorrências trans/pós-operatórias mais comuns. Material e Métodos: Estudo descritivo retrospectivo. Foram tabulados 877 relatórios cirúrgicos preenchidos pelos alunos da graduação nas atividades das disciplinas de Exodontia e Anestesiologia e Introdução à Exodontia, entre 2011/2 e 2013/1. As informações foram analisadas pelo programa Software Package for Social Sciences (SPSS for Windows, version 18.0, SPSS Inc, Chicago, IL), sendo calculadas as distribuições de frequência das variáveis investigadas. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade. Resultados: Os pacientes eram, na maioria, mulheres, entre 30-59 anos, cor de pele branca, ensino fundamental incompleto, além de possuírem uma renda familiar entre 2 e 3 salários mínimos. Em relação aos hábitos comportamentais, 34,4% dos pacientes relatavam fumar e 31,1% disseram consumir bebidas alcoólicas pelo menos uma vez por semana. Quanto à história clínica, 25,1% dos pacientes relataram sofrer de hipertensão, 33,3% eram diabéticos ou tinham algum parente próximo com diabetes, 36,3% estavam em tratamento médico e 54,8% utilizavam um ou mais medicamentos. Em relação aos procedimentos, 39,5% estavam indicados por serem restos radiculares, sendo que em 30,1% dos casos os pacientes já chegavam com a queixa principal de extração. Conclusão: Foi possível conhecer o perfil sociodemográfico da população estudada ­ sexo feminino, 30-59 anos, cor de pele branca, ensino fundamental incompleto, renda familiar entre 2-3 salários mínimos ­ e sua situação de saúde (dados epidemiológicos-comportamentais). A maior parte dos pacientes não fumava, não consumia bebidas alcoólicas e não sofria de hipertensão ou diabetes, porém relatou estar usando um ou mais medicamentos. As intercorrências mais comuns foram hemorragia e lipotímia.(AU)


Aim: To identify the sociodemographic, epidemiological, behavioral and service utilization profiles of the patients who received dental care at the Tooth Extraction Outpatient Clinic, School of Dentistry, Federal University of Rio Grande do Sul (FO-UFRGS), as well as the main types of procedures, together with the most commonly employed procedures, techniques, and conducts, and the most common trans and postoperative complications. Methods: This was a retrospective descriptive study, in which 877 surgical reports, filled out by undergraduate students during the activitiesrelated to the Exodontics and Anesthesiology, as well as Intro to Exodontics, classes between the second semester of 2011 and the first semester of 2013, were gathered and tabulated. The collected data were analyzed using Software Package for Social Sciences (SPSS for Windows, version 18.0, SPSS Inc, Chicago, IL), calculating the frequency distribution of investigated variables. This study was approved by the University's Research Ethics Committee. Results: Patients were mostly women, from 30 and 59 years of age, of white ethnicity, with an incomplete elementary school education, and a household income of between 2 and 3 minimum wages. Regarding behavioral habits, 34.4% of the patients reported being smokers and 31.1% reported alcohol consumption at least once a week. Regarding the clinical history, 25.1% of patients reported suffering from hypertension, 33.3% were diabetic or had a close relative with diabetes, 36.3% were under medical treatment, and 54.8% used one or more types of medicine. Regarding the procedures, 39.5% were indicated because they were root fragments, while 30.1% of the patients had arrived with the main complaint of tooth extraction. Conclusion: It was possible to access the sociodemographic profile ­ women, between 30-59 years of age, of white ethnicity, incomplete elementary school education, household income between 2 and 3 minimum wages ­ and the health status of the population (epidemiological and behavioral data). Most of the patients were not smokers, did not consume alcoholic beverages, and did not suffer from hypertension or diabetes, but they did report the use of one or more types of medicine. The most common complications were bleeding and fainting.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pacientes , Perfil de Saúde , Análise Socioeconômica , Demografia , Pesquisa Comportamental , Cirurgia Bucal , Assistência Odontológica , Instituições de Assistência Ambulatorial
12.
Arq. odontol ; 51(04): 179-185, 2015. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850206

RESUMO

Objetivo: Verificar a presença da sensibilidade da dentina e seu impacto na qualidade de vida de pacientes periodontais. Material e Métodos: Foram examinados 36 pacientes com periodontite crônica de ambos os sexos na faixa etária de 18 a 59 anos na Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Maranhão. Os participantes responderam a um questionário socioeconômico e sobre hábitos de higiene bucal. O impacto da sensibilidade da dentina na qualidade de vida foi avaliado pelo OHIP-14 (Oral Health Impact Profile). Clinicamente, a sensibilidade da dentina foi avaliada pela utilização de spray ar-água e sonda exploradora nº 05, utilizando-se escores de 0 a 3. Os dados foram submetidos à análise estatística por meio do teste não paramétrico Qui-quadrado (χ2). O nível de significância foi de 5%. Resultados: Os resultados mostraram que 18 pacientes apresentaram sensibilidade da dentina, nos quais os pré-molares foram os dentes mais acometidos (55,5%). A sensibilidade da dentina foi mais observada pelo spray ar-água (86,1%), em seguida pela sonda exploradora (51,0%). Desconforto/dor leve (escore 1) foi mais encontrado com spray ar- água (43,5%), enquanto que dor intensa que persiste após estímulo foi mais verificada pela sonda exploradora nº 05 (51,0%). O OHIP-14 revelou impacto de fraco (66,7%) a médio (33,3%) nos pacientes com sensibilidade da dentina. Os indivíduos sem sensibilidade apresentaram impacto fraco (94,4%). Conclusão: A sensibilidade da dentina afetou parte dos pacientes periodontais com impacto de fraco a médio na qualidade de vida


Aim: This study sought to observe the presence of dentin sensitivity in its different degrees and its impact on patients' quality of life. Methods: Thirty-six patients with chronic periodontitis, both male and female, ranging from 18 to 59 years of age, were examined at the Federal University of Maranhão. The patients answered a questionnaire on their socioeconomic status and oral hygiene habits. The impact of dentin sensitivity on the patients' quality of life was assessed by Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14). Clinically, dentin sensitivity was examined by an air-water spray and a #5 dental explorer, using scores 0-3. Data were submitted to statistical analysis by non-parametric chi-squaretest. The significance level was set at 5%. Results: The results showed that 18 patients presented dentin sensitivity. The premolars were the most affected teeth (55.5%). Dentin sensitivity was most observed when the air-water spray was used (86.1 %), followed by the dental explorer (51 %). The discomfort and mild pain (score 1) was more frequently found when using the air-water spray (43.50%), while severe pain that persists after stimulation was observed in teeth with sensitivity to the dental explorer (51%). The OHIP-14 revealed low (66.67%) and medium (33.33 %) impacts on patients with dentin sensitivity. Patients without dentin sensitivity mostly showed a low impact (94.44%). Conclusion: Dentin sensitivity affected a portion of the periodontal patients, with low to medium impact on one's quality of life


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doenças Periodontais , Periodontite Crônica , Sensibilidade da Dentina , Higiene Bucal , Pacientes , Fatores Socioeconômicos , Inquéritos e Questionários , Perfil de Impacto da Doença , Qualidade de Vida
13.
Belo Horizonte; s.n; 2015. 108 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-790329

RESUMO

Este estudo transversal avaliou as próteses totais convencionais (PTC) ofertadas na Atenção Primária em Saúde da cidade de Belo Horizonte, Brasil, descrito em dois artigos. A amostra foi composta por 231 indivíduos usuários de PTC bimaxilar no período de agosto de 2010 a novembro de 2011. Os participantes responderam a um questionário com perguntas sobre condições sociodemográficas, uso e não uso das PTC, número de próteses utilizadas e tempo de edentulismo. Para quantificar a qualidade técnica e satisfação do usuário foi usada metodologia proposta por Sato et al. (1998 e 2000) respectivamente. O grau de reabsorção do rebordo mandibular foi verificado por meio da metodologia de Cawoold e Howell. Os instrumentos foram testados em estudo piloto. Para avaliação da concordância da examinadora foi utilizado o coeficiente Kappa, cujos valores foram de 0,81 para qualidade das PTC e 0,97 para avaliação da reabsorção do rebordo residual. No artigo 1 foi verificada a associação entre satisfação do usuário e qualidade técnica da PTC. A amostra dividida em dois grupos com base no grau de satisfação: grupo 1= insatisfeitos (satisfação <70) e grupo 2= satisfeitos (satisfação ¿ 70). Os grupos foram comparados em relação às variáveis de interesse pelos testes de qui-quadrado e Mann-Whitney. A correlação entre satisfação e qualidade técnica foi avaliada por meio de correlação de Spearman. O escore da satisfação geral foi de 73,18, enquanto o escore da qualidade geral foi de 54,97. A satisfação se associou a todos os critérios que compuseram a qualidade das PTC (p<0,05). A retenção da prótese mandibular apresentou o pior desempenho na avaliação da satisfação e qualidade técnica. Entretanto, a estabilidade e extensão da prótese mandibular apresentaram maior correlação com a satisfação geral...


This cross-sectional study evaluated the conventional dentures (PTC) offered in primary health care in the city of Belo Horizonte, Brazil, described in two articles. The sample consisted of 231 individuals PTC users bimaxillary offered in primary health care in the city of Belo Horizonte-Brazil, from August 2010 to November 2011. The participants answered a questionnaire with questions on sociodemographic conditions, use and non-use of PTC, number of prostheses that have used and edentulism time. To quantify the technical quality and user satisfaction was used methodology proposed by Sato et al. (1998 and 2000) respectively. The degree of resorption of the jaw edge was measured using the methodology Cawoold and Howell. The instruments were tested in a pilot study. To assess the concordance of the examination we used the Kappa coefficient, with values of 0.81 for quality of PTC and 0.97 for evaluation of residual ridge resorption. In the first article was to determine the association between user satisfaction and technical quality of the PTC, the sample was divided into two groups based on the degree of satisfaction: Group 1 = dissatisfied (satisfaction <70) and group 2 = satisfied (satisfaction ≥ 70). The groups were compared regarding the variables of interest using ...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Prótese Total , Atenção Primária à Saúde , Próteses e Implantes , Comportamento do Consumidor , Estudos Transversais , Pacientes , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
14.
Braz. dent. sci ; 17(2): 83-88, 2014.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-728124

RESUMO

Objective: The treatment most used worldwide for edentulism is conventional complete dentures, and the most important factor for the success of denture treatment seems to be patient satisfaction. The present study aims to use a qualitative approach to investigate factors that were previously associated with patient satisfaction with dentures by quantitative techniques (correlational studies). Material & Methods: twenty patients (12 women and 8 men, age 59-87) participated in open and semi-structured interviews, both pre- and post-treatment. All the interviews were recorded, listened to, and transcribed verbatim, after which the content was analyzed thematically. Results: for most respondents, tooth loss represented, first of all, difficulty chewing and eating. Some patients have not accepted the loss of their teeth and felt sadness and shame. Other patients have adapted to their dentures, through acceptance. Regarding expectations, patients expressed very high expectations, especially for the stability and adjustment of dentures, and also for a better appearance. The majority of respondents showed great satisfaction with treatment outcomes; their expectations were met, and the dentures did provide functional benefits. Patients also believed that a trusting relationship between the dentist and the patient plays a fundamental role in treatment outcomes, and they reported that currently dentists are more open to dialogue with their patients. Conclusion: confidence between the dentist and the patient plays a fundamental role in their evaluation of the treatment outcomes.


Objetivo: O tratamento mais utilizado em todo o mundo para o edentulismo são as próteses totais convencionais, e o fator mais imporatante para o sucesso desta terapia parece ser a satisfação do paciente. Este estudo tem como objetivo utilizar uma abordagem qualitativa para investigar os fatores que foram previamente associados (em estudo quantitativos) com a satisfação dos pacientes com as próteses totais. Material e Métodos: vinte pacientes (12 mulheres e 8 homens, entre 59 e 87 anos de idade) participaram em entrevistas abertas e semiestruturadas, tanto antes quanto após o tratamento. Todas as entrevistas foram gravadas, ouvidas e transcritas, e o conteúdo foi analisado tematicamente. Resultados: para a maioria dos indivíduos, a perda dos dentes representa, antes de tudo, dificuldade em mastigar e comer. Alguns pacientes não aceitaram a perda do dentes, e sentiam-se tristes e envergonhados. Outros pacientes adaptaram-se às próteses, por meio da aceitação. Os pacientes expressaram expectativas bastante altas, especialmente quanto à estabilidade e adaptação das próteses e também quanto à aparência. A maioria dos pacientes demonstrou grande satisfação com os resultados do tratamento, suas expectativas foram atendidas e as próteses ofereceram benefícios funcionais. Os pacientes também acreditam que uma relação de confiança com o dentista é de fundamental importância para o resultado do tratamento. Os pacientes reportaram ainda que atualmente os dentistas são mais abertos ao dialógo com os pacientes. Conclusão: a confiança entre o dentista e o paciente tem papel fundamental na avaliação dos pacientes quanto ao resultado da terapia.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Prótese Total , Pacientes
15.
Belo Horizonte; s.n; 2014. 31 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-790328

RESUMO

A violência urbana tornou-se constante no cotidiano dos brasileiros, produzindo um grande número de vítimas e sequelas físicas e emocionais, constituindo-se em um problema de saúde pública. O trauma maxilofacial é um tipo de trauma ocorrido na face e na cabeça. O número de traumas maxilofaciais pode ser associado a exposição desta região do corpo nos casos de acidentes de trânsito ou a uma tentativa de desfigurar a face da vítima de agressão. Este estudo analisou os eventos de violência urbana através dos traumas maxilofaciais deles decorrentes em Belo Horizonte - MG. Foi feita uma coleta retrospectiva dos registros de vitimas de violência urbana atendidas no hospital municipal Odilon Behrens no período de janeiro a dezembro de 1998 e de janeiro a dezembro de 2012...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Traumatismos Faciais/epidemiologia , Traumatismos Maxilofaciais/epidemiologia , Acidentes , Hospitais , Pacientes , Saúde Pública , Violência
16.
São Paulo; s.n; 2014. 74 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867272

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento de estética facial e bucal adquirido pelos alunos no curso de odontologia da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP) e comparar com o que os pacientes que frequentam a Clínica Odontológica da FOUSP almejam como estética. Esse estudo foi realizado com 200 indivíduos de 18 a 50 anos, sendo: 100 (cem) pacientes, 50 (cinquenta) acadêmicos de primeiro ano e 50 (cinquenta) do último ano do curso de odontologia. Foram aplicados dois questionários aos grupos, um questionário sobre o perfil socioeconômico e um sobre a percepção estética. Os questionários são do tipo Escala Visual Analógica (VAS). Para medir a percepção do indivíduo sobre a estética foram abordados os seguintes aspectos: estética facial, como tipo de cabelo, tamanho dos olhos, forma da boca; e estética bucal, como posição, tamanho e forma dos dentes, gengiva e lábios. De acordo com os resultados obtidos por meio dos questionários foi possível comparar e correlacionar os grupos analisados utilizando os testes ANOVA e qui-quadrado. Após a análise estatística observou-se que não houve diferença estatisticamente significante (p=0,49) entre as respostas apresentadas pelos alunos tanto em relação à estética bucal, quanto em relação à estética facial. Na análise comparativa entre alunos e pacientes, pode-se observar que houve diferença entre à percepção bucal (p<0,001), mas não quanto à facial (p=0,26). Na amostra estudada observou-se que a resposta do grupo de pacientes comparada a dos estudantes divergiu significantemente.


Este resultado pode ser atribuído ao fato dos estudantes observarem com mais rigor a questão da estética dental/bucal, enquanto o grupo de pacientes valorizarem mais a estética facial, buscando a harmonia do conjunto. Cabe ressaltar que os fatores que influenciaram nas respostas apresentadas nos questionários foram à idade, classe econômica e grau de escolaridade. Entender como o paciente enxerga estética e o que ele almeja quando se submete a um procedimento é importante para que o profissional realize um trabalho que satisfaça e eleve a autoestima deste paciente. Tendo isso em mente, o presente trabalho pode contribuir para nortear os profissionais da área quanto ao foco que devem ter ao realizar um procedimento estético, ou seja, entender o que o paciente busca e, concomitantemente, realizá-lo com as necessidades funcionais.


The aim of this study was to evaluate the knowledge of facial and oral aesthetics acquired by students in the course of Dentistry Faculty of Dentistry, University of São Paulo (FOUSP) and compare it with what the patients attending the Dental Clinic aims FOUSP as aesthetics. This study was conducted with 200 subjects aged 18 to 50 years, as follows: one hundred (100) patients, fifty (50) students of first year and fifty (50) of the final year of dentistry. Two questionnaires to groups, a questionnaire on socioeconomic and one on the aesthetic perception were applied. Questionnaires are the type Visual Analogue Scale (VAS). To measure the individual's perception of aesthetics the following aspects were addressed: facial aesthetics such as hair type, eye size, mouth shape; and oral aesthetics, such as position, size and shape of the teeth, gums and lips. According to the results obtained through the questionnaires was possible to compare and correlate the groups analyzed using ANOVA and chi-square tests. After statistical analysis revealed that there was no statistically significant difference (p = 0.49) between the responses given by students in relation to both oral aesthetics, and in relation to facial aesthetics. The comparative analysis between students and patients, it can be observed that there were differences between the oral perception (p < 0.001), but not regarding facial (p = 0.26). In this sample we observed that the response of the patient group compared to the students diverged significantly.


This result can be attributed to the fact that students observe more strictly the issue of dental/oral aesthetics, while the group of patients give greater facial aesthetics, seeking the harmony of the whole. Note that the factors that influenced the answers given in the questionnaire were age, economic status and educational level. Understand how the patient sees aesthetics and he craves when it undergoes a procedure is important for the provider performs a job that fits and raise the self-esteem of the patient. Keeping this in mind, the present study may contribute to guide the professionals about the focus that should have when performing an aesthetic procedure, ie, to understand what the patient looks and concomitantly performing it with operational requirements.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Educação em Saúde Bucal/estatística & dados numéricos , Estética Dentária/estatística & dados numéricos , Pacientes/estatística & dados numéricos
18.
ImplantNews ; 10(6): 731-733, 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-707606

RESUMO

A comunicação bem-sucedida entre pacientes e clínicos na terapia de suporte aos implantes pode ser comprometida por diversas razões. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma nova ferramenta educacional de conhecimento, como o diagrama de motivação por cores (DMC). Com base em uma radiografia periapical feita pela técnica do paralelismo e cone longo, os clínicos podem determinar se os níveis ósseos do paciente estão acima ou abaixo da plataforma do implante. Cálculos simples são feitos entre os anos consecutivos para se determinar o remodelamento ósseo. Depois, o limiar de perda é atribuído para cada intervalo e um código de cores (azul, amarelo, verde ou vermelho) é aplicado. Desta forma, o paciente pode se concentrar nos significados das cores e ter compreensão total dos resultados, além de melhorar sua higiene oral caseira. Embora a validade desta ferramenta ainda não tenha sido investigada cientificamente, ela lança novas perspectivas sobre a motivação do paciente no tratamento com implantes osseointegrados.


Successful communication between patients and clinicians during implant supportive therapy can be compromised due to several reasons. The aim of this paper is to present a new educational tool known as the color motivation chart (CMC). Based on a standardized periapical radiograph using the long-cone technique, clinicians can determine whether the patient shows bone levels above or below the implant platform. Simple calculations are made between consecutive years to determine bone remodeling. After, the threshold value is attributed for each interval and a color code message (blue, yellow, green, and red) is applied. In this way, the patient can concentrate on color meanings and have an overall comprehension of the outcomes and how to improve their oral hygiene home-care measures. Although the validity of this new tool has not been scientifically investigated, it launches new perspectives on patient motivation for implant treatment.


Assuntos
Humanos , Implantação Dentária , Pacientes
19.
Rev. bras. odontol ; 68(2): 205-208, jul.-dez. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-857508

RESUMO

Este estudo mensurou o nível de mercúrio em profissionais em função do período de exposição ao amálgama de prata comparado a pessoas não expostas. Coletou-se 60 amostras de urina distribuídas em seis grupos, divididos em pessoas com e sem restaurações de amálgama, estudantes após o primeiro contato ocupacional, dentistas até um ano de profissão, dentistas entre 5 a 10 anos de profissão e dentistas entre 15 a 20 anos de profissão. Determinou-se o mercúrio através de espectrofotometria de absorção atômica a vapor frio (CV-AAS) em amostras de urina. A análise dos resultados apresentou que houve diferença estatisticamente significante entre os grupos (p = 0,01012). A análise dos resultados constatou que existe um risco potencial de se aumentar os níveis sistêmicos de mercúrio em função do período de manipulação do amálgama dental, apesar de que os sujeitos da pesquisa apresentarem resultados dentro do limite de tolerância biológica proposto pela OMS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Amálgama Dentário/toxicidade , Mercúrio/análise , Mercúrio/urina , Exposição Ocupacional , Odontólogos , Espectrofotometria Atômica/métodos , Pacientes , Estudantes de Odontologia
20.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-663259

RESUMO

Objetivo: Avaliar as condições bucais de pacientes com líquen plano oral (LPO), comparando com um grupo controle. Método: Foram selecionados 17 indivíduos portadores de LPO e 17 não portadores de LPO, pareados em idade e sexo. Realizou-se exame clínico bucal em todos os pacientes e foram determinados os índices CPO-D, CPI, IHOS e ISG, e as taxas de fluxo salivar em repouso e estimulado. Realizou-se análise estatística com testes qui-quadrado e de Mann-Whitney, considerando significante p menor que 0,05. Resultados: Em ambos os grupo 82,4% dos pacientes eram do sexo feminino, a idade dos pacientes com LPO variou de 15 a 73 anos (média de 49±16 anos). No grupo LPO a média do CPO-D foi 4,18±4 e no controle foi 1,88±3,3. Quanto ao IHOS, no grupo LPO 64,7% tinha higiene oral satisfatória e no controle 94,1%. O CPI evidenciou 70,6% doença periodontal no grupo LPO e 41,1% no grupo controle. A média do fluxo salivar em repouso foi de 0,38±0,19 ml/min. e de 0,44±0,22 ml/min., no grupo LPO e controle, respectivamente. Houve diferença estatisticamente significante nas médias do IHOS (p= 0,035), CPI (0,033) e CPO-D, (p=0,033). Não houve diferença estatisticamente significante para o fluxo salivar em repouso (p=0,200), para o fluxo salivar estimulado (p=0,381) e ISG (p= 0,381). Conclusões: Os pacientes com LPO apresentam piores condições bucais e função normal das glândulas salivares, quando comparado com indivíduos sem LPO. Ressaltamos a importância do controle de fatores bucais na evolução das lesões do LPO.


Objective: To evaluate the oral conditions in patients with oral lichen planus (OLP) and compared with a control group. Method: 17 patients with OLP and 17 age- sex- matched controls were selected. Oral examination and DMFT index, CPI, OHI-S and GSI, and unstimulated and stimulated salivary flow were determined. Statistical analysis was being applied qui-square and Mann-Whitney test, considering significant p less than 0.05. Results: In both groups of patients were 82.4% female, the patient age range with OLP was 15-73 years (maen 49±16 years). In the OLP group the mean DMFT was 4.18±4 and the control was 1.88±3.3. As for the OHI-S, 64.7% in OLP group had satisfactory oral hygiene and control 94.1%. The CPI showed 70.6% of periodontal disease in OLP group and 41.1% in the control group. The mean unstimulated salivary flow was 0.38±0.19 ml / min. and 0.44 ± 0.22 ml / min., OLP and control group, respectively. Statistically significant differences were observed in OHI-S (p=0.035), CPI (p=0.033) and DMFT (p=0.033). There was no statistically significant difference in the unstimulated salivary flow (p=0.200), stimulated salivary flow (p=0.381) or GSI (p=0.381). Conclusions: Patients with OLP had worse oral health conditions and had no dysfunction of the salivary glands. We emphasize the importance to control the oral factors in patients with OLP.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Líquen Plano Bucal , Saúde Bucal , Pacientes , Distribuição de Qui-Quadrado , Índice de Higiene Oral , Índice Periodontal , Distribuição por Sexo , Estatísticas não Paramétricas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA