Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 4.513
Filtrar
1.
Braz. dent. sci ; 23(1): 1-8, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1049266

RESUMO

Background: Zinc oxide eugenol(ZOE) has long been the material of choice for obturating primary teeth,but it is resistant to resorption, might result in a deflected successor and has limited antibacterial efficacy. Curcuminpossessesanti-inflammatory and antimicrobialproperties which can be implied by its use as obturating material in primary teeth. Objective: To evaluate and compare the efficacy of Curcumin Gel mixed Endoflas powderand Zinc oxide eugenol as obturating materials in primary molars. Material and methods: A total of 30 primary molars indicated for pulpectomy were selected from 4-9-yearold children and divided into two equal groups based on the obturating material used. Group 1- Curcumin Gel mixed Endoflas powder(CGE) and Group 2- Zinc oxide eugenol(ZOE). The efficacy of these obturation materials was evaluatedboth clinically and radiographically. Follow-up was done after 1, 3 and 6months to evaluate clinical and radiographical success rates. The results were subjected to statistical analysis using SPSS software version 21 using chisquare test. Results: At the end of the 6th month follow-up,there was 93.3% clinical success in Group 1 compared with 86.6% success in Group 2. Whereas, radiographically success reported was 100% with Group 1 and 93.3% with Group 2. The difference in the radiographic success rate between the two Groups was statistically significant (P < 0.05). Conclusion: Based on the present study results, Curcumin Gel mixed Endoflas powder can be considered as an alternative obturation material for treating deciduous molars with extensive involvement of pulp and periradicular tissues.(AU)


Fundamentação: O óxido de zinco eugenol (OZE) há muito tempo é o material de escolha para a obturação de dentes decíduos, mas é resistente à reabsorção, podendo resultar em um dente permanente desviado e tem eficácia antibacteriana limitada. A curcumina possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas que podem indicar seu emprego como material obturador em dentes decíduos. Objetivo: Avaliar e comparar a eficácia da pasta de curcumina Endoflas e do óxido de zinco eugenol como materiais obturadores em molares decíduos. Material e métodos: Um total de 30 molares decíduos indicados para pulpectomia foram selecionados entre crianças de 4 a 9 anos e divididos em dois grupos iguais, com base no material obturador utilizado. Grupo 1 - pasta de curcumina Endoflas (CGE) e Grupo 2- óxido de zinco eugenol (ZOE). A eficácia desses materiais de obturação foi avaliada clinicamente e radiograficamente. O acompanhamento foi realizado após 1, 3 e 6 meses para avaliar as taxas de sucesso clínico e radiográfico. Os resultados foram submetidos à análise estatística no software SPSS versão 21, utilizando o teste quiquadrado. Resultados: No final do sexto mês de acompanhamento, houve 93,3% de sucesso clínico no Grupo 1 em comparação com 86,6% de sucesso no Grupo 2. Considerando que, o sucesso radiográfico relatado foi de 100% no Grupo 1 e 93,3% no Grupo 2. A diferença na taxa de sucesso radiográfico entre os dois grupos foi estatisticamente significante (P < 0,05). Conclusão: Com base nos resultados do presente estudo, a pasta de curcumina Endoflas pode ser considerada como um material de obturação alternativo para o tratamento de molares decíduos com amplo envolvimento de polpa e tecidos perirradiculares (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Obturadores Palatinos , Pulpectomia , Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol , Curcuma , Anti-Infecciosos
2.
Arq. odontol ; 56: 1-10, jan.-dez. 2020. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1052869

RESUMO

Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar o conhecimento de Graduandos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (FAO-UFMG) quanto às indicações de uso de fluoretos em crianças. Métodos: Em 2015, dois grupos de estudantes foram convidados a participar do estudo: Grupo 1 (G1): 78 alunos do 1º período e Grupo 2 (G2): 72 alunos do 9º período (baseline). Em 2016, o G1 participou da reaplicação do mesmo questionário e a amostra de alunos recuperada foi de 66 graduandos (tempo 2 ­ T2). Foi realizada análise estatística dos dados usando os Testes Qui-quadrado de Pearson, Exato de Fisher e McNemar. Resultados: Comparando as respostas, houve diferenças de resposta em todas as questões entre G1 em baseline e G2 (p < 0,05). O conhecimento entre G1 no T2 e G2 foi semelhante (p > 0,05). As respostas foram diferentes entre G1 em baseline e G1 em T2 (p < 0,05), mostrando uma melhora do conhecimento para os mesmos alunos. Conclusão: No geral, pode-se dizer que ainda há uma defasagem no conhecimento, visto que muitas questões foram respondidas de maneira insatisfatória. (AU)


Aim: This study s oughtto compare the knowledge of undergraduate students from the Dental School of Universidade Federal de Minas Gerais (FOUFMG) regarding the recommendations of fluoride use for children. Methods: In 2015, two groups of students took part in the study: Group 1 (G1): 78 students from the 1stsemester and Group 2 (G2): 72 students from the last semester (baseline). In 2016, G1 answered the same questionnaire, and the sample retrieved was of 66 students (time 2). Pearson's Chi-square, Fisher's exact, and McNemar tests were used for statistical analysis. Results: Comparing the responses, the answers were different between G1 at the baseline and G2 (p < 0.05). The answers of the questionnaire were similar between G1 at time 2 and G2 at the baseline (p > 0.05). The answers were different between G1 at the baseline and G1 at time 2 (p < 0.05), illustrating an improvement in knowledge. Conclusion:In conclusion, there is still a lack of knowledge, as many questions were not properly answered by the students. (AU)


Assuntos
Estudantes de Odontologia , Criança , Odontopediatria , Conhecimento , Dentifrícios , Educação , Fluoretos/administração & dosagem , Flúor , Inquéritos e Questionários , Estudos Longitudinais , Avaliação Educacional
3.
Braz. j. oral sci ; 19: e206579, jan.-dez. 2020. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1116568

RESUMO

Aim: The purpose of this examination is determining the predictors of oral health behaviors among Iranian students in district 1 Tehran based on the health belief model with added commitment to plan construct. Methods: This cross-sectional study was conducted on 351 four grade female students in the first district of Tehran, Iran in 2017. The multi­stage random cluster sampling method was used to recruit students. The inclusion criteria were being in four ­ graded level of elementary schools of the 1st district in Tehran, being female students aged between 9-11 years and being physically and psychologically healthy student. Logistic regression analysis was used to identify the variables that predict oral health behaviors. Results: Totally, (N= 31.8%) students reported that they were brushing less than twice a day and (N= 55.2% ) students claimed using of dental floss once a week or less than once a day. The results indicated that perceived self-efficacy (OR=1.46, 95% CI=0.57-3.78, P<0.001), commitment to plan (OR=1.13, 95% CI=1.04-1.23, P<0.001) and cues to action (OR=1.42, 95% CI=1.14­1.76, P=0.002) were the significant predicting variables of brushing twice a day, and use of dental floss once a day or more (OR=1.02, 95% CI=0.23-3.53, P=0.003). Conclusion: This study has shown the effectiveness of the health belief model with added commitment to plan construct to predict oral health behavior in female students. Thus, it seems that the model as a acceptable framework for designing training programs to improve oral health behavior in students


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Estudantes , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Saúde Bucal , Educação em Saúde Bucal , Irã (Geográfico)
4.
Braz. j. oral sci ; 19: e207468, jan.-dez. 2020. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1116578

RESUMO

Aim: To assess oral health-related quality of life (OHRQoL) and associated factors among the 12-year-old population of the state of Minas Gerais, Brazil. Methods: Cross-sectional data from the SB-Minas Gerais 2012 study were used. The presence of poor OHRQoL was assessed using the Oral Impact on Daily Performance (OIDP) and its dimensions (physical, psychological and social domains). Independent variables included sociodemographic factors and variables related to the use of dental care and oral health conditions. The association between the outcomes and the independent variables were tested using logistic regression and the results reported as odds ratio with 95% confidence interval. Results: Prevalence of poor OHRQoL was 31.4%; the psychological domain was the most affected (22.6%). Pain and dissatisfaction with oral health were associated with poor OHRQoL on overall OIDP and all its domains. Non-whites had greater poor OHRQoL than whites on overall OIDP and physical domain. Conclusion: Self-perceived oral health and social inequalities were associated with poor OHRQoL


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Qualidade de Vida , Fatores Socioeconômicos , Inquéritos de Saúde Bucal , Saúde Bucal
5.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(2): 125-139, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1100318

RESUMO

Introdução:As neoplasias malignas ocupam o segundo lugar em causa de mortalidade no Brasil. Embora o país detenha grande número de dentistas em relação aos outros países, estudos apontam que o diagnóstico é feito tardiamente, levando assim, o câncer de boca como o oitavo câncer mais letal. Objetivo:Descrever a epidemiologia do câncer bucal no estado do Rio Grande do Norte. Método:Estudo epidemiológico descritivo do tipo ecológico realizado a partir dos casos diagnosticados de câncer bucal nos anos de 2000 a 2014. Resultados:Foram notificados 1.198 casos, sendo 714 óbitos; a região da língua e base de língua foi a mais acometida (33,63%), com predominância de 63,18% do sexo masculino. Conclusões:O câncer bucal está ganhando destaque e estudos como este poderão subsidiar a proposição de políticas públicas e o planejamento de ações mais efetivas, para o diagnóstico precoce e o tratamento nos estágios iniciais da doença (AU).


Introduction:Malignant neoplasms are the second leading cause of death in Brazil. Although the country has a large number of dentists compared to other countries, studies indicate that the diagnosis is made late, thus leading to oral cancer as the eighth most lethal cancer.Objective:To describe the epidemiology of oral cancer in the state of Rio Grande do Norte.Methods:A descriptive epidemiological study of the ecological type carried out from the diagnosed cases of oral cancer in the years 2000 to 2014. Results:A total of 1198 cases were reported, of which 714 were deaths; The region of the tongue and tongue base was the most affected (33.63%), with a predominance of 63.18% of males.Conclusions:Oral cancer is gaining prominence and studies such as this may support the proposal of public policies and the planning of more effective actions for the early diagnosis and treatment in the early stages of the disease (AU).


Introducción:las neoplasias malignas son la segunda causa de mortalidad en Brasil. Aunque el país tiene una gran cantidad de dentistas en relación con otros países, los estudios muestran que el diagnóstico se hace tarde, por lo qu el cáncer de boca es el octavo cáncer más letal.Objetivo:Describir la epidemiología del cáncer oral en el estado de Rio Grande do Norte. Método:Estudio epidemiológico descriptivo del tipo ecológico realizado en base a los casos diagnosticados de cáncer oral en los años 2000 a 2014. Resultados:se reportaron 1.198 casos, de los cuales 714 fueron muertes; la región de la lengua y la base de la lengua fue la más afectada (33,63%), con un predominio del 63,18% de varones. Conclusiones: el cáncer oral está ganando protagonismo y estudios como este pueden respaldar la propuesta de políticas públicas y la planificación de acciones más efectivas para el diagnóstico y tratamiento tempranos en las primeras etapas de la enfermedad (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Política Pública , Brasil/epidemiologia , Neoplasias Bucais/patologia , Estudos Ecológicos , Vigilância em Saúde Pública , Estudos Epidemiológicos , Fatores de Risco
6.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(2): 140-155, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1100322

RESUMO

Introdução:Nas últimas décadas, a qualidade do desenvolvimento e crescimento infantil tem sido utilizada como parâmetro para mensurar a qualidade do desenvolvimento humano e para ter o conhecimento dessa evolução se faz uso dos indicadores de mortalidade e morbidade. Objetivo: Avaliar a morbidade e mortalidade por causas respiratórias em crianças menores de cinco anos de idade no nordeste brasileiro no período de 2013 a 2017.Metodologia:Trata-se de um estudo ecológico, realizado nos estados do nordeste brasileiro utilizando os dados secundários no período de 2013 a 2017. Os dados foram extraídos no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde, através do Sistema de Informação sobre Mortalidade e do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. Foram usadas as variáveis dependentes: óbitos e adoecimentos hospitalares em crianças de 1 a 4 anos de idade por causas respiratórias e como independentes,o ano e estado do Nordeste brasileiro. Resultados:Foi possível observar a prevalência de óbitos por pneumonia por microrganismo, variando entre 70,04% (470) a 75,66% (569) do total de agravos. Os números referentes a morbidade por pneumonia foram de 60% do total dos casos, seguido de asma com 30%. Conclusões:De acordo com os dados desse estudo é possível concluir a importância da abrangência dos programas de promoção e de prevenção da saúde e a fiscalização na execução delas, pois essas patologias podem ser prevenidas no decorrer do crescimento e desenvolvimento infantil a nível ambulatorial (AU).


Introduction:In the last decades, the quality of child development and growth has been used as aparameter to measure the quality of human development and to have knowledge of this evolution, indicators of mortality and morbidity are used.Objective:To assess morbidity and mortality from respiratory causes in children under five years oldin Northeastern Brazil in the period from 2013 to 2017. Methodology:This is an ecological study carried out in the states of northeastern Brazil using secondary data in period from 2013 to 2017. Data were extracted at the Informatics Department of the Unified Health System, through the Mortality Information System and the Unified Health System Hospital Information System. Dependent variables were used: deaths and hospital illnesses in children from 1 to 4 years of age due to respiratory causes and as independent, the year and state of Northeast Brazil.Results:It was possible to observe the prevalence of deaths due to pneumonia due to microorganisms, ranging from 70.04% (470) to 75.66% (569) of the total of diseases. The figures for pneumonia morbidity were 60% of the total cases, followed by asthma with 30%. Conclusions:According to the data from this study, it is possible to conclude the importance of the comprehensiveness of health promotion and prevention programs and the monitoring of their execution, as these pathologies can be prevented during the growth and development of children at an outpatient level (AU).


Introducción: En las últimas décadas, la calidad del desarrollo y el crecimiento infantil se ha utilizado como parámetro para medir la calidad del desarrollo humano y para tener conocimiento de esta evolución, se utilizan indicadores de mortalidad y morbilidad.Objetivo:Evaluar la morbilidad y la mortalidad por causas respiratorias en niños menores de cinco años en el noreste de Brasil en el período 2013-2017.Metodología: Este es un estudio ecológico realizado en los estados del noreste de Brasil utilizando datos secundarios en período de 2013 a 2017. Los datos se extrajeron en el Departamento de Informática del Sistema Único de Salud, a través del Sistema de Información de Mortalidad y el Sistema de Información Hospitalaria del Sistema Único de Salud. Se utilizaron variables dependientes: muertes y enfermedades hospitalarias en niños de 1 a 4 años debido a causas respiratorias y, de forma independiente, el año y el estado del noreste de Brasil.Resultados:Fue posible observar la prevalencia de muertes por neumonía por microorganismos, que van del 70.04% (470) al 75.66% (569) del total de enfermedades. Las cifras de morbilidad por neumonía fueron del 60% del total de casos, seguidas de asma con el 30%.Conclusiones:Según los datos de este estudio, es posible concluir la importancia de la integralidad delos programas de promoción y prevención de la salud y el monitoreo de su ejecución, ya que estas patologías pueden prevenirse durante el crecimiento y el desarrollo de los niños a nivel ambulatorio (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Pneumonia , Doenças Respiratórias , Brasil/epidemiologia , Criança , Mortalidade Infantil , Epidemiologia , Interpretação Estatística de Dados , Estudos Ecológicos
7.
Braz. dent. sci ; 23(3): 1-7, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1117355

RESUMO

Aim: To determine the prevalence, predisposing factors of white spots on enamel and the effectiveness of treatment using the microabrasion technique. Method: A study was developed in children between the ages of 6 and 12 of both genders, enrolled in municipal public schools. Epidemiological questionnaire was applied to the participants and parents or guardians to investigate the predisposing factors of the lesions on permanent teeth during the mixed dentition. Oral examination of the children was carried out, and for those children in whom white spot lesions were found, dental treatment was provided by the microabrasion technique in the incisors and/ or first permanent molars to prevent the evolution to a caries lesion with cavitation, since the enamel structure was damaged. Results: The majority of the sample had from 1% to 24% of the enamel affected by the white spots. The possible predisposing factors of white spots were systemic infections, trauma or caries with pulp involvement in a deciduous tooth. The treatment was effective in 16 children and for the remaining two the restorative treatment was performed. Conclusion: The prevalence of white spot lesions found in enamel was 3.95%, with a higher prevalence in females. Regarding predisposing factors, most children had some infectious diseases and frequently took antibiotics and anti inflammatory drugs. The permanent right upper central incisor was the most affected. The treatment proved to be effective in most children possibly because the lesion is located more superficially in the enamel (AU)


Objetivo: Determinar a prevalência, os fatores predisponentes de manchas brancas no esmalte dentário e a eficácia do tratamento pela técnica de microabrasão. Método: Foi desenvolvido um estudo em crianças na faixa etária dos 6 aos 12 anos de ambos os gêneros, matriculados em 3 escolas públicas municipais. Questionário epidemiológico foi aplicado aos participantes e aos pais ou responsáveis para investigar os fatores predisponentes das lesões em dentes permanentes durante a dentição mista. Realizou-se o exame bucal das crianças e nas que foram constatadas lesões de mancha branca foi proporcionado o tratamento odontológico pela técnica de microabrasão, nos incisivos e/ou primeiros molares permanentes, impedindo a evolução para uma lesão de cárie com cavitação, uma vez que a estrutura do esmalte estava danificada. Resultados: A maioria da amostra apresentou de 1% a 24% do esmalte atingido pelas manchas brancas. Os possíveis fatores etiológicos das manchas brancas foram infecções sistêmicas, trauma ou cárie com envolvimento pulpar em dente decíduo. O tratamento foi eficaz em 16 crianças e em duas restantes foi realizado o tratamento restaurador. Conclusão: A prevalência de lesões de manchas brancas encontradas em esmalte foi 3.95% com maior predominância no gênero feminino. Com relação aos fatores predisponentes, a maioria das crianças tiveram algumas doenças infecciosas e fizeram uso de antibióticos e anti-inflamatórios. O incisivo central superior direito permanente foi o mais acometido. O tratamento mostrou-se eficaz na maioria das crianças, possivelmente devido à localização da lesão ser superficial no esmalte (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Desmineralização do Dente , Microabrasão do Esmalte , Esmalte Dentário , Hipoplasia do Esmalte Dentário
8.
Braz. dent. sci ; 23(3): 1-9, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1116230

RESUMO

Objective: This cross-sectional school based study aimed to assess the reliability of Fishman and Nolla methods in predicting the chronological age for Yemeni children. Material and Methods: Orthopantomographs and left handwrist radiographs were taken for 358 Yemeni children (193 boys and 165 girls) 8 - 16 years. Skeletal age estimated by Fishman method and dental age estimated by Nolla method were compared to chronological age using SPSS version 21, statistical significance was predetermined at P < 0.05 , using Intraclass Correlation CoefficientICC and Wilcoxon signed rank test. Results: The mean chronological, skeletal and dental ages were 12.00 ± 2.25 years, 12.39 ± 1.65 years and 11.32 ± 2.65 years, respectively. Intraclass correlation coefficient showed strong correlation between chronological age and skeletal and dental ages. Wilcoxon test showed Fishman method significantly underestimated the chronological age by 0.44 ± 1.26 years in boys and non-significantly underestimated the chronological age by 0.02 ± 1.08 years in girls. Nolla method significantly underestimated the chronological age by 0.59 ± 1.28 years in boys and 0.78 ± 1.21 years in girls. Conclusions: Chronological age of Yemeni children is highly correlated to skeletal age estimated by Fishman method and dental age estimated by Nolla method. However, the two methods underestimate the chronological age of Yemeni children.(AU)


Objetivo: Este estudo transversal de base escolar teve como objetivo avaliar a confiabilidade dos métodos Fishman e Nolla na predição da idade cronológica em crianças iemenitas. Material e Métodos: Foram realizadas ortopantomografias e radiografias do punho esquerdo em 358 crianças iemenitas (193 meninos e 165 meninas) de 8 a 16 anos. A idade esquelética estimada pelo método Fishman e a idade odontológica estimada pelo método Nolla foram comparadas com a idade cronológica pelo, utilizando-se o programa SPSS versão 21; a significância estatística foi predeterminada em P < 0,05, pelo coeficiente de correlação intraclasseICC e pelo teste de Wilcoxon. Resultados: As idades cronológica, esquelética e odontológica média foram de 12,00 ± 2,25 anos, 12,39 ± 1,65 anos e 11,32 ± 2,65 anos, respectivamente. O coeficiente de correlação intraclasse mostrou forte correlação entre idade cronológica e idade esquelética e dentária. O teste de Wilcoxon mostrou que o método Fishman subestimou significativamente a idade cronológica em 0,44 ± 1,26 anos nos meninos e não subestimou significativamente a idade cronológica em 0,02 ± 1,08 anos nas meninas. O método Nolla subestimou significativamente a idade cronológica em 0,59 ± 1,28 anos nos meninos e 0,78 ± 1,21 anos nas meninas. Conclusões: A idade cronológica de crianças iemenitas está altamente correlacionada à idade esquelética estimada pelo método Fishman e à idade dentária estimada pelo método Nolla. No entanto, os dois métodos subestimam a idade cronológica das crianças iemenitas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Ortodontia , Iêmen , Determinação da Idade pelo Esqueleto , Determinação da Idade pelos Dentes , Odontologia Legal
9.
Braz. dent. sci ; 23(3): 1-12, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1116007

RESUMO

Objective: The aim of this study was to determine the difference in quality of life of stunting children in Enrekang District based on their caries status. Material and Methods: This study was an observational analitic study with a cross sectional design, conducted in Buntu Batu, Baraka, and Malua Sub-district of Enrekang District on April 29-May 3, 2019. Height measurements, def-t/DMF-T, pufa/PUFA assessment of stunting children 6-12 years old, and assessment of quality of life related to oral health of children 8-12 years using the CPQ questionnaire. Data were collected, 123 children suffered from stunting. Results: Based on the Mann Whitney Test, p value < 0.05 showed that there were differences that statistically significant on def-t and pufa to quality of life of 8-10 years. The p value > 0.05 indicates that there are no significant differences in def-t/ DMF-T and pufa/PUFA to quality of life of 11-12 years stunting children. Conclusion: There are differences in caries of primary teeth between stunting children aged 8 -10 years to their quality of life. At the age of 11-12 years there is no difference in caries to quality of life in Enrekang District.(AU)


Objetivo: O objetivo deste estudo foi determinar a diferença na qualidade de vida de crianças com nanismo no Distrito de Enrekang, com base no status de cárie. Material e métodos: Este estudo foi um estudo analítico observacional com um desenho transversal, realizado no Subdistrito de Buntu Batu, Baraka e Malua, no Distrito de Enrekang, de 29 de abril a 3 de maio de 2019. Medidas de altura, def-t/DMF-T, pufa/PUFA de crianças com nanismo de 6 a 12 anos, e avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde bucal de crianças de 8 a 12 anos usando o questionário CPQ. Os dados foram coletados e 123 crianças sofriam de nanismo. Resultados: Com base no teste de Mann Whitney, o valor de p < 0,05 mostrou que houve diferenças estatisticamente significantes em def-t e pufa entre a qualidade de vida de 8 a 10 anos com nanismo em crianças com impacto e aquelas sem impacto, enquanto os valores de p = 0,05 e 0,295 apresentaram diferenças não significativas no DMF-T e no PUFA. O valor de p> 0,05 indica que não há diferenças significativas em def-t / DMF-T e pufa / PUFA entre a qualidade de vida de 11 a 12 anos com nanismo em crianças com impacto e aquelas que não têm impacto. Conclusão: Existem diferenças na cárie de dentes decíduos entre crianças com nanismo entre 8 e 10 anos que causam impacto e aquelas que não têm impacto na qualidade de vida. No entanto, não há diferença nos dentes permanentes. Na idade de 11 a 12 anos, não há diferença na cárie entre dentes decíduos e dentes permanentes entre aqueles que causam impacto e aqueles que não causam impacto.(AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Qualidade de Vida , Cárie Dentária , Nanismo
10.
Arq. odontol ; 56: 1-7, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1118600

RESUMO

Objetivo:Avaliar a prevalência das lesões de mucosa bucal e seu impacto na qualidade de vida relacionada à saúde bucal em crianças matriculadas nas escolas municipais de Caicó, Rio Grande do Norte (RN). Métodos:Foram selecionados 71 escolares entre 8 a 10 anos de idade regularmente matriculados em Escolas Municipais de Caicó/RN. A amostra foi divida em dois grupos: Grupo lesão (GL): composto por 26 crianças com presença de lesões bucais e Grupo controle (GC): composto por 45 crianças que não apresentaram lesões bucais. A identificação das lesões bucais se deu pelo exame clínico com o auxílio de espátulas de madeira. As crianças responderam questionários (CPQ8-10) acerca da qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Foi realizada a comparação intergrupos para a avaliação da qualidade de vida e seus componentes por meio do teste t. Em todos os testes foram adotados níveis de significância de 5%. Resultados:A prevalência de crianças que apresentaram lesão de mucosa foi igual a 36,61%, (n = 26). Os tipos mais comuns de lesões foram úlceras aftosas 23,94% (n = 17) e mucocele com 5,63% (n = 4). Houve diferença estatisticamente significante para qualidade de vida entre os grupos avaliados. Pacientes sem lesões bucais apresentaram uma melhor qualidade de vida em detrimento ao grupo das lesões (p = 0,045). Conclusão: Lesões bucais causam um impacto negativo na qualidade de vida relacionada à saúde bucal em crianças de 8 a 10 anos.


Aim: To evaluate the prevalence of oral mucosa lesions and their impact on oral health-related quality of life in children enrolled in the city schools of Caicó, Rio Grande do Norte (RN), Brazil. Methods: Seventy-one schoolchildren, from 8 to 10 years of age, regularly enrolled in the Caicó/RN City School System, were selected. The sample was divided into two groups: the Injury Group (IG): comprised of 26 children with oral lesions and the Control Group (CG): comprised of 45 children who did not present oral lesions. Oral lesions were identified by clinical examination with the aid of wooden spatulas. The children answered questionnaires (CPQ8-10) about oral health-related quality of life. Intergroup comparison was performed to assess the quality of life and its components by the Student's t-test. In all tests, significance levels of 5% were adopted. Results: The prevalence of children with mucosal lesions was 36.61% (n = 26). The most common types of lesions were aphthous ulcers, at 23.94% (n = 17), and mucocele, at 5.63% (n = 4). A statistically significant difference was observed in the quality of life correlation between the evaluated groups. Patients without oral lesions had a better quality of life than did the group of lesions (p = 0.045). Conclusion: Oral lesions have a negative impact on the oral health-related quality of life in children from 8 to 10 years of age.


Assuntos
Criança , Qualidade de Vida , Estudantes , Ferimentos e Lesões , Criança , Saúde Bucal , Perfil de Impacto da Doença , Mucosa Bucal , Prevalência , Inquéritos e Questionários
11.
Braz. dent. sci ; 23(2): 1-7, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1096501

RESUMO

Background: glass ionomer is one of the most frequently used restorative materials for primary teeth restoration. It has been in use for more than 30 years. Their restoration usefulness is preferential compared to other restorations due to their fluoride release and recharge, chemical adhesion to the structure of the dentin and their range of uses. Increasing the antibacterial efficacy of restorative materials is one of the primary goals to decrease the incidence of recurrent caries. Chlorhexidine is the gold standard antibacterial agent in dentistry. Objectives: the objective of this study is to evaluate the antibacterial effect of Chlorhexidine incorporated with glass ionomer on Streptococcus mutans. Methods: Thirty Children between ages ranged 6-9 years old were selected to participate in this study. Children with bilateral caries in lower second primary molars affecting the occlusal and proximal surfaces without pulpitis were included in the study. All cavities were divided into two groups; group (A) restored with Glass Ionomer and group (B) restored with Glass Ionomer Chlorhexidine mixture. The sound proximal surfaces in all cavitated teeth acted as a control. After one month, two months and three months' plaque samples were obtained and Streptococcus mutans counts were calculated. Results: The number of SM taken from sound proximal surfaces for all groups were not changed significantly in whole periods of study. At the all-time interval, the mean log10 of SM in group B was lower than group A and the difference was statistically significant. There is a significant difference in the mean log10 of SM in group B between the 1St month and the 3rd month. Conclusion: The growth of SM was found to be higher in the sound tooth than in GI groups and in GI group was higher than in CHX- GI mixture up to three months (AU)


Antecedentes: o ionômero de vidro é um dos materiais restauradores mais utilizados na restauração de dentes decíduos. É usado há mais de 30 anos. Sua indicação como material restaurador em comparação a outros baseia-se nas propriedades de liberação e recarga de flúor, adesão química à estrutura da dentina e sua variedade de usos. Aumentar a eficácia antibacteriana de materiais restauradores é um dos principais objetivos para diminuir a incidência de cárie recorrente. A clorexidina é o agente antibacteriano padrão-ouro em odontologia. Objetivos: o objetivo deste estudo é avaliar o efeito antibacteriano da Clorexidina incorporada ao ionômero de vidro no Streptococcus mutans (SM). Métodos: Trinta crianças entre 6 e 9 anos foram selecionadas para participar deste estudo. Crianças com cárie bilateral nos segundos molares decíduos inferiores que afetavam as superfícies oclusal e proximal sem pulpite foram incluídas no estudo. Todas as cavidades foram divididas em dois grupos; grupo A, restaurado com Ionômero de Vidro e grupo B, restaurado com mistura de Ionômero de Vidro /Clorhexidina. As superfícies proximais sadias em todos os dentes cavitados atuavam como controle. Após um mês, dois e três meses, foram obtidas amostras de placa e as contagens de Streptococcus mutans foram realizadas. Resultados: O número de SM retirado da superfície proximal sadia para todos os grupos não foi alterado significativamente nos períodos do estudo. No intervalo de todos os tempos, o log10 médio da SM no grupo B foi menor que no A e a diferença foi estatisticamente significante. Há uma diferença significativa no log10 médio da SM no grupo B entre o 1º mês e o 3º mês. Conclusão: O crescimento da SM mostrou-se maior no dente sadio do que nos grupos A; e no grupo A foi maior que no grupo B até três meses.(AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Streptococcus mutans , Clorexidina , Cimentos de Ionômeros de Vidro
12.
Arq. odontol ; 56: 1-9, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1087809

RESUMO

Objetivo: Avaliar o comportamento infantil durante os tratamentos odontológicos de profilaxia e de exodontia. Métodos: Este estudo transversal contou com 58 crianças, entre 6 e 9 anos de idade. Dentre essas, 29 crianças foram submetidas ao procedimento de exodontia e 29 ao procedimento de profilaxia. O comportamento infantil frente ao tratamento odontológico proposto foi avaliado por um cirurgião-dentista treinado através da versão brasileira e validada da Escala Comportamental de Venham (Venham's Behavior Rating Scale (BvVBRS). Avaliou-se também a ansiedade infantil prévia ao tratamento odontológico através da Venham Picture Test modificada (VPTm). A condição bucal foi avaliada pelo índice CPO-D e ceo-d, por pesquisador previamente calibrado (Kappa > 0,7). Os pais/responsáveis responderam a um questionário socioeconômico e questões relacionadas a experiência odontológica prévia das crianças. Realizou-se análise descritiva e teste Qui-quadrado com nível de significância de 5%. Resultados: Em relação ao comportamento o grupo submetido à profilaxia apresentou 100% das crianças com um comportamento positivo, enquanto no grupo submetido à exodontia houve 75,9% das crianças com comportamento positivo (p = 0,010). Idade, gênero e presença de ansiedade prévia aos procedimentos não tiveram relação estatisticamente significante com o comportamento infantil. A presença de cárie na dentição decídua esteve associada ao comportamento negativo durante os procedimentos odontológicos (p = 0,013). Conclusão: Foi observado que durante o procedimento de profilaxia os pacientes demonstraram um comportamento mais colaborador quando comparado ao procedimento de exodontia.


Aim:To investigate the behavior of children during dental treatments of prophylaxis and dental extraction. Methods: Fifty-eight children, 6 to 9 years of age, and their caregivers participated of this cross-sectional study. Of these, 29 children underwent prophylaxis and 29 dental extraction. Child behavior was assessed through the Brazilian version of the Venham's Behavior Rating Scale (BvVBRS), and dental anxiety was measured by the Venham Picture Test modified (VPTm). Clinical examination was performed by a calibrated examiner (Kappa > 0.7), using the decay, missing, filled index for primary and permanent dentition dmft/DMFT index. The caregivers answered a socioeconomic questionnaire and questions related to the previous dental experience of the children. Descriptive data analysis and Chi-square test were performed, with a significance level of 5%. Results:Regarding behavior, the prophylaxis group presented 100% of children with a positive behavior, while the extraction group contained 75.9% of children with positive behavior, and this difference was statistically significant (p = 0.010). Age, gender, and presence of anxiety prior to the procedures had no statistically significant relationship to the presented child behavior. The presence of caries in the deciduous dentition was associated with child behavior during dental procedures (p = 0.013). Conclusion: It was observed that the type of procedure interfered directly in the negative behavior of the children, with a difference in cooperation with invasive (dental extraction) and non-invasive (prophylaxis) procedures.


Assuntos
Criança , Cirurgia Bucal , Extração Dentária , Criança , Comportamento Infantil , Ansiedade ao Tratamento Odontológico , Profilaxia Dentária , Escala de Avaliação Comportamental , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
13.
Arq. odontol ; 56: 1-9, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1096766

RESUMO

Objetivo: Verificar associação da prevalência da baixa estatura corporal e excesso de peso com a experiência de cárie dentária em crianças e adolescentes, matriculados no ensino fundamental e da rede pública de ensino. Métodos: Estudo transversal observacional, aprovado com o Parecer nº 197/2012 do Comitê de Ética em Pesquisa e assinatura dos termos de consentimento e assentimento livres e esclarecidos das 1.090 crianças e adolescentes, entre cinco e dezessete anos da rede pública de ensino em Barcelos, AM. Foram avaliados os índices antropométricos estatura corporal para idade, índice de massa corporal para idade, em valores de escore-Z, comparados ao padrão de referência da OMS Considerou-se como variável dependente as duas variáveis dicotômicas baixa estatura corporal e excesso de peso, e considerou-se como variáveis independentes faixa etária, sexo, tipo de escola e cárie dentária. Foi utilizado o modelo de Regressão Logística, com Intervalo de confiança de 95%, sendo ajustado com entrada de variáveis passo a passo, para análise de associação das variáveis de desfechos com as variáveis explicativas. Resultados:A prevalência de baixa estatura corporal foi de 4,9% e o excesso de peso estava presente em 17,9% dos estudantes. Os adolescentes apresentaram 1,57 vezes mais chance de possuir excesso de peso do que as crianças (p = 0,046). Não foi encontrado associação entre os estudantes com baixa de estatura corporale cárie dentária (p = 0,22), no entanto, através do modelo de regressão logística (setpwise) p < 0,05 os estudantes com excesso de peso apresentaram (p = 0,008) com a cárie dentária. Conclusão: O excesso de peso foi o problema nutricional de maior prevalência, e os estudantes com experiência de cárie apresentaram menor chance de ter excesso de peso do que os livres de cárie.


Aim: To verify the association between the prevalence of low body height and excess weight with the experience of dental caries in children and adolescents registered in the public elementary school system. Methods: This was a cross-sectional observational study, approved by the Research Ethics Committee, Opinion No. 197/2012. Participants and guardians signed a free and informed consent forms for the 1,090 children and adolescents, between five and seventeen years of age, from the public school system in Barcelos, AM, Brazil. Anthropometric indices for height-for-age and body mass index for age were measured in Z score values and compared with the reference standard set by the World Health Organization (WHO). This study considered the two dichotomous variables of low body height and excess weight to be dependent variables, and considered the variables of age group, sex, type of school, and dental caries as to be independent variables. A Logistic Regression model was applied, with a confidence interval (CI) of 95%, adjusted with stepwise variable entry for the analysis of the association of the outcome variables with the explanatory variables. Results: A low body height prevalence of 4.9% was found, and the excess weight was present in 17.9% of the students. Adolescents showed 1.57 times greater chances of having excess weight than children (p = 0.046). No association was found between students with low body height and dental caries (p = 0.22); however, through the logistic regression model (stepwise), p < 0.05 overweight students presented (p = 0.008) dental caries. Conclusion: The most prevalent nutritional problem found was excess weight, and students who experienced dental caries showed fewer chances of having excess weight than those who were free of caries.


Assuntos
Criança , Adolescente , Estudantes , Estatura , Índice de Massa Corporal , Criança , Adolescente , Cárie Dentária , Sobrepeso , Antropometria , Estudos Transversais
14.
Arq. odontol ; 56: 1-10, jan.-dez. 2020. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1087993

RESUMO

Objetivo: Verificar a associação entre a condição socioeconômica e o traumatismo dentário em crianças na dentição decídua. Métodos: Foi realizada uma busca bibliográfica na base de dados PubMed, seguindo uma estratégia de combinação de palavras-chave. Não houve restrição em relação ao ano de publicação, tipo de estudo e o local em que foi realizado. A seleção dos estudos foi realizada em duas etapas: através do processo de leitura dos títulos e resumos, e em seguida, por meio da obtenção e leitura dos artigos completos selecionados. Resultados: De um total de 94 artigos encontrados, 16 foram selecionados para a revisão de literatura. Desses, 13 preencheram todos os critérios metodológicos analisados. A maioria dos estudos foram realizados no Brasil. A idade das crianças não ultrapassou os seis anos. Associações estatisticamente significantes entre a prevalência do traumatismo dentário na dentição decídua e condição socioeconômica foram encontradas em quatro artigos. Conclusão: A maioria dos estudos não encontrou associação entre o traumatismo dentário na dentição decídua com a condição socioeconômica.


Aim: To verify the association between socioeconomic factors and traumatic dental injuries in preschool children in primary dentitions. Methods: A bibliographic search was made in the PubMed electronic database, following a keyword combination strategy. There were no restrictions regarding the year of publication, type of study, and place where it was performed. The selection of the studies was achieved in two steps: through the process of reading the titles and abstracts and by obtaining and reading the complete selected articles. Results: From the 94 articles that were found, 16 were eligible for inclusion in the literature review. Of these, 13 articles met all of the proposed methodology criteria. Most of the studies were conducted in Brazil. The age of the children did not exceed 6 years. Statistically significant associations between the prevalence of traumatic dental injury in the primary dentition and socioeconomic factors were found in 4 articles. Conclusion:The majority of studies found no association between dental trauma in primary dentition and socioeconomic status.


Assuntos
Classe Social , Fatores Socioeconômicos , Dente Decíduo , Criança , Pré-Escolar , Traumatismos Dentários , Revisão
15.
Arq. odontol ; 56: 1-8, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1087998

RESUMO

Aim: This study assessed whether the presence of malocclusion had a negative impact on the oral health-related quality of life (OHRQoL) of eight to ten-year-old children of low socioeconomic status. Methods: A cross-sectional study was conducted with a total of 111 children, eight to ten years of age, randomly selected from public schools from Diamantina, MG, Brazil. The number of children was determined by a sample size calculation. Two calibrated examiners performed clinical oral examinations for the diagnosis of malocclusion, dental caries experience, and traumatic dental injuries following the Dental Aesthetic Index (DAI), the World Health Organization (WHO), and Andreasen's classification, respectively. The Brazilian version of the Child Perceptions Questionnaire (CPQ8-10) was applied to evaluate the OHRQoL. Descriptive and bivariate (p < 0.05) analyses were also performed. Results: Children had a mean age of 8.89 ± 0.82 years, of which 52.3% were female. The prevalence of malocclusion was 62.2%. Significant differences were found in emotional (p = 0.045) and social (p = 0.017) well-being subscale scores as well as in the total CPQ8-10 (p = 0.022) scores between children with and without malocclusion. Conclusion: The presence of malocclusion negatively impacted the OHRQoL of children aged eight to ten years of age of a low socioeconomic status.


Objetivo: Este estudo avaliou se a presença de maloclusão impactou negativamente a qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) de crianças de oito a dez anos de idade de baixo nível socioeconômico.Métodos: Um estudo transversal foi conduzido com um total de 111 crianças de oito a dez anos de idade selecionadas aleatoriamente em escolas públicas de Diamantina, Brasil. O número de crianças foi determinado por cálculo amostral. Dois examinadores calibrados realizaram exames clínicos bucais para o diagnóstico de maloclusão, experiência de cárie dentária e lesões dentárias traumáticas após o Índice de Estética Dental (DAI), Organização Mundial da Saúde (OMS) e classificação de Andreasen, respectivamente. A versão brasileira do Child Perceptions Questionnaire (CPQ8-10) foi aplicada para avaliar a QVRSB. Foram realizadas análises descritivas e bivariadas (p < 0,05). Resultados: As crianças tinham média de idade de 8,89 ± 0,82 anos, sendo 52,3% do sexo feminino. A prevalência de maloclusão foi de 62,2%. Foram encontradas diferenças significativas nos escores das subescalas de bem-estar emocional (p = 0,045) e social (p = 0,017), como também nos escores totais do CPQ8-10 (p = 0,022) entre crianças com e sem maloclusão. Conclusão: A presença de maloclusão impactou negativamente a QVRSB de crianças de oito a dez anos de idade de baixo nível socioeconômico.


Assuntos
Qualidade de Vida , Classe Social , Fatores Socioeconômicos , Criança , Odontopediatria , Impactos na Saúde , Má Oclusão , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários , Cárie Dentária
16.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 13(49): 69-77, 2020. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1100121

RESUMO

Resumo A mordida cruzada posterior é definida como uma relação anormal transversal interarcos, cuja dimensão vestibulolingual inferior mostra-se maior que a dimensão superior. Não possui autorresolução e, por isso se perpetua, quando não tratada. Essa má oclusão se desenvolve entre os 19 meses e os cinco anos de idade. Este trabalho propõe revisar relevantes informações a respeito do quadro de mordida cruzada posterior, além de demonstrar, através de um caso clínico, a efetividade do protocolo de expansão rápida da maxila em idade prepuberal, provendo ao leitor uma maior segurança na escolha do tratamento. O presente caso clínico foi realizado com um paciente do sexo masculino, 07 anos de idade, diagnosticado com atresia maxilar e mordida cruzada unilateral direita. O tratamento foi realizado imediatamente, sob forma de expansão rápida da maxila, com o uso do aparelho de HAAS modificado, ancorado em segundos molares decíduos. Como resultado se obteve uma expansão intermolar de aproximadamente 6,5mm, demonstrando sucesso no tratamento com o descruzamento das arcadas, além de estabilidade local notada após um ano removido o aparelho, sem o uso de contenções pós-disjunção. Concluiu-se que ao ser diagnosticada, a mordida cruzada posterior deve ser tratada de forma interceptativa, idealmente durante o primeiro período transitório do indivíduo, priorizando o protocolo de expansão rápida da maxila com um disjuntor modificado, ancorado em segundos molares decíduos, evitando uma série de efeitos colaterais nos dentes permanentes adjacentes, além de garantir, assim, maior estabilidade futura oclusal. (AU)


Abstract The posterior crossbite is defined as an abnormally transverse relationship, whose inferior buccolingual dimension is larger than the superior dimension. It has no self-solution and therefore perpetuates itself when left untreated. This malocclusion develops between 19 months and 5 years old. This work proposes to review relevant information regarding the posterior crossbite picture and to demonstrate through a clinical case the effectiveness of the rapid palatal expansion protocol in prepubertal age, providing the reader with a greater safety in the choice of treatment. The present clinical case was performed with a male patient, 7 years old, diagnosed with maxillary atresia, and right unilateral crossbite. The treatment was performed immediately, in the form of rapid maxillary expansion, with the use of modified HAAS device anchored in deciduous second molars. As a result, an intermolar expansion of approximately 6.5mm was obtained, demonstrating success in the treatment with uncrossing of the arches, besides local stability noticed after one year of device removal, without the use of post-disjunction restraints. It was concluded that, when diagnosed, posterior crossbite should be treated interceptably, preferably during the first transient period of the individual, prioritizing rapid maxilla expansion protocol with a modified expander, anchored in primary second molars, avoiding a series of side effects on adjacent permanent teeth, in addition to ensuring greater future occlusal stability.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Criança , Ortodontia Interceptora , Dentição Mista , Má Oclusão
17.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 13(49): 52-61, 2020. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1100117

RESUMO

Resumo A avaliação da estabilidade dos resultados obtidos é muito importante após a realização do tratamento ortodôntico. O objetivo deste trabalho é apresentar o tratamento de uma má oclusão de Classe II com o aparelho Jasper Jumper e sua a estabilidade após 12 anos de acompanhamento. Paciente do sexo feminino, 11 anos de idade e queixa principal de dentes tortos no arco superior. A paciente apresentava má oclusão de Classe II de Angle, divisão 1, bilateral, trepasses horizontal e vertical aumentados, presença de leve apinhamento anteroinferior e mandíbula retruída. O aparelho Jasper Jumper foi capaz de corrigir a má oclusão de classe II, divisão 1, a relação maxilomandibular, o trepasse vertical e melhorar o perfil facial com estabilidade em longo prazo. (AU)


Abstract Assessment of stability of the results obtained is very important after orthodontic treatment. The aim of this paper is to present the treatment of a Class II malocclusion with the Jasper Jumper appliance and its stability after 12 years follow-up. Female, 11 years old and main complain of crowding in superior teeth. The patient presented bilateral Class II malocclusion, division 1, overbite and overjet increased, mild anterosuperior crowding and mandible retruded. The Jasper Jumper appliance corrected the Class II malocclusion, division 1, the maxilomandibular relationship, the overbite and improved facial profile with long term stability.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Aparelhos Ortopédicos , Avanço Mandibular , Má Oclusão de Angle Classe II
18.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 13(49): 37-50, 2020. tab, ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1100054

RESUMO

Resumo O tratamento ortodôntico possui diversos objetivos, sendo que um dos mais importantes é a estabilidade das correções alcançadas. A estabilidade longitudinal dos resultados do tratamento é uma das chaves para o tratamento ortodôntico bem-sucedido. Desta forma, este artigo se destina a descrever um caso clínico de uma paciente com má oclusão de Classe II Divisão 1, tratada com o aparelho de Herbst. Na primeira fase do tratamento a paciente utilizou um aparelho de Herbst com splint de acrílico inferior removível. Na segunda fase, utilizou aparelho fixo nas arcadas superior e inferior. Como contenção, utilizou uma placa de Hawley modificada superior e uma contenção fixa 3×3 inferior. A avaliação 11 anos após o final do tratamento permite concluir que o tratamento da Classe II com o aparelho de Herbst em duas fases foi eficaz, promovendo alterações esqueléticas, dentárias e faciais que se mostraram estáveis.(AU)


Abstract Orthodontic treatment has several objectives, one of the most important of which is the stability of the corrections achieved. Longitudinal stability of treatment results is one of the keys to successful orthodontic treatment. Thus, this article is intended to describe a clinical case of a patient with Class II Division 1 malocclusion, treated with the Herbst appliance. In the first phase of treatment, the patient used a Herbst appliance with removable lower acrylic splint. In the second phase, she used a fixed appliance in the upper and lower arches. As a retainer, she used a modified upper Hawley plate and a fixed 3×3 lower retainer. The evaluation 11 years after the end of the treatment allows us to conclude that the Class II treatment with the Herbst appliance in two phases was effective, promoting skeletal, dental and facial changes that were stable. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Recidiva , Aparelhos Ortodônticos Fixos , Má Oclusão de Angle Classe II
19.
Rev. Ciênc. Plur ; 5(2): 1-15, ago. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1021742

RESUMO

Introdução: O contexto familiar e social influencia nas situações de saúde durante a infância, sendo a orientação familiar um mediador importante entre a família e os profissionais da saúde.Objetivo: avaliar o atributo da orientação familiar sob a ótica dos familiares de crianças inscritas em serviços de puericultura da cidade de Santa Cruz, Rio Grande doNorte. Metodologia: Trata-se de estudo avaliativo, quantitativo, de caráter descritivo, com amostra composta por 186 pais/responsáveis de crianças de 0 à 2 anos dos serviços de puericultura da cidade de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, no ano de 2016, utilizando um questionário validado no Brasil denominado PCA Tools, versão para crianças. Resultados: Os resultados mostram que os profissionais não conhecem as famílias (48,9%), incluindo os agravos principais (45,7%), entretanto 79,6% afirmaram que sim a respeito dos antecedentes familiares. Para 63,4% eles não sabem sobre os empregos dos familiares, porém estão cientes sobre a dificuldade para obter recursos financeiros para medicação (47,3%). Referente a conhecerem a ideologia sobre o tratamento e autocuidado, 50,5% acreditam que sim.Conclusão: Embora os serviços de saúde da rede da Atenção Primária à Saúde possibilitem maior aproximação com o usuário dos serviços de saúde, bem como em seu contexto familiar e social e tenham sido responsáveis por grandes avanços na saúde pública, ainda se faz necessário implementação de medidas e estratégias para garantir o cumprimento do atributo orientação familiar (AU).


Introduction: The family and social context influences health situations during childhood, with family orientation being an important mediator between family and health professionals.Objective: to evaluate the presence and extension of the family orientation attribute from the perspective of the relatives of children enrolled in childcare services in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte. Methodology: This is an evaluative, quantitative, descriptive study with a sample composed of 186 parents / guardians of children aged 0 to 2 years of childcare services in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil, in 2016, using a questionnaire validated in Brazil called PCA Tools, version for children.Results: The results show that the professionalsdo not know the families (48.9%), including the main diseases (45.7%); however, 79.6% said yes about the family history. For 63.4%, they do not know about family jobs, but are aware of the difficulty in obtaining financial resources for medication (47.3%). Concerning the ideology about treatment and self-care, 50.5% believe that it is. Conclusion: Although the health services of the Primary Health Care Network make it possible to bring health services closer to the user, as well as to their family and social context and have been responsible for great advances in public health, it is still necessary to implement measures and strategies to ensure compliance with the family orientation attribute (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Atenção Primária à Saúde , Família , Criança , Saúde da Criança , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Pais , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Inquéritos e Questionários , Interpretação Estatística de Dados
20.
Rev. Cient. CRO-RJ (Online) ; 4(2): 19-26, May-Aug. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1024819

RESUMO

Introduction: Fluoride prevents tooth decay, but especially in young children, it is important to balance the anticaries effect of fluoride toothpastes versus the risk of dental fluorosis. Objective: The aim of this study was to analyze parents' and caregivers' knowledge and attitudes toward their children's toothbrushing habits from 12 to 71 months of age, as well as to verify their knowledge about fluoride and toothpastes' dispensed amount. Methods: A semi-structured interview script was applied to a convenience sample of parents and caregivers (n = 63) at the Pediatric Dentistry Clinic of a public university. Respondents were asked to simulate the amount of toothpaste used in their children's brushing. Results were presented with absolute and relative frequencies. Results: Regarding their children's toothbrushing, 49.2% performed oral hygiene of their children; 31.7% mentioned that their children brushed under adult supervision; and 19.1% said their children brushed alone. When asked if they had already received guidance regarding the adequate amount of toothpaste to be dispensed, 54% stated they were never oriented. In 74.6% of cases, the amount dispensed exceeded the recommended dose for preschoolers. In addition, 57.1% reported that the toothpaste is within the reach of the child. Of the respondents, 66.7% pointed out the role of fluoride in caries prevention, and 73% were unaware of its toxicity. Conclusion: In general, parents had good oral hygiene practices with their children. However, most respondents did not use the appropriate amount of toothpaste for their children's age and were unaware of fluoride toxicity, although they could identify its purpose.


Introdução: O flúor pode prevenir a cárie dentária, porém, especialmente em crianças menores, é importante equilibrar o efeito anticárie dos dentifrícios fluoretados versus o risco de fluorose dentária. Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar o conhecimento e atitudes de pais e cuidadores sobre os hábitos de escovação de seus filhos de 12 a 71 meses de idade, bem como verificar seu conhecimento sobre flúor e quantidade utilizada de creme dental. Métodos: Um roteiro de entrevista semi-estruturado foi aplicado a uma amostra de conveniência de pais e cuidadores (n=63) na Clínica de Odontopediatria de uma universidade pública. Solicitou-se que os entrevistados simulassem a quantidade de creme dental utilizada na escovação de seus filhos. Os resultados foram apresentados de forma descritiva com frequências absolutas e relativas. Resultados: Quanto à supervisão da escovação, 49,2% realizavam a higienização de seus filhos; 31,7% mencionaram que as próprias crianças escovavam sob supervisão de um adulto, e 19,1% responderam que seus filhos escovavam sozinhos. Quando perguntados como aprenderam a dispensar dentifrício na escova, 54% afirmaram que nunca foram orientados. Em 74,6% dos casos, a quantidade dispensada superou a dose recomendada para pré-escolares. Ademais, 57,1% relataram que o dentifrício fica ao alcance da criança. Dos entrevistados, 66,7% apontaram o papel do flúor na prevenção da cárie e 73% desconheciam sua toxicidade. Conclusão: Em geral, os entrevistados praticavam bons hábitos de escovação em seus filhos. Entretanto, a maioria da amostra estudada não utilizou a quantidade apropriada de dentifrício para a idade e desconhecia a toxicidade do flúor, apesar de identificar sua finalidade.


Assuntos
Cárie Dentária , Pais , Escovação Dentária , Cremes Dentais , Criança , Pré-Escolar , Cuidadores , Conhecimento , Fluoretos , Flúor
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA