Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
In. Bastos, José de Roberto de Magalhães; Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales; Caldana, Magali de Lourdes. Educação em saúde com enfoque em odontologia e fonoaudiologia. São Paulo, Editora Santos, 2007. p.99-117.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-872035
2.
Bauru; s.n; 2006. 234 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-542590

RESUMO

Este estudo teve o objetivo de analisar a durabilidade de restaurações confeccionadas pela técnica de Tratamento Restaurador Atraumático (ART), realizadas em associação ou não ao emprego do Carisolv® em pacientes com deficiência mental. O protocolo foi aprovado pelo Comitê de Ética local e obteve-se o consentimento livre e esclarecido dos responsáveis. Dos 26 pacientes com deficiência mental que participaram desta pesquisa, 14 eram do sexo masculino e 12 do feminino; tinham entre oito a dezesseis anos (mediana e semi-amplitude interquartílica de 12 anos ± 1,50). As condições dentais e de higiene bucal puderam ser avaliadas pelos índices CPO-D, que foi igual a 6,27 (desvio padrão de 3,26); e IPV (índice de placa gengival) com resultado de 57,30 (desvio padrão de 25,79). Cada paciente selecionado recebeu pelo menos uma restauração da técnica ART (controle) e outra modificada em associação com Carisolv®, aleatoriamente escolhidas para tratamento. O número de dentes tratados foi 52 sendo 26 com a técnica ART (T1) e 26 com a técnica ART associada a Carisolv® (T2). Este grupo de pacientes com deficiência mental precisou de uma média de duas sessões de condicionamento cada. Quanto à profundidade cavitária, apenas dois dentes do total analisado foram considerados com cavidades profundas, os quais foram restaurados coincidentemente com a mesma técnica (T1), as outras cavidades se distribuíram igualmente entre rasas e médias. Quanto à dificuldade encontrada pelo operador no momento da remoção do tecido cariado, considerando-se as duas técnicas (T1 e T2) os registros foram muito próximos, isto é, a técnica de remoção mecânica do tecido cariado (T1) e a técnica de remoção química-mecânica (T2) apresentaram o mesmo grau de dificuldade. Como cada paciente foi submetido às duas técnicas, foi possível avaliar o grau de dificuldade sentida pela profissional...


This study analyzes the durability of restorations accomplished by the Atraumatic Restorative Technique (ART), with or without utilization of Carisolv® in patients with mental impairment. The study design was approved by the local Institutional Review Board and the caretakers of patients signed an informed consent term. Among the 26 patients with mental impairment included in this study, 14 were males and 12 were females; patients were aged 8 to 16 years (median and interquartile semi-amplitude 12 years ± 1.50). The dental and oral hygiene status were evaluated by the DMFT index, which revealed a mean value of 6.27 (standard deviation 3.26); and GPI (gingival plaque index) with a mean value of 57.30 (standard deviation 25.79). Each patient received at least one restoration by the ART technique (control) and another restoration by the modified technique associated with Carisolv®, randomly selected for treatment. Overall, 52 teeth were treated, being 26 by the ART technique (T1) and 26 by the ART technique associated with Carisolv® (T2). ...


Assuntos
Humanos , Animais , Masculino , Criança , Adolescente , Pessoas Mentalmente Doentes , Restauração Dentária Permanente/métodos , Restauração Dentária Permanente/psicologia , Resultado do Tratamento , Cárie Dentária/prevenção & controle , Cárie Dentária/terapia , Dentina/lesões
3.
Rev. bras. odontol ; 61(3/4): 184-187, 2004. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-412346

RESUMO

O objetivo deste estudo foi traduzir adaptar e validar o questionário Non-Communicating Children´s Pain Checklist Revised para o português. Foi utilizada a metodologia proposta por GUILLEMIN, BOMBARDIER, BEATON (7). Encontrou-se forte associação (p<0,01) entre todas as medidas aplicadas dentro do instrumento para a primeira e segunda avaliação. Encontrou-se também forte associação (p<0,01) para coeficiente de correlação de Pearson entre a escala de Barthell e o Non-Communicating Children´s Pain Checklist-Revised (NC-CPC-R). Concluiu-se que o Brasil-Non-Communicating Children´s Pain Checklist-Revised foi traduzido e adaptado com sucesso para aplicação em pacientes brasileiros sem comunicação verbal ou suplementar alternativa


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Pessoas Mentalmente Doentes , Medição da Dor , Inquéritos e Questionários , Tradução
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA