Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(1): 44-55, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1052618

RESUMO

Introdução:O aborto na vida da mulher pode modificar alguns funcionamentos fisiológico e psicológico do seu corpo e desenvolver medo, angústia e solidão. Daí ser fundamental encontrar uma equipe de enfermagem qualificada para recebê-la, de maneira coerente e ética.Objetivo:Identificar o cuidado da enfermagem a partir dos relatosdas mulheres em situação de abortamento. Metodologia:Estudo de campo, exploratório, de abordagem qualitativa, realizado no Hospital Jesus Nazareno em Caruaru, estado de Pernambuco,em agosto de 2016. Participaram oitomulheres que receberam a assistência de enfermagem durante o processo abortivo. Considerando-se as observâncias éticas da Resolução 466/12do Ministério da Saúde no Brasil,aplicou-se uma entrevista com as questões norteadoras: "Como você foi recebida no hospital?", "De que forma recebeu a notícia sobre o aborto?", "Como você relata os cuidados da equipe de enfermagem?". Os dados foram transcritos das gravações e interpretados pela análise de conteúdo temáticade Bardin. Resultados:Após análisedos dados, emergiramas seguintes categorias: "Acolhimento versus humanização" e "Medicalização na Assistência", revelandoa partir das falas das entrevistadas o acolhimento satisfatório desde a chegada até o atendimento final, com resolutividade,correlacionadocom os sentimentos vivenciadosexpressosnos relatos. Conclusões:Diante do exposto e corroborando com o objetivo do trabalho percebeu-se a importância do acolhimentoadequado às mulheres na unidade, que ainda pode e deve ser melhorado, a ausência do profissional enfermeiroem todas as etapasdeste cuidado, além da medicalização muitopresente no modelo do setor da saúde. (AU)


Introduction:Abortion in the life of a woman who is anxiously awaiting the arrival of her child can modify some normal physiological and psychological functioning of her body, especially when she is not expecting this to happen. The predominant feelings of aborted women, mostly spontaneous abortions, are fear, anguish and loneliness. The commitment to welcoming as a form of care is extremely relevant in the nursing team. Objective:To identify nursing care from the discourses of aborted women. Methodology:This is a descriptive exploratory field study with a qualitative approach, carried out at the Jesus Nazareno Hospital, located in the city of Caruarustate of Pernambuco, in August 2016. Eight women participated in the study. facing an abortion process, based on data saturation criteria, and an interview was conducted with the following guiding questions: "How were you received at the hospital?", "How did you receive the news about abortion?" and "How did you report the care of the nursing staff? ". The data obtained from the interviews were organized through the transcription of the recordings and analyzed through the application of Bardin's thematic content analysis technique. All ethical observances contemplated in Resolution No. 466/12 / MS. Results:After applying the analysis, the following categories emerged: "Welcome versus humanization" and "Medicalization in Assistance". Presenting from the speeches of the interviewees the reception in the service correlating with the feelings experienced. Conclusions:Given the above and corroborating with the objective of the study, it was realized the importance of adequate reception to women in the unit, the absence of the professional nurse before this care, in addition to the medicalization present in the health sector model.(AU).


Introducción:el aborto en la vida de una mujer que espera ansiosamente la llegada de su hijo puede modificar el funcionamiento fisiológico y psicológico normal de su cuerpo, especialmente cuando no espera que esto suceda. Los sentimientos predominantes de las mujeres abortadas, en su mayoría abortos espontáneos, son miedo, angustia y soledad. El compromiso con la atención como forma de atención es extremadamente relevante en el equipo de enfermería. Objetivo:identificar los cuidados de enfermería a partir de los discursos de las mujeres abortadas. Metodogía:Estudio exploratorio de campo descriptivo con enfoque cualitativo, realizado en el Hospital Jesús Nazareno, ubicado en la ciudad de Caruaru, estado de Pernambuco, en agosto de 2016. Ocho mujeres participaron en el estudio. frente a un proceso de aborto, basado en criterios de saturación de datos, y se realizó una entrevista con las siguientes preguntas orientadoras: "¿Cómo fue recibido en el hospital?", "¿Cómo recibió las noticias sobre el aborto?" y "¿Cómo lo recibió? ¿Informar el cuidado del personal de enfermería? ". Los datos obtenidos de las entrevistas se organizaron mediante la transcripción de las grabaciones y se analizaron mediante la aplicación de la técnica de análisis de contenido temático de Bardin. Se consideraron todas las observancias éticas contempladas en la Resolución N ° 466/12 / MS.Resultados:Después de aplicar el análisis, surgieron las siguientes categorías: "Bienvenida versus humanización" y "Medicalización en asistencia". Presentando a partir de los discursos de los entrevistados, la recepción en el servicio se correlaciona con los sentimientos experimentados. Conclusiones:dado lo anterior y corroborando con el objetivo del estudio, se dio cuenta de la importancia de una recepción adecuada para las mujeres en la unidad, la ausencia de la enfermera profesional antes de esta atención, además de la medicalización presente en el modelo del sector de la salud.(AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Serviços de Saúde da Mulher , Enfermagem , Aborto , Humanização da Assistência , Acolhimento , Mulheres , Brasil , Entrevistas como Assunto , Pesquisa Qualitativa
2.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(1): 87-101, 2020. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1052632

RESUMO

Introdução:As mulheresestão rodeadas por expectativas dos medos que permeiam o trabalho de parto, por isso atribuem significados a partir da experiência vivida, formando diversas percepções sobre a dor, minimizando os efeitos negativos após obter a satisfação de ser mãe.Objetivo:Conhecer a percepção da mulher frente à dor do parto. Método:Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado numa maternidade referência secundária para gestação de alto risco em Caruaru-PE no período de julho a agosto de 2016. Participaram desta pesquisa 13 mulheres que se encontravam no pós-parto mediato e imediato, após a experiência do parto normal de baixo risco. A entrevista foi realizada após leitura e assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido e as falas das participantes foram submetidas à técnica de análise de conteúdo de Bardin. O estudo só foi iniciado após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa.Resultados:As mulheres atribuíram a dor do parto normal com o significado negativo no sentido de ser uma experiência inexplicável, horrível, uma dor insuportável. Entretanto, atribuíram também positivamente a experiência como prazerosa diante de uma dor tolerávele passageira, com uma recuperação rápida e regada de emoções. Conclusões:As mulheres possuem uma percepção variada da dor do parto, perpassando a compreensão de que é algo predeterminado por Deus, é algo natural e, por mais que essa dor seja insuportável, é algo passageiro, pois logo que a criança nasce todo esse processo doloroso é esquecido, gerando prazer e satisfação em ser mãe, por isso é importante uma atenção humanizada ao parto para que esse momento seja uma experiência prazerosa na vida da mulher.(AU).


Introduction:Women are surrounded by expectations of fears that permeate labor, so they attribute meanings from their experience, forming various perceptions about pain, minimizing the negative effects after obtaining the satisfaction of being a mother.Objective:Know the perception ofwomen facing the pain of childbirth.Methods:This is a descriptive, qualitative study conducted in a secondary reference maternity hospital for high-risk pregnancy in Caruaru-PE from July to August 2016. Thirteen women who were in the immediate and immediate postpartum, after the experience of the study, participated in this research. low-risk normal delivery. The interview was conducted after reading and signing the free and informed consent form and the participants' statements were submitted to Bardin's content analysis technique. The study was only started after approval by the Research Ethics Committee. Results:Women attributed the pain of normal childbirth to the negative meaning that it was an inexplicable, horrible, unbearable pain. However, they also positively attributed he experience as pleasurable in the face of a tolerable and fleeting pain, with a quick and watery recovery of emotions.Conclusions:Women have a varied perception of the pain of childbirth, passing through the understanding that it is predetermined by God, it is natural and, as much as this pain is unbearable, it is transient, because as soon as the child is born all this painful process is forgotten, generating pleasure and satisfaction in being a mother, so a humanized attention to childbirth is important for this moment to be a pleasurable experience in the woman's life.(AU).


Introducción: Las mujeres están rodeadas de expectativas de los temores que permean el parto, por lo que atribuyen significados a partir de su experiencia, formando diversas percepciones sobre el dolor, minimizando los efectos negativos después de obtener la satisfacción de ser madre. Objetivo: Conozca la percepción de las mujeres que enfrentan el dolor del parto. Método:Este es un estudio descriptivo y cualitativo realizado en un hospital de maternidad de referencia secundario para embarazos de alto riesgo en Caruaru-PE de julio a agosto de 2016. Trece mujeres que estaban en el posparto inmediato e inmediato, después de la experiencia del estudio, participaron en esta investigación. parto normal de bajo riesgo. La entrevista se realizó después de leer y firmar el formulario de consentimiento libre e informado y las declaraciones de los participantes se enviaron a la técnica de análisis de contenido de Bardin. El estudio solo comenzó después de la aprobación del Comité de Ética en Investigación. Resultados:Como múltiplesatribuyen a un dor do parto normal con un significado negativo sin sentido de ser una experiencia inexplicable, horvelvel, uma dor insuportável. Entretanto, atribuíram también positivamente una experiencia como prazerosa diante de uma dor tolerável y Passira, com uma recuperação rápida e regada de emoções. Conclusiones:Las mujeres tienen una percepción variada del dolor del parto, pasando por el entendimiento de que es algo predeterminado por Dios, es natural y, por mucho que este dolor sea insoportable, es algo temporal, porque tan pronto como nace el niño, este proceso doloroso es olvidado, generando placer y satisfacción en ser madre, por lo que una atención humanizada al parto es importante para que este momento sea una experiencia placentera en la vida de la mujer.(AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres , Dor do Parto , Parto Normal , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Entrevistas como Assunto , Pesquisa Qualitativa
3.
Arq. odontol ; 56: 1-9, jan.-dez. 2020. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1118512

RESUMO

Objetivo: Avaliar os fatores sociodemográficos e de acesso associados ao tipo de serviços odontológicos utilizado por adultos e idosos. Métodos: Trata-se de um recorte transversal aninhado à 'Coorte de Saúde Bucal de Adultos de Piracicaba/SP' iniciada em 2011. Em 2015, aamostra foi composta por adultos e idosos (23 e 69 anos) e a coleta de dados foi realizada em domicílio por meio de questionário estruturado com dados sociodemográficos e de acesso aos serviços odontológicos. O desfecho do estudo foi o serviço utilizado na última consulta (público, particular ou convênio) e as variáveis independentes foram agrupadas em sociodemográficas e de acesso. Para associação, utilizou-se o Teste Qui-quadrado, com o ajuste de Bonferroni (p < 0,05). Resultados: Houve georreferenciamento dos indivíduos conforme o serviço utilizado e análise da distância entre a residência e serviços de saúde odontológico público, a partir do cálculo da distância linear (em metros), considerando a menor distância. Participaram do estudo 144 adultos e idosos, sendo a maioria de mulheres (72,2%), de 23 a 48 anos (47,9%), brancas (68,5%) e com união estável (75,7%). A maioria utilizou o serviço odontológico particular (50,0%), havia buscado atendimento há menos de um ano (60,0%), tendo como principal motivo a rotina (43,1%). Conclusão: houve maior oferta de serviços odontológicos públicos na região norte do município, entretanto, a busca por este tipo de atendimento foi maior na região leste. Evidenciou-se que todos os adultos e idosos residiam próximo a um serviço público com atendimento odontológico. Os adultos e idosos com baixa renda usaram mais o serviço público na última consulta, sendo que os que buscaram por atendimento por convênio apresentavam união estável, tendo como motivo de procura a rotina.


Aim: to evaluate the sociodemographic and access factors associated with the type of dental services used by adults and the elderly. Methods: this is a cross-sectional view nested in the 'Cohort of Adult Oral Health in Piracicaba/SP', started in 2011. In 2015, the sample consisted of adults and the elderly (23 and 69 years of age), and data collection was carried out though a structured questionnaire with sociodemographic data and access to dental services. The study's outcome was the service used in the last dental appointment (public, private, or health insurance), and the independent variables were grouped into sociodemographic and access. For association, the Chi-square test was used, together with the Bonferroni adjustment (p < 0.05). Results: individuals were georeferenced according to the type of service used and analysis of the distance between the home and public dental health services, based on the calculation of the linear distance (in meters), considering the shortest distance. This study counted on the participation of 144 adults and the elderly, the majority of whom were women (72.2%), from 23 to 48 years of age (47.9%), white (68.5%), and in a stable union (75.7%). Most used private dental services (50.0%), had sought care for less than a year (60.0%), with routine dental visit as the main reason (43.1%). Conclusion: there was a greater offer of public dental services in the northern region of the city; however, the search for this type of care was greater in the eastern region. It was evident that all adults and the elderly lived close to a public service with dental care. Low-income adults and the elderly used public dental services more often in their last dental appointment, and those who sought dental care by health care insurance reported being in a stable union, who sought ought services due to a routine dental visit.


Assuntos
Adulto , Idoso , Fatores Socioeconômicos , Mulheres , Idoso , Saúde Bucal , Assistência Odontológica , Serviços de Saúde Bucal , Acesso aos Serviços de Saúde , Distribuição de Qui-Quadrado , Inquéritos e Questionários , Seguimentos
4.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 19(1): e4908, 01 Fevereiro 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1021350

RESUMO

Objective:To analyze the relationship between age, body mass index(BMI), bone mineral density(BMD), and alveolar bone resorption with menopause duration in postmenopausal women.Material and Methods:Across-sectional study was developed involving 59 subjects, aged 45 to 80 years and categorized the duration of menopause as ≤5 years and >5 years.Body mass indexmeasurement and menopause duration were collected. Bone loss seen on radiography was measured by drawing a vertical line from the cementoenamel in the distal part of the 36 teeth and the mesial portion of 46 teeth to the base of the bone marked by the lamina dura intact. Categorical determinations of age, BMI, BMD, and alveolar bone resorption were based on receiver operating characteristic (ROC) curves. Were usedPearson correlation and Spearman correlation testswith the significance level set at 5%.Results:The majority of subjects (54.2%) with menopauseduration >5 years were aged >54.5years, most had BMI >24.2 kg/m2(39%), had bone resorption >2.95 mm(52.5%), and had bone density ≤73.89(49.2%).Pearson and Spearman correlation tests showed no significant correlation between age, BMI, bone density, and alveolar bone resorption (p>0.05).Conclusion:The longer the duration of menopause showed a tendency for lower bone density and higher age, BMI, and bone resorption (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Mulheres , Reabsorção Óssea , Menopausa , Índice de Massa Corporal , Densidade Óssea , Estudos Transversais/métodos , Pós-Menopausa , Estatísticas não Paramétricas , Indonésia
5.
Rev. Cient. CRO-RJ (Online) ; 3(2): 26-31, May-Aug. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1021842

RESUMO

Objectives: The objective of this study was to investigate whether osteoporosis is an indicator of missing teeth and lack of functional dentition in elderly women. Methods: A cross-sectional study involving women aged more than 60 years was performed at the Brazilian's Navy Dental Center (Odontoclínica Central da Marinha) , Rio de Janeiro, Brazil. Demographic data and general health status information of the group were obtained through individual interviews. In addition, the number of natural teeth was recorded in oral examination. Women presenting at least one tooth were divided in groups presenting or not osteoporosis. The number of natural teeth was compared between groups, with adjustment for smoking and diabetes mellitus. The association between functional dentition and osteoporosis was evaluated using odds ratios (ORs) and their respective 95% confidence intervals. Results: Data on oral examination were available for 256 of the 360 elderly women registered in the database. The groups were composed by 55 women with osteoporosis and 201 not presenting osteoporosis. The prevalence of chronic diseases and smoking, was similar between groups. The mean number of teeth for osteoporotic women was significantly lower than in those without this disease (14,69 ± 7,69 versus 18,19 ± 7,20, p= 0.002), remaining significant after adjustment for potential confounders. Women without osteoporosis exhibited greater chance to present functional dentition than those with osteoporosis (OR = 2.10, 95% CI [1.21 to 3.66], p =0.006). Conclusion: Osteoporosis was an indicator for tooth loss and lack of functional dentition in the studied population of elderly women.


Objetivos: O objetivo deste estudo foi investigar se a osteoporose é um indicador de perda dentária e de falta de dentição funcional em idosas. Métodos: Um estudo transversal envolvendo mulheres com mais de 60 anos foi realizado na Odontoclínica Central da Marinha, Rio de Janeiro, Brasil. Dados demográficos e médicos foram obtidos através de entrevistas individuais. Os dentes naturais foram contados no exame oral. Mulheres com um ou mais dentes foram divididas em dois grupos: com e sem osteoporose. O número de dentes naturais foi comparado entre os grupos, com controle para tabagismo e diabetes mellitus. A associação entre a dentição funcional e a osteoporose foi avaliada por meio de odds ratios (OR) e seus respectivos intervalos de confiança de 95%. Resultados: Dentre 360 idosas cadastradas no banco de dados, 256 tinham registro de exame oral. Os grupos foram compostos por 55 mulheres com osteoporose e 201, sem. A prevalência de doenças crônicas e tabagismo foi semelhante entre os grupos. O número médio de dentes para mulheres com osteoporose foi significativamente menor do que as que não tinham a doença (14,69 ± 7,69 versus 18,19 ± 7,20, p = 0,002), permanecendo significativo após o ajuste para possíveis fatores de confundimento. Mulheres sem osteoporose tiveram maior chance de apresentar dentição funcional do que as outras (OR = 2,10, IC 95% [1,21-3,66], p = 0,006). Conclusão: A osteoporose foi um indicador de perda dentária e de ausência de dentição funcional na população estudada.


Assuntos
Osteoporose , Tabagismo , Mulheres , Idoso , Perda de Dente , Diabetes Mellitus
6.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 17(1): e3403, 13/01/2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-914290

RESUMO

Objective: To investigate the factors that influence oral health of girls, with developmental disabilities, attended by a dental service. Material and Methods: A Cross-sectional epidemiological study was carried out using information collected from 171 dental charts of children aged one to 13 years, with developmental disabilities who were treated between 1998 and 2013. Studied variables were: dental caries, gingivitis, bruxism, xerostomia, ingestion of cariogenic food and oral hygiene. Statistical analysis was performed using proportion calculations of each variable and by cluster analysis. Results: Three types of clusters were formed from girls based on three variables (presence of dental caries, gingivitis and bruxism). The choice of two clusters was due to a better understanding of the phenomenon (oral conditions). There was an average of 0.77 of deciduous and 0.21 permanent decayed teeth. Cluster 1 is composed of younger children with lower caries and gingivitis experiences; lower proportion of xerostomia and ingestion of cariogenic food, higher proportion of good oral hygiene and more bruxism experience. Conclusions: Dental caries and gingivitis among girls with developmental disabilities are influenced by factors whose relation of cause and effect has been discussed in the literature. Bruxism is a protective factor against these diseases.Results reinforce the need for early preventive interventions in this population.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Mulheres , Análise por Conglomerados , Paralisia Cerebral/diagnóstico , Registros Médicos , Assistência Odontológica para Pessoas com Deficiências , Brasil , Estudos Epidemiológicos , Saúde Bucal
7.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 16(1): 269-278, jan.-dez. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-912452

RESUMO

Objective: To evaluate the impact of oral problems on the quality of life of women before and during chemotherapy for breast cancer. Material and Methods: A longitudinal study was conducted on women with breast cancer at a Hospital reference, Espírito Santo, Brazil from January 2012 to January 2013. Assessment was performed at three time-points, the first before the onset of therapeutic intervention, the second after the first chemotherapy session, and the third after the second chemotherapy session. The volunteers were assessed using interviews that included the application of the subjective indicator Oral Health Impact Profile (OHIP-14). The data were subjected to descriptive analysis based on tables of absolute and percentage frequencies relative to the OHIP-14 dimensions. McNemar's test assessed the direction of discordance, and the Kappa test measured the levels of concordance among the three assessments. The significance level was established at 5%. Results: The percent frequency of the impact of oral problems on the quality of life increased from the first (27%) to the second (49%) time-point, and functional limitation (p=0.001), physical pain (p=0.039), and physical disability (p=0.039) were statistically significant. Conclusion: Oral problems exerted a substantial impact on the volunteers' quality of life before the onset of chemotherapy, and quality of life became poorer after the onset of treatment. Patients with breast cancer require specific oral care and should be monitored before, during, and after anticancer treatment to minimize the deleterious effects of chemotherapy and improve their quality of life.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Neoplasias da Mama/tratamento farmacológico , Tratamento Farmacológico , Manifestações Bucais , Qualidade de Vida/psicologia , Perfil de Impacto da Doença , Mulheres , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Entrevistas como Assunto/métodos , Estudos Longitudinais
8.
Periodontia ; 26(2): 40-47, 2016.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-874884

RESUMO

Os fatores hormonais são aqueles que atuam sobre o corpo em determinadas fases da vida da mulher sendo capazes de modificar a resposta dos tecidos à irritação bacteriana, influenciando o progresso, a intensidade e a resposta da doença periodontal ao tratamento. As alterações nos níveis de hormônios durante a puberdade, a gestação e a menopausa podem modificar a resposta do hospedeiro em relação à placa bacteriana, aumentando a intensidade de progressão da doença periodontal. O objetivo deste trabalho foi averiguar como procede o conhecimento e a conscientização dessas manifestações clínicas de cunho hormonal pelo cirurgião dentista. A influência hormonal pode predispor ao desenvolvimento de doenças periodontais ou atuar exacerbando processos inflamatórios periodontais preexistentes. Nessas situações clínicas, o tratamento periodontal deve ser capaz de eliminar a resposta inflamatória, concomitantemente faz-se controle e manutenção do tratamento, orientando os pacientes acerca dos cuidados essenciais com sua higiene oral para que sejam capazes, pelo menos de realizarem a escovação e o uso de fio ou fita dental corretamente. Utiliza-se a instrumentação periodontal para tratamento, através da raspagem e alisamento radicular. Concluiu-se que com o emprego da terapêutica periodontal, no intuito de atenuar o processo inflamatório, pode-se obter melhor qualidade de vida para as mulheres que se encontram nessas fases da vida em que é possível ocorrer interferência hormonal nos problemas periodontais.


Hormonal factors are those that act on the body at certain stages of women’s lives, being able to modify the response of tissues to bacterial irritation, influencing progress, the intensity and the response to treatment of periodontal disease. Changes in hormone levels during puberty, pregnancy and menopause can modify the host response in relation to the plaque by increasing the intensity progression of periodontal disease. The objective was to find out how proceeds knowledge and awareness of these clinical manifestations of hormonal nature by a dentist. The hormonal influence may predispose to the development of periodontal diseases or act exacerbate preexisting periodontal inflammation. In these clinical situations, periodontal treatment should be able to eliminate the inflammatory response, concurrently makes up control of maintenance treatment, guiding patients on the essential care of your oral hygiene so that they can, at least perform brushing and use of dental floss or tape correctly. It is used for treating periodontal instrumentation by scaling and root planing. It was concluded that with the use of periodontal therapy to attenuate the inflammatory process, one can get better quality of life for women who are in those stages of life that can occur hormonal interference in periodontal problems.


Assuntos
Humanos , Feminino , Doenças Periodontais , Estrogênios , Progesterona , Mulheres
9.
Arq. odontol ; 47(1): 25-30, Jan.-Mar. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-725228

RESUMO

Objetivo: Verificar a relação entre alguns fatores salivares (fluxo estimulado e não-estimulado, capacidade-tampão e atividade de a-amilase) e o estresse percebido por mulheres em condições basais de estresse. Materiais e Métodos: Selecionou-se 13 voluntárias do gênero feminino, com idade média de 31,4 ± 10,0 anos, alunas do curso de mestrado da Faculdade São Leopoldo Mandic, Campinas, SP. Foi determinado fluxo salivar estimulado (FSE) e não-estimulado (FSNE); capacidade tampão (CT), atividade de a-amilase salivar (AAS) pelo método colorimétrico (Caraway modificado) e índice de estresse percebido (EP) pelo questionário de Cohen. Foi calculado o coeficiente de correlação linear de Pearson (R) entre as variáveis avaliadas (a = 0,05). Resultados: a média ± desvio-padrão dos resultados foi FSE = 1,28 ± 0,39 ml/min; FSNE = 0,39 ± 0,18 ml/min; CT = 4,45 ± 1,53; AAS = 16.324,82 ± 12.001,26 U/dl e EP = 25,62 ± 7,09. Houve correlação positiva e estatisticamente significativa entre o FSE e FSNE (R = 0,5932; p = 0,0325). Não houve correlação entre as demais variáveis. Conclusão: em condições basais de estresse, não houve relação entre o fluxo, capacidade tampão e a atividade de a-amilase salivar com o estresse percebido.(AU)


Aim: To verify the relationship among salivary factors (flow rate, buffer capacity, and alphaamylase activity) and the perceived stress in women, when under basal conditions of stress. Materials and Methods: Fourteen volunteers, students from São Leopoldo de Mandic Faculty, Campinas, SP, females, at an average of 31.4 ± 10.0 years of age, were selected. The salivary flow rate (stimulated and non-stimulated), buffer capacity, activity of salivary alpha-amylase, and the perceived stress (Cohen's questionnaire) were determined. Pearson's coefficient of correlation (R) was applied among the studied factors (a=0.05). Results: Mean ± standard deviation of the results were FSE = 1.28 ± 0.39 ml/ min; FSNE = 0.39 ± 0.18 ml/min; CT = 4.45 ± 1.53; AAS = 16,324.82 ± 12,001.26 U/dl, and EP = 25.62 ± 7.09. A positive, statistically significant correlation between FSE and FSNE (R = 0.5932; p = 0.0325) could be observed. No significant correlations between any other variables could be identified. Conclusion: Under basal conditions of stress, no relationship among salivary flow rate, buffer capacity or alpha-amylase activity, and perceived stress could be observed.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saliva , Mulheres , alfa-Amilases , Inquéritos e Questionários , Colorimetria
10.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 51(1): 27-30, jan.-abr. 2010. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-719568

RESUMO

Introdução: Em 1866, na Universidade de Ohio, graduou-se a primeira mulher da história da Odontologia. A inserção da mulher na Odontologia ocorreu de forma lenta e gradual, acompanhando o desenvolvimento histórico e cultural da sociedade. Um dos fatores que faz com que a mulher opte pela carreira odontológica é o fato de poder exercer o trabalho de forma autônoma. Objetivo: Conhecer o crescimento da participação da mulher na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FO-UFRGS). Materiais e Métodos: Foram analisados os documentos que continham todos os formandos da FO-UFRGS do período de 1900-2010. Resultados: Em 1904, graduaram-se as três primeiras estudantes femininas. No inicio da década de 60, verificou-se um aumento crescente na participação da mulher atingindo taxa de 45%. No ano de 2010, as mulheres constituem 68% dos acadêmicos da Faculdade. Conclusões: Podemos concluir que a mulher iniciou cedo sua participação na Odontologia gaúcha. Deste período até os nossos dias tem havido um paulatino aumento desta participação, culminando com o seu predomínio numérico em relação ao sexo masculino.


Introduction: In 1866, in the University of Ohio graduated the first woman in the history of Dentistry, The inclusion of women in dentistry has occurred slowly and gradually, following the historical and cultural development of society. One factor that makes women choose the dental career is being able to perform the work autonomously. Objective: Knowing the growth of women's participation in the Faculty of Dentistry, Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS-FO). Materials and Methods: The documents that contained all of the graduates of FO-UFRGS, in the period between 1900 and 2010, were analyzed. Results: In 1904, graduated the first three female students. In the early 60s, there was a steady increase in women's participation rate reached 45%. In 2010, women constitute 68% of the students of the Faculty. Conclusions: We conclude that the woman started early on their participation in dentistry in the State. From this period until the present day there has been a gradual increase in this participation, culminating in their numerical predominance in relation to males.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Odontologia , Estudantes de Odontologia , Mulheres , Estatística como Assunto
11.
In. Fernandes, Aliana; Carvalho, Maria do Rosário de; Domingos Sobrinho, Moisés. Representações sociais e saúde: construindo novos diálogos. Campina Grande, PB, EDUEP, 2004. p.79-l09, tab.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-871937
12.
In. Fernandes, Aliana; Carvalho, Maria do Rosário de; Domingos Sobrinho, Moisés. Representações sociais e saúde: construindo novos diálogos. Campina Grande, EDUEP, 2004. p.79-l09, tab.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-407881
13.
Rev. bras. odontol ; 59(6): 400-402, nov.-dez. 2002. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-331306

RESUMO

Os autores objetivaram analisar a demanda do sexo feminino por cursos de Odontologia. Foram pesquisadas as proporçöes de formandas de duas faculdades de Odontologia. Com relaçäo à Faculdade de Araçatuba/Unesp, observou-se que entre 1961-1970, 18,88 por cento dos graduandos eram muheres. No período de 1971-1980, a proporçäo foi 41,43 por cento, de 1981-1990 foi 51,1 por cento e de 1991-2000 foi 59,95 por cento. Na Faculdade de Odontologia de Lins/Unimep, para os mesmos períodos considerados, as proporçöes foram de 17,09 por cento, 36,36 por cento, 50,20 por cento e 62,83 por cento, respectivamente. Conclui-se que houve um aumento do número de mulheres na Odontologia, devendo as instituições de ensino e entidades de classes estar atentas e avaliar as consequências decorrentes no mercado de trabalho


Assuntos
Humanos , Feminino , Odontologia , Educação Superior , Emprego , Estatística , Mulheres
14.
Rev. bras. odontol ; 57(2): 118-23, mar.-abr. 2000. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-271472

RESUMO

Este estudo teve por objetivo identificar os fatores que levaram a Odontologia a transformar-se numa profissäo com predomínio de profissionais do sexo feminino. Analisamos a identidade feminina nos aspectos biológicos, psicossociais e sua relaçäo com a reproduçäo da força de trabalho. Em conclusäo, podemos afirmar que o processo de transformaçäo deve-se a um conjunto de fatores econômicos/culturais e relaciona-se à busca pela igualdade de direitos sociais


Assuntos
Recursos Humanos em Odontologia , Odontologia , Emprego , Mulheres
15.
Rev. odontol. UNESP ; 24(2): 433-9, jul.-dez. 1995. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-187504

RESUMO

A concepçäo deste estudo surgiu da comemoraçäo dos 70 anos da Faculdade de Odontologia - UNESP e de uma realidade socioeconômica atual que mostra o contingente feminino crescente em todos os setores profissionais, incluindo a Odontologia. A participaçäo das mulheres no Curso de Odontologia da Faculdade de Araraquara - UNESP foi avaliada por meio da análise numérica das listas dos dentistas formados entre os anos de 1923 e 1993. Verificou-se aumento acentuado na porcentagem de mulheres no curso de graduaçäo desta Faculdade a partir de 1970 e, em 1980, além do aumento, ocorreu uma inversäo na predominância do sexo, ou seja, 59,3 por cento dos dentistas eram mulheres e 40,7 por cento, homens


Assuntos
Odontologia , Mulheres
16.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 7(4): 237-43, out.-dez. 1993. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-138505

RESUMO

Investiga-se a experiência de cárie dentária em escolares de 7 a 12 anos de idade, na cidade de Santa Lúcia - SP, associando a doença à condiçäo de ocupaçäo da mäe da criança. Observa-se näo haver diferença estatisticamente significante na prevalência de cárie dentária (medida pelos índices CPO e CEO) entre os escolares cujas mäes säo ou näo economicamente ativas. A tendência descrita deve ser objeto de pesquisas posteriores para poder nortear a açäo administrativa em serviços de saúde bucal


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Cárie Dentária/diagnóstico , Cárie Dentária/prevenção & controle , Atividades Cotidianas , Fatores Etários , Fatores Socioeconômicos , Mulheres Trabalhadoras/educação , Mulheres/educação
17.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 26: 25-36, 1984. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-135820

RESUMO

Se colocam as respostas que professoras da Faculdade de Odontologia deram a um questionamento enviado, sobre sua situaçäo, analisando-se brevemente a informaçäo obtida e sugerindo aprofundar no estudo do problema. Uma populaçäo jovem de professoras, solteiras, assistentes, que se dedicam a Odontopediatria e Odontologia Social e que näo tiveram problemas para o seu ingresso nas Faculdades, constitui o perfil encontrado na pesquisa


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Docentes de Odontologia/provisão & distribução , Mulheres , Brasil , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA