Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 91 p. ilus, mapas, tab, graf.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-910291

RESUMO

A atenção domiciliar (AD) é uma modalidade de atenção à saúde que está em expansão no Brasil e no mundo. Serviços públicos e privados têm investido na implementação desse tipo de assistência, devido ao seu potencial de transformar o modelo de atenção vigente, colocando em destaque o trabalho das equipes de Atenção Primária à Saúde (APS). Diante da importância de conhecer o cenário de distribuição desses serviços nos territórios, bem como traçar o perfil do trabalho dos profissionais da AD, justifica-se a realização desse estudo. O objetivo foi analisar o quantitativo das visitas domiciliares (VD) realizadas no âmbito da APS, no Sistema Único de Saúde (SUS) em Minas Gerais (MG), de acordo com as categorias profissionais, de 2010 a 2015. Outros objetivos foram comparar as taxas (TX) de VD entre as macrorregiões de saúde e determinar a sua distribuição espacial. Trata-se de um estudo ecológico de base epidemiológica com abordagem quantitativa. A quantidade de VD realizadas no período de 2010 a 2015, pelas categorias profissionais que compõem as equipes de APS do SUS (profissionais de nível médio, enfermeiros, médicos e outros profissionais de nível superior) foi coletada no Sistema de Informação da Atenção Básica. O cálculo da TX ponderou o porte populacional do município e usou como referência o número médio de pessoas da área de abrangência das equipes de APS (3.000 habitantes). Análises descritivas e inferenciais (teste de Mann-Whitney) estimaram e compararam as medianas das TX de VD entre as categorias profissionais e entre as macrorregiões de saúde, para cada ano separadamente, com o software InStat 3.0. A distribuição espacial das TX de VD foi verificada pela plotagem de mapas no software ArcGIS® 10.4.1. Diferenças significativas (p<0,05) nas TX de VD foram identificadas entre categorias profissionais e entre macrorregiões. Maiores valores foram encontrados para os profissionais de nível médio em relação aos enfermeiros, médicos e outros profissionais de nível superior. A mediana das TX de VD em 2010 dos profissionais de nível médio foi 515,0, seguida de 258,7 dos enfermeiros, 112,2 dos médicos e 62,4 dos outros profissionais de nível superior. As macrorregiões Sudeste, Sul, Leste do Sul e Triângulo do Sul tiveram melhor desempenho nas ações de AD do que a macrorregião Centro. Conclui-se que o perfil das VD realizadas no SUS em MG possui um quantitativo elevado, porém distribuído de maneira desigual entre as categorias profissionais e as macrorregiões de saúde. É fundamental que os serviços conheçam o panorama geral da AD nos territórios de atuação das equipes de APS, para que seja possível diminuir iniquidades regionais e minimizar discrepâncias entre os profissionais, tendo em vista a qualificação do cuidado prestado, a partir da melhoria da APS.(AU)


Analysis of home care provided by the primary health care teams in Minas Gerais, 2010 to 2015. Home care (HC) is a modality of health care that is expanding in Brazil and in the world. Public and private services have invested in the implementation of this type of assistance, due to its potential to transform the current model of care, highlighting the work of the Primary Health Care (PHC) teams. Given the importance of knowing the scenario of distribution of these services in the territories, as well as outlining the work profile of AD professionals, it is justified to carry out this study. The objective was to analyze the number of home visits (HV) carried out under the PHC, in the Unified Health System (SUS) in Minas Gerais (MG), according to the professional categories, from 2010 to 2015. Other objectives were to compare the rates (RT) among health macro-regions and determine their spatial distribution. This is an ecologically based epidemiological study with a quantitative approach. The amount of HV performed in the period from 2010 to 2015, by the professional categories that make up the SUS PHC teams (mid-level professionals, nurses, physicians and other professionals of higher education) were collected in the Basic Attention Information System. The RT calculation weighted the population size of the municipality and used as reference the average number of people in the area covered by the PHC teams (3,000 inhabitants). Descriptive and inferential analyzes (Mann-Whitney test) estimated and compared the medians of the RT of HV among the professional categories and between the macro-regions of health, for each year separately, with the software InStat 3.0. The spatial distribution of the RT of HV was verified by plotting maps in ArcGIS® software 10.4.1. Significant differences (p <0.05) in RT of HV were identified between professional categories and between macro regions. Higher values were found for mid-level professionals in relation to nurses, physicians and other higher level professionals. The median of the RT of HV in 2010 of high school professionals was 515.0, followed by 258.7 of the nurses, 112.2 of the physicians and 62.4 of the other professionals of higher level. The Southeastern, Southern, South Eastern and Southern Triangle macro-regions performed better in AD actions than the Center macro-region. It is concluded that the HV profile performed in SUS in MG has a high quantitative, but unevenly distributed among professional categories and macro-regions of health. It is essential that the services are aware of the general landscape of HC in the territories of the PHC teams, so that it is possible to reduce regional inequities and minimize discrepancies between professionals, in view of the qualification of the care provided, through the improvement of PHC.(AU)


Assuntos
Serviços de Saúde Bucal , Sistemas de Informação em Saúde , Serviços de Assistência Domiciliar , Visita Domiciliar , Atenção Primária à Saúde , Estudos Ecológicos , Fatores Epidemiológicos , Saúde Bucal , Sistema Único de Saúde
2.
Rev. ABENO ; 17(4): 87-98, 2017. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883148

RESUMO

As Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal destacam a visita domiciliar (VD) como uma das principais formas de ampliação do acesso aos serviços e criação de vínculo com a população, caracterizando-a como um desafio para as Equipe de Saúde Bucal. A adequação dos cursos de Odontologia às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) implica em preparar o egresso para essa abordagem, utilizando a VD como estratégia pedagógica. Esse estudo investigou as contribuições da VD na formação odontológica, por meio de uma revisão integrativa da produção científica nacional, no período entre 2004 a 2017, compondo uma síntese qualitativa da literatura. Foram pesquisadas quatro bases de dados por meio dos descritores ("home care" OR "home visits") AND ("dentistry" OR "oral health"). Nove estudos compuseram o corpo de análise desta revisão. Dos resultados emergiram quatro categorias: 1- Formação do cirurgião-dentista no Sistema Único de Saúde; 2- Compreensão ampliada do processo saúde-doença; 3- O trabalho interdisciplinar; 4- Humanização do Cuidado. Como contribuições à formação evidenciou-se que a VD propiciou ao estudante de Odontologia a vivência no território e a interação com usuários e profissionais da equipe de saúde. O contato do estudante com a VD possibilita o aprendizado do cuidado à saúde do usuário em seu contexto de vida, bem como a vivência do trabalho interdisciplinar, valorizando os diferentes saberes profissionais. O domicílio demonstrou-se como espaço singular para o aprendizado de vínculo, acolhimento e humanização, o que favorece a formação odontológica na perspectiva da clínica ampliada (AU).


The National Oral Health Policy Guidelines emphasize home visits (HV) as one of the main ways to increase access to services and engender bonds with population, considering the HV as a challenge for the Oral Health Team. The appropriateness of the Dentistry Courses (2002) to the National Curriculum Guidelines (DCN) involves preparing the former student for this approach, using the HV as a pedagogical strategy. This study investigated the contributions of the HV in dental education, through an integrative review of the national scientific production, between 2004 and 2017, composing a qualitative synthesis of the literature. Four databases were searched through these keywords ("home care" OR "home visits") AND ("dentistry" OR "oral health"). Nine articles composed the analysis of this review. From the results emerged four categories: 1 - Dental Education on Unified Health System (SUS); 2 - Enlargement of the health-disease process understanding; 3 - Interdisciplinary work; 4 - Care Humanization. As contributions to dental education, it was evidenced that the HV allowed the Dentistry student to experience the territory and interact with SUS users and professionals of the health team. The student's contact with the HV makes it possible to learn the health care of the user in their life context, as well as the experience of the interdisciplinary work, valuing the different professional knowledge. The household was shown as a unique space for learning of bond relationship, reception and humanization, which favors dental education from the perspective of the expanded clinic (AU).


Assuntos
Educação Baseada em Competências/métodos , Educação em Odontologia , Estratégia Saúde da Família , Visita Domiciliar , Brasil , Guias como Assunto/normas
3.
Rev. ABENO ; 14(1): 66-72, 2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-877324

RESUMO

Este estudo teve por finalidade analisar a percepção do estudante de odontologia quanto à necessidade da inclusão das visitas domiciliares realizadas na estratégia de promoção da saúde da família durante o curso de graduação. Para a coleta das informações, foram utilizados questionários fechados aplicados aos alunos da disciplina de Estágio Supervisionado I (AU).


The aim of this study was to evaluate the student's perception of dentistry, as the need for inclusion in home visits conducted in the strategy of family health. For the collection of information were used closed questionnaires applied to students of the discipline of supervised probation I (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Estratégia Saúde da Família , Visita Domiciliar , Estudantes de Odontologia , Brasil , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos
4.
Rev. ABENO ; 13(2): 62-68, 2013.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-877183

RESUMO

Desenvolvido pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e o Ministério da Saúde, o Programa de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (PRÓ/Saúde), associado ao Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), tem oportunizado a realização de estágios-vivência em equipes multiprofissionais, com a iniciativa de consolidar a integração ensino-serviçocomunidade. Em relação à Odontologia, os acadêmicos petianos têm tido a oportunidade de conviver com colegas de outros cursos de graduação e de vislumbrar a integralidade do cuidado e demais princípios do SUS na prática. Uma das atividades dos grupos PET-Saúde são as visitas domiciliares na comunidade assistida pela Estratégia Saúde da Família (ESF) local. Tais visitas têm propiciado o exercício das competências preconizadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os acadêmicos de odontologia. Este trabalho apresenta a vivência dos acadêmicos nas visitas domiciliares e relata como dois casos clínicos singulares permitiram aos acadêmicos envolvidos o exercício do perfil generalista e humanista e a capacitação de atuar multiprofissionalmente. Reconhecendo a realidade social dos pacientes, buscou-se explicar a importância do tratamento e os procedimentos que seriam realizados, obtendo-se sucesso nas intervenções. As visitas domiciliares como uma das estratégias de trabalho do PRO/PET-Saúde na UEPG permitiram a convivência com situações socioeconômicas distintas, o entendimento do contexto social vivido pelas famílias e a aplicação prática do conhecimento teórico adquirido no curso. Os programas PRO/PET-Saúde na UEPG têm se mostrado como importantes ferramentas para o desenvolvimento de competências e habilidades e estímulo para a inserção futura dos egressos no Sistema Único de Saúde (AU).


Developed by the State University of Ponta Grossa (UEPG) , in partnership with the City Department of Health and the Ministry of Health , the Program Reorientation of Vocational Training in Health (PRO/Health) , associated with the Education Program through Health Work (PETHealth) has given the opportunity of placements survival in multidisciplinary teams , with the initiative to consolidate the integration between teaching-service and community. Regarding Dentistry, petianos students had the opportunity to interact with colleagues from other graduate programs and glimmer a comprehensive care and other SUS principles in practice. One of the activities of the PET - Health groups are home visits in the community assisted by the local Family Health Strategy (ESF). Such visits have led to the exercise of powers envisaged by the National Curriculum Guidelines for dentistry students. This work presents the students' experiences in home visits and tells how two unique clinical cases allowed the academics involved the exercise of general and humanistic profile and capacity to act multiprofessional. Recognizing the social reality of patients , trying to explain the importance of treatment and procedures that would be performed , obtaining success in the interventions . Home visiting as a strategy for job PRO/PET - Health in UEPG allowed to live with different socioeconomic situations, understanding the social context experienced by families and the practical application of theoretical knowledge acquired in the course. The PRO/PET - Health in UEPG programs have been shown to be important tools for the development of skills and abilities and encouragement for the future integration of graduates into the Unified Health System (AU).


Assuntos
Educação em Odontologia , Visita Domiciliar , Atenção Primária à Saúde , Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos , Brasil , Relações Comunidade-Instituição
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA