Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. oral sci ; 15(2): 109-112, Apr.-June 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848183

RESUMO

Aim: To study influence of the cooling rate after sintering a veneering porcelain (Vita VM9) on fracture toughness by indentation strength (IS) and single-edge-v-notched beam (SEVNB) methods. Methods: Vita VM9 bars were sintered according to the manufacturer's recommendation and cooled under three conditions: Slow (inside the furnace from sintering temperature to room temperature); Normal (inside the furnace from sintering temperature to 500 ºC and outside the furnace from 500 ºC to room temperature); and Fast (outside the furnace from sintering temperature to room temperature). Fracture toughness was measured by IS (n=10) and SEVNB (n=10) methods. Data were analyzed by two-way ANOVA (α=0.05). Results: The fracture toughness obtained from SEVNB (slow - 1.02±0.10; normal - 1.09±0.13; and fast - 1,02±0.18 MPa.m1/2 cooling techniques) was significantly lower than IS (slow - 1.19±0.13; normal - 1.17±0.07; and fast - 1.16±0.06 MPa. m1/2 cooling techniques). There was no significant influence of the cooling technique (p=0.012). Conclusions: The measurement technique influenced the fracture toughness values . IS method overestimated the fracture toughness values. Irrespective of the measuring method, cooling rate did not influence the Vita VM9 veneering porcelain fracture toughness (Au)


Assuntos
Cerâmica , Agentes de Resfriamento , Materiais Dentários , Porcelana Dentária , Testes de Dureza/métodos , Fenômenos Mecânicos
2.
São José dos Campos; s.n; 2014. 138 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867570

RESUMO

O objetivo desta pesquisa foi avaliar, in vitro, a influência do resfriamento, da técnica de aplicação e do efeito da espessura da cerâmica de cobertura na carga de fratura de coroas totalmente cerâmicas com infraestrutura de zircônia. Foram confeccionadas 100 infraestruturas de zircônia (Y-TZP) com 1,0 mm de espessura. 80 infraestruturas foram divididas em 8 grupos (n = 10) para confecção de 80 coroas de acordo com os fatores “técnica de aplicação” (estratificada e prensada), “espessura” (1 mm e 2 mm) e “protocolo de resfriamento” (lento e rápido) da cerâmica de cobertura. Com as outras 20 infraestruturas foram confeccionadas 20 coroas pela técnica CAD/CAM/Rapid Layer e divididas em 2 grupos (n = 10) de acordo com o fator “espessura da cerâmica de cobertura” (1 mm e 2 mm) e foi realizada Análise de Elementos Finitos. Todos os espécimes foram ciclados mecanicamente (200 N; 2 x 106 ciclos; 3,0 Hz; água/ 37 °C). A presença de chipping foi avaliada através de análise em estereomicroscópio após a ciclagem mecânica. Em seguida, todos os espécimes foram submetidos ao teste de resistência à fratura em compressão axial (0,5 mm/minuto; 10 kN). As coroas foram analisadas para determinar a possível origem da falha. Os dados (N) obtidos foram submetidos à análise estatística, com o Teste de Dunnett, teste t-Student, para a técnica CAD/CAM/Rapid Layer, e ANOVA 3-fatores e teste de Tukey para as demais técnicas. A carga de fratura das coroas confeccionadas pela técnica CAD/CAM/Rapid Layer, independente da espessura, foi menor em relação às outras duas técnicas (p < 0,05), mas houve diferença significativa entre as duas espessuras das coroas confeccionadas por esta técnica. Houve influência dos fatores resfriamento (p = 0,0058) e técnica de aplicação (p = 0,0001) na análise das técnicas estratificada e prensada. O resfriamento lento diferiu do resfriamento rápido na técnica prensada de aplicação da cerâmica, porém, esta diferença não foi ..


The aim of this study was to evaluate the in vitro influence of cooling protocols and application techniques and the effect of the thickness of veneering ceramics on the fracture resistance of prosthetic crowns. For this purpose, 100 ‘zirconia partially stabilized by yttrium oxide’ frameworks (1 mm thick) were made. Eighty frameworks were divided into 8 groups (n = 10) according to the application technique (stratified or pressed), thickness (1 or 2 mm), and the cooling protocol (slow or fast) of the veneering ceramic. With the remaining 20 frameworks, 20 crowns were prepared by the CAD/CAM/Rapid Layer technique and were divided into 2 groups (n = 10) according to the veneering ceramic thickness (1 or 2 mm); these were also evaluated by Finite Element Analysis. All specimens were mechanically cycled (200 N, 2 x 106 cycles; 3.0 Hz; water at 37 °C). Chipping presence was evaluated by stereomicroscopy after mechanical cycling. All specimens were tested for compressive strength (0.5 mm/minute; 10 kN). We analyzed crowns to determine the possible beginning of the failures. Data, in N, were statistically analyzed with Dunnett’s, t-test, 3-way ANOVA, and Tukey's tests. The fracture load of the CAD/CAM/Rapid Layer crowns was lower, regardless of ceramic thickness, when compared with the other two application techniques tested (p < 0.05). We observed an influence of the cooling protocol (p = 0.0058) and the application technique (p = 0.0001) in the analysis of stratified and pressed techniques. Slow cooling differed from rapid cooling in the pressed ceramic crowns; however, this difference was not observed for the stratified crowns, regardless of the thickness of the veneering ceramic. Failures in the CAD/CAM/Rapid Layer crowns began predominantly at the interface between the resin cement and veneering ceramic, resulting in delaminations of the veneering ceramic, while the other techniques showed chipping of the veneering ceramic beginning ..


Assuntos
Cerâmica , Agentes de Resfriamento , Zircônio , Coroas , Materiais Dentários
4.
Rev. odontol. Univ. Cid. Sao Paulo ; 17(1): 21-28, jan.-abr. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873082

RESUMO

Introdução - Este estudo avalia, in vitro, a capacidade de abaixamento de temperatura dos aerossóis Coolermatic, CS 68, -20°C, Endo-Frost, lmplastec e Pharmaéthyl em sua fonte e meios de transporte (penso de algodão e haste flexível). Da mesma forma avalia-se o gás dióxido de carbono em sua fonte e meio de transporte representado pela seringa de insulina. Métodos - Para a execução deste experimento a temperatura ambiente foi mantida entre 20°C e 24°C e a ullÚdade relativa do ar em torno de 50 por cento. Para a mensuração das temperaturas dos aerossóis foi elaborada uma plataforma experimental que viabilizou a sustentação dos tubos de spray cujo conteúdo foi captado por um termopar de níquel/cromo-níquel, controlando-se, também, o tempo para atingir o limiar máximo de temperatura negativa. Essa temperatura aferida era processada por um termômetro digital e transferida a um computador que analisava graficamente essas variações. Conclusão - Os dados obtidos e tratados estatisticamente pernútem concluir que: com respeito aos aerossóis, não houve diferença estatística significativa na média de tempo requerida para alcançar a mais baixa temperatura entre os meios de transporte. Na fonte, os aerossóis despenderam menor tempo para alcançar o limiar máximo de temperatura negativa em relação aos meios de transporte. O gás dióxido de carbono foi o agente térnúco que atingiu o mais baixo limiar de temperatura negativa, tanto na fonte como em seu meio de transporte, diferindo estatisticamente, quando comparado aos aerossóis.


Assuntos
Dióxido de Carbono , Agentes de Resfriamento , Polpa Dentária , Teste da Polpa Dentária , Técnicas In Vitro
5.
Rev. odontol. Univ. Cid. Sao Paulo ; 17(1): 21-28, jan.-abr. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-466404

RESUMO

Introdução - Este estudo avalia, in vitro, a capacidade de abaixamento de temperatura dos aerossóis Coolermatic, CS 68, -20°C, Endo-Frost, lmplastec e Pharmaéthyl em sua fonte e meios de transporte (penso de algodão e haste flexível). Da mesma forma avalia-se o gás dióxido de carbono em sua fonte e meio de transporte representado pela seringa de insulina. Métodos - Para a execução deste experimento a temperatura ambiente foi mantida entre 20°C e 24°C e a ullÚdade relativa do ar em torno de 50 por cento. Para a mensuração das temperaturas dos aerossóis foi elaborada uma plataforma experimental que viabilizou a sustentação dos tubos de spray cujo conteúdo foi captado por um termopar de níquel/cromo-níquel, controlando-se, também, o tempo para atingir o limiar máximo de temperatura negativa. Essa temperatura aferida era processada por um termômetro digital e transferida a um computador que analisava graficamente essas variações. Conclusão - Os dados obtidos e tratados estatisticamente pernútem concluir que: com respeito aos aerossóis, não houve diferença estatística significativa na média de tempo requerida para alcançar a mais baixa temperatura entre os meios de transporte. Na fonte, os aerossóis despenderam menor tempo para alcançar o limiar máximo de temperatura negativa em relação aos meios de transporte. O gás dióxido de carbono foi o agente térnúco que atingiu o mais baixo limiar de temperatura negativa, tanto na fonte como em seu meio de transporte, diferindo estatisticamente, quando comparado aos aerossóis.


Assuntos
Dióxido de Carbono , Agentes de Resfriamento , Polpa Dentária , Teste da Polpa Dentária , Técnicas In Vitro
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA