Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(12): 4838-4844, dez.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031956

RESUMO

Objetivo: identificar a prevalência dos diagnósticos, intervenções e resultados na consulta de Enfermagem deseguimento a pacientes com câncer de mama, próstata e cólon em ambulatório. Método: estudo quantitativo,tipo transversal, realizado a partir de instrumento elaborado e prontuário eletrônico de 101 pacientes. Osdados foram analisados com estatística descritiva simples e apresentados em tabela. Resultados: odiagnóstico mais prevalente foi “Estilo de vida sedentário” e a principal intervenção para este diagnóstico foia “Promoção do exercício” e o resultado “Participação no lazer”. A prevalência destes achados foi 14,43%,respectivamente. Conclusão: os dados contribuíram para identificar o perfil dos pacientes em seguimento,reforçando a necessidade de intensificação da atuação do enfermeiro no planejamento de intervenções emconsulta de Enfermagem.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Continuidade da Assistência ao Paciente , Enfermagem Oncológica , Neoplasias da Mama , Neoplasias da Próstata , Neoplasias do Colo , Processo de Enfermagem , Seguimentos , Estudos Transversais , Registros Eletrônicos de Saúde
2.
Enfoque (Panama) ; 21(17): 28-47, Jul.-dic.2017.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028658

RESUMO

Entre las causales de muerte por cáncer en la República de Panamá, el cáncer deestómago ocupa el primer lugar, constituyéndose en un problema serio de Salud Pública, parael país como un todo.Si las primeras causales de muerte en la población panameña son los cánceres, delcual el cáncer de estómago es la primera causa de muerte entre todos los cánceres a nivel depoblación, y el principal agente causal del cáncer de estómago es el Helicobacter Pylori,entonces estamos fallando en Panamá en los controles de higiene, en el Sistema de SaludPública, en lo referente al control de esta enfermedades infecciosas, relacionada con lacalidad e higiene de los alimentos, razón por la cual hay que poner atención. Es decir, estamosfallando en las prioridades de salud ambiental donde los determinantes básicos son: lacalidad del agua, el aire y la tierra. Determinantes estos que son indicadores de la higiene ysalud de los alimentos que se producen, preparan y preservan como fuente de alimentos parala población panameña, y visitantes.Si las investigaciones nos están demostrando que el principal factor que induce elcáncer de estómago es el Helicobacter Pylori, hemos fallado en lo referente a la primerafunción en Salud Pública, que es la educación en salud de la población en riesgo y elMinisterio de Salud está fallando en preservar la salud del ambiente donde los individuos, lasfamilias y las comunidades viven, estudian, trabajan, participan en actividades sociales yespecialmente en lugares donde los alimentos son: sembrados, producidos, empacados,distribuidos, vendidos, preparados para comer y consumir con probable calidad dudosa yfalta de seguridad alimentaria, lo cual afecta la salud de la población.


Between the cause of mortality in the Republic of Panama, stomach cancer, is in thefirsts position, and it represent a serious Public Health problem for the nation as a whole.Being cancer, the first causes of mortality in the Panamanian population and from allthe cancers, research had shown over time, that stomach cancer, is the first cause of deathat population level, if research are showing also that stomach cancer have the highestincidence of diagnostic procedure shown to be due to Helicobacter Pylori, means thatattention has to be center in environmental health and it determinants of health specificallythe quality of water, air, and soil use to produce, prepare and preserve food, as the source offood for the Panamanian population and visitors.The national statistics of Panama had also shown that one of the principal factor thatinduce stomach cancer is the Helicobacter Pylori, them we are failing in the Public Healthsystems, with regard to teach hygine and learn to identify the risk factors and the Ministryof Health is failing also in preserving the health of the environment were the individuals,family and community leave, study, work, participate in social activities and specially placeswere food is grow, produce, pack, distributed, sell, prepared to be consume in unhealthyenvironments, with lack of food safety for the population .One of the main problems are the working hours of the Public Health workers thatleave the population unprotected from 5:00 pm to 7:00 am hours that the population is at riskand more during night, that there is a lot of people and families that eat in unsave restaurants,due that Public Health workers in day time hours only, living the population unsafe atnational level, du to food sell in clandestine ways during night hours.


Entre as causas de morte por câncer na República do Panamá, o câncer de estômagoocupa o primeiro lugar, constituindo um grave problema de saúde pública para o país.Se a primeira causa de morte na população panamenha é o câncer, do qual o câncerde estômago é a principal causa de morte entre todos os tipos de câncer, no nível dapopulação, e o principal agente causador do câncer de estômago é Helicobacter pylori, entãoestamos falhando no Panamá nos controles de higiene, no Sistema de Saúde Pública, emrelação ao controle dessas doenças infecciosas, relacionadas à qualidade e higiene dosalimentos, e é por isso que devemos prestar mais atenção.Ou seja, estamos falhando em prioridades de saúde ambiental onde osdeterminantes básicos são: a qualidade da água, do ar e da terra. Determinantes que sãoindicadores de higiene e saúde dos alimentos produzidos, preparados e preservados paraconsumo pela população panamenha e visitantes.Se a pesquisa está nos mostrando que o principal fator que induz o câncer deestômago é Helicobacter pylori, falhamos em relação à primeira função em Saúde Pública,que é a educação em saúde da população em risco e o Ministério da Saúde É incapaz depreservar a saúde do ambiente onde vivem pessoas, famílias e comunidades, estudar,trabalhar, participar de atividades sociais e especialmente em locais onde a alimentação éplantada, produzida, embalada, distribuída, vendida, preparada para comer e consumir comprovável qualidade duvidosa e falta de segurança alimentar, o que afeta a saúde da população.


Assuntos
Humanos , Contaminação de Alimentos , Neoplasias Pulmonares , Neoplasias Retais , Neoplasias do Colo , Poluição do Ar , Desinfecção das Mãos , Serviços Preventivos de Saúde
3.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1035289

RESUMO

Resumen:


Objetivo: investigar la calidad de vida vinculada a la salud (QRVS) de los pacientes con estoma intestinal secundario a cáncer colorrectal en Aracaju-Sergipe. Método: fue utilizado un instrumento con tres partes: elementos sociodemográficos y clínicos, escala de calidad de vida de Flanagan (EQVF) y EORTC-QLQ-C30. Los resultados fueron: 38,9% tumor rectal, 33,3% colorrectal y 27,8% colon. El 83,3% tenía metástasis y el 16,7% no. El 72,2% tenía una colostomía permanente y el 27,8% temporal. Resultados: la calidad de vida en general es regular, más baja para la recreación y más alta para las relaciones con otras personas. Para la EORTC QLQ-C30, la salud general promedio se considera pobre, debido a la presencia de metástasis, complicaciones del estoma, dolor e insomnio. Conclusiones: esta valoración negativa se puede mejorar a través de una ubicación correcta de la adaptación del estoma, un abordaje psicológico adecuado, tratamiento especializado con el fin de buscar un nivel de satisfacción y/o adaptación que haga sentir "sano".


Abstract:


Purpose: to assess health-related quality of life (HRQoL) in patients with intestinal ostomies secondary to colorectal cancer in Aracaju-Sergipe. Methods: a three-part tool was used: socio-demographic and clinical components, Flanagan's Quality of Life Scale (QOLS) and EORTC-QLQ-C30. Findings were as follows: 38.9% rectal, 33.3% colorectal, and 27.8% colonic tumors. Metastases were present in 83.3%; no metastases were found in 16.7%. Colostomies were permanent in 72.2% and temporary in 27.8%. Results: overall quality of life is poor; it appears lower for recreation and higher for relationship with others. According to EORTC QLQ-C30, mean general health is poor, due to metastases, ostomy complications, pain, and insomnia. Conclusions: such a negative assessment could be improved by a right position for ostomy adjustment, appropriate psychological approach, specialized therapy aimed at reaching a high satisfaction level and/or adjustment to make the patient feel "healthy".


Objetivo: este estudo investigou a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com estoma intestinal secundário ao câncer cólon-retal na cidade de Aracaju-Sergipe.


Método: trata-se de estudo descritivo-exploratório, transversal, quantitativa, utilizando-se dados sócio-demográficos e clínicos, Escala de Qualidade de Vida de Flanagan (EQVF), e EORTC-QLQ-C30. A amostra constou de 18 pacientes atendidos no Centro de Oncologia Dr Oswaldo Leite. 38,9% apresentaram tumor de reto, cólon-retal 33,3% e cólon 27,8%. 83,3% apresentavam metástase e 16,7% não. 72,2% com colostomia definitiva e 27,8% provisória. Resultados: a análise da QVRS indicou qualidade de vida geral regular, sendo a menor média para o domínio recreação e a maior, relações com outras pessoas. Para EORTC QLQ-C30, o estado geral de saúde foi considerado ruim, devido à presença de metástases, complicações do estoma, dor, insônia. Conclusões: esta avaliação negativa da QVRS pode ser melhorada através de: correta localização do estoma, adaptação psicológica adequada, acompanhamento especializado ao paciente e familiar.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Oncológica , Inquéritos e Questionários , Neoplasias do Colo , Qualidade de Vida , Brasil
4.
Rev. latinoam. enferm ; 12(5): 760-766, set.-out. 2004. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-392230

RESUMO

Este estudo objetivou monitorar e avaliar a ocorrência e grau de intensidade da náusea, vômito e diarréia em pacientes com neoplasia de cólon, submetidos à quimioterapia ambulatorial, que receberam informações de enfermagem para o manejo desses sintomas. Fizeram parte do estudo 17 pacientes tratados com 5-Fluorouracil e baixas doses de ácido folínico, no Ambulatório de Quimioterapia de Adultos do Hospital São Paulo/Universidade Federal de São Paulo. Foram elaborados instrumentos para o registro da ocorrência e grau de intensidade desses sintomas e folhetos com informações sobre o seu manejo. As informações e o seguimento foram realizados pela enfermeira do setor, durante as consultas de enfermagem. Os resultados evidenciaram que a maioria dos pacientes (82,4 por cento) apresentou pelo menos um dos sinais e sintomas estudados, entre o primeiro e o 21º dias do ciclo de tratamento. A náusea foi o sintoma mais freqüente (76,5 por cento), com pico no 4º e 5º dias do ciclo, seguida da diarréia (70,5 por cento), com pico no 7º dia e, por último o vômito (53,0 por cento), com pico no 5º dia. Quanto ao grau de intensidade desses sintomas, a maioria dos pacientes situou-se no grau 1, estabelecido como aceitável para o estudo, indicando que as orientações de enfermagem e o acompanhamento contínuo contribuíram para a maior efetividade do manejo desses sintomas por parte dos pacientes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Genes DCC , Cuidados de Enfermagem , Antineoplásicos/efeitos adversos , Avaliação de Processos em Cuidados de Saúde , Neoplasias do Colo/tratamento farmacológico , Polipose Adenomatosa do Colo/tratamento farmacológico , Polipose Adenomatosa do Colo/enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA