Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 91
Filtrar
1.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 25(3): e20200278, 2021.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1142959

RESUMO

Resumo Objetivo Descrever o uso do brinquedo terapêutico no cuidado domiciliar de crianças com Diabetes Mellitus tipo 1. Método Estudo qualitativo do tipo Estudo de Caso, realizado com crianças com diagnóstico de Diabetes Mellitus tipo 1, residentes no interior do Paraná. Os dados foram coletados em 2018, por meio de entrevista com as mães, sessões de brinquedo terapêutico com as crianças e anotações no diário de campo. A análise dos dados foi realizada seguindo os preceitos da análise de conteúdo. Resultados As crianças simularam situações cotidianas com o brinquedo terapêutico com naturalidade, evidenciando que cuidados com a glicemia e aplicação da insulina fazem parte da rotina. Contudo, demonstram sinais de insatisfação com a própria saúde, traçando comparações com crianças que não apresentam a doença e demonstrando suas angústias quando submetidas a procedimentos dolorosos. Conclusão A utilização do brinquedo terapêutico permitiu a abertura de um canal efetivo de comunicação entre criança e profissional, possibilitando ao pesquisador compreender a percepção das crianças sobre sua condição de saúde e desenvolver orientações e cuidados direcionados. Implicações para a prática Ao utilizar o brinquedo terapêutico, recurso de intervenção na assistência de enfermagem, como tecnologia de cuidado, amplia-se as possibilidades de atuação da enfermagem pediátrica, auxiliando crianças em condições crônicas.


Resumen Objetivo Describir el uso de juguetes terapéuticos en el cuidado domiciliario de niños con Diabetes Mellitus tipo 1. Método Estudio de caso tipo estudio cualitativo realizado con niños diagnosticados de Diabetes mellitus tipo 1, residentes del interior de Paraná. Los datos fueron recolectados en 2018, a través de entrevistas con madres, sesiones de juego terapéutico con niños y notas en el diario de campo. El análisis de datos se realizó siguiendo los preceptos del análisis de contenido. Resultados Los niños simularon situaciones cotidianas con el juguete terapéutico de forma natural, demostrando que los cuidados con la aplicación de glucosa e insulina son parte de su rutina. Sin embargo, muestran signos de insatisfacción con su propia salud, haciendo comparaciones con niños que no padecen la enfermedad y demostrando su angustia al ser sometidos a procedimientos dolorosos. Conclusión El uso de juguetes terapéuticos permitió la apertura de un canal de comunicación eficaz entre los niños y los profesionales, posibilitando al investigador comprender la percepción de los niños sobre su estado de salud, y desarrollar orientaciones y cuidados focalizados. Implicaciones para la práctica Al utilizar el juguete terapéutico, recurso de intervención en el cuidado de enfermería, como tecnología asistencial, se amplían las posibilidades del trabajo de enfermería pediátrica y se presta ayuda a los niños en condiciones crónicas.


Abstract Objective To describe the use of therapeutic toys in home care for children with type 1 Diabetes Mellitus. Method A qualitative case study carried out with children diagnosed with type 1 Diabetes mellitus, residents in the inland of Paraná. Data was collected in 2018, through interviews with mothers, therapeutic play sessions with children and notes in the field diary. Data analysis was performed following the precepts of content analysis. Results The children simulated everyday situations with the therapeutic toy naturally, showing that the care measures with blood glucose and insulin application are part of the routine. However, they show signs of dissatisfaction with their own health, drawing comparisons with children who do not suffer from the disease and demonstrating their distress when subjected to painful procedures. Conclusion The use of therapeutic toys allowed for the opening of an effective communication channel between children and professionals, enabling the researcher to understand the children's perception of their health condition, and to develop guidelines and targeted care measures. Implications for the practice When using the therapeutic toy, a resource for intervention in Nursing care, as a care technology, the possibilities for pediatric Nursing work are expanded, helping children in chronic conditions.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Jogos e Brinquedos/psicologia , Cuidado da Criança/métodos , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia , Enfermagem Pediátrica/métodos , Pesquisa Qualitativa
2.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e46013, jan.-dez. 2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1145508

RESUMO

Objetivo: apreender perspectivas e vivências do cuidador familiar sobre os cuidados prestados às crianças e adolescentes com Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1) no domicílio. Método: estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizada com 11 cuidadores residentes em um município no Noroeste do Paraná. Os dados foram coletados de fevereiro a maio de 2018, mediante entrevistas semiestruturadas, gravadas em áudio, e, então, submetidos à análise de conteúdo, modalidade temática, após aprovação do Comitê Permanente de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. Resultados: foram identificadas duas categorias temáticas: "Dos primeiros sintomas à aceitação do diagnóstico: um processo sempre em curso"; e "As dificuldades que permeiam o cuidado no cotidiano". Conclusão: as vivências relacionadas ao cuidado são permeadas por algumas dificuldades, especialmente em relação à aplicação correta da insulina, às restrições alimentares e à ausência de apoio por parte da escola, no controle alimentar e tratamento medicamentoso.


Objective: to learn family caregivers' perspectives and experiences regarding home care given to children and adolescents with Type 1 Diabetes Mellitus (DM1). Method: in this qualitative, descriptive study conducted ­ after approval by the Standing Committee for Ethics in Research with Human Participants ­ with 11 caregivers residing in a municipality in northwestern Paraná, data were collected between February and May 2018 by recorded, semi-structured interview, and then subjected to thematic content analysis. Results: two thematic categories were identified: "From first symptoms to acceptance of the diagnosis ­ an ongoing process" and "Difficulties permeating everyday care". Conclusion: certain difficulties permeated the care-related experiences, especially as regards correct application of insulin, dietary restrictions, and lack of support from schools in dietary control and drug treatment.


Objetivo: conocer las perspectivas y experiencias de los cuidadores familiares con respecto al cuidado domiciliario de niños y adolescentes con Diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1). Método: en este estudio cualitativo y descriptivo realizado - previa aprobación del Comité Permanente de Ética en la Investigación con Participantes Humanos - con 11 cuidadores residentes en un municipio del noroeste de Paraná, los datos fueron recolectados entre febrero y mayo de 2018 mediante entrevista grabada semiestructurada , y luego sometido a análisis de contenido temático. Resultados: se identificaron dos categorías temáticas: "Desde los primeros síntomas hasta la aceptación del diagnóstico - un proceso continuo" y "Dificultades que permean la atención diaria". Conclusión: ciertas dificultades impregnaron las experiencias asistenciales, especialmente en cuanto a la correcta aplicación de la insulina, las restricciones dietéticas y la falta de apoyo de las escuelas en el control dietético y el tratamiento farmacológico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Família , Cuidadores , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia , Assistência Domiciliar , Brasil , Cuidado da Criança , Educação em Saúde , Epidemiologia Descritiva , Saúde do Adolescente
3.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e48274, jan.-dez. 2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1146052

RESUMO

Objetivo: identificar os diagnósticos de enfermagem segundo a taxonomia NANDA Internacional, Inc. evidenciados em pacientes com diabetes mellitus. Método: trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada no mês de maio de 2020, nas bases CINAHL, Scopus, PUBMED, LILACS, BDEnf e Biblioteca Eletrônica Científica Online SciELO. Foram selecionados artigos científicos que abordavam diagnósticos de enfermagem em pacientes adultos com diabetes mellitus tipo 1 e 2, no recorte temporal de 2004 a 2020. Resultados: selecionados 21 artigos, sendo a maioria brasileiros, do tipo descritivo e transversal. Encontrou-se 60 diferentes diagnósticos de enfermagem, destes, 43 eram com foco no problema, 15 de risco e dois de promoção da saúde. Conclusão: os domínios predominantes foram: Promoção da Saúde, Nutrição, Eliminação e Troca, Atividade/repouso, Enfrentamento/Tolerância ao Estresse e Segurança/proteção. As evidências de diagnósticos de enfermagem norteiam o cuidado de enfermagem, subsidiam o raciocínio clínico e científico dos profissionais potencializando, assim, a sistematização da assistência.


Objective: to identify nursing diagnoses in patients with diabetes mellitus, by the NANDA International, Inc. taxonomy. Method: this integrative review was conducted in May 2020 in the CINAHL, Scopus, PUBMED, LILACS, BDENF and Scientific Electronic Library Online (SciELO) databases, resulting in a selection of scientific articles on nursing diagnoses in adult patients with type 1 and 2 diabetes mellitus, published between 2004 and 2020. Results: most of the 21 articles selected were Brazilian, descriptive and cross-sectional. Sixty different nursing diagnoses were identified, of which 43 focused on the problem, 15 on the risk, and two on health promotion. Conclusion: the predominant areas were Health Promotion, Nutrition, Elimination and Exchange, Activity/Rest, Coping and Stress Tolerance, and Safety/Protection. Evidence from nursing diagnoses in diabetic patients guides nursing care and informs health personnel's clinical and scientific reasoning, thus making for more systematic care.


Objetivo: identificar los diagnósticos de enfermería, según la taxonomía de la NANDA International, Inc., evidenciados en pacientes con diabetes mellitus. Método: revisión integradora, celebrada en el mes de mayo de 2020, en las bases de datos CINAHL, Scopus, PUBMED, LILACS, BDENF y Scientific Electronic Library Online SciELO. Se seleccionaron los artículos científicos que abordan diagnósticos de enfermería en pacientes adultos con diabetes mellitus tipo 1 y 2, en el recorte temporal de 2004 a 2020. Resultados: se seleccionaron 21 artículos, siendo la mayoría brasileña, descriptiva y transversal. Se encontraron 60 diferentes diagnósticos de enfermería; de éstos, 43 se centraron en el problema, 15 en el riesgo y dos en la promoción de la salud. Conclusión: las áreas predominantes fueron: Promoción de la Salud, Nutrición, Eliminación e Intercambio, Actividad/descanso, Enfrentamiento y Tolerancia al Estrés y Seguridad/protección. Las evidencias de diagnósticos de enfermería en pacientes diabéticos guían la atención de enfermería, subsidian el razonamiento clínico y científico de los profesionales y, por lo tanto, potencian la sistematización de la asistencia.


Assuntos
Humanos , Adulto , Diagnóstico de Enfermagem/classificação , Diabetes Mellitus Tipo 1/enfermagem , Diabetes Mellitus Tipo 2/enfermagem , Terminologia Padronizada em Enfermagem , Classificação/métodos
4.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180338, Jan.-Dec. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1139738

RESUMO

ABSTRACT Objective: to identify evidence available in the literature on educational strategies used in the teaching of insulin therapy to children and adolescents with Type 1 diabetes mellitus. Method: systematic review undertaken in five databases, using the descriptors Insulin/therapeutic use, Patient education as topic, Diabetes mellitus type 1, Child, Infant, Adolescent and keywords, without any time limit. Primary studies on insulin therapy teaching were included, while research on insulin pumps was excluded. Results: 243 studies were identified, 13 of which were included. The results present educational strategies focused on children, adolescents and young people of up to 24 years of age, applied individually or in groups; by telephone contact or text messages by mobile phone; dramatization and educational camps; by a single professional or a multidisciplinary team. The strategies described in the analyzed studies addressed the adjustment of insulin dosages in everyday situations and education for insulin management, associated with the nutritional strategy of carbohydrate counting, diabetes education with a specific module on insulin therapy and intensive insulin use. The studies analyzed the effect of the educational intervention on several clinical and behavioral outcomes, such as glycated hemoglobin and self-efficacy. Conclusion: this review could not identify a single educational strategy able to improve metabolic and psychosocial outcomes. In most cases, nurses are the professionals responsible for the development of educational strategies focused on insulin therapy in children and adolescents with diabetes, regardless of the context in which they will be deployed. This confirms their role as educators.


RESUMEN Objetivo: identificar la evidencia disponible en la literatura sobre las estrategias educativas utilizadas para enseñar la terapia con insulina a niños y adolescentes con diabetes mellitus tipo 1. Método: revisión sistemática, realizada en cinco bases de datos, con los descriptores Insulina / uso terapéutico, Educación del paciente como tema, Diabetes mellitus tipo 1, Niño, Lactante, Adolescente y palabras clave, sin delimitación de períodos. Se incluyeron estudios primarios sobre la enseñanza de la terapia con insulina y se excluyó la investigación sobre la bomba de insulina. Resultados: se identificaron 243 estudios, de los cuales se incluyeron 13. Los resultados presentan estrategias educativas dirigidas a niños, adolescentes y jóvenes hasta los 24 años, aplicadas individualmente o en grupos; por contacto telefónico o mensajes de texto por teléfono celular; juegos de rol y campamentos educativos; por un solo equipo profesional o multidisciplinar. Las estrategias descritas en los estudios analizados abordaron el ajuste de la insulina en situaciones cotidianas y la educación para el manejo de la insulina, asociadas a la estrategia nutricional de conteo de carbohidratos, educación en diabetes con módulo específico sobre terapia insulínica y uso intensivo de insulina. Los estudios analizaron el efecto de la intervención educativa sobre varios resultados clínicos y conductuales, como la hemoglobina glucosilada y la autoeficacia. Conclusión: no fue posible determinar una única estrategia sobre la terapia con insulina capaz de mejorar el control metabólico y psicosocial. El desarrollo de estrategias educativas orientadas a la terapia con insulina para niños y adolescentes con diabetes, independientemente del contexto en el que se implementen, tiene, en su mayor parte, al enfermero como profesional responsable, lo que reafirma su rol educativo.


RESUMO Objetivo: identificar evidências disponíveis na literatura sobre estratégias educativas utilizadas no ensino da insulinoterapia às crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1. Método: revisão sistemática, realizada em cinco bases de dados, com os descritores Insulin/therapeutic use, Patient education as topic, Diabetes mellitus type 1, Child, Infant, Adolescent e palavras-chave, sem delimitação de período. Incluídos estudos primários acerca do ensino da insulinoterapia e excluídas pesquisas sobre bomba de insulina. Resultados: identificados 243 estudos, dos quais foram incluídos 13. Os resultados apresentam estratégias educativas direcionadas às crianças, adolescentes e jovens de até 24 anos de idade, aplicadas de forma individual ou em grupos; por contato telefônico ou mensagens de texto por celular; dramatização e acampamentos educativos; por um único profissional ou equipe multidisciplinar. As estratégias descritas nos estudos analisados abordaram ajuste da insulina em situações cotidianas e educação para manejo da insulina, associados com a estratégia nutricional de contagem de carboidratos, educação em diabetes com módulo específico sobre insulinoterapia e uso da insulina de forma intensiva. Os estudos analisaram o efeito da intervenção educativa sobre diversos desfechos clínicos e comportamentais, como a hemoglobina glicada e autoeficácia. Conclusão: não foi possível determinar uma única estratégia sobre a insulinoterapia capaz de melhorar o controle metabólico e psicossocial. O desenvolvimento de estratégias educativas voltadas à insulinoterapia de crianças e adolescentes com diabetes, independentemente do contexto em que serão implementadas, tem, em sua maioria, o enfermeiro como profissional responsável, o que reafirma seu papel educador.


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Enfermagem Pediátrica , Criança , Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Educação , Insulina
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 111-117, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006076

RESUMO

Objetivo: conhecer as estratégias utilizadas pela família para o cuidado à criança e ao adolescente com Diabetes Mellitus tipo 1. Método: trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e descritivo desenvolvido com 12 familiares cuidadores. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas semiestruturadas submetendo-os à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: relaciona-se a principal estratégia utilizada pela família para o cuidado à adaptação alimentar da criança e do adolescente; propicia-se a convivência da criança e do adolescente com outros que tenham diabetes; procuram-se outras famílias com filhos com a mesma condição para se realizar a troca de experiência acerca do cuidado. Consideram-se, também, outras estratégias a possibilidade da adaptação da família ao cuidado à criança e ao adolescente e o fato dos próprios adolescentes realizarem seu autocuidado. Conclusão: conclui-se como importante o papel educativo do enfermeiro junto às famílias no sentido de auxiliá-las no desenvolvimento de estratégias efetivas de cuidado à criança e ao adolescente com diabetes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Relações Profissional-Família , Família , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Relações Enfermeiro-Paciente , Qualidade de Vida , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
6.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(2, n. esp): 289-296, jan. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-969394

RESUMO

Objetivo: El objetivo fue identificar las vivencias de adolescentes en el manejo de diabetes mellitus, en relación al autocuidado. Métodos: Fue llevada a cabo investigación descriptiva, predominantemente cualitativa, en hospital de referencia en DM, en Fortaleza-Ce, Brasil. Resultados: Participaron del estudio a través de entrevistas semiestructuradas 14 adolescentes con DM, con edades entre 12-18 años. Las entrevistas fueron sometidas a análisis de contenido para desconexión de las categorías. Del análisis, emergieron tres temas: el primero relacionado con los pacientes que demostraron adherencia al autocuidado; el segundo acerca de los dilemas de ser adolescente con diabetes; y el tercero para actuación de los profesionales de la salud y familia para el adolescente manejar el autocuidado. Conclusiones: Esta investigación con adolescentes con diabetes señaló la importancia del autocuidado con apoyo como herramienta que puede llevarse a la práctica por profesionales y familia, fomentando la adherencia al tratamiento


Objetivo: Conhecer as vivências de adolescentes acerca do autocuidado. Métodos: Estudo qualitativo, entrevistas semiestruturadas foram conduzidas com 14 adolescentes, entre 12 a 18 anos, cadastrados em laboratório de endocrinologia pediátrica na cidade de Fortaleza, CE. Resultados: Com base nos dados desvelados observamos os seguintes enfrentamentos: adesão ao autocuidado; dilemas de ser adolescente com diabetes e ações do profissional de saúde e da família para o autocuidado do adolescente. Conclusão: Esta pesquisa com adolescentes portadores de diabetes demonstrou a importância do autocuidado apoiado como uma ferramenta que poderá ser operacionalizada por profissionais e família, favorecendo a adesão ao tratamento


Objective: This study aimed to identify the adolescents' experiences in the management of diabetes mellitus, regarding self-care. Methods: It is a descriptive research with a predominantly qualitative approach, which was carried out in a referral hospital in the assistance to patients with diabetes mellitus, located in Fortaleza city, Ceará State, Brazil. Fourteen adolescents bearing diabetes mellitus, within an age group from 12 to 18 years old, have participated in the study through semi-structured interviews. Results: The interviews were submitted to content analysis in order to identify the categories. After analysis, the following three thematic categories emerged: the first is related to patients who have demonstrated adherence to self-care; the second regarding the dilemmas of being an adolescent with diabetes; and the third concerning the actions of health professionals and the patients' relatives for the self-care management of adolescents. Conclusion: This research performed with adolescents bearing diabetes has revealed the importance of supported self-care as an instrument that can be worked out by both professionals and family, thus encouraging the treatment adherence


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Autocuidado/estatística & dados numéricos , Diabetes Mellitus Tipo 1/prevenção & controle , Diabetes Mellitus Tipo 1/psicologia , Autocuidado/instrumentação , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia
7.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3090, 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-991308

RESUMO

ABSTRACT Objective: to present a theoretically based conceptual framework for designing video games for children with type 1 diabetes mellitus. Methods: this was a methodological study that developed a conceptual framework with nine steps in view of health behavior change theories and the user-centered design approach as theoretical and methodological frameworks, respectively. Twenty-one children, aged 7 to 12 years, participated by expressing their needs and preferences related to diabetes and video games. Data were analysed following content analysis guidelines. Then, a choice of appropriate health behavioral change theories and their determinants that should be capable of influencing children's behaviors and preferences. Results: the conceptual framework proposes a video game that consists of six phases, each addressing one stage of behavioral change and specific determinants, aligned with the needs and preferences identified by the participating children. This study shows the applicability of this framework in view of each proposed phase presenting examples and the children's ideas. Conclusion: the results of this study contribute to advance the discussion on how behavioral theories and their determinants should be related to the design of creative and funny video games considering the profile of the target population as well as its needs and preferences.


RESUMO Objetivo: apresentar uma estrutura teórica conceitual para o desenvolvimento de videogames para crianças com diabetes mellitus tipo 1. Métodos: este estudo metodológico desenvolveu uma estrutura conceitual com nove etapas, baseada em teorias de mudança de comportamentos em saúde e na abordagem do desenho centrado no usuário como referencial teórico e metodológico, respectivamente. Vinte e uma crianças entre 7 a 12 anos participaram do estudo, expressando suas necessidades e preferências relacionadas ao diabetes e videogames. Os dados foram analisados de acordo com as diretrizes de análise de conteúdo. Em seguida, foram selecionadas teorias de mudança de comportamentos em saúde e seus determinantes, que pudessem ser capazes de influenciar os comportamentos e preferências das crianças. Resultados: a estrutura conceitual propõe um videogame composto por seis fases, cada uma tratando de um estágio de mudança de comportamento e com determinantes específicos, alinhados às necessidades e preferências identificadas. O estudo mostra a aplicabilidade da estrutura desenvolvida, considerando cada fase proposta, apresentando exemplos e ideias das crianças. Conclusão: os resultados da pesquisa contribuem para o avanço nas discussões de como as teorias comportamentais e seus determinantes devem estar relacionados ao desenho de videogames criativos e divertidos, considerando o perfil da população alvo, assim como suas necessidades e preferências.


RESUMEN Objetivo: presentar una estructura teórica conceptual para el desarrollo de videojuegos para niños con diabetes mellitus tipo 1. Métodos: este estudio metodológico desarrolló una estructura conceptual con nueve etapas, basada en teorías de cambio de comportamientos en salud y en el enfoque del diseño centrado en el usuario como referencial teórico y metodológico, respectivamente. Veintiún niños entre 7 y 12 años participaron del estudio, expresando sus necesidades y preferencias relacionadas a la diabetes y a los videojuegos. Los datos fueron analizados de acuerdo con las directrices del análisis de contenido. Enseguida, fueron seleccionadas las teorías de cambio de comportamientos en salud y sus determinantes, que pudieran ser capaces de influenciar los comportamientos y preferencias de los niños. Resultados: la estructura conceptual propone un videojuego compuesto por seis fases, cada una tratando de una etapa de cambio de comportamiento y con determinantes especificos, alineados a las necesidades y preferencias identificadas. El estudio muestra la aplicabilidad de la estructura desarrollada, considerando cada fase propuesta, presentando ejemplos e ideas de los niños. Conclusión: los resultados de la investigación contribuyen para el avance en las discusiones de como las teorías comportamentales y sus determinantes deben estar relacionados al diseño de videojuegos creativos y divertidos, considerando el perfil de la población objetivo, así como sus necesidades y preferencias.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Enfermagem Pediátrica/organização & administração , Jogos de Vídeo/tendências , Diabetes Mellitus Tipo 1/prevenção & controle , Comportamentos Relacionados com a Saúde
8.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.3): 147-153, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1057699

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze the trend of hospitalization rates and mortality due to Diabetes Mellitus in children and adolescents in Brazil. Method: temporal series study, hospitalization rates and diabetes mortality in children and adolescents. Data were obtained from the Hospital Information System and Mortality Information System, from 2005-2015, with analysis performed by polynomial regression modeling. Results: 87,100 hospitalizations and 1,120 deaths from diabetes were analyzed. Hospitalizations rates increased for both genders and all age groups, with an increase for adolescents aged 10-14 years. The mortality rate declined, except for the 15-19-year age group. In the overall mortality trend in Brazil, the South and Southeast showed a decrease, whereas for hospitalizations only the Center-West remained constant, while the others increased. Conclusion: however, there was a decrease in infant mortality and increase in hospitalizations.


RESUMEN Objetivo: analizar la tendencia de las tasas de internación y mortalidad por diabetes mellitus en niños y adolescentes en Brasil. Método: estudio de series temporales, de las tasas de internación y mortalidad por diabetes en niños y adolescentes. Los datos fueron obtenidos del Sistema de Informaciones Hospitalarias y del Sistema de Información sobre Mortalidad, de 2005-2015, con análisis realizado por el modelado de regresión polinomial. Resultados: se analizaron 87.100 internaciones y 1.120 muertes por diabetes. Las tasas de internaciones presentaron aumento para ambos sexos y todas las franjas etarias, con incremento para adolescentes entre 10-14 años. La tasa de mortalidad presentó caída, excepto para el grupo de edad de 15-19 años. A la tendencia de la mortalidad general en Brasil, las regiones Sur y Sudeste presentaron descenso, mientras que para las internaciones, sólo la región Centro-Oeste permaneció constante, mientras que las demás aumentaron. Conclusión: ocurrió decrecimiento de la mortalidad en la infancia, sin embargo, con aumento de las internaciones.


RESUMO Objetivo: analisar a tendência das taxas de internação e mortalidade por Diabetes Mellitus em crianças e adolescentes no Brasil. Método: estudo de séries temporais, das taxas de internação e mortalidade por diabetes em crianças e adolescentes. Os dados foram obtidos do Sistema de Informações Hospitalares e do Sistema de Informações sobre Mortalidade, de 2005-2015, com análise realizada pela modelagem de regressão polinomial. Resultados: foram analisadas 87.100 internações e 1.120 óbitos por diabetes. As taxas de internações apresentaram aumento para ambos os sexos e todas as faixas etárias, com incremento para adolescentes entre 10-14 anos. A taxa de mortalidade apresentou queda, exceto para o grupo etário de 15-19 anos. À tendência da mortalidade geral no Brasil, as regiões Sul e Sudeste apresentaram decréscimo, enquanto que para as internações, apenas a região Centro-Oeste permaneceu constante, enquanto as demais aumentaram. Conclusão: ocorreu decréscimo da mortalidade na infância, porém, com aumento das internações.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Criança Hospitalizada , Diabetes Mellitus Tipo 1/mortalidade , Brasil , Serviços de Saúde da Criança , Estudos Longitudinais , Mortalidade/tendências , Serviços de Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1/psicologia , Tempo de Internação/tendências
9.
Texto & contexto enferm ; 28: e20160566, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-991752

RESUMO

ABSTRACT Objective: to investigate the trajectory and follow-up of the health of children with diabetes mellitus type 1 in regard to the attention given by the different public health services and the relationships between the services, the child and their families, from the perspective of mothers and caregivers. Method: qualitative study with inductive thematic analysis, based on the theoretical references of vulnerability and health care networks, from in-depth interviews with 56 mothers or caregivers, in two Brazilian public health services. Results: reports marked by sufferings, challenges and notes show the centrality in the disease, fragile access, little resolution, insecurity in urgent and emergency situations and superficial bond with insufficient support to the family, and fragmentation. The specialized care is characterized by trust, the bond and the efforts to prevent the use of other health services. Conclusion: families and children are exposed to vulnerable circumstances in the longitudinal follow-up, with consequent distancing of network care. Thus, they indicate the need to expand the integration of care, intersectoral actions, social participation and coordination of care networks, in search of greater access and inclusion. Therefore, there are implications with political and financial efforts to advance access to comprehensive care and reduce vulnerabilities.


RESUMEN Objetivo: investigar la trayectoria y seguimiento de la salud de niños con diabetes mellitus tipo 1 en lo que concierne a la atención prestada por los diferentes servicios públicos de salud y las relaciones entre los servicios, el niño y sus familias, en la perspectiva de madres y cuidadores. Método: estudio cualitativo con análisis temático inductivo, basado en los referenciales teóricos de la vulnerabilidad y redes de atención a la salud, a partir de entrevistas en profundidad con 56 madres o cuidadores, en dos servicios públicos de salud brasileños. Resultados: relatos marcados por sufrimientos, desafíos y apuntes muestran la centralidad en la enfermedad, el acceso frágil, poco resolutivo, la inseguridad en las situaciones de urgencia y de emergencia y el vínculo superficial con insuficiente amparo a la familia, la fragmentación. La atención especializada se caracteriza por la confianza, el vínculo y los esfuerzos para evitar la utilización de otros servicios de salud. Conclusión: las familias y los niños están expuestos a circunstancias vulnerables en el seguimiento longitudinal, con consecuente distanciamiento del cuidado en red. Así, indican la necesidad de ampliar la integración de los cuidados, las acciones intersectoriales, la participación social y la coordinación de las redes de atención, en busca de mayor acceso e inclusión. Por lo tanto, hay implicaciones con esfuerzos políticos y financieros para avances en el acceso al cuidado integral y reducción de vulnerabilidades.


RESUMO Objetivo: investigar a trajetória e seguimento da saúde de crianças com diabetes mellitus tipo 1 no que concerne à atenção prestada pelos diferentes serviços públicos de saúde e as relações entre os serviços, a criança e suas famílias, na perspectiva de mães e cuidadores. Método: estudo qualitativo com análise temática indutiva, baseado nos referenciais teóricos da vulnerabilidade e redes de atenção à saúde, a partir de entrevistas em profundidade com 56 mães ou cuidadores, em dois serviços públicos de saúde brasileiros. Resultados: relatos marcados por sofrimentos, desafios e apontamentos mostram a centralidade na doença, o acesso frágil, pouco resolutivo, a insegurança nas situações de urgência e de emergência, o vínculo superficial com insuficiente amparo à família, e a fragmentação. A atenção especializada é caracterizada pela confiança, pelo vínculo e pelos esforços para evitar a utilização de outros serviços de saúde. Conclusão: as famílias e crianças estão expostas à circunstâncias vulneráveis no seguimento longitudinal, com consequente distanciamento do cuidado em rede. Assim, indicam a necessidade de ampliar a integração dos cuidados, as ações intersetoriais, a participação social e a coordenação das redes de atenção, em busca de maior acesso e inclusão. Portanto, há implicações com esforços políticos e financeiros para avanços no acesso ao cuidado integral e redução de vulnerabilidades.


Assuntos
Humanos , Criança , Criança , Doença Crônica , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Atenção à Saúde , Vulnerabilidade em Saúde
10.
Rev. eletrônica enferm ; 21: 1-7, 2019. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1118950

RESUMO

Apresentar as manifestações de crianças com Diabetes mellitus tipo 1 participantes em uma sessão de Brinquedo Terapêutico Instrucional-BTI sobre a insulinoterapia. Estudo de Caso qualitativo, com análise temática indutiva, realizado em um acampamento de diabetes em 2014, com participação de duas crianças em idade escolar em sessão de BTI. As manifestações permitiram compreender que o domínio da insulinoterapia é um assunto complexo para a faixa etária, e demanda reforço contínuo visando a adaptação cognitiva da criança. A sessão de BTI oportunizou identificar o conhecimento prévio e as necessidades de aprendizagem sobre a conservação e técnica de injeção de insulina das crianças, com uso de linguagem adequada como o brincar. O BTI foi instrumento facilitador para identificar necessidades educacionais, além de sua ação assistencial. Seu uso reforça o potencial do lúdico na promoção do autocuidado relacionado à insulinoterapia da criança com diabete


To describe the expressions presented by children with type 1 diabetes who participated in a session on insulin therapy using the instructional therapeutic play (ITP). This is a qualitative case study in which inductive thematic analysis was conducted at a diabetes camp in 2014, and two school-aged children participated in an ITP session. The results revealed that children of the studied age group have difficulty mastering insulin therapy and need continued efforts to adapt cognitively to insulin therapy. The ITP session provided insight into the children's prior knowledge and their learning needs regarding the insulin storage and insulin injection technique using age-appropriate language such as playing. The ITP helped to identify educational needs and the involved care. The use of ITP strengthens the potential of play-based strategies to promote self-care related to insulin therapy in children with diabetes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Criança , Jogos e Brinquedos , Convulsoterapia , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Educação em Enfermagem/métodos
11.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 77 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1049650

RESUMO

Introdução: O estudo foi elaborado a partir da necessidade de se disponibilizar um protocolo que possa ser utilizado por meio de um aplicativo para dispositivos móveis como estratégia de autocuidado para adolescentes com diabetes tipo 1 utilizando a abordagem das emoções. Objetivo: Realizar a elaboração, validação e adequação cultural do protocolo AGITO em aplicativo de dispositivo móvel para autocuidado em diabetes tipo 1. Métodos: Estudo metodológico, abrangendo duas etapas: 1ª) Revisão Integrativa e 2ª) Elaboração, validação de conteúdo e adequação cultural. Foram contemplados os principais temas de práticas de autocuidado em diabetes tipo 1, concernente aos aspectos: educacionais, psicossociais e comportamentais. Na 2ª etapa, 32 profissionais da área da Saúde foram convidados a participar do Comitê de Juízes. A etapa final compreendeu dois ciclos de testes face a face do protocolo com 10 adolescentes com diabetes tipo 1. Resultados: Os resultados são apresentados de acordo com cada etapa. Primeira etapa: Na revisão integrativa 12 artigos atenderam os critérios de seleção. Os recursos dos aplicativos foram examinados a partir das funções de controle glicêmico, insulinoterapia, alimentação, atividade física, abordagem das emoções e relações sociais. Segunda etapa: O protocolo de autocuidado em diabetes tipo 1 nomeado AGITO foi consolidado em seis seções, denominadas:1º- Glicemia de jejum; 2º- Glicemia antes do almoço; 3º- Glicemia antes do lanche da tarde;4º- Glicemia antes do jantar; 5º- Glicemia antes do lanche de dormir; e 6º- Saúde emocional. A concordância entre os avaliadores e a população-alvo quanto à clareza e relevância dos itens foi confirmada pelo Índice de Validade de Conteúdo, que apresentou variação das médias entre 0,90 e 1,0. As principais alterações realizadas na adequação de conteúdo foram à inclusão de termos mais utilizados no cotidiano do autocuidado dos adolescentes com diabetes tipo 1. Conclusão: Este estudo fornece o protocolo do aplicativo AGITO com conteúdo validado, configurando-se um componente passível de ser utilizado como uma estratégia para o autocuidado em diabetes tipo 1 para adolescentes.(AU)


Introduction: The study was designed from the need to provide a protocol that can be used through a mobile application as a self-care strategy for adolescents with type 1 diabetes using the emotion approach. Objective: Carry out the elaboration, validation and cultural adequacy of the AGITO protocol in a mobile device application for selfcare in type 1 diabetes. Methods: Methodological study, covering two steps: 1st) Integrative Review and 2st) Preparation, content validation and cultural adequacy. The main themes of self-care practices in type 1 diabetes were considered, concerning the aspects: educational, psychosocial and behavioral. In the second stage, 32 health care professionals were invited to participate in the Judges Committee. The final stage comprised two cycles of face-to-face protocol testing with 10 adolescents with type 1 diabetes. Results: These are presented according to each stage. Stage One: In the integrative review 12 articles met the selection criteria. The app features were examined from the glycemic control, insulin therapy, diet, physical activity, emotional approach, and social relationships functions. Second stage: The type 1 diabetes self-care protocol named AGITO was consolidated into six sections, namely: 1- Fasting Blood Glucose; 2- Blood glucose before lunch; 3 - Blood glucose before the afternoon snack, 4 - Blood glucose before dinner; 5 - Blood glucose before bedtime snack; and 6- Emotional health. The agreement between the evaluators and the target population regarding the clarity and relevance of the items was confirmed by the Content Validity Index, which varied from 0.90 to 1.0. The main changes in content adequacy were the inclusion of terms most used in the self-care daily life of adolescents with type 1 diabetes. Conclusion: This study provides the AGITO application protocol with validated content, configuring a component that can be used as a strategy for self-care in type 1 diabetes for adolescents.(AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , Protocolos/prevenção & controle , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1/prevenção & controle , Diabetes Mellitus Tipo 1/psicologia , Autocuidado , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica , Telefone Celular , Aplicativos Móveis
12.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(7): 2012-2020, jul. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-986847

RESUMO

Objetivo: verificar os métodos utilizados por adolescentes brasileiros com DM1 na monitorização glicêmica e conceitos associados a essa prática. Método: revisão integrativa, realizada entre fevereiro a agosto de 2017, por meio da MEDLINE, LILACS e SCIELO. A análise dos estudos considerou o nível de evidência. Os resultados foram apresentados considerando a sequência cronológica decrescente e as temáticas advindas da análise dos artigos. Resultados: observaram-se as temáticas "1. Perspectivas de estudos sobre Diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1) em adolescentes no Brasil"; "2. Monitorização da glicemia em adolescentes brasileiros com DM1: conceitos e métodos" e "3. O papel das técnicas de mensuração primária para o controle do DM1 em adolescentes". Conclusão: aponta-se que a análise da Hemoglobina A Glicosilada (HbA1c) foi o método mais empregado para a monitorização de adolescentes com DM1. Verifica-se, também, que há dificuldades da comunidade científica em incluir crianças e adolescentes com DM1 em estudos experimentais.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Hemoglobina A Glicada , Automonitorização da Glicemia , Adolescente , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Diabetes Mellitus Tipo 1/prevenção & controle , Insulina , Educação em Saúde , MEDLINE
13.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.3): 1334-1342, 2018. graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-958749

RESUMO

ABSTRACT Objective: To analyze the experience of the child with diabetes type 1 in the care related to the techniques of glycemic monitoring and insulin application by use of instructional therapeutic toy, in accordance with the culture care. Method: Qualitative study with premise of the ethnonursing carried out in secondary public service of reference in the treatment of diabetes, in the city Fortaleza, Ceará State, between January and November of 2014, among 26 school-age children. Based on the Observation, Participation, Reflection Enabler, were developed educational activities using instructional therapeutic toy. Results: The children expressed doubts regarding the insulin therapy and the glycaemia checking. They also were interested in the orientations mediated by means of the therapeutic toy in the culture care. They asked about the rotation, location and administration of the insulin. Some children asked for the syringes to play and learn how to inject it in the dolls. Conclusion: To bring in this activity promoted approximation and effective communication with the child in the educational approach, increasing its ability in the self care.


RESUMEN Objetivo: analizar la experiencia del niño con diabetes tipo 1 en los cuidados relacionados con las técnicas de monitoreo glucémico y aplicación de insulina por medio del uso de juguete terapéutico instructivo, a la luz del cuidado cultural. Método: el estudio cualitativo con supuestos de la etnoenfermería realizado en servicio público de referencia en el tratamiento de diabetes, en la ciudad de Fortaleza, Ceará, de enero a noviembre de 2014, con 26 niños en edad escolar. Con base en el modelo observación-participación-reflexión, se desarrollaron actividades educativas con utilización de juguete terapéutico instructivo. Resultados: los niños expresaron sus dudas relacionadas con la insulinoterapia y la verificación de la glucemia y demostraron interés en las orientaciones mediadas por el juguete terapéutico en el cuidado cultural. Se preguntó sobre la rotación, los lugares y la forma de aplicación de la insulina. Otros solicitaron las jeringas para jugar y aprender a aplicar en los muñecos. Conclusión: la inserción de esa actividad favoreció la aproximación y la comunicación efectiva con el niño en el enfoque educativo, ampliando sus habilidades en su propio cuidado.


RESUMO Objetivo: analisar a experiência da criança com diabetes tipo 1 nos cuidados relacionados às técnicas de monitoração glicêmica e aplicação de insulina mediada pelo brinquedo terapêutico instrucional, à luz do cuidado cultural. Método: estudo qualitativo com pressupostos da Etnoenfermagem, realizado em serviço público de referência no tratamento de diabetes, em Fortaleza, Ceará, de janeiro a novembro de 2014, com 26 crianças em idade escolar. Com base no modelo observação-participação-reflexão, desenvolveram-se atividades educativas com utilização de brinquedo terapêutico instrucional. Resultados: as crianças expressaram suas dúvidas relacionadas à insulinoterapia e à verificação da glicemia e demonstraram interesse nas orientações mediadas pelo brinquedo terapêutico no cuidado cultural. Questionaram sobre rodízio, locais e forma de aplicação da insulina. Outras solicitaram as seringas para brincar e aprender a aplicar nos bonecos. Conclusão: essa atividade favoreceu a aproximação e a comunicação efetiva com a criança na abordagem educativa, ampliando suas habilidades no cuidado de si.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Jogos e Brinquedos/psicologia , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia , Educação/normas , Assistência à Saúde Culturalmente Competente/métodos , Autocuidado/métodos , Pesquisa Qualitativa , Educação/métodos
14.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.2): 733-739, 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-898544

RESUMO

ABSTRACT Objective: To identify the risk factors for foot ulceration through the tracing of diabetic peripheral neuropathy and peripheral arterial disease in individuals with type I and II diabetes, who were assisted in reference centers of the Federal District, Brazil. Method: a cross-sectional and analytical study, with the assessment of 117 individuals in outpatient clinics of the Federal District. Continuous variables were compared through Mann-Whitney test, and categorized variables, through Chi-square test for univariate analysis and Logistics regression test for multivariate analysis. Results: painful diabetic peripheral neuropathy was present in 37 (75.5%) of the individuals with neuropathy. Deformities and loss of protective plant sensibility were related to neuropathy (p=0.014 and p=0.001, respectively). Of the 40 (34.2%) individuals in the sample who presented peripheral arterial disease, 26 (65%) presented calcification risk. Conclusion: signs of painful peripheral polyneuropathy, peripheral arterial disease, deformities, loss of protective plantar sensibility, and dry skin were identified as risk factors for ulceration.


RESUMEN Objetivo: Identificar los factores de riesgo para la ulceración del pie de acuerdo con el rastreo de neuropatía diabética periférica y la enfermedad arterial periférica en los individuos diabéticos tipo I y II asistidos en los centros de referencia del Distrito Federal, Brasil. Método: Estudio transversal y analítico, con la evaluación de 117 individuos en ambulatorios del Distrito Federal. Las variables continuas fueron comparadas por medio de la prueba de Mann-Whitney, y las variables categorizadas, de las pruebas de chi cuadrado para los análisis univariados y la regresión logística para los análisis multivariados. Resultados: La neuropatía diabética periférica dolorosa estuvo presente en 37 (el 75,5%) de los individuos con neuropatía. Las deformidades y la pérdida de sensibilidad protectora plantar tuvieron relación con la neuropatía (p=0,014 y p=0,001, respectivamente). De los 40 (el 34,2%) individuos de la muestra con enfermedad arterial periférica, 26 (el 65%) presentaron riesgo de calcificación. Conclusión: Identificadas las señales de polineuropatía dolorosa periférica, la enfermedad arterial periférica, las deformidades, la pérdida de sensibilidad protectora plantar y la piel seca como los factores de riesgo para ulceración.


RESUMO Objetivo: Identificar os fatores de risco para ulceração do pé mediante o rastreamento de neuropatia diabética periférica e doença arterial periférica em indivíduos diabéticos tipo I e II assistidos em centros de referência do Distrito Federal, Brasil. Método: estudo transversal e analítico, com avaliação de 117 indivíduos em ambulatórios do Distrito Federal. As variáveis contínuas foram comparadas por meio do teste de Mann-Whitney, e as variáveis categorizadas, dos testes de qui-quadrado para análises univariadas e regressão logística para análises multivariadas. Resultados: a neuropatia diabética periférica dolorosa esteve presente em 37 (75,5%) dos indivíduos com neuropatia. Deformidades e perda de sensibilidade protetora plantar tiveram relação com neuropatia (p=0,014 e p=0,001, respectivamente). Dos 40 (34,2%) indivíduos da amostra com doença arterial periférica, 26 (65%) apresentaram risco de calcificação. Conclusão: identificados sinais de polineuropatia dolorosa periférica, doença arterial periférica, deformidades, perda de sensibilidade protetora plantar e pele seca como fatores de risco para ulceração.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Idoso , Pé Diabético/etiologia , Medição de Risco/métodos , Diabetes Mellitus Tipo 1/complicações , Diabetes Mellitus Tipo 2/complicações , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Transversais , Fatores de Risco , Pé Diabético/epidemiologia , Estatísticas não Paramétricas , Diabetes Mellitus Tipo 1/epidemiologia , Diabetes Mellitus Tipo 2/epidemiologia , Pessoa de Meia-Idade
15.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 26: e3039, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-978605

RESUMO

ABSTRACT Objective: to evaluate the effectiveness of an educational workshop using games to improve self-monitoring of blood glucose techniques for school children with type 1 diabetes. Method: a quasi-experimental study was conducted with school children who attended two outpatient clinics of a university hospital. Data were collected by systematic observation of the self-monitoring of blood glucose (SMBG) technique before and after the intervention. Data analysis consisted of verifying changes while performing the technique, using pre- and post-intervention compliance rates using statistical tests. The sample consisted of 33 children. Each child participated in one session; 17 educational workshops were conducted in total. Results: we found an increased frequency of SMBG, changing lancets, rotation of puncture sites, as well as calibration and periodic checking of date and time of the glucose meter. Comparisons pre- and post-intervention showed that the average number of steps in accordance with the SMBG technique increased from 5.30 to 6.58, whereas the steps "Changing the lancet of the lancing device", "Pressing the puncture site" and "Disposing of materials used in a needlestick container" showed statistically significant differences. Conclusion: the educational workshop was effective, as it improved children's performance of the SBMG technique.


RESUMO Objetivo: avaliar a eficácia de uma oficina educativa baseada em atividades lúdicas para melhorar a técnica de automonitoramento glicêmico (AMG) de crianças com diabetes tipo 1. Método: um estudo quase-experimental foi feito com crianças em idade escolar que recebiam tratamento em duas clínicas ambulatoriais de um hospital universitário. Os dados foram coletados através da observação sistemática da prática do automonitoramento glicêmico antes e após a intervenção. A análise dos dados consistiu em verificar mudanças durante a execução da técnica, usando as taxas de conformidade de pré e pós-intervenção em testes estatísticos. A amostra consistiu em 33 crianças. Cada criança participou de uma sessão da oficina, e ao todo foram feitas 17 sessões. Resultados: encontramos uma maior frequência no AMG, na troca da lanceta, na alternância nos locais de punção, na calibração e verificação periódica de data e hora do monitor de glicemia. As comparações entre os períodos pré e pós-intervenção mostraram que o número médio de etapas em conformidade com a técnica de AMG aumentou de 5,30 para 6,58. As etapas "Trocar a lanceta do lancetador", "Pressionar o local puncionado" e "Eliminar corretamente os materiais utilizados" obtiveram diferenças estatisticamente significativas. Conclusão: a oficina educativa foi eficaz, melhorando as práticas de AMG das crianças.


RESUMEN Objetivo: evaluar la efectividad de un taller educativo que usa juegos para mejorar el autocontrol de las técnicas de glucosa en sangre para niños en edad escolar con diabetes tipo 1. Método: se realizó un estudio cuasi experimental con escolares que asistieron a dos clínicas ambulatorias de un hospital universitario. Los datos se recogieron mediante la observación sistemática de la técnica de autocontrol de la glucosa en sangre (AGS) antes y después de la intervención. El análisis de los datos consistió en verificar los cambios mientras se realizaba la técnica, utilizando las tasas de cumplimiento pre- y pos-intervención mediante pruebas estadísticas. La muestra estuvo compuesta por 33 niños. Cada niño participó en una sesión; en total se realizaron 17 talleres educativos. Resultados: encontramos una mayor frecuencia de AGS, cambio de lancetas, rotación de los sitios de punción, así como la calibración y la comprobación periódica de la fecha y la hora del glucómetro. Las comparaciones previas y posteriores a la intervención mostraron que el número promedio de etapas de acuerdo con la técnica AGS aumentó de 5,30 a 6,58, mientras que las etapas "Cambio de la lanceta del dispositivo de punción", "Presión del sitio de punción", y "Eliminación de materiales utilizado en un contenedor de agujas" mostraron diferencias estadísticamente significativas. Conclusión: el taller educativo fue efectivo, ya que mejoró el rendimiento de los niños en la técnica AGS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Automonitorização da Glicemia/classificação , Diabetes Mellitus Tipo 1/prevenção & controle , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia , Glicemia/análise , Educação em Saúde/métodos
16.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 26: e3088, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-978620

RESUMO

ABSTRACT Objective: to study the psychometric properties of an adaptive disease response questionnaire for use with Spanish children with type 1 diabetes; to analyse this response in this sample and to observe the relationship between adaptive response and levels of anxiety-depression. Method: a total of 100 patients with type 1 diabetes aged between nine and 16 years (M=12.28, SD=1.78) participated in the study, of which 59% were children. Data was collected in public hospitals via interviews using the Adaptive Disease Response Questionnaire and Anxiety and Depression Scale. The data was analysed using Pearson correlations, multiple hierarchical linear regressions, Student's t Test for independent samples, and Cohen's d effect size to determine reliability and validity. Result: the instrument was shown to have adequate psychometric properties. Adaptive response was generally high. Adaptive response is negatively related to emotional distress, being a better predictor of depression than of anxiety. There was no association betwee adaptation and sex and age. Conclusion: promoting a better adaptive response appears to reduce emotional distress, especially in the case of depression, regardless of the age or gender of the patients.


RESUMO Objetivo: estudar as propriedades psicométricas do Questionário de Resposta Adaptativa à Doença em pacientes pediátricos com diabetes mellitus tipo I no contexto espanhol, analisar essa resposta na amostra em questão e observar a relação entre a resposta adaptativa e os níveis de ansiedade-depressão. Método: participaram do estudo um total de 100 pacientes com diabetes mellitus tipo I, com idades entre 9 e 16 anos (M = 12,28, DP = 1,78), dos quais 59% eram crianças. Os dados foram coletados em hospitais públicos por meio de entrevista, utilizando-se o Questionário de Resposta Adaptativa à Doença e a Anxiety and Depression Scale (Escala de Ansiedade e Depressão). Para análise dos dados, calculou-se confiabilidade, correlações de Pearson, regressões lineares e testes t em função do sexo e da idade. Resultado: o instrumento possui propriedades psicométricas adequadas. A resposta adaptativa é geralmente elevada. Essa resposta está negativamente relacionada ao sofrimento emocional, sendo um melhor preditor de depressão do que de ansiedade. Não há diferenças na adaptação à doença em função de sexo e idade. Conclusão: a promoção de uma melhor resposta adaptativa parece reduzir o sofrimento emocional, especialmente no caso de depressão, independentemente da idade ou sexo dos pacientes.


RESUMEN Objetivo: estudiar las propiedades psicométricas del Cuestionario de Respuesta Adaptativa de la Enfermedad en pacientes pediátricos con diabetes-mellitus tipo I en el contexto español, analizar en esta muestra esta respuesta y observar la relación entre la respuesta adaptativa y los niveles de ansiedad-depresión. Método: un total de 100 pacientes con diabetes-mellitus tipo I participaron, con edades entre los 9 y los 16 (M=12,28, DT=1,78), de los cuales el 59% eran niños. Los datos fueron obtenidos en hospitales públicos mediante una entrevista aplicando el Cuestionario de Respuesta Adaptativa de la Enfermedad y el Anxiety and Depression Scale. Para el análisis de datos, se calculó la fiabilidad, correlaciones de Pearson, regresiones lineales y pruebas t en función de sexo y edad. Resultado: el instrumento presenta adecuadas propiedades psicométricas. La respuesta adaptativa es elevada en general. Esta respuesta se relaciona manera negativa con el malestar emocional, siendo mejor predictor de la depresión que de la ansiedad. No se observan diferencias en la adaptación a la enfermedad en función del sexo y edad. Conclusión: promover una mejor respuesta adaptativa parece reducir el malestar emocional, especialmente en el caso de la depresión, con independencia de la edad o sexo de los pacientes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Ansiedade/psicologia , Psicometria/estatística & dados numéricos , Depressão/psicologia , Diabetes Mellitus Tipo 1/psicologia , Índice de Gravidade de Doença , Reprodutibilidade dos Testes , Questionário de Saúde do Paciente
17.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03376, 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-985070

RESUMO

ABSTRACT Objective: To analyze the needs of pre-adolescents with type 1 diabetes regarding self-care support for disease management. Method: Qualitative study conducted between October and December 2016 with pre-adolescents seen at a hospital outpatient clinic and at Family Health Units; semi-structured interviews were used. Data were analyzed using a thematic analysis based on the theoretical basis of self-care support. Results: Nine pre-adolescents participated in the study. It was identified that in order to build self-efficacy, pre-adolescents need to overcome the disease denial phase, know how to handle feelings triggered by the need for lifestyle changes, receive support from their families and social networks, and have the self-awareness and self-perception needed to feel secure in managing their diabetes. Conclusion: The intrinsic challenges of adolescence and the way pre-adolescents with diabetes handle the disease have an influence on diabetes management and create needs that must be appreciated by health care professionals in order to provide self-care support.


RESUMEN Objetivo: Analizar las necesidades de preadolescentes con diabetes tipo 1 para el autocuidado apoyado en el manejo de la enfermedad. Método: Investigación cualitativa, llevada a cabo entre octubre y diciembre de 2016 con preadolescentes atendidos en un ambulatorio hospitalario y en Unidades de Salud de la Familia, utilizándose entrevista semiestructurada. Los datos fueron analizados mediante el análisis temático, a la luz del marco de referencia teórico de autocuidado apoyado. Resultados: Participaron en la investigación nueve preadolescentes. Se identificó que, para la construcción de la autoeficacia, los preadolescentes necesitan superar la fase de negación de la enfermedad; saber manejar los sentimientos desencadenados por la necesidad de cambios en el estilo de vida; recibir apoyo familiar y de la red social; y tener conocimiento y autopercepción adecuados para sentirse seguros en el manejo de la diabetes. Conclusión: Se evidenció que los retos intrínsecos a la adolescencia y el modo cómo los preadolescentes con diabetes manejan la enfermedad en su cotidiano influyen en el cuidado de la diabetes y ocasionan necesidades que los profesionales de la red de cuidado deben valorizar por medio del apoyo para el autocuidado.


RESUMO Objetivo: Analisar as necessidades de pré-adolescentes com diabetes tipo 1 para o autocuidado apoiado no manejo da doença. Método: Pesquisa qualitativa, realizada entre outubro e dezembro de 2016 com pré-adolescentes atendidos em um ambulatório hospitalar e em Unidades de Saúde da Família, utilizando-se de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados por meio da análise temática, à luz do referencial teórico de autocuidado apoiado. Resultados: Participaram da pesquisa nove pré-adolescentes. Identificou-se que, para a construção da autoeficácia, os pré-adolescentes necessitam superar a fase de negação da doença; saber lidar com os sentimentos desencadeados pela necessidade de mudanças no estilo de vida; receber apoio familiar e da rede social; e ter conhecimento e autopercepção adequados para se sentirem seguros no manejo da diabetes. Conclusão: Evidenciou-se que os desafios intrínsecos à adolescência e o modo como os pré-adolescentes com diabetes lidam com a doença em seu cotidiano influenciam o manejo da diabetes e ocasionam necessidades que devem ser valorizadas pelos profissionais da rede de cuidado por meio do apoio para o autocuidado.


Assuntos
Humanos , Autocuidado , Cuidado da Criança , Diabetes Mellitus Tipo 1/terapia , Enfermagem Pediátrica , Adolescente
18.
REME rev. min. enferm ; 22: e-1111, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-912786

RESUMO

Objetivou-se avaliar o perfil e a evolução clínica dos pacientes com diabetes mellitus tipo 1 (DM1) de um centro de referência secundária de Minas Gerais. Trata-se de estudo longitudinal com 174 pessoas com DM1 atendidos em um centro de referência secundária de Minas Gerais no período de 2010 a 2015. Avaliaram-se variáveis sociodemográficas, tempo de diabetes, tratamento, comorbidades, hemoglobina glicada (A1c) e LDL colesterol. Utilizou-se o teste T pareado e de McNemar para as comparações anuais da A1c e do LDL-c, com nível de significância inferior a 5%. Os resultados mostraram que 5,7% dos pacientes estavam em uso de sistema contínuo de infusão de insulinas, 61,5% de NPH e 32,8% de glargina; 47,1% dos pacientes usavam estatina; 63,21% chegaram ao serviço com valores de A1c acima de 8%, sendo 27,0% acima de 10%. Ao final do primeiro ano de acompanhamento, esse percentual reduziu-se para 49,9%, com maior redução dos que tinham A1c acima de 9%. Observouse diminuição significativa nas médias de A1c (9,01±2.46 em 2010 e 8,2±1.74 em 2011; p<0,001), mantendo-se sem alterações nos demais anos. Apurou-se também significativa redução do LDL-c ao longo de todo o período de acompanhamento (p<0,005). Concluiu-se que o atendimento multidisciplinar dos pacientes com DM1 contribuiu para a melhora dos parâmetros metabólicos logo no primeiro ano de acompanhamento.(AU)


Assuntos
Humanos , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Perfil de Saúde , Registros Médicos , Atenção Secundária à Saúde , Fatores Socioeconômicos
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(12): 5020-5027, dez.2017. ilus, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031976

RESUMO

Objetivo: levantar as evidências, na literatura, sobre o apoio social à criança com Diabetes Mellitus tipo 1 esuas famílias. Método: revisão integrativa, a partir da questão norteadora: >. Pesquisa realizadanas bases de dados MEDLINE e LILACS, sem limitação de tempo, artigos primários, publicados em português,inglês ou espanhol, por meio dos descritores Apoio Social, Diabetes Mellitus e Criança. Resultados: foramencontrados 17 artigos descritos em quatro categorias: Fontes de apoio social; Apoio social em encontro daqualidade de vida e saúde mental; Inovações em pesquisa para a promoção de apoio social e Conflitos doapoio social. Conclusão: foi possível levantar as evidências, na literatura, sobre o apoio social à criança comDiabetes Mellitus tipo 1 e suas famílias. Uma das principais fontes de apoio social foram os grupos formadosem mídias sociais. Isto deve despertar o interesse dos profissionais de forma especial, dado o impacto e afacilidade nas interações que elas podem provocar. Além disso, devido ao maior número de trabalhosinternacionais, é desejável que se publiquem mais artigos no contexto nacional, caracterizando melhor arealidade do país e resultando em intervenções mais adequadas.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pré-Escolar , Criança , Apoio Social , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Enfermagem Pediátrica , Família , Rede Social , Saúde da Criança , MEDLINE , Publicações Científicas e Técnicas , Qualidade de Vida
20.
Rev. eletrônica enferm ; 19: 1-12, Jan.Dez.2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-913011

RESUMO

A incidência do Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1) tem aumentado nos últimos anos, com consequente incremento de hospitalizações de crianças por primodescompensação diabética, com crescente necessidade de processo educativo. Diante desta realidade, objetivou-se identificar na literatura as melhores práticas de enfermagem em educação em diabetes para crianças com DM1 hospitalizadas e sua família. Foi realizada uma revisão integrativa, com os descritores: Diabetic Ketoacidosis, Diabetes Education, Nursing e Child, Hospitalized, e busca livre em revistas de referência e artigos similares. Foram selecionados quatro estudos, e identificadas três categorias: Envolvimento e Empoderamento da Família no Processo Educativo em Diabetes; Atuação da Equipe Multiprofissional; Definição e Conteúdo do Processo Educativo, concluindo que o processo educativo deve incluir a família, ser realizado por uma equipe multiprofissional e fundamentado em evidências científicas. Poucos estudos foram encontrados, evidenciando necessidade de mais pesquisas na área.


The incidence of Diabetes Mellitus type 1 (DM1) has increased in the last years, with a consequent growth of child hospitalizations due to diabetic prime decompensation, with growing need of an educational process. Thus, our objective was to identify in the literature the best nursing practices in diabetes education for hospitalized children with DM1 and their families. We conducted an integrative review with the descriptors: Diabetic Ketoacidosis, Diabetes Education, Nursing and Child, Hospitalized, and the free search in reference journals and similar articles. We selected four studies, and we identified three categories: Family Involvement and Empowerment in the Diabetes Educational Process; Performance of the Multi-professional Team; Definition and Content of the Educational Process. We concluded that the educational process should include the family, it should be conducted by a multi-professional team and based on scientific evidence. We identified few studies, showing the need for more studies in the field.


Assuntos
Humanos , Criança , Família , Criança Hospitalizada/educação , Educação em Saúde , Diabetes Mellitus Tipo 1/enfermagem , Equipe de Assistência ao Paciente , Enfermagem Pediátrica/educação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...