Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 212
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e47321, jan.-dez. 2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1116094

RESUMO

Objetivo: analisar a produção científica nacional e internacional, buscando as interfaces existentes entre os princípios bioéticos e os cuidados em saúde prestados ao fim da vida às pessoas idosas. Método: revisão integrativa, cuja busca ocorreu entre outubro e novembro de 2019 nas bases de dados Medline via Pubmed, Lilacs e Scopus com os descritores: "Palliative Care", "Aged" e "Bioethics" de 2014-2019. Resultados: a partir dos artigos selecionados, emergiram as seguintes categorias: condutas terapêuticas frente aos cuidados ao fim da vida; tomada de decisão nos cuidados ao fim da vida; e desafios nos cuidados ao fim da vida. Conclusão: destaca-se a relevância dos profissionais manterem o compromisso com a pessoa idosa e sua família de forma a considerar suas subjetividades e preferências e os instrumentalizar para que os cuidados sejam pautados em princípios bioéticos, para assim proporcionar um processo de morte e de morrer com dignidade.


Objective: to examine the Brazilian and international scientific production for connections between bioethical principles and the health care provided to older adults at the end of their lives. Method: between October and November 2019 this integrative review searched the Medline (Pubmed), Lilacs, and Scopus databases using the descriptors: "Palliative Care", "Aged", and "Bioethics" for the period 2014-2019. Results: the following categories emerged from the selected articles: therapeutic conducted with regard to end-of-life care; decision making on end-of-life care; and challenges in end-of-life care. Conclusion: of particular importance is for health professionals to uphold their commitment to older adults and their families, consider their subjectivities and preferences, and empower and equip them so that care is guided by bioethical principles in order to assure a dignified process of dying and death.


Objetivo: examinar la producción científica brasileña e internacional en busca de conexiones entre los principios bioéticos y la atención médica brindada a los adultos mayores al final de sus vidas. Método: entre octubre y noviembre de 2019, esta revisión integradora buscó en las bases de datos Medline (Pubmed), Lilacs y Scopus utilizando los descriptores: "Cuidados paliativos", "Envejecido" y "Bioética" para el período 2014-2019. Resultados: las siguientes categorías surgieron de los artículos seleccionados: terapéutico realizado con respecto a la atención al final de la vida; toma de decisiones sobre la atención al final de la vida; y desafíos en la atención al final de la vida. Conclusión: es de particular importancia que los profesionales de la salud mantengan su compromiso con los adultos mayores y sus familias, consideren sus subjetividades y preferencias, y los empoderen y equipen para que la atención se guíe por principios bioéticos para asegurar un proceso digno de muerte y muerte.


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atitude do Pessoal de Saúde , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida/ética , Temas Bioéticos , Pessoalidade , Morte , Relações Profissional-Família/ética , Relações Profissional-Paciente/ética , Atitude Frente a Morte , Valor da Vida
2.
J. nurs. health ; 10(4): 20104014, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104057

RESUMO

Objetivo: qualificar o impacto dos óbitos ocorridos no estado de Minas Gerais em decorrência do coronavírus, utilizando o indicar Anos Potenciais de Vida Perdidos. Método: estudo quantitativo, observacional, descritivo, com dados secundários referentes à morte por coronavírus no estado de Minas Gerais até 10 de junho de 2020. Utilizou-se a técnica de Romander e McWhinnie, considerando 76 anos a expectativa de vida. Resultados: o quantitativo de óbitos notificados, de indivíduos até 75 anos foi de 399, o que totaliza 4284,5 Anos Potenciais de Vida Perdidos. Do total geral dos óbitos, 83,37% ocorreram em idade economicamente ativa (15 a 64 anos), totalizando 3.572 Anos Potenciais de Vida Perdidos. Conclusão: as consequências do coronavírus acarretam grandes impactos biopsicossociais e econômicos nos grupos familiar e social. Assim é essencial o desenvolvimento de estratégias para minimizar os agravos, e consequentemente os óbitos ocasionados no estado de Minas Gerais.(AU)


Objective: to qualify the impact of deaths in the state of Minas Gerais due to coronavirus, using the indicating Potential Years of Life Lost. Method: quantitative, observational study, with secondary data referring to death by coronavirus in the state of Minas Gerais until June 10, 2020. The Romander and McWhinnie technique was used, considering 76 years of life expectancy. Results: the number of reported deaths, of individuals up to 75 years old, was 399, which totals 4.284,5 Potential Years of Life Lost. Of the overall total of deaths, 83.37% occurred at an economically active age (15 to 64 years), totaling 3.572 Potential Years of Life Lost. Conclusion: the consequences of coronavirus have major biopsychosocial and economic impacts on family and social groups. Thus, it is essential to develop strategies to minimize injuries, and consequently deaths it in the state of Minas Gerais.(AU)


Objetivo: califique el impacto de las muertes en el estado de Minas Gerais debido a coronavirus, utilizando la indicación de Años Potenciales de Vida Perdidos. Método: estudio cuantitativo, observacional, descriptivo, con datos secundarios que sobre la muerte por coronavirus hasta el 10 de junio de 2020. Se utilizó la técnica de Romander y McWhinnie, considerando 76 años de esperanza de vida. Resultados: el número de muertes reportadas, de individuos de hasta 75 años, fue de 399, lo que totaliza 4,182 Años potenciales de vida perdida. Del total de muertes, 83.37% ocurrieron a una edad económicamente activa (15 a 64 años), totalizando 3.572 Años potenciales de vida perdida. Conclusión: las consecuencias de coronavirus tienen importantes impactos biopsicosociales y económicos en los grupos familiares y sociales. Por lo tanto, es esencial desarrollar estrategias para minimizar los daños y, en consecuencia, las muertes causadas en el estado de Minas Gerais.(AU)


Assuntos
Epidemiologia , Infecções por Coronavirus , Anos Potenciais de Vida Perdidos , Morte
3.
J. nurs. health ; 10(4): 20104013, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104060

RESUMO

Objetivo: descrever a implantação do protocolo de manejo de corpos pós-óbito em pacientes suspeitos e confirmados com o novo coronavírus. Método: relato de experiência por meio da descrição das fases do processo de implantação dessa estratégia de manejo, em um hospital do interior do Oeste Paulista, com base nas normas técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Secretaria da Saúde. Resultados: a primeira etapa foi à avaliação de referências bibliográficas acerca da temática proposta no estudo, posteriormente a listagem dos insumos e a aquisição e organização da estrutura, treinamentos com os profissionais de saúde e divulgação do protocolo. Conclusões: a implantação deste protocolo significa uma decisão estratégica de fortalecimento das melhores práticas assistenciais. Enfatiza-se a capacitação permanente dos profissionais da saúde, pois a utilização de barreiras adequadas garante a segurança durante sua exposição na assistência ao paciente.(AU)


Objective: describe the implementation of the post-death body management protocol in suspected and confirmed patients with the new coronavirus. Method: experience report through the description of the phases of the implementation process of this management strategy, carried out in a hospital in the interior of Western São Paulo, based on the technical standards of the National Health Surveillance Agency and Health's Secretary. Results: the first step was the evaluation of bibliographic references about the theme proposed in the study, later the listing of inputs and the acquisition and organization of the structure, training with health professionals and dissemination of the protocol. Conclusions: the implementation of the protocol means a strategic decision to strengthen the best care practices. Emphasis is placed on the permanent training of health professionals, as the use of appropriate barriers ensures safety during their exposure to patient care.(AU)


Objetivo: describir la implementación del protocolo de manejo corporal posterior a la muerte en pacientes sospechosos y confirmados con el nuevo coronavirus. Método: informe de experiencia con descripción de las fases del proceso de implementación de protocolo, realizado en un hospital del interior del oeste de São Paulo, con base en los estándares técnicos de la Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria y la Secretaría de Salud. Resultados: el primero paso fue la evaluación de referencias bibliográficas sobre el tema propuesto en el estudio, luego la lista de insumos y la adquisición y organización de la estructura, capacitación con profesionales de la salud y difusión del protocolo. Conclusiones: la implementación de este protocolo significa una decisión estratégica para fortalecer las mejores prácticas de atención, enfatizando la capacitación permanente de los profesionales de la salud, ya que uso de barreras apropiadas garantiza la seguridad durante su exposición a la atención al paciente.(AU)


Assuntos
Enfermagem , Infecções por Coronavirus , Protocolos , Morte , Pandemias
4.
J. nurs. health ; 10(4): 20104018, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104066

RESUMO

Objetivo: refletir sobre os desafios da enfermagem diante do processo de morte e morrer em face a pandemia por Coronavírus. Método: estudo de análise reflexiva baseada na leitura, análise e interpretação de artigos e relatórios do Ministério da Saúde e do Conselho Federal de Enfermagem. Resultados: a mudança cotidiana no enfrentamento do Coronavírus, conduz a uma maior vulnerabilidade do profissional de enfermagem, sejam elas fruto da restrita formação sobre a morte e o morrer ou da experiência prática em tempos de pandemia. Conclusão: o espaço acadêmico tem sido apresentado como um possível local de discussão e desenvolvimento de habilidades e competências para o cuidado ao paciente que está morrendo. No entanto, os profissionais de enfermagem não vêm sendo preparados adequadamente para lidar com a morte, já que esta pode ser sinônimo de sofrimento psíquico e estresse, assim como a morte do paciente passou a ser um sinônimo de fracasso profissional.(AU)


Objective: to reflect on the challenges of Nursing in the face of the process of death and dying in the face of the Coronavirus pandemic. Method: reflective analysis study based on reading, analyzing and interpreting articles and reports from the Ministry of Health and the Federal Nursing Council. Results: the daily change in the confrontation of the Coronavirus, leads to a greater vulnerability of the nursing professional, whether they are the result of the restricted training on death and dying or of the practical experience in times of pandemic. Conclusion: the academic space has been presented as a possible place for discussion and development of skills and competences for the care of dying patients. However, nursing professionals have not been adequately prepared to deal with death, as death can be synonym with psychological suffering and stress, just as it has become a synonym for professional failure.(AU)


Objetivo: reflexionar sobre los desafíos de la Enfermería frente al proceso de muerte y muerte ante la pandemia de Coronavirus. Método: estudio de análisis reflexivo basado en la lectura, análisis e interpretación de artículos e informes del Ministerio de Salud y el Consejo Federal de Enfermería. Resultados: el cambio diario en la confrontación del Coronavirus, conduce a una mayor vulnerabilidad del profesional de enfermería, ya sea como resultado de la capacitación restringida sobre muerte y morir o de la experiencia práctica en tiempos de pandemia. Conclusión: el espacio académico se ha presentado como un posible lugar para la discusión y el desarrollo de habilidades y competencias para el cuidado de pacientes moribundos. Sin embargo, los profesionales de enfermería no se han preparado adecuadamente para enfrentar la muerte, ya que esa puede ser sinónimo de sufrimiento psicológico y estrés, al igual que se ha convertido en sinónimo de fracaso profesional.(AU)


Assuntos
Tanatologia , Enfermagem , Coronavirus , Morte
6.
Enferm. actual Costa Rica (Online) ; (37): 142-154, Jul.-Dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1039761

RESUMO

Resumo 23. O processo de trabalho de enfermeiras e enfermeiros nas emergências é gerador de estresse e traz à tona fragilidades do profissional no tocante a sentimentos referentes ao sofrimento e vivência cotidiana com a morte. Isto, em decorrência da interação e o envolvimento necessário à assistência e nas tomadas de decisão em acordo a gravidade do paciente e família. Assim, este estudo objetiva conhecer o enfrentamento da enfermeira no cuidado diante do processo de morte, em emergência. Pesquisa documental, realizada com oito enfermeiras numa emergência de um hospital privado de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, entre maio e junho de 2015. Os dados foram analisados à luz da análise de conteúdo de Bardin e da relação interpessoal de Travelbee. Emergiram duas categorias: A morte vivida por enfermeiras em emergência, O Humano e o técnico no enfrentamento da morte em emergência. Conclui-se que o enfermeiro ao lidar com a morte em meio ao cuidado de restauração da vida mostra-se limitado e necessita de amparo emocional e racional para o cuidado a essa clientela nesse ambiente específico.


Resumen 27. El proceso de trabajo de enfermeras y enfermeros en las emergencias es generador de estrés y trae a la superficie fragilidades del profesional en cuanto a sentimientos referentes al sufrimiento y vivencia cotidiana con la muerte. Esto, como consecuencia de la interacción y la implicación necesaria para la asistencia y las tomas de decisión en concordancia con la gravedad del paciente y la familia. Por lo tanto, este estudio objetiva conocer el enfrentamiento de la enfermera en el cuidado ante el proceso de muerte, en emergencia. Investigación documental, realizada con ocho enfermeras en una emergencia de un hospital privado de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, entre mayo y junio de 2015. Los datos fueron analizados a la luz del análisis de contenido de Bardin y de la relación interpersonal de Travelbee. Emergieron dos categorías: La muerte vivida por enfermeros en emergencia, el Humano y el técnico en el enfrentamiento de la muerte en emergencia. Se concluye que el enfermero al lidiar con la muerte en medio del cuidado de restauración de la vida se muestra limitado y necesita de amparo emocional y racional para el cuidado a esa clientela en ese ambiente específico.


Abstract 31. The work process of nurses in emergencies is a source of stress and brings to the surface the weaknesses of the professional in terms of feelings related to suffering and daily experience with death. This, as a consequence of the interaction and the necessary implication for assistance and decision making by the severity of the patient and the family. Therefore, this study aims to know the confrontation of the nurse in the care before the death process, in an emergency. Documentary research, conducted with eight nurses in an emergency at a private hospital in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil, between May and June 2015. The data were analyzed in light of Bardin's content analysis and Travelbee's interpersonal relationship. Two categories emerged: The death experienced by nurses in an emergency, the Human and the technician in the confrontation of death in an emergency. It is concluded that the nurse in dealing with death in the middle of the restoration care of life is limited and needs emotional and rational protection for the care of that clientele in that specific environment.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Brasil , Atitude Frente a Morte , Saúde Mental , Enfermagem em Emergência , Morte , Serviço Hospitalar de Emergência , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/psicologia
7.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e45650, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1099840

RESUMO

Objetivo: evidenciar as preocupações vivenciadas por pacientes com câncer em estágio avançado. Metodologia: estudo qualitativo desenvolvido com 11 pacientes oncológicos em cuidados paliativos. Os dados foram coletados em Maringá ­ PR, no período de 2016 a 2017, mediante entrevistas abertas, abordando as experiências e enfrentamentos vivenciados durante o processo de terminalidade da vida, das quais foram extraídos os discursos e submetidos à análise de conteúdo após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: o medo de tornar-se um incômodo e as incertezas de como a vida continuará após sua partida foram questões hegemônicas dos pacientes, que encontraram na aceitação da morte um momento de reflexão sobre a vida, despontando como uma probabilidade positiva de resiliência e esperança. Conclusão: as principais preocupações manifestadas foram: viver melhor o agora, aproximar-se mais daqueles que lhes fazem bem, preocupando-se com o bem-estar de seus familiares e como eles ficarão após sua partida, transcendendo assim o seu próprio sofrimento.


Objective: to highlight the concerns experienced by patients with advanced cancer. Methodology: qualitative study developed with 11 cancer patients in palliative care. The data were collected in Maringá - PR, from 2016 to 2017, through open interviews, addressing the experiences and confrontations experienced during the terminal life process, from which the speeches were extracted and submitted to content analysis after approval by the Committee Research Ethics. Results: the fear of becoming a nuisance and the uncertainties of how life will continue after his departure, were hegemonic issues of the patients, who found in the acceptance of death a moment of reflection on life, emerging as a positive probability of resilience and hope. Conclusion: the main concerns expressed were: to live better now, to get closer to those who do them well, worrying about the well-being of their families and how they will be after their departure, thus transcending their own suffering.


Objetivo: resaltar las preocupaciones experimentadas por los pacientes con cáncer avanzado. Metodología: estudio cualitativo desarrollado con 11 pacientes con cáncer en cuidados paliativos. Los datos se recopilaron en Maringá - PR, de 2016 a 2017, a través de entrevistas abiertas, abordando las experiencias y confrontaciones experimentadas durante el proceso de vida terminal, de donde se extrajeron los discursos y se sometieron a análisis de contenido después de la aprobación del Comité Ética de Investigación. Resultados: el miedo a convertirse en una molestia y las incertidumbres de cómo continuará la vida después de su partida, fueron problemas hegemónicos de los pacientes, quienes encontraron en la aceptación de la muerte un momento de reflexión sobre la vida, emergiendo como una probabilidad positiva de resiliencia y Espero Conclusión: las principales preocupaciones expresadas fueron: vivir mejor ahora, acercarse a quienes son buenos para ellos, preocuparse por el bienestar de su familia y cómo estarán después de su partida, trascendiendo así su propio sufrimiento.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Estresse Psicológico , Tabu , Atitude Frente a Morte , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Expressão de Preocupação , Neoplasias , Cuidados Paliativos , Pacientes , Epidemiologia Descritiva , Morte , Pesquisa Qualitativa , Medo
8.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e33407, jan.-dez. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005328

RESUMO

Objetivo: descrever os conteúdos e a organização das representações sociais da morte para pessoas que vivem com HIV/AIDS. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, e delineado por meio da Teoria das Representações Sociais. Participaram 165 pessoas vivendo com HIV/AIDS, em tratamento no ambulatório de referência na cidade do Rio de Janeiro. Projeto aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Utilizou-se o software Evoc, ao final construiu-se o quadro de quatro casas. Resultados: abalizam uma dimensão emocional e do conhecimento das representações da morte, como um objeto multifacetado com diversos significados e variados sentimentos, apontando para a naturalização da morte. Conclusão: ainda que a morte contenha uma representação negativa, em pessoas com HIV/AIDS, pelos sentimentos ligados à tristeza, medo e dor, as estratégias políticas e governamentais, medidas de prevenção e tratamento no controle da doença delineiam uma nova direção, diante da cronicidade da síndrome, resultando em representações imbricadas no sentido da vida, do viver e do morrer como processo natural.


Objective: to describe the content and organization of social representations of death in people living with HIV/AIDS. Method: in this qualitative, descriptive study based on Social Representation Theory, the participants were 165 people living with HIV/AIDS, in treatment at an referral outpatient clinic in Rio de Janeiro city. The research ethics committee approved the study. A four-box chart was set up using Evoc software. Results: indicate an emotional dimension and knowledge of representations of death as a multifaceted object with a diverse meanings and varied feelings, pointing to a naturalization of death. Conclusion: even though death does contain negative representations for people with HIV/AIDS, due to feelings of sadness, fear and pain, government policy strategies and prevention and treatment measures for controlling the disease point in new directions, in view of the syndrome's timeframe, resulting in representations that overlap in the meaning of life, of living and of dying as a natural process


Objetivo: describir los contenidos y la organización de las representaciones sociales de la muerte respecto a las personas que viven con VIH-SIDA. Método: estudio descriptivo, con enfoque cualitativo, basado en la teoría de las representaciones sociales. Participaron 165 personas, que viven con VIH-SIDA, en tratamiento en una clínica ambulatoria de referencia en Río de Janeiro. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética. Usando el software Evoc, se construyó un marco de cuatro elementos. Resultados: indican una dimensión emocional y el conocimiento de las representaciones de la muerte como un objeto multifacético con varios significados y sentimientos, que apuntan hacia la naturalización de la muerte. Conclusión: aunque la muerte contenga una representación negativa para las personas con VIH-SIDA, debido a sentimientos relacionados con la tristeza, el miedo y el dolor, las estrategias políticas y gubernamentales, medidas de prevención y tratamiento en el control de la enfermedad delinean una nueva dirección, ante la cronicidad del síndrome, que condujo a representaciones imbricadas en el sentido de la vida, de vivir y de morir como un proceso natural.


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Enfermagem , Morte , Estudos de Avaliação como Assunto
9.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(3): 718-724, abr.-maio 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-988020

RESUMO

Objective: This study's aim has been to identify the coping strategies used by nurses in pediatric oncology in face of the patient's death. Methods: This integrative review was carried out using the following databases: VHL, MEDLINE/PubMed, and Google Scholar, from April 1st to May 3rd, 2017. The following descriptors were used: death, nursing, child, health pediatrics, oncology, cancer, and coping. The final sample consisted of ten scientific papers. Results: The following coping strategies identified: psychological support from other professionals and from the institution; institutional training on death and the dying process; exchange of experiences among professionals; sports practice; and religion and faith. These strategies were carried out according to individual characteristics and the work environment. Conclusion: It was concluded that the strategies lead to supportive attitudes according to the needs of professionals, alleviating their suffering and improving their care process


Objetivo: Identificar as estratégias de enfrentamento utilizadas por profissionais de enfermagem que atuam na oncologia pediátrica diante da morte do paciente. Métodos: Revisão integrativa da literatura realizada nas fontes de informação: BVS, MEDLINE/PubMed e no Google Scholar, no período de 01 de abril a 03 de maio de 2017. Utilizou-se os descritores: death, nursing, child, health pediatrics, oncology, cancer, coping. A amostra final foi constituída por dez artigos científicos. Resultados: Estratégias de enfrentamento identificadas: apoio psicológico de outros profissionais e da instituição; capacitação institucional sobre a morte e o processo de morrer; troca de experiências entre profissionais; prática de esportes; religião e fé. As estratégias ocorrem de acordo com as características individuais e do ambiente de trabalho. Conclusão: Concluiu-se que as estratégias levam a atitudes auxiliadoras nas necessidades do profissional, amenizando seu sofrimento e melhorando seu processo de cuidar


Objetivo: Identificar las estrategias de enfrentamiento utilizadas por profesionales de enfermería que actúan en la oncología pediátrica ante la muerte del paciente. Métodos: Revisión integrativa de la literatura realizada en las siguientes fuentes de información: BVS, MEDLINE/PubMed y en Google Scholar, en el período del 01 de abril al 03 de mayo de 2017. Se utilizaron los descriptores: death, nursing, child, health pediatrics, oncology, cancer, coping. La muestra final fue constituida por diez artículos científicos. Resultados: Estrategias de enfrentamiento identificadas: apoyo psicológico de otros profesionales y de la institución; Capacitación institucional sobre la muerte y el proceso de morir; Intercambio de experiencias entre profesionales; Práctica de deportes; Religión y fe. Las estrategias ocurren de acuerdo con las características individuales y del ambiente de trabajo. Conclusión: Se concluyó que las estrategias llevan a actitudes auxiliares en las necesidades del profesional, amenizando su sufrimiento y mejorando su proceso de cuidar


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adaptação Psicológica , Profissionais de Enfermagem Pediátrica/psicologia , Sobreviventes de Câncer , Enfermagem Oncológica , Morte
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(3): 578-586, mar. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015492

RESUMO

Objetivo: objetivou-se compreender as percepções de familiares a respeito da doação de órgãos e tecidos. Método: trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e descritivo. Compôs-se a amostra por sete acompanhantes familiares de pacientes internados no hospital escolhido para a pesquisa. Utilizou-se, como instrumento de coleta de dados, um roteiro semiestruturado contendo perguntas idealizadas para expressar as opiniões dos pesquisados sem, necessariamente, concordar com a temática. Submeteram-se os dados à Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: verificou-se que os participantes possuíam pouco conhecimento sobre a doação, todavia emergiram definições empíricas a seu respeito. Depreendeu-se que existem diversos fatores que interferem no processo de doação, entre eles o respeito à vontade do potencial doador, questões de solidariedade e perpetuação da vida, além do desconhecimento sobre todo o processo de doação no Brasil. Conclusão: constatou-se o pouco conhecimento e entendimento sobre a doação de órgãos, sendo esse resultado um reflexo de vários fatores, como a baixa discussão sobre o tema no meio social.(AU)


Objective: to understand the perceptions of family members regarding the donation of organs and tissues. Method: This is a qualitative, exploratory and descriptive study. The sample was composed by seven family companions from patients admitted to the hospital chosen for the research. As a data collection instrument, a semi-structured script containing idealized questions was used to express the opinions of the respondents without necessarily agreeing to the theme. The data were submitted to the Bardin Content Analysis. Results: the participants had little knowledge about the donation; however, empirical definitions emerged about them. There are several factors that interfere in the donation process such as respect for the will of the potential donor, issues of solidarity and perpetuation of life, as well as ignorance about the entire donation process in Brazil. Conclusion: there was little knowledge and understanding about organ donation, and this result is a reflection of several factors, such as the low discussion about the subject in the social environment.(AU)


Objetivo: comprender las percepciones de familiares sobre de la donación de órganos y tejidos. Método: se trata de un estudio cualitativo, exploratorio y descriptivo. La muestra fue de siete acompañantes familiares de pacientes internados en el hospital escogido para la investigación. Se utilizó una guía semi-estructurada como instrumento de recolección de datos conteniendo preguntas idealizadas para expresar las opiniones de los investigadores sin necesariamente estar de acuerdo con el tema. Los datos se sometieron al Análisis de Contenido de Bardin. Resultados: se verificó que los participantes poseían poco conocimiento sobre la donación; sin embargo, surgieron definiciones empíricas. Existen diversos factores que interfieren en el proceso de donación, entre ellos, el respeto a la voluntad del potencial donador, preguntas de solidaridad y perpetuación de la vida, además del desconocimiento sobre todo el proceso de donación en Brasil. Conclusión: se constató poco conocimiento y entendimiento sobre la donación de órganos y que ese resultado es un reflejo de varios factores, como la baja discusión sobre el tema en el medio social.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Percepção , Doadores de Tecidos , Obtenção de Tecidos e Órgãos , Família , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Transplante de Órgãos , Transplante de Tecidos , Morte Encefálica , Epidemiologia Descritiva , Morte , Pesquisa Qualitativa
11.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 126-136, jan. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006118

RESUMO

Objetivo: investigar a compreensão e a prática dos profissionais de enfermagem sobre os cuidados paliativos pediátricos. Método: trata-se de estudo qualitativo, exploratório e descritivo, em um Hospital Escola Materno-Infantil com 30 profissionais de Enfermagem. Utilizaram-se, para a coleta de dados, questionário sociodemográfico e entrevista semiestruturada. Submeteram-se os dados à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: apresentaram-se, pelos profissionais, dificuldades relacionadas à compreensão da filosofia e aos objetivos dos cuidados paliativos e dificuldade em atuar com pacientes pediátricos que estão sob esse cuidado, destacando-se os sentimentos de fracasso e de tristeza ao lidarem com a situação. Empregam-se, com isso, como estratégias de enfrentamento, o distanciamento afetivo do paciente e de sua família, a espiritualidade e o oferecimento, ao paciente, de um atendimento diferenciado e humanizado. Conclusão: salienta-se a necessidade da inclusão de cuidados paliativos na formação acadêmica dos profissionais, favorecendo o conhecimento do tema e preparando o profissional para lidar com a morte e o morrer, assim como a necessidade de um espaço nas instituições de saúde que proporcione acolhimento frente às dificuldades dos profissionais que atuam nesse contexto.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem Oncológica , Cuidados Paliativos , Enfermagem Pediátrica , Adaptação Psicológica , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica , Saúde da Criança , Morte , Humanização da Assistência , Equipe de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
12.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 350 p. ilus..
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087526

RESUMO

Para estudar as representações sociais da morte e do morrer para os grupos religiosos e pessoas ateias, adotou-se como objetivos identificar os conteúdos constituintes das representações sociais da morte e morrer entre pessoas de diferentes grupos religiosos e pessoas ateias; descrever os conteúdos e a organização interna das representações sociais da morte e morrer das pessoas de grupos religiosos e ateias; identificar os elementos centrais das representações sociais através do uso de multimétodos de aferição da centralidade; identificar o nível de religiosidade dos participantes através da aplicação da Escala de Religiosidade de Duke e discutir as representações sociais da morte e o morrer dos diferentes grupos religiosos e de pessoas ateias. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório com abordagem quanti-qualitativa, sob a ótica da teoria das representações sociais, realizado entre 2016 e 2019 em templos religiosos católico, espírita, umbandista, candomblecista, protestante e em uma universidade para os sujeitos ateus. Na primeira etapa participaram 900 sujeitos, sendo 150 para cada grupo social estudado, que responderam à caracterização, à coleta de evocações livres para os termos indutores morte e morrer e à escala de religiosidade de DUKE e 27 à entrevista. No segundo momento foram realizados os testes mise-em-cause, choix-par-bloc e esquemas cognitivos de base. Nessa etapa participaram 60 sujeitos de cada grupo social, com a exceção dos esquemas cognitivos de base que foram 10. Para a caracterização e a escala optou-se a análise através da estatística simples, para a evocação a prototípica e a similitude por co-ocorrência, para a entrevista a lexical. Os resultados da abordagem demonstram que o núcleo central da morte para os espíritas é vida, para os católicos, vida, céu e salvação, para os umbandistas, doença, dor e medo, para os protestantes, salvação e vida e para os ateus, família e saudade. Com relação a morrer, vida e solidão para os espíritas, vida para os católicos, tristeza, medo e passagem para umbandistas, final, vida e doença para candomblecistas, morte, pecado e separação para protestantes e doença para ateus. Na análise processual, os resultados se dividem em dois eixos, o primeiro versa sobre os aspectos conceituais e afetivos do processo de morte e de morrer e o segundo sobre mecanismos que o individuo dispõe para enfrentar os eventos que envolvem a morte e o pós-morte. Ao final do estudo pode constatar-se que morte e morrer possuem representações distintas para os grupos sociais estudados. O morrer é o processo que leva a criatura a morte, enquanto a morte é o fenômeno do cessar da vida. A morte está na essência do processo de morrer, impregnando-o e dando-lhe sentido. Deste modo, entendendo como esses grupos sociais estruturam seu pensamento em torno da morte e do morrer que se pode pensar em um cuidado integral de saúde, sobretudo de enfermagem.


The representation between the Death and to die for the atheists and believers of different religions. To study the social representations of death and dying for religious groups and atheists, the objective was to identify the constituent contents of the social representations of death and dying among people of different religious groups and atheists. To describe the contents and internal organization of these social representations of these same groups; to identify the central elements of social representations using centrality measurement methods; to identify participants' religiosity level by applying the Duke's Scale and discuss the social representations of the death and dying of different religious groups and atheistic people. This is a descriptive and exploratory study with a quantitative and qualitative approach, with the perspective of the theory of social representations, held between 2016 and 2019 in religious temples as a Catholic, Spiritism temple, Umbanda and Candomblé temples (Brazilian religions of African origin), Protestant and a university for atheists. In the first stage, 900 people participated, being 150 for each social group studied, that responded to the characterization, for to collect to free evocations for the death and dying inducing terms to death and dying and the religiosity scale of DUKE and 27 to the interview. In the second moment tests were performed, applying mise-in-cause, choix-par-bloc and basic cognitive schemes methodology. In this phase, 60 subjects from each social group participated, but for the basic cognitive that only 10 participated. For the characterization and the scale it was chosen the analysis through the simple statistics, for the prototype evocation and similarity for co-occurrence, the lexical interview. The results of the approach demonstrate that the central core of death for to the Spiritists is the life, for the Catholics, life, heaven and salvation, for the Umbanda followers, disease, pain and fear, for the Protestants, the salvation and the life, and for the Atheists, family and the longing. Concerning dying, life and loneliness for the spiritists, life for Catholics, sadness, fear and passage for the Umbanda followers, the end, life and illness for Candomble followers, death, sin and separation for Protestants and sickness for atheists. In procedural analysis, the results are divided into two axes: the first one deals with the conceptual and affective aspects of the process of death and dying, the second, about mechanisms, that the individual has to face the events involving death and the afterlife. At the end of the study, it can be seen that death and dying have different representations for the social groups studied. Dying is the process that leads the creature to death, while death is the phenomenon of the cessation of life. Death is at the heart of the process of dying, pervading it and giving it meaning. Thus, understanding how these social groups structure their thinking around death and dying, that one can think of integral health care, especially nursing.


Pour étudier les represéntations sociales du mort e de mourir par les groupes religieux e personnes athées, on a adopté comme des objetifs identifier les contenus constituants des represéntations sociales Du mort et de mourir entre personnes de differéntes groupes religieux et personnes athées; décrire les contenus et l'organization interne des representations sociales Du mort et de mourir des personnes des groupes religieux et des athées; identifier les éléments centraux des represéntations sociales à travers l'usage des multiples méthodes de mesure de la centralité; identifier le niveau de religiosité des participants à travers l'application de l'échelle de religiosité de Duke et discuter des représentations sociales de la mort et de mourir des différents groupes religieux et personnes athées. Il s'agit d'une étude descriptive et exploratoire avec une approche quantitative et qualitative, du point de vue de la théorie des représentations sociales, menée entre 2016 et 2019 dans des temples religieux catholiques, spirites, umbandistes, candomblécistes, protestants et dans une université pour les athées. Dans la première étape, 900 sujets ont participé, 150 pour chaque groupe social étudié, qui ont répondu à la caractérisation, à la collecte d'association libre par les termes inducteurs mort et mourir et à l'échelle de religiosité de DUKE et 27 pour l'entretien. Au deuxième temps, la mise en cause, les tests de choix par bloc et les schémas cognitifs de base ont été réalisés. À ce stade, 60 sujets de chaque groupe social ont participé, à l'exception des schémas cognitifs de base qui étaient 10. Pour la caractérisation et l'échelle, nous avons opté pour l'analyse à l'aide de statistiques simples, pour l'évocation l'analyse prototypique et la similitude par cooccurrence, pour l'entrevue l'analyse lexical. Les résultats de cette approche démontrent que le noyau central de la mort pour les spirites est la vie, pour les catholiques, la vie, le ciel et le salut, pour les umbandistes est la maladie, la douleur et la peur, pour les protestants, le salut et la vie, et pour les athées, la famille. et manquer quelqu'un. En ce qui concerne le mourir, la vie et la solitude pour les spirites, la vie pour les catholiques; la tristesse, la peur et le passage pour les umbandistes; la fin, la vie et la maladie pour les candomblécistes; la mort, le péché et la séparation pour les protestants et la maladie pour les athées. Dans l'analyse procédurale, les résultats sont divisés en deux axes, le premier concerne les aspects conceptuels et affectifs du processus de la mort et de mourir, et le second concerne les mécanismes permettant à l'individu de faire face aux événements impliquant la mort et l'au-delà. À la fin de l'étude, on peut voir que la mort et de mourir ont des représentations différentes pour les groupes sociaux étudiés. La mort est le processus qui mène la créature à la mort, tandis que mourir est le phénomène de la cessation de la vie. La mort est au cœur du processus de mourir, elle le pénètre et lui donne un sens. Ainsi, pour comprendre comment ces groupes sociaux structurent leur réflexion sur la mort et mourir on peut penser à des soins de santé complets, surtout aux soins infirmiers.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Religião , Atitude Frente a Morte , Morte , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Tabelas
13.
Rev. baiana enferm ; 33: e28169, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1010375

RESUMO

Objetivo: compreender a experiência materna da perda de um filho por neoplasia. Método: estudo qualitativo, com base na fenomenologia heideggeriana. Participaram quatro mães com filhos entre 2 e 18 anos que morreram por câncer em 2014, em um hospital de referência em oncologia da Região Oeste do Paraná, Brasil. As entrevistas ocorreram nas residências das mães, entre outubro e novembro de 2015, e foram analisadas à luz da hermenêutica heideggeriana. Resultados: emergiram duas unidades temáticas - Ser-mãe: percebendo que a morte do filho está se aproximando; e Ressignificando a vida após a morte do filho - que evidenciaram os sentimentos de angústia e frustração dessas mulheres. Conclusão: a experiência materna da perda de um filho por neoplasia compara-se à perda de uma parte importante de si, perpassando pelo medo da perda, busca de ressignificação do cuidado desempenhado até o momento e da vida que resta.(AU)


Objective: to understand the maternal experience of the loss of a child due to neoplasia. Method: qualitative study, based on the Heideggerian phenomenology. Participants were four mothers with children between 2 and 18 years who died of cancer in 2014, at a reference hospital in oncology in the Western Region of Paraná, Brazil. The interviews took place in the mothers' homes between October and November 2015 and were analyzed in the light of Heideggerian hermeneutics. Results: two thematic units emerged: Being-mother ­ realizing that the death of the child is near; and re-signifying the son's life after death ­ which evidenced the feelings of anguish and frustration of these women. Conclusion: the maternal experience of the loss of a child due to neoplasia is comparable to the loss of an important part of oneself, passing through the fear of loss, a search for a re-signification of the care taken until that moment and the life remaining. (AU)


Objetivo: comprender la experiencia materna de la pérdida de un hijo por neoplasia. Método: estudio cualitativo, basado en la fenomenología heideggeriana. Participaron cuatro madres con hijos entre dos y 18 años que murieron por cáncer en 2014, en hospital de referencia en oncología de la Región Oeste de Paraná, Brasil. Entrevistas ocurrieron en las residencias de las madres, entre octubre y noviembre/2015, analizadas a la luz de la hermenéutica heideggeriana. Resultados: emergieron dos unidades temáticas ­ Ser madre: percibiendo que la muerte del hijo se está acercando; y resucitando la vida después de la muerte del hijo ­ evidenciándose sentimientos de angustia y frustración de esas mujeres. Conclusión: la experiencia materna de la pérdida de un hijo por neoplasia se compara con la pérdida de una parte importante de sí, pasando por el miedo a la pérdida, búsqueda de resignificación del cuidado desempeñado hasta el momento y de la vida que queda.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem Oncológica , Pediatria , Poder Familiar , Morte
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3337-3343, dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1000278

RESUMO

Objetivo: descrever os conteúdos representacionais de profissionais da Enfermagem sobre a morte e o morrer de pessoas vivendo com HIV. Método: trata-se de estudo qualitativo, de campo, descritivo e exploratório, fundamentado na Teoria das Representações Sociais, realizado em sete Serviços de Assistência Especializada (SAE) em HIV/AIDS e um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA, com 20 profissionais de enfermagem, por meio de entrevista semiestruturada. Analisaram-se as falas pela técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Categorial. Resultados: elegeram-se quatro categorias temáticas a partir da análise das falas: "O diagnóstico"; "Os significados da morte e do morrer"; "O enfrentamento dos profissionais da Enfermagem perante a morte e morrer de PVHIV" e "A morte dando lugar à possibilidade de vida". Conclusão: incidem-se os conteúdos representacionais nas práticas em saúde e enfermagem desde a construção simbólica do adoecimento perante a possibilidade de morte relacionada ao HIV e às novas perspectivas de tratamento e promoção da saúde, sendo possível destacar o avanço do conhecimento científico dos profissionais de enfermagem, o que contribui para a sua assistência em saúde às PVHIV. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Percepção Social , Adaptação Psicológica , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Enfermagem , Morte , Equipe de Enfermagem , Pesquisa Qualitativa , Promoção da Saúde
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(9): 2349-2360, set. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995762

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência de perder um irmão durante a infância e a adolescência. Método: estudo fenomenológico, de natureza interpretativa, no qual participaram vinte e uma pessoas da comunidade, selecionadas intencionalmente, respeitando-se critérios previamente estabelecidos. Para a coleta das informações, foram realizadas entrevistas não estruturadas. Resultados: o fenômeno revelou-se, pela narrativa das participantes, por meio de cinco temas comuns que foram denominados "Ecos da vivência do luto fraterno"; "À procura de uma justificação"; "A felicidade é momentos!"; "Fontes de força interior" e "A vida e a saúde hoje". Conclusão: reconhece-se a importância na identificação dos sinais e das caraterísticas de uma perda fraterna experienciada durante a infância ou a adolescência e da avaliação do impacto da mesma na sua vida e das suas famílias que podem fundamentar uma intervenção de Enfermagem planejada com vistas a minimizar os efeitos que possam surgir na vida adulta. Identifica-se o impacto da morte da criança na vida dos irmãos e de outros conviventes e o modelo de intervenção que aborda necessariamente a relação de ajuda à família enlutada de forma integrada.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Luto , Atitude Frente a Morte , Criança , Adolescente , Morte , Irmãos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Família , Enfermagem
16.
Rev. enferm. UFSM ; 8(3): 1-14, jul.-set. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1034500

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção dos profissionais de saúde acerca daaplicabilidade das diretivas antecipadas de vontade no contexto neonatal e pediátrico.Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, desenvolvido em unidades deinternação pediátricas - pediátrica e neonatal - de um hospital universitário no sul do Brasil.Participaram16 profissionais da equipe de enfermagem e médica. As coletas ocorreram pormeio de entrevista semiestruturada, no período de setembro a outubro de 2015. Foi realizadaanálise textual discursiva. Resultados: evidenciou-se aspectos que dificultam a aplicabilidadedas Diretivas, como: atitudes de negação da morte, comunicação fragilizada, compreensão damorte como um evento de caráter pontual, hierarquia posta e instrumentalização profissional.Como fatores facilitadores, a exemplo da interação (multi) profissional, criação de vínculo eapoio na espiritualidade. Considerações finais: identifica-se uma incompreensão e umdesassossego em relação à morte e toda a sua significação pessoal, refletindo a dificuldade deaplicabilidade das Diretivas nesse âmbito.


Aim: to know the perception of the health professionals about the applicabilityof the anticipated directives of will in the neonatal and pediatric context. Method: qualitative,descriptive and exploratory study, developed in pediatric and neonatal pediatrichospitalization units - of a university hospital in southern Brazil. Participated 16professionals of the nursing and medical team. The collections took place through a semistructured interview, from September to October, 2015. A discursive textual analysis wasperformed. Results: Evidenced aspects that hinder the applicability of the Directives, such as:denial of death attitudes, weak communication, understanding of death as an event of apunctual nature, post hierarchy and professional instrumentalization. As facilitators, such asprofessional (multi) interaction, bonding and support in spirituality. Final considerations:There is a misunderstanding and unease about death and all its personal significance,reflecting the difficulty of applying the Directives in this context.


Objetivo: conocer la percepción de los profesionales de salud sobre laaplicabilidad de las directivas anticipadas de voluntad en el contexto neonatal y pediátrico.Método: estudio cualitativo, descriptivo y exploratorio, desarrollado en unidades deinternación pediátrica - pediátrica y neonatal - de un hospital universitario en el sur de Brasil.Participaron 16 profesionales del equipo de enfermería y médica. Las recolecciones de datosocurrieron por medio de entrevista semiestructurada, en el período de septiembre a octubre de2015. Se realizó análisis textual discursivo. Resultados: se evidenció aspectos que dificultan laaplicabilidad de las Directivas, como: actitudes de negación de la muerte, comunicaciónaminorada, comprensión de la muerte como un evento de carácter puntual, jerarquía puesta einstrumentalización profesional. Entre los factores facilitadores, la interacción (multi)profesional, la creación de vínculo y el apoyo espiritual. Consideraciones finales: Se identificóuna incomprensión y un malestar en relación a la muerte y toda su significación personal,manifestando la dificultad de aplicabilidad de las Directivas en ese ámbito.


Assuntos
Criança , Diretivas Antecipadas , Enfermagem , Morte , Ética em Enfermagem
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(5): 1317-1324, maio 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-980629

RESUMO

Objetivo: conhecer a perspectiva dos profissionais de Enfermagem, que atuam na sala de emergência, sobre o processo de morte e morrer. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, realizado com 17 profissionais de Enfermagem que atuavam na sala de emergência de um hospital universitário. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, audiogravadas que, após transcritas, foram submetidas à Análise de Conteúdo na modalidade Temática. Resultados: emergiram as categorias - Sentimentos e percepções frente ao processo de morte e morrer e Alterações na percepção da morte em diferentes fases da vida. Ambas mostram sentimentos, experiências iniciais com a morte enquanto profissional e a falta de preparo acerca do tema durante a formação. Conclusão: os profissionais entendem que a morte faz parte do processo de viver, mas sentem tristeza, frustração e impotência, especialmente, quando o paciente permanece por mais tempo na emergência. Acredita-se que este estudo possa contribuir para que os profissionais se sintam motivados para refletir e discutir sobre cuidados mais humanos e solidários no serviço hospitalar de urgência.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Percepção , Relações Profissional-Paciente , Atitude Frente a Morte , Enfermagem em Emergência , Morte , Serviço Hospitalar de Emergência , Técnicos de Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Relações Profissional-Família , Pesquisa Qualitativa
18.
Niterói; s.n; 2018. 110 f p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908991

RESUMO

A pesquisa aborda a dimensão psicoafetiva do profissional de enfermagem no cuidado ao paciente em processo de morte. Objetivo geral: conhecer o processo relacional do profissional de enfermagem no cuidado ao paciente em processo de morte. Objetivos específicos: identificar a maneira de cuidar o paciente em processo de morte; analisar as possibilidades dos profissionais e os limites do processo de cuidar; discutir as implicações psicoafetivas dos profissionais que cuidam do paciente em processo de morte na perspectiva do cuidado sensível. Métodos e técnicas: pesquisa descritiva e exploratória com abordagem qualitativa. Como técnica de coleta de dados foi realizada a entrevista semiestruturada. A análise foi de conteúdo do tipo temática. Os participantes da pesquisa foram os profissionais de enfermagem que exercem atividades no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Universitário Antônio Pedro e que atendem aos aspectos éticos do estudo. Resultados e discussão: emergiram quatro categorias: Concepção sobre a morte e a morte institucionalizada; Prática dos cuidados ao paciente em processo de morte; Aspectos da dimensão psicoafetiva do profissional de enfermagem; Possibilidades e limites da prática do cuidado e recomendações para a prática profissional. A morte foi associada à questão religiosa e ao processo natural da vida. Os profissionais também consideram que a morte faz parte do seu cotidiano laboral, mas ainda é um tabu. Os profissionais relataram os sentimentos de tristeza, perda, gratidão e respeito ao prestar o cuidado ao paciente em processo de morte. Conclusão: esta pesquisa revelou que no cenário pesquisado, os profissionais enfrentam a morte de diferentes maneiras. Constatou-se que a morte no local de trabalho pode ser considerada como o fim do sofrimento para o paciente, familiar e para o profissional de enfermagem. Alguns profissionais declaram ter dificuldades de lidar com suas emoções por não terem preparo emocional para lidar com a finitude. A partir do exposto, a pesquisa demonstrou que os profissionais de enfermagem necessitam receber apoio psicológico pela instituição onde exercem suas atividades laborais, além de participar de grupos de discussão nos quais possam trocar experiências e ter liberdade para poder expressar seus sentimentos, medos e angústias vivenciados em sua prática do cuidado


The research addresses the psycho-affective dimension of the nursing professional in the care of the patient in the process of death. General aim: to know the relational process of the nursing professional in the care of the patient in the process of death. Specific aims: identify the way of caring for the patient in the process of death; analyze the possibilities of professionals and the limits of the caring process; to discuss the psycho-affective implications of the professionals that provide care in the perspective of sensitive care. Methods and techniques: this is a descriptive and exploratory research that uses a qualitative approach. The semi structured interview was performed as a data collection technique. The analysis was content of the thematic type. The research participants were the nursing professionals who work in the Intensive Care Center of the Antônio Pedro University Hospital and who attend to the ethical aspects of the study. Results and discussion: four categories emerged: Conception on institutionalized death and death; Practice of patient care in the process of death; Aspects of the psycho-affective dimension of the nursing professional; Possibilities and limits of the practice of care and recommendations for professional practice. Death was associated with the religious question and the natural process of life. The professionals also consider that death is part of their daily work, but it is still a taboo. Professionals reported feelings of sadness, loss, gratitude, and respect in providing care to the dying patient. Conclusion: this research revealed that in the researched setting, professionals face death in different ways. It was found that death in the workplace can be considered as the end of suffering for the patient, family and for the nursing professional. Some professionals claim to have difficulties coping with their emotions because they have no emotional preparation to deal with finitude. From the above, the research showed that nursing professionals need to receive psychological support from the institution where they work, and participate in discussion groups in which they can exchange experiences and be free to express their feelings, fears and anguishes experienced in their care practice


La investigación aborda la dimensión psicoafectiva del profesional de enfermería en el cuidado ofrecido al paciente en proceso de muerte. Objetivo general: Conocer el proceso relacional del profesional de enfermería en el cuidado del paciente en proceso de muerte. Objetivos específicos: Identificar la manera de cuidar del paciente en proceso de muerte; analizar las posibilidades de los profesionales y los límites del proceso de cuidar; discutir las implicaciones psicoafectivas de los profesionales que cuidan del paciente en proceso de muerte en la perspectiva del cuidado sensible. Métodos y técnicas: Investigación descriptiva y exploratoria con abordaje cualitativo. Como técnica para recolectar los datos se realizó la entrevista semiestructurada. El análisis fue de contenido del tipo temático. Los participantes de la investigación fueron los profesionales de enfermería que ejercen actividades en el Centro de Terapia Intensiva del Hospital Universitario Antonio Pedro y que atendían a los aspectos éticos del estudio. Resultados y discusión: emergieron cuatro categorías: Concepción sobre la muerte y la muerte institucionalizada; Práctica de los cuidados ofrecidos al paciente en proceso de muerte; Aspectos de la dimensión psicoafectiva del profesional de enfermería; Posibilidades y límites de la práctica del cuidado y recomendaciones para la práctica profesional. La muerte fue asociada a la cuestión religiosa y al proceso natural de vida. Los profesionales también consideran que la muerte hace parte de su cotidiano laboral, pero que todavía es un tabú. Los profesionales relataron sentimientos de tristeza, pérdida, gratitud y respeto al cuidar del paciente en proceso de muerte. Conclusión: Esta investigación reveló que, en el escenario estudiado, los profesionales enfrentan la muerte de diferentes maneras. Se constató que la muerte en el local de trabajo pode ser considerada como el fin del sufrimiento para el paciente, familiar y el profesional de enfermería. Algunos profesionales declararon tener dificultades de lidiar con sus emociones por no tener preparación emocional para lidiar con la finitud. A partir de lo expuesto, la investigación demostró que los profesionales de enfermería necesitan que la institución donde ejercen sus actividades laborales los apoye y necesitan participar en grupos de discusión donde puedan mostrar experiencias y tener libertad para poder expresar sus sentimientos, miedos y angustias vividos en su práctica de cuidado


Assuntos
Morte , Profissionais de Enfermagem , Cuidados de Enfermagem
19.
Rev Rene (Online) ; 19: e33087, jan. - dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-979713

RESUMO

Objetivo: compreender as estratégias de confronto utilizadas pelos enfermeiros para lidar com a morte inesperada em pediatria. Métodos: pesquisa qualitativa com seis profissionais de enfermagem que trabalham em serviços de urgência e cuidados intensivos pediátricos. Procedeu-se a analise de conteúdo. Resultados: dos dados emergiram dois grupos: Estratégias centradas na avaliação da situação em que os profissionais tentam, através de processos racionais, compreender e aceitar a morte inesperada; estratégias centradas na gestão emocional, em que é reconhecido o sofrimento resultante do confronto com a morte inesperada, procurando estratégias de melhor gestão desse confronto. Conclusão: os profissionais sofrem e procuram mecanismos de confronto para gerir o processo de luto com a morte inesperada de criança/adolescente.


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Enfermagem Pediátrica , Morte , Transtornos de Estresse Traumático
20.
Rev Rene (Online) ; 19: e3231, jan. - dez. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883223

RESUMO

Objetivo: determinar os principais fatores de risco para a morte em pacientes com sepse em uma unidade de terapia intensiva. Métodos: trata-se de uma coorte retrospectiva, onde foram incluídos 124 prontuários de pacientes que tiveram diagnóstico clínico e laboratorial de sepse. A probabilidade condicional de morte foi calculada através do método de Kaplan-Meier; o risco de morte foi estimado pela razão de risco, utilizando modelo de regressão de Cox com p<0,050. Resultados: o foco principal da infecção foi o sistema respiratório. Em relação ao desfecho, morreram 40,3% pacientes com sepse, 73,9% com sepse grave e 69,2% com choque séptico. Os pacientes com sepse abdominal e que utilizaram vasopressores apresentaram maior risco de morte. Conclusão: pacientes sépticos com fonte abdominal de infecção e fazendo uso de agentes vasopressores apresentaram maior risco de morte, enquanto que pacientes traqueostomizados tiveram melhores chances de sobreviver. (AU)


Assuntos
Morte , Unidades de Terapia Intensiva , Cuidados de Enfermagem , Fatores de Risco , Sepse
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA