Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 40
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-9], 2020. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096271

RESUMO

Objetivo: analisar a qualidade de vida e identificar doenças autorreferidas em mulheres de apenados. Método: tratase de um estudo quantitativo, descritivo, transversal, com 349 mulheres de apenados em três penitenciárias. Coletaram-se os dados por meio de dois instrumentos. Analisaram-se as informações por meio da estatística descritiva e regressão linear múltipla. Resultados: consideraram-se inadequados os fatores relativos à qualidade de vida, sendo eles físico (42,1%), psicológico (21,2%), relações sociais (49%), meio ambiente (59%) e geral (53,3%). Constatou-se que a qualidade de vida inadequada se manteve associada a outras doenças (34,7%; p<0,054). Conclusão: torna-se necessário investir em ações estratégicas de promoção da saúde nesta população, pois ela é considerada vulnerável, com predisposição a doenças devido a comportamentos de risco e à qualidade de vida inadequada.(AU)


Objective: to analyze the quality of life and identify self-reported diseases in women inmates. Method: this is a quantitative, descriptive, cross-sectional study with 349 women inmates in three prisons. Data was collected by two instruments. Information was analyzed using descriptive statistics and multiple linear regressions. Results: the factors related to quality of life were inadequate, being physical (42.1%), psychological (21.2%), social relations (49%), environment (59%) and general (53, 3%). Inadequate quality of life was found to be associated with other diseases (34.7%; p <0.054). Conclusion: it is necessary to invest in strategic health promotion actions in this population, as it is considered vulnerable, with a predisposition to disease due to risky behaviors and inadequate quality of life.(AU)


Objetivo: analizar la calidad de vida e identificar enfermedades autoinformadas en mujeres de encarcelados. Método: este es un estudio cuantitativo, descriptivo, transversal, con 349 mujeres de encarcelados en tres cárceles. Los datos fueron recolectados por dos instrumentos. Las informaciones se analizaron mediante estadística descriptiva y regresión lineal múltiple. Resultados: los factores relacionados con la calidad de vida fueron inadecuados, siendo físicos (42.1%), psicológicos (21.2%), relaciones sociales (49%), ambiente (59%) y generales (53, 3%). Se comprobó que la calidad de vida inadecuada estaba asociada con otras enfermedades (34.7%; p <0.054). Conclusión: es necesario invertir en acciones estratégicas de promoción de la salud en esta población, ya que se considera vulnerable, con una predisposición a la enfermedad debido a conductas de riesgo y calidad de vida inadecuada.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Prisioneiros , Qualidade de Vida , Mulheres , Doença , Saúde da Mulher , Vulnerabilidade em Saúde , Cuidados de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
2.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 27(4): 182-187, Oct-dic 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087580

RESUMO

En el hospital, el personal de enfermería a diario se encuentra con enfermos con un alto nivel de dependencia y con su cuidador familiar, el llamado paciente invisible, quien modifica su vida cotidiana para responder a las necesidades que el enfermo requiere. Ahora bien, los cuidadores familiares sin capacitación y orientación tienen más riesgo de presentar claudicación familiar; por consiguiente, la enfermera es esencial para la prevención de la claudicación familiar, el contacto directo con el paciente permite realizar intervenciones oportunas que minimicen las repercusiones del cuidado del enfermo en la salud de los cuidadores.


In the hospital, nursing staff daily encounters patients with a high level of dependency from their family caregiver, the so-called the invisible patient, who modifies his daily life to respond to the needs that the patient requires. However, family caregivers, without training and orientation is more likely to present family claudication, therefore, the nurse is essential for the prevention of it. Direct contact with the patient allows timely interventions that minimize the impact of patient care on the health of caregivers.


Assuntos
Humanos , Pacientes , Relações Profissional-Família , Doença , Enfermagem , Cuidadores , Relações Familiares , Pacientes Internados , Recursos Humanos de Enfermagem , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , México
3.
Rev. SOBECC ; 23(4): 189-194, out.-dez.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-967921

RESUMO

Objetivo: Verificar a associação entre a prevalência de sinais e sintomas relacionados à inalação da fumaça cirúrgica e o tempo de atuação desde a formatura dos cirurgiões expostos. Método: Estudo de campo, transversal, descritivo, quantitativo. Os dados foram coletados por uma das pesquisadoras em entrevista individual com 45 cirurgiões, com o auxílio de um instrumento contendo dados sociodemográficos e variáveis referentes aos sinais e sintomas relacionados à inalação da fumaça cirúrgica descritos na literatura. Resultados: A amostra foi composta, em sua maioria, de cirurgiões do sexo masculino, com prevalência da clínica de ginecologia e obstetrícia. Não houve significância estatística entre a associação dos sinais e sintomas relacionados à inalação da fumaça e o tempo de atuação desde a formatura dos cirurgiões expostos (p>0,05). Conclusão: Houve maior prevalência dos sintomas irritação nos olhos e sensação de corpo estranho na garganta entre os cirurgiões com mais de 30 anos na função desde a formatura; 60,0% dos cirurgiões não acreditam que os sintomas estejam relacionados à inalação da fumaça cirúrgica. Recomenda-se, para a minimização dos sinais e sintomas, a instalação de exaustores de fumaça em salas cirúrgicas e o uso da máscara N95 pelos trabalhadores expostos a esse risco


Objective: To determine the association between the prevalence of signs and symptoms related to the inhalation of surgical smoke and time in practice of the exposed surgeons. Method: A cross-sectional, descriptive, quantitative field study was conducted. The data were collected by one of the authors in an individual interview with 45 surgeons, with the aid of an instrument aimed at collecting sociodemographic information and data on variables referring to signs and symptoms related to the inhalation of surgical smoke described in the literature. Results: The sample consisted mostly of male surgeons, mostly from the obstetrics and gynecology clinic. There was no statistical significance between the association of signs and symptoms related to smoke inhalation and time in practice of the exposed surgeons (p>0.05). Conclusion: There was a higher prevalence of eye irritation symptoms and foreign-body sensation in the throat in surgeons with more than 30 years of practice; 60.0% of surgeons did not believe that the symptoms were related to the inhalation of surgical smoke. It is recommended that an exhaust fan be installed in the operating room and that an N95 mask be used by workers exposed to this risk to minimize the signs and symptoms of smoke inhalation.


Objetivo: Determinar la asociación entre la prevalencia de signos y síntomas relacionados con la inhalación de humo quirúrgico y el tiempo en la práctica de los cirujanos expuestos. Método: Se realizó un estudio de campo cuantitativo, descriptivo y de corte transversal. Los datos fueron recopilados por uno de los autores en una entrevista individual con 45 cirujanos, con la ayuda de un instrumento destinado a recopilar información sociodemográfica y datos sobre variables relacionadas con signos y síntomas relacionados con la inhalación de humo quirúrgico descrita en la literatura. Resultados: la muestra estuvo compuesta principalmente por cirujanos varones, principalmente de la clínica de obstetricia y ginecología. No hubo significación estadística entre la asociación de signos y síntomas relacionados con la inhalación de humo y el tiempo en la práctica de los cirujanos expuestos (p>0.05). Conclusión: Hubo una mayor prevalencia de síntomas de irritación ocular y sensación de cuerpo extraño en la garganta en cirujanos con más de 30 años de práctica; El 60,0% de los cirujanos no creía que los síntomas estuvieran relacionados con la inhalación de humo quirúrgico. Se recomienda que se instale un ventilador de extracción en la sala de operaciones y que los trabajadores expuestos a este riesgo utilicen una máscara N95 para minimizar los signos y síntomas de la inhalación de humo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Doença , Cirurgiões , Lesão por Inalação de Fumaça
4.
Rev. enferm. atenção saúde ; 7(1): 116-128, Jan/Jul 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-912688

RESUMO

Objetivo: conhecer a proporção das doenças detectadas por meio dos testes do pezinho realizados em um município do Sul do Brasil. Método: estudo quantitativo, retrospectivo e descritivo, realizado no Centro de Triagem Neonatal de um município do Sul do Brasil. Coletou-se os dados a partir dos registros dos testes do pezinho realizados pelo Sistema Único de Saúde, entre março de 2012 a fevereiro de 2013. Resultados: dos 3256 exames realizados, 104 tiveram valores com padrão alterado, destes 60 tinham hemoglobina compatível com traço falcêmico, quatro eram com diagnóstico de fenilcetonúria e nove possuíam alterações compatíveis com a Fibrose Cística. Conclusão: a doença mais incidente nos exames avaliados, anemia falciforme, relaciona-se com a característica étnica da população negra. Conhecer a proporção das doenças detectadas auxilia na elaboração do diagnóstico precoce no período neonatal, possibilitando a criação de estratégias específicas de atenção à saúde no município do estudo (AU).


Objetivo: conocer la proporción de las enfermedades detectadas por medio de los tests de Guthrie realizados en un municipio del Sur de Brasil. Metodologia: estudio cuantitativo, retrospectivo y descriptivo, realizado en el Centro de Triaje Neonatal de um municipio del Sur de Brasil. Los datos se colectaron a partir de los registros de los tests de Guthrie realizados por el Sistema Único de Salud, entre marzo de 2012 a febrero de 2013. Resultados: de los 3256 exámenes realizados, 104 tuvieron valores con patrón alterado, de estos 60 teníam hemoglobina compatible con trazo falciforme, cuatro eran con diagnóstico de fenilcetonuria y nueve tenían alteraciones compatibles con la Fibrosis Quística. Conclusión: La enfermedad más incidente en los exámenes evaluados, anemia falciforme, se relaciona com la característica étnica de la población negra. Conocer la proporción de las enfermedades detectadas auxilia en la elaboración del diagnóstico precoz en el período neonatal, posibilitando la creación de estrategias específicas de atención a la salud en el municipio del estudio (AU).


Objective: to know the proportion of diseases detected through the foot tests developed in a town in southern Brazil. Method: quantative, retrospective and descriptive study developed in the Neonatal Screening Center from the municipality in sounthern Brazil. Data were collected from records, digitalized, from foot tests done through the Public Health System, from March 2012 to February 2013. Results: of 3256 exams developed, 104 had alterated pattern values, of this 60 tests had hemoglobin compatible with falcemic trace, four were diagnosis of phenylketonuria and nine had compatible alterations with Cystic fibrosis. Conclusion: the most incident disease in evaluated exams, sickle cell anemia, is related to ethinic chacacteristics of Black population. Knowing the proportion of the diseases detected helps in the elaboration of the early diagnosis in the neonatal period, making possible the creation of specific health care strategies in the study municipality (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Doença , Diagnóstico Precoce , Triagem Neonatal , Cuidados de Enfermagem
5.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e7736], jan.-dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915529

RESUMO

Objetivo: analisar as características sociodemográficas e epidemiológicas dos pacientes internados em uma unidade de terapia intensiva (UTI) de adultos de um hospital da Região Sul do Brasil. Método: estudo quantitativo, retrospectivo, do tipo descritivo. Os dados foram coletados diretamente dos prontuários dos 190 pacientes internados no período de julho a novembro de 2012, apresentados em tabelas. Aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal de Santa Catarina, com o Parecer: 155.004. Resultados: população predominante masculina, na faixa etária entre 50 a 59 anos. A maioria (93,1%) é oriunda da microrregião de Itajaí/SC e prevaleceu a procedência do centro cirúrgico (40,3%). As doenças do aparelho circulatório foram as principais causas de internação (26,3%) e óbito (27,1%). A moda de permanência na UTI foi de 0 a 3 dias e as altas e as admissões predominaram no período vespertino. Conclusão: os resultados obtidos são relevantes para o planejamento e execução de ações em unidades de terapia intensiva.


Objective: to analyze the sociodemographic and epidemiological characteristics of patients hospitalized in an adult intensive care unit (ICU) of a hospital in the Southern Region of Brazil. Method: quantitative, retrospective, descriptive study. Data were collected directly from the medical charts of 190 hospitalized patients from July to November 2012, presented in tables. Approved by the Ethics Committee of the Federal University of Santa Catarina, with the Opinion: 155,004. Results: predominant male population, aged between 50 and 59 years. The majority (93.1%) came from the Itajaí / SC micro region and the surgical center (40.3%) prevailed. Diseases of the circulatory system were the main causes and hospitalization (26.3%) and death (27.1%). The mode of stay in the ICU was from 0 to 3 days and admissions and admissions predominated in the evening period. Conclusion: the results obtained are relevant for the planning and execution of actions in intensive care units.


Objetivo: analizar las características sociodemográficas y epidemiológicas de los pacientes internados en una unidad de cuidados intensivos (UCI) para adultos de un hospital de la Región Sur de Brasil. Método: estudio cuantitativo, retrospectivo, de tipo descriptivo. Los datos fueron recolectados directamente de los registros de los 190 pacientes internados en el período de julio a noviembre de 2012, presentados en tablas. Fue aprobado por el Comité de Ética de la Universidad Federal de Santa Catarina, dictamen: 155.004. Resultados: población predominante masculina, en el grupo de edad entre 50 y 59 años. La mayoría (93,1%) tiene origen en la microrregión de Itajaí / SC y predominó la procedencia del centro quirúrgico (40,3%). Las enfermedades del aparato circulatorio fueron las principales causas de internación (26,3%) y óbito (27,1%). El tiempo de permanencia en la UCI fue de 0 a 3 días y las altas y las admisiones predominaron en el período vespertino. Conclusión: los resultados obtenidos son relevantes para la planificación y ejecución de acciones en unidades de cuidados intensivos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Epidemiologia Descritiva , Enfermagem , Unidades de Terapia Intensiva , Pacientes , Doença
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 1822-1827, maio 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031669

RESUMO

Objetivo: retratar a percepção dos conceitos de saúde e doença significados por adolescentes queparticiparam do projeto de extensão Saúde Lúdica. Método: estudo descritivo-exploratório, com abordagemqualitativa, realizado com 10 adolescentes que participaram, no mínimo, dois anos das atividades do referidoprojeto. A coleta de dados foi realizada em duas etapas: na primeira, os adolescentes foram convidados afotografar imagens que remetessem às suas impressões de “saúde” e “doença”, e na segunda etapa, elesparticiparam de um grupo focal sobre a temática em estudo. Para a análise dos dados, foi utilizada a Técnicada Análise Temática. Resultados: os participantes apresentaram uma significação ampla dos conceitos desaúde e doença, aproximando-se da interpretação indissociável do processo saúde-doença e relacionando taisconceitos às vivências no projeto Saúde Lúdica. Conclusão: os adolescentes conseguem ampliar seus olharespara a significação de saúde e doença, de maneira que se aproximam de conceitos e ações de promoção dasaúde, em busca de uma melhor qualidade de vida.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adolescente , Doença , Educação em Saúde , Percepção , Promoção da Saúde , Epidemiologia Descritiva , Qualidade de Vida , Saúde do Adolescente
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(2): 608-614, fev. 2016. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031548

RESUMO

Objetivo:identificar os medicamentos impróprios, consumidos por pessoas idosas residentes em uma Instituição de Longa Permanência, tendo por base o primeiro critério de Beers-Fick. Método:estudo transversal, descritivo, com abordagem quantitativa, que utilizou dados secundários. Foram sujeitos do estudo 39 pessoas idosas residentes na instituição que faziam uso de medicamentos. O período de coleta de dados foi no primeiro semestre de 2006. Os dados foram tabulados e processados em banco de dados eletrônico e tratados pelaestatística descritiva. Os medicamentos foram identificados como impróprios às pessoas idosas a partir do primeiro critério estabelecido por Beers-Fick.Resultados:14,7% dos medicamentos utilizados pelas pessoas idosas foram considerados impróprios: diclofenaco, digoxina, clorpropramida, amiodarona, diazepam, lorazepam, amitriptilina, tioridazida, metildopa, óleo mineral, nitrofurantoína e fluoxetina.Conclusão:espera-se sensibilizar os profissionais da saúde, em especial o enfermeiro, a promover o uso racional e cuidadoso de medicamentos para as pessoas idosas institucionalizadas


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Uso de Medicamentos , Doença , Enfermagem , Estudos Transversais , Lista de Medicamentos Potencialmente Inapropriados
8.
Enferm. foco (Brasília) ; 6(1/4): 72-76, 2015. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028229

RESUMO

Objetivo: conhecer a relação entre a percepção do processo saúde-doença com as demandas de cuidados de saúde em comunidades rurais do distrito de Chimbote. Trata-se de uma pesquisa quantitativa que utilizou um survey para a coleta de dados. A população foi composta por 88 moradores. O risco relativo (OddsRatio) e qui-quadrado (x2) foram utilizados para analisar as relações entre percepção e demanda de da procura de cuidados. Resultados: A maioria tem uma percepção biológica do processo saúde-doença (59,1%), seguida da ecológica (35,2%) e histórico-social (5,7%). Prevalece uma demanda de cuidado clínico-assistencial (49,9%), autocuidado (38,6%) e espiritual (20,5%). A percepção do processo saúde-doença se relacionasignificativamente com as demandas de cuidados de saúde (p = 0,0245), existindo 3 vezes maior risco que os moradores exijam um cuidado clínico se sua percepção é biológico (OR = 3.2) .Os moradores percebem o processo saúde-doença como produto de variáveis biológicas, ecológicas e históricas, conduzindo-os a práticas de saúde alternativa e saúde tradicional.


This motivated to realize the investigation with the aim to know the relation between perception of the process health - disease with the demands of care of the health in the rural communities of Chimbote district. The population was shaped by 88 settlers. For the compilation of information the technology of survey was in use. The relative risk (Odd Ratio) and chi squared (x2) they were in use for the analysis of relations between perception and demand of the care. Results: The majority has a biological perception of the process health - disease (59.1 %), followed by the ecological one (35.2 %) and, historically socially (5.7 %). There prevails a demand of clinical welfare care (49.9 %), autoattention (38.6 %) and, the spiritual thing 20.5 %. The perception of the process health - disease relates significantly to the demands of care of the health (p=0,0245), and there exists 3 times more risk than the settlers demand a clinical welfare care if the perception is biological (OR=3.2). The settlers perceive the process health - disease as product and historical of biological, ecological social variables, carrying them to practices of the alternative health and the traditional health.


Objetivo de conocer la relación entre percepción del proceso salud-enfermedad con las demandas de cuidado de la salud en las comunidades rurales del distrito de Chimbote. La población estuvo conformada por 88 pobladores. Para la recolección de datos se utilizó la técnica de encuesta. El riesgo relativo (Odd Ratio) y chi cuadrada (x2) se utilizaron para el análisis de relaciones entre percepción y demanda del cuidado. Resultados: La mayoría tiene una percepción biológica del proceso salud-enfermedad (59.1%), seguido de la ecológica (35.2%) e, histórico social (5.7%). Prevalece una demanda de cuidado clínico asistencial (49.9%), autoatención (38.6%) y, lo espiritual 20.5%. La percepción del proceso salud-enfermedad se relaciona significativamente con las demandas de cuidado de la salud (p=0,0245), y existe 3 veces más riesgo que los pobladores demanden un cuidado clínicoasistencial si la percepción es biológica (OR=3.2). Los pobladores perciben el proceso salud-enfermedad como producto de variables biológicas, ecológicas e histórico sociales, conllevándoles a prácticas de la salud alternativa y la salud tradicional.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Recém-Nascido , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atenção à Saúde , Doença , Pacientes , População Rural
9.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(2): 397-403, abr. 2011.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-589160

RESUMO

Este estudo teve como objetivos identificar temas predominantes sobre religião, doença e morte nas histórias de vida de famílias e examinar a relação entre as crenças religiosas, doença e morte na narrativa de famílias que conviveram com um familiar doente. Utilizamos como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e como referencial metodológico a História Oral. Participaram do estudo dezessete famílias de nove religiões diferentes que vivenciaram a experiência de doença e morte de algum familiar. Por meio da análise dos dados, foi possível compreender que a religiosidade é parte relevante da vida de muitas famílias e não pode ser negligenciada no contexto da doença. Os resultados apontam para a importância de se compreender o significado da religião para a família no processo saúde doença, a fim de que o enfermeiro possa atuar na prevenção e promoção da saúde.


The objectives of this study were to identify predominant themes in religion, illness and death in the life histories of families and examine the relationship between religion creeds, illness and death in the discourse of families that have an ill person. The theoretical framework used in this study was Symbolic Interactionism and the method was Oral History. Participants were seventeen families with nine different religions, who had experienced the death of a relative. Data analysis showed that following a religion is a relevant part of the lives of many families and cannot be neglected in the illness context. Results point to the importance of understanding the meaning that religion has to the families in the health-disease process, so nurses can work on the promotion of health.


Este estudio tuvo como objetivos identificar temas predominantes sobre religión, enfermedad y muerte en las historias de vida de familias y examinar la relación entre las creencias religiosas, enfermedad y muerte en la narrativa de familias que convivieron con un familiar enfermo. Utilizamos como referencial teórico el Intencionalismo Simbólico, y como referencial metodológico la Historia Oral. Participaron del estudio diecisiete familias de nueve religiones diferentes que vivieron la experiencia de enfermedad y muerte de algún familiar. Mediante el análisis de los datos, fue posible comprender que la religiosidad es parte relevante de la vida de muchas familias y no puede ser obviada en el contexto de la enfermedad. Los resultados determinan la importancia de entender el significado de la religión para la familia en el proceso de salud-enfermedad, a efectos de que el enfermero pueda actuar en la prevención y promoción de la salud.


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Doença , Família , Religião , Tanatologia
10.
Rev. latinoam. enferm ; 18(3): 459-466, May-June 2010.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-554478

RESUMO

This article presents a reflection as to how notions and behavior related to the processes of health and illness are an integral part of the culture of the social group in which they occur. It is argued that medical and health care systems are cultural systems consonant with the groups and social realities that produce them. Such a comprehension is fundamental for the health care professional training.


O objetivo deste artigo foi apresentar uma reflexão de como as noções e comportamentos ligados aos processos de saúde e de doença integram a cultura de grupos sociais onde os mesmos ocorrem. Argumenta-se que os sistemas médicos de atenção à saúde, assim como as respostas dadas às doenças, são sistemas culturais, consonantes com os grupos e realidades sociais que os produzem. A compreensão dessa relação se mostra fundamental para a formação do profissional da saúde.


Este artículo presenta una reflexión acerca de como las nociones y comportamientos asociados a los procesos de salud y enfermedad están integrados a la cultura de los grupos sociales en los que estos procesos ocurren. Se argumenta que los sistemas médicos de atención a la salud, así como las respuestas dadas a la enfermedad son sistemas culturales que están en consonancia con los grupos y las realidades sociales que los producen. Comprender esta relación es crucial para la formación de profesionales en el área de la salud.


Assuntos
Antropologia Cultural , Doença , Saúde , Ciência , Sociologia
11.
Rev. latinoam. enferm ; 18(2): 156-162, Mar.-Apr. 2010.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-550151

RESUMO

This qualitative study aimed to get to know the relationship between the experiences of families of children with a life-threatening disease and their religion, illness and life histories. The methodological framework was based on Oral History. The data were collected through interviews and the participants were nine families from six different religions who had lived the experience of having a child with a life-threatening disease. The interviews, held with one or two family members, were transcribed, textualized and, through their analysis, the Vital Tone was elaborated, representing the moral synthesis of each narrative. Three dimensions of spirituality were related to illness and death in their life histories: a Higher Being with a healing power; Development and Maintenance of a Connection with God and Faith Encouraging Optimism. The narratives demonstrated the family's search to attribute meanings to their experiences, based on their religious beliefs.


Trata-se de pesquisa qualitativa com o objetivo de conhecer a relação entre as experiências de famílias de crianças que vivenciaram uma doença grave com a sua religião, doença e suas histórias de vida. O referencial metodológico usado foi a História Oral. Participaram deste estudo nove famílias de seis diferentes religiões, as quais já vivenciaram a experiência de ter uma criança gravemente doente. As entrevistas, realizadas com um ou dois membros da família da criança, foram transcritas, textualizadas e, a partir de sua análise, elaborado o Tom Vital que representa a síntese moral da narrativa. Três dimensões da religiosidade/espiritualidade foram relacionadas à doença e morte em suas histórias de vida: Ser Superior com Poder de Cura; Desenvolvimento e Manutenção de uma Conexão com Deus e a Fé Encorajando o Otimismo. As narrativas evidenciaram a busca da família por atribuir significados às experiências vivenciadas, a partir de suas crenças religiosas.


Se trata de una investigación cualitativa con el objetivo de conocer la relación entre las experiencias de familias, con niños que tenían una enfermedad grave, con religión, enfermedad, e historias de sus vidas. El marco metodológico usado fue la Historia Oral. Participaron de este estudio nueve familias practicantes de seis religiones diferentes, las cuales pasaron por la experiencia de tener un niño gravemente enfermo. Las entrevistas, realizadas con uno o dos miembros de la familia del niño, fueron transcritas, textualizadas y, a partir de su análisis, fue elaborado el Tono Vital que representa la síntesis moral de la narración. Tres dimensiones de la religiosidad/espiritualidad fueron relacionadas a la enfermedad y muerte en sus historias de vida: un Ser Superior con Poder de Cura; el Desarrollo y Manutención de una Conexión con Dios y la Fe Incentivando el Optimismo. Las narraciones evidenciaron la búsqueda de la familia, partiendo de sus creencias religiosas, por significados que pudiesen ser atribuidos a las experiencias de sus vivencias.


Assuntos
Criança , Humanos , Doença , Família/psicologia , Religião , Tanatologia , Índice de Gravidade de Doença
12.
Rev. enferm. UFPE on line ; 4(2): 900-905, 20100300.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032906

RESUMO

Objetivo: efetuar uma correlação crítico-histórica-axiológica entre os aspectos conceituais da integralidade, como um princípio, e os cuidados de enfermagem a neonatos prematuros internados em unidades de terapia intensiva neonatal (UTIN), de forma a garantir a estes uma assistência integral e humanizada. Metodologia: estudo exploratório operacionalizado por meio uma pesquisa bibliográfica, culminando com uma reflexão ontognoseológica ou crítico-histórica-axiológica e dialética, que pressupõe uma correlação subjetivo-objetiva no ato cognoscitivo. Resultados: o princípio da Integralidade indica que nos cuidados de enfermagem a bebês prematuros internados em UTINS se leve em conta, além do conhecimento anátomo-fisiológico sobre a doença, outras carências de diferentes naturezas que aqueles, como Seres complexos, apresentem, para a conseqüente prática de uma boa medicina. Conclusão: os significados histórico-axiológicos do princípio da Integralidade se revelaram como essenciais na assistência da enfermagem a neonatos prematuros internados em UTIN, revelando-se como de fundamental interesse e, portanto, como um valor para a saúde de tais entes


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Recém-Nascido , Cuidados de Enfermagem , Recém-Nascido , Terapia Intensiva Neonatal/tendências , Doença , Hospitalização , Quartos de Pacientes , Recém-Nascido Prematuro
13.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 43(3): 684-689, set. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-526965

RESUMO

Trata-se de reflexão acerca da tecnologia e da humanização do cuidado ao recém-nascido, tendo como preceito teórico o processo saúde-doença. São estabelecidos alguns paralelos entre as concepções de saúde e de doença, e suas influências em nosso modelo de agir e pensar nos espaços da assistência, como sujeitos do cuidado neonatal. O método mãe-canguru é apresentado como tecnologia relacional, que propõe o acolhimento da unidade família-bebê na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, valorizando as vivências e necessidades primordiais de afetividade e compreensão.


This article reflects on technology and humanization in care of newborns, having as theoretical premise the health-illness process. Some parallels are established among the several conceptions of health and illness, and their influences in the way we behave and think about the care spaces as subjects of the neonatal care. The Kangaroo Mother Care is presented as a relational technology that proposes to shelter the family-baby unity in the Neonatal Intensive Care Unit, valuing experiences and major needs of affection and comprehension.


Se trata de reflexión acerca de la tecnología y de la humanización del cuidado al recién nacido, teniendo como marco teórico el proceso salud enfermedad. Son establecidos algunos paralelos entre las concepciones de salud y de enfermedad y sus influencias en nuestro modelo de actuar y pensar en los espacios de la asistencia, como sujetos del cuidado neonatal. El método madre canguro es presentado como tecnología relacional que propone el acogimiento de la unidad familia bebé en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal, valorizando las vivencias y necesidades primordiales de afectividad y comprensión.


Assuntos
Humanos , Recém-Nascido , Humanismo , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Enfermagem Neonatal , Doença , Saúde , Tecnologia
15.
Rev. enferm. UERJ ; 17(1)jan.-mar. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-513371

RESUMO

O presente artigo busca compreender como são abordados os conceitos e as idéias relacionados à saúde e à doença desenvolvidos hoje e ao longo da história, fundamentados na perspectiva epidemiológica e antropológica, através de um estudo de revisão baseado na bibliografia disponível. O modelo biomédico ainda é predominante e os profissionais da saúde precisam superar esse modelo de assistência à saúde centrado na doença, voltado para o diagnóstico e a terapêutica, o tecnicismo e as relações impessoais. É necessário investir em novo modelo de atenção focalizado na promoção da saúde. A grande questão atual é promover a saúde, fortalecer a autonomia dos sujeitos, com respeito às diferenças, potencializando as capacidades individuais, sociais e coletivas, levando em conta o contexto real em que as pessoas vivem, trabalham e fazem a vida acontecer. É preciso também rever a formação dos profissionais da área, preparando-os para esse novo modelo de atenção à saúde.


This article aims at understanding health and disease-related concepts from a historical standpoint under an epidemiological and anthropological perspective, through a revision of available literature. The biomedical model is still predominant, and health professionals must overcome disease-focused health care, exclusively concerned with diagnosis, therapy, techniques, and impersonal relationships. One must invest in a new model of care focused on health promotion. The great issue today is to promote health, strengthen the autonomy of subjects, with respect for differences, empowering individual, social, and collective capacities, and taking into account the context in which people live, work, and make life happen. We must also rethink the education of health professionals, preparing them for this new model of health care.


Este artículo busca comprender como son abordados los conceptos y las ideas relacionadas a la salud y a la enfermedad desarrollados hoy y a lo largo de la historia, fundamentados en la perspectiva antropológica y epidemiológica, a través de un estudio de revisión, basado en la bibliografía disponible. El modelo biomédico todavía es predominante y los profesionales de la salud necesitan superar ese modelo de asistencia a la salud centrado en la enfermedad y orientado hacía el diagnóstico y la terapéutica, el tecnicismo y las relaciones impersonales. Es necesario invertir en un nuevo modelo de atención focalizado en la promoción de la salud. El gran asunto actual es promover la salud, fortalecer la autonomía de los sujetos, con respecto a las diferencias, potencializando las capacidades individuales, sociales y colectivas, llevando en cuenta el contexto real en que las personas viven, trabajan y hacen la vida acontecer. Es preciso también rever la formación de los profesionales de la salud, preparándolos para eso nuevo modelo de atención a la salud.


Assuntos
Doença/etnologia , Saúde , Fatores Antropológicos , Fatores Epidemiológicos
16.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(3): 295-303, jul.-set. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-532657

RESUMO

As representações das camadas populares sobre a saúde/doença muitas vezes são diferentes das concepções que os profissionais de saúde possuem e é fundamental conhecê-las para uma maior efetividade das intervenções. O objetivo do trabalho é conhecer a representações de saúde construídas socialmente por mulheres portadoras de diabetes tipo 2. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório e os participantes foram selecionados em uma Unidade Básica de Saúde do município de Ribeirão Preto, compondo uma amostra de conveniência. A coleta de dados ocorreu no mês de janeiro de 2003. Os dados foram analisados mediante análise temática de conteúdo. Os dados evidenciaram um predomínio de representações de saúde intimamente associadas à capacidade de trabalhar. Para as camadas populares, estar doente significa perder o único recurso que possui para sobreviver, o próprio corpo. A saúde garante o trabalho e este, por sua vez, permite satisfazer algumas necessidades básicas como alimentação e moradia. Para algumas entrevistadas, a dor impede o trabalho e então há uma associação entre dor e doença. Os depoimentos mostraram uma ausência de sintomas quando a glicemia está elevada e uma dificuldade em compreender os sinais emitidos pelo próprio corpo. A atenção ao corpo, muitas vezes, é dada somente quando há sintomas que dificultam a execução das tarefas diárias. Freqüentemente, a ausência de sintomas está associada à saúde e, assim, muitos pacientes não seguem o tratamento por se sentirem saudáveis. É necessário buscar uma compreensão das representações das camadas populares sobre a saúde/doença, pois, assim é possível um maior entendimento das atitudes e práticas adotadas, permitindo uma maior efetividade das intervenções.


Health/illness representations held by lay people are frequently different from conceptions held by health professionalsand it is essential to know these conceptions for more effective interventions. This study aimed to know health representations socially constructed by women with type 2 diabetes. This is a descriptive and exploratory study whoseparticipants were selected from a Basic Health Unit in Ribeirão Preto, SP, Brazil, composing a convenience sample.Data were collected in January 2003 and analyzed through thematic content analysis. Results evidenced thepredominance of health representations closely associated to the capacity to work. For the low strata of society, beingsick means losing the only resource they have to survive, their own body. Health guarantees work, which in turn, allowssatisfying some basic needs, such as eating and housing. For some women interviewed, pain hinders work, thus, there is an association between pain and illness. The reports showed an absence of symptoms when glycemia is elevatedand a difficulty in understanding signals emitted by their own body. Self care is, many times, provided only when thereare symptoms impairing the execution of daily tasks. The absence of symptoms is frequently associated with health;consequently, many patients do not follow the recommended treatment if they are asymptomatic. Knowledge regarding the low strata representations on health/illness is necessary to acquire a better understanding of practices and attitudes adopted, in order to improve the effectiveness of interventions.


Las representaciones de las camadas populares sobre salud/enfermedad son muchas veces diferentes de losconceptos de los profesionales de salud tienen y es fundamental conocerlas para se lograr una mayor efectividaden las intervenciones. Lo objetivo de este trabajo es conocer las representaciones de salud socialmente construidas por mujeres con diabetes tipo 2. Trata-se de un estudio descriptivo e exploratorio y los participantes fueran seleccionados en una Centro de Atención Primaria en Salud de la municipalidad de Ribeirao Preto, siendo una muestra de conveniencia. Los datos fueron recogidos en Enero de 2003 y fueron analizados mediante analicetematica de contenido. Los resultados evidenciaron un predominio de representaciones de salud intimamenteasociadas a la capacidad de trabajar. Para las camadas populares, estar enfermo significa perder lo unico recursoque tiene para sobrevivir, su propio cuerpo. La salud garantiza lo trabajo y este, por su vez, permite satisfaceralgunas necesidades fundamentales, como alimentación y habitación. Para algunas entrevistadas, el dolor impide lotrabajo e entonces ha una asociación entre dolor y enfermedad. Los relatos mostraron una ausencia de síntomascuando la glucemia esta elevada e una dificultad en comprender los señales emitidos por su propio cuerpo. Laatención a lo cuerpo, muchas veces e dada solamente cuando hay síntomas que dificultan la ejecución de lastareas diarias. Frecuentemente, la ausencia de síntomas esta asociada a la salud y muchos pacientes non sieguenlas recomendaciones de tratamiento por si sentir bien. Es necesario la busca de una comprensión de lasrepresentaciones de las camadas populares sobre salud/enfermedad, para se lograr un mayor entendimiento de las actitudes e practicas existentes, permitiendo una mayor efectividad de las intervenciones.


Assuntos
Diabetes Mellitus , Doença , Educação em Saúde , Saúde
17.
REME rev. min. enferm ; 12(2): 201-206, abr.-jun. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-525478

RESUMO

Neste estudo, buscou-se compreender o que o estudante de enfermagem entende sobre sofrimento na situação de doença e como ele experencia esse tema em seu processo de formação...


Assuntos
Humanos , Doença , Dor/enfermagem , Estudantes de Enfermagem/psicologia , Educação em Enfermagem , Pesquisa Qualitativa , Inquéritos e Questionários , Relações Enfermeiro-Paciente
18.
REME rev. min. enferm ; 12(2): 257-261, abr.-jun. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-525486

RESUMO

Um referencial teórico constitui o universo de princípios, categorias e conceitos, formando um conjunto coerente, no qual a pesquisa se fundamenta e se desenvolve. A teoria de sistemas familiares como referencial teórico de pesquisas em enfermagem possibilita a ampliação do corpo de conhecimento da área de enfermagem da família. Neste artigo, tecem-se algumas considerações e reflexões sobre a utilização e as contribuições da teoria de sistemas familiares como referencial para pesquisas com família especialmente em situações de doença e morte. São apresentados os principais conceitos e pressupostos orientadores, bem como a aplicabilidade deles em pesquisas na área da enfermagem da família. Partindo da perspectiva de enfermagem de sistemas familiares, o cliente passa a ser o sistema familiar, isto é, a família torna-se a unidade do cuidado e da pesquisa.


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Enfermagem Familiar , Família/psicologia , Pesquisa em Enfermagem , Doença , Morte , Teoria de Enfermagem
19.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 42(2): 363-370, jun. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-486535

RESUMO

Este trabalho faz uma reflexão entre a percepção do cuidar pelo profissional de enfermagem e a relação do significado dado ao termo Cuidar, que é um instrumento norteador da qualidade da assistência. Questiona o nível de profundidade do significado que essa palavra pode assumir, identificando sua presença em todos os processos do Universo e na história mitológica do ser humano. Propõe que o cuidar é a Lei que permite a manifestação dos potenciais de organização numa certa direção de estabilidade dinâmica, manifestos na matéria, até a promoção e estabelecimento da saúde e do bem-estar. Concluiu-se, afirmando que a Lei do Cuidar pode ser entendida como um conjunto de forças que permitem o prolongamento ou abreviamento de certo grau de organização, que pode ser expresso em diversos níveis.


This paper is a reflection on the perception of care nursing professionals have and the meaning given to the term, which is a tool for directing the quality of the assistance. It questions the level of depth that this word may have, identifying its presence in all processes of the Universe and throughout mankind's mythological history. It proposes that caring is the law that makes possible the manifestation of the organization potential in a given direction of dynamic stability, seen in matter, which unfolds into the promotion and establishment of health and well-being. It concludes by stating that the Law of Care may be understood as a set of forces that make possible the extension or abbreviation of a given degree of organization that may be expressed in different levels


En este trabajo se hace una reflexión entre la percepción del cuidar por el profesional de enfermería y la relación del significado dado al término Cuidar, que es un instrumento norteador de la calidad de la asistencia. Cuestiona el nivel de profundidad del significado que esa palabra puede asumir, identificando su presencia en todos los procesos del Universo y en la historia mitológica del ser humano. Propone que el cuidar es la Ley que permite la manifestación de los potenciales de organización en una determinada dirección de estabilidad dinámica, manifestados en la materia, hasta la promoción y el establecimiento de la salud y del bienestar. Se concluye con la afirmación de que la Ley del Cuidar puede ser entendida como un conjunto de fuerzas que permiten la prolongación o brevedad de cierto grado de organización, que puede ser expresado en diversos niveles.


Assuntos
Enfermagem , Filosofia em Enfermagem , Doença , Saúde
20.
Rev. bras. enferm ; 60(1): 42-48, jan.-fev. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-512476

RESUMO

Objetivo: conhecer mitos e tabus relativos à maternidade e suas implicações no processo saúde/doença. Método: pesquisa desenvolvida na abordagem qualitativa, no ambiente natural, com mulheres de classes populares que vivenciaram a maternidade. A seleção dos sujeitos foi intencional e a coleta de dados realizada por meio de entrevistas e observação participante durante a prestação de cuidados à saúde dessas mulheres. A análise dos dados seguiu a orientação da análise de conteúdo. Constatou-se que o tema em estudo permeia, como uma ideologia, o viver das mulheres. Mitos e tabus são relacionados à saúde/doença: higiene no pós-parto; proteção da integridade do recém-nascido; menstruação; alternativas para solucionar problemas de saúde; questões de gênero: condutas que seguem para evitar tornarem-se "mulheres fáceis". Há elementos que traduzem os valores culturais do cotidiano das mulheres e a necessidade da junção entre o conhecimento científico e as práticas populares.


Objective: To learn about myths and taboos related with motherhood and their implications in the health/disease process. Method: Study carried out using a qualitative approach, in a natural setting, with women of poor classes who experienced motherhood. The selection of subjects was performed intentionally, and data collection was made by means of semi-structured interviews and participant observation at the moment those women were given healthcare attention. Data analysis followed the content analysis. Results: The topic under study permeates, as an ideology, the women´s lives. The myths and taboos are related to health/disease: postpartum hygiene; protection of the newborn´s integrity; menses; alternatives for a solution of health problems; and gender issues, the conducts the women follow to avoid becoming "saucy" being evidenced. In the research, it was possible to capture elements that translate the cultural values of the women´s daily lives and the need for associating scientific knowledge with popular practices.


Objetivo: Conocer mitos y tabúes relativos a la maternidad y sus implicaciones en el proceso salud/enfermedad. Método: Investigación desarrollada en el abordaje cualitativo, en el ambiente natural, con mujeres de clases sociales populares que experimentaron la maternidad. La selección de los sujetos fue intencional y la recolección de datos realizada por medio de entrevistas y observación participante durante la prestación de atención a la salud de estas mujeres. El análisis de los datos siguió la orientación del análisis de contenidos. Resultados: se constató que el tema en estudio penetra, como una ideología, en el vivir de las mujeres. Mitos y tabúes son relacionados a la salud/enfermedad: higiene en el pos-parto; protección de la integridad del recién-nacido; menstruo; alternativas para solucionar problemas de salud; cuestiones de género; conductas que siguen para evitar que se quedan "mujeres fáciles". Hay elementos que traducen los valores culturales del cotidiano de las mujeres y la necesidad de la combinación del conocimiento científico con las prácticas populares.


Assuntos
Feminino , Humanos , Doença , Saúde , Mães/psicologia , Gravidez/psicologia , Tabu , Entrevistas como Assunto
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA