Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Assunto principal
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. mex. enferm. cardiol ; 23(3): 137-140, sep-dic. 2015. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1035509

RESUMO

El aumento de la presión dentro de la cavidad abdominal se asocia a múltiples alteraciones fisiopatológicas, con una importante repercusión en aparatos y sistemas originando disfunción orgánica múltiple, lo que conlleva a un incremento en la morbimortalidad en pacientes en estado crítico, la medición de presión intraabdominal es un procedimiento que se está realizando con mayor frecuencia en las Unidades de Cuidados Intensivos, en donde los profesionales de enfermería tienen un papel muy importante en la toma e identificación de posibles complicaciones que ponen en riesgo la vida del paciente. La siguiente revisión tiene la finalidad de difundir el conocimiento y dar a conocer la importancia e intervenciones de enfermería en la medición de la presión intraabdominal.


The increase in the pressure inside the abdominal cavity is associated with multiple pathophysiological changes, with a significant impact in systems causing multiple organic dysfunction, leading to increased the morbidity and mortality in critically ill patients, the measurement of intra-abdominal pressure is a procedure that is being performed more frequently in the intensive care units, where nurses have an important role in taking and identifying possible complications that endanger the patient’s life. The following review has the purpose of disseminate knowledge and explain the importance and the nursing interventions in measuring intra-abdominal pressure.


Assuntos
Humanos , Abdome Agudo/classificação , Abdome Agudo/enfermagem , Abdome Agudo/etiologia , Abdome Agudo/fisiopatologia , Abdome Agudo/patologia , Abdome Agudo/prevenção & controle , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/classificação , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/enfermagem , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/fisiopatologia , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/patologia , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/prevenção & controle , Insuficiência de Múltiplos Órgãos/sangue
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 2(2): 165-171, abr.-jun. 2008. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032610

RESUMO

Abdome agudo refere-se a uma afecção não traumática, localizada nas vísceras da cavidade abdominal, e classifica-se emcinco síndromes, nomeadas de: inflamatória, perfurativa, obstrutiva, hemorrágica e vascular. Os sinais e sintomas são: dorabdominal que se instala de forma súbita e rápida, vômito, febre, interrupção da eliminação de gases e fezes. O objetivoda pesquisa foi identificar as síndromes e as causas de cirurgias decorrentes do quadro de abdome agudo em pacientesinternados e submetidos a uma intervenção cirúrgica em um Hospital Geral de Taubaté - SP. A pesquisa foi do tiporetrospectiva, documental, descritiva e quantitativa, no período de 2004 a 2006. Os resultados mostraram que, dos 91(100%) casos estudados, o sexo masculino predominou em 55 (60,44%); as cirurgias ocorreram mais na faixa etária de 40-49anos de idade, em 16 (17,58%); dentre os sinais e sintomas, a dor abdominal esteve presente em 100%, e o vômito, em 41(29,50%); a causa cirúrgica de maior incidência foi a apendicite aguda, em 45 (49,45%); a síndrome predominante foi ainflamatória, em 49 (53,85%), a perfurativa apareceu em 23 (25.27%), a obstrutiva em 18 (19,78%),e a vascular, em 1(1,10 %) dos casos; a causa de morte mais frequente foi o choque séptico, em 10 (38,46%); a mortalidade prevaleceu nafaixa etária entre 80 e 89 anos de idade, em 5 (45,46%), com síndrome perfurativa em 6 (54,55%). Concluiu-se que asíndrome inflamatória foi predominante e que a apendicite foi a causa mais freqüente de cirurgia.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Abdome Agudo , Abdome Agudo/cirurgia , Abdome Agudo/classificação , Abdome Agudo/mortalidade , Epidemiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA