Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(5): 1270-1277, maio 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024275

RESUMO

Objetivo: traçar o perfil de crianças submetidas a tratamento cirúrgico de fratura de antebraço. Método: trata-se de estudo quantitativo, descritivo, transversal. Estudaram-se 20 crianças de 0 a 11 anos. Coletaramse os dados diariamente, por meio de acompanhamento dos casos e aplicação de questionários. Exerceram-se, após a tabulação dos dados coletados, funções de análises estatísticas, descritiva e inferencial, com os resultados apresentados em tópicos, com números e/ou porcentagens em forma de tabelas e figura. Resultados: resultaram-se da pesquisa 13 pacientes, sendo a maioria do sexo masculino, entre sete a oito anos, sendo que o período com maior incidência de eventos foi o vespertino; 61,54% das ocorrências aconteceram durante atividades de lazer; as crianças estavam desacompanhadas, em sua maioria, e o antebraço esquerdo foi o mais acometido (53,85%). Conclusão: revela-se que as fraturas de antebraço na criança ocorrem, em sua maioria, com os meninos entre sete e oito anos, no período da tarde, durante atividades de lazer e não estando acompanhados. Torna-se o conhecimento desses dados fundamental para aperfeiçoar o processo de cuidar, com estratégias de prevenção e promoção à saúde que atendam às particularidades dessa população.(AU)


Objective: to trace the profile of children submitted to surgical treatment of forearm fracture. Method: this is a quantitative, descriptive, cross-sectional study. Twenty children from zero to 11 years old were studied. The data were collected daily, through case follow-up and questionnaires. After the tabulation of the collected data, statistical, descriptive and inferential analysis functions were performed, with results presented in topics, with numbers and / or percentages in the form of tables and figures. Results: 13 patients were studied, the majority being male, between seven and eight years, and the period with the highest incidence of events was the evening; 61.54% of occurrences occurred during leisure activities; the children were mostly unaccompanied, and the left forearm was the most affected (53.85%). Conclusion: it is revealed that forearm fractures in children occur mostly with boys between the ages of seven and eight years, during the afternoon, during leisure activities and not being accompanied. It becomes the knowledge of these data fundamental to improve the process of caring, with strategies of prevention and health promotion that meet the peculiarities of this population.(AU)


Objetivo: trazar el perfil de niños sometidos a tratamiento quirúrgico de fractura del antebrazo. Método: se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, transversal. Se estudiaron 20 niños de 0 a 11 años. Se recolectaron los datos diariamente, por medio de seguimiento de los casos y aplicación de cuestionarios. Se realizaron, después de la tabulación de los datos recolectados, funciones de análisis estadístico, descriptivo e inferencial, con los resultados presentados en tópicos, con números y / o porcentajes en forma de tablas y figura. Resultados: resultaron de la investigación 13 pacientes, siendo la mayoría del sexo masculino, entre siete a ocho años, siendo que el período con mayor incidencia de eventos fue el vespertino; El 61,54% de las ocurrencias ocurrieron durante actividades de ocio; los niños estaban desacompañados, en su mayoría, y el antebrazo izquierdo fue el más afectado (53,85%). Conclusión: se revela que las fracturas de antebrazo en el niño ocurren, en su mayoría, con los niños entre siete y ocho años, durante la tarde, durante actividades de ocio y no estando acompañados. Se convierte en el conocimiento de estos datos fundamental para perfeccionar el proceso de cuidar, con estrategias de prevención y promoción a la salud que atiendan a las particularidades de esa población.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Perfil de Saúde , Criança , Saúde da Criança , Traumatismos do Antebraço , Traumatismos do Antebraço/cirurgia , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA