Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2012. 113 p. ilus, tab, graf, mapas.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-689381

RESUMO

As doenças cardiovasculares constituem o mais importante grupo de causas de morte no país e dentre essas, destacam-se as isquêmicas do coração, responsáveis pela maioria dos episódios de parada cardiorrespiratória. Cerca de 80,0% dessas ocorrem em ambiente pré-hospitalar. Vários fatores pré e intra-hospitalares podem influenciar nos resultados do atendimento ao paciente. Esse estudo foi desenvolvido com o objetivo de analisar os fatores determinantes da alta hospitalar com vida de pessoas que receberam manobras de ressuscitação cardiopulmonar em ambiente pré-hospitalar. Trata-se de um estudo longitudinal, realizado a partir de 1.165 fichas de atendimento pré-hospitalar de pessoas que receberam manobras de ressuscitação cardiopulmonar por equipes das unidades de suporte avançado doServiço de Atendimento Móvel de Urgência de Belo Horizonte, no período de 01/01/2008 a 17/10/2010. Os dados foram submetidos a tratamento estatístico (análise descritiva e de associação). Verificou-se que a maioria das pessoas (685- 58,9%) era do sexo masculino, a mediana da idade foi de 64 anos. O maior empenho de ambulâncias foi no período matutino (342-37,1%) e a mediana do tempo de seu deslocamento foi de nove minutos. O retorno da circulação espontânea foi observado em 239 (20,5%) pessoas que foram encaminhadas paraunidades hospitalares. Verificou-se associação desse desfecho com a "PCR presenciada por pessoas treinadas em suporte básico de vida" (OR=3,49; p<0,05; IC95%), a "PCR presenciada por equipes do SAMU" (OR=2,99; p<0,05; IC95%), "a realização de suporte básico de vida" (OR=0,142; p<0,05; IC95%), "o ritmo cardíaco inicial de assistolia" (OR=0,33; p<0,05; IC95%). No ambiente hospitalar, foi possível acessar 111 (68,5%) prontuários. A maioria dos pacientes (106-95,5%) foi admitida na sala de emergência, 21 (23,6%) tiveram uma nova PCR à admissão e desses 10 (47,6%) foram a óbito. Receberam alta hospitalar com vida 14 pacientes e encontrou-se associação com esse...


Cardiovascular diseases are the most important group of causes of death in the country, and among these stand out the ischemic heart, responsible for most cases of cardiac arrest. Approximately 80.0% of these occur in the prehospital environment. Numerous factors pre and intra-hospital could influence the results of patient care. The aim of this study was to analyze the determinants of patient discharged aliveamong those who received cardiopulmonary resuscitation in the prehospital environment. This was a longitudinal study, carried out with 1165 records of prehospital care of people who received cardiopulmonary resuscitation by teams of Advanced Support Units of Mobile Emergency Care Service in Belo Horizonte, from 01/01/2008 to 17/10/2010. The statistical analysis was made using descriptivestatistics and association measures. It was found that most people (685, or 58.9%) were male, median age was 64 years. The ambulance was used mainly in the morning (342, or 37.1%) and the median time of its displacement was 9 minutes. The return of spontaneous circulation was verified in 239 (20.5%) patients, those were referred to hospitals. That outcome was associated with the "PCR witnessed by people trained in basic life support” (OR=3,49; p<0,05; 95%CI), the "PCR attended by SAMU teams” (OR=2,99; p<0,05; 95%CI), "the carry out basic life support”(OR=0,14; p<0,05; 95%CI), "the initial cardiac rhythm of asystole" (OR=0,33; p<0,05; CI95%). In the hospital, was possible to evaluate 111 (68.5%) records. Most patients (106, or 95.5%) were admitted to the emergency room, 21 (23.6%) had a new PCR on admission and 10 (47.6%) of these died. Were discharged alive 14 patients and factors associated with this outcome were the "spontaneous ventilation within 72hours" and the "sedation." It was possible to visit 11 (91.6%) patients who stayed aware, being independent in activities of daily living. Only one patient did not perform working activities and another had...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Ambulâncias/estatística & dados numéricos , Parada Cardíaca/reabilitação , Reanimação Cardiopulmonar/estatística & dados numéricos , Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos , Epinefrina/uso terapêutico , Estudos Retrospectivos , Inquéritos e Questionários , Sobrevida
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 13(152): 53-58, jan. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-583151

RESUMO

O atendimento a pacientes com parada cardiorrespiratória constitui-se em uma emergência clínica complexa que requer intervenções imediatas. O enfermeiro é responsável por grande parte desse atendimento, incluindo a administração medicamentosa. Desse modo, o objetivo deste estudo foi discutir a ação de catecolaminas na vigência de distúrbios metabólicos (acidose e alcalose) na PCR. Realizou-se uma revisão sistemática utilzando descritores relacionados ao tema, totalizando 138 artigos. As bases eletrônicas pesquisadas foram LILACS, MEDLINE e PAHO, entre janeiro de 1998 a dezembro de 2008. Esta revisão destacou uma série de estudos conclusivos sobre os fármacos utilizados na parada cardirrespiratória e apontou lacunas de conhecimento em relação ao objetivo proposto. Acredita-se que esses achados possam ser de grande valia para a qualidade desse atendimento, forneçam subsídios e apontem caminhos na direção de novas pesquisas.


Assuntos
Humanos , Cuidados de Enfermagem , Desequilíbrio Ácido-Base/complicações , Parada Cardíaca/tratamento farmacológico , Atropina/uso terapêutico , Epinefrina/uso terapêutico , Estudos Retrospectivos , Parada Cardíaca/enfermagem
4.
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA